Santas e Santos de 12 de agosto

1. SANTA JOANA FRANCISCA DE CHANTAL (Memória Facultativa):

No Martirológio Romano, Santa Joana Fran­cisca Fré­miot de Chantal (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­giosa. Do seu ma­tri­mónio cristão teve seis fi­lhos, que educou na pi­e­dade; de­pois da morte do es­poso, sob a di­reção de São Fran­cisco de Sales, per­correu ve­loz­mente o ca­minho da per­feição e de­dicou-se às obras de ca­ri­dade, es­pe­ci­al­mente para com os po­bres e os en­fermos. Fundou a Ordem da Vi­si­tação de Santa Maria, que também di­rigiu sa­bi­a­mente. Morreu em Mou­lins, nas mar­gens do rio Al­lier, pró­ximo de Ne­vers, na França, no dia 13 de Dezembro. († 1641).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, de 10 de dezembro, em Moulins, na região de Bourbonnais, Santa Joana Francisca de Chantal. Viúva após oito anos de um feliz casamento, dedicou-se primeiro à educação de seus quatro filhos, e depois, sob a orientação de seu diretor espiritual, São Francisco de Sales, que a introduziu na “vida devota”, fundou a Ordem da Visitação de Santa Maria, em Annecy. (M).

–  Sobre Santa Joana Francisca de Chantal: no mos­teiro da Vi­si­tação de Mou­lins, na França, o dia natal de Santa Joana Fran­cisca Fré­miot de Chantal, cuja me­mória se ce­lebra no dia doze de Agosto.

Ver VIDAS DOS SANTOS no dia 21 de agosto, págs. 117-135: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

O LITURGIA DAS HORAS DESTE DIA 12 DE AGOSTO LEMBRA SANTA JOANA FRANCISCA DE CHANTAL (2ª Leitura)

A memória da liturgia das horas, no ofício das leituras, segunda leitura, lembra Santa Joana Francisca. Ela explica o que é o MARTÍRIO DE AMOR que poucos conhecem e menos pessoas vivem.

Das Memórias de Santa Joana Francisca, escritas por uma religiosa, sua secretária:

 (Françoise-Madeleine de Chaugy, Mémoires sur la vie et les vertus de Sainte J.-F. de Chantal, III, 3: 3ª ed., Paris 1853, p. 306-307) (Séc.XVII)

O AMOR É FORTE COMO A MORTE  

Certo dia, Santa Joana disse estas fervorosas palavras, logo fielmente recolhidas: 

“Filhas diletíssimas, muitos dos nossos santos Padres e colunas da Igreja não sofreram o martírio; sabeis dizer-me por que razão?” Após a resposta de cada uma, disse a santa Madre: “Quanto a mim, creio que isto aconteceu assim, por haver outro martírio que se chama martírio de amor, em que Deus, conservando em vida seus servos e servas a fim de trabalharem para sua glória, os faz ao mesmo tempo mártires e confessores. Sei que, por disposição divina – acrescentou – as filhas da Visitação são chamadas a este martírio com o mesmo ardor que levou a afrontá-lo aquelas servas mais afortunadas. 

À pergunta de uma irmã sobre o modo como poderá se realizar este martírio, respondeu: “Abri-vos inteiramente à vontade de Deus e tereis a prova. O amor divino mergulha sua espada até o mais íntimo e secreto de nossas almas, e separa-nos de nós mesmas. Conheci uma alma a quem o amor separou de tudo quanto lhe agradava, como se o golpe dado pela espada de um tirano lhe tivesse separado o espírito do corpo”. 

Percebemos que falara de si mesma. Tendo outra irmã indagado quanto tempo duraria esse martírio, explicou: “Desde o momento em que nos entregamos a Deus sem reservas, até o fim da vida. No entanto, isto só diz respeito às pessoas magnânimas, que, renunciando completamente a si mesmas, são fiéis ao amor; os fracos e inconstantes no amor, nosso Senhor não os leva pelos caminhos do martírio, mas deixa-os viver a passos lentos, para que não se afastem dele; pois nunca força a livre vontade”. 

Quando, por fim, lhe foi perguntado se este martírio de amor poderia ser igualado ao martírio do corpo, respondeu: “Não nos preocupemos com a questão da igualdade, muito embora eu julgue que um não ceda ao outro, porque o amor é forte como a morte (Ct 8,6). E ainda porque os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade”. 

Conforme: http://oficiodashoras.blogspot.com/2019/12/santa-joana-francisca-de-chantal.html

– Ver também “…Joana Francisca Frémyot de Chantal, em francêsJeanne-Françoise Frémyot Chantal (Dijon23 de Janeiro de 1572 – Moulins13 de Dezembro de 1641), foi uma nobrecatólica, baronesa de Chantal e fundadora da Ordem da Visitação de Santa Maria conhecida como Irmãs Visitandinas…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Joana_de_Chantal

– Ver Santa Joana de Chantal

Também conhecido como

  • Jane Frances de Chantel
  • Jane Frances Fremiot de Chantal
  • Giovanna Francesca de Chantal

Memorial

Perfil

Nascida na nobreza, filha do presidente do Parlamento da Borgonha que a criou sozinha após a morte de sua mãe quando Jeanne tinha 18 meses. Casou -se em 1592 , aos vinte anos, com o Barão de Chantal. Mãe de quatro. Viúva aos 28 anos, quando o Barão foi morto em um acidente de caça e morreu em seus braços. Fazendo um voto pessoal de castidade, ela foi forçada a viver com o sogro, o que foi um período de miséria para ela. Ela passou seu tempo livre em oração e recebeu uma visão do homem que se tornaria seu diretor espiritual. Na Quaresma , 1604, ela conheceu São Francisco de Sales , e o reconheceu como o homem em sua visão. Ela se tornou uma estudante espiritual e amiga íntima de São Francisco , e os dois mantiveram uma longa correspondência por anos. No domingo da Trindade, 6 de junho de 1610 , ela fundou a Ordem da Visitação de Nossa Senhora em Annecy, França . A Ordem foi projetada para viúvas e leigas que não desejavam a vida plena das ordens, e Jeanne supervisionou a fundação de 69 conventos . Jeanne passou o resto de seus dias supervisionando a Ordem, e atuando como conselheiro espiritual para qualquer um que desejasse sua sabedoria. As freiras visitacionistas hoje vivem uma vida contemplativa, trabalham para mulheres com problemas de saúde e viúvas , e às vezes dirigem escolas .

Nascer

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

informação adicional

Leituras

Quando será que provaremos a doçura da Vontade Divina em tudo o que nos acontece, considerando em tudo apenas o seu beneplácito, por quem é certo que a adversidade é enviada com tanto amor quanto prosperidade, e tanto por nossa Boa? Quando nos lançaremos imerecidamente nos braços de nosso amado Pai Celestial, deixando a Ele o cuidado de nós mesmos e de nossos negócios, e reservando apenas o desejo de agradá-lo e servi-lo bem em tudo o que pudermos? – Santa Joana

Mantenha seus olhos em Deus e deixe-o fazer para Ele. Isso é tudo com o que você tem que se preocupar. – Santa Joana

Ela estava cheia de fé e, no entanto, durante toda a sua vida, ela foi atormentada por pensamentos contra isso. Nem uma vez ela relaxou na fidelidade que Deus lhe pediu. E assim eu a considero uma das almas mais sagradas que já conheci nesta terra. – São Vicente de Paulo

Devemos ir à oração com profunda humildade e consciência do nosso nada. Devemos invocar a ajuda do Espírito Santo e do nosso anjo bom, e depois permanecer quietos na presença de Deus, cheios de fé de que Ele está mais em nós do que nós mesmos. – Santa Joana

… A fidelidade a Deus consiste em estar perfeitamente resignado à sua santa vontade, em suportar tudo o que a sua bondade permite em nossas vidas e em cumprir todos os nossos deveres, especialmente o da oração , com amor e por amor. Na oração , devemos conversar muito familiarmente com nosso Senhor, sobre nossas pequenas necessidades, dizendo-lhe quais são e permanecendo submissos a qualquer coisa que ele queira fazer conosco… Devemos orar com profunda humildade e consciência de nosso nada. Devemos invocar a ajuda do Espírito Santo e do nosso anjo bom, e então permanecer em Deus, cheio de fé de que ele está mais em nós do que nós em nós mesmos. Não há perigo se nossa oração for sem palavras ou reflexão, porque o bom sucesso da oração não depende nem de palavras nem de estudo. Depende da simples elevação de nossas mentes a Deus , e quanto mais simples e despojado de sentimento, mais seguro é. Nunca devemos insistir em nossos pecados durante a oração. Quanto às nossas ofensas, basta uma simples humilhação de nossa alma diante de Deus, sem pensar nesta ou naquela ofensa… tais pensamentos agem como distrações. – Santa Joana de Chantal, deAsas ao Senhor

Citação MLA

2.   Em Ca­tânia, na Si­cília, a­tu­al­mente re­gião da Itália, Santo Euplo, mártir, que, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, se­gundo a tra­dição, foi me­tido no cár­cere pelo go­ver­nador Cal­vi­siano por ter sido en­con­trado com o livro dos Evan­ge­lhos nas mãos; in­ter­ro­gado vá­rias vezes, glo­riou-se de ter o Evan­gelho no co­ração e por isso foi fla­ge­lado até à morte. († 304).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Catânia, na Sicília, no começo do séc. IV, o martírio de Santo Euplúsio, diácono. Ao governador que o intimava a sacrificar aos ídolos, respondeu: “Sacrifico de boa vontade, mas ofereço a mim mesmo a Cristo Deus: nada de melhor tenho para lhe oferecer”! A seguir, depois de diversas torturas, foi colocado sobre seu pescoço o Evangelho que trazia consigo ao ser aprisionado, e finalmente foi decapitado. (M).

– No VIDAS DOS SANTOS Santo Euplio, nas páginas 391-393: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também: Santo Euplúsio. Ver “… Santo Euplúsio, mártir e santo da Igreja Católica. (+ Sicília, séc. IV) É celebrado no dia 12 de agosto”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eupl%C3%BAsio

3.   Em Ni­co­média, na Bi­tínia, hoje Izmit, na Tur­quia, os santos Ani­ceto e Fócio, mártires. († s. IV)

– Ver “… 305 – Anicetus e Photius (seu sobrinho) Mártires; nativos de Nicomedia. Anicetus, um oficial militar, denunciou o imperador Diocleciano (284-305) por instalar na praça da cidade um instrumento de execução para assustar os cristãos; O enfurecido imperador ordenou que Santo Aniceto fosse torturado e, mais tarde, condenou-o a ser devorado por feras. Mas os leões que eles soltaram tornaram-se gentis e bajulavam seus pés. Cada tortura falhou… Os corpos de Sts Anicetus e Photius não foram danificados pelo fogo, e até seus cabelos permaneceram inteiros. Vendo isso, muitos dos pagãos passaram a acreditar em Cristo. Isso ocorreu no ano 305. Sts Anicetus e Photius são mencionados nas orações para a Bênção do Óleo e a Bênção Menor da Água (LIVRO DE NECESSIDADES, 1987, p. 230)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust12.html

4*.   Em Kil­lala, na Ir­landa, São Mu­re­dach, bispo. († c. s. V)

5*.   Também na Ir­landa, no mos­teiro que re­cebeu o seu nome, Santa Lélia, virgem. († s. V).

– Ver 11 de agosto: Santa Lélia, na Folhinha do Coração de Jesus.

No Martirológio Romano de 12 de agosto, “Também na Ir­landa, no mos­teiro que re­cebeu o seu nome, Santa Lélia, virgem. († s. V)”

– Ver: http://heroinasdacristandade.blogspot.com/2017/08/santa-lelia-virgem-11-de-agosto.html

– Ver “… Santa Lélia, Virgem 
A diocese de Limerick celebra hoje a festa de Santa Lélia, que também é comemorada em todas as outras dioceses irlandesas. O Cônego O’Hanlon, em seu livro Lives of the Irish Saints, diz sobre essa donzela que, … “Sua época e sua localidade não nos foram claramente reveladas; mas há boas razões para supor que ela viveu em um período remoto, e muito provavelmente ela levou uma vida de estrita observância, se ela não presidiu alguma instituição religiosa na província de Munster “. Lélia agora é geralmente identificada com a santa dalcassiana Liadhain, bisneta do príncipe Cairthenn, que São Patrício batizou em Singland. Não há particularidades ou tradições sobre ela (no século XVII, dizia-se que ela era irmã de São Munchin). Veja LIS., Vol. viii, pág. 170, e notas de Monsenhor Canon M. Moloney no North Munster Antiquarian Journal , 1936, p. 39 e St Munchin’s Folk , 1948, p. 18 .”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust11.html

6.   Em Bréscia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Her­cu­lano, bispo. († s. VI).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, Santo Herculano, consagrado bispo a serviço da Igreja de Bréscia (M).

– Ver “… Herculano de Bréscia (f. ca. 550 AD) foi um bispo de Bréscia e santo da Igreja Católica…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Herculano_de_Br%C3%A9scia

7.   Em Lé­rins, ilha da Pro­vença, ac­tu­al­mente na França, os santos már­tires Por­cário, abade, e muitos ou­tros monges, que, se­gundo a tra­dição foram mortos pelos Sarracenos. († c. s. VIII).

– Ver páginas 389-390: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

8*.   Em Ruthin, no País de Gales se­ten­tri­onal, o Beato Carlos Me­ehan, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores e mártir, na­tural da Ir­landa, que foi preso ao passar por aquele país em di­recção à sua pá­tria e, con­de­nado à morte por ter en­trado como sa­cer­dote no ter­ri­tório sob o do­mínio do rei Carlos II, foi en­for­cado e es­quar­te­jado, assim al­can­çando a palma do martírio. († 1679)

9*.   Em Roma, o Beato Ino­cêncio XI, papa, que di­rigiu sa­bi­a­mente a Igreja, em­bora atri­bu­lado por duros so­fri­mentos e tribulações. († 1689).

– Ver “… O Papa Inocêncio XI, nascido Benedetto Giulio Odescalchi (Como19 de maio de 1611 — Roma12 de agosto de 1689) foi eleito no dia 21 de setembro de 1676. Ficou conhecido como exemplo de humildade e humanidade, e a nível de política, pela oposição a Luís XIV de França e pelo cognome de “Salvador da Hungria” por ter apoiado a reconquista da Europa Central e Oriental, então ocupada pelos turcos otomanos…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Inoc%C3%AAncio_XIhttps://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Inoc%C3%AAncio_XI

10*.   Num sór­dido barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Pedro Jar­rige de la Mo­rélie de Puyredon, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a vi­o­lenta per­se­guição contra a Igreja, ex­posto sem in­ter­rupção à ar­dente ir­ra­di­ação solar, morreu por Cristo. († 1794)

– Ver MÁRTIRES DOS HULKS DE ROCHEFORT (10 DE JUNHO)

Também conhecido como

  • Mártires dos Pontões de Rochefort
  • Mártires de La Rochelle
  • Mártires de Rochefort
  • Mártires da Prisão Hulks de Rochefort
  • Mártires dos Navios Rochefort

Perfil

Em 1790 , as autoridades revolucionárias francesas aprovaram uma lei exigindo que os padres jurassem fidelidade à constituição civil, o que efetivamente os removeria da autoridade e fidelidade a Roma. Muitos se recusaram e, em 1791 , o governo começou a deportá-los para a Guiana Francesa. 827 padres e religiosos foram presos em hulks (navios antigos não mais dignos do mar e usados ​​para armazenamento, 

prisões , hospitais etc. ) abrigar escravos ouprisioneiros . Lá eles foram basicamente ignorados até a morte , pois havia pouca provisão de comida e água, menos saneamento e nenhuma ajuda médica. 542 dos prisioneiros morreram lá.

Os sobreviventes foram libertados em 12 de fevereiro de 1795 e autorizados a voltar para suas casas. Muitos deles escreveram sobre seu tempo nos hulks, e muitos deles escreveram sobre a fé e o ministério daqueles que morreram . 64 deles foram identificados positivamente e confirmados como mortos como mártires , morrendo por sua fé –

Memorial

Mártires dos Hulks de Rochefort“. CatholicSaints.Info . 3 de dezembro de 2019. Web. 11 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/martyrs-of-the-hulks-of-rochefort/ >

11.   Em Nam Dinh, ci­dade do Ton­quim, hoje no Vi­etnam, os santos már­tires Tiago Dô Mai Nam My, pres­bí­tero, An­tónio Nguyen Dich, agri­cultor, e Mi­guel Hguyen Huy My, mé­dico, que, no tempo do im­pe­rador Minh Mang, de­pois de cruéis su­plí­cios, foram de­ca­pi­tados por serem cris­tãos. († 1838)

– VER “MÁRTIRES DO VIETNAM” (24 DE NOVEMBRO): https://catholicsaints.info/martyrs-of-vietnam/

12*.   Em Hor­na­chu­elos, vila pró­xima de Cór­dova, na Es­panha, a Beata Vi­tória Díez y Bustos de Molina, virgem e mártir, que exerceu o ofício de pro­fes­sora no Ins­ti­tuto Te­re­siano e, du­rante a vi­o­lenta per­se­guição contra a Igreja, pro­clamou a sua fé cristã e so­freu o mar­tírio, en­quanto exor­tava os ou­tros a se­guir o mesmo caminho. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

13*.   Em Val­de­moro, pró­ximo de Ma­drid, também na Es­panha, o Beato Flávio (Ati­lano Di­o­nísio Argüeso Gon­zález), re­li­gioso da Ordem de São João de Deus e mártir, que, na mesma per­se­guição, foi morto em ódio à fé cristã. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

14*.   Em Bar­bastro, pró­ximo de Hu­esca, no ter­ri­tório de Aragão, também na Es­panha, os be­atos Se­bas­tião Calvo Martínez, pres­bí­tero, e cinco companheiros, már­tires, re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Fi­lhos do Ima­cu­lado Co­ração de Maria, que, na mesma per­se­guição, ter­mi­naram vi­to­ri­osos o glo­rioso combate. Estes são os seus nomes: Pedro Cu­nill Pa­drós, José Pavón Bueno, Ni­cásio Si­erra Ucar, pres­bí­teros; Ven­ceslau Claris Vi­lar­regut, sub­diá­cono; Gre­gório Chi­rivás La­cambra, religioso. († 1936)

– Ver Mártires de Barbastro

Seis irmãos e sacerdotes claretianos que foram martirizados juntos nas perseguições da Guerra Civil Espanhola . Cada um deles fez sua confissão final e seus votos solenes como claretianos ao Beato Secundino Ortega García pouco antes de ser levado à execução .

15*.   Em Tar­ra­gona, também na Es­panha, o Beato An­tónio Pe­rulles Estivill, pres­bí­tero da Ir­man­dade de Sa­cer­dotes Ope­rá­rios Di­o­ce­sanos e mártir, que, na mesma vi­o­lenta per­se­guição, con­sumou na rua o seu martírio. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

16♦.   Em Fu­en­carral, na ci­dade de Ma­drid, também na Es­panha, o Beato Bo­a­ven­tura Garcia Paredes, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir na mesma per­se­guição religiosa. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

17♦.   Em Pu­ente del Ar­zo­bispo, pró­ximo de To­ledo, também na Es­panha, o Beato Do­mingos Sán­chez Lázaro, pres­bí­tero da di­o­cese de To­ledo e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição, pela per­se­ve­rança na fé me­receu con­fi­gurar-se com Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

18♦.   Em Vil­lacañas, pró­ximo de To­ledo, também na Es­panha, o Beato Fran­cisco Ma­queda López, can­di­dato ao pres­bi­te­rado e mártir, que, du­rante a per­se­guição, su­portou por amor de Cristo todas as ad­ver­si­dades até al­cançar a palma celeste. († 1936)

19*.   Em Da­chau, pró­ximo de Mu­nique da Ba­viera, na Ale­manha, os be­atos Flo­riano Stepniak, da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos, e José Straszewski, pres­bí­teros e már­tires, que, du­rante a in­vasão mi­litar da Po­lónia, mor­reram no campo de con­cen­tração en­ve­ne­nados numa câ­mara de gás. († 1942)

20*.   Em Pla­negg, também pró­ximo de Mu­nique da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Carlos Leisner, pres­bí­tero do Mo­vi­mento Apos­tó­lico de Shöns­tatt e mártir, que, ainda diá­cono, por causa da sua pú­blica pro­fissão de fé e in­can­sável zelo apos­tó­lico, foi me­tido no cár­cere e, or­de­nado sa­cer­dote no campo de con­cen­tração de Da­chau, de­pois de ter saído em li­ber­dade, morreu de­vido aos tor­mentos so­fridos no cativeiro. († 1945)

21. Conforme VIDAS DOS SANTOS, em Faléria, na Toscana, martírio de São Graciliano (também na Folhinha do Coração de Jesus), de Santa Felicíssima, virgem, que foram, primeiro, rudemente maltratados na boca com pedras, por terem confessados a fê, e enfim, perecendo pela espada, obtiveram a palma do martírio, que tinham ardentemente desejado.  São Graciliano e Santa Felicíssima.

– Ver página 394: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Na Faleria, na Toscana, os santos Graciliano e Felicíssima, virgem, que, pela confissão de fé, primeiro tiveram a boca ferida com pedras e depois golpeados com a espada, receberam a palma do martírio…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust12.html

22. Santa Hilária (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Augsburg, no séc. IV, Santo Hilário, que morreu no fogo com Suas Três Criadas por ter renegado o culto a Vênus e confessado sua fé na divindade de Cristo. Sua filha, Santa Afna, havia sofrido o mesmo suplício poucos dias antes (M).

– Ver “…304 – Santa Hilaria 25 mártires Mártir com Crescentian, Digna, Eunomia, Euprepia, Juliana, Largio, Nimmia, Quiriacus e outros. Hilaria era a mãe de Santa Afra de Augsburg, Áustria.Ela e suas três criadas foram queimadas vivas no túmulo de Santa Afra. Os outros estavam entre os vinte e cinco mártires queimados em Roma na Via Ostia, Itália…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust12.html

23. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 462, Santo Eusébio, Bispo de Milão, que levantou das ruínas sua cidade episcopal, que fora saqueada por Átila e seus hunos. (M)

24. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Síria, o martírio dos Santos Macário e Juliano. (M).

– Ver “… Sts. Macarius & Julian Martyrs da Syria. Acredita-se que eles eram monges naquela terra, mortos por espalhar a fé entre os pagãos …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust12.html

25. Santo Amadeu da Silva. Ver “…Beato Amadeu da Silva, também conhecido por Amadeu Lusitano ou Amadeu Hispano,[1] nascido D. João de Menezes da Silva (Campo Maior1431 – Milão10 de Agosto de 1482), foi um nobre português e beato católico”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Amadeu_da_Silva

26. VER SANTAS E SANTOS DE 12 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

– OntemCalendárioAmanhã ->
Jeanne de Chantal (Memorial Opcional) — Aniceto de Mármora Cecília de Remiremont Charles Meehan Discolio de Vercelli Euplus de Catânia Felicissima, a cega Graciliano Herculano de Bréscia Inocêncio XI , Papa Jamberto de Cantuária Juliano da Síria Lélia Macário da Síria Merewenna Molaise de Inismurray Murtagh de Killala Pedro del Barco Fotino de Mármora Pierre Jarrige de la Morélie de Puyredon Porcário de Lérins Simplício de Vercelli UstMartirizado na Segunda Guerra Mundial Józef Stepniak Józef Straszewski Karl Leisner Mártires de Augsburgo – 4 santosMártires de Roma – 5 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Mártires de Barbastro – 6 beatas Mártires de La Torre de Fontaubella – 4 beati Mártires da Puerta de Hierro – 5 beati Antoni Perulles Estivill Antonio Molina Ariza Atilano Dionísio Argüeso González Buenaventura García-Paredes Pallasá Carles Barrufet Tost Domingo Sánchez Lázaro Enrique María Gómez Jiménez Félix Pérez Portela Gabriel Albiol Plou Gregório Gómez Molina José Jordan Blecua Josep Nadal Gui Juana Pérez Abascal Manuel Basulto Jiménez Manuel Borras Ferré Pau Figuerola Rovira Pedro José Cano Cebrian Perfecto Del Río Páramo Ramona Cao Fernández Vittoria Diaz y Bustos de Molina Martirizado no Vietnã Antôn Nguyen Ðích Giacobe do Mai Nam Micae Nguyen Huy My
todos esses memoriais em uma única página

27. Outros santos do dia 12 de agosto, páginas: 389-394: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 12 de agosto, ver ainda: 12 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 628-631: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/12-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust12.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

          * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade…

 Mantenha seus olhos em Deus e deixe-o fazer para Ele. Isso é tudo com o que você tem que se preocupar”. – Santa Joana de Chantal

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*      27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                ================                             

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 11 de agosto

1. Me­mória de Santa Clara (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, a pri­meira das Damas Po­bres da Ordem dos Me­nores, que, se­guindo o ca­minho es­pi­ri­tual de São Fran­cisco, abraçou em Assis uma vida aus­tera, mas rica de obras de ca­ri­dade e pi­e­dade. Amou tanto a po­breza que nunca mais quis se­parar-se dela, nem se­quer na ex­trema in­di­gência e na enfermidade. († 1253).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Santa Clara, virgem e abadessa, adormecida no Senhor em 1253. Contagiada pelo ideal de São Francisco, abandonou a segurança familiar para seguir a “Senhora Pobreza”. Obteve, também para a Ordem que acabara de fundar no convento de São Damião de Assis, o privilégio de nada possuir, para bastar-se com o Único necessário. (R).

