Santas e Santos de 23 de maio

DESTAQUE DE 23 DE MAIO

Aparição de Nossa Senhora de Laus em Dauphiné, sul da França…

Nossa Senhora de Laus, Refúgio dos pecadores, olhai com bondade e compaixão para nossas fraquezas físicas e morais! Tende misericórdia de vossas crianças e condescendência para converter todos nós inteiramente ao amor de vosso Divino Filho Jesus!”

… “Eu pedi Laus para meu Filho para a conversão dos pecadores, e Ele ma concedeu a Mim” …

Irmã Benoite Rencurel foi declarada Venerável em 1871 e beatificada em 1984. A Igreja no Laus foi elevada à categoria de Basílica menor em 1893.: https://virgemimaculada.wordpress.com/2011/09/07/as-aparicoes-de-nossa-senhora-de-laus/

– Ver ainda “No dia 4 de maio de 2008, durante Missa celebrada em Laus, o Bispo de Gap (França), Dom Jean-Michel di Falco, acompanhado por vinte cardeais e arcebispos do mundo, anunciou a aprovação oficial da Igreja das aparições marianas testemunhadas nesta vila dos altos Alpes franceses pela vidente Benôite (Benta) Rencurel: Reconheço a origem sobrenatural das aparições e os fatos e ditos, experimentados e narrados por Benôite Rencurel. Animo a todos os fiéis a vir e orar, e procurar renovação espiritual neste santuário”, declarou Dom di Falco.”: https://www.a12.com/academia/titulos-de-nossa-senhora/nossa-senhora-de-laus

– Ver: https://www.paieterno.com.br/2019/08/30/nossa-senhora-de-lVaus-a-importancia-dos-sacramentos/

– Ver ainda: https://www.youtube.com/watch?v=pezKPTbUetk

–  Ver: http://www.sanctuaire-notredamedulaus.com/

–  Ver: https://pt.zenit.org/articles/franca-reconhecidas-oficialmente-aparicoes-de-nossa-senhora-de-laus/

– Ver “…Nossa Senhora de Laus – Localização – Saint-Étienne-le-Laus , FrançaEncontro: 1664-1718 – Testemunha: Benoîte RencurelSanta Sé aprovação: 05 de maio de 2008, durante o Pontificado de Bento XVI

Nossa Senhora de Laus ( francês : Notre-Dame du Laus ) ou Refúgio dos Pecadores denota aparições marianas ocorridas entre 1664 e 1718 em Saint-Étienne-le-Laus , França , a Benoite Rencurel , uma jovem pastora. Eles foram aprovados pela Santa Sé em 5 de maio de 2008. O Papa Pio IX concedeu uma coroação canônica à sua imagem de mármore em 23 de maio de 1855: https://pt.qwe.wiki/wiki/Our_Lady_of_Laus#Background

https://www.google.com/search?q=nossa+senhora+de+laus&oq=N&aqs=chrome.1.69i57j69i59l3j69i60j69i61l2j69i60.3159j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8

– Ver também páginas 134-135: VIDAS DOS SANTOS – 9.pdf (obrascatolicas.com)

SANTAS E SANTOS DE 23 DE MAIO

1.   Em Car­tago, na ac­tual Tu­nísia, os santos Lúcio, Mon­tano, Ju­lião, Vi­to­rico, Vítor e Do­na­ciano, már­tires, que, no tempo do im­pe­rador Va­le­riano, por con­fes­sarem a re­li­gião e a fé que apren­deram de São Ci­priano, con­su­maram o martírio. († c. 259)

2.   Co­me­mo­ração dos santos már­tires da Capadócia, hoje na Tur­quia, que, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Ma­xi­miano, mor­reram ao serem-lhes que­bradas as pernas. († 303)

3.   Comemoração dos santos mártires da Mesopotâmia, que, no mesmo tempo, suspensos com os pés para cima e a cabeça para baixo, foram sufocados pelo fumo e queimados a fogo lento. († 303)

4.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, Santo Efebo, bispo, que go­vernou san­tis­si­ma­mente e serviu fi­el­mente o povo de Deus. († s. IV)

5.   Em Lan­gres, na Gália Li­o­nense, na ac­tual França, a paixão de São De­si­dério, bispo, que, se­gundo a tra­dição, ao ver como o seu povo era opri­mido pelos Vân­dalos, foi ao en­contro do rei vân­dalo para su­plicar pelo povo; mas, por ordem do rei foi ime­di­a­ta­mente de­go­lado, ofe­re­cendo-se assim vo­lun­ta­ri­a­mente pelo re­banho que lhe es­tava confiado. († c. 355).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 407, a paixão de São Desidério, bispo de Langres. Vendo os males causados a seu povo pelos vândalos, foi até o rei deles para convencê-lo a agir com mais humanidade, Mas aquele mandou que o degolassem imediatamente, e Desidério ofereceu de bom grado a  vida por seu rebanho, (M)

6.   No ter­ri­tório de Nórcia, na Úm­bria, re­gião da Itália, Santo Eu­tí­quio, abade, que, se­gundo narra o papa São Gre­gório Magno, pra­ticou vida so­li­tária jun­ta­mente com São Flo­rêncio, con­duziu muitos a Deus com a sua exor­tação e de­pois go­vernou san­ta­mente o mos­teiro próximo. († c. 487)

7.   Também em Nórcia, Santo Es­pe­rança ou Exu­pe­râncio, abade, que du­rante qua­renta anos su­portou a ce­gueira com ad­mi­rável paciência. († c. 517)

8*.   Em Su­biaco, no Lácio, também re­gião da Itália, a co­me­mo­ração de Santo Ho­no­rato, abade, que pre­sidiu ao ce­nóbio onde antes vi­vera São Bento. († s. VI f.)

9*.   Em Nice, na Pro­vença, re­gião da ac­tual França, São Siá­grio, bispo, que edi­ficou um mos­teiro junto do tú­mulo de São Pôncio. († 787)

10.   Em Sí­nada, na Frígia, hoje Ci­fit­ka­saba, na Tur­quia, São Mi­guel (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, homem pa­cí­fico, que pro­moveu a paz e a con­córdia entre os Gregos e os La­tinos; mas, exi­lado por causa do culto das sa­gradas ima­gens, morreu longe da sua pátria. († 826).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IX, São Miguel, metropolita de Sinádia, na Frigia, Um dos principais personagens da Igreja do Oriente de seu tempo, foi mandado em missão a Anchen e a Roma, onde a união entre gregos e latinos foi solenemente proclamada. (M)

– Ver também “Miguel de Sínada ou Miguel, o Confessor (m. 818/23 de maio de 826) foi um bispo de Sínada de 784. Representou o Império Bizantino em missões diplomáticas com Harune Arraxide (r. 786–809) e Carlos Magno (r. 774–814). Foi exilado pelo imperador Leão V, o Armênio (r. 813–820) por sua oposição à iconoclastia. Honrado pelas Igrejas Ortodoxa e Católica Romana, sua celebração ocorre em 23 de maio.”: Miguel de Sínada – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

11*.   Em Gem­bloux, no ter­ri­tório de Liège, na Lo­ta­ríngia, hoje na Bél­gica, o se­pul­ta­mento de São Gui­berto, monge, que, aban­do­nando a car­reira mi­litar e abra­çando a vida mo­nás­tica, cons­truiu um mos­teiro nas terras da sua he­rança, se­guindo ele a vida mo­nás­tica em Gorze, na Lotaríngia. († 962). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. X, a volta para Deus de São Guiberto, Renunciando ao serviço das armas, fundou em suas terras de Gembloux, na região de Namur, um mosteiro do qual se tornou abade, e que acabou por filiar-se à abadia de Gorze, na Lorena. (X).

Ver páginas 137-139: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

12.   Em Roma, São João Bap­tista de Róssi (também na Folhinha do Coração de Jesus; no Martirológio Romano-Monástico, São Batista de Rossi), pres­bí­tero, que aco­lheu todo o gé­nero de in­di­gentes e aban­do­nados e lhes en­sinou a sa­grada doutrina. († 1764).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1764, São Batista de Rossi. Padre originário de Gênova, exerceu o ministério em Roma, no meio dos pobres e dos prisioneiros, aos quais consagrou todos os seus recursos e a maior parte de seu tempo. (M).

Ver págs. 140-141: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf  

– Ver também “João Batista de Rossi (em italianoGiovanni Battista de Rossi; 1698–1764) é um santo católico.[”: João Batista de Rossi – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

13*.   Em Wi­towo, na Po­lónia, os be­atos José Kurzawa e Vi­cente Matuszewski, pres­bí­teros e már­tires, que, du­rante a ocu­pação da sua pá­tria por uma po­tência es­tran­geira, foram mortos pelos ini­migos da Igreja. († 1940)

14. No Martirológio Romano-Monástico, perto de 606, São Desidério, bispo de Vienne, no Dauphiné, apedrejado por ordem do rei Teodorico, a quem havia reprovado os costumes desregrados (M).

– Ver pág. 136: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Itália Setentrional, no séc. V, São Mercurial, primeiro bispo de Forli, que fez brilhar a luz verdadeira da fé (M).

16. São Guilherme de Rochester, mártir. Ver págs. 142-143: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf 

17. São Basílio de Braga. Ver “Basílio de Braga foi um bispo católico de Braga entre 60 e 95. Constante das listas lendárias, surgidas da necessidade de afirmação da antiguidade das Igrejas locais face à invasão muçulmana, no século VIII, o nome de São Basílio aparece logo a seguir ao de São Pedro de Rates, tido como primeiro bispo de Braga, uma das mais importantes cidades do norte peninsular no tempo do Império Romano. Apesar de não haver quaisquer provas históricas da sua existência, a devoção na Arquidiocese de Braga perdura até aos nossos dias através das listagens dos bispos bracarenses, incluindo a que pode ser vista na Sé Primacial.

Por suas virtudes foi declarado santo pela igreja católica e é comemorado em 23 de Maio.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bas%C3%ADlio_de_Braga

18. Santo Epitácio, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver “É provável que São Epitacius tenha sido o primeiro bispo de Tuy na Galícia Espanhola e Basílio o primeiro bispo de Braga, Portugal (Beneditinos).”: Saint of the Day May 23 (lngplants.com)

19. Santo Arão, o ilustre. Ver “Arão, o Ilustre foi um monge cristão da Mesopotâmia. Nascido no século IV em Sarug, Osroena, foi discípulo de Santo Eugênio. Fundou dois mosteiros nas proximidades Malatya, na atual Turquia. É venerado na Igreja Ortodoxa Síria, sendo celebrado na segunda-feira de Pentecostes, em 3 de fevereiro, em 22 de outubro e em 23 de maio. Arão é incluído no “Martirológio Sírio de Rabban Silba“: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ar%C3%A3o,_o_Ilustre

20. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 23 DE MAIO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Basileu de Braga Cristoforo Soler Desidério de Langres Isabel de Melegnano Epitácio de Tuy Euphebius de Nápoles Eufrosina de Polotsk Eutíquio de Valcastoria Florêncio de Valcastoria Giovanni Batista Rossi Goban Gobhnena Guiberto de Gorze Józef Kurzawa Leôncio de Rostov Miguel de Synnada Onorato de SubiacoEspetos de Campi Ságrio de Nice Guilherme de Rochester Wincenty MatuszewskiMártires de Béziers Mártires da Capadócia Mártires de Cartago (8 santos ) Mártires da Mesopotâmia Mártires do Norte da África — Garcia de Cárdenas Júlio do Porto Pôncio de Condat Raymond Folch Strofan de Cluan-Mor
todos esses memoriais em uma única página

21. Outros santos do dia 23 de maio: págs. 131-144 (vol.09): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 23 de maio, ver ainda: 23 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje) ;

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 417-419: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/23-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay23.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 22 de maio

1. Santa Rita de Cássia (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­giosa, que, ca­sada com um es­poso vi­o­lento, su­portou pa­ci­en­te­mente a sua cru­el­dade e o re­con­ci­liou com Deus; depois de ter per­dido o es­poso e os fi­lhos, in­gressou no mos­teiro de Santo Agos­tinho em Cássia, na Úm­bria, dando a todos, exemplo su­blime de pa­ci­ência e compunção (sentimento de pesar, arrependimento, contrição) († a. 1457).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Úmbria, Santa Rita de Cássia. Camponesa, casada com um homem dissoluto e violento, que acabou morrendo assassinado. Obteve de seus dois filhos que não praticassem nenhuma vingança. Esta graça, alcançada pela oração e por penitência, fez dela a “Santa dos impossíveis”. (M).

Ver páginas 118-120: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver “Santa Rita de Cássia, nascida Margherita Lotti (Roccaporena1381 — Cássia22 de maio de 1457), foi uma freira agostiniana da diocese de EspoletoItália. Foi beatificada em 1627 e canonizada em 1900 pela Igreja Católica.

Foi uma pessoa de muita fé e que salvou da peste o cunhado apenas pela oração. Seu marido foi assassinado e seus filhos desejaram vingar-se de sua morte, mas Rita disse que preferiria ver morrer seus filhos a ver “o derramar de mais sangue”.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Rita_de_C%C3%A1ssia

– Ver também “A vida de Santa Rita mostra sua paciência, persistência e, acima de tudo, seu amor por Deus…”: https://www.saintritashrine.org/life-of-saint-rita/

2.   Na África Se­ten­tri­onal, os santos Casto (ou Vasto também na Folhinha do Coração de Jesus) e Emílio, már­tires, que con­su­maram a sua paixão quei­mados pelo fogo. Como es­creve São Ci­priano, a estes santos, ven­cidos no pri­meiro em­bate dos ini­migos da fé, o Se­nhor tornou-os ven­ce­dores no se­gundo com­bate, de modo que, se antes ce­deram pe­rante o fogo, fi­nal­mente foram mais fortes que o fogo. († 203).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na África, no séc. III, os Santos Vasto e Emílio, martirizados pelo fogo. São Cipriano relata que, vencidos em seu primeiro combate, o Senhor os fez triunfar em seguida, transformando sua fraqueza humana pelo poder da graça. (M)

3.   Em Co­mana, no Ponto, hoje Gu­menek, na Tur­quia, São Ba­si­lisco, bispo e mártir. († s. IV)

4.   Na ilha da Cór­sega, re­gião da França, a co­me­mo­ração de Santa Júlia, virgem e mártir. († data inc).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Santa Júlia, jovem cristã africana. Aprisionada pelos muçulmanos durante uma invasão, foi crucificada na Córsega, da qual se tornou a padroeira celeste (M).

– Ver “Júlia vem do latim “Julia”, que significa da linhagem do romano Julius…

Ela aceitou o sofrimento como contribuição para que o cristianismo crescesse e desse frutos. O seu corpo foi encontrado, no dia 22 de maio de 450, ainda pregado na cruz, boiando no mar, pelos monges do convento da ilha vizinha de Gorgona.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/J%C3%BAlia,_m%C3%A1rtir_de_Cartago

5*.   Em Aire-sur-l’Adour, na Aqui­tânia, hoje na França, Santa Qui­teria, virgem. († data inc).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, filha de um príncipe da Galícia espanhola, Santa Quitéria, (também na Folhinha do Coração de Jesus) recebeu o martírio em Aire-Sur-Adour. Seu culto permaneceu popular na Espanha e no sul da França, onde várias igrejas lhe são dedicadas (M).

– Ver págs. 121-122: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “Santa Quitéria (Braga, c. 120 — Aire-sur-l’Adour22 de Maio de 135) é uma santa virgem e mártir do século II, que viveu na Lusitânia e foi martirizada na Aquitânia, na povoação de Aire-sur-l’Adour.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Quit%C3%A9ria_de_Br%C3%A1cara_Augusta

6.   Em An­gou­lême, também na Aqui­tânia, Santo Au­sónio, con­si­de­rado o pri­meiro bispo desta cidade. († s. IV/V)

7*.   Em Li­moges, na mesma re­gião da Aqui­tânia, São Lopo (ou Lobo), bispo, que aprovou a fun­dação do mos­teiro de Solignac. († 637)

– Ver páginas 125-126: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

8*.   Em Parma, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, São João, abade, que, se­guindo os con­se­lhos de São Maiolo de Cluny, con­tri­buiu com muitas ori­en­ta­ções para pro­mover a ob­ser­vância re­li­giosa no seu mosteiro. († s. X)

9.   Em Pis­tóia, na Etrúria, hoje na Tos­cana, também re­gião da Itália, Santo Atão, bispo, que, de­pois de ter sido abade da Ordem de Va­lum­brosa, foi eleito para a sede epis­copal de Pistóia. († c. 1153).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, No ano de 1155, Santo Aton (ou Atão), abade beneditino de Valumbrosa. Redigiu a biografia de São João Gualberto, e mais tarde foi nomeado bispo de Pistóia, na Toscana. (M)

– Ver “Atão de Pistoia, também conhecido como Santo Atão,[1] (Bejac. 1070 — Pistoia22 de maio de 1153[nota 1]) foi um historiógrafoabade e bispo português da Ordem de Valumbrosa, que viveu durante os séculos XI e XII.[2]”: Atão de Pistoia – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

10*. Em Flo­rença, também na Etrúria, hoje na Tos­cana, a Beata Hu­mil­dade (Ro­sana), que, com a anuência do es­poso, viveu re­clusa du­rante doze anos, e de­pois, a pe­dido do bispo, edi­ficou um mos­teiro, do qual foi aba­dessa e que as­so­ciou à Ordem de Valumbrosa. († 1310).

Ver págs. 127-128: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver “Rosanese Negusanti mais conhecida como Santa Humildade foi um dos fundadores dos conventos Vallumbrosan e é considerada a fundadora das Irmãs Vallumbrosan.”: Santa Humildade – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

11*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato João Forest, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores e mártir, que, no rei­nado de Hen­rique VIII, por de­fender a uni­dade ca­tó­lica, so­freu o mar­tírio na praça de Smith­field, onde foi quei­mado vivo jun­ta­mente com as ima­gens sa­gradas de madeira. († 1538)

12*.   Em Kori, ci­dade do Japão, os be­atos Pedro da Assunção, da Ordem dos Frades Me­nores, e João Bap­tista Machado, da Com­pa­nhia de Jesus, pres­bí­teros e már­tires, que, por exer­cerem o mi­nis­tério clan­des­ti­na­mente, foram de­ca­pi­tados em ódio à fé cristã. († 1617)

Beato João Batista Machado. Ver, na Wikipedia de 22 de maio, “João Baptista Machado SJ (Angra1582 — OmuraJapão22 de maio de 1617) é um beato da Igreja Católica Romana, padroeiro principal da Diocese de Angra.[1] Ordenado sacerdote em Goa, foi um dos missionário da Companhia de Jesus enviados para o Japão, onde foi detido e executado durante a perseguição ao cristianismo desencadeada na década de 1610 naquele país.[2][3] Foi beatificado pelo papa Pio IX em 1867, decorrendo atualmente o seu processo de canonização. Apesar do culto popular que existiu em torno da figura da venerável Margarida de Chaves, conhecida nos Açores como “santa” Margarida de Chaves, João Baptista Machado é até agora o único açoriano que mereceu as honras dos altares, embora apenas como beato.”: João Baptista Machado – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

Ver tambémJoão Baptista Machado, sacerdote, de Angra do Heroísmo, degolado em Omura, a 22 de Maio de 1617 (festa a 22 de Maio: Solenidade na Diocese de Angra e MF na Companhia de Jesus) …

A designação Carlos Spínola e Companheiros Mártires do Japão engloba João Baptista Machado e outros 204 mártires vítimas da mesma perseguição, num grupo que ficou conhecido como os beatos mártires do Japão. O grupo é constituído por 205 católicos romanos executados no Japão entre 1617 e 1632, durante a repressão anticristã desencadeada pelos shoguns Tokugawa Hidetada e Tokugawa Iemitsu em Nagasaki e Tóquio. Ao todo, são 166 cristãos leigos, quase todos japoneses, e 39 sacerdotes, dos quais 13 são jesuítas, 12 são dominicanos, 8 franciscanos, 5 agostinhos e 1 sacerdote diocesano japonês. Incluídos no Martirológio Romano, o grupo Beato Carlos Spínola e Companheiros Mártires no Japão tem comemoração a 8 de Junho…

…  sua festa anual realiza-se na diocese açoriana com a categoria litúrgica de solenidade, a 22 de Maio.[14]”: João Baptista Machado – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver ainda “Sob a designação de “Beatos Mártires do Japão” estão englobados 205 mártires, que deram a vida pela fé, entre 1617 e 1632, na terrível perseguição movida por Hidetada e Iemitsu, em Nagasáki e Tóquio, que durou 15 anos. Foram beatificados por Pio IX, a 7 de Julho de 1867. Ao todo, são 166 cristãos leigos (quase todos japoneses) e 39 sacerdotes. De entre os sacerdotes, treze são jesuítas, doze são dominicanos, oito franciscanos, cinco agostinhos e um sacerdote diocesano japonês…

… João Baptista Machado, sacerdote, de Angra do Heroísmo, degolado em Omura, a 22 de Maio de 1617 (festa a 22 de Maio: Solenidade na Diocese de Angra e MF na Companhia de Jesus) …”: https://pontosj.pt/martiresdojapao/

– Ver ainda “No dia 21 de maio, festa da SS. Trindade, enquanto celebrava, Pedro teve a revelação de que era aquela a sua última missa na terra. Os dois futuros mártires, Pedro e João Batista, cantaram então o Te Deum em agradecimento ao Senhor por tão grande privilégio, confessaram-se um ao outro entre lágrimas, e passaram a noite em oração. Ao entardecer receberam ordens de se porém a caminho para o lugar do suplício. O P. Pedro sustentava na mão um crucifixo, aos pés do qual tinha colocado a regra de São Francisco. Durante o percurso, cantaram a ladainha de Nossa Senhora, que só interrompiam para exortarem à perseverança os cristãos que encontravam.

Ao chegarem ao lugar da execução capital, Pedro pediu para dirigir uma palavra às pessoas que vieram assistir à sua morte. De seguida, os dois mártires abraçaram-se e puseram-se de joelhos, com as mãos juntas e os olhos no céu, até que o verdugo lhes cortou as cabeças, no dia 22 de maio de 1617.”: http://franciscanosparacadadia.blogspot.com/2012/08/24-de-agosto-beato-pedro-da-assuncao.html

13*.   Em Omura, também no Japão, o Beato Ma­tias de Arima, mártir, que era ca­te­quista e, por não querer de­nun­ciar um mis­si­o­nário, foi tor­tu­rado até à morte. († 1620)

14*.   No Aname, no ac­tual Vi­etnam, São Mi­guel Ho Dinh Hy, mártir, um man­darim, membro da casa im­pe­rial e ca­te­quista, que, de­nun­ciado por ser cristão, foi atroz­mente tor­tu­rado e fi­nal­mente decapitado.(† 1857)

15.   Em An-Xá, ci­dade do Ton­quim, também no ac­tual Vi­etnam, São Do­mingos Ngon, mártir, pai de fa­mília e agri­cultor, que se ajo­e­lhou e adorou a cruz que os sol­dados lhe ti­nham or­de­nado calcar e, tendo pro­fes­sado in­tre­pi­da­mente di­ante do juiz a sua fé cristã, ime­di­a­ta­mente foi degolado. († 1862)

16*.   Em Lucca, na Tos­cana, re­gião da Itália, a Beata Maria Do­mingas Brun Barbantíni, re­li­giosa, que fundou a Con­gre­gação das Irmãs Mi­nis­tras dos En­fermos de São Camilo. († 1868)

17. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 127, São Marciano, bispo de Ravena, que apesar da perseguição, por seu zelo conseguiu aumentar o número de cristãos. (M)

18. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Romão, abade, que deu vida a uma comunidade monástica na região de Auxerre. (M).