– Ver páginas 346-388: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também “… Clara de Assis, em italiano Santa Chiara d’Assisi, nascida Chiara d’Offreducci (Assis16 de julho de 1194[1] — Assis, 11 de agosto de 1253), foi a fundadora do ramo feminino da ordem franciscana, a chamada Ordem de Santa Clara (ou Ordem das Clarissas)”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Clara_de_Assis

– Ver “… Ela nasceu por volta do ano 1193. Sua mãe era Ortolana di Fiumi e seu pai Faverone Offreduccio, e ela tinha uma irmã mais nova, Agnes (Inês), e outra, Beatrice, mas sobre sua infância, adolescência e vida doméstica não há fatos certos. Quando ela tinha dezoito anos, São Francisco veio pregar os sermões da Quaresma na igreja de San Giorgio em Assis; suas palavras a incendiaram, ela o procurou secretamente, e pediu-lhe que a ajudasse para que ela também pudesse viver “segundo a maneira do santo evangelho”. Francisco lhe falou do desprezo pelo mundo e do amor a Deus, e fortaleceu seu desejo nascente de deixar todas as coisas por Cristo. No Domingo de Ramos do ano de 1212, Clara compareceu à catedral de Assis para a bênção das palmas; quando todos os outros subiram à grade do altar para receber o ramo de oliveira, uma timidez repentina a manteve em seu lugar, o que o bispo vendo, desceu do altar até ela e lhe deu o ramo. À noite, ela fugiu de casa e saiu uma milha da cidade para a Porciúncula, onde São Francisco vivia com sua pequena comunidade. Ele e seus irmãos a encontraram na porta da capela de Nossa Senhora dos Anjos com velas acesas nas mãos, e diante do altar ela tirou suas roupas finas, e São Francisco cortou seus cabelos e deu-lhe o hábito penitencial, que era uma túnica de saco amarrada em torno dela com uma corda. O santo padre, ainda sem convento próprio, colocou-a por agora no convento beneditino de São Paulo, perto de Bastia, onde foi recebida com carinho.entregar sua virgindade finalmente a Deus. Seguiu-se então o que GK Chesterton chamou de “fuga romântica regular”, em que o noivo era Cristo e São Francisco o “cavaleiro andante que lhe deu um final feliz”.
  Assim que sua ação foi tornada pública, seus amigos e parentes vieram juntos para tirá-la de seu retiro. Conta-se que Clara resistiu e se agarrou ao altar com tanta rapidez que lhe arrancou metade das roupas quando tentaram arrastá-la e, descobrindo a cabeça para mostrar o corte de cabelo, disse que Cristo a havia chamado para o Seu serviço e que ela não teria outro marido, e quanto mais eles continuassem a persegui-la, mais Deus a fortaleceria para resistir e vencê-los. E Deus triunfou nela. São Francisco logo depois a transferiu para outro convento, o de Sant ‘Angelo di Panzo. Lá, sua irmã Agnes juntou-se a ela, o que atraiu para ambas uma nova perseguição. A constância de Agnes foi finalmente vitoriosa, e São Francisco deu-lhe também o hábito, embora ela tivesse apenas quinze anos de idade… Por fim, São Francisco as colocou em uma casa pobre contígua à igreja de San Damiano, nos arredores de Assis, e nomeou Clara superiora. Mais tarde, sua mãe e outras pessoas se juntaram a ela, entre as quais três eram da ilustre família dos Ubaldini em Florença, que consideravam mais verdadeira a grandeza e a pobreza de Santa Clara do que as propriedades e riquezas que possuíam, visto que as deixaram todas tornar-se discípulos humildes de uma amante tão admirável. Santa Clara viu fundados em poucos anos mosteiros de suas freiras em vários lugares da Itália, França e Alemanha… Santa Clara e sua comunidade praticavam austeridades que até então eram pouco conhecidas entre as mulheres. Não usavam meias, sapatos, sandálias ou qualquer outra cobertura nos pés; eles dormiam no chão, observavam a abstinência perpétua de comer e nunca falavam senão quando eram obrigados pela necessidade e pela caridade. A fundadora recomendou este santo silêncio como meio de evitar inúmeros pecados da língua e de conservar a mente sempre recolhida em Deus e livre da dissipação do mundo que, sem esta guarda, penetra até nas paredes dos claustros. Não satisfeita com os jejuns e outras mortificações da regra, ela sempre usava junto à pele uma camisa áspera de cabelo; ela jejuou em vigílias e toda a Quaresma a pão e água; e em alguns dias ela não comia absolutamente nada. Todas as austeridades de Clara eram da mesma escala e, depois de algum tempo, foi necessário que Francisco e o bispo de Assis a obrigassem a se deitar em um colchão e nunca passar um dia sem comer pelo menos um pedaço de pão… Desde o momento em que foi nomeada abadessa, muito contra sua vontade, por São Francisco em 1215, Santa Clara governou o convento por quarenta anos. Mas desejava ser sempre a serva das servas, por baixo de tudo, lavando e beijando os pés das leigas quando estas voltavam da mendicância, servindo à mesa, atendendo os enfermos… Santa Clara suportou anos de doença com paciência sublime e, finalmente, em 1253, começou a longa agonia. Por duas vezes durante seu curso, ela foi visitada pelo Papa Inocêncio IV, que a absolveu, dizendo: “Oxalá eu tivesse tão pouca necessidade disso”… Nos últimos dezessete dias ela não pôde comer nada, “e durante aquele tempo de trabalho fatigante, a fé e a devoção do povo aumentaram cada vez mais. Todos os dias prelados e cardeais vinham visitá-la, pois todos os homens estavam firmemente convencidos disso: a mulher moribunda era realmente uma grande santa…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust11.html

– Ver SANTA CLARA DE ASSIS

Também conhecido como

  • Clara
  • Clara
  • Chiara

Memorial

Perfil

O pai de Clara era conde , sua mãe , a condessa , a bem- aventurada Orsolana. Seu pai morreu quando a menina era muito jovem. Depois de ouvir a pregação de São Francisco de Assis nas ruas, Clara lhe confidenciou seu desejo de viver para Deus , e os dois se tornaram amigos íntimos. No Domingo de Ramos de 1212 , seu bispo presenteou Clara com uma palma , que ela aparentemente tomou como um sinal. Com sua prima Pacifica, Clare fugiu do palácio de sua mãe durante a noite para entrarvida religiosa . Ela finalmente tirou o véu de São Francisco na Igreja de Nossa Senhora dos Anjos em Assis , Itália .

Clara fundou a Ordem das Damas Pobres (Clares Pobres) em San Damiano, e a liderou por 40 anos. Em todos os lugares onde os franciscanos se estabeleceram em toda a Europa , lá também foram as clarissas, dependendo apenas de esmolas, forçadas a ter fé completa em Deus para prover através das pessoas; essa falta de receitas baseadas na terra era uma ideia nova na época. A mãe e as irmãs de Clare mais tarde se juntaram à ordem, e ainda existem milhares de membros vivendo vidas de silêncio e oração .

Clare adorava música e sermões bem compostos. Era humilde, misericordiosa, encantadora, otimista, cavalheiresca, e todos os dias meditava na Paixão de Jesus. Ela se levantava tarde da noite para aconchegar suas irmãs que tinham tirado seus cobertores. Quando soube dos mártires franciscanos em Marrocos em 1221 , ela tentou ir para lá para dar a própria vida por Deus , mas foi contida. Certa vez, quando seu convento estava prestes a ser atacado, ela exibiu o Sacramento em um ostensório às portas do convento e rezouantes dele; os agressores foram embora, a casa foi salva e a imagem dela segurando um ostensório tornou-se um de seus emblemas. Seu patrocínio dos olhos e contra seus problemas pode ter se desenvolvido a partir de seu nome, que tem conotações de clareza, brilho, brilho – como olhos saudáveis.

No final de sua vida, quando ela estava doente demais para assistir à missa , uma imagem do serviço seria exibida na parede de sua cela; assim seu patrocínio da televisão . Ela sempre foi a amiga íntima e aluna espiritual de Francisco, que aparentemente levou sua alma à luz em sua morte.

Nascer

Morreu

Canonizado

Significado do nome

  • brilhante; brilhante

Patrocínio

Representação

informação adicional

Leituras

Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe. Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado. – Santa Clara de Assis

Ó maravilhosa e abençoada claridade de Clara!
Na vida ela brilhou para poucos;
depois da morte ela brilha no mundo inteiro!
Na terra ela era uma luz clara;
Agora no céu ela é um sol brilhante.

Ó quão grande é a veemência do
brilho desta claridade!
Na terra, essa luz foi de fato mantida
dentro de paredes enclausuradas,
mas derramou seus raios brilhantes;
Estava confinado dentro de uma cela de convento,
mas se espalhava pelo mundo inteiro.

– Papa Inocêncio IV

Ele, Cristo, é o esplendor da glória eterna, “o resplendor da luz eterna e o espelho sem nuvem”. Eis, digo, o nascimento deste espelho. Veja a pobreza de Cristo mesmo quando ele foi colocado na manjedoura e envolto em panos. Que admirável humildade, que maravilhosa pobreza! O Rei dos anjos, o Senhor do céu e da terra descansando em uma manjedoura! Olhe mais profundamente no espelho e medite em sua humildade, ou simplesmente em sua pobreza. Contemple os muitos trabalhos e sofrimentos que ele suportou para redimir a raça humana. Então, nas profundezas deste mesmo espelho, pondere o seu amor indizível que o levou a sofrer no madeiro da cruz e a suportar a mais vergonhosa morte. O próprio espelho, de sua posição na cruz, advertiu os transeuntes a pesarem cuidadosamente este ato, pois ele disse: “Todos vocês que passam por este caminho, vede e vede se há dor como a minha”. Vamos responder a seus clamores e lamentações com uma só voz e um só espírito: “Eu estarei atento e me lembrarei, e minha alma se consumirá dentro de mim”.– de uma carta à Beata Inês de Praga por Santa Clara de Assis

Citação MLA

2.   Em Co­mana, no Ponto, hoje Gu­menek, na Tur­quia, Santo Ale­xandre, cha­mado o Car­vo­eiro, bispo, que, pas­sando da sua emi­nente eru­dição na fi­lo­sofia à ci­ência da hu­mil­dade cristã, foi ele­vado por São Gre­gório o Tau­ma­turgo à sede epis­copal desta Igreja, que ilus­trou não só com a pre­gação, mas também com o mar­tírio con­su­mado nas chamas da fogueira. († s. III).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em meados do séc. III, o martírio de Santo Alexandre, filósofo. Por espírito de mortificação havia se tornado carvoeiro, mas foi escolhido por São Gregório Taumaturgo para ser bispo de Comano, no Ponto (M).

– Ver páginas 331-333: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

3.   Em Roma, no ce­mi­tério “Ad Duas Lauros”, junto à Via La­bi­cana, São Ti­búrcio, mártir, cujos lou­vores foram ce­le­brados pelo papa São Dâmaso. († s. III-IV).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no cemitério chamado “Entre os Dois Loureiros”, São Tibúrcio, mártir do séc. III, cujo culto é documentado desde o séc. V (M).

4.   Também em Roma, a co­me­mo­ração de Santa Su­sana (também na Folhinha do Coração de Jesus), a cujo nome, ce­le­brado entre os már­tires nos an­tigos me­mo­riais, foi de­di­cado a Deus no sé­culo VI uma ba­sí­lica no tí­tulo de Gaio junto das Termas de Diocleciano. († data inc.).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na mesma época, o martírio de Santa Susana, decapitada por causa de sua fé dentro de sua própria casa que, no séc. VI, foi convertida em Igreja dedicada à santa (M).

– Ver página 337: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também “Susana de Romavirgem mártir cristã do século III, festejada no dia 11 de agosto juntamente com São Tibúrcio.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Susana_de_Roma

– Ver “… Santa Susana Martirizada pela fé A bela filha de Gabínio, um sacerdote, e sobrinha do Papa Caio, Susana recusou o pedido de Diocleciano do imperador para se casar com seu genro Maximiano e converteu dois de seus tios, Cláudio e Máximo, que eram oficiais do tribunal enviados por Diocleciano para persuadi-la a se casar… Diocleciano ficou tão furioso com o que ela havia feito que enviou um de seus favoritos, Juliano, para tratar do assunto. Juliano mandou queimar Máximo, Cláudio e sua esposa, Praepedigna, e seus dois filhos, queimados até a morte em Cumas, e então mandou decapitar Susana e seu pai.”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust11.html

– Ver SANTA SUSANA DE ROMA

No Martirológio Jerônimo é comemorado em 11 de agosto. Outros códices mencionam um cemitério de Santa Susanna, mas, fora este, é apenas que em Roma, a partir de 595, havia uma igreja dedicada a ela. A “Passio” da santa, talvez não inteiramente confiável, diz que ela era filha do presbítero Gabínio, irmão do bispo Caio e prima do imperador Diocleciano (final do século III – início do século IV). Seu destino era se tornar a noiva do filho do imperador, Maximiano. Susanna se opôs, mas a recusa lhe custou a vida. Condenada à morte, foi decapitada na própria casa e enterrada na área de Figlinas, hoje Coazzo na Via Nomentana, no cemitério de Sant’Alessandro. Nenhuma outra fonte, em qualquer caso, fornece informações úteis para identificar o túmulo. (Futuro)

Etimologia: Susanna = lírio, a mulher pura, do hebraico (Shoshana em aramaico)

Emblema: Palma

Martirológio Romano: No mesmo local, a comemoração de Santa Susana, sob cujo nome, celebrada entre os mártires nas antigas glórias, uma basílica com o título de Caio foi dedicada a Deus no século VI nas Termas de Diocleciano…”: http://www.santiebeati.it/dettaglio/65850

– Ver também “Santa Susana de Roma”. CatholicSaints.Info . 19 de julho de 2022. Web. 11 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/saint-susanna-of-rome/ >

5.   Em Assis, na Úm­bria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, São Ru­fino, que é con­si­de­rado o pri­meiro bispo desta ci­dade e mártir. († c. s. IV)

– Ver “São Rufino de Assis”. CatholicSaints.Info . 27 de junho de 2022. Web. 11 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/saint-rufinus-of-assisi/ >

6*.   Em Be­ne­vento, na Cam­pânia, também re­gião da Itália, São Cas­siano, bispo. († s. IV)

– Ver “São Cassiano de Benevento”. CatholicSaints.Info . 26 de janeiro de 2022. Web. 11 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/saint-cassian-of-benevento/ >

7.   Em Évreux, na Gália, hoje na França, São Tau­rino, que é ve­ne­rado como pri­meiro bispo desta cidade. († c. s. V).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, São Taurino, evangelizador e primeiro bispo de Evreux. A abadia que mais tarde tomou seu nome contribuiu para difundir seu culto (M).

8*.   Na Ir­landa, Santa Atracta, aba­dessa, que, se­gundo a tra­dição, re­cebeu das mãos de São Pa­trício o véu das virgens. († s. V)

– Ver “Saint Attracta de Killaraght“. CatholicSaints.Info . 8 de novembro de 2020. Web. 11 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/saint-attracta-of-killaraght/ >

9.   Na pro­víncia de Va­léria, hoje na Úm­bria, re­gião da Itália, Santo Equício, abade, que, como es­creve o papa São Gre­gório Magno, pela sua san­ti­dade foi pai de muitos mos­teiros e, onde quer que che­gasse, abria a fonte da Sa­grada Escritura. († a. 571).

Ver páginas 334-336: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

10.   Em Cam­brai, na Aus­trásia, ac­tu­al­mente na França, São Gau­ge­rico, bispo, in­signe pela sua pi­e­dade e ca­ri­dade para com os po­bres, que foi or­de­nado diá­cono por Mag­ne­rico de Tré­veris e, eleito de­pois para a sede epis­copal de Cam­brai, exerceu o mi­nis­tério du­rante trinta e nove anos. († c. 625).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 625, São Gério, bispo de Cambrai e apóstolo do Brabante. Construiu uma capela, berço da cidade de Bruxelas, a qual conservou a estátua de seu primitivo fundador no pórtico de sua prefeitura gótica. Tornou-se célebre por haver libertado vários prisioneiros (X).

– Ver páginas 338-339: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

11*.   Em Arles, na Pro­vença, também na ac­tual França, Santa Rus­tí­cola, aba­dessa, que di­rigiu san­ta­mente as monjas du­rante quase ses­senta anos. († 632).

Ver páginas 340-341: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

12*.   Em Glou­cester, na In­gla­terra, os be­atos João Sandys e Es­têvão Rowsham, pres­bí­teros, e Gui­lherme Lam­pley, al­faiate, már­tires, que, no rei­nado de Isabel I, em­bora em dias di­versos e não co­nhe­cidos, so­freram os mesmos su­plí­cios por Cristo. († 1586, 1587, 1588)

13*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato João (Tiago Jorge Rhem), pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, en­cer­rado du­rante a per­se­guição contra a fé no sór­dido cár­cere, exor­tava à es­pe­rança os seus com­pa­nheiros de ca­ti­veiro du­ra­mente atri­bu­lados, até que ele pró­prio, atin­gido por uma do­ença in­cu­rável, morreu por Cristo. († 1794)

14♦.   Em Milão, na Itália, o Beato Luís Birághi, pres­bí­tero da di­o­cese de Milão, fun­dador da Con­gre­gação das Irmãs de Santa Marcelina. († 1879)

15*.   Em Agul­lent, po­vo­ação do ter­ri­tório de Va­lência, na Es­panha, o Beato Ra­fael Afonso Gu­tiérrez, mártir, pai de fa­mília, que, du­rante a vi­o­lenta per­se­guição contra a fé, der­ramou o seu sangue por Cristo. Com ele co­me­mora-se também o beato mártir Carlos Díaz Gandia, que, na mesma lo­ca­li­dade e no mesmo dia, venceu o com­bate da fé e al­cançou a vida eterna. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

16*.   Em Prat de Compte, po­vo­ação pró­xima de Tar­ra­gona, também na Es­panha, o Beato Mi­guel Do­mingos Cendra, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, na mesma per­se­guição, me­receu re­ceber a su­blime palma do martírio. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

17*.   Nos con­fins do Ti­bete, o Beato Mau­rício Tornay, pres­bí­tero e mártir, có­nego re­gular da Con­gre­gação dos Santos Ni­colau e Ber­nardo de Mont-Joux, que anun­ciou ar­do­ro­sa­mente o Evan­gelho na China e no Ti­bete e foi as­sas­si­nado pelos ini­migos em ódio ao nome de Cristo. († 1949)

– Ver Maurycy Tornay “… Maurycy Tornay , nome verdadeiro Maurice Tornay (nascido em 31 de outubro de 1910 em La Rosière em Orsières , falecido em 11 de agosto de 1949 no Tibete ) – missionário suíço , mártir , abençoado Igreja Católica Romana .

Ingressou na Ordem dos Cânones Regulares Lateranenses (CRL). Em 1938 foi ordenado sacerdote e em 1945 foi nomeado pároco de Yerkalo – então a única paróquia católica no Tibete. No entanto, as autoridades tibetanas decidiram se livrar do cristianismo e exigiram que o padre Tornay deixasse a missão. Quando ele se recusou, sua casa foi atacada e ele foi ameaçado de morte. Em seguida, mudou-se para uma cidade vizinha e solicitou uma autorização de retorno, também por meio de missões diplomáticas, que não obteve sucesso. Ele então decidiu ir para Tenzin Gyatso (14º Dalai Lama) . No caminho, no entanto, ele foi assassinado com um acompanhante perto de Chola-Pass, no Tibete …”: https://pl.wikipedia.org/wiki/Maurycy_Tornay

18. Santa Lélia, na Folhinha do Coração de Jesus.

No Martirológio Romano de 12 de agosto, “Também na Ir­landa, no mos­teiro que re­cebeu o seu nome, Santa Lélia, virgem. († s. V)”

– Ver: http://heroinasdacristandade.blogspot.com/2017/08/santa-lelia-virgem-11-de-agosto.html

– Ver “… Santa Lélia, Virgem 
A diocese de Limerick celebra hoje a festa de Santa Lélia, que também é comemorada em todas as outras dioceses irlandesas. O Cônego O’Hanlon, em seu livro Lives of the Irish Saints, diz sobre essa donzela que, … “Sua época e sua localidade não nos foram claramente reveladas; mas há boas razões para supor que ela viveu em um período remoto, e muito provavelmente ela levou uma vida de estrita observância, se ela não presidiu alguma instituição religiosa na província de Munster “. Lélia agora é geralmente identificada com a santa dalcassiana Liadhain, bisneta do príncipe Cairthenn, que São Patrício batizou em Singland. Não há particularidades ou tradições sobre ela (no século XVII, dizia-se que ela era irmã de São Munchin). Veja LIS., Vol. viii, pág. 170, e notas de Monsenhor Canon M. Moloney no North Munster Antiquarian Journal , 1936, p. 39 e St Munchin’s Folk , 1948, p. 18 .”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust11.html

19. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na diocese de Meaux, no ano da graça de 684, Santa Gilberta, abadessa de Jouarre, que repousa na magnífica cripta merovíngia daquele mosteiro. (X).

20. São Geraldo de Gallinaro, cavaleiro, cruzado. Ver páginas 342-343: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

21. VER SANTAS E SANTOS DE 11 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

– OntemCalendárioAmanhã ->
Clara de Assis (Memorial) — Alexandre, o Carvoeiro Atração de Killaraght Cassiano de Benevento Cromácio, o prefeito Digna de Todi Equitius de Valéria Eliane da Filadélfia Gaugericus de Cambrai Jean-Georges Rehm John Sandys Liadán de Killyon Maurício Tornay Filomena Rusícola de Arles Rufino de Assis Rufino de Marsi Stephen Rowsham Susana de Roma Talla Touro de EvreuxTeobaldo da Inglaterra e Companheiros Tibúrcio de Roma William LampleyMartirizado na Guerra Civil Espanhola Antonio Casany Villarrasa Armando Óscar Valdés Benjamín Fernández de Legaria Goñi Carlos Diaz Gandia Francisco Donazar Goni José Valencia Janices Juan Bazaga Palácios Julian Lisbona Royo Manuel Llop Plana Marcos Leyún Goñi Miguel Romero Rojas Miguel Domingo Cendra Rafael Alonso Gutierrez Ramon Rosell Laboria — Robaldo Rambaud
todos esses memoriais em uma única página

22. Outros santos do dia 11 de agosto, páginas: 331-388: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 11 de agosto, ver ainda: 11 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 625-628: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/11-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust11.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Devemos ou comandá-las ou ser escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*      27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                ================                             

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 10 de agosto

1. Festa de São Lou­renço (também na Folhinha do Coração de Jesus), diá­cono e mártir, que, de­se­jando acom­pa­nhar o papa Sisto também no mar­tírio, como re­fere São Leão Magno, ao re­ceber a ordem de en­tregar o te­souro da Igreja, mos­trou ao ti­rano os po­bres ali­men­tados e ves­tidos com os bens re­ce­bidos em es­mola; três dias de­pois do mar­tírio de Sisto, su­perou as chamas pela sua fé em Cristo, e os ins­tru­mentos do seu su­plício con­ver­teram-se em in­síg­nias do seu triunfo. O seu corpo foi se­pul­tado em Roma, no lugar cha­mado Campo Ve­rano, no ce­mi­tério que re­cebeu o seu nome. († 258).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, festa de São Lourenço, diácono, martirizado em Roma no ano de 258. Preso juntamente com o Papa Xisto II e outros diáconos da Igreja Romana, Lourenço foi provisoriamente poupado na esperança de que fornecesse informações sobre a fortuna da comunidade cristã. Foi queimado vivo quando declarou que não tinha outros além dos pobres que a Igreja tinha tomado sob seus cuidados (R).

– Conforme a Folhinha do Coração de Jesus de 09.08.2020, “10 de agosto: São Lourenço, diácono e mártir. “Diácono” significa “servidor”. No seguimento do Servo Jesus Cristo, Lourenço assumiu a vocação de diácono na antiga Igreja de Roma, servindo aos pobres a quem acudia com os bens da comunidade. Para ele, os pobres eram verdadeiros tesouros da Igreja. Morreu no

ano 258, depois de suportar atroz martírio, queimado vivo numa grelha. Assim,

inflamado de amor a Deus na pessoa dos pobres, ele brilhou pela fidelidade no

serviço a eles e pela glória do martírio. Hoje, entre nós, quando muitos cristãos

e cristãs já foram brutalmente martirizados por estar do lado dos pobres, que

Deus nos conceda amar o que Lourenço amou e praticar o que ele ensinou. Frei José Ariovaldo da Silva, OFM- Petrópolis/RJ”.

– Ver páginas 302-307: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf  

– Ver também “…Lourenço de Huesca ou São Lourenço (Huesca ou ValênciaHispânia, 225?[1] – Roma10 de agosto de 258) foi um mártir católico.

O cargo de diácono era de grande responsabilidade, pois consistia no cuidado dos bens da Igreja e a distribuição de esmolas aos pobres. No ano 257, o imperador romano Valeriano decretou a perseguição aos cristãos e, ao ano seguinte, foi detido e decapitado o Papa Sisto II.

Segundo as tradições, quando o Papa São Sisto se dirigia ao local da execução, São Lourenço ia junto a ele e chorava. “aonde vai sem seu diácono, meu pai?”, perguntava-lhe. O Pontífice respondeu: “Não pense que te abandono, meu filho, pois dentro de três dias me seguirá”.

Após a execução do Papa, o imperador ameaçou a Igreja para entregar as suas riquezas no prazo de 3 dias. Passados três dias, São Lourenço levou as pessoas que foram auxiliadas pela Igreja e os fiéis cristãos diante do imperador. Depois, exclamou a seguinte frase que lhe valeu a morte: “Estes são o património (riquezas) da Igreja”. O imperador, furioso e indignado, mandou prendê-lo, e ser queimado vivo sobre um braseiro ardente, por cima de uma grelha. A tradição católica diz que o santo conservou seu bom humor mesmo enquanto era executado, dizendo aos que o queimavam: “podem me virar agora, pois este lado já está bem assado”.

Tornou-se um mártir cristão e é considerado um servo fiel da Igreja.

Santo Agostinho diz que o grande desejo que tinha São Lourenço de unir-se a Cristo fez com que esquecesse as exigências da tortura. Também afirma que Deus obrou muitos milagres em Roma por intercessão de São Lourenço. Este santo foi, desde o século IV, um dos mártires mais venerados e seu nome aparece no cânone da missa. Foi sepultado no cemitério de Ciriaca, em Agro Verão, sobre a Via Tiburtina. Constantino ergueu a primeira capela no local que ocupa atualmente a Basílica de São Lourenço Extramuros, a qual é a quinta basílica patriarcal de Roma.