Ver págs. 123-124: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

19. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. XII, São Folco (ou Fulco), que, de volta da Cruzada, levou vida solitária perto de Aquino, no Lácio. (M)

– Ver página 129: VIDAS DOS SANTOS – 9.pdf (obrascatolicas.com)

20. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 22 DE MAIO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Rita de Cássia (Memorial Opcional) — Aigulf de Bourges Atto de Pistoia Aureliano de Pavia Ausônio de Angoulême Baoithin de Ennisboyne Basilisco do Ponto Bobo da Provença Boécio de Pierrepont Casto, o Mártir Conall de Inniscoel Diego de Baja Dionísio Senmartin Emílio, o Mártir Faustino, o Mártir Fulgêncio de Otricoli Fulk de Castrofurli Giacomo Soler Giusto Samper Helena de Auxerre Humildade de Faenza John Forest João de Parma Júlia da Córsega Lupicino de VeronaLupo de Limoges Marciano de Ravena Margarida de Hulme Maria Rita Lopes Pontes de Souza Brito Quitéria Romano de Subiaco Timóteo, o Mártir Venusto, o Mártir Zota de CireneMartirizado no Japão João Batista Machado Matias de Arima Pedro da Assunção Martirizado na Guerra Civil Espanhola Francisco Salinas Sánchez José Quintas Duran Mártires de Palermo — Dominico Ngon Helena de Carnarvon Maria Domingas Brun Barbantini Michael Ho-Dinh-Hy Pedro de Córdoba Viano
todos esses memoriais em uma única página

21. Outros santos do dia 22 de maio: págs. 118-130 (vol.09): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 22 de maio, ver ainda: 22 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 414-416: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/22-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay22.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 21 de maio

1. Santos Cris­tóvão de Magallanes (Cristóforo Magalhães, na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, e com­pa­nheiros, már­tires, que, em vá­rias re­giões do Mé­xico, per­se­guidos em ódio ao nome cristão e à Igreja ca­tó­lica, por terem pro­fes­sado a fé em Cristo Rei, al­can­çaram a coroa do martírio. Seus nomes: Romão Adame, Ro­drigo Aguilar, Júlio Ál­varez, Luís Batis Sáinz, Agos­tinho Ca­loca Cortés, Ma­teus Correa, Ati­lano Cruz, Mi­guel de la Mora, Pedro Es­queda Ra­mírez, Mar­ga­rido Flores, José Isabel Flores, David Galván, Pedro Mal­do­nado, Jesus Méndez, Jus­tino Orona, Sabas Reyes, José Maria Ro­bles, To­ríbio Romo, Ja­nuário Sán­chez Del­ga­dillo, Tran­qui­lino Ubi­arco e David Uribe, pres­bí­teros; e Ma­nuel Mo­rales, Sal­vador Lara Pu­ente e David Roldán Lara, leigos. († 1927).

– Também em 25 de maio: “Em Ca­ta­tlan, no ter­ri­tório de Gua­da­la­jara, no Mé­xico, os santos Cris­tóvão Ma­gal­lanes e Agos­tinho Ca­loca, pres­bí­teros e már­tires, que, du­rante a per­se­guição me­xi­cana, con­fi­ando fir­me­mente em Cristo Rei, al­can­çaram a coroa do martírio. († 1927)”. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Crist%C3%B3v%C3%A3o_de_Magalh%C3%A3es

– Ver também “Cristóbal Magallanes Jara, também conhecido como Christopher Magallanes (30 de julho de 1869 – 25 de maio de 1927), é um padre e mártir da Igreja Católica que foi morto sem julgamento a caminho de rezar missa durante a Guerra Cristero após a forjada acusado de incitar a rebelião. Cristóbal Magallanes Jara – https://pt.xcv.wiki/wiki/Crist%C3%B3bal_Magallanes_Jara ”: https://pt.qwe.wiki/wiki/Crist%C3%B3bal_Magallanes_Jara

– Ver ainda RITO DE CANONIZAÇÃO DE 27 BEATOS MEXICANOS “…a Igreja alegra-se por proclamar Santos estes filhos do México: Cristóvão Magallanes e os seus 24 Companheiros mártires, sacerdotes e leigos; José Maria de Yermo y Parres, sacerdote fundador das Religiosas Servas do Sagrado Coração de Jesus; e Maria de Jesus Sacramentado Venegas, fundadora das Filhas do Sagrado Coração de Jesus... “Ficai unidos a mim e Eu ficarei unido a vós… Quem fica unido a mim, e Eu a ele, dará muito fruto, porque sem mim nada podeis” (Jo 15, 4-5)…21 de maio de 2000 ”: http://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/homilies/2000/documents/hf_jp-ii_hom_20000521_canonizations.html

Ver em 25 de maio: Em Ca­ta­tlan, no ter­ri­tório de Gua­da­la­jara, no Mé­xico, os santos Cris­tóvão Ma­gal­lanes e Agos­tinho Ca­loca, pres­bí­teros e már­tires, que, du­rante a per­se­guição me­xi­cana, con­fi­ando fir­me­mente em Cristo Rei, al­can­çaram a coroa do martírio. († 1927).

2.   Na Mau­ri­tânia, no ter­ri­tório da ac­tual Ar­gélia, São Ti­móteo, diá­cono e mártir. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Mauritânia, São Timóteo, que é mencionado pelos mais antigos martirológios, tanto orientais como ocidentais. (M)

3.   Em Ce­sa­reia, na Ca­pa­dócia, hoje Kay­seri, na Tur­quia, São Po­li­euto, mártir. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cesaréia da Capadócia, no séc. III, São Polieucto, Mártir. (M).

Em Cesaréia da Capadócia, a festa dos Santos Mártires Polieucto, Vitório e Donato. Ver pág. 117: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

4.   Co­me­mo­ração dos santos mártires, ho­mens e mu­lheres, que em Ale­xan­dria do Egipto, nos sa­grados dias de Pen­te­costes, o bispo ariano Jorge, sob o go­verno do im­pe­rador Cons­tâncio, mandou matar cru­de­lis­si­ma­mente ou en­viar para o exílio. († 357/358).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Egito, no séc. IV, o martírio de São Segundo e seus companheiros. No dia de Pentecostes, uma tropa de soldados foi enviada contra os católicos que, não querendo entrar nas igrejas profanadas pelos arianos, haviam se reunido em um cemitério. Diversos morreram por causa de seus ferimentos, enquanto outros foram exilados por causa de sua fidelidade a Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. (M).

Em Alexandria, os santos mártires Segundo, padre, e muitos outros, durante as festas do Pentecostes, quando do imperador Constâncio Jorge, bispo ariano, fez com que os assassinassem com imensa crueldade. Santo Atanásio conta que o martírio de Segundo foi perpetrado durante a Quaresma de 357 por um bispo ariano, também Segundo, porque se negava, bem como os demais, homens, mulheres e muitas virgens, reunidos no cemitério, a entrar nas igrejas profanadas pelos arianos. Ver pág. 117: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

5*.   Em Vannes, na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente na França, a co­me­mo­ração de São Pa­terno, bispo, que, se­gundo a tra­dição, neste dia foi or­de­nado bispo por São Per­pétuo de Tours no con­cílio pro­vin­cial con­gre­gado nessa cidade. († 460/490)

6.   Em Nice, na Pro­vença, também na ac­tual França, Santo Hos­pício, re­cluso, homem de ad­mi­rável es­pí­rito de pe­ni­tência, que pre­disse a che­gada dos Lombardos. († c. 581).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Nice, no séc. VI, Santo Hospicio, eremita. Ele havia predito uma próxima invasão dos lombardos, caso a Gália não fizesse penitência. Quando, efetivamente, os lombardos chegaram, dedicou-se a converter um grande número dos invasores à fé e aos costumes cristãos. (M).

Ver págs. 112-115: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

7.   Em Évora, ci­dade da Lu­si­tânia, hoje em Por­tugal, São Manços (Mâncio), mártir. († s. VI)

8*.   Em Vi­enne, na Bor­gonha, re­gião da França, São Te­o­baldo, bispo, que, du­rante qua­renta e quatro anos, dig­ni­ficou esta sede epis­copal com seu in­signe exemplo de ca­ri­dade e piedade. († 1001)

– Ver pág. 116: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

9*.   Em Túrku, na Fin­lândia, Santo Hem­ming, bispo, que, ani­mado pelo seu ar­dente zelo pas­toral, ins­taurou a dis­ci­plina nesta Igreja me­di­ante as ori­en­ta­ções de um sí­nodo, es­ti­mulou o es­tudo dos clé­rigos, dig­ni­ficou o culto di­vino e pro­moveu a paz entre os povos. († 1366)

10*.   Ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato João Mopinot, da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, por ser re­li­gioso, foi de­tido e en­cer­rado numa pe­quena e sór­dida barca, onde morreu vi­ti­mado pela tuberculose. († 1794)

11.   Em Mar­selha, na Pro­vença, re­gião da França, São Carlos Eu­génio de Mazenod, bispo, que, para evan­ge­lizar os po­bres, fundou o Ins­ti­tuto dos Mis­si­o­ná­rios Oblatos de Maria Ima­cu­lada e, du­rante quase vinte e cinco anos, ilus­trou a Igreja com as suas vir­tudes, obras, ser­mões e escritos. († 1861)

– Ver “Santo Eugênio de Mazenod (nascido Charles-Joseph-Eugène de Mazenod1 de agosto de 1782 – 21 de maio de 1861) foi nobre francês e prelado da Igreja Católicabeatificado em 19 de outubro de 1975o Papa Paulo VI, e canonizado em 3 de dezembro de 1995 pelo Papa João Paulo II.”: Eugênio de Mazenod – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

12♦.   Em Feijão Miúdo, lo­ca­li­dade de Rio Grande do Sul, no Brasil, os be­atos Ma­nuel Gómez González, pres­bí­tero, Adílio Daronch, már­tires (também na Folhinha do Coração de Jesus em 24 de maio). († 1924).

ADÍLIO DARONCH, o beato gaúcho. O coroinha Adílio Daronch se tornou o primeiro beato gaúcho em uma missa realizada na tarde de 21 de outubro de 2007. Diante de milhares de fiéis, o cardeal português José Saraiva Martins oficializou sua beatificação e a do padre espanhol Manuel Gomez Gonzales em Frederico Westphalen, no norte do Estado. O martírio dos dois teria sido provocado por um grupo de chimangos (governistas do Partido Republicano Rio-grandense). Manuel e Adílio viajavam para Três Passos, onde colonos alemães viviam há dois anos sem poder celebrar casamentos, batizados ou missas, pois não havia padre na cidade. Os dois foram alertados sobre as ameaças. A ira dos chimangos – positivistas, maçons e anticlericais – convergiu contra o sacerdote, que tentara apaziguar os conflitos com os maragatos, em 1923. Padre Manuel havia advertido os inimigos políticos para que evitassem carnificinas. Além disso, sepultou maragatos mortos num confronto ocorrido em Nonoai, contrariando a determinação dos chimangos. Três quilômetros antes de Três Passos, o padre e o coroinha pararam em um bolicho para pedir informações. Acabaram sendo acompanhados no resto do trajeto justamente pelos executores. Quando entraram na mata, Manuel e Adílio foram imobilizados, amarrados em troncos de árvores, torturados e fuzilados.

Quem foram os beatos:

ADÍLIO DARONCH – Nasceu em outubro de 1908, em Dona Francisca, região central do Estado. Morou em Passo Fundo e se transferiu para Nonoai com a família. Ajudava o padre Manuel Gonzalez nas atividades religiosas da paróquia. Morreu aos 15 anos quando viajava com o religioso.

MANUEL GOMEZ GONZALES Nasceu em São José de Ribarteme, na Espanha, em 1877, e foi ordenado padre em 1902. Chegou ao Brasil em outubro de 1913. Na diocese de Santa Maria, foi nomeado pároco de Soledade e transferido para Nonoai. Foi morto em 1924, aos 46 anos na localidade de Feijão Miúdo (Rio Grande do Sul)- atual município de Três Passos – durante um trabalho de evangelização. Ver também: https://gauchazh.clicrbs.com.br/geral/noticia/2011/05/beatificacao-saiba-como-funciona-o-processo-e-quem-e-o-primeiro-beato-gaucho-3293648.html

– Ver “… Dia 21 de outubro de 2007, foram beatificados, em Frederico Westphalen, os chamados mártires de Nonoai: o padre Manuel e o coroinha Adílio. A cerimônia foi presidida pelo cardeal José Saraiva Martins, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos que veio diretamente de Roma. Cerca de 40 mil fiéis estavam presentes à cerimônia.

… Em sua homilia, o cardeal Martins destacou: “santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado“…”: http://regiaoipiranga.com.br/liturgia/santo-do-dia/manuel-g-gonzales-e-adilio-daronchbem-aventurados

– Ver ainda “Adílio Da Ronch[1] (Dona Francisca25 de outubro de 1908 — Feijão Miúdo21 de maio de 1924) foi um coroinha (acólito) brasileiro. Foi proclamado venerável em 16 de dezembro de 2006 e beato em 21 de outubro de 2007 pelo Papa Bento XVI.

Junto ao padre Manuel Gómez González, pároco do Nonoai, visitava as capelas da região. Numa das visitas rotineiras, Adílio e padre Manuel foram assassinados em 21 de maio de 1924, na localidade de Feijão Miúdo, no atual município de Três Passos.”: Adílio Da Ronch – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver também “Junto a Adílio Da Ronch,[3] visitava as capelas da região. Numa das visitas rotineiras, ambos, o padre e seu ajudante coroinha foram assassinados em 21 de maio de 1924, na localidade de Feijão Miúdo, no atual município de Três Passos.[4]

Os dois são venerados pelos fiéis católicos da região e em 2007 foram beatificados por mandato do Papa Bento XVI em uma cerimônia presidida pelo Cardeal José Saraiva Martins.[5]”: Manuel Gómez González – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

13.  Santos Sinésio (também na Folhinha do Coração de Jesus) e Teopompo, mártires. Ver pág. 117: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

14. São Valente (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo martirizado com três jovens meninos.  Ver pág. 117: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

15. São Benvenuto, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver “Nascido em Recanati (perto de Loreto), Itália; cultus confirmado pelo Papa Pio VII. Descendente da família Mareni, Benvenutus juntou-se aos franciscanos como irmão leigo e foi empregado principalmente na cozinha, onde era constantemente favorecido com êxtases e visões (beneditinos).”: Saint of the Day (lngplants.com)

16. Beato Franz Jägerstätter. Ver “Franz Jägerstätter (20 de maio de 1907 – 9 de agosto de 1943, nascido como Franz Huber) foi um objetor de consciência austríaco durante a Segunda Guerra Mundial. Jägerstätter foi condenado à morte e executado. Mais tarde foi declarado mártir e beatificado pela Igreja Católica

… Depois de muitos atrasos, Jägerstätter foi finalmente chamado para a ativa em 23 de fevereiro de 1943. Nessa época, ele tinha três filhas com a esposa, a mais velha com menos de seis anos. Ele manteve sua posição contra a luta pela Alemanha nazista e, ao entrar na guarnição da Wehrmacht em Enns, em 1º de março, declarou sua objeção de consciência. Sua oferta de servir como paramédico foi ignorada.[5] Ele foi imediatamente preso e colocado em custódia, primeiro na prisão preventiva de Linz, depois a partir de 4 de maio em Berlim-Tegel. Um padre de sua aldeia o visitou na prisão e tentou convencê-lo a servir, mas não teve sucesso. Quando soube do destino do padre austríaco Padre Franz Reinisch, que havia sido executado por sua recusa em prestar o juramento de Hitler, estava determinado a seguir o mesmo caminho.

Acusado de Wehrkraftzersetzung (desprezo à moral militar), Jägerstätter foi condenado à morte em um julgamento militar no Reichskriegsgericht em Berlim-Charlottenburg em 6 de julho de 1943. Foi deportado para a prisão de Brandemburgo-Görden em 9 de agosto, onde foi executado por guilhotina à tarde, aos 36 anos. Após a guerra, em 1946, suas cinzas foram enterradas no cemitério de Sankt Radegund.

Acusado de Wehrkraftzersetzung (desprezo à moral militar), Jägerstätter foi condenado à morte em um julgamento militar no Reichskriegsgericht em Berlim-Charlottenburg em 6 de julho de 1943. Foi deportado para a prisão de Brandemburgo-Görden em 9 de agosto, onde foi executado por guilhotina à tarde, aos 36 anos. Após a guerra, em 1946, suas cinzas foram enterradas no cemitério de Sankt Radegund….

…Em junho de 2007, o Papa Bento XVI emitiu uma exortação apostólica declarando Jägerstätter um mártir. Em 26 de outubro de 2007, ele foi beatificado em uma cerimônia realizada pelo cardeal José Saraiva Martins na nova catedral de Linz.[7] Seu dia de festa é o dia do seu batismo, 21 de maio.

O documentário, Franz Jaegerstaetter: Um Homem de Consciência, foi lançado em 2011.

Um filme sobre Jägerstätter, A Hidden Life, escrito e dirigido por Terrence Malick, estreou em maio de 2019 no 72o Festival de Cinema de Cannes, e foi lançado nos EUA em 13 de dezembro de 2019.[8] O filme é inspirado no livro intitulado Franz Jägerstätter: Letters and Writings from Prison, editado pela biógrafa de Jägerstätter Erna Putz, com Malick adquirindo seus direitos de adaptação para a produção.[9]”: Franz Jägerstätter – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver “Documentário Hidden Life”: A Hidden Life – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)  –  Ver também: https://www.google.com/search?q=document%C3%A1rio+A+Hidden+Life+%28&safe=active&sxsrf=ALeKk03XK3pOP-Llwoji1P0sMuQH9z0kCQ%3A1621542157259&ei=DcWmYOmmD-PS1sQPhoO4oAs&oq=document%C3%A1rio+A+Hidden+Life+%28&gs_lcp=Cgdnd3Mtd2l6EAMyBQghEKABMgUIIRCgAToHCAAQRxCwAzoECCMQJzoCCAA6BQgAELEDOgIILlCydljtemDaf2gBcAJ4AIABygGIAaIEkgEFMC4yLjGYAQCgAQGgAQKqAQdnd3Mtd2l6yAEIwAEB&sclient=gws-wiz&ved=0ahUKEwip4ZWii9nwAhVjqZUCHYYBDrQQ4dUDCA4&uact=5

– O filme “UMA VIDA OCULTA”: https://www.telecineplay.com.br/filme/Uma_Vida_Oculta_19290?utm_source=adoro_cinema&utm_medium=cpc&utm_campaign=aquisicao%7Cparcerias%7Cup&utm_content=uma_vida_oculta%7Cfilme_248380%7Cbotao%7Cnone%7Cadoro_cinema%7Cnone

– Ver ainda: https://www.google.com/search?safe=active&sxsrf=ALeKk00KIA4bkOJH0JsUe3m02AVNnldV3Q:1621550533237&q=Document%C3%A1rio+sobre+Frans+J%C3%A4gerst%C3%A4tter+um+homem+de+consci%C3%AAncia&spell=1&sa=X&ved=2ahUKEwiO85K8qtnwAhXClZUCHaH8DuYQBSgAegQIARA2&biw=1280&bih=586

17. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 21 DE MAIO (alguns destacados acima):

 OntemCalendárioAmanhã ->
Mártires da Revolução Mexicana (Memorial Opcional) Maria, Mãe da Igreja — Adilio Daronch Bairfhion de Killbarron Beínio de Roma Collen de Denbighshire Eugênio de Mazenod Franz Jägerstätter Godric de Finchale Bainha de Åbo Hospitius de Cap-Saint-Hospice Hyacinth-Marie Cormier Isberga de Aire Jean Mopinot Lúcio do Rio Mancio de Évora Manuel Gómez González Paterno de Vannes Pietro Parenzo Restituta da Córsega Secundino de Córdoba Segundo de Alexandria Serapião, o Sindonita Silão Sinésio Teobaldo de Viena Teopompus Valens de Auxerre ValesMártires do Egito Mártires de Pentecostes em Alexandria Mártires de Bèze Adalrico Ageranus Ansuíno Berardo Genésio Rodron Sifrard Mártires de Cesareia Donato Polieuctus Victorius Mártires de Cesareia de Filipe Antíoco Nicostratus Mártires da Mauritânia Eutíquio Pólio Timóteo Monges de Tibhirine Célestin Ringeard Christian de Chergé Christian Lemarchand Christophe Lebreton Michel Fleury Paul Dochier Paul Favre-Miville
todos esses memoriais em uma única página

18. Outros santos do dia 21 de maio: págs. 112-117 (vol.09): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 21 de maio, ver ainda: 21 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 412-414: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/21-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay21.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 20 de maio

1. São Ber­nar­dino de Sena (também na Folhinha do Coração de Jesus) pres­bí­tero da Ordem dos Me­nores, que por ci­dades e al­deias evan­ge­lizou o povo da Itália com a pa­lavra e o exemplo e pro­pagou a de­voção ao San­tís­simo Nome de Jesus, exer­cendo in­fa­ti­ga­vel­mente o mi­nis­tério da pre­gação com grande fruto das almas até ao dia da sua morte, em L’Áquila, nos Abruzos, re­gião da Itália. († 1444).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1444, o nascimento no céu de São Bernardino de Sena, franciscano, que se consagrou sobretudo às pregações populares em cidades e regiões do interior da Itália, anunciando a misericórdia de Deus e a salvação “em nome de Jesus”. (R).

– Ver páginas 87-102: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “São Bernardino de Siena (GrossetoMassa Marítima8 de setembro de 1380 — Áquila20 de maio de 1444) foi um pregador e místico franciscano que se tornou célebre por sua pregação da devoção ao Nome santo em praças e igrejas da Itália no século XV.

Em 1450, foi canonizado pelo Papa Nicolau V (1447-1455), apenas seis anos após sua morte.

Seu pensamento econômico: Foi o autor de “De contractibus et usuris[4] (“Sobre o contrato e a usura”), no qual condena a usura e lida com os temas de justificação da propriedade privada, ética do comércio e determinação de valor e preço.

Analisa a figura do empresário com grande profundidade e defende seu trabalho honesto. Ele afirma que o comércio, como todas as outras ocupações, pode ser praticado de maneira lícita ou ilegal, não sendo, portanto, necessariamente uma fonte de condenação.

Desse modo, os empresários honestos, prestam serviços muito úteis a toda a sociedade, pois:

  • corrigem a escassez de mercadorias, transportando-as de áreas onde são abundantes;
  • estocam mercadorias, o que limita os danos de possíveis fomes;
  • transformam materiais brutos e inúteis em produtos processados úteis.

Portanto, os empreendedores deveriam que quatro grandes virtudes: eficiência, responsabilidade, diligência e capacidade para assumir riscos.

Desse modo, os ganhos auferidos pelos poucos que foram capazes de cumprir essas virtudes seriam a recompensa certa pelo trabalho árduo e pelos riscos assumidos.

Por outro lado, ele condenava os novos ricos, que, em vez de investirem em novos negócios, preferiam emprestar a juros altos e, desse modo, estrangulavam a sociedade, em vez de fazê-la crescer.

Acreditava que a propriedade não “pertencia ao homem”, mas “era para o homem” como uma ferramenta para obter uma melhoria na sociedade como um todo. Um instrumento que veio de Deus e que o homem tinha que merecer, aplicar e tornar frutífero como administrador sábio.

Apreciava particularmente o tema da reconciliação e da resolução de disputas.

Os agiotas o trataram com hostilidade, ao ponto de o denunciarem por heresia”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bernardino_de_Siena

– Ver ainda “Desde meados do século XX, Bernardino da Siena tem sido indicado como o mais importante ‘economista’ medieval (de Roover 1967…”: http://www.treccani.it/enciclopedia/bernardino-da-siena_%28Il-Contributo-italiano-alla-storia-del-Pensiero:-Economia%29/

2.   Co­me­mo­ração de Santa Lídia, de Ti­a­tira, co­mer­ci­ante de púr­pura, que foi a pri­meira a acre­ditar no Evan­gelho em Fi­lipos, na Ma­ce­dónia, ao ouvir a pre­gação de Paulo.