Em todo o mundo cristão, existem muitas igrejas dedicadas a este santo. Geralmente, as estátuas dele apresentam uma grelha (o instrumento que lhe causou a morte) e uma Bíblia nas suas mãos.

É comemorado no dia 10 de Agosto.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Louren%C3%A7o_de_Huesca

2.   Co­me­mo­ração dos santos már­tires, que em Ale­xan­dria, no Egito, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Va­le­riano, no tempo do pre­feito Emi­liano, de­pois de terem su­por­tado di­versas e re­fi­nadas tor­turas por longo tempo, al­can­çaram com vá­rios gé­neros de morte a coroa do martírio. († 257).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, sob a perseguição de Valeriano, o martírio de Diversos cristãos de Alexandria (M).

– Ver “Mártires de Alexandria”. CatholicSaints.Info . 3 de janeiro de 2018. Web. 10 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/martyrs-of-alexandria-10-august/ >

3*.   Em Dun­blane, na Es­cócia, São Blano, bispo. († s. VI).

– Ver São Blain, página 308: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Também conhecido como

  • Blaan
  • Blan
  • Blain

Memorial

Perfil

Sobrinho de São Catã. Estudou na Irlanda com Saint Comgall de Bangor , Saint Kenneth e Saint Canice . Monge . Após sete anos, ele retornou à Escócia ; a tradição diz que ele viajou em um barco sem remos ou leme, mas que o levou em segurança para casa. Monge no monstro fundado por Cathan ordenado por seu tio. Missionário dos pictos escoceses . Bispo de KingarthEscócia , ordenado por Cathen. Peregrino a Roma para buscar a bênção papal em seu bispado ; fez a viagem de volta inteiramente a pé.

Reputado milagreiro , incluindo trazer o jovem filho de um chefe britânico de volta à vida, curar cegos e acender fogo fazendo pequenos relâmpagos saltarem entre seus dedos. A devoção a Blane logo após sua morte, foi difundida na Escócia e muito popular; seu mosteiro tornou-se o local da catedral de Dunblane , na Escócia , e havia várias igrejas com seu nome.

Nascer

Morreu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

4*.   Em Al­camo, na Si­cília, re­gião da Itália, o Beato Ar­cân­gelo de Ca­la­ta­fíni (Calatafimi) Piacentíni, pres­bí­tero da Ordem dos Me­nores, in­signe pela aus­te­ri­dade da sua vida e pelo amor à solidão. († 1460)

5*.   Em Iki, ci­dade do Japão, o Beato Agos­tinho Ota, re­li­gioso da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que por Cristo foi degolado. († 1622)

– Ver Beato Agostino Ota

Ele nasceu por volta de 1570 na ilha de Ogiza (grupo dos Gotò) de uma família pagã. Sua educação primária foi dada a ele em um mosteiro de monges; depois, por volta de 1585, tendo-se mudado para a ilha de Ota, por obra dos jesuítas, que ali faziam a evangelização, converteu-se ao cristianismo. Tornou-se, portanto, uma ajuda muito valiosa para os missionários, prestando-se de todas as maneiras e com grande generosidade. Tendo um bom conhecimento da doutrina cristã, foi encarregado do ensino catequético na região de Cambò, onde construiu uma pequena capela.
Esposo de Mortagli, e sem filhos, dedicou-se com maior zelo à causa cristã, apesar da perseguição muito violenta, desencadeada na segunda década do século XVII. A sua atividade teve durante muito tempo o centro na zona de Firando; ele estava interessado em educar parte da população de maneira cristã e ao mesmo tempo trabalhava para atender a todas as necessidades dos doentes e dos pobres. Mais tarde, com Camilo Costanzo… em 1621 voltou com ele para as ilhas de Gotò onde, no entanto, ambos foram presos.
Da prisão escreveu uma carta ao padre provincial jesuíta para ser aceito como irmão leigo na Ordem; o pedido foi aceito e, portanto, ele fez seus votos pouco antes do martírio.
Ele foi decapitado em 10 de agosto de 1622 após quatro meses de prisão em Ichi e o corpo foi disperso no mar. Foi beatificado por Pio IX em 6 de julho de 1867.

Autor: Gian Domenico Gordini… : http://www.santiebeati.it/dettaglio/91071

6*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, os be­atos Cláudio José Jouf­fret de Bonnefont, da So­ci­e­dade de São Sul­pício, Fran­cisco Fran­çois, da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos, e Lá­zaro Ti­ersot, da Ordem Car­tu­siana, pres­bí­teros e már­tires, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, en­cer­rados na sór­dida ga­lera, por causa do sa­cer­dócio con­su­maram o seu martírio. († 1794)

7*.   No lugar cha­mado El Saler, pró­ximo de Va­lência, na Es­panha, o Beato José To­ledo Pel­licer, pres­bí­tero e mártir, que, ple­na­mente con­fi­gu­rado com Cristo, Sumo Sa­cer­dote, a quem fi­el­mente ser­vira, O imitou com o triunfo do martírio. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

8*.   Em Va­lência, também na Es­panha, o Beato João Mar­to­rell Sória, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que so­freu o mar­tírio na mesma per­se­guição. Com ele é também co­me­mo­rado o Beato mártir Pedro Me­so­nero Ro­drí­guez, re­li­gioso da mesma So­ci­e­dade, que, em Vedat de Tor­rent, po­vo­ação do ter­ri­tório de Va­lência, em dia des­co­nhe­cido deu tes­te­munho de Cristo, co­roado com o martírio. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

9*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, pró­ximo de Mu­nique da Ba­viera, na Ale­manha, os be­atos Fran­cisco Dr­zewi­ecki, da Con­gre­gação da Pe­quena Obra da Di­vina Pro­vi­dência, e Edu­ardo Grzy­mala, pres­bí­teros e már­tires, na­tu­rais da Po­lónia, que, du­rante a de­vas­tação da sua pá­tria em tempo de guerra, foram de­por­tados para uma prisão es­tran­geira pelos per­se­gui­dores da fé e, en­ve­ne­nados pela ina­lação de gás mor­tí­fero, foram ao en­contro de Cristo. († 1942)

– VER “108 MÁRTIRES DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

 (POLÔNIA – 12 DE JUNHO)”

10. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cartago, as Santas Bassa, Paula e Agatóica, que consagraram sua virgindade a Cristo pelo martírio (M).

11. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. VI, São Deodato (também na Folhinha do Coração de Jesus, São Deusdedit), sapateiro. Segundo São Gregório, ele distribuía no sábado tudo quanto havia ganho na semana precedente (M).

12. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 1135, Santo Hugo de Montagu, monge de Cluny. Foi eleito abade de Saint-Germain de Auxerre, e depois bispo da cidade. Favoreceu a então nascente Ordem Cisterciense (M).

– Conforme VIDAS DOS SANTOS, um dos biógrafos nos diz que Santo Hugo meditava sem cessar estas palavras de São Jerônimo: Mihi oppidum carcer, solitudo, paradisus est, ou seja: “Para mim, uma cidade é uma prisão, a solidão um paraíso”. Ver páginas 328-329: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… 1136 – Bem-aventurado Hugo de Montaigu; recebeu sua educação nas mãos de seu tio, São Hugo de Cluny. Posteriormente, ele foi professado um beneditino no próprio Cluny. Em 1096, foi consagrado bispo de Auxerre (Beneditinos), OSB B (AC) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust10.html

13. Santa Mercês, na Folhinha do Coração de Jesus.

14. Santo Arígio, arcebispo. Ver páginas 309-310: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

15. Santa Filomena (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Ver páginas 311-328: VIDAS DOS SANTOS – 14.pdf (obrascatolicas.com)

– Ver também “… Santa Filomena (século III) é santa virgem e mártir, cuja veneração pela Igreja Católica Apostólica Romana iniciou-se em meados do século XIX. O pouco que se sabe de sua vida chegou à Igreja através de revelações privadas, que teriam sido recebidas pela Serva de Deus Maria Luisa de Jesus (1799-1875) em agosto de 1833, na cidade de Nápoles. Essas revelações, por obediência ao seu diretor espiritual, foram transcritas e a veracidade de seus escritos foi atestada pelo Santo Ofício (atual Congregação para a Doutrina da Fé) em 21 de dezembro do mesmo ano…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Filomena_de_Roma

– Ver também: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-santa-filomena/81/102/

– “…A descoberta de um corpo em 25 de maio de 1802, em um túmulo dentro da catacumba de Priscila na Via Salaria que foi fechada com três azulejos marcados “LUMENA ​​| PAXTE | CUMFI”. O corpo era de uma garota de 14 anos com o crânio esmagado e um frasco, supostamente, com sangue indicando um mártir. Procurando um nome, alguém leu as peças começando com “pax”; assim, obtendo: PAX TECUM FILOMENA (“paz esteja com você, Philomena”).
Mais ou menos na mesma época (1805), o cônego de Mugnano na diocese de Nola solicitou relíquias para um novo altar, recebeu as da menina e guardou seus ossos sob o altar. Milagres logo foram relatados e a fama de Philomena se espalhou por toda a Itália…

São João Vianney, o Cura d’Ars, construiu um santuário em sua homenagem e se referia a ela com frequência, o que ajudou a espalhar seu culto pelo mundo. Assim como a cura da quase agonizante Pauline Jaricot, fundadora da Associação para a Propagação da Fé, no santuário de Filomena. Este último levou à autorização de um culto público em várias dioceses da Itália… Philomena (Philumena) Cultus originalmente permitido pelo Papa Gregório XVI em 1837 com uma festa em 11 de agosto, mas foi proibido por decreto de Roma em 1961 porque nada se sabia dela com certeza, embora muitos milagres ocorressem em seu santuário…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust10.html

16. São Nicola Saggio “Nicola Saggio (Longobardi6 de janeiro de 1650 — Roma3 de fevereiro de 1709)[1] foi um religioso italiano da Ordem dos Mínimos, beatificado pelo Papa Pio VII em 1786. Sua canonização foi em 23 de novembro de 2014[2].” Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nicola_Saggio

17. VER SANTAS E SANTOS DE 10 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Lawrence de Roma (festa) Nossa Senhora do Bom Sucesso — Agathônica de Cartago Agilberta de Jouarre Amadeus de Portugal Andréa de Grosseto Archangelus Piacentini Arédio de Lyon Astéria de Bérgamo Agostinho Ota Bassa de Cartago Bessus Bettelin Blane Claude-Joseph Jouffret de Bonnefont Deusdedit o Sapateiro François François Gerôncio Hugo de Montaigu Lazare Tiersot Paula de CartagoMártires de Alexandria – mais de 260 santos Mártires de Cutigliano Aurélio Ireneaus Mártires de Roma – 165 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Andrés Rueda Rojas Antonio González Penín Esteve Llover Torrent Jaume Jardí Vernet José Toledo Pellicer José Xavier Gorosterratzu Jaunarena Juan Martorell Sória Lluís Sans Viñas Miguel Borrego Amo Pedro Mesonero Rodríguez Victoriano Calvo Lozano Martirizado na Segunda Guerra Mundial Eduardo Grzymala Franciszek Drzewiecki — Eric IV Pletrude
todos esses memoriais em uma única página

18. Outros santos do dia 10 de agosto, páginas: 302-330: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 10 de agosto, ver ainda: 10 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 623-625: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/10-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust10.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Devemos ou comandá-las ou ser escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*      27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                ================                             

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 09 de agosto

1. Santa Te­resa Be­ne­dita da Cruz (Edite Stein, também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem da Ordem das Car­me­litas Des­calças e mártir, que, nas­cida e edu­cada na re­li­gião ju­daica, de­pois de ter en­si­nado fi­lo­sofia du­rante al­guns anos entre nu­me­rosas tri­bu­la­ções, re­cebeu no Bap­tismo uma vida nova em Cristo, pros­se­guindo-a sob o véu das vir­gens con­sa­gradas, até que, sob um ne­fasto re­gime hostil à dig­ni­dade hu­mana e cristã, foi exi­lada e en­car­ce­rada no campo de con­cen­tração de Aus­chwitz, pró­ximo de Cra­cóvia, na Po­lónia, onde foi morta numa câ­mara de gás. († 1942).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 1942, no campo de extermínio de Auschwitz, na Polônia ocupada, a Bem-Aventurada Irmã Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein), carmelita. Filósofa de origem judia, converteu-se ao catolicismo e entrou para o Carmelo. Foi beatificada pelo Papa João Paulo II em 1º de maio de 1987. (M). Canonizada em 11 de outubro de 1998 pelo Papa João Paulo II (Santo). É co-padroeira da Europa juntamente com Santa Catarina de Sena.

– Ver “… Edith Theresa Hedwig SteinO.C.D., canonizada como Santa Teresa Benedita da Cruz (12 de outubro de 1891 – 9 de agosto de 1942), foi uma santa, filósofa e teóloga alemã nascida judia que se converteu à Igreja Católica. Ela foi canonizada em 11 de outubro de 1998 pelo Papa João Paulo II, sendo mártir da Igreja e uma das seis santas co-padroeiras da Europa…”: – https://pt.wikipedia.org/wiki/Edith_Stein 

– Ver também: https://www.google.com/search?q=Santa+Teresam´zk+Benedita+da+Cruz&oq=Santa+Teresa+Benedita+da+Cruz&aqs=chrome..69i57j0l5.6473j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8

– Ver SANTA TERESA BENEDITA DA CRUZ

Também conhecido como

  • Edith Stein
  • Teresa Benedita

Memorial

Perfil

Caçula de sete filhos de uma família judia. Edith perdeu o interesse e a fé no judaísmo aos 13 anos. Estudante brilhante e filósofa com interesse em fenomenologia . Estudou na Universidade de Göttingen, Alemanha e em Breisgau, Alemanha . Obteve seu doutorado em filosofia em 1916 , aos 25 anos. Testemunhar a força da fé de amigos católicos a levou a se interessar pelo catolicismo , o que a levou a estudar um catecismo por conta própria, o que a levou a “ler a si mesma” na Converteu -se ao catolicismo em Colônia , Alemanha ; batizado na igreja de São Martinho, Bad Bergzabern, Alemanha , em 1º de janeiro de 1922 .

Carmelita em 1934 , tomando o nome de Teresa Benedita da Cruz . 

Professor na escola dominicana em Speyer , Alemanha e conferencista no Instituto Educacional de Munique , Alemanha . No entanto, a pressão anti-judaica dos nazistas a forçou a renunciar a ambas as posições. Profundo escritor espiritual .

Tanto judia quanto católica, ela foi contrabandeada da Alemanha e enviada para Echt, Holanda , em 1938 . Quando os nazistas invadiram a Holanda , ela e sua irmã Rose, também convertida ao catolicismo , foram capturadas e enviadas para o campo de concentração de Auschwitz, onde morreram nas câmaras de gás como tantos outros.
Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Representação

  • Estrela de Davi

Vitrine

informação adicional

Leituras

O que não se encaixava no meu plano estava dentro do plano de Deus. Tenho uma crença cada vez mais profunda e firme de que nada é apenas um acidente quando visto à luz de Deus, que toda a minha vida até os mínimos detalhes foi marcada para mim no plano da Divina Providência e tem um significado totalmente coerente em Os olhos de Deus que tudo veem. E assim estou começando a me regozijar na luz da glória em que esse significado será revelado para mim. Santa Teresa Benedita da Cruz

Deus está presente nesses momentos de descanso e pode nos dar em um único instante exatamente o que precisamos. Então o resto do dia pode seguir seu curso, sob o mesmo esforço e tensão, talvez, mas em paz. E quando a noite chega, e você olha para trás no dia e vê como tudo foi fragmentado, e quanto você planejou que foi desfeito, e todas as razões pelas quais você tem que ficar envergonhado e envergonhado: apenas aceite tudo exatamente como está, coloque nas mãos de Deus e deixe com Ele. Então você poderá descansar nEle – realmente descansar – e começar no dia seguinte como uma nova vida. Santa Teresa Benedita da Cruz

Aprenda com Santa Teresa a depender somente de Deus e servi-lo com um coração totalmente puro e desapegado. Então, como ela, você poderá dizer ‘não me arrependo de ter me entregado ao Amor’Santa Teresa Benedita da Cruz

Ó meu Deus, encha a minha alma de santa alegria, coragem e força para Lhe servir. Acenda seu amor em mim e então caminhe comigo ao longo do próximo trecho de estrada antes de mim. Eu não vejo muito à frente, mas quando eu chegar aonde o horizonte agora se fecha, uma nova perspectiva se abrirá diante de mim, e eu a enfrentarei com pazSanta Teresa Benedita da Cruz

Citação MLA

2.   Em Roma, no ce­mi­tério de São Lou­renço, junto à Via Ti­bur­tina, São Romão (Romano), mártir. († c. 258)

3*.   No mos­teiro de Achonry, na Ir­landa, São Nateu (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo e abade. († s. VI)

4*.   Em Kil­more, também na Ir­landa, São Fe­dli­mino, bispo. († c. s. VI)

5.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, a co­me­mo­ração dos santos mártires, que, se­gundo a tra­dição, foram mortos por ter de­fen­dido uma an­tiga imagem do Sal­vador co­lo­cada na Porta de Bronze, que o im­pe­rador Leão o Isáu­rico man­dara destruir. († c. 729).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, no séc. VIII, os Santos Juliano, Mariano e outros oito mártires, que depois de inúmeros tormentos foram mortos pela espada, por terem defendido o culto das santas imagens. (M).

Ver Mártires de Constantinopla

Um grupo de dez cristãos que foram presos , torturados e executados por defender um ícone de Cristo em desafio às ordens do imperador Leão, o Isaurian. Sabemos os nomes de três, mas nada mais sobre eles –

6*.   Em Pa­lena, na Ca­lá­bria, ac­tu­al­mente nos Abruzos, re­gião das Itália, o Beato Falco, eremita. († s. X/XI)

7*.   Em Flo­rença, na Etrúria, ac­tu­al­mente na Tos­cana, também re­gião da Itália, o Beato João de Salerno, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, que fundou o con­vento de Santa Maria No­vella e lutou co­ra­jo­sa­mente contra os he­reges patarinos. († c. 1242).

– Ver página 291: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… John Guarna nasceu em Salerno por volta de 1190. Enquanto estudava em Bolonha, conheceu São Domingos; eles foram mutuamente atraídos um pelo outro, e John adquiriu o hábito da nova ordem. Em 1219, treze frades foram enviados para pregar na Etrúria e destes, embora fosse facilmente o mais jovem, João de Salerno foi feito superior. Foi-lhes dada uma casa em Ripoli, perto de Florença, de onde saíram para toda a vizinhança, mas particularmente para a própria Florença, onde João pregava todos os dias nas ruas e procurava as ovelhas perdidas. Este arranjo logo foi considerado muito inconveniente e uma perda de tempo, e a comunidade mudou-se para San Pancrazio, adjacente às muralhas da cidade. Aqui Bd John teve uma experiência difícil com uma jovem de desejos indisciplinados que se entregou à paixão por ele. Ela fingiu estar doente, foi para a cama e mandou chamar o irmão John para ouvir sua confissão; o frade foi imediatamente, apenas para descobrir seu “penitente” se aproveitando descaradamente de estar sozinho. Ele repreendeu a garota severamente e tentou levá-la à razão, mas ela não deu atenção, então ele só poderia ir embora e deixá-la. Mas ele não a esqueceu, e suas orações eventualmente levaram a menina ao arrependimento para com Deus e humilde desculpas a si mesmo. Diz-se que este incidente foi tornado público da seguinte maneira. Uma mulher possuída estava sendo exorcizada por um sacerdote quando o espírito maligno, falando por sua boca, exclamou: “Só aquele que não foi queimado no fogo pode me expulsar!” Ele foi ajudado a explicar quem e o que ele quis dizer, e ele nomeou o prior dos dominicanos e contou a história; Bd John foi chamado e a mulher foi libertada.
   Ele tinha o dom de ler mentes e consciências, e às vezes envergonhava ou iluminava um penitente ou um de seus súditos por seu conhecimento deles. Em 1221, ele encontrou sua comunidade afastada da igreja na qual costumavam cantar o Ofício Divino; ele logo os estabeleceu em Santa Maria Novella, cuja famosa igreja atual foi iniciada cinquenta anos depois. Florença foi perturbada nesta época pelos patarinos, uma seita que havia penetrado na Itália a partir da Bósnia; Papa Gregório IX. encarregou Bd John de lidar com esses hereges, cujos princípios e vida eram semelhantes aos dos albigenses que primeiro exercitaram São Domingos. Eles ficaram indignados com sua campanha, mas ele se recusou a ser intimidado por suas ameaças ou irritado com seus insultos, e conseguiu trazer números de volta à Igreja e à vida cristã. Enquanto ele estava morrendo, Bd John lembrou a seus irmãos que nenhuma ação requer tanto cuidado, devoção e pureza quanto o recebimento da sagrada comunhão. Seu culto foi aprovado em 1783…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust09.html

8*.   No monte de Verna, também na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato João de Fermo, pres­bí­tero da Ordem dos Me­nores, que viveu na so­lidão, mor­ti­fi­cando o corpo com je­juns e um ad­mi­rável es­pí­rito de penitência. († 1322).

– Ver João de Fermo ou João de Auvergne, páginas 273-288: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

9*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato Ri­cardo Bere, pres­bí­tero e mártir, que, por ter per­ma­ne­cido fiel ao Ro­mano Pon­tí­fice e de­fen­dido o ma­tri­mónio cristão, por ordem do rei Hen­rique VIII, morreu por ter per­ma­ne­cido fiel ao Ro­mano Pon­tí­fice e de­fen­dido o ma­tri­mónio cristão, jun­ta­mente com os seus con­frades da Car­tuxa desta ci­dade, ex­te­nuado pelas inu­manas con­di­ções do cár­cere su­por­tadas du­rante muito tempo e pela fome. († 1537)

10*.   Num sór­dido barco-prisão, an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Cláudio Ri­chard, pres­bí­tero da Ordem de São Bento e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, por ser sa­cer­dote, foi ar­re­ba­tado do mos­teiro de Moyen-Mou­tier e en­car­ce­rado na ga­lera, onde morreu con­ta­giado pela en­fer­mi­dade dos seus com­pa­nheiros de prisão a quem pres­tava assistência. († 1794)

11*.   Em Sa­la­manca, na Es­panha, Santa Cân­dida Maria de Jesus (Joana Jo­sefa Ci­pí­tria), virgem, que fundou a Con­gre­gação das Fi­lhas de Jesus, para co­la­borar na obra da edu­cação cristã das crianças. († 1912)

12♦.   Em Mo­lokai, ilha do ar­qui­pé­lago do Hawai, Santa Ma­riana Cope de Mo­lokai (Bár­bara Kobb), virgem das Irmãs da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco de Si­ra­cusa, que se de­dicou com ex­tra­or­di­nária ge­ne­ro­si­dade ao ser­viço dos le­prosos, ali­ando o cui­dado fí­sico à ins­trução e con­forto espiritual. († 1918)

13*.   Em Bar­bastro, na Es­panha, o Beato Flo­ren­tino Asêncio Bar­roso, bispo e mártir, que, fu­zi­lado pelos mi­li­ci­anos du­rante a vi­o­lenta per­se­guição contra a Igreja, com o seu sangue deu tes­te­munho da fé que in­ces­san­te­mente pre­gava ao povo que lhe foi confiado. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

 14*.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, os be­atos Rúben de Jesus (Rúben López Aguilar) e seis com­pa­nheiros, re­li­gi­osos da Ordem de São João de Deus e már­tires, que, na mesma per­se­guição, as­sas­si­nados em ódio à vida re­li­giosa, foram ao en­contro do Se­nhor. Os seus nomes são: Artur (Luís Ayala Niño), João Bap­tista (José Ve­lás­quez Pe­láez), Eu­génio Afonso (An­tónio Ra­mírez Sa­lazar), Es­têvão (Ga­briel Maya Gu­tiérrez), Melquíades (Rai­mundo Ra­mírez Zu­luaga), Gaspar (Luís Mo­desto Páez Perdono). († 1936)

15*.   Em Azanuy, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Hu­esca, também na Es­panha, os be­atos Faus­tino Oteiza Segura, pres­bí­tero, e Flo­ren­tino Fi­lipe Naya, re­li­gi­osos da Ordem dos Clé­rigos Re­grantes das Es­colas Pias e már­tires, que, na mesma per­se­guição, mor­reram por Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

16*.   Em Argés, lo­ca­li­dade pró­xima de To­ledo, também na Es­panha, o Beato Gui­lherme Plaza Her­nández, pres­bí­tero da Ir­man­dade dos Sa­cer­dotes Ope­rá­rios e mártir, que foi morto no mesmo dia e no mesmo combate. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

17*.   Em Car­cai­xent, lo­ca­li­dade pró­xima de Va­lência, também na Es­panha, o Beato Ger­mano Maria (José Maria Gar­ri­gues Her­nández), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e mártir, que, na vi­o­lenta per­se­guição contra a fé cristã, venceu os su­plí­cios cor­po­rais com a sua pre­ciosa morte. († 1936)

18♦.   Em Villa de Don Fra­dique, perto de To­ledo, também na Es­panha, o Beato Fran­cisco López-Gasco Fer­nández Largo, pres­bí­tero da di­o­cese de To­ledo e mártir, as­sas­si­nado em ódio ao sacerdócio. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

19♦.   Em Ma­drid, também na Es­panha, o Beato José Maria Ce­laya Badiola, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, na mesma per­se­guição, der­ramou o seu sangue por Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

20♦.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Lou­renço Gabriel (José Fi­gueras Rey), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que, na mesma per­se­guição, aco­lhendo fi­el­mente as pa­la­vras de Cristo, passou da morte à vida gloriosa. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

21♦.   Em Bran­de­burgo, na Ale­manha, o Beato Fran­cisco Jägerstätter, mártir, as­sas­si­nado du­rante a opressão de um re­gime hostil à re­li­gião e à dig­ni­dade humana. († 1943)

22. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1067, São Maurílio. Foi inicialmente monge na abadia de Fécamp. Retirou-se a seguir para a Itália, para viver como eremita próximo ao monge Gerberto, futuro abade de São Vandrilo. Por seus méritos, foi escolhido como abade de Santa Maria de Florença, mas logo abandonou aquela comunidade de monges indisciplinados para retornar a Fécamp, sendo eleito arcebispo de Rouen em 1054 (X).

– Ver páginas 289-290: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

23. Na Folhinha do Coração de Jesus, São Rústico.

– Em Verona, os santos mártires Firmo e Rústico, no tempo do Imperador Maximiano.

– Ver página 301: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Em Verona, os santos mártires Firmus e Rusticus. Quando eles se recusaram a sacrificar aos ídolos e permaneceram constantes na confissão de Cristo, depois de terem superado muitos outros tormentos, foram condenados a serem açoitados e decapitados por Anolinus, um juiz, durante o reinado do imperador Maximiano.
Firmus e Rusticus MM (RM). As histórias que chegaram até nós sobre esses parentes não são confiáveis. Diz-se que eram cidadãos proeminentes de Bérgamo, que foram martirizados em Verona durante o governo de Maximiano. É possível que as relíquias de dois mártires africanos com esses nomes tenham sido traduzidas para Verona e histórias apropriadas desenvolvidas para torná-los heróis locais (beneditinos)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust09.html

24. São Clemente de Ocrida (na Wikipedia de 08 de dezembro, dizendo que sua festa litúrgica é 27 de julho e 25 de novembro (calendário gregoriano) e 9 de agosto e 8 de dezembro (calendário juliano)) “Clemente de Ocrida (em antigo eslavo eclesiástico: Климє́нтъ Охрїдьскъ; em búlgaro: Свети Климент Охридски), também conhecido como Clemente de Ohrid, foi um escritor e estudioso búlgaro reconhecido como santo pelo seu papel como missionário entre os eslavos.[6][7][8][9][10] Ele foi o mais importante discípulo dos irmãos e santos Cirilo e Metódio e é geralmente associado aos dois como criador do alfabeto glagolítico, um antecessor do alfabeto cirílico, especialmente por tê-los tornado popular entre os eslavos recém-cristianizados. Ele foi o fundador da Escola Literária de Ocrida e é considerado como o patrono da educação e da língua por algumas nações eslavas. Além disso, ele é também considerado como sendo o primeiro bispo da Igreja Ortodoxa Búlgara,[11][12] um dos sete apóstolos do Império Búlgaro, o padroeiro da Macedónia do Norte, da cidade de Ocrida[3] e da Igreja Ortodoxa Macedônica.[4]”: Clemente de Ocrida – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

25. VER SANTAS E SANTOS DE 09 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Teresa Benedita da Cruz (Memorial Opcional) — Amor de Franco-Condado Autor de Metz Bandaridus de Soissons Candida Maria de Jesus Cipitria y Barriola Claude Richard Domiciano de Châlons Falco, o Eremita Firmo de Verona João de Alvernia João de Salerno Marianne Cope Martinho de Brive Maurilio de Rouen Mical Tomaszek Nathy Numídico de Cartago Phelim Ricardo Bere Romanus Ostiarius Rústico de Sirmio Rústico de Verona Estêvão de Burgos Zbigniew Adam StrzalkowskiMártires de Constantinopla – 10 santos Mártires de Civitavecchia Marceliano Secundário Verian Martirizado na Guerra Civil Espanhola Colombianos mártires de Barcelona – 7 beati Antonio Mateo Salamero Cayetano Giménez Martín Faustino Oteiza Segura Florentín Felipe Naya Florentino Asensio Barroso Francisco López-Gasco Fernández-Largo Guillermo Plaza Hernández Joan Vallés Anguera José Maria Celaya Badiola José Maria Garrigues Hernández Josep Figuera Rei Josep Maria Aragonés Mateu Julián Pozo Ruiz de Samaniego Lorenzo Palomino Villaescusa Mariano Sierra Almazor Mateo Molinos Coloma Narcís Sitjà Basté
todos esses memoriais em uma única página

26. Outros santos do dia 09 de agosto, páginas: 234-301: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 09 de agosto, ver ainda: 9 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 620-623: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/9-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust09.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Devemos ou comandá-las ou ser escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*      27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                ================                             

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 08 de agosto

DESTAQUES DE 08 DE AGOSTO

A. NOSSA SENHORA MEDIADORA DE TODAS AS GRAÇAS

B. MEMÓRIA DE SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO E NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

A. NOSSA SENHORA, MEDIADORA DE TODAS AS GRAÇAS. LEMBRADA NO VIDAS DOS SANTOS DE 08 DE AGOSTO, JUNTO COM OS SANTOS AUXILIADORES. Ver páginas 225-230 (VER ABAIXO Nº 28): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Ver ENCÍCLICA OCTOBRI MENSE “… Por consequência, pode-se com toda verdade e rigor afirmar que, por divina disposição, nada nos pode ser comunicado, do imenso tesouro da graça de Cristo – sabe-se que “a glória e a verdade vieram de Jesus Cristo” (Jo 1, 17), – senão por meio de Maria. De modo que, assim como ninguém pode achegar-se ao Pai Supremo senão por meio do Filho, assim também, ordinariamente, ninguém pode achegar-se a Cristo senão por meio de sua Mãe: https://www.vatican.va/content/leo-xiii/pt/encyclicals/documents/hf_l-xiii_enc_22091891_octobri-mense.html

– Ver também: https://pt.wikipedia.oVer “NOSSA SENHORA MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS: TRATA-SE DE UM TÍTULO LITÚRGICO, CELEBRADO A 31 DE MAIO…”: https://www.portalsaofrancisco.com.br/historia-geral/nossa-senhora-medianeira-de-todas-as-gracas

– OS PAPAS E MARIA MEDIATRIX: “Os Papas de Maria Mediatrix

a. Bem-aventurado Papa Pio IXUbi primum, 2 de fevereiro de 1849:
        Deus comprometeu-lhe o tesouro de todas as coisas boas, para que todos saibam que através dela são obtidas toda esperança, toda graça e toda salvação. Pois esta é a Sua vontade, de obtermos tudo através de Maria.

 Papa Leão XIII, 22 de setembro de 1891:
        Podemos afirmar que, pela vontade de Deus, nada nos é dado sem a mediação de Maria, de tal maneira que, assim como ninguém pode se aproximar do Pai Todo-Poderoso, mas através de Seu Filho, ninguém, por assim dizer, pode se aproximar de Cristo, mas através de sua mãe.

 b. Papa Leão XIIIAdjutricem populi, 5 de setembro de 1895:
        Ó Virgem Santíssima, ninguém existe no conhecimento de Deus, a não ser por ti. Ninguém, ó Mãe de Deus, obtém salvação exceto por ti. Ninguém recebe um presente do trono da misericórdia, exceto através de ti.

 c. Papa São Pio X, Encíclico de 2 de fevereiro de 1904:
        Pela comunhão de tristezas e vontade entre Cristo e Maria, ela mereceu tornar-se dispensadora de todas as bênçãos que Jesus adquiriu para nós por Seu sangue.

 d. Papa Pio XI, discurso de 15 de agosto de 1933:
        Somente Deus concede graça de acordo com a medida que Ele prevê em Sua infinita sabedoria. Mas, embora essa graça venha de Deus, é dada por Maria, nossa advogada e mediadora, uma vez que a afeição materna, por um lado, encontra resposta na devoção infantil, por outro.

 e. Papa Pio XIIngravescentibus malis 29 de setembro de 1937 Imploramos a
        Deus através da mediação da Virgem, tão aceitável para Ele, para usar as palavras de São Bernardo: “Tal é a vontade de Deus que desejou que todas as coisas tivéssemos através de Maria. “

 f. Papa Pio XII, Carta ao Cardeal Maglione de 15 de abril de 1940:
         Como São Bernardo declara: “É a vontade de Deus que obtemos todos os favores através de Maria”, que todos se apressem em recorrer a Maria … Tão poderoso de fato é a Santíssima Virgem com Deus e seu Filho unigênito que, como Dante escreve, “quem deseja Sua ajuda e deixa de recorrer a Maria é como alguém tentando voar sem asas”.

g. Papa Pio XIIAuspicia quaedam 1 de maio de 1948:

       Que ela, que nos deu Jesus, obtenha para nós que todos os que se afastaram do caminho da verdade possam retornar imediatamente a Ele motivados pela contrição salutar. Que ela obtenha para nós – pois ela é nossa Mãe mais amável, que sempre se mostrou, diante de todos os perigos, nosso poderoso ajudante e canal de graça – que ela possa obter para nós, dizemos, uma solução justa, até no meio de nossas necessidades mais graves.”. Ver: http://www.rosarychurch.net/mary/mediatrix.html

– Ver também “… Embora Cristo seja o Único Mediador entre Deus e o Homem (1 Tim. 2: 5) desde que Sozinho por Sua morte na Cruz, reconciliou totalmente a humanidade com Deus, isso não exclui uma mediação secundária, subordinada a Cristo (cf. Summa Theologica III 26, 1). “Unir o homem a Deus de forma precipitada (perfeita) appertains a Cristo de acordo com 2 Cor. 5: 19). Portanto, Só Cristo é o mediador perfeito entre Deus e o homem, na medida em que Ele reconciliou a humanidade com Deus pela Sua morte…. Mas não há nada que impeça que outros de uma certa forma (secundum quid) sejam chamados de mediadores entre Deus e o homem, na medida em que eles, preparando ou servindo (dispositivo vel ministeraliter), cooperem na união dos homens a Deus.”

Os Pais (Padres) chamavam Maria de “Go-between” (mesitris, mediatrix). Uma oração atribuída a São Efem diz sobre ela: “Depois do Mediador, tu, a mediatrix de todo o mundo” (post mediatrix mediatrix totius mundi: Oratio IV ad Deiparam. 4ª lição do Escritório da Festa).

O título Mediatrix é anexado a Maria em documentos oficiais da Igreja também, por exemplo, na Bula “Inefabilis” do Papa Pio IX (1854); nas Encíclicas do Rosário “Adiutricem” e “Fidentem (D 1940a) do Papa Leão XIII (1895 e (1896); na Encíclica “Ad diem illum” do Papa São Pio X (1904). Também foi recebida na Liturgia da Igreja através da introdução da Festa de Mariae Virginis omnium gratiarum Mediatricis (1921).

Maria é designada mediatrix de todas as graças em um sentido duplo:

1. Maria deu o Redentor. a Fonte de todas as graças, para o mundo, e desta forma ela é o canal de todas as graças. (Enviado. certa.)

2. Desde a Assunção de Maria no Céu nenhuma graça é conferida ao homem sem sua cooperação intercessória real (Sent. pia et probabilis) …”: http://www.rosarychurch.net/mary/redemptrix.html

– Ver ainda: https://www.youtube.com/watch?v=xqYzRaDu4Y0

– Ver também “Escola da Fé – “Maria é a medianeira de todas as graças!”, Papa Pio XI”: https://www.youtube.com/watch?v=ceYo2rzsqt0

 – Ver: “Em 1921, Bento XVI (Bento XV) a pedido do Cardeal Mercier, concedeu à Bélgica o ofício e a missa da Bem-aventurada Virgem Maria “Medianeira de todas as graças”, a celebrar no dia 31 de Maio”: https://www.dehonianos.org/portal/nossa-senhora-medianeira-de-todas-as-gracas0/

B. MEMÓRIA DE SÃO DOMINGOS E NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO.

DEVIDO À MEMÓRIA DE SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO, 08 DE AGOSTO, LEMBRAMOS TAMBÉM NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO, CUJA FESTA É 07 DE OUTUBRO, ALÉM DE JÁ TERMOS LEMBRADO NOSSA SENHORA MEDIADORA / MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS, FESTA EM 31 DE MAIO

– Memória de São Do­mingos de Gusmão (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, có­nego de Osma, ci­dade da pro­víncia de Sória, na Es­panha, que hu­mil­de­mente se de­dicou ao mi­nis­tério da pre­gação nas re­giões per­tur­badas pela he­resia dos Al­bi­genses e viveu vo­lun­ta­ri­a­mente nas pri­va­ções da po­breza, fa­lando sempre com Deus ou de Deus.

{“O catarismo foi uma heresia medieval que se desenvolveu, principalmente, no sul da França e partes da Itália a partir do século XII. Foi um dos maiores movimentos heréticos da Baixa Idade Média e levou a Igreja Católica a convocar uma Cruzada para conter o seu crescimento. Os cátaros também são conhecidos como albigenses, em referência a uma importante cidade do sul da França que se converteu ao catarismo – Albi. A palavra cátaro vem do grego katharos e significa “puro” …

“A doutrina cátara acreditava que o mundo material era mau desde a criação e que a restauração do homem acontecia por meio do ascetismo (penitência) e comunhão com Deus. Assim, os cátaros acreditavam no celibato (permanecer solteiro), condenavam o casamento e a procriação e não comiam carne (a exceção era peixe), gorduras, ovos, leite e queijo |2|….”Conforme: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/heresia-dos-cataros-cruzada-albigense.htm

… “Albigensianismo“. Novo Dicionário CatólicoCatholicSaints.Info. 15 de janeiro de 2017. Teia. 8 de agosto de 2022:  https://catholicsaints.info/albigensianism/ }

De­se­joso de en­con­trar uma nova forma de pro­pagar a fé, fundou a Ordem dos Pre­ga­dores, para re­novar na Igreja a forma de vida apos­tó­lica, man­dando aos seus ir­mãos que se de­di­cassem ao ser­viço do pró­ximo com a oração, o es­tudo e o mi­nis­tério da pa­lavra. Morreu em Bo­lonha, ci­dade da Itália, no dia seis de Agosto. († 1221).

– No Martirológio Romano de 06 de agosto, Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o dia natal – dies natalis – (aniversário da morte) de São Do­mingos de Gusmão, pres­bí­tero, cuja me­mória se ce­lebra no dia oito deste mês. († 1221).

– Ver “…São Domingos de Gusmão (CaleruegaReino de Castela24 de Junho de 1170 — Bolonha6 de Agosto de 1221) foi um frade e santo católico fundador da Ordem dos Pregadores, cujos membros são conhecidos como Frades Dominicanos…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Domingos_de_Gusm%C3%A3o

– Ver São Domingos de Guzmán

Também conhecido como

  • Domingos de Osma
  • Domingos de Caleruega

Memorial

Perfil

Nascido da nobreza espanhola rica. Filho da Beata Joana de Aza . Joana teve dificuldade em conceber , e rezou no santuário de São Domingos de Silos , que tinha tradição de padroeiro desse problema ; quando engravidou , deu à criança o nome de Domingos em homenagem ao Santo . Durante a gravidez , a mãe da Beata Joana teve uma visão de que seu filho não nascido era um cachorro quem incendiaria o mundo com uma tocha que carregava na boca; um cão com uma tocha na boca tornou-se um símbolo para a Ordem que ele fundou, os Dominicanos . No batismo de Domingos , a Beata Joana viu uma estrela brilhando em seu peito, que se tornou outro de seus símbolos na arte , e o levou ao patrocínio da astronomia .

Estudou filosofia e teologia na Universidade de Palencia. 

Sacerdote . Canon da catedral de Osma, Espanha . agostiniano . Trabalhou para a reforma clerical . Teve um apostolado vitalício entre os hereges , especialmente os albigenses , e especialmente na França . Trabalhou com o Beato Pedro de Castelnau . Fundou a Ordem dos Frades Pregadores ( Dominicanos ) em 1215 , um grupo que vive uma vida simples e austera, e uma ordem de freiras dedicado ao cuidado de meninas . Amigo de São Amata de Assis .

A certa altura, Domingos ficou desanimado com o progresso de sua missão; por mais que trabalhasse, as heresias permaneciam. Mas ele recebeu uma visão de Nossa Senhora que lhe mostrou uma coroa de rosas , representando o rosário . Ela lhe disse para rezar o rosário diariamente, ensiná-lo a todos que quisessem ouvir e, eventualmente, a verdadeira fé venceria. Dominic é frequentemente creditado com a invenção do rosário ; na verdade, é anterior a ele, mas ele certamente espalhou devoção a ela e a usou para fortalecer sua própria vida espiritual.

Relatado milagreiro que trouxe quatro pessoas de volta dos mortos . A lenda diz que Domingos recebeu uma visão de um mendigo que, como Domingos, faria grandes coisas pela  . Dominic encontrou o mendigo no dia seguinte. Ele o abraçou e disse: “Você é meu companheiro e deve caminhar comigo. Se nos mantivermos unidos, nenhum poder terreno poderá resistir a nós.” O mendigo era São Francisco de Assis .

Nascer

Morreu

Canonizado

Significado do nome

  • pertencente a Deus

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Devemos ou comandá-las ou ser escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna– São Domingos

Domingos possuía uma integridade tão grande e foi tão fortemente motivado pelo amor divino, que sem dúvida ele provou ser um portador de honra e graça. E como um coração alegre anima o rosto, ele exibia a compostura pacífica de um homem espiritual na bondade que manifestava externamente e na alegria de seu semblante. Onde quer que fosse, mostrava-se em palavras e atos como um homem do Evangelho. Durante o dia, ninguém era mais solidário ou agradável com seus irmãos e associados. Durante as horas da noite ninguém foi mais persistente em todo tipo de vigília e súplica. Ele raramente falava a menos que fosse com Deus, isto é, em oração, ou sobre Deus; e neste assunto ele instruiu seus irmãos. Frequentemente ele fazia uma petição pessoal especial para que Deus se dignasse conceder-lhe uma caridade genuína para cuidar e obter a salvação dos homens. Pois ele acreditava que só então seria verdadeiramente um membro de Cristo, quando se entregasse totalmente para a salvação dos homens, assim como o Senhor Jesus, o Salvador de todos, se ofereceu completamente para nossa salvação. Assim, para este trabalho, depois de um longo período de cuidadoso e previdente planejamento, fundou as Ordens dos Frades Pregadores. Em suas conversas e cartas, muitas vezes exortava os irmãos da Ordem a estudar constantemente o Antigo e o Novo Testamento. Ele sempre carregava consigo o evangelho de Mateus e as epístolas de Paulo, e os estudava tão bem que quase os conhecia de memória. Duas ou três vezes ele foi escolhido Pois ele acreditava que só então seria verdadeiramente um membro de Cristo, quando se entregasse totalmente para a salvação dos homens, assim como o Senhor Jesus, o Salvador de todos, se ofereceu completamente para nossa salvação. Assim, para este trabalho, depois de um longo período de cuidadoso e previdente planejamento, fundou as Ordens dos Frades Pregadores. 

…Duas ou três vezes ele foi escolhido bispo , mas ele sempre recusou, preferindo viver com seus irmãos na pobreza. Dele o Papa Gregório IX declarou: “Eu o conheci como um fiel seguidor do modo de vida apostólico. Não há dúvida de que ele está no céu, participando da glória dos próprios apóstolos”. – de vários escritos sobre a história da Ordem dos Pregadores

Citação MLA

1.1. 07 de outubro: Me­mória de Nossa Se­nhora do Rosário (também na Folhinha do Coração de Jesus), no dia em que, pela re­ci­tação do Ro­sário ou coroa ma­riana, se in­voca o au­xílio da Santa Mãe de Deus, me­di­tando os mis­té­rios de Cristo, tendo por guia aquela que es­teve as­so­ciada de modo sin­gular à En­car­nação, Paixão e Res­sur­reição do Filho de Deus. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Nossa Senhora do Rosário, proclamada bem-aventurada por todas as gerações no coração dos mistérios da encarnação e da redenção.(R)

1.2. FESTA DO ROSÁRIO: 1º DOMINGO DE OUTUBRO conforme VIDAS DOS SANTOS. Ver páginas 171-176: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf  

1.3.- FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO: 07 DE OUTUBRO:

Ver DIRETÓRIO DA LITURGIA DA CNBB e também “… Nossa Senhora do RosárioNossa Senhora do Santo Rosário ou Nossa Senhora do Santíssimo Rosário é o título mariano apresentado aquando da aparição da Santíssima Virgem Maria a São Domingos de Gusmão em 1214 na igreja do mosteiro de Prouille, na qual a mãe de Jesus entregou o Rosário ao fiel frade dominicano. É também o título pelo qual a Virgem Maria se apresentou aos três pastorinhos nas suas aparições em Fátima…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Rosário             

– Ver páginas 390-400: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

1.4.- CONFORME ANOTAÇÕES DE 06 DE AGOSTO: Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o dia natal – dies natalis – (aniversário da morte) de São Do­mingos de Gusmão, pres­bí­tero, cuja me­mória se ce­lebra no dia oito deste mês. († 1221).

1.5.- No Martirológio Romano-Monástico, de 08 de agosto, memória de São Domingos de Gusmão, sacerdote, morto em Bolonha no dia 06 de agosto de 1221. Originário da Província de Burgos, na Espanha, tomou aos vinte e oito anos o hábito dos cônegos regulares de Osma. Após ter estabelecido um convento de religiosas em Prouille, perto de Toulouse, fundou nesta cidade a Ordem Mendicante dos Frades Pregadores, para a difusão, através da pregação, da verdade contemplada e aprofundada pelos estudos Teológicos. (R). Conforme o Martirológio Romano e o Martirológio Romano Italiano de 08 de agosto, memória de São Domingos de Gusmão, presbítero, cónego de Osma, cidade da província de Sória, na Espanha, que humildemente se dedicou ao ministério da pregação nas regiões perturbadas pela heresia dos Albigenses e viveu voluntariamente nas privações da pobreza, falando sempre com Deus ou de Deus. Desejoso de encontrar uma nova forma de propagar a fé, fundou a Ordem dos Pregadores, para renovar na Igreja a forma de vida apostólica, mandando aos seus irmãos que se dedicassem ao serviço do próximo com a oração, o estudo e o ministério da palavra. Morreu em Bolonha, cidade da Itália, no dia seis de Agosto. Ver VIDAS DOS SANTOS de 04 de agosto: págs. 94-123: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

1.6.- Ver também, a prática e a instituição do Santo Rosário por São Domingos, às páginas 109-123 (VIDAS DOS SANTOS de 04 de agosto): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

1.7.- Ver aindaPalavras de João Paulo II sobre o Rosário”: https://www.acidigital.com/rosario/papa.htm  

1.8. Ver ainda: ainda “O Rosário do Papa João Paulo II incluindo os mistérios luminosos”:  http://www.derradeirasgracas.com/2.%20Segunda%20P%C3%A1gina/As%20Devo%C3%A7%C3%B5es/3.%20ORA%C3%87%C3%95ES%20GERAIS/O%20Ros%C3%A1rio%20do%20papa%20Jo%C3%A3o%20Paulo%20II.htm

1.9.- e mais, a CARTA APOSTÓLICA ROSARIUM VIRGINIS MARIAE”: http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/apost_letters/2002/documents/hf_jp-ii_apl_20021016_rosarium-virginis-mariae.html

OBSERVAÇÃO: SÃO JOÃO PAULO II ERA DOMINICANO.

OUTRAS SANTAS E SANTOS DE 08 DE AGOSTO

1. BEM-AVENTURADA JOANA DE ASA, mãe de São Domingos de Gusmão. Ver páginas 219-220: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

2.   Em Al­bano, na Via Ápia, a quinze mi­lhas da ci­dade de Roma, os santos Se­gundo, Car­pó­foro, Vi­to­rino e Se­ve­riano, mártires. († s. III f.-IV in.). Santos QUATRO MÁRTIRES COROADOS. Ver “O título de Quatro Mártires Coroados ou Quatro Santos Coroados (em latimSancti Quatuor Coronati) é, na verdade, uma referência a nove mártires diferentes, divididos em dois grupos: o primeiro é formado por Severo (ou Segundo), Severiano A FESTA LITÚRGICA DESSES MÁRTIRES É 08 DE AGOSTO, Carpóforo e Vitorino…; o segundo, por Cláudio, Castório, Sinforiano (ou Simproniano), Nicostrato e SimplícioA FESTA LITÚRGICA DESSES MÁRTIRES É 08 DE NOVEMBRO”:

– Ver também: “Seu culto foi confinado aos calendários locais em 1969.

A designação Quatro Mártires Coroados ou Quatro Santos Coroados (latim, Sancti Quatuor Coronati) refere-se a nove indivíduos venerados como mártires e santos no cristianismo primitivo. Os nove santos estão divididos em dois grupos:

  1. Severo (ou Secundius), Severo (nós), Carpophorus (Carpoforus), Victorinus (Victorius, Vittorinus)
  2. Cláudio, Castório, Símforiano (Simplônio), Nicostrato e Simplicius”: https://www.catholic.org/saints/saint.php?saint_id=3430

Ver também 08 de novembro: Co­me­mo­ração dos santos Sim­pro­niano, Cláudio, Ni­cós­trato, Cas­tório e Sim­plício, már­tires, que, se­gundo a tra­dição, eram mar­mo­ristas em Sír­mium, na Pa­nónia, hoje Sremska Mi­tro­vica, na Sérvia, e porque se re­cu­saram, em nome de Jesus Cristo, a es­culpir a imagem de Es­cu­lápio, foram lan­çados ao rio por ordem do im­pe­rador Di­o­cle­ciano e co­ro­ados por Deus com a graça do mar­tírio. Desde tempos re­motos foi ve­ne­rada a sua me­mória na ba­sí­lica do monte Célio, sob o tí­tulo dos Quatro Coroados. († 306).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 08 de novembro, na Panônia, atual Hungria, em 306, o martírio de Cinco Escultores, que foram decapitados por terem se recusado a fabricar estátuas de ídolos. Seus corpos foram jogados no Danúbio. (M).

– Ver “… O título de Quatro Mártires Coroados ou Quatro Santos Coroados (em latimSancti Quatuor Coronati) é, na verdade, uma referência a nove mártires diferentes, divididos em dois grupos: o primeiro é formado por Severo (ou Segundo), Severiano, Carpóforo e Vitorino; o segundo, por Cláudio, Castório, Sinforiano (ou Simproniano), Nicostrato e Simplício…

… De acordo com a “Lenda Dourada“, os nomes dos membros do primeiro grupo não eram conhecidos na época do martírio, “mas foram aprendidos através da revelação do Senhor depois de muitos anos”[1] e é justamente por isto que ficaram conhecidos simplesmente como “Quatro Mártires Coroados” (a coroa é uma referência ao martírio). Não se sabe com certeza de onde os nomes surgiram de fato, mas sabe-se que os nomes deles são idênticos aos nomes dos convertidos por Policarpo, o Padre, na lenda de São Sebastião[2].