3.   Em Óstia, no Lácio, re­gião da Itália, Santa Áurea, mártir. († data inc.).

– Ver, na wikipedia de 24 de agosto, “ÁureaAura ou Crise (Chryse em grego clássico; “garota dourada”) é uma santa venerada como padroeira de Óstia em 20 de maio (com menção a Óstia) ou 22 de agosto (com menção ao Porto Romano), segundo o Martirológio Jeronimiano, ou 24 de agosto, de acordo com sua Paixão.[1][2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81urea_de_%C3%93stia.

4.   Em Nimes, na Gália Nar­bo­nense, ac­tu­al­mente na França, São Bau­délio, mártir. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. III, São Baudélio. Originário de Orléans, decidiu, junto com sua esposa, evangelizar a região de Nîmes, onde foi decapitado após interromper um sacrificio pagão. (M)

5.   Em Egea, na Ci­lícia, hoje Ayás, na Tur­quia, São Ta­laleu, mártir. († s. III)

– Ver “… 284 SÃO TALELAEU, MÁRTIR
Com base no fato de que São Thalelaeus era um médico que prestava seus serviços gratuitamente, os gregos o chamam de “o Misericordioso” e o consideram entre os chamados “sem dinheiro” ou santos desinteressados. No Martirológio Romano, ele é registrado como tendo sofrido em Edessa, na Síria, mas isso é um erro, pois a cena real de seu martírio foi Aegae na Cilícia. Disse ter sido um nativo do Líbano e filho de um general romano, ele praticava em Anazarbus. Quando a perseguição eclodiu durante o reinado do imperador Numeriano, ele escapou para um olival onde foi capturado. Depois de ser transportado para a cidade costeira de Aegae, ele foi amarrado em uma corda e lançado ao mar. Ele conseguiu nadar até a margem e foi decapitado. Esta, pelo menos, é a história contada em seus “atos” gregos bastante pouco confiáveis.
Dois textos gregos foram impressos no Acta Sanctorum, maio, vol. v, e há também uma tradução armênia, que FC Conybeare traduziu para o inglês em seu Apology and Acts of Apollonius… (1894). Delehaye (Origines du Guile des Martyrs, p. 165) mostra que não há razão para questionar o fato do martírio de Santo Thalelaeus, e que houve um culto considerável.

 Ele ganhou o apelido de “o misericordioso” devido ao serviço de caridade aos pobres e doentes na cidade de Anazarbus, na Cilícia (Ásia Menor). Ele foi martirizado em Aegae, na Cilícia, por decapitação depois que o afogamento não conseguiu matá-lo. Asterius e Alexander eram dois carrascos romanos ou talvez espectadores que foram mortos com ele por causa de sua demonstração de compaixão.
Thalelaeus e Companheiros MM (RM) Nascido no Líbano; Filho de um general romano, Thalelaeus tornou-se médico em Anazarbus, na Cilícia, onde estava, e fugiu para escapar da perseguição dos cristãos sob o imperador Numeriano. Thalelaeus foi capturado, levado para Aegea, Cilícia (erroneamente chamada Edessa, Síria, no Martirológio Romano), e depois decapitado quando uma tentativa de afogá-lo falhou. Também martirizados com ele foram Alexandre e Asterius, dois espectadores, que podem ter sido os oficiais encarregados de sua execução, por causa de sua compaixão por ele, e outros espectadores que foram convertidos por sua constância (Benedictines, Delaney)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay20.html#284_St._Thalelaeus_Physician_called_the  

6*.   Em Cá­gliari, na Sar­denha, região da Itália, São Lu­cí­fero, bispo, que, por de­fender co­ra­jo­sa­mente a fé ni­cena, foi muito per­se­guido e man­dado para o exílio pelo im­pe­rador Cons­tâncio; mas re­gressou à sua sede epis­copal, onde morreu como con­fessor de Cristo. († 370).

Ver págs. 103-104: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver “Lúcifer ou Lúcifer Calaritano (em latimLucifer Calaritanus; em italianoSan Lucifero) foi um bispo de Cagliari na Sardenha e é um santo cristão conhecido, sobretudo, pela sua oposição ao arianismo[1].

Sua festa, no calendário da Igreja Católica é dia 20 de maio. Uma capela na Catedral de Caligliari é dedicada a São Lúcifer (talvez a única no mundo). Maria Josefina de Saboia, rainha consorte, esposa de Luís XVIII de França, está enterrada lá.[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%BAcifer_(bispo)

7*.   Em Tou­louse, na Aqui­tânia, hoje na França, Santo Hi­lário, bispo, que cons­truiu uma pe­quena ba­sí­lica de ma­deira sobre o se­pulcro de São Sa­tur­nino, seu antecessor. († c. 400)

8.   Em Bourges, na Aqui­tânia, também na ac­tual França, Santo Aus­tre­gi­sílio (Santo Austregésilo, também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que se tornou mi­nistro da ca­ri­dade, de modo es­pe­cial para com os po­bres, os ór­fãos, os en­fermos e os con­de­nados à morte. († c. 624).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Bourges, em 624, Santo Austresgildo, bispo, que durante os doze anos de seu episcopado alimentou seu povo pela palavra e o formou por seu exemplo. (M).

Ver págs. 105-106: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

9.   Em Bréscia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Anas­tásio, (ou Anastácio, no Martirológio Romano-Monástico) bispo. († s. VII).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no início do séc. VII, Santo Anastácio, bispo de Bréscia, que impulsionado pelo zelo missionário levou o Evangelho à África. (M)

10.   Em Pavia, também na Lom­bardia, São Te­o­doro, bispo, que pa­deceu o exílio du­rante a guerra entre os Francos e os Lom­bardos. († c. 785).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, o ano do Senhor de 778, São Teodoro, bispo de Pavia. (M)

11*.   Em Cas­tag­neto, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato Guido de Gheraldesca, eremita. († c. 1134)

12*.   Em Pe­rúgia, na Úm­bria, também re­gião da Itália, a Beata Co­lomba (Ân­gela) de Riéti (na Folhinha do Coração de Jesus, Columbano de Riéti), virgem das Irmãs da Pe­ni­tência de São Do­mingos, que pro­moveu a paz entre as fac­ções em con­flito na cidade. († 1501)

13.   Em Seul, na Co­reia, São Pro­tásio Chomg Kuk-bo, mártir, que, de­pois de ter aban­do­nado a fé cristã, a abraçou de novo, pro­fes­sando-a no cár­cere entre cruéis tor­turas até à morte. († 1839)

14♦.   Em Steyl, lo­ca­li­dade da Ho­landa, a Beata Jo­sefa (Hen­drina Sten­manns), virgem, co-fun­da­dora da Con­gre­gação das Irmãs Mis­si­o­ná­rias Servas do Es­pí­rito Santo. († 1903)

15*.   Em Bot­ti­cino Sera, lo­ca­li­dade pró­xima de Bréscia, na Itália, Santo Ar­cân­gelo Tadíni, pres­bí­tero, que se em­pe­nhou em pro­mover os di­reitos e dig­ni­dade dos ope­rá­rios e fundou a Con­gre­gação das Irmãs Ope­rá­rias da Santa Casa de Na­zaré, des­ti­nada es­pe­ci­al­mente a tra­ba­lhar pela jus­tiça social. († 1912)

– Ver na Wikipedia de 21 de maio “Arcângelo Tadini (Verolanuova12 de Outubro de 1846 – Botticino20 de Maio de 1912) foi um sacerdote italiano, fundador da congregação católica as Irmãs Operárias da Santa Casa de Nazaré.”: Arcângelo Tadini – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

16*.   Em Milão, na Lom­bardia, re­gião da Itália, o Beato Luís Talamóni, pres­bí­tero, que, cul­ti­vando a sua vo­cação de edu­cador da ju­ven­tude, exerceu o mi­nis­tério com suma di­li­gência e eficaz par­ti­ci­pação nas di­fi­cul­dades so­ciais do seu tempo, e fundou a Con­gre­gação das Irmãs Mi­se­ri­cor­dinas de São Gerardo. († 1926)

17♦.   Em Val­lenar, no Chile, a Beata Maria Cres­cência Pérez (Maria An­gé­lioca Pérez), virgem da Con­gre­gação das Fi­lhas de Maria do San­tís­simo do Horto. († 1932)

18. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Edessa, na Cilícia, em 272, a paixão de Santo Astério e seus companheiros. Astério, encarregado de levar um cristão à morte, converteu-se ao ver a coragem daquele homem e desejou partilhar seu martírio. (M)

19. Santo Ivo de Chartres. Ver págs. 107-110:   http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

-Ver também “Ivo de Chartres (em latimIvo Carnotensis ou Ivonis Carnutensis ou Ivonem Carnotensem; em francêsYves de Chartres) foi bispo de Chartres de 1090 até sua morte e um importante canonista durante a Controvérsia das investiduras. Teria supostamente estudado na Abadia de Bec, na Normandia, com Lanfranco, onde teria se encontrado ainda com Anselmo de Aosta, o grande escolástico de sua época. Em 1067 ou pouco depois, tornou-se, por desejo de seu bispo, prior dos cônegos de Saint-Quentin em Beauvais. Já como bispo e famoso canonista, lutou contra a simonia e atacou o repúdio de Filipe I da França à sua esposa, Berta da Holanda para se casar com Bertranda de Anjou em 1092, o que o levou à prisão por um curto período.

Três extensivas obras canônicas — “Tripartita”“Decretum” e “Panormia” — são atribuídas a Ivo. Além disso, ele foi ainda um prolífico escritor de cartas.

Sua festa tem sido celebrada em 20 de maio desde 1570, mas não se sabe se ele algum dia foi oficialmente canonizado ou quando.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ivo_de_Chartres

20. Beato Alcuíno de Iorque. Dia 20 de maio na Wikipedia. Ver dia 19 de maio (festa litúrgica). Ver “Alcuíno de Iorque (em latimAlcuinus) (Iorque, c. 735 – Tours19 de maio de 804) foi um monge, poeta, matemático e professor inglês… É atribuída a ele a versão mais antiga do problema do fazendeiro, o lobo, o carneiro e a alface:

Um homem, um lobo, uma cabra e um repolho têm que atravessar um rio em um pequeno barco. No barco, o homem só pode levar ou o lobo, ou a cabra, ou o repolho, e ele não pode deixar, do lado do rio, o lobo sozinho com a cabra, nem a cabra sozinha com o repolho. Como fazer esta travessia?

Depois de ter se retirado da corte carolíngia, foi abade de um mosteiro na cidade francesa de Tours. Com toda a justiça, Santo Alcuíno tornou-se o patrono das universidades cristãs. Morreu no dia 19 de maio de 804.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alcu%C3%ADno_de_Iorque

– Solução do problema do fazendeiro, lobo, carneiro e alface: Problema do fazendeiro, o lobo, o carneiro e a alface – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver também “Bem-aventurado Alcuin de York, OSB Abbot (PC) (também conhecido como Flaccus Albinus) Nascido em York, Inglaterra, c. 735; morreu em Saint Martin’s em Tours, França, em 19 de maio de 804. Alcuin estudou com Saint Edbert na escola da catedral de York, foi ordenado diácono lá e, em 767, tornou-se seu chefe. Sob sua direção, tornou-se um conhecido centro de aprendizagem.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay19.html#804_Bl._Alcuin_Benedictine_scholar_and

21. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 20 DE MAIO (alguns destacados acima):

 OntemCalendárioAmanhã ->
Bernadine de Siena (Memorial Opcional) Nossa Senhora do Poço — Alberto de Bolonha Altryda Anastácio de Bréscia Áquila do Egito Arcangelo Tadini Arnaldo Serra e Companheiros Áurea de Óstia Austregisilo de Bourges Basílio de Roma Baudelius de Nîmes Codrato Columba de Rieti Ethelbert de East Anglia Guy de Gherardesca Hilário de Toulouse Lúcifer de CaglieriLydia Purpuraria Marcelo Maria Angélica Perez Plautilla de Roma Protásio Chong Kuk-bo Talaleo de Egea Teodoro de Pavia — Mártires de Edessa Alexandre Astério Talalaeus Martirizado na Guerra Civil Espanhola José Pérez Fernández Rafael Garcia Torres Tomás Valera González — Josefa Endrina Stenmanns Luigi Talamoni
todos esses memoriais em uma única página

22. Outros santos do dia 20 de maio: págs. 87-111 (vol.09): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 20 de maio, ver ainda: 20 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 410-412: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/19-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay20.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! Ó misericórdia! O meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 19 de maio

1.Em Roma, no ce­mi­tério de Ca­listo, junto à Via Ápia, Santo Ur­bano I, papa, que, de­pois do mar­tírio de São Ca­listo, go­vernou fi­el­mente du­rante oito anos a Igreja Romana. († 230).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 25 de maio, em Roma, em 230, Santo Urbano I, papa, cujo pontificado transcorreu entre duas perseguições. Consagrou sua energia a curar as feridas e a consolidar as bases da Igreja (M)

Ver págs. 197-198: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

Ver “Papa Urbano I (222-230) – (n.?- m. Roma230), foi papa da Igreja Católica entre 222 e 23 de Maio de 230.[1] Pouco conhecido, o seu pontificado coincidiu com a época de tolerância do imperador Alexandre Severo.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Urbano_I

– Ver também “Muitas dúvidas pairam também sobre a morte do Papa Urbano, que, para algumas fontes, foi natural, mas violenta para outros, que falam de um assassinato por obra do prefeito Almenio.
Uma “Passio” tardia relata que ele foi um mártir, ligado à história de Santa Cecília, mas os documentos não são fidedignos neste aspecto.
Segundo o “Liber Pontificalis”, a biografia mais verossímil dos Papas, no início da Idade Média, os restos mortais do Papa Urbano I descansam no cemitério de São Calisto, na Via Ápia, em Roma.”: https://www.vaticannews.va/pt/santo-do-dia/05/19/s–urbano-i–papa.html

– Ver também “SÃO URBANO I, PAPA E MÁRTIR O aviso no Martirológio Romano diz: “Em Roma, na Via Nomentana, o aniversário de Abençoado Urbano, Papa e Mártir, cuja exortação e ensino de muitas pessoas, incluindo Tiburtius e Valério, receberam a fé de Cristo, e sofreram martírio para isso; ele próprio também sofreu muito pela Igreja de Deus na perseguição de Alexandre Severo e, finalmente, foi coroado com martírio, sendo decapitado.”…”: Saint of the Day May 25 (lngplants.com)

2.   Também em Roma, os santos Par­ténio e Ca­ló­gero, már­tires, que, no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, deram in­signe tes­te­munho de Cristo. († 304)

3*.   Em Arrás, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, Santo Adolfo, bispo si­mul­ta­ne­a­mente de Arrás e de Cambrai. († 728)

4.   Em Can­tuária, na In­gla­terra, São Duns­tano (São Dunstan), bispo, que, como abade de Glas­ton­bury, ins­taurou e pro­pagou a vida mo­nás­tica, e de­pois, su­ces­si­va­mente na sede epis­copal de Win­cester, de Lon­dres e fi­nal­mente de Can­tuária, tra­ba­lhou para pro­mover a con­cor­dância re­gular dos monges e das monjas. († 988).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 988, São Dunstan, abade beneditino, que tornou-se bispo de Worcester e de Londres, e mais tarde arcebispo de Cantuária. No século de ferro, ele reavivou a chama da vida monástica na Grā-Bretanha. (M).

Ver páginas 45-63: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “Dunstano (em latimDunstanus Cantuariensis) foi abade de Glastonbury, bispo de Worcester, bispo de Londres e arcebispo de Cantuária. Foi canonizado e é venerado como santo.[3] Foi o responsável por restaurar a vida monástica na Inglaterra e por reformar a Igreja inglesa. Seu biógrafo do século XI, Osberno de Cantuária, ele próprio um artista e escritor, afirma que Dunstano era habilidoso “em pinturas e em formar letras”, o que era comum entre os membros mais seniores do clero de sua época.[4]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dunstano

5.   Em Flo­rença, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, a Beata Hu­mi­liana (Umiliana) da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, que su­portou ad­mi­ra­vel­mente os maus tratos do es­poso com exem­plar pa­ci­ência e man­sidão e, quando ficou viúva, se con­sa­grou to­tal­mente à oração e às obras de caridade. († 1246).

Ver págs. 73-75 (Santa Humiliana ou Emiliana): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

6.   Em Fu­mone, perto de Alátri, no Lázio, re­gião da Itália, o dia natal de São Pedro Celestino, que, de­pois de pra­ticar a vida ere­mí­tica nos Abruzos com fama de san­ti­dade e dom de mi­la­gres, já oc­to­ge­nário foi eleito Pon­tí­fice Ro­mano, to­mando o nome de Ce­les­tino V, mas no mesmo ano ab­dicou deste cargo e pre­feriu re­gressar à solidão. († 1296).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1296, o nascimento no céu de São Pedro Celestino. Foi monge beneditino perto de Benevento. Depois, levou vida eremítica nas altitudes ermas de Magella, onde fundou a congregação que leva seu nome. Sua reputação de santidade lhe valeu a eleição para pana cargo que ele aceitou para fazer cessar a vacância da Santa Sé que já durava dois anos. Mas, pouco preparado para este cargo, renunciou a ele seis meses depois, voltando para o seu mosteiro. (B).

Ver págs. 81-85: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver: https://evangelhoquotidiano.org/PT/display-saint/2e9f95ea-cb5b-4c3f-a224-240c699cffdc

– Ver também “Papa São Celestino V, O.S.B. (1209/1210 (ou 1215?) — 19 de maio de 1296), proveniente da ordem beneditina, papa de 29 de agosto a 13 de dezembro de 1294 (a lista oficial do Vaticano inicia este pontificado em 5 de julho, dia da eleição, mas Celestino não era bispo antes de ser consagrado bispo de Roma, em 29 de agosto)”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Celestino_V

– Ver ainda: “…«Eu, Papa Celestino V, impelido por legítimas razões, pela humildade e debilidade do meu corpo e pela maldade da Plebe, e com o intuito de retornar à minha tranquilidade perdida, renuncio livre e espontaneamente ao Pontificado, como também ao trono, à dignidade, às honras e ônus, que comporta». Com estas palavras, no dia 13 de dezembro de 1294, Celestino despoja-se dos seus paramentos sagrados e se reveste com o antigo saio… Ao passar para a história pela sua “grande renúncia”, – deplorada por Dante, na Divina Comédia, – Pedro foi exemplo de liberdade evangélica e santidade. São Pedro Celestino V foi canonizado pelo Papa Clemente V, em 1313. Seus restos mortais, que descansam na Basílica de Collemaggio, são meta de contínuas peregrinações. Entre os mais ilustres peregrinos destaca-se Bento XVI, que, em 2009, ali deixou o pálio recebido no início do seu Pontificado.”, em: https://www.vaticannews.va/pt/santo-do-dia/05/19/s–pedro-celestino-v–papa–pietro-del-murrone-.html

– Ver ainda “…Pedro era um velho monge de oitenta e quatro anos quando foi nomeado Papa. Aconteceu de uma forma muito incomum. Durante dois anos, não houve Papa, porque os Cardeais não podiam decidir quem escolher. São Pedro enviou-lhes uma mensagem para que decidissem rapidamente, pois Deus não gostou da longa demora. Então, eles escolheram o próprio santo velho eremita! O pobre Pedro chorou ao saber da notícia, mas aceitou com pesar e adotou o nome de Celestino V.
Ele foi Papa apenas cerca de cinco meses. Por ser tão humilde e simples, todos se aproveitaram dele. Ele não podia dizer “não” a ninguém, e logo as coisas ficaram uma grande confusão. Por fim, o Santo decidiu que era melhor renunciar ao cargo de Papa. Fez isso e depois se jogou aos pés dos Cardeais por não ter sido capaz de governar a Igreja. Que impressão sua humildade causou em todos eles!
São Celestino esperava viver em paz em um de seus mosteiros. Mas o novo Papa achou que seria mais seguro mantê-lo onde os ímpios não pudessem tirar vantagem dele. O santo foi colocado em uma cela e morreu lá. No entanto, ele estava alegre e perto de Deus…”: Saint of the Day May 19 (lngplants.com)

Ou:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay19.html#1616_Georgian_martyrs_of_Persia_are

7.   Num cas­telo pró­ximo de Tré­guier, na Bre­tanha Menor, re­gião da França, Santo Ivo (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que exerceu a jus­tiça sem acepção de pes­soas, pro­moveu a con­córdia, de­fendeu as causas dos ór­fãos, das viúvas e dos po­bres por amor de Cristo e re­cebeu os in­di­gentes em sua casa. († 1303).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Kermartin, perto de Tréguier, na Bretanha, em 1303, Santo Ivo, sacerdote. Estudou Direito e Teologia em Paris e Orléans e voltou à sua região, onde foi nomeado reitor de diversas paróquias. Por toda parte fez-se advogado dos pobres, das viúvas e dos órfãos, e defendeu a liberdade religiosa da Igreja. É o padroeiro celeste dos advogados e dos juristas. (F).

Ver págs. 64-72: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também: Santo Ivo, padroeiro dos advogados “Ivo Hélory de KermartinIvo de Tréguier ou Santo Ivo (Minihy-Tréguier17 de outubro de 1253 — 19 de Maio de 1303) é o santo católico padroeiro de todos os profissionais da área de Direito, especialmente dos advogados[1]. Seu nome em língua francesa é Yves Hélory de Kermartin.

Foi franciscano terciário (da Ordem Terceira de São Francisco).”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ivo_de_Kermartin

8*.   Em Sena, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato Agos­tinho Novélli, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agos­tinho, muito afei­çoado à ver­da­deira hu­mil­dade e à per­feita ob­ser­vância religiosa. († 1310)

9*.   Em Gra­nada, na Es­panha, os be­atos már­tires João de Cetina, pres­bí­tero, e Pedro de Dueñas, re­li­gioso, ambos da Ordem dos Me­nores Con­ven­tuais, que, pela sua pro­fissão de fé em Cristo, foram mortos às mãos do pró­prio rei dos Mouros. († 1397)

10*.   Em Su­zuta, no Japão, o Beato João de São Do­mingos Martinez, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que morreu por Cristo no cárcere. († 1619)

11*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato Pedro Wright, pres­bí­tero e mártir, que, tendo pro­fes­sado a fé da Igreja ca­tó­lica e en­trado na Com­pa­nhia de Jesus, onde foi pro­mo­vido às Or­dens Sa­cras, no tempo da Re­pú­blica pa­deceu o pa­tí­bulo de Ty­burn por causa do sacerdócio. († 1651)

12.   Em Fu­céc­chio, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, São Teó­filo da Corte, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, que pro­moveu muito os santos re­tiros para os Ir­mãos e mos­trou grande de­voção à Paixão do Se­nhor e à Virgem Maria. († 1740).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Toscana, em 1740, São Teófilo de Corsta, franciscano. Firme e manso, reanimou a vitalidade de sua Ordem, ganhando a admiração dos religiosos que lhe eram pouco favoráveis. (M)

13.   Em Roma, São Crispim de Viterbo (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­gioso da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos, que, du­rante as suas ca­mi­nhadas pelas po­pu­la­ções mon­ta­nhosas a pedir es­mola, en­si­nava aos cam­po­neses os ru­di­mentos da fé. († 1750)

– Ver “São Crispim (Viterbo13 de novembro de 1668 — Roma19 de maio de 1750) foi um religioso católico italiano.[1] Recebeu formação jesuíta, mas acabou se tornando capuchinho. Foi o primeiro santo canonizado por papa João Paulo II. Seu dia é comemorado em 4 de junho.[1]”: Crispim de Viterbo – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver também “São Crispim de Viterbo. Pedro Fioretti entrou para a Ordem dos Capuchinhos, em 1693, como Frei Crispino. Por 40 anos, viveu em Orvieto, como agricultor de hortaliças e, depois, como mendigo; viajou pela Itália, sempre amado por seus aforismos. Foi o primeiro Santo a ser canonizado por São João Paulo II, em 1982.”:  https://www.vaticannews.va/pt/santo-do-dia/05/19.html

– Ver ainda às páginas 131-133: VIDAS DOS SANTOS – 9.pdf (obrascatolicas.com) 

14*.   Ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato João Bap­tista Xa­vier Loir (João Luís Loir), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, apri­si­o­nado quase oc­to­ge­nário numa ga­lera por causa do sa­cer­dócio, aí foi en­con­trado de jo­e­lhos e morto. († 1794)

15♦.        Em Fi­a­na­rantsoa, no Ma­da­gáscar, o Beato Ra­fael Luís Rafiringa, re­li­gioso dos Ir­mãos das Es­colas Cristâs, que, con­ver­tido do pa­ga­nismo, man­teve a pre­sença e a vi­ta­li­dade da Igreja em Ma­da­gascar quando todos os sa­cer­dotes ti­nham sido expulsos. († 1919)

16*.   Em Car­ta­gena, ci­dade da Colômbia, Santa Maria Bernarda (Ve­rena Bütler), virgem, na­tural da Suíça, que fundou a Con­gre­gação das Irmãs Mis­si­o­ná­rias Fran­cis­canas de Maria Auxiliadora. († 1924).