Martirológio Romano celebra o grupo 2 em 8 de novembro e o grupo 1 em 8 de agosto[3].”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Quatro_Mártires_Coroados

-Ver também pág. 250: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

3.   Em Roma, na milha sé­tima da Via Os­ti­ense, os santos Ci­ríaco, Largo, Cres­cen­ciano, Mémia, Ju­liana e Es­me­raldo, mártires. († s. IV in.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, na Via Óstia, o martírio dos Santos Ciríaco, Largo, Crescenciano, Mêmia, Juliana e Esmaragdo. (M).

– Ver páginas 214-216: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Ciríaco de Roma é um mártir cristão perseguido e morto por ordem de Diocleciano, sendo um dos vinte e sete santos católicos a usarem este nome. É um dos Catorze santos auxiliares. São Ciríaco é venerado pela cristandade e seu dia consagrado é 8 de agosto. São profundos os estudos sobre sua vida e seu ministério.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cir%C3%ADaco_de_Roma

– Ver “… São Ciríaco, 8 de agosto – Contra a tentação no leito de morte…”: Catorze santos auxiliares – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

VER 18 DE MARÇO: SÃO CIRILO DE JERUSALÉM

– Ver MÁRTIRES DE ROMA: https://catholicsaints.info/martyrs-of-rome-8-august/

4.   Em Tarso, na Ci­lícia, na ac­tual Tur­quia, a paixão de São Ma­rinho, an­cião de Ana­zarbo, que, no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano e do go­ver­nador Lí­sias, foi de­go­lado, e o seu corpo, por ordem do pre­feito, lan­çado ao pasto das feras. († c. 303-311).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no começo do séc. IV, o martírio de São Marino. (M)

5.   Em Milão, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Eu­sébio, bispo, que tra­ba­lhou as­si­du­a­mente para manter a ver­da­deira fé e re­cons­truiu a igreja ca­te­dral des­truída pelos Hunos. († c. 462)

6.   Em Vi­enne, na Gália Li­o­nense, hoje na França, São Se­vero, presbítero. († c. s. V)

7*.   Em Bor­déus, na Aqui­tânia, também na ac­tual França, São Mú­mulo (Mummolo), abade de Fleury. († 678).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VII, São Leodebaldo, fundador e primeiro abade de Fleury sur-Loire, juntamente com São Mamolo, seu sucessor, que transferiu de Monte Cassino para a França os corpos de São Bento e de Santa Escolástica, conforme uma antiga lenda não comprovada. (X)

8.   Em Cí­zico, no He­les­ponto, na ac­tual Tur­quia, Santo Emi­liano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que por de­fender o culto das sa­gradas ima­gens su­portou muitos tor­mentos da parte do im­pe­rador Leão e morreu no exílio. († s. IX).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Helesponto, Santo Emiliano, bispo de Cisíquia, morto no exílio por ter recusado a intervenção imperial em assunto religioso. (M)

9*.   No mos­teiro de Götweig, na Áus­tria, Santo Alt­mano, bispo de Passau, que fundou nu­me­rosas co­mu­ni­dades de clé­rigos com a regra de Santo Agos­tinho, res­taurou a dis­ci­plina do clero e por de­fender a li­ber­dade da Igreja morreu no exílio, ex­pulso da sua sede pelo im­pe­rador Hen­rique IV. († 1091).

– Ver Santo Almano, páginas 217-218: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

10*.   Em Gal­lese, pró­ximo de Vi­terbo, na Tos­cana, hoje no Lácio, re­gião da Itália, São Fa­mião (Famiano), ere­mita, na­tural de Co­lónia, que dis­tri­buiu os seus bens pelos po­bres e, de­pois de vá­rias pe­re­gri­na­ções, morreu neste lugar com o há­bito cisterciense. († c. 1150)

11*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato João Felton, mártir, que, por ter afi­xado pu­bli­ca­mente a bula de ex­co­mu­nhão pro­cla­mada pelo papa São Pio V contra a rainha Isabel I, foi cru­el­mente es­quar­te­jado junto à ca­te­dral de São Paulo e, in­vo­cando o nome de Jesus, con­sumou glo­ri­o­sa­mente o seu martírio. († 1570)

12*.   Em York, também na In­gla­terra, o Beato João Fin­gley, pres­bí­tero e mártir, que, no mesmo rei­nado de Isabel I, foi con­de­nado à morte e en­for­cado por ser sa­cer­dote. Com ele co­me­mora-se também o Beato Ro­berto Bid­ken­dike, mártir, que, no mesmo tempo mas em dia e ano in­certos, pa­deceu os mesmos tor­mentos por se ter re­con­ci­liado com a Igreja católica. († 1586)

13.   Em Xi­xi­a­odun, perto de Xi­nhe­xian, no Hebei, pro­víncia da China, São Paulo Ke Tingzhu, mártir, que, sendo di­ri­gente de uma al­deia de cris­tãos, du­rante a per­se­guição de­sen­ca­deada pelos se­quazes da seita dos “Yihe­tuan”, foi es­quar­te­jado, membro após membro, dando aos ou­tros cris­tãos um lu­mi­noso exemplo de cons­tância na pro­fissão da fé. († 1900)

14*.   Em Za­mora, na Es­panha, Santa Bo­ni­fácia Ro­drí­guez de Castro, virgem, que, ar­den­te­mente em­pe­nhada na pro­moção cristã e so­cial das mu­lheres através da oração e do tra­balho, fundou a Con­gre­gação das Servas de São José, se­gundo o mo­delo da Sa­grada Fa­mília de Nazaré. († 1905)

15*.   Em Sydney, na Aus­trália, Santa Maria da Cruz (Maria He­lena Mac­Killop), virgem, que fundou a Con­gre­gação das Irmãs de São José e do Sa­grado Co­ração e a di­rigiu entre muitas tri­bu­la­ções e adversidades. († 1909).

– Ver “…Mary MacKillop (FitzroyVictoriaAustrália15 de janeiro de 1842 – North Sydney, Austrália, 8 de agosto de 1909) foi uma freira católica australiana que, juntamente com o padre Julian Tenison Woods, fundou a Congregação das Irmãs de São José do Sagrado Coração. É a única australiana a ser beatificada (1995). Em 19 de dezembro de 2009, a Santa Sé anunciou o reconhecimento do segundo milagre atribuído a ela,[1] e a sua canonização foi anunciada em 19 de fevereiro de 2010 e realizada em 17 de outubro de 2010.[2] MacKillop tornou-se assim a primeira santa australiana,[3] e num dos poucos santos a ter sido anteriormente excomungado pela Igreja Católica…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mary_MacKillop

16*.   Em Póggio a Caiano, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, a Beata Maria Mar­ga­rida (Maria Ana Rosa Caiáni), virgem, que fundou o Ins­ti­tuto Fran­cis­cano das Irmãs Mí­nimas do Sa­grado Co­ração, para a ins­trução da ju­ven­tude e a as­sis­tência aos enfermos. († 1921)

17*.   No lugar cha­mado El Saler, perto de Va­lência, na Es­panha, o Beato An­tónio Sil­vestre Moya, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, pelo seu in­que­bran­tável tes­te­munho de Cristo al­cançou vi­to­ri­o­sa­mente o reino celeste. († 1936)

18*.   Em Va­lência, também na Es­panha, as be­atas Maria do Me­nino Jesus (María Jo­sefa An­tonia Bal­dillou y Bullit) e com­pa­nheiras, vir­gens do Ins­ti­tuto das Fi­lhas de Maria das Es­colas Pias e már­tires, que, na mesma per­se­guição, de­pois de so­frer a vi­o­lência dos ini­migos da Igreja, foram glo­ri­o­sa­mente ao en­contro de Cristo, seu Esposo. São estes os seus nomes: Apre­sen­tação da Sa­grada Fa­mília (Pas­co­a­lina Gallén y Marti), Maria Luísa de Jesus (Maria Luísa Giron y Ro­mera), Car­mela de São Fi­lipe Néri (Na­zária Gómez y Le­zaun) e Cle­mência de São João Bap­tista (An­tónia Riba y Mestres). († 1936)

19♦.   Em San An­dréu de Pa­lomar, na Ca­ta­lunha, também na Es­panha, o Beato An­tero Mateo Garcia, pai de fa­mília e mártir, que, sendo pai de fa­mília, du­rante a mesma per­se­guição foi re­ce­bido na glória do Senhor. († 1936)

20♦.   Em Villat de Olalla, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Cu­enca, também na Es­panha, os be­atos e már­tires Cruz La­plana y Laguna, bispo de Cu­enca e Fer­nando Español Berdié, pres­bí­tero da mesma di­o­cese, que, na mesma per­se­guição, me­receu re­ceber a su­blime palma do martírio. († 1936)

21♦.   Em Tra­ver­seras, na Ca­ta­lunha, também na Es­panha, os be­atos Di­o­nísio Luís (Ma­teus Mo­linos Co­loma) e Le­o­nardo José (José Maria Ara­gonês Mateu), re­li­gi­osos, re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e már­tires na mesma per­se­guição contra a fé cristã. († 1936)

22♦.   Em Fu­ente el Fresno, perto de Ciudad Real, também na Es­panha, o Beato Fi­lipe José (Pedro João Ál­varez Pérez), da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e már­tires, que con­sumou egre­gi­a­mente o seu com­bate por Cristo. († 1936)

23♦.   Em Val­li­rana, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Bar­ce­lona, também Es­panha, as be­atas Maria do Carmo Za­ra­goza Za­ra­goza e Maria Rosa Adrover Marti (An­tónia Adrover Marti), vir­gens da Con­gre­gação das Do­mi­ni­canas de Santa Ca­ta­rina de Sena e már­tires, que, na mesma per­se­guição, com­ba­tendo pela fé em Cristo Es­poso, al­can­çaram a re­com­pensa eterna. († 1936)

24♦.   Em Ma­drid, também na Es­panha, o Beato Ni­colau de la Torre Merino, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

25*.   Em Gusen, lo­ca­li­dade da Ale­manha, o Beato Vla­di­miro Las­kowski, pres­bí­tero e mártir, que, em tempo da guerra, foi de­por­tado por causa da sua fé para este campo de con­cen­tração e, atroz­mente tor­tu­rado, al­cançou a glória do martírio. († 1940)

26. São Miro (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Conforme VIDAS DOS SANTOS, em Creta, São Miro, bispo, afamado por seus milagres. Ver página 233: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf 

27. No “VIDAS DOS SANTOS”, Santo Hormisdas e outros Mártires, na Pérsia. Ver páginas 210-213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… A chocante perseguição aos cristãos realizada por Sapor II, rei da Pérsia, foi renovada por Yazdagird I, a ocasião sendo o incêndio de um templo mazdau por um sacerdote. Esse homem infeliz, que tanto angustiou os fiéis, foi forçado a admitir que a persuasão, e não a violência, é o único método cristão, mas isso não acalmou a ira do rei. Não é fácil, diz Teodoreto, descrever ou expressar as crueldades que foram inventadas contra os discípulos de Cristo. Com a morte de Yazdagird, a perseguição foi continuada por seu filho Bahram; e Hormisdas (Hormizd) foi uma das principais vítimas. Ele era da nobreza entre os persas, filho do governador de uma província. Bahram mandou chamá-lo e ordenou-lhe que renunciasse a Jesus Cristo. Hormisdas respondeu-lhe: “Não! Isso ofenderia a Deus e seria contra a caridade e a justiça; quem se atreve a violar a lei suprema do soberano Senhor de todos, facilmente trairá seu rei, que é apenas um homem mortal. Se isso é um crime que merece a morte, o que deve ele renunciar ao Deus e governante do universo? … Ordenou-lhe que tomasse conta dos camelos do exército. Algum tempo depois de Bahram ver Hormisdas todo queimado de sol e coberto de poeira, e lembrando-se de sua posição anterior e do alto cargo de seu pai, ele ficou cheio de pena; mandou chamá-lo, mandou que lhe desse um vestido e disse: “Agora ponha de lado sua obstinação e renuncie ao filho do carpinteiro.” O santo tirou o vestido e jogou-o fora, dizendo: “Por que você pensou que eu seria tão facilmente tentado a abandonar a lei de Deus? Leve de volta o seu presente.” O rei, indignado com sua ousadia, mandou-o de volta para seus camelos. Não se sabe quando e como São Hormisdas sofreu o martírio.”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust08.html

28. SANTOS AUXILIADORES: Conforme o VIDAS DOS SANTOS, eis os Santos Auxiliadores: 1. São Jorge, acompanhado do dragão, que cura enfermidades dartrosas (afecções cutâneas); 2. São Brás, representado com dois círios cruzados, que livra os devotos dos males da garganta; 3. Santo Erasmo, curador de males e de dores de estômago; 4. São Pantaleão, invocado na depauperação (empobrecer, perder a força física); 5. São Cristóvão, aquele que leva nos ombros a Jesus Menino, protetor dos viajantes, livrando-os dos desastres, da morte súbita, das tempestades e dos raios; 6. São Dionísio, o que caminha levando nas mãos -a própria cabeça, preserva o fiel da possessão diabólica; 7. São Ciríaco, o diácono, poderoso também contra os assaltos do demônio, é curador dos males dos olhos; 8. Santo Acácio, cercado de espinhos, é invocado nas dores de cabeça; 9. Santo Eustáquio, lembrado nos incêndios, preserva-nos do fogo eterno; 10. São Gil, também Egídio, abade beneditino, sempre representado com uma cabra, traz a paz aos loucos, aos que são tomados de pânico e aos medrosos da escuridão e sinistro silêncio das noites; 11. Santa Margarida, a do dragão e da cruz, invocada contra males dos rins e pelas gestantes; 12, Santa Bárbara, invocada nos temporais, contra os raios, também, como São Cristóvão, preserva-nos da morte súbita. É padroeira dos matemáticos, dos artilheiros e dos bombeiros; 13. Santa Catarina, a sábia conselheira dos filósofos, dos advogados e dos pensadores.

– Ver ACIMA, páginas 224-225: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

  • Santo Acácio, 8 de maio – Contra as dores e demais males de cabeça.
  • Santa Bárbara, 4 de dezembro – Contra febre, morte súbita ou decorrente de tempestade.
  • São Brás, 3 de fevereiro – Contra doenças da garganta e protetor dos animais domésticos.
  • Santa Catarina de Alexandria, 25 de novembro – Contra morte súbita
  • São Cristóvão, 25 de julho – Contra a peste bubônica e perigos durante a viagem.
  • São Ciríaco, 8 de agosto – Contra a tentação no leito de morte.
  • São Denis, 9 de outubro – Contra as dores e demais males de cabeça
  • Santo Erasmo, 2 de junho – Contra as enfermidades do ventre, dos intestinos e as dores de parto.
  • Santo Eustáquio, 20 de setembro – Contra a discórdia familiar.
  • São Jorge, 23 de abril – Pela saúde dos animais domésticos.
  • Santo Egídio, 1 de setembro – Contra a praga, por uma boa confissão, e pelos inválidos, mendigos e ferreiros.
  • Santa Margarida de Antioquia, 20 de julho – Contra os ataques diabólicos e por um bom parto.
  • São Pantaleão, 27 de julho – Contra o câncer (cancro) e a tuberculose, e pelos médicos.
  • São Vito, 15 de junho – Contra epilepsia, morte decorrente de tempestade, e pela proteção dos animais domésticos.

OBSERVAÇÃO: SEM ESQUECER A NOSSA QUERIDA MÃE MARIA, A NOSSA MEDIADORA (MEDIATRIX) DE TODAS AS GRAÇAS, NOSSA MAIOR AUXILIADORA. VER Nº 1 (letra A).Ver páginas 225-230:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Conforme Wikipedia, “Os catorze santos auxiliares são um grupo de santos invocados pelos cristãos em casos de necessidade especial, geralmente para se curar de doenças particulares. As tradições cristãs contam que a devoção a esses santos nasceu na Alemanha, na região da Renania do século XV, quando o Menino Jesus teria aparecido ao pastor Hermann Leicht Langheim [1], a peste negra que assolava a Europa no supracitado período teria auxiliado a propagação do culto.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Catorze_santos_auxiliares

29. VER SANTAS E SANTOS DE 08 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Domingos de Guzmán (Memorial) — Emiliano de Cízico Altman de Passau Bonifácia Rodrigues Castro Dionísio Rabinis Eleutério de Constantinopla Ellidius Etelgita da Nortúmbria Eusébio de Milão Famianus de Compostela Gedeon de Besançon Hormisdas da Pérsia John Felton John Fingley Leobaldo de Fleury Leônidas de Constantinopla Marino de Anzarba Mary Mac Killop Maria Ana Rosa Caiani Múmulo de Fleury Myron, o Trabalhador Maravilha Paulus Ge Tingzhu Ratard de Diessen Severo de Viena SigradaTernacio de Besançon Ultan de Crayke Guilherme de Castellammare di Stabia Wlodzimierz LaskowskiMártires de Albano – 4 santos Mártires de Roma – 5 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Mártires de El Saler – 5 beati Antero Mateo Garcia Antonio Silvestre Moya Cruz Laplana Laguna Fernando Español Berdie Leoncio Lopez Ramos Manuel Aranda Espejo Maria del Consuelo González Rodríguez Mariano Pina Turón Nicolás de La Torre Merino Paulino Reoyo Garcia Pedro Álvarez Pérez Ricardo Lopez e Lopez Santiago Aparício Lopez Mártires da Via Salariana Ciríaco Largo Smaragdus
todos esses memoriais em uma única página

30. Outros santos do dia 08 de agosto, páginas: 210-233: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 08 de agosto, ver ainda: 8 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 616-620: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/8-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust08.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*      27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                ================                             

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 07 de agosto

1. Me­mória dos santos Sisto II (também na Folhinha do Coração de Jesus de 07 de agosto), papa, e companheiros, már­tires. O papa São Sisto, quando ce­le­brava os santos mis­té­rios e en­si­nava aos ir­mãos os man­da­mentos ce­lestes, por força do edito do im­pe­rador Va­le­riano foi ines­pe­ra­da­mente preso pelos sol­dados e de­go­lado no dia seis de Agosto; com ele so­freram o mar­tírio quatro diá­conos, que foram se­pul­tados com o pon­tí­fice em Roma, no ce­mi­tério de Ca­listo, junto à Via Ápia. No mesmo dia também os santos Aga­pito e Fe­li­cís­simo, seus diá­conos, pa­de­ceram o mar­tírio no ce­mi­tério de Pre­tex­tato, onde também foram se­pul­tados. († 258).

– Anotação de 06 de agosto: Em Roma, junto à Via Ápia, no ce­mi­tério de Ca­listo, a paixão de São Sisto II, papa, e seus com­pa­nheiros (dia 07 de agosto, também na Folhinha do Coração de Jesus), cuja me­mória se ce­lebra amanhã. († 258).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, de 07 de agosto, em 258, São Xisto II, papa, vítima do segundo edito do imperador Valeriano contra os cristãos. Segundo um testemunho de seu tempo, foi preso enquanto celebrava a liturgia juntamente com quatro diáconos, no cemitério de Calixto, em Roma. (R).

– Ver, no VIDAS DOS SANTOS, São Sixto, Papa Santos Felicíssimo, Agapito e Companheiros: quatro Diáconos, Janeiro, Magno, Vicente e Estêvão e outros dois, Felicíssimo e Agapito. Um sétimo, Lourenço, foi morto alguns dias depois. Ver páginas 187-189: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Papa Sisto II (em latimSistus) foi o vigésimo quarto Papa, de 31 de Agosto de 257 até 6 de Agosto de 258. Ele morreu como mártir, durante a perseguição do imperador Valeriano.[1]

Sisto II procurou unir a igreja cristã em torno dos sacramentos e da palavra de Deus. Perdoou os delatores, fortaleceu o espírito dos condenados pelo “crime capital de professar a fé em Jesus Cristo”. Reatou as relações com os bispos africanos e da Ásia Menor, interrompidas pela controvérsia sobre o batismo dos hereges. Efetuou o translado dos restos de São Pedro e São Paulo.

Teria sido Sisto o primeiro papa a enviar um missionário para a evangelização da Gália, o bispo São Peregrino”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Sisto_II

2. São Ca­e­tano de Thiene (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, se de­dicou pi­e­do­sa­mente a obras de ca­ri­dade, es­pe­ci­al­mente em favor dos en­fermos in­cu­rá­veis, pro­moveu as­so­ci­a­ções para a for­mação re­li­giosa dos leigos e ins­ti­tuiu os Clé­rigos Re­grantes para a re­no­vação da Igreja, re­co­men­dando aos seus dis­cí­pulos a norma de imitar a pri­mi­tiva vida apostólica. († 1547).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Nápoles, no ano de 1547, a volta para Deus de São Caetano de Thiene, sacerdote. Fundou, junto com João Pedro Caraffa, o futuro Papa Paulo IV, uma congregação de clérigos regulares conhecidos como Teatinos, chamados a viver na comunhão fraterna e no ministério apostólico. Contribuiu assim com o recrudescimento católico italiano do século XVI. (R).

– Ver páginas 192/3-205 (Obs. Faltam as páginas 192/193): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Caetano de Thiene (em italianoGaetano di Thiene

Vicenzaoutubro de 1480 — Nápoles7 de agosto de 1547) foi um sacerdote católico italiano, beatificado em 8 de outubro de 1629 pelo papa Urbano VIII canonizado em 1671 pelo papa Clemente X. Ele fundou em Roma a congregação de clérigos regulares chamados Teatinos.[1] É conhecido como Santo da Providência, Patrono do pão e do trabalho. É padroeiro dos gestores administrativos, assim como das pessoas que buscam trabalho e dos desempregados. A festa de São Caetano é celebrada pelos católicos no dia 7 de agosto…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Caetano_de_Thiene

3.   Em Augs­burgo, na Récia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, Santa Afra, mártir, que, con­ver­tida de uma vida de pe­cado à fé cristã, se­gundo se narra, ainda não ba­ti­zada foi lan­çada ao fogo por dar tes­te­munho de Cristo. († 304).

– Ver dia 05 de agosto: Santa Afra e seus companheiros. Ver páginas 156-161: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

4.   Em Arezzo, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, São Do­nato, o se­gundo bispo desta sede, do qual o papa São Gre­gório Magno louva a vir­tude e a efi­cácia da oração. († s. IV)

5.   Em Cha­lons, na Gália Bél­gica, hoje na França, São Do­na­ciano, bispo. († s. IV)

– Ver “… 4º v. São Donaciano Segundo bispo de Chalons-sur-Marne, na França
Donaciano de Châlons-sur-Marne B (RM) século IV (?). Segundo bispo de Châlons-sur-Marne, França (beneditinos)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust07.html#4th_v._St._Donatian_Second_bishop_of

6.   Em Ruão, também na Gália Bél­gica, hoje na França, São Vi­trício (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, ainda sol­dado, por ter dei­xado o exér­cito no tempo do im­pe­rador Ju­liano para se­guir a Cristo, foi sub­me­tido pelo tri­buno a muitas tor­turas e con­de­nado à morte; mas, al­can­çando a li­ber­dade, de­pois de ter sido con­sa­grado bispo, con­duziu à fé cristã as fo­gosas po­pu­la­ções dos Mo­rinos e dos Nér­vios, na Gália Setentrional. († c. 410).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, São Vitrício, amigo de São Martinho. Missionário nas regiões de Artois e de Flandres, organizou as primeiras paróquias rurais da diocese de Rouen, da qual foi bispo. (M)

7*.   Em Be­sançon, na Bor­gonha, também na a­tual França, São Do­nato, bispo, que compôs uma Regra para as Vir­gens se­gundo os en­si­na­mentos dos santos Bento, Co­lum­bano e Cesário. († d. 658)

8*.   No ter­ri­tório da Ve­nécia, hoje na re­gião do Vé­neto, na Itália, o Beato Jordão Forsaté, abade, que fundou mos­teiros em Pádua e, não tendo po­dido, apesar de todos os es­forços, evitar a ruína da sua pá­tria, foi para o exílio onde viveu de modo ir­re­pre­en­sível e, dei­xando ad­mi­rável exemplo de vir­tude con­su­mada e de sa­be­doria, ador­meceu pi­e­do­sa­mente no Senhor. († c. 1248)

9*.   Em Mes­sina, na Si­cília, re­gião da Itália, Santo Al­berto dégli Abbáti, pres­bí­tero da Ordem dos Car­me­litas, que pela sua pre­gação con­verteu muitos ju­deus a Cristo e, du­rante o cerco da ci­dade, foi in­ter­me­diário providente. († c. 1306/1307).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Sicília, no ano do Senhor de 1306, Santo Alberto, sacerdote carmelita, que por sua palavra e por seus milagres operou inúmeras conversões, sobretudo entre os judeus. (M).

– Ver “… Santo Alberto da Sicília ou Santo Alberto de Trapani foi um religioso carmelita católico italiano.

Nasceu em Trapani e cedo entrou num convento carmelita da sua terra natal. Em 1280 foi eleito provincial dos carmelitas da Trapani. Mais tarde (1287), foi transferido para Messina. Em 1296 foi eleito provincial dos carmelitas da Sicília. Morreu em 1307.

Distinguiu-se como pregador mendicante e pelo seu amor à oração. No século XVI estabeleceu-se que em todas as igreja da Ordem do Carmo deveria ter um altar a ele dedicado…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alberto_da_Sic%C3%ADlia

10*.   Em Sas­so­fer­rato, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, também re­gião da Itália, o Beato Al­berto, monge da Ordem dos Ca­mal­du­lenses, in­signe pela sua vida aus­tera e pela fiel ob­ser­vância da Regra. († 1350)

11*.   Em L’Áquila, no ter­ri­tório dos Ves­tinos, também na ho­di­erna Itália, o Beato Vi­cente, re­li­gioso da Ordem dos Me­nores, ilustre pela sua hu­mil­dade e es­pí­rito de profecia. († 1504)

12*.   Em Gondar, na Etiópia, os be­atos Aga­tân­gelo de Vendôme (Fran­cisco Nourry) e Cas­siano de Nantes (Gon­çalo Vaz Lopes-Neto de Nantes), pres­bí­teros da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e már­tires, que, na Síria, Egipto e Etiópia pro­cu­raram re­con­ci­liar os cris­tãos se­pa­rados com a Igreja ca­tó­lica; mas, por ordem do rei da Etiópia, foram sus­pensos das ár­vores com os seus pró­prios cor­dões fran­cis­canos e fi­nal­mente ape­dre­jados até à morte. († 1638)

13*.   Em Len­castre, na In­gla­terra, os be­atos Mar­tinho de São Félix (João Wo­od­cock), da Ordem dos Frades Me­nores, Edu­ardo Bamber e Tomás Whi­taker, pres­bí­teros e már­tires, que, por serem sa­cer­dotes e en­trarem nos do­mí­nios do rei Carlos I, so­freram o su­plício da forca. († 1646)

14*.   Em York, também na In­gla­terra, o Beato Ni­colau Post­gate, pres­bí­tero e mártir, que, no rei­nado de Carlos II, que por ser sa­cer­dote e ter exer­ci­tado clan­des­ti­na­mente o seu mi­nis­tério entre os po­bres du­rante cerca de cin­quenta anos, foi sus­penso no patíbulo. († 1679)

15*.   Em Gorka Du­chowna, ci­dade pró­xima de Poznam, na Po­lónia, o Beato Ed­mundo Bo­ja­nowski, que se de­dicou ar­do­ro­sa­mente à ins­trução dos po­bres e po­pu­la­ções ru­rais se­gundo os pre­ceitos do Evan­gelho e fundou a Con­gre­gação das Es­cravas do Ima­cu­lado Co­ração da Mãe de Deus. († 1871)

16.   Em Co­lima, no Mé­xico, São Mi­guel de la Mora, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a Igreja, por ser sa­cer­dote foi co­roado com o martírio. († 1927)

17♦.   Em Los Yé­banes, pró­ximo de To­ledo, na Es­panha, os be­atos Te­o­dósio Rafael (Di­o­doro López Her­nando), Carlos Jorge (Dal­mácio Bel­lota Pérez) e Eus­tá­quio Luís (Luís Vil­la­nueva Mon­toya), re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e már­tires, que, du­rante a per­se­guição contra a Igreja, re­ce­beram dos ho­mens a morte, mas de Deus a vida eterna. († 1936)

18. Santo Hiperéquio, monge. Ver páginas 206-207: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “…St. Hyperechios um “Pai do Deserto”. Eremita egípcio, chamado de “Pai do Deserto”. Uma coleção de seus ditados está em uso…https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust07.html

– Ver “… “O abade Hiperéquio disse: ‘É melhor comer carne e beber vinho do que devorar a carne do seu irmão, desprezando-o.” (Merton, 35)…”: https://alexcastro.com.br/padres-do-deserto/

19. São Domécio, da Pérsia.Ver “… Domécio da Pérsia (em latimDomitius) foi um mártir e santo cristão. De acordo com a tradição, foi apedrejado durante o reinado do imperador romano Juliano, o Apóstata, com dois companheiros[2] em NísibisMesopotâmia.[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dom%C3%A9cio_da_P%C3%A9rsia

20.  VER SANTAS E SANTOS DE 07 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Sisto II , Papa (Memorial Opcional) Caetano (Memorial Opcional) — Afra de Augsburgo Agathangelus Nourry Alberto da Sicília Alberto de Sassoferrato Cassiano Vaz Lopez-Neto Cláudia de Roma Conrad Nantwein Doar Donaciano de Chalons-sur-Marne Donato de Ímola Donato de Arezzo Donato de Besançon Edmund Bojanowski Eduardo Bamber Fausto de Milão Hilarino de Óstia Hiperéquio John Woodcock Jordan Forzatei Juliano de Roma Miguel da Mora Nicholas Postgate Pedro de Roma Teuzzo de RazzuoloThomas Whitaker Vitricius de Rouen Vicente de L’AquilaDiáconos Mártires de Roma – 6 santos Mártires de Como – 6 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Casto Navarro Martínez Dalmacio Bellota Perez Diodoro Hernando Lopez Francisco Gargallo Gascón Joan Baptista Urgell Coma José Arner Margalef Luis Villanueva Montoya Manuel Sancho Aguilar María del Carmen Saragoça e Saragoça Maria Rosa Adrover Martí Pedro Ortigosa Oraá Rafael Severiano Rodríguez Navarro Tomás Carbonell Miquel Isabel Remiñán Carracedo — Donato de Münstereifel Leodebodo Matthew Noll Thomas Hunt
todos esses memoriais em uma única página

21. Outros santos do dia 07 de agosto, páginas: 192-209 (faltam páginas 192-193 no link): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 07 de agosto, ver ainda: 7 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 613-616: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/7-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust07.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*      27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                ================                             

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 06 de agosto

DESTAQUES DE 06 DE AGOSTO:

  1. TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR
  2. BOM JESUS DA LAPA
  3. BOM JESUS DE IGUAPE

A. FESTA DA TRANS­FI­GU­RAÇÃO DO SENHOR

(também na Folhinha do Coração de Jesus), na qual Jesus Cristo, Filho Uni­gé­nito, em quem o Eterno Pai pôs toda a sua com­pla­cência, di­ante dos após­tolos Pedro, Tiago e João, com o tes­te­munho da lei e dos pro­fetas, ma­ni­festou a sua glória, para sig­ni­ficar que a nossa hu­milde con­dição de servos por Ele as­su­mida foi pela graça glo­ri­o­sa­mente re­no­vada, e pro­clamar até aos con­fins da terra que a imagem de Deus, plas­mada no homem criado, em­bora cor­rom­pida em Adão, foi res­tau­rada em Cristo.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Festa da Transfiguração do Senhor, mistério pelo qual Cristo manifestou sua glória divina, atestada pela voz do Pai e pela presença de Moisés e de Elias, para preparar seus discípulos para a provação da cruz. Esta festa é celebrada neste mesmo dia pelos orientais bizantinos, sírios e coptas, ao passo que os armênios a celebram no domingo seguinte. (R).

– Ver páginas 419-422: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

– Ver também “… A Transfiguração de Jesus é um episódio do Novo Testamento no qual Jesus é transfigurado (ou “metamorfoseado”) e se torna “radiante” no alto de uma montanha.[1][2] Os evangelhos sinóticos (Mateus 17:1-9Marcos 9:2-8 e Lucas 9:28-36) e uma epístola (II Pedro 1:16-18) fazem referência ao evento.[1] Nestes relatos, Jesus e três de seus apóstolos vão para uma montanha (conhecida como Monte da Transfiguração). Lá, Jesus começa a brilhar e os profetas Moisés e Elias aparecem ao seu lado, conversando com ele. Jesus é então chamado de “Filho” por uma voz no céu – presumivelmente Deus Pai – como já ocorrera antes no seu batismo.[1]…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Transfiguração_de_Jesus

– Ver FESTA DA TRANSFIGURAÇÃO DE NOSSO SENHOR

Memorial

Artigo

Comemora a revelação por Jesus de Sua divindade a São Pedro, o Apóstolo , São Tiago, o Grande , e São João, o Apóstolo , no Monte Tabor, fora de Jerusalém . Os patriarcas do Antigo Testamento Moisés e Elias também apareceram como uma luz branca brilhante irradiada de Cristo.

Patrocínio

Leituras

Seis dias depois, Jesus tomou Pedro , Tiago e João , seu irmão, e os conduziu sozinhos a um alto monte. E ele foi transfigurado diante deles; seu rosto brilhou como o sol e suas roupas ficaram brancas como a luz. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias , conversando com ele. Então Pedro disse a Jesus em resposta: “Senhor, é bom estarmos aqui. Se você quiser, farei três tendas aqui, uma para você, uma para Moisés e uma para Elias.” Enquanto ele ainda falava, eis que uma nuvem brilhante lançou uma sombra sobre eles, então da nuvem veio uma voz que disse: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; ouvi-lo”. Quando os discípulos ouviram isso, caíram prostrados e ficaram com muito medo. Mas Jesus veio e tocou neles, dizendo: “Levantai-vos e não temais”. E quando os discípulos levantaram os olhos, eles não viram ninguém além de Jesus sozinho. – Mateus 17:1-8

Depois de seis dias, Jesus tomou Pedro, Tiago e João e os conduziu à parte a um alto monte. E ele foi transfigurado diante deles, e suas roupas tornaram-se de um branco deslumbrante, como nenhum lavadeiro na terra poderia branqueá-las. Então Elias apareceu a eles junto com Moisés, e eles estavam conversando com Jesus. Então Pedro disse a Jesus em resposta: “Rabi, é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para você, outra para Moisés e outra para Elias”. Ele mal sabia o que dizer, eles estavam tão aterrorizados. Então veio uma nuvem, lançando uma sombra sobre eles; então da nuvem veio uma voz: “Este é meu Filho amado. Ouça-o.” De repente, olhando ao redor, não viram mais ninguém além de Jesus sozinho com eles. – Marcos 9:2-8

Cerca de oito dias depois de dizer isso, ele pegou Pedro, João e Tiago e subiu ao monte para orar. Enquanto ele estava orando, seu rosto mudou de aparência e suas roupas ficaram brancas deslumbrantes. E eis que conversavam com ele dois homens, Moisés e Elias, que apareceram em glória e falaram do seu êxodo que ia realizar em Jerusalém. Pedro e seus companheiros haviam sido vencidos pelo sono, mas, ao despertarem completamente, viram sua glória e os dois homens que estavam com ele. Quando iam se separar dele, Pedro disse a Jesus: “Mestre, é bom estarmos aqui; vamos fazer três tendas, uma para você, uma para Moisés e outra para Elias”. Mas ele não sabia o que estava dizendo. Enquanto ele ainda falava, uma nuvem veio e lançou uma sombra sobre eles, e eles ficaram com medo quando entraram na nuvem. Então da nuvem veio uma voz que disse: “Este é meu Filho escolhido; ouvi-lo”. Depois que a voz falou, Jesus foi encontrado sozinho. Eles ficaram em silêncio e naquela hora* não contaram a ninguém o que tinham visto.– Lucas 9:28-36

E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, a glória do Filho unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. – João 1:14

Pois ele recebeu honra e glória de Deus Pai quando aquela declaração única veio a ele da majestosa glória: “Este é meu Filho, meu amado, em quem me comprazo”. – 2 Pedro 1:17

informação adicional

Leituras

Ó Deus, que neste dia revelaste do céu aos pais do Antigo e do Novo Testamento o teu Filho unigênito maravilhosamente transfigurado; concede-te, rogamos-te, que, andando diante de ti em todas as coisas que te agradam, alcançar a visão eterna de sua glória, em quem, ó Pai, tu te declaraste bem satisfeito. – Missal Sarum

Citação MLA

-Ver TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR

No dia 6 de agosto, a Igreja comemora a Transfiguração de Nosso Senhor. Jesus escolheu levar consigo o primeiro Papa e “os filhos do trovão” (“Boanerges”, Mc 3, 17) para subir ao monte Tabor para rezar. Seis dias antes ele havia dito aos seus discípulos: “Há alguns que estão presentes que não morrerão até que vejam o Filho do homem entrar no seu reino” (Mt 16,28) e eis que Pedro, Tiago e João foram escolhidos para assista ao inefável: Cristo apareceu em seu corpo glorioso.

De fato, enquanto rezava, “mudou-se o seu rosto e as suas vestes tornaram-se brancas e resplandecentes” (Lc 9,29) e dois homens, que também apareceram na sua glória, falaram com ele sobre o cumprimento do seu sacrifício em Jerusalém, foram Moisés e Elias que representaram a Lei e os Profetas.

Santo Agostinho explica, no Discurso 78, que suas roupas são sua Igreja. “Se as roupas não fossem apertadas pelo usuário, elas cairiam. O que é estranho se a Igreja é simbolizada pelo vestido muito branco, já que você ouve o profeta Isaías dizer: Ainda que seus pecados fossem como escarlate, eu os faria brancos como a neve (Is 1:18)? Portanto, mesmo que os pecados cometidos pelos homens da Igreja fossem vermelho escarlate, sua noiva ainda teria um vestido branco e brilhante graças ao Sol, Cristo.

A esta visão Pedro expressa apenas sentimentos humanos, sem pensamentos sobrenaturais: «Mestre, é bom estarmos aqui. Fazemos três tendas, uma para você, uma para Moisés e outra para Elias” e, neste ponto, o evangelista Lucas especifica: “Ele não sabia o que estava dizendo”; Pedro, a pedra sobre a qual Cristo teria edificado sua Igreja, ainda que diante da beleza da majestade do Salvador, usa cânones de caráter terreno. Santo Agostinho explica ainda: «É bonito para nós, ó Senhor – diz – estar aqui. Ele estava aborrecido com a multidão, havia encontrado a solidão na montanha; lá ele teve Cristo como alimento para a alma.

Por que ele deveria ter descido para voltar às dificuldades e dores enquanto lá em cima estava cheio de sentimentos de santo amor a Deus e que, portanto, o inspiravam em uma conduta santa? Ele queria estar bem ». 

Diante do Cristo glorioso, Pedro havia encontrado a felicidade e não queria mais se mudar daquele lugar. A resposta veio enquanto ele ainda falava: uma nuvem veio e os envolveu e dela saiu uma voz: “Este é meu Filho, o escolhido; escuta-o”, a mesma voz que se fez ouvir quando São João Batista batizou Jesus nas margens do Jordão: “Tu és meu Filho amado, em ti me comprazo” (Mc 1,9-11).

E quando a voz parou, Jesus ficou sozinho. O Bispo de Tagaste afirma que Pedro procurava três tendas, mas a resposta do Céu mostrou ao invés “que só temos uma, enquanto a mentalidade humana quis dividi-la. Cristo é a Palavra de Deus, Palavra de Deus na Lei, Palavra de Deus nos Profetas. Por que, oh Peter, você tenta dividi-lo? Em vez disso, é necessário que você permaneça unido a ele. Você está procurando três tendas: você deve entender que há apenas uma!». 

Sempre verdadeiras, sempre oportunas as palavras deste Padre da Igreja, o Papa é chamado a não dividir Cristo: «Desce, Pedro; você queria descansar na montanha: desça; pregue a palavra de Deus, insista em todas as ocasiões oportunas e problemáticas, repreenda, exorte, encoraje com toda a sua paciência e capacidade de ensinar.

Trabalha, cansa-te muito, aceita também sofrimentos e torturas para que, pela candura e beleza das boas obras, possua na caridade o que é simbolizado na candura das vestes do Senhor. Já que no louvor da caridade, lida na carta do Apóstolo, ouvimos: Ela não busca os seus próprios interesses (1 Cor 13, 5). Não procura os seus próprios interesses porque dá o que tem».

Naquela montanha o Pai se manifestou em sua voz, o Filho em sua carne transfigurada, o Espírito Santo na nuvem luminosa. E Pedro queria fazer uma tenda para o Rei que não queria ter nem uma pedra para deitar a cabeça? O Salvador não veio para preparar lares temporários na lógica do mundo, mas para arranjar uma esplêndida e eterna morada em Seu Reino, onde o trigo reine no Deus Triúno.

Autor: Cristina Siccardi…: http://www.santiebeati.it/dettaglio/21300

B. BOM JESUS DA LAPA

Conforme o DIRETÓRIO DA LITURGIA DA CNBB DE 2022 do dia 05 de agosto, “… dia 6, nas Arquidioceses de Olinda e Recife e nas Dioceses de Bom Jesus da Lapa, Campos, Ourinhos e Palmas; SANTÍSSIMO SALVADOR ou SENHOR BOM JESUS, Padroeiro (Arqui)diocesano, festa”.

– Ver “… O Bom Jesus da Lapa é uma devoção católica nascida no território hoje correspondente à cidade baiana homônima, de onde se espalhou para várias regiões do Brasil, sobretudo no Nordeste.[1] Sua origem remonta ao fim do século XVII, por iniciativa do peregrino, e posteriormente monge, português Francisco Mendonça. Segundo os relatos históricos, Francisco Mendonça teria se estabelecido na gruta em que hoje está situado o Santuário do Bom Jesus da Lapa nos por volta de 1690, após uma longa peregrinação pelo interior da Bahia.[2][1]

Consigo carregava a imagem de Jesus crucificado e de Nossa Senhora da Soledade, trazida por ele de Portugal. Tendo-se fixado no morro da Lapa, nas proximidades do Rio São Francisco, transformou uma reentrância na rocha num oratório para a veneração pessoal dos dois ícones religiosos que trazia.[1] Logo, grupos de pessoas das proximidades começaram a afluir em direção à Lapa, venerar o Bom Jesus, dentre os quais garimpeiros, vaqueiros e escravos alforriados.[3]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bom_Jesus_da_Lapa_(devo%C3%A7%C3%A3o_cat%C3%B3lica)

– Ver também “Município Bom Jesus da Lapa”:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Bom_Jesus_da_Lapa

 

– Ver FÉ E DEVOÇÃO: Conheça a Romaria de Bom Jesus da Lapa [2019]: https://www.youtube.com/watch?v=N6EVBDQCc-E

 

– Ver “… A festa de 2022 marca a retomada das atividades com a participação presencial dos romeiros. Entretanto, para aqueles que não puderem participar, as atividades religiosas estão sendo transmitidas pela TVE Bahia, TV Bom Jesus, TV Aparecida, TV Pai Eterno, além da Rádio Bom Jesus FM…”: https://agenciasertao.com/2022/08/01/romaria-de-bom-jesus-da-lapa-tera-shows-de-padre-alessandro-campos-e-kannario-nesta-semana/

 

C. BOM JESUS DE IGUAPE

Ver “… A cidade de Iguape está localizada no litoral sul do Estado de São Paulo, numa região denominada “Vale do Ribeira”. O Santuário Senhor Bom Jesus de Iguape está situado no Centro de Iguape, na Praça da Basílica, nº 114, onde encontra-se a Basílica do Senhor Bom Jesus de Iguape…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Senhor_Bom_Jesus_de_Iguape

– Ver também “Festa dia 06 de agosto…”: https://www.senhorbomjesusdeiguape.com.br/

– Ver também  SENHOR BOM JESUS“… A devoção ao Senhor Bom Jesus possui suas raízes em Portugal, de onde foi levada aos países de colonização portuguesa, como BrasilAngola e Açores. Sob essa invocação, venera-se a imagem de Jesus Cristo, especialmente em diferentes episódios de sua Paixão…

…  Paróquia Senhor Bom Jesus de Arujá – Cidade de Arujá – Diocese de Mogi das Cruzes – SP.

… Interior da Catedral Basílica de Cuiabá

Paróquia Senhor Bom Jesus da Prata, Pratânia – SP

…Santuário Bom Jesus do Monte, em Braga, Portugal

Igreja do Senhor Bom Jesus da Cana Verde, Cachoeira Paulista – SP

… Capela do Bom Jesus em Tiradentes (MG)

Grandes igrejas, catedrais e santuários são dedicados ao Senhor Bom Jesus, entre algumas em destaque:

OUTRAS MEMÓRIAS DE SANTAS E SANTOS DE 06 DE AGOSTO

2.   Em Roma, junto à Via Ápia, no ce­mi­tério de Ca­listo, a paixão de São Sisto II, papa, e seus com­pa­nheiros (dia 07 de agosto, também na Folhinha do Coração de Jesus), cuja me­mória se ce­lebra amanhã. († 258).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, de 07 de agosto, em 258, São Xisto II, papa, vítima do segundo edito do imperador Valeriano contra os cristãos. Segundo um testemunho de seu tempo, foi preso enquanto celebrava a liturgia juntamente com quatro diáconos, no cemitério de Calixto, em Roma. (R).

– Ver, no VIDAS DOS SANTOS, São Sixto, Papa Santos Felicíssimo, Agapito e Companheiros: quatro Diáconos, Janeiro, Magno, Vicente e Estêvão e outros dois, Felicíssimo e Agapito. Um sétimo, Lourenço, foi morto alguns dias depois.

– Ver páginas 187-189: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

3.   Em Al­calá de He­nares, na His­pânia Car­ta­gi­nense, hoje na Es­panha, os santos ir­mãos Justo e Pastor, már­tires, que, ainda cri­anças, dei­xando na es­cola as ta­belas de es­cri­tura, cor­reram es­pon­ta­ne­a­mente ao en­contro do mar­tírio, onde o go­ver­nador or­denou que fossem presos e fus­ti­gados; e en­co­ra­jando-se um ao outro com re­cí­procas exor­ta­ções, foram de­go­lados com a es­pada, dando a vida por Cristo. († 304).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Espanha, no ano da graça de 304, a paixão dos Santos Justo e Pastor, patronos celestes de Alcalá e Madrid e titulares da catedral de Norbonne. Estes dois jovens foram torturados sem julgamento, por causa de sua fé. (M).

– Ver página 190: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

4.   Em Roma, junto de São Pedro, o se­pul­ta­mento de Santo Hor­misdas – Ormisda –  (também na Folhinha do Coração de Jesus, Hormisda), papa, que, como bom pro­motor da paz, con­se­guiu que no Ori­ente fosse re­sol­vido o cisma de Acácio e no Oci­dente fossem res­pei­tados pelos novos povos os di­reitos da Igreja. († 523).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no ano do Senhor de 523, Santo Hormisdas, papa, que teve a alegria de recuperar o imperador bizantino para a doutrina ortodoxa do Concílio de Calcedônia. (M).

– Ver páginas 171-186: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também “… Hormisda (em latimHormisdas; em grego: Ορμισδας) foi Papa entre 20 de julho de 514 até 6 de agosto de 523,[1] data da sua morte. É considerado santo pela Igreja Católica e o dia que lhe é dedicado é 6 de agosto.[2][3]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Hormisda

5*.   Em Sa­vona, na Li­gúria, re­gião da Itália, o Beato Oc­ta­viano, bispo e irmão do papa Ca­listo II, que, tanto no claustro como na cá­tedra epis­copal, res­plan­deceu no ser­viço de Deus e dos irmãos. († 1132)

6*.   No ter­ri­tório do Lu­xem­burgo, o Beato Ge­ce­lino (Gezzelino), ere­mita, que viveu num bosque, sem tecto nem roupa, con­fiado em Deus que faz cair a neve como lã. († c. 1138)

7.   Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o dia natal – dies natalis – (aniversário da morte) de São Do­mingos de Gusmão, pres­bí­tero, cuja me­mória se ce­lebra no dia oito deste mês. († 1221).

08 de agosto

1.0. MEMÓRIA DE SÃO DOMINGOS E O ROSÁRIO: Memória de São Do­mingos de Gusmão (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, có­nego de Osma, ci­dade da pro­víncia de Sória, na Es­panha, que hu­mil­de­mente se de­dicou ao mi­nis­tério da pre­gação nas re­giões per­tur­badas pela he­resia dos Al­bi­genses e viveu vo­lun­ta­ri­a­mente nas pri­va­ções da po­breza, fa­lando sempre com Deus ou de Deus. De­se­joso de en­con­trar uma nova forma de pro­pagar a fé, fundou a Ordem dos Pre­ga­dores, para re­novar na Igreja a forma de vida apos­tó­lica, man­dando aos seus ir­mãos que se de­di­cassem ao ser­viço do pró­ximo com a oração, o es­tudo e o mi­nis­tério da pa­lavra. Morreu em Bo­lonha, ci­dade da Itália, no dia seis de Agosto. († 1221).

1.1. 07 de outubro: Me­mória de Nossa Se­nhora do Rosário (também na Folhinha do Coração de Jesus), no dia em que, pela re­ci­tação do Ro­sário ou coroa ma­riana, se in­voca o au­xílio da Santa Mãe de Deus, me­di­tando os mis­té­rios de Cristo, tendo por guia aquela que es­teve as­so­ciada de modo sin­gular à En­car­nação, Paixão e Res­sur­reição do Filho de Deus. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Nossa Senhora do Rosário, proclamada bem-aventurada por todas as gerações no coração dos mistérios da encarnação e da redenção.(R)

1.2. FESTA DO ROSÁRIO: 1º DOMINGO DE OUTUBRO conforme VIDAS DOS SANTOS. Ver páginas 171-176: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf  

1.3.- FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO: 07 DE OUTUBRO: Ver DIRETÓRIO DA LITURGIA DA CNBB e também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Rosário              Ver páginas 390-400: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

1.4.- CONFORME ANOTAÇÕES DE 08 DE AGOSTO: Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o dia natal (aniversário da morte) de São Do­mingos de Gusmão, pres­bí­tero, cuja me­mória se ce­lebra no dia oito deste mês. († 1221). No Martirológio Romano-Monástico, de 08 de agosto, memória de São Domingos de Gusmão, sacerdote, morto em Bolonha no dia 06 de agosto de 1221. Originário da Província de Burgos, na Espanha, tomou aos vinte e oito anos o hábito dos cônegos regulares de Osma. Após ter esta estabelecido um convento de religiosas em Prouille, perto de Toulouse, fundou nesta cidade a Ordem Mendicante dos Frades Pregadores, para a difusão, através da pregação, da verdade contemplada e aprofundada pelos estudos Teológicos. (R). Conforme o Martirológio Romano e o Martirológio Romano Italiano de 08 de agosto, memória de São Domingos de Gusmão, presbítero, cónego de Osma, cidade da província de Sória, na Espanha, que humildemente se dedicou ao ministério da pregação nas regiões perturbadas pela heresia dos Albigenses e viveu voluntariamente nas privações da pobreza, falando sempre com Deus ou de Deus. Desejoso de encontrar uma nova forma de propagar a fé, fundou a Ordem dos Pregadores, para renovar na Igreja a forma de vida apostólica, mandando aos seus irmãos que se dedicassem ao serviço do próximo com a oração, o estudo e o ministério da palavra. Morreu em Bolonha, cidade da Itália, no dia seis de Agosto. Ver VIDAS DOS SANTOS de 04 de agosto: págs. 94-123: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

1.5.- Ver também, A PRÁTICA E A INSTITUIÇÃO DO SANTO ROSÁRIO POR SÃO DOMINGOS, às páginas 109-123: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

1.6.-Ver carta Encíclica de Leão XIII: Octobri mense: http://w2.vatican.va/content/leo-xiii/pt/encyclicals/documents/hf_l-xiii_enc_22091891_octobri-mense.html

1.7.- Ver ainda “Palavras de João Paulo II sobre o Rosário”: https://www.acidigital.com/rosario/papa.htm  

1.8. Ver ainda: “O Rosário do Papa João Paulo II incluindo os mistérios luminosos”:  http://www.derradeirasgracas.com/2.%20Segunda%20P%C3%A1gina/As%20Devo%C3%A7%C3%B5es/3.%20ORA%C3%87%C3%95ES%20GERAIS/O%20Ros%C3%A1rio%20do%20papa%20Jo%C3%A3o%20Paulo%20II.htm

1.9.- e mais, a “CARTA APOSTÓLICA ROSARIUM VIRGINIS MARIAE”: http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/apost_letters/2002/documents/hf_jp-ii_apl_20021016_rosarium-virginis-mariae.html

OBSERVAÇÃO: SÃO JOÃO PAULO II ERA DOMINICANO.