– Ver “Maria Bernarda Bütler, nascida Verena Bütler (Canonizada pelo Papa Bento XVI em 12 de outubro de 2008). Auw28 de maio de 1848 – Cartagena19 de maio de 1924) foi uma religiosa católica suíça que atuou na América Latina. Foi canonizada no dia 12 de outubro de 2008, pelo Papa Bento XVI, tornando-se a primeira mulher suíça a ser canonizada pela Igreja Católica[1].”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Bernarda_B%C3%BCtler

17*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, pró­ximo de Mu­nique, na Ba­viera, re­gião da Ale­manha, o Beato José Czempiel, pres­bí­tero e mártir, na­tural da Po­lónia, que, du­rante a guerra, mor­rendo numa câ­mara de gás letal, se as­so­ciou ao sa­cri­fício de Cristo. († 1942)

18♦.        Em Par­ti­nico, lo­ca­li­dade da Si­cília, re­gião da Itália, a Beata Jo­se­fina Su­riano (Pina Su­riano), leiga consagrada. († 1950)

19. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. II, Santa Pudenciana (também na Folhinha do Coração de Jesus, Santa Prudenciana). A grande família romana do Pudens foi uma das primeiras a se converter e a oferecer às comunidades cristãs as casas de que dispunha, e das quais uma, com o tempo, tornou-se a Igreja estacional de Santa Pudenciana (M).

– Ver “Santa Pudenciana de Roma ou Potenciana, era filha de São Pudente e irmã de Santa PraxédiaSanta Pudenciana morreu na flor da idade com dezesseis anos, no dia 19 de maio de 160. Enterrada ao lado do pai, no cemitério de Priscila, logo mais, no dia 21 de julho do mesmo ano, teve, a repousar bem junto a si, o corpo da irmã.), págs. 76-78: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “Santa Pudenciana é uma santa tradicional cristã do século II d.C. Ela é também por vezes chamada de Pudentiana e aparece frequentemente ao lado de sua irmã, Santa Praxedes.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pudenciana_de_Roma

20. São Pudente, confessor. Ver “… é o pai das santas Pudenciana e Praxédia/ Praxedes, consoante vimos antes. São Pudente foi discípulo do papa Pio I, que faleceu em 16l.”, pág. 79: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver “… 2º v. Pudens Senador romano batizado pelos Apóstolos pai da mártir Pudentiana M (RM)    Na mesma cidade, São Pudens, senador, pai das virgens Pudentiana e Praxedes. Ele foi vestido com Cristo no batismo pelos apóstolos, e preservou o manto da inocência.
1º v.? SS. PUDENTIANA E PUDENS, MÁRTIRES
No Martirológio Romano de 19 de maio lemos: “Em Roma (comemoração) de Santa Pudenciana, virgem, que depois de inúmeras disputas, depois de cuidar com reverência do sepultamento de muitos mártires e distribuir todos os seus bens aos pobres, em comprimento passou da terra para o céu. Na mesma cidade de São Pudens, um senador, pai da mencionada donzela, que foi adornado pelos Apóstolos para Cristo no batismo, e guardou sua vestimenta imaculada para uma coroa da vida”. 

As opiniões estão divididas sobre se este Pudens deve ser identificado com os Pudens mencionados em 2 Tim. iv 21. Mas não pode haver dúvida razoável de que em uma época antiga havia um cristão assim chamado em Roma que deu um terreno ao qual foi posteriormente conectado uma igreja e “título”. Era conhecida pela primeira vez como a ecclesia Pudentiana ou titulus Pudentis … por uma confusão posterior, as pessoas passaram a falar da ecclesia Sanctae Pudentianae

Devido a uma pronúncia arrastada, o nome também foi muitas vezes escrito Potentiana. Após o final do século VIII, uma história foi fabricada, alegando ser os Atos da SS. Pudentiana e Praxedes, em que as duas donzelas foram descritas como irmãs (Pudentiana com apenas dezesseis anos) e filhas de Pudens. Eles provavelmente foram associados na história porque Praxedes e Pudentiana estão juntos primeiro na lista das virgens cujos corpos foram transferidos das catacumbas para a igreja de Praxedes por e essa suposta padroeira foi homenageada como mártir e filha de Pudens

Os Atos de Santa Pudenciana são impressos pelos bolandistas em seu quarto volume de maio. Uma comissão nomeada pelo Papa Bento XIV para revisar o Breviário os declarou fabulosos e indignos de crédito. Muitos pontos ligados a Pudens, Pudentiana e Praxedes ainda são controversos, mas todas as questões materiais são resumidas pelo Pe Delehaye, in CMH., p. 263, onde também são feitas referências a outras autoridades. Adicione também Marucchi no arco Nuovo Bullettino di. Cris., vol. xiv (1908), pp. 5-125.

Alguns acreditam que este santo seja o mesmo Pudens mencionado em 2 Timóteo 4:21; um senador romano batizado pelos Apóstolos. A festa de Pudens é mencionada no Sacramentário de São Gregório. Ele é o pai da mártir Pudentiana (Attwater2, beneditinos, Coulson, Husenbeth)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay19.html#2nd_v._Pudens_Roman_senator_baptized_by

21. Bem-aventurada Bartolomea de Siena, virgem. Ver “Chamada Isabel, depois de ter tomado o habito da ordem terceira dos servitas da Virgem Maria a bem-aventurada ficou mais conhecida com o nome que encima estas poucas linhas… Diz-se dela que, à morte do bem-aventurado Francisco de Siena, viu-o receber das mãos de Nossa Senhora , na augustíssima presença da Santíssima Trindade, uma indescritível coroa de pedras preciosas. Falecida em 1348, teve os restos conservados em Siena, na igreja dos servitas.”, pág. 80: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

22. Santa Joaquina de Vedruna de Mas. Ver “Joaquina de Vedruna de Mas (em catalãoJoaquima de Vedruna) é uma santa católica espanhola e fundadora da Congregação das Irmãs Carmelitas da Caridade de Vedruna.”: Joaquina de Vedruna – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

23. Beato Alcuíno de Iorque. Dia 20 de maio na Wikipedia. Ver “Alcuíno de Iorque (em latimAlcuinus) (Iorque, c. 735 – Tours19 de maio de 804) foi um monge, poeta, matemático e professor inglês… É atribuída a ele a versão mais antiga do problema do fazendeiro, o lobo, o carneiro e a alface:

Um homem, um lobo, uma cabra e um repolho tem que atravessar um rio em um pequeno barco. No barco, o homem só pode levar ou o lobo, ou a cabra, ou o repolho, e ele não pode deixar, do lado do rio, o lobo sozinho com a cabra, nem a cabra sozinha com o repolho. Como fazer esta travessia?

Depois de ter se retirado da corte carolíngia, foi abade de um mosteiro na cidade francesa de Tours. Com toda a justiça, Santo Alcuíno tornou-se o patrono das universidades cristãs. Morreu no dia 19 de maio de 804.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alcu%C3%ADno_de_Iorque

– Solução do problema do fazendeiro, lobo, carneiro e alface: Problema do fazendeiro, o lobo, o carneiro e a alface – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver também “Bem-aventurado Alcuin de York, OSB Abbot (PC) (também conhecido como Flaccus Albinus) Nascido em York, Inglaterra, c. 735; morreu em Saint Martin’s em Tours, França, em 19 de maio de 804. Alcuin estudou com Saint Edbert na escola da catedral de York, foi ordenado diácono lá e, em 767, tornou-se seu chefe. Sob sua direção, tornou-se um conhecido centro de aprendizagem.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay19.html#804_Bl._Alcuin_Benedictine_scholar_and

23. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 19 DE MAIO (alguns destacados acima):

– OntemCalendárioAmanhã ->
Alcuíno de York Agostinho Novello Bartolomea de Siena Calocero de Roma Celestino V , Papa Crispim de Viterbo Cyriaca de Nicomédia e Companheiros Cirilo de Treves Dunstão de Cantuária Evônio de Auvergne Hadulfus de Cambrai Hanz Wagner Humiliana de’ Cerchi Ivo Hélory de Kermartin Jean-Baptiste-Xavier Loir Józef Czempiel Juan de San DomenicoJuan de Cetina Luís Rafiringa Lucinio Fontanil Medina Lupo de Sagra Partênio de Roma Pedro de Duenas Peter Wright Filótero de Nicomédia Pudens de Roma Pudentiana de Roma Teófilo de Corte Urbano I , Papa Verena Butler — Ciarán, filho de Colga Pina Suriano
todos esses memoriais em uma única página

24. Outros santos do dia 19 de maio: págs. 45-86 (vol.09): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 19 de maio, ver ainda: 19 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 407-410: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/19-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay19.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança; convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem, e defendei-nos de todo o mal.

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 18 de maio

1. São João I (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa e mártir, que, en­viado pelo rei ariano Te­o­do­rico ao im­pe­rador Jus­tino de Cons­tan­ti­nopla, foi o pri­meiro Pon­tí­fice Ro­mano a ce­le­brar o sa­cri­fício pascal na­quela Igreja; no re­gresso de Cons­tan­ti­nopla, foi re­ce­bido in­dig­na­mente pelo mesmo Te­o­do­rico e me­tido no cár­cere, mor­rendo em Ra­vena, na Emília-Ro­manha, como ví­tima de Cristo Senhor. († 526).

– Conforme, o Martirológio Romano-Monástico em 626, o nascimento no céu de São João I, papa. Após uma embaixada em Constantinopla, onde teria sido recebido pelo Apóstolo Pedro em pessoa, morreu vítima das perseguições do rei Teodorico numa prisão em Ravena, sendo enterrado com as honras reservadas aos mártires. (R)

– Ver páginas 262-264: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “João I foi um papa eleito em 13 de agosto de 523. Morreu em 18 de maio de 526. Nasceu na ToscanaItália, em cerca de 470. Foi enviado a Constantinopla, em 525, a fim de tentar obter tolerância da parte do imperador Justiniano para os árabes. Obteve sucesso apenas parcial; e no decurso dessa missão foi aprisionado por Teodorico, o Grande, que o havia enviado, em RavenaItália.[carece de fontes]”: Papa João I – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver ainda “João nasceu na região italiana da Toscana, talvez na localidade de Sena ou Arezzo, filho de um cavalheiro chamado Constâncio. Tornou-se Papa, em 523, mas pouco se sabe sobre o seu Pontificado. Parece que contribuiu para ampliar e ornar algumas basílicas romanas ao longo das Vias Ardeatina e Ostiense, graças à magnanimidade do imperador Justino I. João I manteve muitos laços de amizade com as Igrejas Orientais.”: https://www.vaticannews.va/pt/santo-do-dia/05/18/s–joao-i–papa-e-martir.html

2.   Em Sa­lona, na Dal­mácia, na ho­di­erna Croácia, São Félix, mártir du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Diocleciano. († 299)

– Ver São Félix de Salona. Também conhecido como

  • Félix de Epécio
  • Félix de Martana
  • Félix de Spalato
  • Félix de Spello
  • Félix de Split
  • Félix de Spoleto
  • Félix de Stobrec
  • Felicidade…

Memorial

Perfil

Bispo martirizado nas perseguições de Diocleciano .

Faleceu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

3.   No Egipto, São Diós­coro, mártir, filho de um leitor, que, de­pois de muitos e di­versos tor­mentos, foi de­ca­pi­tado e assim con­sumou o martírio. († c. 303).

No Martirológio Romano-Monástico, no Egito, durante a perseguição de Diocleciano, São Dióscoro. Ao presidente do tribunal que o interrogava sobre sua fé, respondeu: “Assim como a morte reinou sobre nós por causa de Eva, do mesmo modo somos todos vivificados por Maria que gerou Jesus Cristo, nosso Senhor” (Paixão – M).

– Ver páginas 35-42: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

4.   Em Ale­xan­dria, também no Egipto, os santos Po­ta­mião (Potamão), Or­tásio, Se­ra­pião, pres­bí­teros, e seus com­pa­nheiros, mártires. († s. IV).

No Martirológio Romano-Monástico, no Egito, no séc. IV, São Potamon, bispo de Heracléia. Tomou parte no Concílio de Nicéia, e figurou entre os confessores da Fé, condenados a trabalhar nas minas pelo imperador Maximino (M).

5.   Em An­cira, na Ga­lácia, hoje An­cara, na Tur­quia, os santos már­tires Teó­doto e Te­cusa, sua tia pa­terna, Ale­xandra, Cláudia (também na Folhinha do Coração de Jesus), Faína, Eu­frásia, Ma­trona e Ju­lieta, vir­gens; estas úl­timas, de­pois de terem sido cons­tran­gidas pelo go­ver­nador à pros­ti­tuição, foram imersas numa lagoa com pe­dras atadas ao pescoço. († c. 303).

No Martirológio Romano-Monástico, em Ancyra, atual Ancara, na Galácia, atual Turquia, na mesma época a paixão de São Teódoto e de Sete Bem-Aventuradas Virgens. Após ser torturado, Teódoto mostrava suas chagas ao povo, em testemunho do poder de Jesus Cristo que, dizia ele, “torna, mesmo ainda neste mundo, insensíveis a todos os tormentos aqueles que se decidem a sofrer por ele” (M).

– Ver São Teódoto, taverneiro e mártir “…Os nomes das sete virgens eram: Tecusa, Alexandra, Faína, Claudia. Eufrásia, Matrona e Julita. As três primeiras haviam renunciado a tudo para levar uma vida apostólica…

… Chegando ao local da execução o mártir orou a Deus nestes termos: Senhor Jesus Cristo, criador do céu e da terra, que não abandonais os que em vós confiam, rendo-vos graças por vos haverdes dignado fazer-me cidadão da vossa celeste cidade e participante do vosso reino; rendo-vos graças por me terdes feito vencer a serpente e esmagar-lhe a cabeça. Concedei a paz a vossos servos, e livrai-me da violência dos nossos inimigos; dai a paz à vossa Igreja, libertando-a da tirania do demônio. Ao dizer amém, viu os irmãos que choravam, e lhes disse: Não choreis, meus irmãos, mas glorificai nosso Senhor Jesus Cristo, que me fez encontrar o caminho e vencer o inimigo: doravante, pedirei a Deus por vós no céu, com confiança. Dito isso, recebeu o golpe com alegria. Colocaram-no sobre um enorme monte de lenha, mas apareceu uma luz tão intensa que ninguém ousou aproximar-se para acendê-lo. O governador, ouvindo a respeito, ordenou aos soldados que guardassem o corpo e a cabeça no mesmo lugar…

O autor das atas de seu martírio, terminou-as com estas palavras: eu, humilde Nilo, transmito todas estas coisas, meus caríssimos irmãos, com a maior exatidão possível; estive com ele na prisão, conheço em pormenores o que vos escrevi, tendo-me atido em tudo à verdade, a fim de que vós mesmos, escutando as coisas com fé e certeza, tenhais parte com o santo e glorioso mártir Teódoto, e com todos os santos que combateram pela piedade, em nosso Senhor Jesus Cristo, a quem a glória e o poder cabem, com o Pai e o Espírito Santo, em todos os séculos. Amém.”, às páginas 18-32: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver ainda “… Pode-se dizer sem exagero que a atitude adotada pelos estudiosos modernos em relação à história de Teódoto é típica da mudança que ocorreu em toda a ciência da hagiografia. 

Alban Butler, seguindo os passos de autoridades geralmente confiáveis ​​como Ruinart, os primeiros Bollandistas e Tillemont, acreditava que esta narrativa foi escrita por um Nilus, “que viveu com o mártir, foi seu companheiro de prisão e uma testemunha ocular de o que ele relata”. 

Mas há sérias razões para acreditar que Nilus foi meramente inventado por um artifício comum a toda ficção, e que a história, com suas reminiscências de um conto ocorrido em Heródoto, deve ser tratada como um romance escrito por um autor possuindo algo mais literário habilidade do que comumente encontramos em tais casos. Veja Delehaye noAnalecta Bollandiana, vol. xxii (1903), pp. 320-328 e vol. xxiii (1904), pp. 478-479. Os textos são melhor apresentados em P. Franchi de ‘Cavalieri Studi e Testi, no. 6 (5901) e no. 33 (5920)”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay18.html#1616_Georgian_martyrs_of_Persia_are

6*.   Em ter­ri­tório da Ar­góvia, na Hel­vécia, hoje na Suíça, o Beato Bur­cardo, pres­bí­tero, que foi pá­roco de Benwil e ori­entou com grande so­li­ci­tude pas­toral o povo que lhe es­tava confiado. († s. XII)

7.   Em Up­sala, na Suécia, Santo Erico IX, rei e mártir, que du­rante o seu rei­nado di­rigiu sa­bi­a­mente o povo, de­fendeu os di­reitos das mu­lheres e en­viou à Fin­lândia o bispo Santo Hen­rique para pro­pagar a fé cristã; mas, fi­nal­mente, quando par­ti­ci­pava na ce­le­bração da Missa, caiu apu­nha­lado pelos inimigos. († 1161).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico em Upsala, Santo Érico. Elevado ao trono da Suécia em 1150, promoveu a cristianização dos finlandeses, ainda pagãos, mas foi martirizado em 1160, no momento em que acabava de participar da liturgia da Missa. Santo Érico foi o padroeiro da Suécia católica até o séc. XVI. (M).

Ver Santo Eurico IX, rei e mártir,página 43: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “Érico IX, conhecido como Erik den helige (em suecoErik den heligeErik JedvardssonSankt Erik; m. Uppsala18 de maio de 1160), também chamado de “o Santo”, “o Legislador”, “Érico Jedvardsson” ou “Santo Érico”, foi o Rei da Suécia de 1156 até sua morte em 1160.[1][2][3][4][5]”: Érico IX da Suécia – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

8*.   Em Tou­louse, junto ao rio Ga­rona, na França, o Beato Gui­lherme, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agostinho. († 1369)

– Ver Beato Guilherme de Toulouse. Memorial

Perfil

Nascido na nobreza francesa . Juntou-se aos agostinianos em Toulouse , França , aos 19 anos. Estudou lá e em Paris , França . Prior da casa agostiniana de Pamiers, França . Diretor espiritual, exorcista e, mais importante, um famoso pregador popular em Toulouse cujos sermões levaram muitos à vida religiosa. Promoveu a devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria sob o título de Mãe Dolorosa , e para rezar pelas almas emPurgatório . Conhecido por sua vida simples, pregação e escritor profundamente espiritual , e sua profunda vida de oração ; nenhum de seus sermões sobreviveu, e sua única escrita que temos é Visão das Punições no Purgatório e no Inferno .

Nascer

Faleceu

Beatificado

informação adicional

Citação MLA

9.   Em Roma, São Félix de Cantalício (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­gioso da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos, do­tado de ad­mi­rável aus­te­ri­dade e sim­pli­ci­dade, que, du­rante qua­renta anos, exerceu o ofício de es­moler e ir­ra­diava sempre à sua volta a paz e a caridade. († 1587).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1587, São Félix de Cantalícia, franciscano. Nascido de uma humilde família de camponeses, passou toda a sua vida religiosa em Roma, onde era conhecido pelo nome de “Frei Deo Gratias”, por causa da resposta que dava àqueles que lhe davam esmola e também por seu otimismo. Foi, juntamente com São Felipe Néri, a figura mais popular de seu tempo na Cidade Eterna (M).

– Ver também São Félix de Cantalício, capuchinho, páginas 33-34: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “Félix de Cantalice foi um irmão leigo capuchinhocanonizado pela Igreja Católica. Foi o primeiro irmão capuchinho a ser reconhecido como santo.”: Félix de Cantalice – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver “… 1587 SÃO FELIX DE CANTALICE.

ST FELIX nasceu em Cantalice, perto de Città Ducale, na Apúlia. Seus pais eram camponeses devotos e ele mesmo cedo demonstrou tal piedade que seus pequenos companheiros, quando o viam aproximar-se, gritavam: “Aí vem o santo Félix!” Quando criança, atuou como vaqueiro e muitas vezes, depois de levar seu gado para algum pasto tranquilo, passava muito tempo rezando ao pé de uma árvore em cuja casca havia cortado uma cruz. Aos doze anos foi alugado, primeiro como pastor e depois como lavrador, a um abastado proprietário de terras da Città Ducale, chamado Mark Tully Pichi ou Picarelli.
Ainda muito jovem, Félix aprendeu sozinho a meditar durante seu trabalho e logo alcançou um alto grau de contemplação. Em Deus, em si mesmo e em todas as criaturas ao seu redor, ele encontrou um fundo perpétuo de pensamentos e afeições religiosas. 

No final de sua vida um religioso lhe perguntou uma vez como ele conseguia manter-se constantemente na presença de Deus em meio à agitação das preocupações diárias e à multiplicidade de distrações. “Todas as criaturas terrenas podem elevar-nos a Deus”, respondeu, “se soubermos olhar para elas com um olho único”. Ele gostava de se debruçar sobre os sofrimentos de nosso Senhor, e nunca se cansou de contemplar esse grande mistério. Sempre alegre, sempre humilde, nunca se ressentiu de um insulto ou ofensa. Se alguém o insultasse, ele apenas diria: “Peço a Deus que você se torne um santo”. 

Um relato que ele ouviu ler sobre os padres no deserto o atraiu para a vida de um eremita, mas ele decidiu que isso poderia ser perigoso para ele.

Ele ainda estava em dúvida sobre sua futura vocação quando a questão foi decidida por ele por meio de um acidente. Ele estava arando um dia com dois novilhos frescos quando seu mestre entrou inesperadamente no campo. Sua aparição repentina ou qualquer outra coisa assustou os animais e eles fugiram, derrubando Felix enquanto ele tentava segurá-los. Ele foi pisoteado; o arado passou sobre seu corpo, mas apesar disso ele se levantou ileso. Em agradecimento por esta libertação, ele prontamente se dirigiu ao mosteiro capuchinho de Città Ducale, onde pediu para ser recebido como irmão leigo. O pai guardião, depois de avisá-lo da austeridade da vida, o conduziu diante de um crucifixo, dizendo: “Veja o que Jesus Cristo sofreu por nós!” Félix desatou a chorar e impressionou o superior com a convicção de que uma alma tão profundamente sentida deve ser atraída por Deus.

Durante o noviciado, que passou em Anticoli, Félix apareceu já cheio do espírito de sua ordem, do amor à pobreza, às humilhações e às cruzes. Muitas vezes pedia ao mestre de noviços que dobrasse suas penitências e mortificações e o tratasse com maior severidade do que os demais que, segundo ele, eram mais dóceis e naturalmente mais inclinados à virtude. Embora achasse que todos na casa eram melhores do que ele, seus companheiros religiosos, como os filhos de Cantalice, falavam dele entre si como “o santo”.
Em 1545, quando tinha cerca de trinta anos, fez seus votos solenes. Quatro anos depois foi enviado a Roma onde durante quarenta anos, praticamente até a sua morte, ocupou o posto de questor, com o dever diário de ir mendigar comida e esmolas para o sustento da comunidade. O posto era penoso, mas Felix deleitava-se com isso porque acarretava humilhações, fadigas e desconfortos, e seu espírito de recolhimento nunca era interrompido. Com a sanção de seus superiores, que depositavam inteira confiança em sua discrição, auxiliou os pobres generosamente com as esmolas que arrecadava; e adorava visitar os doentes, cuidando-os com as próprias mãos e consolando os moribundos.
   São Filipe Néri tinha grande consideração por ele e deleitava-se em conversar com ele: os dois homens, como uma saudação, desejavam um ao outro sofrimentos por amor de Cristo. Quando São Carlos Borromeu enviou a São Filipe as regras que ele havia elaborado para seus Oblatos com o pedido de que ele as revisasse, São Filipe se desculpou, mas as encaminhou ao irmão leigo capuchinho. Em vão São Félix protestou que era analfabeto: as regras foram lidas para ele e ele foi ordenado a dar sua opinião sobre elas. Ele aconselhou a omissão de certos regulamentos que lhe pareceram muito difíceis. Essas emendas foram aceitas por São Carlos, que expressou grande admiração pelo julgamento que as havia motivado.

São Félix se castigava com uma severidade quase incrível e invariavelmente andava descalço, sem sandálias. Ele vestia uma camisa de elos de ferro e placas cravejadas de pontas de ferro. Quando podia fazê-lo sem singularidade, jejuava a pão e água, tirando da cesta para seu próprio jantar as crostas deixadas por outros. Ele tentava ocultar os notáveis ​​favores espirituais que recebia, mas muitas vezes, quando estava servindo à missa, ficava tão transportado em êxtase que não conseguia dar as respostas. Por tudo o que viu, por tudo o que lhe aconteceu, deu graças a Deus, e as palavras “Deo gratias” estavam tão constantemente em seus lábios que os meninos de rua romanos o chamavam de Irmão Deogratias. Quando já era velho e sofria de uma dolorosa queixa, seu cardeal protetor, que o amava muito, disse a seus superiores que ele deveria ser dispensado de seu cargo cansativo. Mas Felix pediu permissão para continuar suas rondas, sob o argumento de que a alma fica lenta se o corpo é mimado. Ele morreu com a idade de setenta e dois anos, depois de ser consolado em seu leito de morte por uma visão de Nossa Senhora. Há registro de um grande número de milagres realizados após sua morte, e ele foi canonizado em 1709.

Os Bollandistas, no Acta Sanctorum, maio, vol. iv, publicaram uma considerável seleção de materiais apresentados no processo de beatificação, processo que foi iniciado pouco tempo depois da morte do Ir. Félix, quando ainda havia testemunhas que viveram com ele e foram espectadores de suas virtudes. Não faltam outras biografias, mas na sua maioria são baseadas nos mesmos materiais, por exemplo , as de João Batista de Perugia, Máximo de Valenza, Angelo Rossi, etc. Lady Amabel Kerr publicou em 1900 um esboço muito aceitável intitulado A Son of St. Francisco. Ver também Léon, L’Auréole Séraphique (Eng. trans.), vol. ii, pp. 198—n3, e Etudes franciscaines,t. xxxiii, pp. 97-109.

Félix de Cantalice nasceu de pais camponeses em Cantalice, Puglia, Itália. Ele era um pastor e um lavrador em sua juventude, tornou-se um irmão leigo capuchinho no Mosteiro Citta Ducale, nas proximidades, em Anticoli, e tornou-se conhecido por sua austeridade e piedade. Ele foi enviado a Roma em 1549 e passou os trinta e oito anos seguintes no mosteiro como questor, ajudando os doentes e os pobres e reverenciado por todos.
Ele era amigo de São Filipe Neri e ajudou na revisão da regra de São Carlos Borromeu para seus Oblatos. Félix foi canonizado em 1709…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay18.html#1587_St._Felix_of_Cantalice_noted_for

10*.   Em Mer­gentheim, na Ale­manha, a Beata Blan­dina do Sa­grado Co­ração (Maria Ma­da­lena Merten), virgem da Ordem de Santa Úr­sula, que as­so­ciou sa­bi­a­mente com a vida con­tem­pla­tiva o cui­dado da for­mação hu­mana e cristã das jo­vens e das adolescentes. († 1918)

11*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Es­ta­nislau Ku­bista, pres­bí­tero e mártir, que, em tempo da guerra, in­to­xi­cado nas câ­maras de gás mor­tí­fero, morreu por Cristo. († 1942)

12*.   Em Hartheim, lo­ca­li­dade pró­xima de Linz, na Áus­tria, o Beato Mar­tinho Opr­zadek, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores e mártir, na­tural da Po­lónia, que no mesmo tempo e do mesmo modo al­cançou o reino celeste. († 1942)

13. São Leonardo Murialdo (também na Folhinha do Coração de Jesus, em 18 de maio).

– Ver “… Em 1873, com o apoio de alguns colaboradores, funda a Congregação de São José (Josefinos de Murialdo). Sua finalidade apostólica é a educação da juventude, especialmente pobre e abandonada. Abre oratórios, escolas profissionais, casas-família para jovens trabalhadores e colônias agrícolas, aprofunda o seu trabalho nas associações leigas, especialmente no campo da formação profissional dos jovens e da boa estampa.

Seu lema: Fazer e calar.

Foi homem de espírito e de oração, contemplativo na ação como Dom Bosco. Por volta de 1884 foi atingido por diversos ataques de broncopneumonia: Dom Bosco foi dar-lhe uma bênção e, apesar das provações e perturbações, viveu ainda até 1900.

Paulo VI proclamou-o Beato em 1963 e santo em 3 de maio de 1970. A perda do pai em tenra idade levou Leonardo também a ser pai e guia dos jovens que o Senhor lhe quis confiar. A sua vida, o seu etilo e a sua ação colocam-no ao lado do seu amigo e modelo São João Bosco.”: https://www.salesianos.com.br/saoleonardomurialdo/

– Ver ainda “… A entrega total a essa missão e as extenuantes horas de trabalho lhe custaram graves danos à saúde. Em 30 de março de 1900, depois de várias crises de pneumonia, Leonardo morreu. Em 1970, foi canonizado pelo papa Paulo VI. A festa de são Leonardo Murialdo foi designada para o dia 18 de maio.”: http://arquisp.org.br/liturgia/santo-do-dia/sao-leonardo-murialdo

– Ver ainda “Leonardo Murialdo (Turim, 26 de outubro de 1828 – Turim, 30 de março de 1900) foi um sacerdote e santo católico italiano, fundador da Congregação de São José, um ativo educador e um trabalhador nos interesses dos jovens pobres e dos operários… Festa litúrgica: 30 de março e 18 de maio (salesianos)”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Leonardo_Murialdo

– Ver 30 de março: Em Turim, também na Itália, São Leonardo Murialdo, presbítero, que fundou a piedosa Sociedade de São José, para que as crianças abandonadas pudessem sentir os efeitos da fé e caridade cristãs. († 1900) 

14. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 18 DE MAIO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
João I , Papa (Memorial Opcional) — Blandina Merten Burchard de Beinwil Dióscoro de Kynopolis Elgiva de Shaftesbury Eric da Suécia Félix de Cantalice Félix de Salona Feredário de Iona Jan Oprzadek MerililaunNicolau Denise de Beuzeville Ortásio de Alexandria Potamão de Heracleia Rolando de Hasnon Serapião de Alexandria Stanislaw Kubski Tomaseu Son Cha-son Venâncio de Camerino Guilherme de ToulouseMártires de Ancyra – 8 santos
todos esses memoriais em uma única página

15. Outros santos do dia 18 de maio: págs. 18-44 (vol.09): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 18 de maio, ver ainda: 18 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 405-407: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/18-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay18.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança; convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem, e defendei-nos de todo o mal.

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 17 de maio

1.   Em Ale­xan­dria, no Egipto, Santo Adrião, mártir. († c. s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, Santo Adriano, mártir de Alexandria, e São Victor, mártir romano. (M)

– Ver “… Em Alexandria, os santos mártires Adrion, Victor e Basilla.
Mártir de Alexandria, Egito, com Basilla e Victor. Não existem detalhes de seu sofrimento.
Adrio, Victor & Basilla MM (RM). Mártires de Alexandria, se nas mãos de pagãos ou arianos é desconhecido (Benedictines)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay17.html#St._Adrio_Victor__Basilla_Martyrs_of

– Ver também: Santa Basila (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Ver “… Em Alexandria, os santos mártires Adrion, Victor e Basilla.
Mártir de Alexandria, Egito, com Basilla e Victor. Não existem detalhes de seu sofrimento… Adrio, Victor & Basilla MM (RM). Mártires de Alexandria, seja nas mãos de pagãos ou arianos, é desconhecido (beneditinos). VER ACIMA NÚMEROS 1 E 2”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay17.html#1616_Georgian_martyrs_of_Persia_are

– Ver dia 22 de Setembro SANTA BASILA

2.   Em Roma, junto à Via Sa­lária An­tiga, no ce­mi­tério de Ba­sila, São Vítor, mártir. († c. s. IV)

3.   Em No­vi­o­duno, na Cítia, hoje Isaccea, na Ro­ménia, os santos He­rá­clio e Paulo, mártires. († c. s. IV)

– Ver Mártires de Neon. Memorial

Perfil

Um grupo de cristãos martirizados juntos nas perseguições de Diocleciano . Sabemos pouco mais de três de seus nomes

Faleceu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

4.   Na África Pro­con­sular, na ac­tual Tu­nísia, a co­me­mo­ração de Santa Res­ti­tuta (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem e mártir. († c. 304).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cartago, o Martírio de Santa Restituta, virgem. (M).

Ver págs. 16-17: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

5.   Em Ver­celas, na Li­gúria, hoje no Pi­e­monte, re­gião da Itália, a tras­la­dação de Santo Emi­liano, bispo. († s. VI)

6.   Em Vil­lar­real, perto de Va­lência, re­gião da Es­panha, São Pas­coal Bailão (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­gioso da Ordem dos Frades Me­nores, que foi sempre di­li­gente e be­né­volo para com todos e ve­nerou cons­tan­te­mente com ar­dente amor o mis­tério da San­tís­sima Eucaristia. († 1592).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1592, São Pascoal Bailão, franciscano espanhol, que transfigurava seu humilde quotidiano pela adoração e pela comunhão eucarística. (M).

Ver págs. 09-15: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

– Ver também “Pascoal Bailão (em castelhanoPaschal Baylon ou Pascal ou Pascual; 1540–1592) foi um frade espanhol venerado como santo pela Igreja Católica. É considerado o padroeiro dos congressos eucarísticos e das associações eucarísticas.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pascoal_Bail%C3%A3o

7♦.     Em Unzen, no Japão, os be­atos Jo­a­quim Mine Sukedayu, Paulo Nishida Kyuhachi e com­pa­nheiros Maria, João Mat­su­take Cho­za­buro, Bar­to­lomeu Baba Han’emon, Luís Furue Su­ke­emon, Paulo Oni­zuka Ma­go­emon, Luís Hayashida Soka, Ma­da­lena Hayashida, Paulo Hayashida Mohyoe. Már­tires. († 1627)

8.   Em Kong-Tcheu, no Guizhou, pro­víncia da China, São Pedro Liu Wenyuan, mártir, que, sendo ca­te­quista, morreu es­tran­gu­lado por amor de Cristo. († 1834)

– Ver São Pedro Lieou. Também conhecido como

  • Liu Wenyuan Petrus
  • Baiduo
  • Peter Liu Wenyuan

Memorial

Perfil

Leigo casado convertido ao cristianismo . Catequista . Exilado para a Mongólia por sua  em 1814 . Ele foi autorizado a retornar do exílio em 1827 e começou a trabalhar com missionários católicos . Quando as perseguições da  recomeçaram, muitos cristãos foram presos . Peter inicialmente evitou a prisão , mas foi pego ministrando aos prisioneiros , incluindo seus próprios filhos. Mártir .

Nascer

Faleceu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

9*.   Em Ca­sória, junto de Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, Santa Júlia Sal­zano, virgem, que fundou a Con­gre­gação das Irmãs Ca­te­quistas do Sa­grado Co­ração de Jesus para se de­dicar ao en­sino da dou­trina cristã e di­fundir a de­voção à San­tís­sima Eucaristia. († 1929)

10*.   Em Or­go­solo, na Sar­denha, re­gião da Itália, a Beata An­tónia Me­sina, virgem e mártir, que se de­dicou ge­ne­ro­sa­mente às obras da Igreja e, com de­zas­sete anos de idade, de­fendeu a sua cas­ti­dade até à morte. († 1935).

– Ver “Antónia Mesina (Orgosolo21 de junho de 1919 – Orgosolo, 17 de Maio de 1935), jovem mártir de dezasseis anos, da Sardenha, na Itália, que foi morta por defender a sua virgindade e castidade. Por isso foi beatificada, por defender com a vida a sua honra e pureza.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B3nia_Mesina

11*.   No campo pri­si­onal da ci­dade de Oserlag, perto de Ir­kutsk, na Rússia, o Beato João Zi­atyk, pres­bí­tero da Con­gre­gação do San­tís­simo Re­dentor e mártir, que, em tempo de per­se­guição contra a fé, me­receu des­cansar no con­vívio ce­leste dos justos. († 1952)

12.  Em Calcedônia, sob o imperador Maximiano, os Santos Solocano, Panfâmero e Panfilião (ou Panfalônio), soldados. Tendo se recusado a sacrificar aos ídolos, confessaram Cristo, Filho de Deus Vivo, pelo sacrifício sangrento de suas próprias vidas (M).

– Ver também “… São Solochão (ou Solocano). O santo suportou uma surra impiedosa, após a qual o arrastaram sobre pedras afiadas, exigindo que ele renunciasse a Cristo, mas o santo mártir permaneceu firme. Então ele foi pendurado por uma mão, com um peso pesado amarrado em sua perna. São Solochão permaneceu nesta posição por cerca de três horas. Quando finalmente cortaram as cordas, para surpresa de todos, São Solochon ficou em pé, como um homem saudável. Enlouquecido de raiva, Campanus pegou um estilete e o enfiou no ouvido do mártir.
O sofredor caiu e Campanus e os soldados partiram, deixando-o de lado. Os cristãos carregaram o mártir para a casa de uma certa viúva piedosa e colocaram-no em uma cama. O santo comeu um pouco e conversou com os cristãos, exortando-os a permanecer firmes pela Fé e, depois de orar e levantar os olhos para o céu, entregou sua alma ao Senhor Jesus Cristo.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay17.html

13. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 17 DE MAIO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Adriano de Alexandria Antônia Messina Bernardo de Verdun Catã de Bute Fionnchan de Druim-Eanaigh Giulia Salzano Isabella Crivelli Ivan Ziatyk Madron da Cornualha Maildulf de Malmesbury Maw Pascal Bailão Peter Lieou Rasso de GrafrathRestituta de Cartago Restituta de Vercelli Silau de Lucca Solochanus de Calcedônia Thethmar Victor RomaMártires de Alexandria – 3 santos Mártires de Nyon Martirizado em Noviodunum Heráclio Paulo — Emiliano I de Vercelli
todos esses memoriais em uma única página

14. Outros santos do dia 17 de maio: págs. 09-17 (vol.09): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 17 de maio, ver ainda: 17 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 403-405: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/17-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay17.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança; convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem, e defendei-nos de todo o mal.

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 16 de maio

SANTAS E SANTOS DE 16 DE MAIO

LEMBRANDO ESPECIALMENTE A MEMÓRIA DE SÃO SIMÃO STOCK, NESTE 16 DE MAIO. FOI ELE QUE RECEBEU O ESCAPULÁRIO DE NOSSA SENHORA DO CARMO

1. Em Bor­déus, na Gas­conha, na ho­di­erna França, SÃO SIMÃO STOCK, pres­bí­tero, que, de­pois de ter sido ere­mita na In­gla­terra, in­gressou na Ordem dos Car­me­litas, da qual foi ad­mi­rável su­pe­rior, tor­nando-se cé­lebre pela sua sin­gular de­voção à Virgem Maria. († 1265).

– Ver “…No ano de 1251, numa visão, Nossa Senhora apareceu-lhe, e, depositando-lhe entre as mãos o escapulário, revelou-lhe que os que morressem trazendo-o consigo certamente escapariam das penas do inferno.”, página 402: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “São Simão Stock foi um frade carmelita inglês, que viveu no século XIII, e morreu em Bordeaux. Foi Prior Geral da Ordem dos Carmelitas. Segundo uma tradição católica, Nossa Senhora do Monte Carmelo apareceu-lhe numa visão e entregou-lhe o escapulário como sinal de sua proteção. É vastíssima a iconografia a seu respeito. Sua festa é celebrada no dia 16 de Maio.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sim%C3%A3o_Stock

– Sobre o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, ver:

a. “O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo (ou, simplesmente, Escapulário do Carmo) é definido como sendo uma “tira de pano que os frades e freiras de certas ordens trazem sobre o peito” (Dicionário Aurélio). Normalmente, quando se fala de um escapulário costuma referir-se sempre ao escapulário da Ordem do Carmo, que é reconhecido pela Igreja Católica e que todos os Papas do século XX usaram.”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Escapul%C3%A1rio_de_Nossa_Senhora_do_Carmo

b.  “O escapulário do Carmo é um sinal externo de devoção mariana, que consiste na consagração à Santíssima Virgem Maria pela inscrição na Ordem Carmelita, na esperança de sua proteção maternal.
O distintivo externo desta inscrição ou consagração é o pequeno escapulário marrom.

O escapulário do Carmo é um sacramental, quer dizer, segundo o Concílio Vaticano II, “um sinal sagrado segundo o modelo dos sacramentos, por meio do qual se significam efeitos, principalmente espirituais, obtidos pela intercessão da Igreja”. (S.C.60).”:

https://www.acidigital.com/Maria/vcarmen/escapulario.htm

– Ver 16 de julho NOSSA SENHORA DO CARMELO, que evoca o monte Car­melo, onde o pro­feta Elias re­con­duziu o povo de Is­rael ao culto do Deus vivo e, mais tarde, ali se re­ti­raram al­guns ere­mitas à pro­cura de so­lidão, cons­ti­tuindo uma ordem de vida con­tem­pla­tiva sob o pa­tro­cínio da Santa Mãe de Deus.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Festa de Nossa Senhora do Carmo (ou Nossa Senhora do Monte Carmelo). As Escrituras cantam a beleza do Carmelo, onde o Profeta Elias defendeu a pureza da fé de Israel no Deus vivo. No tempo das Cruzadas, alguns eremitas cristãos buscaram uma vida contemplativa sobre essa montanha sagrada, perto de Nazaré, onde a Virgem Maria havia vivido, “guardando a Palavra de Deus em seu coração”. (Cf.Liturgia das Horas, p. 1273). (R).

Nossa Senhora do Monte Carmelo ou Nossa Senhora do Carmo é o título dado à Maria, mãe de Jesus, em honra de sua função como padroeira da Ordem Carmelita. Os primeiros carmelitas eram eremitas que viviam no Monte Carmelo, na Terra Santa, entre o final do século XII e meados do século XIII. Eles construíram, no meio de seus eremitérios, uma capela que dedicaram à Santíssima Virgem.”. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Carmo

Sobre São Simão Stock e o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo (Ver 16 de maio) ver:” São Simão Stock foi um frade carmelita inglês, que viveu no século XIII, e morreu em Bordeaux. Foi Prior Geral da Ordem dos Carmelitas. Segundo uma tradição católica, Nossa Senhora do Monte Carmelo apareceu-lhe numa visão e entregou-lhe o escapulário como sinal de sua proteção. É vastíssima a iconografia a seu respeito. Sua festa é celebrada no dia 16 de Maio.”

Ver páginas 91-92: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

– Ver São Simão Stock. Também conhecido como

  • Simon Anglus
  • Simão, o inglês

Memorial

Perfil

Pouco se sabe de sua juventude. A lenda diz que aos doze anos ele começou a viver como um eremita em um carvalho oco; acredita-se que o nome Stock seja derivado do inglês antigo para tronco de árvore

Pregador itinerante. Peregrino para a Terra Santa, mas partiu quando os muçulmanos invasores expulsaram os cristãos . Ingressou na Ordem Carmelita logo após sua chegada à Inglaterra .

Simão viveu e estudou por vários anos em Roma , Itália e Monte Carmelo . Eleito sexto general dos Carmelitas em 1247 por volta dos 82 anos. Ele ajudou a Ordem a se espalhar pela Inglaterra , sul e oeste da Europa . Fundou casas em Cambridge, Inglaterra em 1248 , Oxford em 1253 , Paris , França em 1260 , e Bolonha , Itália em 1260 . Revisada a Regra da Ordem para torná-los frades mendicantes em vez de eremitas .

Independentemente desses sucessos, a Ordem foi oprimida por todos os lados, inclusive pelo clero e outras ordens. Os frades levaram seus infortúnios à sua padroeira , a Virgem Maria . A tradição diz que em resposta, ela apareceu a Simão trazendo-lhe o Escapulário marrom do Monte Carmelo . “Este será um privilégio para você e para todos os carmelitas ”, ela disse a ele, “que qualquer um que morra com esse hábito seja salvo”. Em 13 de janeiro de 1252 , a Ordem recebeu uma carta de proteção do Papa Inocêncio IV, protegendo-os do assédio.

Nascer

Faleceu

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Leituras

Flor do Carmelo,
Videira sempre florescendo,
esplendor do Céu!
Virgem que deu à luz um filho.
Ninguém é como você.
Mãe gentil e gentil.
No entanto, nunca tocado pelo homem!
Aos carmelitas dai o privilégio.
Ajude-nos Estrela do Mar.
– Simon Stock

Citação MLA

– Ver também “… 16 de julho de 1251, a Rainha do céu veio até ele com o santo Escapulário e se dirigiu a ele com essas palavras consoladoras:

“Recebe, filho amado, o Escapulário da tua Ordem, sinal da minha confraria, privilégio tanto para ti como para todos os Carmelitas.” São Simão tinha visto a videira do Carmelo transplantada do solo sagrado da Palestina, e agora a via firmemente enraizada na terra que era o “Dote de Maria”. Antes de sua feliz morte o santo viu a videira de sua ordem espalhando seus ramos por todo o continente europeu. Com sua morte, ele deixou 7.000 mosteiros florescentes com um total de 180.000 membros. Seus filhos espirituais modelaram suas vidas segundo a de seu pai. Eram, por assim dizer, novas flores na velha mas frutífera árvore do monte. Alegrou o coração de São Simão ao ver seus discípulos como tantos

“Que flores desabrocham ao seu redor
Perfumadas, enchendo o ar com uma
doçura estranha e maravilhosa.” …”: https://catholicsaints.info/the-carmelite-review-saint-simon-stock/

VER 16 DE JULHO: NOSSA SENHORA DO CARMO

2.   Em Uzális, na África Pro­con­sular, na ac­tual Tu­nísia, a co­me­mo­ração dos santos Félix e Ge­nádio, mártires. († data inc.)

3.   Em Ósimo, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, os santos Flo­rêncio e Di­o­cle­ciano, mártires. († data inc.)

4.   Na an­tiga Pérsia, os santos már­tires Abdas e Edésio, bispos, que foram mortos por ordem do rei Sapor II, jun­ta­mente com trinta e oito companheiros. († 375/376).

– Ver: Abdas de Susa no Wikipedia de 31 de março “Abdas, (também AbdaAbdias, e Audas) foi um bispo de Susa, no Irã (Sócrates de Constantinopla também o chama de “bispo da Pérsia[1]). Nasceu no século IV de uma mãe zoroastrista. Foi educado em boas virtudes, o que o fez amado por todos.”:  https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Abdas_de_Susa

– Ver também “St. Abdas também chamado AudasBispo persa martirizado com  28 membros de seu rebanho. Suas mortes marcaram o início de um longo reinado de terror para os cristãos em todo esse império (In Pérside sanctórum Mártyrum Audæ Epíscopi, septem Presbyterórum, novem Diaconórum, et septem Vírginum; qui sub Isdegérde Rege, variis tormentórum genéribus cruciáti, gloriósum martyrium complevérunt.). Na Pérsia, os santos mártires Audas, um bispo, sete sacerdotes, nove diáconos e sete virgens, que suportaram vários parentes de tormentos sob o rei Isdegerdes, e assim gloriosamente completaram seu martírio.
Bispo, Abdas foi preso com sete padres, nove diáconos e sete virgens consagradas.
Essas prisões iniciaram a perseguição aos cristãos na Pérsia naquela época. Abdas e seus companheiros foram para a morte professando Cristo.
Audas (Abdas) da Pérsia BM (RM).
O bispo persa Audas foi martirizado numa sexta-feira de maio durante o reinado de Sapor com 28 membros de seu rebanho, incluindo sete sacerdotes, nove diáconos e sete virgens. Suas mortes marcaram o início de um longo reinado de terror para os cristãos em todo o império (Beneditinos, Husenbeth).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay16.html

5.   Em Bouhy, lo­ca­li­dade do ter­ri­tório de Au­xerre, na Gália, hoje na França, São Pe­re­grino, mártir, ve­ne­rado como pri­meiro bispo desta cidade. († s. IV/V). Ver págs. 393-394: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “Peregrino de Auxerre (em latimPeregrinus; em francêsSaint Pélérin; em italianoSan Pellegrino) foi o primeiro bispo de Auxerre e o responsável pela construção da catedral da cidade. Uma tradição local afirma que ele era um padre romano nomeado pelo papa Sisto II para evangelizar a região a pedido dos cristãos daquela parte da Gália. Peregrino pregou em MarselhaLyon e converteu a maioria dos habitantes de Auxerre ao cristianismo[3].”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Peregrino_de_Auxerre

6.   Co­me­mo­ração de São Pos­sídio, bispo de Guelma, na Nu­mídia, na ac­tual Ar­gélia, que foi dis­cí­pulo e amigo de Santo Agos­tinho, as­sistiu à sua morte e es­creveu a sua me­mo­rável biografia. († d. 473).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, No séc. V, São Possídio, que foi discípulo de Santo Agostinho em Hipona, antes de se tomar bispo de Calana, na Numídia. Deixou uma biografia do grande Doutor africano, assim como um catálogo de suas obras. (M)

7.   Em Troyes, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Fí­dolo, pres­bí­tero, que, se­gundo a tra­dição, foi feito pri­si­o­neiro de guerra pelo rei Te­o­do­rico, du­rante a in­vasão do Au­vergne, mas, res­ga­tado e ins­truído no ser­viço de Deus por Santo Aven­tino, abade, foi o seu sucessor. († c. 540)

8.   Na Ir­landa, São Brandão, abade de Clon­fert, ze­loso pro­pa­gador da vida mo­nás­tica, de quem se narra a cé­lebre «na­ve­gação de São Brandão». († 577/583).

No Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Brendam, abade de Clonfert, na Irlanda, que guiou seus numerosos discípulos através das vagas deste mundo até “a terra prometida dos santos”. (M).

– Ver “São Brandão, o Navegador, ou Brandão de Ardfert e Clonfert (c. 484 – c. 577), também escrito Barandão ou Borondão, foi um monge irlandês.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Brand%C3%A3o

9.   Em Amiens, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, Santo Ho­no­rato (também na Folhinha do Coração de Jesus)bispo. († c. 600).

Ver páginas 398-399: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver Santo Honório de Amiens,“Honoré de Amiens, às vezes aportuguesado como Santo Honório de Amiens, foi o sétimo bispo de Amiens. O dia de sua festa é comemorado em 16 de maio.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hon%C3%B3rio_de_Amiens

10*.   Na Bre­tanha, em ter­ri­tório da ac­tual Grã-Bre­tanha, São Ca­ran­toco, bispo e abade de Cardigan. († s. VII)

11.   Na Pa­les­tina, a paixão de qua­renta e quatro santos monges, que, no tempo do im­pe­rador He­rá­clio, foram mas­sa­crados pelos Sar­ra­cenos que as­sal­taram o seu mos­teiro de São Sabas. († 614)

– Ver Mártires de São Sabas “…
16 de maio

Perfil

Um grupo de 44 monges , cujos nomes não chegaram até nós, que foram massacrados por mouros no mosteiro de São Sabas, na Palestina .

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

12*.   Em Tou­louse, na Aqui­tânia, na ac­tual França, São Ger­mério, bispo, que se em­pe­nhou em di­vulgar o culto de São Sa­tur­nino e vi­sitar as­si­du­a­mente o povo que lhe foi confiado. († s. VII f.)

 -Ver “… 560 São Germério Bispo de Toulouse. França; fundou durante meio século 2 igrejas um mosteiro auxiliado pelo rei Clóvis cuidando dos pobres
ST GERMERIUS (Germier) tinha apenas trinta anos quando se diz que se tornou bispo de Toulouse e ocupou a sé por cinquenta anos. Embora natural de Angouléme, foi educado em Toulouse, para onde migrou na infância. Pouco depois de sua consagração, ele foi convocado para a corte de Clóvis, o primeiro rei cristão da França, e foi tratado com grande respeito pelo monarca, que o entreteve por três semanas e o carregou de presentes para suas igrejas. Ele também concedeu a ele o distrito de Dux (?) perto de Toulouse e tanta terra para um cemitério quanto sete juntas de bois poderiam cultivar em um dia.
Em Dux, Germério construiu uma igreja com três altares que colocou sob o patrocínio de São Saturnino, o primeiro bispo de Toulouse. Lemos que, no dia de sua dedicação, foi iluminada por trezentas velas de cera e que vários doentes foram restaurados à saúde. Mais tarde, o santo bispo fundou um mosteiro em Dux, além de uma segunda igreja, de São Martinho. Grande amante dos pobres, nomeou esmolers cujo trabalho especial era ajudar os necessitados. Em todas as suas boas obras, São Germério foi habilmente apoiado por seus dois discípulos favoritos, Dulcidius e Pretiosus. Ele morreu e foi enterrado em seu mosteiro em Dux. O culto de São Germério remonta a uma data muito antiga.
Há todas as razões para desconfiar da vida impressa na Acta Sanctorum, maio, vol. iii. Nenhum Germerius pode ser encontrado nas listas episcopais de Toulouse. Contra C. Douais, Memoires Soc. Antig. França, 1890, pp. 1-134, ver L. Saltet em Annales du Midi, vol. xiii (1901), pp. 145-175.

b. 480, também chamado de Germier. Ele nasceu em Angoulême e tornou-se bispo de Toulouse aos trinta anos, destinado a governar a sé por meio século. Ele fundou duas igrejas e um mosteiro e foi auxiliado pelo rei Clóvis no cuidado dos pobres. Ele morreu em Dux, França.
Germério de Toulouse B (AC). São Germério, cujo culto é antigo, governou a igreja de Toulouse, na França, por cinquenta anos (Benedictines)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay16.html#560_St._Germerius_Bishop_of_Toulouse

13.   Em Gúbbio, na Úm­bria, re­gião da Itália, Santo Ubaldo, bispo, que tra­ba­lhou di­li­gen­te­mente para re­novar a vida co­mu­ni­tária dos clérigo. († 1160).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Itália, Santo Ubaldo, bispo de Gubbio. Ao receber em seu tribunal um culpado que o havia insultado, levantou-se de sua cadeira e aproximou-se dele, dizendo-lhe: “Dá-me o abraço da paz e que o Senhor Todo-Poderoso te perdoe esta ofensa, assim como todos os teus pecados”. (M).

– Ver também páginas 400-401: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

14*.   Em Fermo, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, Santo Adão, abade do mos­teiro de São Sabino. († c.1210)

– Ver “… Renomado pregador franciscano, que floresceu no convento de Fermo (Ascoli Piceno). Diz-se dele que, pregando e sendo perturbado pelas andorinhas, mandou-as embora, o que fizeram de imediato, e que certa vez, atravessando um bosque e tendo-se perdido, encontrou-o um lobo que, em vez de o atacar, atuou como seu guia.
Ele morreu e foi sepultado no convento dos frades menores de Fermo em 1285, segundo a maioria, enquanto PP Ausserer fixa a data da morte de Adão em 1287. Seu nome ocorre no Martirológio Franciscano em 16 de maio. Ele é confundido erroneamente por muitos com seu irmão Adam Rufus, que floresceu mais de cinquenta anos antes, desde que morreu em 1234.
Autor: Ricardo Pratesi…”: http://santiebeati.it/dettaglio/53400

– Ver também: https://catholicsaints.info/blessed-adam-of-san-sabine/

15.   Em Janow, junto a Pinsk, nas mar­gens do rio Pripjat, na Po­lónia, Santo André Bobola, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que foi ze­loso pro­motor da uni­dade dos cris­tãos, até que, ar­re­ba­tado por sol­dados, de bom grado deu o su­premo tes­te­munho da fé com o der­ra­ma­mento do seu sangue. († 1657).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano de 1657, a morte sangrenta de Santo André Bobola, jesuíta polonês. Pregador e missionário ativo, teve um tamanho sucesso que atraiu a inimizade de certos cismáticos, diante de quem deu testemunho pela última vez: “Eu creio e confesso que, como há apenas um só Deus, há também apenas uma e verdadeira Igreja e uma e verdadeira fé católica, revelada por Jesus Cristo e pregada pelos Apóstolos, e, a exemplo de muitos mártires, sofro e morro de boa vontade por ela”. (M).

Ver págs 403-404: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

–  Ver também “André BobolaS.J. (em polonês/polacoAndrzej Bobola; 1591–16 de maio de 1657) foi um missionário e mártir polonês da Companhia de Jesus, conhecido como “Apóstolo da Lituânia” e “Caçador de Almas”.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9_Bobola

16*.   Perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Mi­guel Wozniak, pres­bí­tero e mártir, que foi de­por­tado da Po­lónia, ocu­pada por um re­gime hostil à dig­ni­dade hu­mana e à re­li­gião, para o campo de con­cen­tração de Da­chau e, de­pois de cruéis tor­turas, partiu para a glória celeste. († 1942)

17.   Em Drohobych, na Ucrânia, o Beato Vital Vla­di­miro Bajrak, pres­bí­tero da Ordem de São Jo­safat e mártir, que, pe­rante os per­se­gui­dores da re­li­gião, pelo com­bate da fé al­cançou o fruto da vida eterna. († 1946)

18. Em Praga, na Boémia, ac­tu­al­mente na Ché­quia, São João Ne­po­mu­ceno, pres­bí­tero e mártir, que, pela de­fesa da Igreja so­freu a per­sis­tente per­se­guição do rei Ven­ceslau IV e, de­pois de muitos tor­mentos e atro­ci­dades, foi lan­çado vivo ao rio Mol­dávia. († 1393).

– Ver: No ano da graça de 1383, o martírio de São João Nepomuceno (também na Folhinha do Coração de Jesus de 16 de maio). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1383, o martírio de São João Nepomuceno. Originário da Boêmia, exerceu seu ministério sacerdotal em Praga. Foi aprisionado e depois atirado no rio Moldava por ter se recusado a violar o segredo da confissão. (M). Ver págs. 379-392: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver: https://www.youtube.com/watch?v=4zeIgMzGmtE

Ver também em 20 de março São João Nepomuceno (em checo Jan Nepomucký e alemão Johann von Nepomuk) é um dos santos nacionais da Boémia.

Segundo uma lenda foi pregador na corte de Venceslau IV em Praga e confessor da rainha sua mulher, mas, ao negar a divulgar os segredos das confissões dela foi morto, depois de ter sido torturado e lançado ao Rio Vltava.

Tornou-se assim o primeiro mártir do selo da confissão e o patrono contra calúnias, devido à maneira de sua morte.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Nepomuceno

18. Em San­remo, na Li­gúria, re­gião da Itália, São Luís Orione, pres­bí­tero, que fundou a Pe­quena Obra da Di­vina Pro­vi­dência, para au­xílio dos jo­vens e de todos os marginados. († 1940).

– Ver “Luís Orione, nascido Luigi Orione, (Pontecurone23 de junho de 1872 — Sanremo12 de março de 1940) foi um sacerdote católico italiano proclamado santo pelo Papa João Paulo II em 2004Canonizado em 16 de maio de 2004. Festa litúrgica: 12 de março”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_Orione

– Ver também 12 de março

São Luiz Orione (na Folhinha do Coração de Jesus de 16 de maio).

– Ver também “Dê-nos, Ó Maria, uma grande alma, um grande e magnânimo coração, que alcança todas as tristezas e lágrimas.”: http://www.donorione.org/

19. São Falo ou Fal. Ver página 395: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “… 540 St. Fidouls (Phal) da abadia de Aumont nomeado para ele; Escravo que se tornou abade de Aunont, perto de Troyes. França. Ele era filho de um oficial romano feito prisioneiro pelo exército do rei Clóvis I e vendido como escravo. Resgatado por Aventinus, o abade da Abadia de Aumont, ele se tornou um monge lá e depois abade. Fidolus também é chamado de Fal ou Phal, e a abadia foi renomeada para ele…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay16.html#540_St._Fidouls_Phal_of_Aumont_abbey

20. Santo Emano, mártir. Ver páginas 396-397: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

21.VER SANTAS E SANTOS DO DIA 16 DE MAIO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Abdas de Cascar Adão de Adami Adão de São Sabino André Bobola Annoberto de Séez Aquilino da Isauria Brendan, o Navegador Carantac Carantoc Fidolus de Aumont Forte de Bordéus Francoveus Gens de Le Beaucet Germério de Toulouse Hilário de Pavia Honório de Amiens Luís da Misericórdia Mac Laisre Máxima de Fréjus Mical Wozniak Peregrino de Auxerre Peregrino de TerniPossídio de Calama Primael de Quimper Simon Stock Ubaldo Baldassini Vitoriana da Isauria Vitaliy Bayrak Vladimir GhikaMártires de São Sabas – 44 santos Mártires de Caramasi Albertin-Marie Maisonade Ignace-Alexandre-Joseph Cardon Jan Crisóstomo Zavrel Maturin-Marie Pitri Modeste-Marie Burgen Zósimo Maria Brambat Mártires de Osimo Diocleciano Fiorenzo Mártires de Uzalis Félix Genádio
todos esses memoriais em uma única página

22. Outros santos do dia 16 de maio: págs. 379-406 (vol.08): obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS DOS SANTOS – 8.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 16 de maio, ver ainda: 16 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 401-403: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/16-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay16.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa  

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança; convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem, e defendei-nos de todo o mal.

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 15 de maio

DESTAQUE: 15 DE MAIO: DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA

Definido em 20 de setembro de 1993, em deliberação da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Desde então, no dia 15 de maio sempre há, em várias partes do mundo, conferências e celebrações para discutir e traçar projetos para o futuro da instituição familiar. Conforme: https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-internacional-das-familias.htm

– Ver também “O Dia Internacional das Famílias é celebrado no dia 15 de maio de cada ano. O Dia foi proclamado pela Assembléia Geral da ONU em 1993 com a resolução A / RES / 47/237 e reflete a importância que a comunidade internacional atribui às famílias. O Dia Internacional oferece uma oportunidade para promover a conscientização sobre questões relativas às famílias e para aumentar o conhecimento dos processos sociais, econômicos e demográficos que as famílias.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Internacional_das_Fam%C3%ADlias

No Brasil o DIA DA FAMÍLIA é comemorado em 08 de dezembro “O Dia da Família é comemorado anualmente em 8 de dezembro, no Brasil. A data tem como objetivo homenagear a família, bem como lembrar a sua importância.”: https://www.calendarr.com/brasil/dia-da-familia/

====================

SANTAS E SANTOS DE 15 DE MAIO

1.   Em Lâmp­saco, no He­les­ponto, na ac­tual Tur­quia, a paixão dos santos Pedro, André, Paulo e Di­o­nísia, (ou Denise, também na Folhinha do Coração de Jesus) mártires. († s. III).

– No Martirológio Romano-Monástico, no Helesponto, no ano da graça de 251, a paixão dos Santos Pedro, André, Paulo e Denise ou Dionísia. Ao procônsul que o intimava a sacrificar à deusa Vênus, Pedro respondeu: “É mais necessário e mais glorioso para mim oferecer o sacrifício de adoração e de oração, de compunção e de louvor ao Deus vivo e verdadeiro, a Cristo, Rei de todos os séculos” (Paixão – M).

– Ver também páginas 366-370: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “… Segundo o “Acta primorum martyrum sincera et selecta”, recolhido por Thierry Ruinart, monge beneditino e historiador, na época do imperador Décio, um jovem, belo d’alma e atraente de corpo.
O procônsul lhe perguntou: “Qual é o seu nome?” “Pedro“, ele respondeu. “Você é Cristão?”. “Sim, eu sou um cristão.” “Você tem diante de seus olhos os decretos de nossos príncipes invencíveis [os imperadores, ndt]: sacrifique, portanto, à grande deusa Vênus.”
Pedro respondeu: «Fico espantado se me persuadires, ó excelente procônsul, a sacrificar a esta mulher sem vergonha e suja, que praticou tais ações que contá-la causaria vergonha, pois até a história contigo condena a sua falta de modéstia. Se você também a chama de ímpia e prostituta pública, por que você me força a adorar e sacrificar a tal prostituta? É, pois, necessário antes oferecer ao Deus vivo e verdadeiro, a Cristo Rei de todos os tempos, um sacrifício de oração, súplica, compunção e louvor».
O procônsul então deu ordens para amarrar Pedro a uma roda de madeira, com correntes de ferro, depois mandou girar a roda, para quebrar seus ossos e esticar seus músculos. Em vez disso, o jovem, mostrando-se forte e com os olhos para o céu, disse: “Obrigado, Senhor Jesus Cristo, porque te dignaste dar-me esta resistência para vencer o tirano mais injusto”. Nesse momento, o procônsul, vendo sua perseverança e que não falhava apesar dos tormentos, ordenou que o golpeasse com a espada.
Durante o mesmo período, enquanto se preparava para ir a Trôade, três outros homens, André, Paulo e Nicômaco, foram trazidos à sua presença. Eles também foram questionados. Nicômaco prontamente respondeu: “Sou cristão”. O procônsul virou-se para os outros dois: “E o que você está dizendo?” “Nós somos cristãos”.
Ele falou novamente a Nicômaco: “Sacrifício aos deuses, como foi ordenado.” Nicômaco retrucou: “Como você sabe, um cristão não deve sacrificar a demônios.” O oficial então mandou torturá-lo na forca, mas quando estava prestes a morrer, o homem gritou: “Nunca fui cristão, mas sacrifico aos deuses!” Ele foi solto, mas logo após oferecer o sacrifício, ele caiu no chão, convulsionou e morreu.
Entre os espectadores do julgamento estava uma menina, Dionísia, de dezesseis anos. Quando viu o fim de Nicômaco, exclamou: «Miserável e infeliz homem, porque por causa de um momento muito curto você adquiriu um castigo perpétuo e indescritível!».
Assim que ouviu essas palavras, o procônsul mandou trazê-la à sua frente e perguntou se ela era cristã. “Sim”, ela respondeu, “sou cristã. Portanto, tenho pena deste infeliz, pois não soube suportar nem uma pequena dor para encontrar o descanso perpétuo ».
O procônsul respondeu: «Este homem encontrou descanso quando satisfez os deuses com sacrifícios. Mas para que ele não suportasse os insultos por causa de sua vã religião, a grande Diana e Vênus se dignaram a sequestrá-lo. Portanto, você sacrifica, para que você não, iludido, queime horrivelmente vivo”. Dionísia respondeu: ‘Meu Deus é maior do que você. Portanto, não temo suas ameaças; Ele pode me dar a resistência em todas as dores que você me causará ».
Então o procônsul mandou que dois jovens a levassem para corrompê-la; Andrea e Paolo, por outro lado, foram feitos prisioneiros. Os dois jovens a levaram para sua casa e tentaram persuadi-la a pecar. E toda vez que eles estavam prestes a estuprá-la, suas forças falhavam.
Por volta da meia-noite, apareceu um jovem muito brilhante, cuja luz encheu a sala. Os dois jovens caíram atordoados aos pés de Dionísia, que os levantou dizendo: “Não tenha medo, porque este que você vê é meu protetor e guardião, e ele veio para me salvar de você e do que eu estava exposto pelo juiz mais injusto”. Então imploraram a Dionísia que interviesse, para que nada de mal lhes fosse feito.
Na manhã seguinte, uma grande multidão, instigada por Onesicrates e Macedon, sacerdotes de Diana, reuniu-se no palácio do procônsul para pedir para entregar André e Paulo em suas mãos. O procônsul ordenou que fossem trazidos a ele e ordenou: “André e Paulo, sacrificados à poderosa deusa Diana”. Eles responderam: “Não conhecemos nem Diana nem os outros demônios que você adora; nunca adoramos ninguém além de Deus”.
Ao ouvir isso, a multidão pediu ao procônsul que os entregasse para matá-los. O procônsul, depois de tê-los açoitado, deu-os à multidão, com os pés amarrados, para apedrejá-los. Ao serem conduzidas para fora da cidade, Dionísia juntou-se a eles, depois de escapar do local onde estava encerrada, e atirou-se sobre eles gritando: “Escolhi morrer convosco aqui na terra para poder viver convosco em paraíso.”
Foi relatado ao procônsul que Dionísia permanecera virgem e expressara o desejo de morrer com André e Paulo. O procônsul, portanto, decretou que ela fosse separada deles e a decapitou.
O Martirológio Romano comemora Pedro, André, Paulo e Dionísia em 15 de maio, enquanto a Igreja Ortodoxa os lembra três dias depois. Dionísia foi confundida com um mártir de mesmo nome, cujas relíquias são veneradas na abadia de Flône, na Bélgica.

Autor: Emília Flocchini…”: http://santiebeati.it/dettaglio/53310

2.   Em Ar­vena, na Aqui­tânia, hoje Cler­mont-Fer­rand, na França, os santos Cássio e Vi­to­rino, már­tires, que, se­gundo a tra­dição, pa­de­ceram o mar­tírio no tempo de Crono, chefe dos Alamanos. († s. III).

No Martirológio Romano-Monástico, em Clermont, na Auvergne, no séc. IV, os Santos Cássio, (também na Folhinha do Coração de Jesus), Vitorino, Máximo e seus companheiros, que foram martirizados por invasores teutônicos por causa da sua fé cristã. (M)

– Ver também “… 260 Cassius, Victorinus, Maximus, & Companions MM (RM). Na Auvergne, na França, os santos mártires Cássio, Vitorino, Máximo e seus companheiros.
Esses santos foram martirizados em Clermont, Auvergne, França, pelas mãos de Chrocas, chefe dos invasores bárbaros teutônicos (benedictinos)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay15.html#260_Cassius_Victorinus_Maximus_

3.   Na Sar­denha, re­gião da Itália, São Sim­plício, presbítero. († s. III/IV)

– Ver também “… 304 Simplício da Sardenha martirizado na Sardenha M (RM). Em Fausina, na Sardenha, no tempo de Diocleciano e do governador Bárbaro, o bispo São Simplício, que foi traspassado com uma lança e assim ganhou o martírio.
São Simplício foi martirizado na Sardenha ao ser enterrado vivo durante o reinado de Diocleciano (Benedictine)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay15.html#

4*.   Em La­rissa, na Tes­sália, re­gião da Grécia, Santo Aquileu o Tau­ma­turgo, bispo, que tomou parte no pri­meiro Con­cílio Ecu­mé­nico de Ni­ceia e, ani­mado de grande zelo apos­tó­lico e todas as vir­tudes, evan­ge­lizou vá­rios povos pagãos. († s. IV).

– Ver Santo Aquiles de Lárissa Aquiles de Lárissa (em grego: Άγιος Αχίλλειος; em latimAchillius[1] ou Achilius[2]), também chamado de Ailus,[3] Áquila (Achillas),[1] foi um dos 318 bispos que participaram do Primeiro Concílio de Niceia. Ele é comemorado como santo no dia 15 de maio.[4]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Aquiles_de_L%C3%A1rissa

5*.   Em Autun, na Gália Li­o­nense, na ho­di­erna França, São Re­tício, bispo, que Santo Agos­tinho re­corda como per­so­na­li­dade de grande au­to­ri­dade na Igreja e São Je­ró­nimo ad­mira como bom exe­geta da Sa­grada Escritura. († s. IV).

– Ver “São Retício (ou ReticiusRheticus ou Rheticius) (em francês: Saint Rhétice) foi um bispo de Autun do século IV dC, o primeiro cujo nome é conhecido de acordo com a Enciclopédia Católica. Ele era um galo-romano e um escritor eclesiástico e serviu como bispo desta Sé de por volta de 310 até 344 dC[1].”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ret%C3%ADcio_de_Autun

6.   Na Etiópia, São Caleb ou Elésban, rei, que, para de­sa­gravar os már­tires de Na­gran, em­pre­endeu o com­bate contra os ini­migos de Cristo e, se­gundo a tra­dição, de­pois de ter en­viado, no tempo do im­pe­rador Jus­tino, o seu di­a­dema régio para Je­ru­salém, abraçou a vida mo­nás­tica, a que se com­pro­me­tera por voto, até partir deste mundo ao en­contro do Senhor. († c. 535)

7.   Em Sep­têm­peda, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, São Se­ve­rino, bispo, cujo nome foi dado à cidade. († data inc.)

– Ver “… Também conhecido como

  • Severino de Nápoles
  • Severino

Memorial

Perfil

Irmão de São Vitorino de Camerino . Os dois irmãos distribuíram suas riquezas aos pobres de sua área, depois se retiraram para viver como eremitas em Monte Nero, na Itália . Ordenado pelo Papa Vigilius para se tornar Bispo de Septempeda, uma área nas Marcas de Ancona, Itália . Severino teve tanto sucesso em reviver a fé em sua diocese que a cidade agora é conhecida como San Severino Marche em sua homenagem.

Nascer

Faleceu

Canonizado

Patrocínio

informação adicional

Citação MLA

8*.   Em Bingen, junto ao rio Reno e perto de Mo­gúncia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, São Ro­berto (Ruperto), duque, que, ainda jovem fez uma pe­re­gri­nação ao tú­mulo dos Após­tolos e, de re­gresso aos seus do­mí­nios, cons­truiu muitas igrejas; aos vinte e um anos de idade, ador­meceu no Senhor. († s. VIII)

– Ver páginas 373-374: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

Ver “Ruperto de Bingen (em alemãoRupert von Bingen712 — 732) foi um santo da alemão, filho do pagão Robolaus e da nobre cristã Bertha de Bingen, que veio a ser também santificada. Com a morte do pai o menino foi educado como cristão. Com quinze anos fez uma peregrinação a Roma, e por isso é tido como o padroeiro dos peregrinos. Voltando para a Alemanha usou sua herança para construir igrejas, e faleceu com apenas vinte anos de “febre”.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ruperto_de_Bingen

9.   Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, a co­me­mo­ração de São Vi­te­sindo, mártir, que por medo dos Mouros aban­donou a fé cristã; mas de­pois, re­cu­sando pú­bli­ca­mente pra­ticar esse culto ma­o­me­tano, foi morto em ódio à fé cristã. († 855)

10.   Em Ma­drid, na re­gião de Cas­tela, na Es­panha, Santo Isidro, (ou Isidoro) la­vrador, que, com sua es­posa, a Beata Maria da Ca­beça, tra­ba­lhando ar­du­a­mente e pro­cu­rando pa­ci­en­te­mente mais os frutos do Céu que os da terra, se tornou um exemplo de grande pi­e­dade para o agri­cultor cristão. († c. 1130).

No Martirológio Romano-Monástico, na Espanha, perto de 1130, Santo Isidoro Agricultor (também na Folhinha do Coração de Jesus). Empregado de um rico proprietário de Madri, visitava as Igrejas antes de começar a trabalhar e mostrava grande generosidade para com os mais pobres do que ele. O corpo do santo foi encontrado intacto cinco séculos após sua morte e Isidoro recebeu as honras da canonização em 1622 a pedido de Filipe III (X).

– Ver também páginas 363-365: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver também “Isidoro, o Lavrador (Madrid, c. 1070 – 15 de maio de 1130) é um santo da Igreja Católica Romana. Canonizado em 1622 pelo papa Gregório XV, a sua festa é celebrada no dia 15 de Maio. É padroeiro principal da sua cidade natal, Madrid, e também dos lavradores.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Isidoro,_o_Lavrador

– Ver ainda “…  Em sua juventude foi mantido servo por um cavalheiro chamado João de Vargas de Madri, para cultivar sua terra e fazer seu trabalho de lavoura. O santo depois tomou por esposa uma mulher virtuosa, chamada Maria Toribia. Aqueles que a chamam de la Cabeza foram enganados por uma capela a que se dá esse nome, porque nela se guarda a cabeça. Após o nascimento de um filho, que morreu jovem, os pais, por mútuo consentimento, serviram a Deus em perfeita continência.

Santo Isidoro continuou sempre a serviço do mesmo mestre…

… Ele também inspirou sua esposa com a mesma confiança em Deus, o mesmo amor aos pobres e o mesmo desprendimento das coisas deste mundo: ele fez dela a fiel imitadora de suas virtudes e parceira de suas boas obras. Ela morreu em 1175, e é homenageada na Espanha entre os santos. Sua veneração imemorial foi aprovada pelo Papa Inocêncio XII em 1697

… Repetindo atos inflamados de amor divino, expirou em 15 de maio de 1170, com quase sessenta anos de idade…”: https://catholicsaints.info/butlers-lives-of-the-saints-saint-isidore-patron-of-madrid-labourer/

  • – Ver também SANTO ISIDORO, O AGRICULTOR.  Isadore o Fazendeiro
  • Isidoro Bonden
  • Isidoro de Madri
  • Isidoro, o Operário
  • Isidro Labrador
  • Isidoro, o Trabalhador
  • Isidoro l’agricoltore

Memorial

Perfil

Agricultor piedoso. Casado com Santa Maria de la Cabeza (memória em 9 de setembro) . O filho deles morreu jovem; eles se convenceram de que era a vontade de Deus que eles não tivessem filhos , e viveram juntos castamente o resto de suas vidas, fazendo boas obras. Acusado por colegas de trabalho de se esquivar de seus deveres, indo à missa todos os dias, tirando um tempo para as orações , etc. Isidoro afirmou que não tinha escolha a não ser seguir o mais alto Mestre. Um conto diz que quando seu mestre veio de manhã para castigá-lo por faltar ao trabalho para a igreja, ele encontrou anjos arando os campos no lugar de Isidoro. Milagrese curas relatadas em seu túmulo, no qual seu corpo permanece incorrupto.

Nascer

Faleceu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Vitrine

informação adicional

Leituras

Ó Deus , que ensinaste a Adão a arte simples de lavrar a terra, e que por Jesus Cristo, a verdadeira videira, te revelaste o lavrador de nossas almas, digna-te, rogamos, pelos méritos do Beato Isidoro, incutir em nossos corações um horror ao pecado e um amor à oração, para que, trabalhando a terra no suor do nosso rosto, possamos, com Cristo nosso Senhor, gozar a felicidade eterna no céu. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Um homem. 

– Oração a Santo Isidoro, Padroeiro dos Agricultores ; a partir da obra, agosto de 1953

Citação MLA

11.   Em Aix-en-Pro­vence, na França, o Beato André Abellon, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, que re­novou nos con­ventos a ob­ser­vância re­gular, ad­mi­nis­trando-os com be­ne­vo­lência e sobriedade. († 1450).

Ver páginas 375-376: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

12. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Pacômio, abade, morto na Tebaida em 346. Testemunha da caridade cristã para com os prisioneiros no tempo de seu serviço militar, converteu-se e pediu o hábito monástico ao eremita São Palamon. Sete anos mais tarde, uma voz divina o mandou “construir uma casa em Tabenesse, para nela reunir muitos irmãos”. São Pacômio é, assim, considerado fundador do monaquismo cenobítico (B).

13. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, os Santos Torquato (também na Folhinha do Coração de Jesus), Ctésifo, Segundo, Indalécio, Cecílio, Esíquio (Hesíquio) e Eufásio, considerados pela tradição como os primeiros apóstolos da Espanha. (M)

Santo Hesíquio de Casorla. Ver “Santo Hesíquio (em espanholSan Hesiquio[1] é venerado como o santo padroeiro da cidade de Cazorla, na Espanha

Hesíquio é um dos “sete varões apostólicos“, que foram sete clérigos cristãos ordenados em Roma pelos santos Pedro e Paulo, enviados para envagelizar a Hispânia. Além de Hesíquio, este grupo incluia os santos Torcato de AcciCecílioTesifonteEufrásioIndalécio e Segundo.

A identificação dos lugares onde ele teria realizado a evangelização é pouco precisa: algumas fontes afirmam que Carcere ou Carcesi não seria Cazorla e sim Cieza.[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hes%C3%ADquio_de_Cazorla

14. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em meados do séc. IV, São Prímaclo. Originário das Ilhas Britânicas, levou vida eremítica na Bretanha, onde numerosas igrejas foram-lhe dedicadas (X).

15. São Francoveu, confessor. Ver páginas 371-372: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

16. Santa Joana de Lestonac. Ver “Joana de Lestonnac (Bordéus27 de dezembro de 1556 — 2 de fevereiro de 1640) foi a fundadora da Companhia de Maria, uma ordem religiosa que tinha como missão educar as jovens da época.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Joana_de_Lestonnac

17. Em Ghéel, no Bra­bante, ter­ri­tório da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Bél­gica, Santa Dimpna, virgem e mártir. († s. VII/IX).

– Ver “Santa Dymphna… Também conhecida como Dimpna, Dympne. Sua memória era 15 de maio. Desde 2004 é 30 de maio. O local onde ela morreu é conhecido por suas curas milagrosas de loucos e possuídos . Agora existe uma instituição bem conhecida no local, e suas relíquias curam a insanidade e a epilepsia.”: http://catholicsaints.info/saint-dymphna/

– Ver “padroeira dos psicólogos e psiquiatras; doenças mentais; enfermidades neurológicas; viciados; vítimas de incesto… Santa Dimpna era a filha de um rei irlandês pagão e de sua esposa cristã no século VII e que foi assassinada por seu pai. A história de Santa Dimpna foi relatada pela primeira vez no século XIII num cânone da Igreja de Santo Alberto em Cambrai, encomendado pelo bispo da cidade, Guido I. O autor afirma expressamente que seus escritos foram baseados numa tradição oral muito antiga e em persistentes histórias de curas milagrosas e inexplicáveis de pessoas acometidas por doenças mentais[1]. Seu dia é comemorado pela Igreja Católica em 30 de maio, conforme o Martirológio Romano.: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dimpna

– Ver também “(tradução do google) … Na verdade, após a descoberta de suas relíquias no século XIII, um assentamento inteiro se desenvolveria em torno da veneração de St. Dymphna, tendo como modelo o conceito tradicional da igreja como “hospital espiritual”.

St. Dymphna recebeu a coroa do martírio em defesa de sua castidade em algum momento entre 620 e 640 d.C. aos quinze ou dezesseis anos.

… Inicialmente, os peregrinos que precisavam de cura foram alojados em um pequeno anexo ou enfermaria construído na Igreja de St. Dymphna. Após a alta, foram colocados nas casas das famílias que viviam na aldeia. A partir deste pequeno começo e sob o patrocínio de St. Dymphna, os habitantes de Gheel tornaram-se conhecidos pelos cuidados que deram àqueles com doenças mentais. A cidade possui um sanatório de primeira classe, um dos maiores e mais eficientes estabelecimentos para doentes mentais do mundo. Gheel foi o primeiro a iniciar um programa de esperança onde os doentes mentais, uma vez libertados do cuidado institucional, poderiam levar realisticamente vidas normais e produtivas nas casas dos agricultores e moradores locais. Os pacientes, que são membros valiosos dessas “famílias adotivas”, ajudam com as tarefas e trabalham na medida de sua capacidade. O poder das intercessão de St. Dymphna é evidenciado pelo trabalho incrivelmente compassivo do povo de Gheel para os doentes mentais, bem como pelo progresso e capacidade dos pacientes de viver de forma plena e eficaz. Esta colaboração só pode ter sido trazida através de meios celestiais, neste caso, o patrocínio amoroso de St. Dymphna.”: http://www.saintsmaryandmarthaorthodoxmonastery.org/newsletter_Jan2006.html

– Ver ainda “Santa Dymphna… Também conhecida como Dimpna, Dympne. Sua memória era 15 de maio. Desde 2004 é 30 de maio. O local onde ela morreu é conhecido por suas curas milagrosas de loucos e possuídos . Agora existe uma instituição bem conhecida no local, e suas relíquias curam a insanidade e a epilepsia.”: http://catholicsaints.info/saint-dymphna/

– Ver também: https://catholicsaints.info/saint-dymphna/

– Ver ainda: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay15.html#650_Saint_Dymphna_Many_miracles_have

18. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 15 DE MAIO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Isidoro, o Fazendeiro (Memorial Opcional) — Aquiles de Larissa Editor da Campânia Álvardo André Abellon Bercthun de Beverley Berta de Bingen Cecílio de Granada Cesareia de Otranto Clemente de Bressanone Colman Mc O’Laoighse Ctesifão de Verga Dachona de Connor Diego de Valdieri Elzbieta Roza Czacka Eufrásio de Andujar Fiorenzo da Populônia Gerebernus Hallvard de Oslo Hesíquio de Gibraltar Hilário de Galeata Indalécio de Urci Isaías Máximo de Clermont Nicolau, o Místico Rheticus de Autun Ruperto de Bingen Secundus de ÁvilaSeverino de Septempeda Simplício da Sardenha Sofia de Roma Waldalenus de Beze — Todos os Bispos de Maastricht Mártires de Maleville Mártires da Pérsia Mártires de Lampsaco André de Trôade Denysa de Troas Paulo de Trôade Pedro de Lampsaco Martirizado em Clermont Cássio Victorino Mártires de Pavia Bônus Paolinus Satério Martirizado na Guerra Civil Espanhola Joan Montpeó Masip — Cartago Dubhlitir de Finglas Eutizio de Ferento Girolamo de Mondovi Witesindo de Córdoba
todos esses memoriais em uma única página

19. Outros santos do dia 15 de maio: págs. 363-378 (vol.08): obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS DOS SANTOS – 8.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 15 de maio, ver ainda: 15 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 399-401: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/15-may/
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay15.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada

  poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa   

   infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo

serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outrotipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…………………………………………………………………………………………………………………… ”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (………………………………………………………………… ) Ó misericórdia! O

meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança; convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem, e defendei-nos de todo o mal.

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
  • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
  • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
  • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos); 4. Um dia vamos estar juntos;
  • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 14 de maio

1. Festa de São Ma­tias (também na Folhinha do Coração de Jesus), Após­tolo, que se­guiu o Se­nhor Jesus desde o bap­tismo de João até ao dia em que Cristo subiu ao Céu; por isso, de­pois da As­censão do Se­nhor, foi cha­mado pelos Após­tolos para ocupar o lugar do traidor Judas, a fim de que, con­tado entre os Doze, fosse tes­te­munha da ressurreição.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, festa de São Matias, Apóstolo, que foi contado entre as “testemunhas da Ressurreição do Senhor” por ter acompanhado os outros Apóstolos e vivido com Jesus, desde o batismo de João até a Ascensão. De acordo com uma tradição, levou o Evangelho para a Etiópia, onde deu a vida por Cristo. (R) ).

– “São Matias, apóstolo. Com a deserção e morte de Judas Iscariotes, o colégio dos 12 apóstolos ficou desfalcado. Precisou que alguém se juntasse aos onze para testemunhar a ressurreição de Jesus. Dois homens se apresentaram: um tal de José, chamado Barsabás, e Matias. Depois de uma oração, fizeram um sorteio. E a sorte caiu para Matias, o que viram ser escolha de Deus. Assim, Matias “foi juntado ao número dos onze apóstolos” (cf. At 1,15-17.20-26). São Matias intercede por nós lá do céu. Assim, confiando na sua intercessão e, ao mesmo tempo, sentindo a alegria de sermos amados por Deus, a Ele pedimos que nos conceda merecer ser contados entre os seus eleitos”. Frei José Ariovaldo da Silva, OFM (Folhinha do Coração de Jesus de 13.05.2020).

– Ver VIDAS DOS SANTOS, 24 de fevereiro. São Matias Apóstolo. Ver págs. 394-395:

http://obrascatolicas.com/livros/biografia/vidas%20dos%20santos%20-%203.pdf

– Ver “São Matias ou Matias Apóstolo foi, segundo a Bíblia, o discípulo escolhido para substituir Judas Iscariotes como apóstolo de Jesus CristoSão Matias ou Matias Apóstolo foi, segundo a Bíblia, o discípulo escolhido para ocupar o lugar que Judas Iscariotes abandonou para viver seu destino…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Matias_(ap%C3%B3stolo)

Ver também (São Matias em 24 de fevereiro): nos anos bissextos era neste dia (24 de fevereiro) que começava a usar-se a 2ª letra dominical do ano. Na Idade Média, muitas vezes as instruções referiam apenas que a 1ª letra dominical dos anos bissextos servia até dia de São Matias e nesse dia se tomava a 2ª, porque durante séculos o dia 24 de Fevereiro era o dia de festa do Apóstolo (São Matias), posteriormente mudada para o dia 14 de Maio. Conforme: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/24_de_fevereiro

– Ver “… 1º v. SÃO MATIAS, APÓSTOLO. CLEMENTE DE ALEXANDRIA diz que segundo a tradição São Matias foi um dos setenta e dois discípulos que nosso Senhor enviou, dois a dois, durante o Seu ministério, e isso é afirmado também por Eusébio e por São Jerônimo.
   Sabemos pelos Atos dos Apóstolos que ele esteve constantemente com o Salvador desde o momento de Seu batismo até Sua ascensão. Quando São Pedro logo depois declarou que era necessário eleger um décimo segundo apóstolo no lugar de Judas, dois candidatos foram escolhidos como mais dignos, José chamou Barsabás e Matias. sortes, e a sorte caiu sobre Matias, que foi, portanto, contado com os onze e classificado entre os apóstolos. Ele recebeu o Espírito Santo com o resto em breve depois da sua eleição e aplicou-se com zelo à sua missão.
   É afirmado por Clemente de Alexandria que ele era notável por sua insistência na necessidade de mortificar a carne para subjugar os apetites sensuais – uma lição que ele aprendeu com Cristo e que ele mesmo praticava fielmente.

A primeira parte de seu ministério foi passada, nos dizem, na Judéia, mas depois ele foi para outras terras. Segundo os gregos, ele plantou a fé na Capadócia e nas costas do Mar Cáspio; ele sofreu grande perseguição e maus-tratos do povo selvagem entre os quais trabalhou, e finalmente recebeu a coroa do martírio em Cólquida. Não sabemos nada com certeza sobre a maneira de sua morte, mas o grego Menaia e outras fontes lendárias dizem que ele foi crucificado.
Diz-se que seu corpo foi mantido por muito tempo em Jerusalém e foi trasladado de lá para Roma por Santa Helena.

Além da curta passagem dos Atos dos Apóstolos, não possuímos nenhuma fonte confiável de informações sobre São Matias, mas há uma boa quantidade de literatura apócrifa relacionada ao seu nome. Em particular, os “Atos de André e Matias na cidade dos canibais” é uma ficção grega, datada por alguns já no século II, que teve ampla circulação. Temos traduções em armênio sírio, copta e até uma adaptação em anglo-saxão. Além disso, Orígenes já conhecia em seu tempo um apócrifo; “ Evangelho de Matias”, e tem havido muita discussão sobre se isso é idêntico a um documento do qual Clemente de Alexandria cita uma frase ou duas sob o nome de Tradições”. 

 de Matias. Ver, por exemplo, Hennecke, Handbuch zu den Neutestamentlichen Apokryphen, pp. 90-91, 238, 544 . Orthodoxe Kirche 9. August Katholische und Evangelische Kirche: 24. Februar Anglikanische Kirche: 14. Mai (oder 24. Februar)

De acordo com Atos 1:15-26, durante os dias após a Ascensão, Pedro se levantou no meio dos irmãos (cerca de 120 seguidores de Jesus). Agora que Judas havia traído seu ministério, era necessário, disse Pedro, cumprir a recomendação bíblica: “Que outro tome seu cargo”. “Portanto, é necessário que um dos homens que nos acompanhou durante todo o tempo em que o Senhor Jesus veio e passou entre nós, desde o batismo de João até o dia em que de nós foi arrebatado, se torne conosco testemunha de sua ressurreição” (Atos 1:21-22)
Eles nomearam dois homens: José Barsabás e Matias. Eles oraram e sortearam. A escolha recaiu sobre Matthias, que foi adicionado aos Onze.  Matias não é mencionado pelo nome em nenhum outro lugar do Novo Testamento.

Comentário: Qual era a santidade de Matias? Obviamente, ele era adequado para o apostolado pela experiência de estar com Jesus desde seu batismo até sua ascensão. Ele também deve ter sido adequado pessoalmente, ou não teria sido nomeado para uma responsabilidade tão grande. Não devemos nos lembrar que a santidade fundamental de Matias foi receber com alegria a relação com o Pai oferecida por Jesus e completada pelo Espírito Santo? Se os apóstolos são os fundamentos de nossa fé por seu testemunho, eles também devem ser lembretes, mesmo que apenas implicitamente, de que a santidade é inteiramente uma questão de doação de Deus, e é oferecida a todos, nas circunstâncias cotidianas da vida. Recebemos, e mesmo para isso Deus supre o poder da liberdade.

Citação: Jesus fala da função dos apóstolos de serem juízes, isto é, governantes. Ele disse: “Amém, eu lhes digo que vocês que me seguiram, na nova era, quando o Filho do Homem estiver assentado em seu trono de glória, vocês mesmos se sentarão em doze tronos, julgando as doze tribos de Israel” (Mateus 19:28).

São Matias Apóstolo – Judéia, Capadócia e Mar Cáspio
Como alguém se qualifica para ser apóstolo?
O primeiro ato dos apóstolos após a Ascensão de Jesus foi encontrar um substituto para Judas. Com todas as perguntas, dúvidas e perigos que enfrentavam, eles escolheram focar sua atenção em encontrar um décimo segundo apóstolo. Por que isso era importante? Doze era um número muito importante para o Povo Escolhido: doze era o número das doze tribos de Israel. Para que o novo Israel viesse dos discípulos de Jesus, era necessário um décimo segundo apóstolo.

Mas Jesus havia escolhido os doze originais. Como eles poderiam saber quem ele escolheria?
Cento e vinte pessoas estavam reunidas para oração e reflexão no cenáculo, quando Pedro se levantou para propor o caminho para fazer a escolha.

Pedro tinha um critério, que, como André, Tiago, João e ele mesmo, o novo apóstolo fosse alguém que tivesse sido discípulo desde o início, desde seu batismo por João até a Ascensão. A razão para isso era simples, o novo apóstolo deveria se tornar uma testemunha da ressurreição de Jesus. Ele deve ter seguido Jesus antes que alguém o conhecesse, ficou com ele quando fez inimigos e acreditou nele quando falou da cruz e de comer seu corpo – ensinamentos que fizeram outros derreterem.
Dois homens se encaixam nessa descrição – Matias e José chamados Barsabás. Eles sabiam que esses dois homens estiveram com eles e com Jesus durante todo o seu ministério. Mas qual deles teve o coração para se tornar uma testemunha de sua ressurreição. Os apóstolos sabiam que somente o Senhor poderia saber o que estava no coração de cada um. Eles lançaram sortes para descobrir a vontade de Deus e Matias foi escolhido. Ele era o décimo segundo apóstolo e o grupo estava inteiro novamente enquanto esperavam a vinda do Espírito Santo.
Essa é a primeira vez que ouvimos falar de Matthias nas Escrituras, e as lendas laSaint como os Atos de André e Matthias testemunham a aceitação entusiástica de Matthias de tudo o que ser um apóstolo significava, incluindo evangelização, perseguição e morte no serviço do Senhor.
Como alguém se qualifica para ser um apóstolo?
Clemente de Alexandria diz que Matias, como todos os outros apóstolos, não foi escolhido por Jesus pelo que já era, mas pelo que Jesus previu que ele se tornaria. Ele foi eleito não porque era digno, mas porque se tornaria digno. Jesus escolhe todos nós da mesma maneira. 

O que Jesus quer que você se torne? 

Em Seus Passos:
Você já se sentiu como uma reflexão tardia, um retardatário? Ou você já se ressentiu de alguém novo que foi adicionado ao seu grupo? Tente ver sua comunidade como incompleta sem o recém-chegado, seja você ou outra pessoa. Dê as boas-vindas a todos os recém-chegados à sua paróquia, trabalho ou comunidade familiar esta semana como alguém escolhido por Deus. Oração:

São Matias, ore para que possamos nos tornar testemunhas dignas da ressurreição de Jesus
 na maneira como vivemos a vida eterna que temos agora….”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay14.html#St._Matthias

2.   Na pro­víncia da Ásia, na ac­tual Tur­quia, São Má­ximo, mártir, que, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Décio, se­gundo a tra­dição, por ape­dre­ja­mento en­tregou o es­pí­rito a Deus. († c. 250)

3.   Em Ci­miez, na Pro­vença, ac­tu­al­mente na França, São Pôncio, mártir. († c. s. III).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 258, São Pôncio. Nascido em Roma de família pagã, converteu-se à fé cristã, distribuiu seus bens aos pobres e consagrou-se à pregação. Quando estourou a perseguição, ele refugiou-se em Cimiez, perto de Nice, onde sofreu o martírio (M)

(Há outro São Pôncio em 08 de março)

4.   Na Síria, os santos Vítor e Co­rona, que so­freram ao mesmo tempo o martírio. († c. s. III).

– Ver ‘Vítor e Corona são dois mártires cristãos. A maior parte das fontes afirma que eles foram mortos na Síria na época do imperador romano Marco Aurélio. Porém, os vários textos hagiográficos discordam sobre o local do martírio, com alguns afirmando que foi em Damasco, enquanto que as fontes coptas afirmam que foi em Antioquia. Algumas fontes ocidentais citam Alexandria ou a Sicília. As diversas versões também discordam sobre a data do evento e eles podem ter morrido também na época de Antonino Pio ou de Diocleciano, enquanto que o “Martirológio Romano” afirma que foi no século III em que eles foram mortos.[1]’: https://pt.wikipedia.org/wiki/V%C3%ADtor_e_Corona

5.   Na ilha de Quios, na ac­tual Grécia, Santo Isi­doro, mártir, que, se­gundo a tra­dição, foi lan­çado num poço. († s. III)

6.   Em Aqui­leia, na Ve­nécia, hoje no Friúli-Ve­nécia Giúlia, re­gião da Itália, os santos Félix e For­tu­nato, que hon­raram esta ci­dade com o seu glo­rioso martírio. († s. IV)

7.   Na ilha da Sar­denha, re­gião da Itália, a co­me­mo­ração das santas Justa e He­re­dina, mártires. († s. III/IV)

Na Sardenha, no séc. II, a paixão de Três Cristãos que não hesitaram em derramar o sangue por Cristo, conforme o Martirológio Romano-Monástico (M).

– Ver “… 130 Santa Justa Mártir da Sardenha com Justina e Henedina. Foram martirizadas em Cagliari ou em Sassari.
Na Sardenha, as santas mártires Justa, Justina e Henedina…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay14.html#130_St._Justa_Martyr_of_Sardinia_with

– Ver também “… Santos GIUSTA, GIUSTINA e ENEDINA, venerados na Sardenha.
Desconhecido para as antigas fontes hagiográficas, eles foram introduzidos pelo Baronio no Martirológio Romano em 14 de maio sob a autoridade de escritores da Sardenha que relataram apenas tradições locais. De acordo com essas tradições, os três santos foram sepultados e venerados na catedral da cidade episcopal de Santa Giusta, que já existia no século XII, mas se juntou a Oristano no início do século XVI, e que teria levado seu nome do primeiro dos três mártires. Independentemente do Baronio, Ferrari também os incluiu em suas obras, afirmando que nenhum deles existia; em vez disso, em 1616, um certo Martis, cônego da catedral de Oristano, publicou uma biografia dos mártires dizendo que a havia descoberto em um antigo códice. De acordo com este escrito evidentemente fabricado por Martis, Giusta nasceu em Eaden de mãe pagã, chamado Cleodonia; educada na religião cristã pelo bispo Ottazio, ela teve que suportar a perseguição de sua mãe que queria torná-la apóstata, até ser condenada à morte junto com Justina e Enedina, na época do imperador Adriano.
Seu culto é difundido na Sardenha e onze igrejas são dedicadas apenas a Giusta. Como não existem documentos locais antigos e confiáveis ​​desses mártires e os próprios escritores da Sardenha os atribuem não apenas a Oristano, mas também a Torres e Cagliari (alguém até afirma saber que eles teriam morrido sob Diocleciano e enterrados na cripta de San Restituta desta última cidade) a opinião de Lanzoni parece provável, também aceita por Delehaye, segundo a qual seriam dois ou três mártires africanos, venerados na Sardenha e com o passar do tempo acreditados como locais. De fato, Giusta é comemorado no Martirológio Gerônimo em 15 de julho e em outros dias como mártir de Cartago e é venerado em outras cidades da Córsega e do sul da Itália; Giustina seria uma duplicação de Giusta… Autor: Celestino Zancudi…”: http://santiebeati.it/dettaglio/53120

8*.   Em Ar­vena, na Aqui­tânia, hoje Cler­mont-Fer­rand, na França, Santo Abrún­culo, bispo, que, ex­pulso da sede epis­copal de Lan­gres por Gun­de­baldo, rei de Bor­gonha, ao chegar a Cler­mont foi eleito bispo desta Igreja. († 488)

9.   Também em Cler­mont-Fer­rand, São Galo, bispo, homem hu­milde e pa­cí­fico, que foi tio pa­terno de São Gre­gório de Tours. († 551).

– Ver “Galo nasceu na segunda metade do século V na diocese de Auvergne. Foi bispo de Clermont entre 527 e 551. [1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Galo_de_Clermont

10*.   Em Lis­more, na Ir­landa, São Car­tago, bispo e abade. († 638)

– Ver “… Ele nasceu por volta de 555 de Fingen, pertencente à tribo Ciarregi, que vivia no atual município de Ciarregh (ou Kerry). Mudou seu nome verdadeiro, Mochuda, para Cartaco, em homenagem ao bispo Cartaco, que tanto participou de sua formação juvenil. Tendo se tornado sacerdote por volta de 580, retirou-se com alguns de seus companheiros para o eremitério de Kiltallagh em seu país natal, onde permaneceu por quatorze anos. Ele então se mudou para o famoso Mosteiro de Bangor, cuja escola atraiu estudantes até da Europa continental e foi o primeiro centro intelectual da Irlanda.
Em 595, fundou o mosteiro de Rathin (agora Rahen) no condado de Westmeath, onde atraiu um grande número de discípulos, para os quais compilou uma regra na antiga língua irlandesa; chegou até nós escrito em verso, para que as máximas fossem mais facilmente impressas na memória dos monges. Por volta da Páscoa de 635, expulso de Rathin com toda a sua comunidade, fixou residência perto do rio Blackwater. Aqui ele fundou a famosa abadia de Lismore, que logo se tornou uma cidade e de cuja diocese Cartaco foi o primeiro bispo. Ele morreu em 14 de maio de 638, pouco depois de erguer a igreja da catedral. Seu túmulo foi descoberto em 1891 pelo arqueólogo MWH Grattan-Flood. O festival é celebrado em toda a Irlanda em 14 de maio; o culto foi aprovado em 19 de junho de 1903. Autor: Faustino Mostardi…”: http://santiebeati.it/dettaglio/53160

11*.   No mos­teiro de Fon­te­nelle, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, Santo Erem­berto, que foi bispo de Tou­louse e de­pois abraçou a vida monástica. († 674)

– Ver “Santo Eremberto de Toulouse. Segundo uma Vita que, em sua primitiva redação, provavelmente datada do início do século VIII, Eremberto nasceu em Villiolicourt, perto de Le Pecq, sob o reinado de Dagoberto (623-39) ou Clóvis II (639-57). Entrou no mosteiro de Fontenelle quando São Vandregisilo era abade lá (649-68), depois foi nomeado bispo de Toulouse pelo rei Clotário III (657-73). A Vita assegura que em Toulouse Eremberto se destacou por todas as virtudes, mas não dá detalhes sobre sua atividade episcopal. Depois de algum tempo, ele retornou a Villiolicourt, onde apagou um incêndio jogando sua cruz nas chamas. Por fim, retirou-se para a Abadia de Fontenelle, dirigida por San Lamberto (668-78), e ali faleceu em 14 de maio. Sepultado pela primeira vez na cripta da basílica de São Paulo, seu corpo foi transferido em 30 de abril de 704 para a abside desta mesma basílica.
Em muitos pontos esta Vida está em contradição com as informações fornecidas por documentos de certo valor, e parece sobretudo destinada a justificar a doação à Abadia de Fontenelle da posse de Villiolicourt. Parece, portanto, que deve ser corrigido da seguinte maneira. Nascido por volta de 610 ou 620, Eremberto teria caminhado para o episcopado não por se tornar monge em Fontenelle, mas por exercer uma função na corte de Clóvis II ou Clotário III. Nomeado bispo de Toulouse, deveria ter abandonado a sua sede por motivos políticos, na sequência dos rearranjos de territórios causados ​​pela remoção de Dagoberto II em 661. Na altura, em Villiolicourt, teria tentado estabelecer uma comunidade monástica em torno de uma pequena basílica dedicada a San Saturnino, o santo padroeiro de Toulouse. Diferenças dentro da comunidade o teriam levado a deixá-la e ingressar na de Fontenelle, onde fez sua profissão, especifica a excelente Vie de Saint Ansbert, apenas sob a abadia de San Lambert, portanto em 668-78. Após a sua morte, ocorrida por volta de 674, a posse de Villiolicourt foi retirada aos monges que a ocupavam e entregue ao abade de Fontenelle que ali estabeleceu um convento.
Eremberto é celebrado no dia 14 de maio na diocese de Toulouse. Em Fontenelle a tradução de 704 foi celebrada em 30 de abril e outra tradução que ocorreu em 1027 em 1º de junho. Autor: Philippe Rouillard…”: http://santiebeati.it/dettaglio/53170

12*.   Em San­tarém, ci­dade de Por­tugal, o Beato Gil (Egídio) de Vouzela, pres­bí­tero, que, de­pois de exercer a me­di­cina em Paris, aban­donou a sua vida dis­so­luta e in­gressou na Ordem dos Pre­ga­dores, su­pe­rando todas as ten­ta­ções por meio de lá­grimas, ora­ções e abstinências. († 1265)

– Ver páginas 352-355: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver também “Dom Gil Rodrigues de ValadaresO.P., também conhecido sob os nomes de São Frei Gil de PortugalSão Frei Gil de Vouzela, terra do seu nascimento, São Frei Gil de Santarém, local do seu falecimento, ou simplesmente São Frei Gil, foi um frade dominicano médicotaumaturgoteólogo e pregador português dos séculos XII e XIII, beatificado pelo papa Bento XIV a 9 de Maio de 1748. É um dos beatos portugueses com maior projecção nacional e internacional.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Frei_Gil

13*.   Em Saint Mary of the Woods, lo­ca­li­dade pró­xima de In­di­a­nó­polis, nos Es­tados Unidos da Amé­rica do Norte, Santa Te­o­dora (Ana Te­resa Guérin), virgem da Con­gre­gação das Irmãs da Pro­vi­dência, que, tendo nas­cido na França, apesar das enormes ad­ver­si­dades, sempre con­fiada na di­vina pro­vi­dência ori­entou com grande es­pí­rito de mi­se­ri­córdia a nas­cente co­mu­ni­dade da­quele lugar. († 1856)

14.   No ter­ri­tório de Bétharram, perto de Pau, na ver­tente fran­cesa dos montes Pi­re­neus, São Mi­guel Garicots, pres­bí­tero, que fundou a So­ci­e­dade dos Sa­cer­dotes Mis­si­o­ná­rios do Sa­grado Co­ração de Jesus. († 1863).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na diocese de Bayonne, em 1863, São Miguel Garicoïts. Nascido no País Basco de uma simples família de camponeses, depois de ordenado foi nomeado superior do seminário maior de Betharram, nos Pirineus. Dez anos mais tarde, estabeleceu naquela casa a Sociedade dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, destinados a evangelizar as regiões descristianizadas do interior e a servir em igrejas e lugares de peregrinação. (X).

Ver páginas 356-357: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

15.   Em Nízza Mon­fer­rato, no Pi­e­monte, re­gião da Itália, Santa Maria Do­mingas Mazzarello  (também na Folhinha do Coração de Jesus), que, com São João Bosco, fundou o Ins­ti­tuto das Fi­lhas de Maria Au­xi­li­a­dora para a ins­trução das jo­vens po­bres, pro­ce­dendo sempre com ad­mi­rável pru­dência e caridade. († 1881).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Piemonte, no ano da graça de 1881, a Bem-Aventurada Maria-Domenica Mazzarello, virgem, que reuniu inicialmente um grupo de meninas para ensinar-lhes o catecismo. Segundo o desejo de São João Bosco, sua obra tomou o nome de Congregação de Maria Auxiliadora. (X).

Ver páginas 334-351: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

16.  Santa Petronila de Moncel, na Folhinha do Coração de Jesus deste 14 de maio. Também é comemorada em 01 de maio.

– Ver 01 de maio: Em Moncel, no território de Beauvais, na França, a Beata Petronila, virgem, primeira abadessa do mosteiro das Clarissas deste lugar. († 1355)

– Ver também:

a) https://www.elconfidencial.com/alma-corazon-vida/2020-05-01/santoral-1-mayo_2552340/

b) http://www.deronda.es/servicios/santo/santoral-mensual/santoral-mayo.html

17. São Bonifácio de Tarso, mártir. Ver páginas 326-333: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver também “Bonifácio de Tarso foi, segundo a lenda, executado por ser cristão no ano de 307 em Tarso, na Cilícia, para onde ele havia ido para trazer de volta para Roma relíquias de mártires para sua senhora, uma matrona romana conhecida como Aglaida (ou Aglaia ou Aglaé).”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bonif%C3%A1cio_de_Tarso

– Ver ainda “… Antes de Bonifácio receber o golpe mortal, ele rezou ao Onipotente de joelhos: “Senhor, não vos lembreis de meus erros. Arrependo-me deles de todo o meu coração. Recebei o sacrifício da minha vida, do qual me destes a graça de fazê-lo por Vós. Iluminai e convertei todos os que aqui estão presentes.” Assim, o destemido herói cristão terminou sua vida.”: http://farfalline.blogspot.com/2014/05/14-de-maio-sao-bonifacio.html

– Ver “… Saint Boniface era o mordomo-chefe de uma bela, jovem e socialmente ambiciosa nobre romana, chamada Aglae. Várias vezes ela entreteve a cidade inteira com shows públicos. Aglae tinha planos lascivos para seu mordomo. Embora Bonifácio fosse alcoólatra e viciado em libertinagem, ele também possuía virtudes em um grau notável: hospitalidade, liberalidade e compaixão. Ele era conhecido por ajudar qualquer estranho em necessidade e vagar pelas ruas da cidade à noite procurando aqueles cujas misérias ele poderia aliviar.
Depois de vários anos trabalhando para Aglae, ela, movida pela graça divina, disse a ele: “Você deve perceber o quão profundamente atolado estamos no vício. Não consideramos que devemos comparecer diante de Deus para prestar contas de todas as nossas ações. Ouvi dizer que aqueles que honram aqueles que sofrem por causa de Jesus Cristo terão parte em sua glória. No Oriente, os servos de Jesus Cristo todos os dias sofrem tormentos e dão suas vidas por causa dele. lá e traga-me as relíquias de alguns desses conquistadores, para que possamos honrar suas memórias e sermos salvos por sua ajuda.”
Antes de partir, disse a Aglae: “Não deixarei de trazer comigo as relíquias dos mártires, se encontrar alguma; mas e se meu próprio corpo for trazido a você como um mártir?” Ela o repreendeu por brincar com um assunto tão sério. Assim, Bonifácio viajou para o leste para garantir relíquias para sua amante, um homem renovado em espírito e finalmente convencido em sua fé. A tristeza por seus pecados passados ​​cresceu enquanto ele viajava, assim como seus atos de penitência.
Ele foi para Tarso na Cilícia, onde a perseguição aos cristãos estava acontecendo sob o governador Simplício. Imediatamente após a chegada, Bonifácio deixou seus cavalos aos cuidados de seus servos e foi para a corte, onde encontrou Simplício sentado em seu tribunal e muitos mártires sofrendo. Um foi pendurado pelos pés sobre uma fogueira, outro torturado, um terceiro serrado e outros 17 sofrendo várias torturas cruéis. Bonifácio saudou corajosamente esses campeões de Cristo: “Grande é o Deus dos cristãos, grande é o Deus dos santos mártires. Rogo a vocês, servos de Jesus Cristo, que orem por mim, para que eu possa me unir a vocês na luta contra o diabo.”

Isso, é claro, foi considerado um insulto ao governador, que perguntou com raiva quem ele era. Bonifácio respondeu que era cristão e que, tendo Jesus Cristo como seu mestre, não temia nada que o governador pudesse infligir para fazê-lo renunciar a esse nome sagrado. Com isso, o enfurecido Simplício ordenou que juncos afiados fossem colocados sob suas unhas e chumbo fervente fosse derramado em sua boca. Bonifácio pediu ajuda a Jesus, depois implorou as orações dos outros mártires, que se juntaram para pedir a Deus por ele. O povo, enojado com tanta crueldade, começou a fazer tumulto e clamou: “Grande é o Deus dos cristãos“. Alarmado, Simplício retirou-se.
Mas no dia seguinte ele ordenou que Bonifácio fosse trazido à sua presença pela segunda vez. O mártir parecia constante e destemido. O juiz ordenou que ele fosse lançado em um caldeirão de piche fervente; mas ele saiu sem receber nenhum dano. Finalmente, Bonifácio foi condenado à decapitação. Depois de fazer uma breve oração pelo perdão de seus pecados e pela conversão de seus perseguidores, ele alegremente apresentou seu pescoço ao carrasco.
Enquanto isso, seus servos foram procurá-lo. Eles finalmente encontraram o irmão do carcereiro que lhes disse que um estranho havia sido decapitado no dia anterior por sua fé em Cristo. Eles identificaram o corpo e a cabeça de Bonifácio e pediram permissão para levá-los para casa. Isso foi permitido mediante o pagamento de 500 peças de ouro. Embalsamaram o corpo e o levaram de volta para Aglae, que os encontrou fora de Roma com padres, velas e perfume para dar-lhe um enterro cristão. Mais tarde, ela construiu uma capela no local de seu túmulo. A partir desse momento, Aglae levou uma vida reclusa e penitencial e, morrendo quinze anos depois, foi enterrada perto das relíquias de Bonifácio.
O corpo e a cabeça de Bonifácio foram encontrados em Roma em 1603. Suas relíquias estão guardadas sob o altar-mor da igreja de SS. Aleixo e Bonifácio no Aventino, anteriormente chamado de São Bonifácio. Esses atos não são totalmente confiáveis; não são fontes contemporâneas (Benedictines, Husenbeth)….”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay14.html#

18. Santo Ampélio, o ferreiro. Confessor. Ver págs. 358-359: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “… Ampelio é o protetor dos ferreiros e da cidade de Bordighera, na Ligúria. Provavelmente viveu na época dos imperadores Teodósio I (329-395) e Honório (395-423), primeiro na Tebaida e depois na Ligúria. Ampelio era um ferreiro que se aposentou para levar uma vida de eremita na Tebaida “a antiga região do Alto Egito com a capital Tebas”; aqui o diabo começou a tentá-lo na forma de uma mulher sem vergonha. Mas o anacoreta, que continuou seu trabalho, afugentou o diabo brandindo um ferro em brasa; desde então obteve o dom de ser insensível às queimaduras solares. Como chegou à Ligúria é desconhecido; radicado nas proximidades de Bordighera, continuou sua vida de oração, realizando numerosos milagres; ele morreu em 5 de outubro por volta de 410. Suas relíquias em 1140 foram trazidas para o convento dos olivetanos em Sanremo. (Av.)

Etimologia: Ampelio = enólogo, do grego.

… Ele é o santo padroeiro dos ferreiros e da cidade de Bordighera (Imperia) e provavelmente viveu na época dos imperadores Teodósio I (329-395) e Honório (395-423), primeiro na Tebaida e depois na Ligúria.
S. Ampelio era um ferreiro que se aposentou para levar uma vida de eremita em Tebaida (antiga região do Alto Egito com a capital Tebas; nos séculos II e III dC era um famoso centro de ancoragem); aqui o diabo começou a tentá-lo na forma de uma mulher lasciva e sem vergonha.
Mas o santo anacoreta, que continuou a trabalhar em seu ofício, afugentou o diabo brandindo um ferro em brasa; obtendo de Deus, por isso está pronto para reagir à tentação, a partir de então, o dom de ser insensível às queimaduras.
Como então o santo eremita chegou à Ligúria da Tebaida é completamente desconhecido para nós; radicado perto de Bordighera, continuou em sua vida penitente e de oração, realizando numerosos milagres; ele morreu em 5 de outubro de um ano não especificado, por volta de 410.
Suas relíquias em 1140 foram transferidas da igreja onde foram originalmente colocadas para o convento Olivetani de Sanremo; por isso os religiosos olivetanos, fundados pelo Beato Bernardo Tolomei, consideram-no membro da sua Ordem; um monge também compôs uma ‘Vita’, que mais tarde foi incluída na “Acta SS.”.
Em 1258 por ordem do Arcebispo Gualtieri, as relíquias foram transferidas para Génova no convento de S. Stefano.

Autor: Antonio Borelli…”: http://santiebeati.it/dettaglio/53150

19. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 14 DE MAIO (alguns destacados acima):

 OntemCalendárioAmanhã ->
Matias Apóstolo (Festa) — Ampelio Augia do Apto Bárbaro de Assis Bonifácio de Ferentino Bonifácio de Tarso Cartago, o Jovem Cláudio de Antuérpia Corona, o Mártir Costanzo de Capri Costanzo de Vercelli Diego de Narbona Dyfan Engelmer Eremberto de Toulouse Gal de Clermont-Ferrand Giles de SantarémIsidoro de Quios Maria Domingas Mazzarello Máximo Michael Garicoïts Pons de Pradleves Pôncio de Cimiez Tuto de Regensburg Victor o MártirMártires de Seul – 5 beati Martirizado em Aquileia Felice Fortunato Martirizado na Sardenha Henedina Justa Justina
todos esses memoriais em uma única página

21. Outros santos do dia 14 de maio: págs. 326-362 (vol.08): obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS DOS SANTOS – 8.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 14 de maio, ver ainda: 14 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 397-399: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. The Book of Saints –  A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  8. https://catholicsaints.info/14-may/ 
  9. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay14.html#

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira:

Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento” (referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein:Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

* 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

* 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

* 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

* 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

 Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias.

Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano). 

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.
  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

 UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

* 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas…

“…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

* 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (…) Ó misericórdia! O meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

* 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:

  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. SANTO ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!