8*.   Em Mon­te­videu, no Uru­guai, a Beata Maria Fran­cisca de Jesus (Ana Maria Ru­batto), virgem, que, em Loano, ci­dade pró­xima de Sa­vona, na Itália, fundou o Ins­ti­tuto das Irmãs Ter­ciá­rias Ca­pu­chi­nhas e, par­tindo para a Amé­rica La­tina, se de­dicou to­tal­mente ao ser­viço dos pobres. († 1904)

9*.   Perto de Gandia, no ter­ri­tório de Va­lença, na Es­panha, o Beato Carlos López Vidal, mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, al­cançou a glória celeste. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

10♦.   Em Roda-Holot, na Ca­ta­lunha, também na Es­panha, o Beato Adolfo Jaime (An­tónio Serra Hortal), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que, no tempo da per­se­guição, me­receu passar à fe­li­ci­dade eterna. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

11♦.   Em Ta­la­vera de la Reina, pró­ximo de To­ledo, também na Es­panha, o Beato Sa­tur­nino Or­tega Montealegre, pres­bí­tero da di­o­cese de To­ledo e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé cristã, der­ramou o seu sangue por Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

12*.   Perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Tadeu Dulny, mártir, que, du­rante a ocu­pação mi­litar da Po­lónia, por causa da sua fé em Cristo foi de­por­tado para o campo de con­cen­tração de Da­chau e, de­pois de ter­rí­veis su­plí­cios, partiu deste mundo para a glória celeste. († 1942)

– VER “108 MÁRTIRES DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

 (POLÔNIA – 12 DE JUNHO)”

13. Na Folhinha do Coração de Jesus, Santo Estêvão, abade. Ver no VIDAS DOS SANTOS “Os mártires de São Pedro de Cardenha (Duzentos)”, mais Santo Estêvão.

– Ver página 191: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Em Burgos, na Espanha, no mosteiro de São Pedro de Cardegna, da Ordem de São Bento, duzentos monges, com seu abade Estêvão, foram condenados à morte pelos sarracenos pela fé em Cristo e sepultados no mosteiro pelos cristãos.
Monges beneditinos no mosteiro de Cardena, Espanha, sob o abade Estêvão. Mais de duzentos monges aqui foram executados pelos árabes durante a conquista da península. Seu culto foi aprovado em 1603…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust06.html

– Ver MÁRTIRES DE CARDENA:

14. Na Folhinha do Coração de Jesus, São Tiago, eremita.

15SOBRE 06 DE AGOSTO: VER 06 DE AGOSTO NA IGREJA ORTODOXA: https://pt.wikipedia.org/wiki/6_de_agosto_na_Igreja_Ortodoxa

16. VER SANTAS E SANTOS DE 06 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Transfiguração de Nosso Senhor (Festa) — Cremete Gezelin de Schlebusch Gislain de Luxemburgo Glisente de Bréscia Goderanno Guilherme Sanz Hardulf de Breedon Hormisdas , Papa Tiago, o Sírio Justo de Alcalá Maria Francesca Rubato Otaviano de Savona Pároco de Alcalá Estêvão de Cardena Tadeusz Dulny Guilherme de AltavilaMártires de Cardena Martirizado na Guerra Civil Espanhola Alejandro Casare Menéndez Andrés Soto Carreira Antoni Serra Hortal Carlos Lopez Vidal Francesc Vives Antich José González Ramos Campos José Maria Polo Rejón José Maria Recalde Magúregui Josep Domènech Bonet Juan Silverio Pérez Ruano Pau Bertrán Mercadé Saturnino Ortega Montealegre — Glisente de Valcamonica Mateus Bascio Winthir von Neuhausen
todos esses memoriais em uma única página

17. Outros santas e Santos do dia 06 de agosto, páginas: 171-191: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 06 de agosto, ver ainda: 6 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)6 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

21. Outros santos do dia 05 de agosto, páginas: 156-170: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 611-613: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/6-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust06.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*      27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                ================                             

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 05 de agosto

DESTAQUES DE 05 DE AGOSTO:

A. 05 de agosto: Conforme o Martirológio Romano-Monástico, FESTA DE NOSSA SENHORA DAS NEVES, padroeira da Arquidiocese de João Pessoa e de todo o Estado da Paraíba. Conforme o DIRETÓRIO DA LITURGIA da CNBB de 2022 (de 04 de agoso): “Amanhã, dia 5, no Estado da Paraíba – NOSSA SENHORA DAS NEVES, Padroeira principal, festa. Amanhã, dia 5, na Arquidiocese da Paraíba – NOSSA SENHORA DAS NEVES, Padroeira arquidiocesana, festa. Na catedral e na cidade de João Pessoa: Titular e Padroeira municipal, solenidade (na Missa, três leituras; 1ª leitura: Pr 8,22-31).”

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, festa de Nossa Senhora das Neves, padroeira da Arquidiocese de João Pessoa e de todo o Estado da Paraíba.

Ver também Nossa Senhora das Neves é uma das invocações pelas quais a Igreja Católica venera a Santíssima Virgem Maria segundo o culto de hiperdulia.

{Hiperdulia (do grego υπερδουλεια; «alta veneração») é um termo teológico utilizado pelas Igrejas Católica e Ortodoxa que significa a honra e o culto de veneração especial devotados a Nossa Senhora.

Este culto à Nossa Senhora é feito através da liturgia, que é o culto oficial e obrigatório da Igreja Católica, e também, em maior intensidade, através da piedade popular, que é o culto católico privado. No campo da piedade popular, destacam-se as devoções feitas à Virgem Maria, como por exemplo o Santo Rosário, o Angelus, o Imaculado Coração de Maria, a peregrinação aos lugares onde Maria apareceu, as procissões, etc.

A hiperdulia, que está inserido na dulia, diferencia-se muito da latria, que é o culto de adoração prestado e dirigido unicamente a Deus…: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hiperdulia}

Nossa Senhora das Neves é também conhecida como Santa Maria Maior e Salus Populi Romani. O título de Nossa Senhora das Neves é devido a uma antiga tradição segundo a qual um casal romano, que pedia à Virgem Maria a inspiração para saber como empregar bem a sua fortuna, recebeu em sonhos a mensagem de que Santíssima Virgem desejava que lhe fosse dedicado um templo precisamente no lugar do monte Esquilino que aparecesse coberto de neve. Esse fenómeno milagroso aconteceu na noite de 4 para 5 de agosto, em pleno Verão romano: no dia seguinte, o terreno onde hoje se ergue a famosa Basílica de Santa Maria Maior amanheceu inteiramente nevado.

Em 12 de novembro de 1493, logo após a sua descoberta por Cristóvão Colombo, a ilha de Nevis, situada na região das Caraíbas, recebeu devotamente o nome de Nossa Senhora das Neves.

No Brasil, Nossa Senhora das Neves é a padroeira de alguns lugares, sendo o patrocínio mais importante o do estado da Paraíba, da Arquidiocese da Paraíba e da cidade de João Pessoa, onde se observa feriado estadual (Lei Estadual 3.489/1967)

Nossa Senhora das Neves também é padroeira do Município de Ribeirão das Neves região metropolitana de Belo Horizonte em Minas Gerais. Onde segundo a tradição católica acontece a chamada festa de “Agosto” em homenagem à Santa. São cinco dias de festa, onde no primeiro ou no último dia são soltos inúmeros fogos de artifício em honra a santa Padroeira. A festa também conta com barraquinhas de comidas típicas, artesanato, brincadeiras e shows de artistas locais.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Neves .

– Também ver: https://www.google.com/search?q=Nossa+Senhora+das+Neves&oq=Nossa+Senhora+das+Neves&aqs=chrome..69i57j0l5.12446j0j8&sourceid=chrome&ie=UTF-8

– Ver ainda pág. 169: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

B. 05 DE AGOSTO: DE­DI­CAÇÃO DA BA­SÍ­LICA DE SANTA MARIA MAIOR (também na Folhinha do Coração de Jesus), em Roma, no monte Es­qui­lino, que o papa Sisto III ofe­receu ao povo de Deus em me­mória do Con­cílio de Éfeso, no qual a Virgem Maria foi pro­cla­mada Mãe de Deus. († c. 434).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma Dedicação da Igreja de Santa Maria Maior, quarta basílica patriarcal da Cidade Eterna, consagrada à Mãe de Deus, logo depois do Concílio de Éfeso. (R)

– Ver “… Santa Maria Maggiore ou Basílica de Santa Maria Maior é uma das quatro basílicas maiores, uma das sete igrejas de peregrinação e a maior igreja mariana de Roma — motivo pelo qual ela recebeu o epíteto de “Maior“.[a] Foi a primeira igreja do Ocidente dedicada a Maria em honra a Jesus Cristo, e tem uma celebração específica na liturgia católica rememorando o fato: a Dedicação de Basílica de Santa Maria Maior.

Depois do Tratado de Latrão de 1929, firmado entre a Santa Sé e o Reino da ItáliaSanta Maria Maggiore permaneceu como parte do território italiano e não do Vaticano.[1] Porém, a Santa Sé é proprietária do edifício e do terreno onde ele está e o governo italiano é obrigado, legalmente, a reconhecer este fato[2][3] e a conceder a ela a imunidade concedida pelo Direito Internacional às embaixadas de agentes diplomáticos de estados estrangeiros.[1]

… A basílica é por vezes chamada de “Nossa Senhora das Neves“, seu nome no Missal Romano entre 1568 e 1969 e uma referência à festa litúrgica da dedicação do edifício a Nossa Senhora em 5 de agosto, que, na mesma época, era chamada de “Dedicatio Sanctae Mariae ad Nives” em latim. Este nome tornou-se popular no século XIV[5] e é, por sua vez, uma referência a uma tradição lendária…

… A Basílica de Santa Maria Maior é a mais antiga igreja do Ocidente consagrada à Virgem Maria. Sua edificação foi motivada pela declaração dogmática da “Divina Maternidade de Maria”, ou “Maria, Mãe de Deus” (Teótoco), no Concílio de Éfeso, no ano 431[nota 6]. Na Liturgia Católica é celebrada, então, esta Memória Facultativa[nota 7], no dia 5 de Agosto. A data da fundação da igreja, contudo, retrocede ao pontificado do Papa Libério (352-366).[carece de fontes]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bas%C3%ADlica_de_Santa_Maria_Maior#:~:text=Dedica%C3%A7%C3%A3o%20da%20Bas%C3%ADlica%20de%20Santa%20Maria%20Maior,-A%20Bas%C3%ADlica%20de&text=Na%20Liturgia%20Cat%C3%B3lica%20%C3%A9%20celebrada,Lib%C3%A9rio%20(352%2D366).

C. NOSSA SENHORA DE COPACABANA

Também conhecido como

  • La Coyeta
  • Virgem de Copacabana

Memorial

Perfil

Uma estátua da Bem-Aventurada Virgem Maria com um metro e meio de altura, feita de gesso e fibra de maguey, e criada por Francisco Tito Yupanqui. Com exceção do rosto e das mãos, é coberto de folha de ouro, vestido como uma princesa inca, e tem joias no pescoço, nas mãos e nas orelhas. Não há registro de como a imagem se parece sob as vestes, o cabelo esculpido foi coberto por uma peruca e a imagem nunca sai da basílica . Em 21 de fevereiro de 1583 foi entronizado em uma igreja de adobe na península de Copacabana, que se projeta no Lago Titicaca quase 3 milhas acima do nível do mar. Em 1669 , o vice-rei do Peru acrescentou uma cesta de palha e um bastão à estátua, que ela ainda mantém hoje. O atual santuário data de1805 . A imagem foi coroada durante o reinado do Papa Pio XI , e seu santuário foi elevado a basílica em 1949 . Ao longo dos anos, recebeu muitos presentes caros, a maioria dos quais foi saqueada por autoridades civis que precisavam de dinheiro rápido.

Patrocínio

informação adicional

Citação MLA

================

OUTRAS SANTAS E SANTOS DE 05 DE AGOSTO

2.   Em Cha­lons-sur-Marne, na Gália Bél­gica, ac­tu­al­mente na França, São Mémio (Memmio), ve­ne­rado como o pri­meiro bispo desta cidade. († s. III-IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. III, São Mêmio, primeiro bispo de Charlon-Sur-Marne, que plantou a semente do Evangelho naquela região. (M).

– Ver página 167: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

3.   Em Teano, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Páris, bispo, que é con­si­de­rado o pri­meiro a ocupar esta sede episcopal. († s. IV)

4.   Em Autun, na Gália Li­o­nense, hoje na França, São Cas­siano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († s. IV).

– Ver “… São Cassiano de Autun (em francês: Cassien), morto em ca. 350 dC, foi um bispo de Autun do século IV dC. É possível que ele tenha sido egípcio de nascimento.[1] Ele viajou até Autun e foi um seguidor de São Retício, bispo da cidade antes dele.[1]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cassiano_de_Autun

5.   Em Na­zi­anzo, na Ca­pa­dócia, hoje Ne­nízi, na Tur­quia, Santa Nona, que foi es­posa do bispo São Gre­gório o Velho e mãe dos santos Gre­gório o Teó­logo, Ce­sário e Gorgónia. († 374).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Capadócia, perto de 374, Santa Nona, que convertera seu marido ao catolicismo. São Gregório Teólogo, seu filho, admirava muito sua sólida piedade e sua devoção ao domingo, dia do Senhor. (M).

– Ver página 168: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também “… NONNA nasceu no final do século III e, embora tenha sido criada como cristã, casou-se com Gregório, o magistrado de Nazianzo na Capadócia, que era membro de uma seita judaico-pagã chamada Hypsistarians. No entanto, este foi um caso de “casamento misto” que deu certo, e a família resultante foi uma das famílias santas mais famosas e brilhantes da história cristã. Por seu exemplo brilhante, Santa Nonna converteu o marido, que se tornou padre e depois bispo: naquela época, a lei agora universal de que um bispo deve ser solteiro ou viúvo ainda não estava em vigor em todos os lugares; além disso, é venerado como santo e conhecido como São Gregório Nazianzeno, o Velho. Eles tiveram três filhos, todos eles santos, e o mais velho, São Gregório Nazianzeno, o Divino, tornou-se um dos maiores médicos da Igreja; em seus escritos, ele frequentemente se refere à vida devotada e virtuosa de sua mãe, Nonna. O filho seguinte foi uma menina, St Gorgonia, que se casou e teve três filhos. O terceiro era São Cesário, médico de profissão. Santa Nonna sobreviveu a dois de seus filhos: Gorgonia morreu em seus braços e ela ouviu os sermões fúnebres pregados por ela e por Cesário por Gregório, o Jovem, que continuaram a ser a admiração nas eras seguintes. Ela sobreviveu ao marido apenas alguns meses e morreu com uma idade considerável em 374: uma mulher valente, cujos filhos se levantaram e a chamaram de bem-aventurada, cujo marido a elogiou, que se casou e teve três filhos. 

Um relato suficiente de Santa Nonna é fornecido na Acta Sanctorum, agosto, vol. ii, e em DCB., vol. iv, p. 50…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust05.html

6.   Em Ás­coli Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, Santo Emídio (também na Folhinha do Coração de Jesus), ce­le­brado como o pri­meiro bispo desta ci­dade e mártir. († s. IV)

7*.   Em Vi­viers, na Gália, hoje na França, São Ve­nâncio, bispo. († d. 535)

– Ver “… 544 São Venâncio Bispo de Viviers, França. Foi objeto de uma biografia duvidosa, escrita no século XII. Venantius de Viviers B (AC). São Venâncio é um dos mais célebres bispos antigos de Viviers, França. Sua vida não foi registrada até o século 12 e não tem valor como documento histórico (beneditinos) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust05.html

8*.   Em Trem­blevif, lo­ca­li­dade hoje cha­mada Saint-Vi­âtre, na re­gião de So­logne, na Gália, hoje também na França, São Vi­ador, eremita. († s. VI)

9.   Em Ma­ser­field, lo­ca­li­dade pos­te­ri­or­mente de­no­mi­nada Oswestry em sua honra, na re­gião de Sh­rews­bury, na In­gla­terra, Santo Os­valdo (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir, que, sendo rei da Nor­túm­bria que “era um reino anglo formado na Grã-Bretanha no início do século VII; é também o nome de um condado, bem menor em território, que sucedeu ao reino. O termo provém do limite meridional do reino, o estuário Humber (“north of Humber”, norte do Humber). Foi um dos sete reinos da Heptarquia anglo-saxã que deu origem à Inglaterra. – Conforme: https://pt.wikipedia.org/wiki/Reino_da_Nort%C3%BAmbria

– In­signe mi­litar, mas so­bre­tudo amigo da paz, di­fundiu in­can­sa­vel­mente a fé cristã neste ter­ri­tório e, no com­bate contra os pa­gãos, foi morto em ódio a Cristo. († 642).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Inglaterra, no ano da graça de 642, Santo Osvaldo, rei da Nortúmbria. Batizado no mosteiro de São Columbano, ao reconquistar seu reino, cristianizou-o, colaborando com a fundação da abadia de Lindsfarne (M).

– Ver páginas 162-166: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também “… Osvaldo (604 –5 de agosto de 642) foi Rei da Nortúmbria desde 634 até à sua morte, e posteriormente foi venerado como um Santo Cristão…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Osvaldo_da_Nort%C3%BAmbria

10*.   Em Mon­te­gra­naro, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Fran­cisco Zan­fre­díni, po­pu­lar­mente cha­mado “Cecco de Pê­saro”, da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, que, do­ando todos os seus ha­veres aos po­bres, viveu du­rante quase cin­quenta anos numa er­mida, por ele edi­fi­cada, e foi para todos um exemplo de pe­ni­tência, oração e boas obras. († c. 1350)

P

11.   Em San Se­ve­rino, também no Pi­ceno, Santa Mar­ga­rida, viúva. († c. 1395)

12*.   Num barco an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Pedro Miguel Noël, pres­bí­tero de Ruão e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foi apri­si­o­nado na ga­lera em con­di­ções de­su­manas por causa do seu sa­cer­dócio e, con­ta­mi­nado por uma en­fer­mi­dade, con­sumou o martírio.

(† 1794)

13♦.   Em Más Llanes, na Ca­ta­lunha, re­gião da Es­panha, o Beato Ed­mundo Ângelo (Pedro Masó Lla­gos­tera), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que pelo mar­tírio se tornou par­ti­ci­pante na vi­tória de Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

14♦.   Em Ma­drid, na Es­panha, os be­atos már­tires Ma­xi­mino Fer­nández Marinas, Vítor Garcia Ceballos e Ma­nuel Mo­reno Martínez, pres­bí­teros, e Edu­ardo Gon­zález Santo Domingo, re­li­gioso, todos da Ordem dos Pre­ga­dores e már­tires, que, na mesma per­se­guição, me­re­ceram re­ceber a su­blime palma do martírio. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

15♦.   Em Fu­ente la Hi­guera, na Ca­ta­lunha, também na Es­panha, os be­atos Ga­vino Olaso Zabala, pres­bí­tero da Ordem de Santo Agos­tinho e com­pa­nheiros, már­tires, que, opri­midos pela vi­o­lência dos ini­migos da Igreja, foram ao en­contro do Senhor. São estes os seus nomes: Emílio Ca­mino Noval, Anas­tásio Díez Garcia, Ân­gelo Pérez Santos, Ci­priano Polo Garcia, Fi­lipe Barba Cha­morro, Vítor Gai­tero Gon­zález, pres­bí­teros da Ordem de Santo Agos­tinho; e Lu­ciano Ramos Vil­la­fruela, Luís Blanco Ál­varez e Ubaldo Re­villa Ro­drí­guez, re­li­gi­osos da mesma Ordem. († 1936)

– Ver MÁRTIRES DE FUENTE DE LA HIGUERA: https://catholicsaints.info/martyrs-of-fuente-la-higuera/

16. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Egito, o martírio dos irmãos Santos Cantídio e Cantidiano, apedrejados por causa de sua fé; e São Sobel, trespassado por uma flecha. (M)

– Ver “… Também os santos mártires Cantidius, Cantidian e Sobel, egípcios…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust05.html

17. Santa Afra e seus companheiros. Ver também páginas 156-161: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver 07 de agosto: Em Augs­burgo, na Récia, a­tu­al­mente na Ale­manha, Santa Afra, mártir, que, con­ver­tida de uma vida de pe­cado à fé cristã, se­gundo se narra, ainda não bap­ti­zada foi lan­çada ao fogo por dar tes­te­munho de Cristo. († 304).

18. Santo Abel de Reims. Santo Abel de Reims (Irlanda, ? – Lobbes5 de agosto de 764) também conhecido por Abel McAedh, foi um abade de Lobbes e bispo de Reims. Está incluído nas Vidas dos Santos irlandeses.”.

– Ver “…Abel de Reims (Irlanda, ? – Lobbes5 de agosto de 764) também conhecido por Abel McAedh, foi um abade de Lobbes e bispo de Reims. Está incluído nas Vidas dos Santos irlandeses”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Abel_de_Reims

– Ver também “… Arcebispo e abade beneditino. Abel provavelmente nasceu na Irlanda, e foi um notável religioso, acompanhando São Bonifácio em suas missões ao continente europeu. Ele foi escolhido como arcebispo de Remis pelo Papa St. Zachary, uma nomeação ratificada pelo Concílio de Soissons em 744. No entanto, um usurpador chamado Milo ocupou a vista e não a abandonaria. Abel se retirou para um mosteiro em Lobbes, e foi instalado como abade. Ele morreu lá no “odor da santidade”…”: https://www.catholic.org/saints/saint.php?saint_id=1072

19. São Tadeu de Edessa (Santo Addai). “… Entre os ortodoxosSanto Addai foi um discípulo de Cristo[1] enviado pelo apóstolo Tomé para Edessa para curar o Rei Abgar V de Osroena, que estava enfermo. Santo Addai então permaneceu para evangelizar e acabou convertendo Abgar[2] e seu povo, incluindo Santo Aggai e São Maris. Santo Addai também é conhecido como Addeus— ou Thaddeus, que é a razão identificado como sendo um dos Setenta ApóstolosTadeu de Edessa. Não se deve confundi-lo porém com São Judas Tadeu. Ele é considerado um dos primeiros católicos, logo após Tomé. Ele e Santo Mari são acreditados como criadores da Divina Liturgia de Addai e Mari.”. Ver: Tadeu de Edessa – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

20. VER SANTAS E SANTOS DE 05 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora das Neves (Memorial Opcional) — Maria, Mãe de Misericórdia Nossa Senhora de CopacabanaAbel de Reims Addai Agai de Edessa Arnaldo Pons Cantidiano Cantídio Cassiano de Autun Casto de Teano Corrado de Laodicéia Emídio de Ascoli Piceno Ernin de Cluain-railgheach Eusignius Francisco Zanfredini Gormeal de Ardoilen James Gerius Margarida descalça Maria Memmius de Châlons-sur-Marne Nonna Osvaldo da NortúmbriaParis de Teano Pierre-Michel Noël Sobel Teodorico de Cambrai-Arras Vardan Mamikonian Venâncio de Viviers ViatorMártires de Fuente la Higuera Mártires da Via Salariana Martirizado na Guerra Civil Espanhola Eduardo González Santo Domingo Jaume Codina Casellas Joan Gibert Galofré José Trallero Lou Lluís Domingo Marine Lorenzo Santolaria Ester Manuel Moreno Martínez Maximino Fernández Marinas Pau Virgili Monfá Pere Massó Llagostera Salvi Huix Miralpeix Victor Gaitero González Victor Garcia Ceballos
todos esses memoriais em uma única página

21. Outros santos do dia 05 de agosto, páginas: 156-170: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 05 de agosto, ver ainda: 5 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 609-611: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/5-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust05.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 04 de agosto

DESTAQUE DE 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO VIANNEY, O CURA D’ARS, PADROEIRO DOS PÁROCOS

1. Me­mória de São João Maria Vianney (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que du­rante mais de qua­renta anos exerceu de modo ad­mi­rável o seu mi­nis­tério na pa­ró­quia que lhe foi con­fiada na lo­ca­li­dade de Ars, perto de Belley, na França, com a pre­gação as­sídua, a oração e o exemplo de pe­ni­tência. Todos os dias ex­pli­cava o ca­te­cismo aos mais pe­quenos e aos adultos, re­con­ci­liava os pe­ni­tentes e com a sua ar­dente ca­ri­dade, que hauria da sua fonte pri­mor­dial, a San­tís­sima Eu­ca­ristia, res­plan­deceu de tal modo que di­fundiu os seus con­se­lhos ao longe e ao largo e sa­pi­en­te­mente con­duziu muitos a Deus.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São João Maria Vianney, morto em 1859. Ordenado padre depois de laboriosos estudos, foi primeiro vigário em Ecully. Tornando-se o pároco de Ars, três anos depois, exerceu durante mais de quarenta anos uma influência considerável sobre todos os que se beneficiaram de sua oração, dos méritos de sua vida austera e de seu ministério no sacramento da penitência. Pio XI, ao canonizá-lo, proclamou-o patrono celeste dos padres encarregados de paróquias. (R).

– Ver páginas 292-299: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “…João Maria Batista Vianney – Santo Cura d’Ars (DardillyRódano8 de maio de 1786 — Ars-sur-Formans4 de agosto de 1859) foi um sacerdote francês, canonizado pela Igreja Católica.[1] Foi nomeado padroeiro dos Párocos em 23 de abril de 1928.[2] Também é conhecido como o Santo Cura de Ars”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Batista_Maria_Vianney

– Ver ainda “…  Padre Trochu escreveu esta história em seu livro sobre o Cura d’Ars: Um dia, alguns paroquianos indiscretos subiram ao primeiro andar de sua casa e ouviram a voz de uma mulher conversando com seu padre. A surpresa deles foi indescritível, pois sabiam que o padre era muito reservado com o sexo feminino. Alguns garantiram que não era a primeira vez. Então, eles juntaram coragem e bisbilhotaram a porta. O que eles ouviram foram recomendações para cuidar de fulano de tal, depois salvar fulano de tal etc. Eles ficaram ali ouvindo uma conversa muito particular … Depois de meia hora, o santo abriu a porta e surpreendeu os visitantes … que foram obrigados a explicar o motivo da sua presença. Eles conseguiram se desculpar sem muito constrangimento. Foi o Cura d’Ars quem pareceu o mais envergonhado. Depois de refletir um pouco – e para afastar qualquer suspeita -, ele confessou que tinha o prazer de, às vezes, receber a Virgem Maria em sua casa para falar sobre suas preocupações e se aconselhar sobre casos difíceis… “Não podemos compreender o poder que uma alma pura tem sobre Deus. Não é a alma que faz a vontade de Deus, mas Deus quem faz a vontade da alma…

Entre os traços imitáveis ​​da prodigiosa santidade de John Vianney, a mais notável é provavelmente sua devoção a Maria. (…) Deixou-nos o exemplo da sua vida de sacerdote e pastor, pontilhada de festas marianas, onde vemos claramente o domínio resplandecente e maternal de Maria sobre a alma daquele santo, devido à consagração total que lhe fez de sua própria pessoa e trabalho. Seria exagero ver nessa consagração a chave da sua santidade pessoal e fecundidade apostólica?”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust04.html

– Ver SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Também conhecido como

  • Cura de Ars
  • Jean Baptiste Maria Vianey
  • Jean Marie Baptiste Vianey
  • Jean-Baptiste Vianney
  • João Batista Vianey
  • João Vianey

Memorial

Perfil

Nascido em uma família de agricultores . Em sua juventude João ensinou outras crianças suas orações e catecismo . Ordenado em 1815 , embora tenha levado vários anos de estudo – ele tinha pouca educação, não era um aluno muito bom , e seu latim era terrível. Designado como vigário paroquial em Ecully, França . Em 1818 foi designado para a paróquia de Ars-sur-Formans, França , uma pequena aldeia perto de Lyon, que sofria de uma frequência muito fraca. Ele começou a visitar seus paroquianos, especialmente os doentes e pobres, passou dias em oração diante do Santíssimo Sacramento, fez penitência por seus paroquianos e liderando seu povo pelo exemplo. 

Tinha os dons de discernimento de espíritos, profecia, conhecimento oculto e de operar milagres . Atormentado por espíritos malignos, especialmente quando tentava dormir de 2 a 3 horas por noite. Multidões vinham ouvi-lo pregar e fazer sua reconciliação por causa de sua reputação entre os penitentes; em 1855 havia 20.000 peregrinos por ano para Ars. Passou 40 anos como pároco .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Orações

Vitrine

informação adicional

  livros

  outros sites em inglês

  imagens

  áudio

  vídeo

  sites em espanhol

  sites em français

  fonte em italiano

Leituras

O homem é um mendigo que precisa pedir tudo a Deus . – São João Vianney

Toda a nossa religião não passa de uma religião falsa, e todas as nossas virtudes são meras ilusões e nós mesmos somos apenas hipócritas aos olhos de Deus, se não tivermos essa caridade universal para todos – para os bons e para os maus, para os pobres e para os ricos, e para todos aqueles que nos fazem mal tanto quanto aqueles que nos fazem bem. – São João Vianney

Se as pessoas fizessem para Deus o que fazem pelo mundo, quantos cristãos iriam para o céu. – São João Vianney

Ou você pertence totalmente ao mundo ou totalmente a Deus. – São João Vianney

Eu lhe digo que você tem menos a sofrer seguindo a Cruz do que servindo ao mundo e seus prazeres. – São João Vianney

Você não pode agradar a Deus e ao mundo ao mesmo tempo, Eles são totalmente opostos um ao outro em seus pensamentos, desejos e ações. 

– São João Vianney

Devemos sempre escolher o mais perfeito. Duas boas obras se apresentam para serem feitas, uma em favor de uma pessoa que amamos, outra em favor de uma pessoa que nos fez algum mal. Bem, devemos dar preferência ao último. 

– São João Vianney

Devemos considerar os momentos passados ​​diante do Santíssimo Sacramento como os mais felizes de nossas vidas. – São João Vianney

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

A oração é o banho interior de amor no qual a alma mergulha. – São João Vianney

Citação MLA

2.   Co­me­mo­ração de Santo Aris­tarco de Tessalónica, que foi dis­cí­pulo do Após­tolo São Paulo, fiel com­pa­nheiro nas suas vi­a­gens e também seu com­pa­nheiro de prisão em Roma.

Ver páginas 124-128 http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

3.   Em Roma, junto à Via Ti­bur­tina, os santos Jus­tino e Cres­cen­ciano, mártires. († 258)

4.   Em Társia, na Bi­tínia, ac­tu­al­mente na Tur­quia, Santo Eleu­tério, mártir.

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, Santo Eleutério, mártir de Tarso, cujo túmulo foi o começo de uma célebre peregrinação feita naquela cidade imperial. (M). († s. IV)

5.   Na an­tiga Pérsia, Santa Ia (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir no tempo do rei Sapor II.

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Pérsia, o martírio de Santa Ia e seus companheiros, que suportaram a morte por causa da fé cristã, depois de terem sofrido cruéis suplícios sob o rei Sapor. (M) († c. 362)

– Ver “…Fontes não confiáveis ​​fizeram de Santa Ia (que significa “violeta“) uma grega, talvez uma escrava, que teve tanto sucesso em converter mulheres persas ao cristianismo que foi presa durante a perseguição aos cristãos pelo rei Sapor II da Pérsia. Ela foi torturada por meses na tentativa de forçá-la a apostatar, mas não teve efeito. Por fim, ela foi açoitada até a morte e depois decapitada, supostamente com outras 9.000 pessoas. Muito pouco se sabe sobre esta santa – até o gênero é incerto – e nenhuma passio existe (Beneditinos, Delaney, Enciclopédia).”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust04.html

6.   Em Tours, na Nêus­tria, na ho­di­erna França, a co­me­mo­ração de Santo Eu­frónio, bispo, que tomou parte em vá­rios con­cí­lios, re­cons­truiu muitas igrejas na ci­dade, fundou pa­ró­quias em todo o ter­ri­tório e pro­moveu di­li­gen­te­mente a ve­ne­ração à Santa Cruz.

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 573, Santo Eufrônio, bispo de Tours. Teve grande prestígio junto aos poderosos, e consagrou seu trabalho na restauração ou construção de santuários de sua cidade episcopal. (M) († 573).

– Ver páginas 129-130: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

7*.   Na flo­resta de Pa­naia, perto de Ca­tan­zaro, na Ca­lá­bria, re­gião da Itália, Santo Onofre, ere­mita, in­signe pela sua vida de je­juns e austeridade. († 995)

8*.   Em Split, na Dal­mácia, na ac­tual Croácia, São Rai­nério (Raniero), bispo e mártir, que, de­pois de ter sido monge, por de­fender os di­reitos da Igreja su­portou nu­me­rosos tor­mentos na sede de Cágli e de­pois morreu ape­dre­jado em Split. († 1180).

– Ver São Reinier, bispo, arcebispo e mártir. Páginas 133-140: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

9*.   Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, a Beata Ce­cília, virgem, que re­cebeu o há­bito mo­nacal das mãos de São Do­mingos, de cuja vida e es­pi­ri­tu­a­li­dade foi fi­de­lís­sima testemunha. († 1290)

10*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato Gui­lherme Horne, mártir, monge na Car­tuxa desta ci­dade, sempre fiel à ob­ser­vância da Regra, que su­portou um longo ca­ti­veiro no rei­nado de Hen­rique VIII e, sub­me­tido fi­nal­mente ao su­plício no pa­tí­bulo de Ty­burn, partiu desta vida e tomou lugar à di­reita de Cristo. († 1540)

11*.   Em Mon­tréal, no Quebec, pro­víncia do Ca­nadá, o Beato Fre­de­rico Jans­soone, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, que di­fundiu muito as pe­re­gri­na­ções à Terra Santa para pro­gredir na fé. († 1916)

12*.   Em Ma­drid, na Es­panha, o Beato Gon­çalvo Gon­çalo, re­li­gioso da Ordem de São João de Deus e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a re­li­gião, con­firmou com o seu sangue a sua fé em Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

13.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, os be­atos már­tires José Ba­talla Parramon, pres­bí­tero, José Ra­basa Bentanachs e Gil Ro­dício Rodício, re­li­gi­osos da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que na mesma per­se­guição, ven­cendo o bom com­bate da fé, al­can­çaram a vida eterna. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

14*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Hen­rique Krzys­tofik, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a guerra, de­por­tado da Po­lónia para um cár­cere es­tran­geiro por causa da sua fé cristã, com nu­me­rosos su­plí­cios con­sumou o seu martírio. († 1942)

15. Na Folhinha do Coração de Jesus, São Lugaido.

– No VIDA DOS SANTOS, São Molua, ou Mo-lua, ou Ludgid, ou Ludgaid, Lughaedh, abade. Ver páginas 131-132: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… 622 Molua educado em Bangor sob Saint Comgall fundou mais de 100 mosteiros na Irlanda Abbot (AC);distinguiu-se por milagres (também conhecido como Lua, Da Lua, Luanus, Lugid, Lughaidh)
Nasceu em Limerick; morreu em 4 de agosto. São Molua foi educado em Bangor sob o comando de São Comgall e era conhecido como monge, eremita e construtor. Como São Bernardo nos assegura, Molua fundou mais de 100 mosteiros na Irlanda, incluindo o de Killaloe (County Clare) e Cluain-Fearta Molua, nas fronteiras de Ossory e Queen’s County em Leinster. São Molua prescreve uma regra monástica austera que foi observada por muito tempo na Irlanda. Impedia o mais estrito silêncio e recolhimento, e proibia as mulheres de se aproximarem da igreja dos monges.
   Apesar de sua estrita observância da disciplina monástica, ele era um homem de grande ternura para com os homens e os animais. Seu principal discípulo foi Saint Flannan , que o sucedeu no governo de Killaloe. O oratório de Molua na Ilha dos Frades, a algumas centenas de metros da catedral, foi reerguido antes que a área fosse submersa pelas obras hidroelétricas de Shannon em 1929 (Beneditinos, Enciclopédia, Fazendeiro, Husenbeth)…

… Em seu leito de morte, São Molua dirigiu-se a seus monges e disse: “Queridos irmãos, cultivem sua terra diligentemente, para que tenham comida, bebida e roupas suficientes; pois onde há o suficiente, há estabilidade; onde há estabilidade, há verdadeira religião; e o fim da verdadeira religião é a vida eterna”…

… Existe alguma confusão entre este Molua e outros santos do mesmo nome. Killaloe (Cill da Lua) pode receber o nome deste Molua ou de outro que se chamava “o Leproso”, ou podem ser ambos a mesma pessoa. Existem três recensões em latim da Vida de São Molua; um foi impresso na Acta Sanctorum, agosto, vol. eu; outro na edição de De Smedt do Codex Salmanticensis, e o terceiro por C. Plummer em VSH., vol. ii, pp. 206-225. AP Forbes em KSS. (pp. 409-411) repudia qualquer identidade entre São Moloc ( 25 de junho )e São Molua …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust04.html

16. Bem-Aventurado Francisco Cecco, ermitão (PÁGINAS 141-153). Inclui texto sobre a INDULGÊNCIA DA PORCIÚNCULA (ver 02 de agosto). Ver páginas 144-153: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

17. VER SANTAS E SANTOS DE 03 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
John Mary Vianney ( Memorial ) — Agábio de Verona Aristarco de Tessalônica Eleutério da Bitínia Enrico Angelo Angelelli Carletti Epifânio de Besançon Eufrônio de Tours Francesc Mercader Rendé Frédéric Janssone Ia da Pérsia Ioan Balan Isidoro de Besançon Lua de Limerick Onofrio da Panaia Protásio de Colônia Rainério de Split Sithney William HorneMartirizado em Roma Crescentio Jacinto Justin Perpétua Tertulino Martirizado na Guerra Civil Espanhola Elias Garet Ventejo Francisco Izquierdo Pérez Gil Rodicio e Rodicio Gonzalo Gonzalo e Gonzalo José Lopez Cáceres José Pampliega Santiago Josep Batalla Parramon Josep Colom Alsina Glória de José Sobraqués Josep Rabasa Betanachs Luis Galeron Parte Luis Quintas Duran — Berchan Cecília Cesarini Egídio de Sevilha Henryk Jozef Krzysztofik
todos esses memoriais em uma única página

17. Outros santos do dia 04 de agosto, páginas: 94-155: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 04 de agosto, ver ainda: 4 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 607-609: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/4-august/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust04.html#

  (sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 03 de agosto

DESTAQUE DE 03 DE AGOSTO: INVENÇÃO DO CORPO DE SANTO ESTÊVÃO

(ver também 26 de dezembro), primeiro mártir e dos Santos Gamaliel (também na Folhinha do Coração de Jesus), Nicodemos (também na Folhinha do Coração de Jesus) e Abibão.

(a)- Ver páginas 56-64: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf  

(b)- Ver (youtube): https://www.youtube.com/watch?v=s8IhjDeMRig

(c)- Ver (SITE LIGADO A MARCEL LEFEBVRE) “A Igreja instituiu esta segunda festa do Santo Protomártir Estevão para comemorar a descoberta (invenção) de suas relíquias junto às de Gamaliel, Habib e Nicodemos, pelo Padre Luciano, em Gamala da Palestina, em dezembro do ano 415, e no túmulo constava a inscrição “KEAYEA CELIEL”, que significa “Servo de Deus”. O Bispo de Lidda, avisado pelo Padre Luciano, estava presente na exumação. Chamamos também de “invenção das relíquias“, que é o fato do descobrimento delas, assim como também se diz “invenção da Santa Cruz” ou “invenção do Brasil”, significando, neste caso, descobrimento, achado

… O segredo do lugar do sepultamento de Estevão foi deixado com Nicodemos, o discípulo que, durante a noite, visitava Jesus (Jo 3, 1-21; 7, 50-52; 19, 38-42). Depois de mortos, os corpos de Gamaliel e de seu filho Habib foram sepultados perto do lugar onde estava sepultado Estêvão. […]”: http://farfalline.blogspot.com/2015/08/encontro-das-reliquias-de-santo-estevao.html

(d)- Ver também: Santo Estêvão “… Santo Estêvão é o primeiro mártir do cristianismo, sendo considerado santo por algumas das denominações cristãs (católicaortodoxa e a anglicana). É celebrado em 26 de Dezembro no Ocidente e em 27 de Dezembro no Oriente por tais denominações. Ele também está listado entre os Setenta Discípulos”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%AAv%C3%A3o_(m%C3%A1rtir)

(e)- Ver São Nicodemos às páginas 65-80: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

(f)- Ver também “São Nicodemos: Nicodemos (em grego: Νικόδημος) viveu no século I, foi um fariseu e contemporâneo de Jesus Cristo. Defendeu-o perante o Sinédrio e sepultou-o. Atribuem-lhe um evangelho apócrifo, outrora chamado de Atos de Pilatos.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nicodemos

(g)- VER: PORTADORES DE MIRRA “… No contexto da Igreja OrtodoxaMirróforos ou Portadores de Mirra (Grego: Μυροφόροι, LatimMyrophoraeEslavo eclesiástico: Жены́-мѷроно́сицы) são os indivíduos mencionados no Novo Testamento que estiveram diretamente envolvidos no enterro ou que descobriram o túmulo vazio após a Ressurreição de Jesus. O termo geralmente refere-se às mulheres que teriam levado mirra ao túmulo de Cristo de manhã cedo e o descobriram vazio. Na Igreja Ocidental, são geralmente usados os termos Três Marias ou outras variantes. Entre os mirróforos estão também José de Arimateia e São Nicodemos, que removeram o corpo de Jesus da cruz, o embalsamaram com mirra e aloe, o envolveram com linho e o depositaram no túmulo.[1]:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Portadores_de_Mirra

(h)- Ver São Gamaliel e Santo Abibão, às páginas 81-85: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

(i)- Ver também “Gamaliel, o Ancião (גמליאל), ou rabino Gamaliel I (segunda metade do século I a.C. — cerca de 50 d.C.) foi o neto do grande educador judeu Hilel, o Ancião. Líder dentre as autoridades do Sinédrio de meados do século I, reconhecido mestre e Doutor da Lei (Torá). Morreu vinte anos antes da destruição do Segundo Templo em Jerusalém.[carece de fontes]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Gamaliel

(j)- Ver “… Abibas (Abibo) (RM). Abibas, o segundo filho de Gamaliel (Atos 5:34; 22: 3), converteu-se ao cristianismo como seu pai e discípulo do pai, São Paulo. Parece que ele escapou da destruição de Jerusalém e viveu até os 80 anos. Em 415, seus restos mortais, junto com os santos Estêvão, Gamaliel e Nicodemos, foram encontrados em Capergamela, perto de Jerusalém (Beneditinos, Enciclopédia).”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust03.html

(k) VER 26 DE DEZEMBRO

– Festa de Santo Es­têvão (26 de dezembro) pro­to­mártir, homem cheio de fé e do Es­pí­rito Santo, que foi um dos sete pri­meiros diá­conos es­co­lhidos pelos Após­tolos como seus co­la­bo­ra­dores no mi­nis­tério e foi também o pri­meiro dos dis­cí­pulos do Se­nhor a der­ramar o seu sangue em Je­ru­salém, onde, en­quanto era ape­dre­jado pelos per­se­gui­dores, deu tes­te­munho de Cristo Jesus, afir­mando que O via sen­tado na glória à di­reita do Pai.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico (26 de dezembro), festa de Santo Estêvão (também na Folhinha do Coração de Jesus), protomártir, que após pouco mais de sete anos depois do Calvário foi o primeiro a dar testemunho de Cristo pelo sacrifício de sua vida. O livro dos Atos relata como, cheio da graça e do Espírito Santo, foi ele escolhido pelos Apóstolos para ser um dos sete primeiros diáconos, e também como foi apedrejado, depois de ter confessado a fé em Jesus Cristo, exaltado à direita de Deus, e orado por seus perseguidores. (R).

OUTROS SANTAS E SANTOS DE 03 DE AGOSTO

1.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, Santo As­pre­nate (Asprenato), pri­meiro bispo desta cidade. († s. II-III).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. III, Santo Aspreno, primeiro bispo de Nápoles, que semeou o Evangelho naquele território. (M)

2.   Em Autun, na Gália Li­o­nense, hoje na França, Santo Eu­frónio, bispo, que edi­ficou a ba­sí­lica do mártir São Sin­fro­niano e adornou com maior de­coro o tú­mulo de São Mar­tinho de Tours. († d. 475).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto do ano 475, Santo Eufrônio. Herdeiro de uma antiga e rica família galo-romana, renunciou a todos os seus privilégios para colocar-se a serviço de Cristo e da Igreja. Foi depois consagrado bispo de Autun. (M)

– Ver “…Santo Eufrônio, bispo de Autun, antecedeu São Flaviano de Autun na cátedra desta diocese e é venerado em 3 de agosto”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eufr%C3%B4nio_de_Augustoduno

3.   No monte Más­sico, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Mar­tinho, que per­ma­neceu du­rante muitos anos re­cluso numa es­trei­tís­sima caverna. († 580)

4.   Em Anágni, no Lácio, também re­gião da Itália, São Pedro, bispo, que res­plan­deceu pela ob­ser­vância mo­nás­tica, de­pois pela sua di­li­gência pas­toral e fi­nal­mente pela edi­fi­cação da igreja catedral. († 1105).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São Pedro. Originário da nobre família dos príncipes de Salerno, tomou o hábito beneditino. Depois, feito bispo de Anagnie, exerceu a função de apocrisiário em Constantinopla. Enfim, de volta à suas diocese, construiu uma nova catedral. (M).

– Ver página 88: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

5*.   Em Lu­cera, na Apúlia, também re­gião da Itália, o Beato Agos­tinho Ka­zotic, bispo, da Ordem dos Pre­ga­dores, que, pri­meiro go­vernou a Igreja de Za­greb; e de­pois, por causa da hos­ti­li­dade do rei da Dal­mácia, tran­sitou para a sede de Lu­cera, onde se de­dicou com grande di­li­gência ao cui­dado dos po­bres e dos necessitados. († 1323)

6*.   Em Ali­cante, na Es­panha, o Beato Sal­vador Fer­rándis Segui, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, der­ramou o seu sangue por Cristo e al­cançou a palma da glória. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

7*.   Em Sa­malus, lo­ca­li­dade pró­xima de Bar­ce­lona, também na Es­panha, os be­atos már­tires Afonso López López, pres­bí­tero, e Mi­guel Remon Salvador, re­li­gioso, ambos da Ordem dos Frades Me­nores Con­ven­tuais, que na mesma per­se­guição foram co­ro­ados com o su­premo tes­te­munho de Cristo. († 1936)

8*.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Fran­cisco Ban­drés Sánchez, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição, con­firmou com o seu sangue a plena fi­de­li­dade a Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

9♦.     Em Ronda, perto de Má­laga, também na Es­panha, os be­atos An­tónio Mohe­dano Larriva e An­tónio Pan­corbo López, pres­bí­teros da So­ci­e­dade Sa­le­siana e már­tires, que foram as­sas­si­nados em ódio ao sacerdócio. († 1936)

10. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Beréia, atual Alepo, na Síria, no séc. V, Santas Marana e Cira, monjas que viveram na mais estrita reclusão, na escuta da Palavra de Deus. (M).

– Ver páginas 86-87: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Século 5. As santas Marana e Cyra foram duas donzelas que se tornaram eremitas perto de Beroea, na Síria. Diz-se que eles mantiveram silêncio sagrado durante todo o ano, exceto em Pentecostes (Beneditinos)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust03.html

11. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, São Dalmácio. Era monge há quarenta e oito anos quando, em 431, saiu pela primeira vez de sua clausura, acompanhado de sua comunidade, para intervir no Concílio de Éfeso em favor dos bispos ortodoxos, privados de sua liberdade pelos nestorianos. (X)

12. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 940, o Bem-Aventurado Beno, bispo de Metz, que se retirou para o ermo de Nossa Senhora dos Eremitas, hoje Ensielden, na Suíça. (X).

– Bem-Aventurado Bennon, ver página 91: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

13. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Rússia, no séc. XII, Santo Antônio, monge de origem italiana, que fundou em Novigorod um mosteiro dedicado à natividade de Nossa Senhora. (M)

14. São Valteno, abade. Ver páginas 89-90: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

15.  Dia 31 de julho, no Martirológio Romano, em Ra­vena, na Fla­mínia, na ho­di­erna Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o pas­sa­mento de São Ger­mano (também na Folhinha do Coração de Jesus do dia 03 de agosto), bispo de Au­xerre, que li­bertou por duas vezes a Bre­tanha da he­resia pe­la­giana e, tendo-se di­ri­gido a Ra­vena para pro­mover a paz na re­gião da Ar­mó­rica, foi re­ce­bido com honras so­lenes pelos im­pe­ra­dores Va­le­riano e Gala Pla­cídia, su­bindo dali ao reino celeste. († 448).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico (31 de julho), em 448, São Germano, inicialmente alto funcionário do império, residia em Auxerre, sua cidade natal. Fundou um mosteiro além do rio Yonne, para reunir o exemplo e a oração dos monges à atividade do clero. Reavivou a religião católica nas Ilhas Britânicas, ameaçadas pela heresia pelagiana. Foi “pai espiritual” de Santa Genoveva, e é honrado em Paris na Igreja de Saint-Germain-l’Auxerrois, paróquia dos reis de França. (M).

– No VIDAS DOS SANTO do dia 30 de julho, São Germano, bispo de Auxerre. Ver Páginas 429-445: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

16. Santa Lídia. Ver “Lídia, inscrita na lista dos santos católicos pelo cardeal César Barónio em 1607[1]. Ela e os familiares da sua casa estavam entre os primeiros na Europa a aceitar o cristianismo, por volta de 50 EC, em resultado da actividade do apóstolo Paulo em Filipos.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%ADdia_(B%C3%ADblia)

17. VER SANTAS E SANTOS DE 03 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Abibas Antônio, o Romano Aspren de Nápoles Augustine Gazotich Beno de Metz Dálmata Eufrônio de Autun Gamaliel Gaudêntia Godofredo de Le Mans Gregório de Nonântula Hermelo Pietro de Anagni Senach de Clonard Trea de Ardtree Waltheof de MelroseMártires de Vercelli – 4 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Andrés Avelino Gutierrez Moral Antonio Isidoro Arrué Peiró Eleuterio Mancho Lopez Eugenio Remo Salvador Federico Lopez e Lopez Francisco Bandres Sánchez Gerônimo Limón Márquez José Guardiet e Pujol Patricio Beobide Cendoya Ricardo Gil Barcelón Salvador Ferrandis Segui — Fulgêncio de Quesada Luís de Ortofin Martinho de Carinola
todos esses memoriais em uma única página

18. Outros santos do dia 03 de agosto, páginas: 56-93: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 03 de agosto, ver ainda: 3 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

19. Outros santos do dia 02 de agosto, páginas: 33-55: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 02 de agosto, ver ainda: 2 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 605-606: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. https://catholicsaints.info/3-august/
  11. https://catholicsaints.info/3-august/

  (sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA