Santas e Santos de 25 de junho

DESTAQUE 25 DE JUNHO DE 2022: IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA – FESTA DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA: Papa Pio XII, em 4 de maio de 1944, consagrou o mundo ao Sagrado Coração de Maria, determinando que sua festa fosse celebrada no oitavo dia da Assunção, no dia 22 de agosto…

No atual calendário a sua celebração mudou para um dia após a Igreja realizar a festa do Sagrado Coração de Jesus. Conforme: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-sagrado-coracao-de-maria/57/102/

– Ver também:  https://www.nossasagradafamilia.com.br/conteudo/sagrado-coracao-de-maria-093509.html

– Ver ainda: “Em 1935, Jesus pediu à Beata Alexandrina de Balazar (Ver 13 de outubro)que o mundo fosse consagrado ao Imaculado Coração de Sua Mãe: “Manda dizer ao teu Pai espiritual que, em prova do amor que dedicas à Minha Mãe Santíssima, quero que seja feito todos os anos um ato de consagração do mundo inteiro num dos dias das suas festas escolhido por ti: ou Assunção, ou Purificação, ou Anunciação, pedindo a esta Virgem sem mancha de pecado que envergonhe e confunda os impuros, para que eles recuem no caminho e não Me ofendam. Assim como pedi a Santa Marga­rida Maria (Ver dia 16 de outubro) para ser o mundo consagrado ao Meu Divino Cora­ção, assim o peço a ti para que seja consagrado a Ela com uma festa solene”. O Papa Pio XII, anuindo a esses pedidos de Jesus Cristo que lhe foram endereçados pelo Padre Mariano Pinho, enquanto diretor espiritual de Alexandrina Maria da Costa em Balazar, efetuou um ato solene de consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria no dia 31 de Outubro de 1942.[1] Este ato de consagração veio, ainda, complementar o ato de consagração do Género Humano ao Sagrado Coração de Jesus, realizado algumas décadas antes pelo Papa Leão XIII, feito a pedido da Beata Irmã Maria do Divino Coração, condessa Droste zu Vischering. (Ver 08 de junho). De acordo com o legado dos pastorinhos de Fátima, foi Nossa Senhora quem, depois de mostrar a visão do Inferno a Lúcia dos SantosJacinta e Francisco Marto, lhes revelou o “Segredo”. Contava a Irmã Lúcia que Nossa Senhora afirmou: “…para salvar as almas, Deus quer estabelecer no mundo a Devoção ao Meu Imaculado Coração” (in Memórias da Irmã Lúcia). O objetivo único desta devoção ao Imaculado Coração de Maria é, portanto, a salvação das almas e a conquista da paz.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Imaculado_Cora%C3%A7%C3%A3o_de_Maria

– Ver também: “Vinculação entre as devoções ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria”: …O Papa Pio XII exorta: “A fim de que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus produza frutos mais abundantes na família cristã e ainda em toda a humanidade, procurem os fiéis unir a ela a devoção ao Coração Imaculado da Mãe de Deus.”:

https://web.archive.org/web/20120412001518/http://www.asc.org.br/site/devocao/intima.htm

– Encíclica Haurietis aquas: “…74. A fim de que a devoção ao coração augustíssimo de Jesus produza frutos mais copiosos na família cristã e mesmo em toda a humanidade, procurem os féis unir a ela estreitamente a devoção ao coração imaculado da Mãe de Deus. Foi vontade de Deus que, na obra da redenção humana, a santíssima virgem Maria estivesse inseparavelmente unida a Jesus Cristo; tanto que a nossa salvação é fruto da caridade de Jesus Cristo e dos seus padecimentos, aos quais foram intimamente associados o amor e as dores de sua Mãe. Por isso, convém que o povo cristão, que de Jesus Cristo, por intermédio de Maria, recebeu a vida divina, depois de prestar ao sagrado coração o devido culto, renda também ao amantíssimo coração de sua Mãe celestial os correspondentes obséquios de piedade, de amor, de agradecimento e de reparação. Em harmonia com esse sapientíssimo e suavíssimo desígnio da divina Providência, nós mesmo, por ato solene, dedicamos e consagramos a santa Igreja e o mundo inteiro ao coração imaculado da santíssima Virgem Maria”: http://www.vatican.va/content/pius-xii/pt/encyclicals/documents/hf_p-xii_enc_15051956_haurietis-aquas.html

VINCULAÇÃO ENTRE AS DEVOÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS E AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA: https://web.archive.org/web/20120412001518/http://www.asc.org.br/site/devocao/intima.htm

– Em 2020: Festa dia 20 de junho

– Em 2021: Festa dia 12 de junho

– Em 2022: Festa em 25 de junho

====================

SANTAS E SANTOS DE 25 DE JUNHO

1.   Em Turim, na Li­gúria, re­gião da Itália, São Má­ximo, pri­meiro bispo desta ci­dade, que chamou com lin­guagem pa­terna mul­ti­dões de pa­gãos à fé de Cristo e com a sua dou­trina ce­leste as con­duziu ao prémio da salvação. († 408-423).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, durante a primeira metade do séc. V, São Máximo, bispo de Turim, cujos escritos revelam um pastor popular. (M).

– Ver páginas 194-195 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Máximo de Turim (em latimMaximus Taurinensis) foi um bispo e escritor de teologia e é considerado santo e mártir pela Igreja Católica. É o primeiro bispo que se tem memoria em Turim, considerado o fundador da sua diocese, erigida pela iniciativa de santo Ambrósio e de santo Eusébio de Vercelli, de quem o próprio São Máximo se declarava discípulo[1]. Foi sucedido por São Vítor de Turim.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1ximo_de_Turim

2.   Co­me­mo­ração de São Prós­pero de Aquitânia (também na Folhinha do Coração de Jesus) bem for­mado em fi­lo­sofia e arte li­te­rária, que, de­pois da sua vida ma­tri­mo­nial ín­tegra e ho­nesta, fez-se monge em Mar­selha, de­fendeu vi­go­ro­sa­mente a dou­trina de Santo Agos­tinho contra os Pe­la­gi­anos sobre a graça de Deus e sobre o dom da per­se­ve­rança e exerceu a função de se­cre­tário do papa São Leão Magno em Roma († c. 463).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. IV, São Próspero, teólogo, originário da Aquitânia, Que colocou sua sabedoria a serviço da verdade católica combatendo, a exemplo de Santo Agostinho, o semi-pelagianismo provençal. (M).

– Ver páginas 192-193 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Próspero da Aquitânia (em latimProsper Aquitanus) ou Próspero Tiro (c. 390 – c. 465) foi um escritor cristão e discípulo de Agostinho de Hipona…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pr%C3%B3spero_da_Aquit%C3%A2nia   

3.   Em Réggio Emília, ci­dade da Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, São Prós­pero, bispo. († s. V/VI)

– Ver “466 Saint Prosper de Reggio renomado por sua caridade B (RM) ST PROSPER, BISPO DE REGGIO (A.D. 466?). Há evidências de que a partir do século IX, St Prosper, conhecido como bispo de Reggio (não o Reggio na Calábria), tem sido muito venerado na província italiana da Emília. Ele parece ter florescido no século V, mas a história pode nos dizer pouco que é definitivo sobre ele. Uma tradição não confiável afirma que ele distribuiu todos os seus bens aos pobres a fim de cumprir o preceito de nosso Senhor ao jovem rico, e que ele morreu em 25 de junho de 466, no meio de seus sacerdotes e diáconos após um episcopado beneficente que durou vinte e dois anos… Este Santo Prósper não deve ser confundido com Prosper de Aquitaine (acima), seu contemporâneo (Attwater, Beneditinos, Bentley, Branco) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

4*.   Em Mau­ri­enne, na Sa­bóia, hoje na França, Santa Tí­grides, virgem, que neste lugar pro­moveu com grande fervor o culto de São João, o Precursor. († s. VI)

5*.   Em Ro­se­markie, na Es­cócia, São Moloc ou Luano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († c. 592)

– Ver “… Saint Moloc Bispo escocês missionário ST MOLOC, OU LUAN, BISPO (A.D. 572?). ST MOLOC, Molluog, ou Murlach foi anteriormente homenageado em toda a Escócia, e seu culto generalizado pode ser traçado nos numerosos nomes de lugares dos quais ele é o homônimo … Às vezes chamado Lugaidh, Molvanus, Molluog, ou Murlach. Filho de um nobre escocês, ele foi educado na Irlanda sob St. Brendan, o Velho e evangelizado a região de Hebrides da Escócia. Ele morreu em Rossmarkie, Escócia. Seu santuário era em Martlach, e ele é venerado em Argyll.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

6*.   Em Jaca, na His­pânia Tar­ra­co­nense, Santa Eu­rósia ou Orósia, virgem e mártir. († c. 714)

– Ver “Nascido em Bayonne; culto confirmado por Leão XIII em 1902. Segundo a lenda, Eurósia foi martirizada pelos sarracenos em Jaca, nos Pirineus Aragoneses, perto da fronteira francesa. Ainda hoje ela é venerada na padroeira da diocese de Jaca, e seu culto se espalhou pelo sul da França e norte da Itália. Sua existência, no entanto, é duvidosa. Algumas versões da história fazem dela uma nativa da Boêmia (Beneditinas)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

7.   Em Eg­mond, na Frísia, ac­tu­al­mente na Ho­landa, Santo Adal­berto (também na Folhinha do Coração de Jesus), diá­cono e abade, que au­xi­liou Santo Vi­li­brordo na obra da evangelização. († s. VIII in.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VIII, a volta para Deus de Santo Adalberto, diácono, discípulo de S. Vilibrordo. Evangelizou a região de Egmond, na Holanda, onde um mosteiro lhe foi dedicado. (M).

– Ver página 196 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

8*.   Na Bre­tanha Menor, hoje na França, São Sa­lomão, mártir, que, du­rante o tempo em que foi rei, fa­vo­receu a ins­ti­tuição de sedes epis­co­pais, pro­tegeu os mos­teiros e pro­cedeu com justa equi­dade; mas, de­posto da re­a­leza, os ad­ver­sá­rios ce­garam-no e as­sas­si­naram-no quando es­tava numa igreja. († 874)

–  Ver: São Salomão, rei e mártir, página 191 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 874 São Salomão (Selyf) III guerreiro contra Francos Nórdicos seus próprios súditos rebeldes M (AC). Vários séculos após a morte de Salomão I da Bretanha, este santo nasceu para ser rei da Bretanha durante um tempo brutal.
Ele era um guerreiro contra os francos, nórdicos, e seus próprios súditos rebeldes, o que o tornou um herói entre os bretões. Durante seus primeiros anos, ele cometeu muitos crimes, mas depois fez penitência para eles. Quando ele foi assassinado, seu povo imediatamente o aclamou um mártir (beneditinos)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

– Ver também São Salomão da Bretanha “… 434 – São Salomão da Bretanha marido de Santa Gwen e pai de Santos Cuby e Cadfan M (AC) Nascido em Cornualha. O rei Salomão da Bretanha era marido de Santa Gwen e pai dos santos Cuby e Cadfan. Ele foi assassinado por descontentamentos pagãos entre seus súditos (Beneditas, Enciclopédia).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

9.   Em Go­leto, perto de Nusco, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Gui­lherme (também na Folhinha do Coração de Jesus, São Guilherme de Vercelli), abade, que, pro­ce­dendo da ci­dade de Ver­celas como pe­re­grino e abra­çando a po­breza por amor de Cristo, por su­gestão de São João de Ma­tera fundou o mos­teiro de Mon­te­vér­gine, onde reuniu ou­tros com­pa­nheiros, que formou na sua pro­funda dou­trina es­pi­ri­tual; fundou ainda ou­tros nu­me­rosos mos­teiros, mas­cu­linos e fe­mi­ninos, nas re­giões me­ri­di­o­nais da Itália. († 1142).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1142, São Guilherme. Depois de uma peregrinação a Compostela, retirou-se para a solidão na Itália, onde discípulos se juntaram a ele, recebendo uma regra oral que é a base da regra da congregação beneditina de Montevergine. (M).

– Ver páginas 199-201 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

10*.   Na Car­tuxa de Le Re­po­soir, na Sa­bóia, na ho­di­erna França, São João de Espanha, monge, que es­creveu os es­ta­tutos das monjas da Ordem Cartusiana. († 1160).

– Ver páginas 202-203 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “… 1160 Abençoado João, o espanhol elaborou as primeiras constituições para as irmãs Carthusian O. Cart. (AC) BD JOHN O ESPANHOL (A.D. 1160). ESTE John nasceu em 1123, provavelmente em Almanza, em Leon… Nascido em Almanza, Espanha, em 1123; cultus aprovado em 1864. Quando João era um menino ele estudou em Arles, França, então tornou-se um monge carthusiano em Montreuil. Mais tarde, ele migrou para o Grand Chartreuse sob Saint Anthelmus, que o enviou para fundar a casa charter de Reposoir perto do Lago Genebra. Ele elaborou as primeiras constituições para as irmãs carthusianas (beneditinos).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

11*.   Em Ma­ri­enwerder, na Prússia, hoje Kwidzyn, na Po­lónia, a Beata Do­ro­teia de Montau, que, de­pois de ficar viúva, passou o resto da sua vida como re­clusa numa cela junto à igreja ca­te­dral, de­di­cando-se as­si­du­a­mente à oração e à penitência. († 1394)

12*.   Em Laval, na França, a Beata Maria Lhuil­lier, virgem e mártir, das Hos­pi­ta­leiras da Mi­se­ri­córdia, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, ar­den­te­mente fiel à Igreja nos votos re­li­gi­osos, morreu decapitada. († 1794)

13*.   Em Nam Dinh, ci­dade do Ton­quim, no ac­tual Vi­etnam, os santos Do­mingos He­nares, bispo, da Ordem dos Pre­ga­dores, e Fran­cisco Do Minh Chieu, már­tires: o pri­meiro tra­ba­lhou na pro­pa­gação da fé cristã du­rante qua­renta e nove anos e o se­gundo co­la­borou va­lo­ro­sa­mente com ele como ca­te­quista; no tempo do im­pe­rador Minh Mang, ambos foram ao mesmo tempo de­ca­pi­tados por amor de Cristo. († 1838)

14. Santa Febrônia, virgem e mártir. Ver páginas 179-183 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Durante a perseguição de Diocleciano, o prefeito Selenus ofereceu sua liberdade se ela renunciasse à sua religião e se casasse com seu sobrinho Lysimachus, um jovem suspeito de se inclinar para o cristianismo. Quando Febronia se recusou, ela foi torturada, mutilada e espancada até a morte; Selenus enlouqueceu e se matou.
Lysimachus e muitos dos espectadores foram convertidos e batizados. Esta história, que ganhou imensa popularidade, não é ouvida antes do século VII e não há nada que sugira que Febronia era mais do que um personagem fictício (Attwater, Beneditinos)”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

15. São Sosípatro, confessor. Ver páginas 184-185 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– “Em Beraea, o aniversário de São Sosipater, discípulo do abençoado apóstolo Paulo. SéculoII. Sopater, filho de Pirro, parente de São Paulo, e cristão de Beroea, acompanhou São Paulo em sua viagem da Grécia a Jerusalém (Atos 20:4). Muitos estudiosos acreditam que ele é o Sosipater a quem Paulo chama de compatriota e inclui suas saudações aos romanos de Corinto (Romanos 16:21). De acordo com a tradição, mais tarde ele foi para Corfu (Beneditinos, Delaney, Enciclopédia) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

– Ver também “… Sosipater ( grego : Σωσίπατρος ) é uma pessoa mencionada no Novo Testamento , em Romanos 16:21. Ele é provavelmente a mesma pessoa que Sopater mencionou em Atos 20: 4.

Erastus, Olympus, Rhodion, Sosipater, Quartus and Tertius ( Menologion de Basil II )

Na tradição da igreja, ele é conhecido como Sosípatro de Icônio e está entre os Setenta Apóstolos . Os dias de festa de São Sosípatro são em 28 de abril (tradição eslava), ou 29 (tradição grega) com São Jason ; 10 de novembro com os santos Erasto , Olympas , Herodian , Quartus e Tertius ; e 4 de janeiro com os Setenta. Segundo a tradição latina, o discípulo do Apóstolo São Paulo morreu no dia 25 de junho em Beréia .

Lenda

Sosipater nasceu na Acaia . Segundo a lenda, ele foi bispo em Icônio [1] (antes do apóstolo Tertius ) por seu parente, o apóstolo Paulo . Com o apóstolo Jason, ele viajou para a ilha de Corfu, onde construíram uma igreja em homenagem ao apóstolo Estêvão, o protomártir, e converteram muitos pagãos à fé cristã. Vendo isso, o governador de Corfu jogou-os na prisão, onde converteram outros sete prisioneiros à fé cristã: Saturnino, Jakischolus, Faustianus, Januarius, Marsalius, Euphrasius e Mammius, conhecidos como os Sete Ladrões . O governador mandou matar aqueles sete fervendo piche por sua fé.

A filha do governador, a virgem Cercyra [uk ] , tendo visto esses santos apóstolos sendo torturados e se voltado para a fé cristã, distribuiu todas as suas joias aos pobres. O governador ficou com raiva e a colocou na prisão, mas ela não negou a Cristo. Então ele mandou incendiar a prisão, mas ela permaneceu ilesa. Muitas pessoas foram batizadas ao ver este milagre . Ele então a matou com flechas enquanto estava amarrada a uma árvore.

Muitos crentes fugiram para uma ilha próxima para fugir do governador enfurecido, mas enquanto ele os perseguia, seu barco afundou. O novo governador abraçou a fé cristã e no batismo recebeu o nome de Sebastian. A partir de então, Sts. Sosipater e Jason pregaram livremente o Evangelho e construíram a Igreja em Corfu até uma idade muito avançada, quando entregaram suas almas a Deus…”: https://stringfixer.com/pt/Sosipater

16. Santa Lúcia e companheiros: Auceu, Antônio, Irineu, Teodoro, Dionísio, Apolônio, Apâmio, Prânico, Coteus, Orion, Pápico, Sátiro, Vítor e mais oito. Ver páginas 186-187 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver Lúcia e vinte outros

Artigo

(Luceias) ( Santos ) Mártires ( 25 de junho ) ( século III ) Dizem que foram prisioneiros levados na guerra e enviados a Roma pelo imperador Probo (260 dC). Em Roma foram mortos como cristãos. Os Atos de Santa Lúcia (que os bolandistas consideram não indignos de confiança) dizem que, embora uma virgem consagrada a Deus, um chefe cativo, chamado Aucejas, a procurou em casamento, e que no final ela foi martirizada. Há, no entanto, muita dificuldade em identificar os santos e em reconciliar as datas em suas lendas. Veja Santas Lucila, etc. ( 29 de julho ); também Santos Faustus, etc. ( 24 de junho ), e Santa Lúcia6 de julho ).

Citação MLA

17. Santo Amando, ermitão e confessor. Ver páginas 188-189 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

18. São Gohard e Companheiros, mártires. Ver página 190 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver São Gohard de Nantes e seus Companheiros

Saint Gohard (Gunhard, Gundhard, Gunthard, Cochard, Godard, Gonhard, Guichard, Guihard, Wighard; lat: Gohardus, Guihardus, Gunhardus, Guthardus, Guntbardus, Cohardus) nasceu no final do século VIII em Angers no atual departamento de Maine-et-Loire na região de Pays de la Loire, no oeste da França. Se quisermos acreditar nas tradições reunidas por Albert de Morlaix no Vies des Saints de Bretagne, Gohard era um coroinha na Catedral da Raiva. Ele enfatizou-se por sua piedade, e tornou-se padre e tornou-se um cônego desta igreja. Ele teve essa dignidade quando foi eleito Bispo de Nantes na Bretanha em 835 após a morte do Bispo Trutgarius.

A província histórica da Bretanha está agora dividida em cinco ministérios franceses: Finistère no oeste, Côtes-d’Armor no norte, Ille-et-Vilaine no nordeste, Loire-Atlantique no sudeste e Morbihan no sul pela Baía de Biscaia. Desde sua reorganização em 1956, a região administrativa da Bretanha consiste em apenas quatro dos cinco ministérios bretões, ou 80% da Histórica Bretanha. A área remanescente da antiga Bretanha, o departamento de Loire-Atlantique ao redor de Nantes, agora faz parte da região de Pays de la Loire.

Foi em seu ministério episcopal que a primeira grande batalha entre os francos e bretões ocorreu em 843 em Blain. Naquela época, vikings noruegueses também atacaram as costas da Inglaterra e da França, e muitas vezes atacaram propositalmente monastérios e catedrais. Fundações religiosas muitas vezes tinham câmaras de tesouros que estavam cheias de seus próprios tesouros ou outros que eram deixados para eles para armazenamento seguro, e eles estavam desprotegidos. Não era incomum que os edifícios fossem destruídos ou incendiados e que os monges fossem massacrados.

No ano 843, vários navios noruegueses chegaram à foz do rio Loire. Eles foram levados até o rio por um traidor chamado Lambert, que tentou se tornar conde de Nantes, mas tinha sido expulso pelos habitantes. Quando os navios chegaram a Nantes, os habitantes aterrorizados buscaram refúgio na igreja de Saint-Pierre-et-Saint-Paul. Os monges do mosteiro próximo de Aindre também carregavam seus tesouros eclesiásticos para lá.

O bispo Gohard estava celebrando a missa, e ele tinha vindo para Sursum corda (“Corações ao alto”) quando os noruegueses quebraram portas e janelas, forçaram seu caminho para a igreja e o mataram no altar. Os sacerdotes que estavam com ele no coro também foram mortos, assim como os monges. Os principais cidadãos foram capturados para serem extraditados para resgate, e a igreja foi saqueada e incendiada. Antes dos noruegueses se retirarem, eles destruíram toda a cidade. Depois de saquear Nantes, os normandos foram saquear o mosteiro de Aindre, que foi fundado no século VII por São Hermêrdia. Esta casa era tão pequena que nunca foi reconstruída.

O corpo de Gohard foi eventualmente resgatado e trazido para seu local de nascimento de Angers, onde ele foi enterrado na igreja colegiada de Saint-Pierre. Entre as traduções posteriores das relíquias, a que ocorreu em 1523 ou 1524 é a mais famosa. Originalmente, a festa de Gohard foi celebrada em 25 de junho, um dia após seu martírio, pois 24 de junho foi a festa de João Batista. Lobineau diz que durante seu tempo, a festa foi celebrada em 26 de junho. Seu Dia da Lembrança na última edição do Martyrologium Romanum (2004) é o dia de sua morte em 24 de junho….

Em Nantes, Bretanha, o santo Gohard, bispo e mártir, celebrando uma missa solene com o povo da catedral, ele ficou enquanto cantava “Sursum corda” com muitos crentes perfurados pelas flechas dos normandos perversos.

Lendas posteriores dizem que o bispo decapitado pegou sua cabeça decepada em suas mãos e desceu até o rio Loire, onde um barco o levou ao seu local de nascimento de Angers.

Dez anos após o massacre, os normandos subiram o rio Loire novamente, e desta vez queimaram toda a cidade. Por mais de cem anos, eles mantiveram a área e continuaram a deitar a terra deserta.

Nossos ancestrais foram um flagelo tão grande que as igrejas desta área adicionaram uma nova invocação na Ladainha: 

…”Da raiva dos normandos, salve-nos, Senhor.”

Foi só em 939 que Alain Barbe-Torte definitivamente afastou os normandos do país e fez as pazes. Quando o abençoado Papa Urbano II (1088-1099) viveu em Clermont em 1095 para uma reunião de bispos, o capítulo enviado a ele perguntando se ele declararia oficialmente santo. Após as investigações necessárias, o Papa viajou para lá e santificou Gohard em 1096. A cripta românica da Catedral de Nantes é consagrada a ele. Foi reconstruído logo após seu ano santo para abrigar relíquias trazidas de Angers. Uma capela lateral também é consagrada a ele na mesma catedral.

Uma página na Crônica de Nantes, escrita por um contemporâneo dos eventos, diz que em 24 de junho de 843 os normandos tomaram a cidade, invadiram a catedral e mataram o bispo Gohard junto com muitos clérigos, monges e crentes que haviam buscado refúgio lá. Uma tradição posterior afirma que o bispo celebrou a missa no altar de São Ferreolus e caiu enquanto cantava Sursum corda. Alguns anos depois, uma tumba foi erguida para o bispo martirizado no local onde ele caiu. Mas depois de outra invasão dos normandos e um novo saque da catedral, talvez em 919, os sacerdotes e crentes fugiram para Angers e trouxeram consigo as relíquias de seu protetor. Foi na igreja colegiada de Saint-Pierre em Angers que ele foi homenageado até a revolução. Uma inscrição dizia: “Aqui repousa o humilde Gohard, o Pai e Mártir de Nantais” (Humilis Gohardus, Nannetensium Pai um mártir).

Na ausência do corpo do bispo, a catedral há muito preservou o jardim de missa usado por Gohard quando ele foi morto.

Fontes: Attwater/Cumming, Butler (VI), Beneditinos, Bunson, MR2004, KIR, CE, CSO, CatholicSaints.Info, Infocatho, Heiligenlexikon, santiebeati.it, en.wikipedia.org, fr.wikipedia.org, nominis.cef.fr, zeno.org, heiligen-3s.nl, infobretagne.com, reflexionchretienne.e-monsite.com, paroisse-saintseveques-nantes.fr – Compilação e Tradução: p. E Perenine Odd

Criado em: 1 de julho de 1999 – Atualizado: 24 de dezembro de 2017: http://www.katolsk.no/biografier/historisk/gohard

19. Santa Tigre, virgem. Ver páginas 197-198 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver Santa Tigre de Maurienne

Também conhecido como

  • Tecla
  • Tecla
  • Thècle
  • Tigride
  • Tigre

Memorial

Perfil

Leiga no final do século VI ou início do século VII de Maurienne, Gália (na França moderna) jurou que obteria uma relíquia do corpo de São João Batista , a quem tinha grande devoção, e a traria de volta à sua cidade . Tendo viajado para um santuário que deveria conter tais relíquias (possivelmente em Sebaste ou Alexandria , Egito ou em algum lugar da Terra Santa; os registros variam), ela foi informada de que não poderia ter nenhuma delas. Em vez de desistir, ela assumiu uma vida de jejum e oração em frente ao santuário , pedindo que São João lhe entregasse uma relíquia . Após três anos disso, um polegar brilhante apareceu de repente sobre o altar . Tigre o colocou em um pequeno relicário de ouro e foi para casa. Ela deu a relíquia para a guarda da catedral (hoje Saint-Jean-de-Mauirenne), doou seus bens restantes e viveu o resto de sua vida como eremita , vendo outras pessoas apenas quando ia à missa . São Gregório Magno conta sua história como um exemplo de perseverança, conforme descrito em Lucas 11:8 – “Digo-vos que, se ele não se levantar para lhe dar os pães por causa da amizade deles, levantar-se-á para dar-lhe o que precisar por causa da sua persistência”.

Nascer

  • Valloires, Mauirenne, Gália (na França moderna )

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

20. VER SANTAS E SANTOS DE 25 DE JUNHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora da Graça — Adalberto de Egmond Amand de Coly Burchard de Mallersdorf Cyneburga de Gloucester Domingo Henares de Zafra Cubero Doroteia de Montau Eurosia de Jaca Febronia de Nísibis Fulgêncio de Lara Gallicano de Embrun Gallicano de Óstia Gohard de Nantes Guy Maramaldi Henry ZdickJoão o espanhol Luceias e Companheiros Máximo de Turim Moloc de Mortlach Molonachus de Lismore Paulo Giustinani Phanxicô Ðo Van Chieu Próspero de Reggio Salomão I Salomão III da Bretanha Tigre de Maurienne Guilherme de Vercelli — Celidônio de Besançon Sincheall de Killeigh Sosipater de Corfu
todos esses memoriais em uma única página

OBSERVAÇÃO SOBRE 25 DE JUNHO (25 DE JUNHI DE 1530): CONFISSÃO DE AUGSBURGO E REFORMA DE LUTERO.

“A CONFISSÃO DE AUGSBURGO, em latim Confessio Augustana, é um documento central na reforma de Lutero, que foi uma reação à Igreja Católica. Foi apresentado na Dieta de Augsburgo de 1530… Juntamente com outros documentos, os Artigos de Schwabach e Torgau foram levados a Augsburgo. Lá foi decidido fazer uma declaração luterana conjunta em vez de uma simples declaração saxônica, a explanação a ser apresentada ao Imperador… Todos estes fatores contribuíram para determinar as características do documento que estava sendo preparado por Felipe Melanchthon…  Lutero, que não estava presente em Augsburgo, foi consultado por correspondência, mas as emendas e revisões continuaram sendo feitas até a véspera da apresentação formal ao imperador, em 25 de Junho de 1530. Assinada por sete príncipes e pelos representantes de duas cidades livres, a Confissão imediatamente adquiriu importância peculiar como uma declaração pública de fé…”: Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Confiss%C3%A3o_de_Augsburgo

– Ver ainda “…Com a sessão de Augsburgo de 1530 tentava-se acalmar as crescentes tensões entre católicos e protestantes, que apresentaram ao imperador a Confessio Augustana (“Confissão de Augsburgo“, 25 de junho de 1530), um documento central para o luteranismo.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dieta_de_Augsburgo

– Ver “refutação pontifícia”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Refuta%C3%A7%C3%A3o_Pontif%C3%ADcia

– Ver “Apologia da Confissão de Augsburgo”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Apologia_da_Confiss%C3%A3o_de_Augsburgo

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Filipe_Mel%C3%A2ncton 

21. Outros santos do dia 25 DE JUNHO: páginas: 179-204 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 25 de junho, ver ainda: 25 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 491-493: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 24 de junho

DESTAQUE DE 24 DE JUNHO DE 2022

24 DE JUNHO DE 2022: SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS. “A Festa do Sagrado Coração de Jesus, em latim: Sollemnitas Sacratissimi Cordis Iesu) é uma solenidade no calendário litúrgico da Igreja Católica Romana. Ele cai 19 dias após o Pentecostes, na sexta-feira… Dias: 2021 foi 11 de junho; 2022 é 24 de junho…”. Conforme: https://pt.wikipedia.org/wiki/Festa_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o

– Ver também “As 12 Promessas do Sagrado Coração de Jesus:

  1. 1ª Promessa do Sagrado Coração de Jesus: “Eu darei aos devotos de ...Dar-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado de vida.
  2. Estabelecerei a paz nas suas famílias.
  3. Abençoarei os lares onde for exposta e honrada a imagem do Meu Sagrado Coração.
  4. Hei-de consolá-los em todas as dificuldades.
  5. Serei o seu refúgio durante a vida e em especial na hora da morte.
  6. Derramarei bênçãos abundantes sobre todos os seus empreendimentos.
  7. Os pecadores encontrarão no Meu Sagrado Coração uma fonte e um oceano sem fim de Misericórdia.
  8. As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas.
  9. As almas fervorosas ascenderão rapidamente a um estado de grande perfeição.
  10. Darei aos sacerdotes o poder de tocarem os corações mais empedernidos.
  11. Aqueles que propagarem esta devoção terão os seus nomes escritos no Meu Sagrado Coração e d’Ele nunca serão apagados.
  12. Prometo-vos, no excesso de Misericórdia do Meu Coração, que o Meu Amor Todo-Poderoso concederá, a todos aqueles que comungarem na Primeira Sexta-Feira de nove meses seguidos, a graça da penitência final; não morrerão no Meu desagrado nem sem receberem os Sacramentos: o Meu Divino Coração será o seu refúgio de salvação nesse derradeiro momento.[10]

”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o_de_Jesus

– Ver: https://www.newadvent.org/cathen/07163a.htm

–  Ver também: https://www.sistersofcarmel.com/devotion-to-the-sacred-heart-of-jesus.php

– Ver ainda: http://www.arautos.org/secoes/artigos/doutrina/santos/mensageira-do-coracao-de-jesus-143498

– Ver também: “Vinculação entre as devoções ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria”: …O Papa Pio XII exorta: “A fim de que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus produza frutos mais abundantes na família cristã e ainda em toda a humanidade, procurem os fiéis unir a ela a devoção ao Coração Imaculado da Mãe de Deus.”:

https://web.archive.org/web/20120412001518/http://www.asc.org.br/site/devocao/intima.htm

– Encíclica Haurietis aquas: “… 74. A fim de que a devoção ao coração augustíssimo de Jesus produza frutos mais copiosos na família cristã e mesmo em toda a humanidade, procurem os fiéis unir a ela estreitamente a devoção ao coração imaculado da Mãe de Deus. Foi vontade de Deus que, na obra da redenção humana, a santíssima virgem Maria estivesse inseparavelmente unida a Jesus Cristo; tanto que a nossa salvação é fruto da caridade de Jesus Cristo e dos seus padecimentos, aos quais foram intimamente associados o amor e as dores de sua Mãe. Por isso, convém que o povo cristão, que de Jesus Cristo, por intermédio de Maria, recebeu a vida divina, depois de prestar ao sagrado coração o devido culto, renda também ao amantíssimo coração de sua Mãe celestial os correspondentes obséquios de piedade, de amor, de agradecimento e de reparação. Em harmonia com esse sapientíssimo e suavíssimo desígnio da divina Providência, nós mesmo, por ato solene, dedicamos e consagramos a santa Igreja e o mundo inteiro ao coração imaculado da santíssima Virgem Maria.”: http://www.vatican.va/content/pius-xii/pt/encyclicals/documents/hf_p-xii_enc_15051956_haurietis-aquas.html

24 DE JUNHO DE 2022: DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELA SANTIFICAÇÃO DOS SACERDOTES

Instituído por São João Paulo II em 1995, com a Carta aos Sacerdotes por ocasião da Quinta-feira Santa, o “Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes” é celebrado todos os anos na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Seu objetivo é encorajar, tanto os sacerdotes a refletir sobre o dom do sacerdócio que receberam de Cristo, quanto os fiéis a rezar por seus sacerdotes, para que possam ser fortalecidos em seu ministério e permanecer firmes em seu compromisso com o Senhor. Conforme: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2021-06/11-junho-dia-oracao-sacerdotes-abracar-cruz-pela-causa-evangelho.html

– Ver ainda: “CARTA DO PAPA JOÃO PAULO II AOS SACERDOTES POR OCASIÃO DA QUINTA-FEIRA SANTA DE 1995…

… Queira a Virgem Santa lançar o seu olhar carinhoso sobre todos nós, seus filhos prediletos, nesta festa anual do nosso sacerdócio. Coloque, em nosso coração, sobretudo um grande anseio de santidade. Escrevi na Exortação Apostólica Pastores dabo vobis: «A nova evangelização tem necessidade de evangelizadores novos, e estes são os presbíteros que se esforçam por viver o seu sacerdócio como caminho específico para a santidade» (n. 82).

… A Quinta-feira Santa, levando-nos até às origens do nosso sacerdócio, recorda-nos também a obrigação de tender para a santidade, a fim de sermos «ministros de santidade» para os homens e mulheres confiados ao nosso serviço pastoral.

Nesta perspectiva, vem a ser muito oportuna a proposta, sugerida pela Congregação para o Clero, de se celebrar, em cada diocese, um «Dia pela Santificação dos Sacerdotes», por ocasião da festa do Sagrado Coração de Jesus ou noutra data mais apropriada às exigências e costumes pastorais do lugar. Faço minha esta proposta, almejando que tal iniciativa ajude os sacerdotes a conformarem-se cada vez mais plenamente com o coração do Bom Pastor…”: https://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/letters/1995/documents/hf_jp-ii_let_25031995_priests.html

================

ANTECIPADA PARA 23 DE JUNHO DE 2022: SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE SÃO JOÃO BATISTA.

1. So­le­ni­dade do Nas­ci­mento de São João Ba­tista (também na Folhinha do Coração de Jesus), o Pre­cursor do Se­nhor, que já no seio ma­terno, por vir­tude do Es­pí­rito Santo, exultou de ale­gria com a vinda da sal­vação hu­mana, pro­fe­ti­zando com o pró­prio nas­ci­mento o Se­nhor Jesus Cristo. De tal modo se ma­ni­festou nele a graça di­vina, que o pró­prio Se­nhor disse a seu res­peito: «Entre os fi­lhos de mu­lher, não apa­receu nin­guém maior do que João Baptista».

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no sexto mês antes do Natal, o nascimento de São João Batista, acontecimento que causou a alegria de muitos e inspirou a seu pai, Zacarias o “Benedictus”, hino em honra à fidelidade do Deus de Israel e profecia sobre a vocação do Precursor. O próprio Cristo afirmou que, “entre os filhos de mulher, não surgiu ninguém maior do que João Batista”, enviado para dar testemunho da Luz do mundo e do Cordeiro de Deus. (R).

– Ver páginas 143-160 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “O Nascimento de João Batista (ou Dia de São João ou Nascimento do Precursor ) é uma festa cristã celebrando o nascimento de João Batista, um profeta que previu o advento do Messias na pessoa de Jesus Cristo e o batizou. Esta festa é amplamente comemorada no mundo cristão no dia 24 de junho e é uma das festas juninas. É também o único santo cujo nascimento e martírio, este último em 29 de Agosto, são evocados em duas solenidades pelo povo cristão.[1]

…A festa se originou na Idade Média na celebração dos chamados Santos Populares (Santo AntónioSão Pedro e São João; ver Festa de São Pedro e São Paulo). Além de São João, comemorado no dia 24, os outros são São Pedro (no dia 29) e Santo António (no dia 13). Em Portugal, as festas dos três marcam o início das festas católicas em todo o país.[2]

João Batista é o único santo, além da Virgem Maria, de que se celebra o nascimento tanto para a terra, quanto para o céu. Segundo os evangelhos, é o maior dos profetas (Lucas 7:26-28), porque pôde apresentar o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29-36). Sua vocação reveste-se de acontecimentos extraordinários, repletos de júbilo messiânico, que preparam o nascimento de Jesus (Lucas 1:14-58).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_João_Batista

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_Jo%C3%A3o_Batista

– Ver ainda “… Quanto à data do nascimento de João Batista, nada pode ser dito com certeza. O Evangelho sugere que o Precursor nasceu cerca de seis meses antes de Cristo; mas o ano da natividade de Cristo ainda não foi apurado. Também não há nada certo sobre a época do nascimento de Cristo, pois é sabido que a atribuição da festa de Natal até o vigésimo quinto de dezembro não está fundamentada em evidências históricas, mas é possivelmente sugerida por considerações meramente astronômicas, também, talvez, inferidas a partir de raciocínios astronômico-teológicos…”: https://en.wikisource.org/wiki/Catholic_Encyclopedia_(1913)/St._John_the_Baptist

Ver também: SÃO JOÃO BATISTA

Também conhecido como

  • Iohannes Baptista
  • Joannes Baptista
  • João Batista
  • João, o Precursor
  • João, filho de Zacarias
  • Juan Bautista
  • Yochanan ben Zacharyah

Memorial

Perfil

Primo de Jesus Cristo. Filho de Zachary , sacerdote da ordem de Abia, cujo trabalho no templo era queimar incenso ; e de Isabel , descendente de Arão. Enquanto Zachary estava ministrando no Templo, um anjo lhe trouxe a notícia de que Isabel daria à luz um filho cheio do Espírito Santo desde o momento de seu nascimento. Zachary duvidou e ficou mudo até o nascimento de John.

Profeta . João começou seu ministério por volta dos 27 anos, usando um cinto de couro e uma túnica de pelo de camelo, alimentando-se de gafanhotos e mel silvestre, e pregando uma mensagem de arrependimento ao povo de Jerusalém . Ele converteu muitos e preparou o caminho para a vinda de Jesus. Ele batizou Cristo, depois do que se afastou e disse a seus discípulos que seguissem Jesus.

Preso pelo rei Herodes. Ele morreu vítima da vingança de uma mulher 

ciumenta; ele foi decapitado, e sua cabeça foi trazida para ela em uma bandeja. São Jerônimo diz que Herodias manteve a cabeça por muito tempo depois, ocasionalmente esfaqueando a língua com seu punhal por causa do que João havia dito em vida.

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

A Igreja observa o nascimento de João como um evento sagrado. Não temos tal comemoração por nenhum outro pai; mas é significativo que celebremos os aniversários de João e de Jesus. Este dia não pode ser passado. E mesmo que minha explicação não corresponda à dignidade da festa, você ainda pode meditar sobre ela com grande profundidade e proveito. João aparece como o limite entre os dois testamentos, o antigo e o novo. Que ele é uma espécie de limite, o próprio Senhor testemunha, quando fala da “lei e dos profetas até João Batista”. Assim, ele representa os tempos passados ​​e é o arauto da nova era que está por vir. Como representante do passado, nasce de pais idosos; como arauto da nova era, ele é declarado profeta ainda no ventre de sua mãe. Para quando ainda não nascido, ele pulou no ventre de sua mãe com a chegada da bem-aventurada Maria. Naquele ventre ele já havia sido designado profeta, mesmo antes de nascer; foi revelado que ele seria o precursor de Cristo, antes que eles se vissem. São acontecimentos divinos, que ultrapassam os limites da nossa fragilidade humana. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, a ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno (de um sermão de Santo Agostinho sobre o nascimento de João Batista).

Então eles foram ter com João e lhe disseram: ‘Rabi, aquele que estava com você do outro lado do Jordão, de quem você deu testemunho, aqui está ele batizando e todos vão ter com ele.’ João respondeu e disse: ‘Ninguém pode receber nada, exceto o que lhe foi dado do céu. Vocês mesmos podem testemunhar que eu disse que não sou o Messias, mas que fui enviado antes dele. Quem tem a noiva é o noivo; o padrinho, que está de pé e o escuta, regozija-se muito com a voz do noivo. Assim, esta minha alegria foi completada. Ele deve aumentar; devo diminuir’ – João 3:26-30

Não há dúvida de que o bem-aventurado João sofreu prisão e correntes como testemunha de nosso Redentor, de quem foi o precursor, e deu a vida por ele. Seu perseguidor havia exigido não que ele negasse a Cristo, mas apenas que se calasse sobre a verdadeNo entanto, ele morreu por Cristo. Cristo não diz: “Eu sou a verdade”? Portanto, porque João derramou seu sangue pela verdade, ele certamente morreu por Cristo. Quem derrama o sangue pela verdade, certamente derrama o sangue por Cristo.

Através de seu nascimento, pregando e batizando, ele deu testemunho do nascimento vindouro de Cristo, e por seu próprio sofrimento mostrou que Cristo também sofreria. Tal era a qualidade e a força do homem que aceitou o fim desta vida presente derramando seu sangue após o longo aprisionamento. 

Ele pregou a liberdade da paz celestial, mas foi lançado em ferros por homens ímpios. Ele foi encerrado nas trevas da prisão, por meio dele veio o testemunho da Luz da vida e mereceu ser chamado de lâmpada brilhante e resplandecente por essa própria Luz, que é Cristo. 

Suportar agonias temporais por causa da verdade não era um fardo pesado para homens como João; antes, era facilmente suportado e até desejável, pois ele sabia que a alegria eterna seria sua recompensa. Visto que a morte estava sempre próxima, tais homens consideravam uma bênção abraçá-la e assim ganhar a recompensa da vida eterna por reconhecer o nome de Cristo. Por isso, o apóstolo Paulo diz corretamente: “A vós foi concedido o privilégio não só de crer em Cristo, mas também de sofrer por causa dele.” Ele nos diz por que é dom de Cristo que seus escolhidos sofram por ele: “As aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”. (de uma homilia de São Beda , o Venerável, sobre a morte de João Batista)

Herodíades guardou rancor contra ele e queria matá-lo, mas não conseguiu. 

Herodes temeu João, sabendo que ele era um homem justo e santo, e o manteve sob custódia. Quando o ouviu falar, ficou muito perplexo, mas gostava de ouvi-lo. Ela teve uma oportunidade um dia quando Herodes, em seu aniversário, deu um banquete para seus cortesãos, seus oficiais militares e os líderes da Galiléia. A própria filha de Herodíades entrou e executou uma dança que encantou Herodes e seus convidados. O rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu te darei”. Ela saiu e disse à mãe: “O que devo pedir?” Ela respondeu: “A cabeça de João Batista”. A moça correu de volta à presença do rei e fez seu pedido: “Quero que você me dê imediatamente de bandeja a cabeça de João Batista. O rei ficou profundamente aflito, mas por causa de seus juramentos e dos convidados não quis quebrar sua palavra com ela. Então ele prontamente despachou um carrasco com ordens para trazer sua cabeça de volta. Ele foi e o decapitou na prisão . Ele trouxe a cabeça em uma bandeja e deu para a garota. A menina, por sua vez, deu à sua mãe . Quando seus discípulos souberam disso, vieram, pegaram seu corpo e o colocaram em um túmulo. (Marcos 6:19-29)

Citação MLA

2.   Em Roma, junto à Via Sa­lária An­tiga, no ce­mi­tério “Ad septem Co­lumbas”, os santos João e Festo, mártires. († data inc.)

3.   Em Autun, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Sim­plício, que, per­ten­cendo a uma fa­mília nobre e pi­e­dosa, viveu em per­feita cas­ti­dade com sua vir­tu­o­sís­sima es­posa e de­pois foi eleito para o episcopado († 375).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, o sepultamento do Bem-Aventurado Simplício, bispo de Autun, que fez com que um grande número de fiéis abandonasse o culto de Cibele e se convertesse a Cristo. (M).  

– Ver página 178 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4.   Em Cré­teil, no ter­ri­tório de Paris, também na ac­tual França, o mar­tírio dos santos Ago­ardo e Agil­berto e ou­tros muitos mártires. († s. V/VI)

– Ver “…Na diocese de Paris, em Creteil, o martírio dos Santos Agoard e Aglibert, com uma grande multidão de outros de ambos os sexos.
Séculos V-VII. O Martirológio Romano repete a lenda: “Nos arredores de Paris, na aldeia de Creteil, a paixão dos santos mártires Agoard e Aglibert, e inúmeros outros de ambos os sexos.” Os Jesuítas Bollandistas datam seu martírio entre os séculos I e III, mas alguns afirmam que era mais provável que tenha ocorrido em uma data posterior – talvez por volta de 400 DC. Dizem que eles migraram para Creteil, foram convertidos por Santo Altinus , puxados desceu por um templo pagão e sofreu a conseqüência da morte pela espada. Posteriormente, foi erguida uma igreja sobre o cemitério, onde suas relíquias agora estão guardadas…A festa é celebrada na diocese de Paris no dia 25 de junho (Beneditinos, Husenbeth).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune24.html

5.   Em Ma­linas, no Bra­bante, na ac­tual Bél­gica, São Ru­moldo, que é ve­ne­rado como ere­mita e mártir. († 775).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 775, São Rombaudo (São Rombaldo), originário da Ilhas Britânicas, dirigiu-se a Roma pregando o Evangelho pelo caminho. Na volta fixou-se em um eremitério nos arredores da cidade de Malines, no Brabante belga. Ali morreu assassinado por dois homens a quem havia recriminado por seus vícios (M).

– Ver páginas 173-174 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6.   Em Lobbes, na Aus­trásia, ac­tu­al­mente também na Bél­gica, São Te­o­dolfo (São Teodulfo, conforme o Martirológio Romano-Monástico), bispo e abade (de Lobbes na Bélgica). († 776)

7.   Em Nantes, na Bre­tanha Menor, hoje na França, São Go­ardo, bispo e mártir, que, ce­le­brando a Missa com o povo na igreja ca­te­dral, quando can­tava «Sursum corda» (“Co­ra­ções ao alto”) foi tres­pas­sado com as setas de ím­pios nor­mandos e morreu com muitos fiéis. († 843)

8*.   Em Ves­tervig, na Di­na­marca, São Te­od­garo, pres­bí­tero, o mis­si­o­nário que cons­truiu nesta re­gião a pri­meira igreja de madeira. († c. 1065)

 – Ver Theodgar de Vestervig

Também conhecido como

  • Theodgar de Vendyssel
  • Dietista de…
  • Dietista de…
  • Diotro de…
  • Teodgaro de…
  • Teodgardo de…
  • Thøger de…

Memorial

Perfil

Estudou teologia na Inglaterra . Sacerdote . Missionário na Noruega . Cortesão do rei Olav Haraldsson II . Conhecido por curar os enfermos orando sobre eles. Foi para o exílio na Suécia com o rei Olavo em 1028 . Missionário na região da Jutlândia, Dinamarca ; ele estava fazendo pouco progresso até que uma manhã uma fonte de água fresca começou a fluir de onde ele havia dormido na noite anterior; os moradores sabiam um milagrequando eles viram, e começaram a levar os ensinamentos de Theodgar mais a sério. Construiu a primeira igreja da região.

Nascer

Morreu

Patrocínio

informação adicional

Citação MLA

9.   Em Si­chuan, pro­víncia da China, São José Yuan Zaide, pres­bí­tero e mártir, es­tran­gu­lado em ódio à fé cristã. († 1817)

– Ver JOSÉ YUAN ZAIDE

Também conhecido como

  • Joseph Yuen
  • Joseph Uen
  • Josef Yuan Zaide
  • Ruose

Memorial

Perfil

Sacerdote no Vicariato Apostólico de Sichuan. Um dos Mártires da China .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

10*.   Em Gua­da­la­jara, no Mé­xico, Santa Maria Guadalupe (Anas­tásia Gua­da­lupe Garcia Za­vala), virgem, que co­la­borou muito ac­ti­va­mente na fun­dação da Con­gre­gação das Servas de Santa Mar­ga­rida Maria e dos Po­bres e se de­dicou di­li­gen­te­mente às obras de ca­ri­dade em favor dos po­bres e dos enfermos. († 1963)

11.São Fausto na Folhinha do Coração de Jesus. São Fausto e outros 23 mártires. Ver página 178 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

12. Em Satala, na Armênia, sete irmãos mártires: Orêncio, Herói, Farnácio, Firmino, Firmo (também na Folhinha do Coração de Jesus), Ciríaco e Longino, soldados, aos quais o imperador Maximiano mandou tirar as armas porque eram cristãos: separados, em seguida, dos outros, e encerrados em lugares diversos, morreram, sucumbindo às misérias e sofrimentos.

13. Os Mártires de Roma, sob Nero. Ver páginas 161-170 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver MÁRTIRES DE ROMA SOB NERO

… Em um dia de verão, 19 de julho, no reinado do imperador Nero, a cidade de Roma pegou fogo. Durante seis dias o fogo se alastrou, desde o sopé do Monte Palatino até os subúrbios, e somente com a demolição da propriedade para criar uma brecha no caminho das chamas foram preservados quatro bairros da cidade.

O mistério da origem do fogo nunca foi resolvido, mas foi pensado para ser devido ao incendiarismo. Havia um rumor feio de que o próprio Nero havia incendiado sua própria capital e que escravos da casa imperial foram vistos espalhando as chamas. Nero estava em Antium quando ocorreu e por três dias, apesar das mensagens urgentes, não fez nenhum movimento e não deu instruções; só depois desta demora regressou à capital, e da Torre de Macaenas contemplou a cidade em chamas.

Com uma lira na mão e em pose teatral, ele declamou o relato de Homero sobre a destruição de Tróia, e foi esse incidente que deu origem à lenda de que Nero tocava violino enquanto Roma queimava. Embora seja improvável que ele tenha causado a calamidade, a suspeita foi reforçada pela anexação, após o incêndio, de uma parte considerável da área desolada para a construção de sua ‘Casa Dourada’, um palácio de imensas dimensões, com colunatas triplas um quilômetro e meio de comprimento, onde, declarou ele, ‘agora finalmente ele foi alojado como um ser humano’.

Mas o crescimento do boato espalhado pela população indignada, desabrigada e sem comida, e também o medo da revolução, obrigou-o a tomar contramedidas. Os jardins imperiais foram abertos como refúgio para os destituídos, edifícios temporários foram improvisados, serviços de assistência social e alimentação foram organizados; e, para desviar a atenção de si mesmo, voltou-se para os cristãos e declarou abertamente que eles eram responsáveis.

Então começou a perseguição mais implacável. Ele atirou contra eles não apenas sua amarga hostilidade, mas também a raiva e o ódio da população. Tácito registra a história sombria: “Eles morreram em tormentos e seus tormentos foram amargurados por insultos e escárnio. Alguns foram pregados em cruzes, outros costurados em peles de animais selvagens e expostos à fúria de cães, outros ainda, cobertos com materiais combustíveis, foram usados ​​como tochas para iluminar a escuridão da noite.” Raramente o mundo conheceu um espetáculo de horror como quando os jardins de Nero brilharam com esse carnaval diabólico.

Quantos sofreram está além da computação. Sabemos apenas que pelas ruas desertas e entre as ruínas fumegantes os cristãos foram caçados como ratos e, quando capturados, tornaram-se vítimas da fúria insensata de Nero. Foram noites de horror e dias em que nenhum homem podia confiar no próximo. Famílias inteiras foram cercadas e enviadas para a morte. Nas páginas dos mártires há um lugar de honra para essas vítimas desconhecidas que sofreram pela fé e pela paciência de Cristo, e deixaram atrás de si uma memória imperecível (Gill).

Citação MLA

14. São Lupicínio, ermitão e confessor. Ver páginas 171-172 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

15. Bem-Aventurada Raingarda, viúva. Ver páginas 175-176 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

16. São Bartolomeu, ermitão. Ver página 177 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… Há uma vida medieval que conta com algum detalhe a história de Bartolomeu, e que aparentemente foi escrita por um contemporâneo. Está impresso na Acta Sanctorum, junho, vol. v. Ver também Stanton’s Menology , pp. 287-288; TD Hardy, Catálogo de Materiais (Série Rolls), vol. ii, pp. 226-227, onde uma data muito diferente é sugerida para sua morte; e uma curta vida no Hermit Saints na série anglicana editada por JH Newman (1844). O texto latino dos milagres do santo é dado em Analecta Bollandiana , vol. lxx (1952), pp. 5-19…

… Encyclopedia, Walsh).

   “Desde tempos remotos, esta ilha foi habitada por certos pássaros cujo nome e raça milagrosamente persistem. Na época do ano para construir ninhos, eles se reúnem aqui. E tamanha gentileza graciosa eles aprenderam com a santidade do lugar, ou antes daqueles que santificaram o lugar pelo seu modo de viver lá, que eles não têm medo do manuseio ou do olhar dos homens. Eles amam o silêncio, mas nenhum clamor os perturba. Seus ninhos são construídos por toda parte. Alguns ninham acima de seus ovos ao lado do altar. Ninguém se atreve a molestá-los ou tocar os ovos sem deixar… E eles, por sua vez, não prejudicam o estoque de comida de ninguém.

… Os patinhos, uma vez criados, seguem atrás de suas mães que os guiam e, uma vez que entram em suas águas nativas, não voltam mais ao ninho.
…Uma vez aconteceu, enquanto uma mãe estava conduzindo sua ninhada, indo ela mesma antes, que um dos jovens caiu em uma fenda de uma rocha rachada. Então dotada de razão humana, ela imediatamente se virou, deixou seus filhos para trás, foi até Bartolomeu e começou a puxar a bainha de seu manto com o bico, como se dissesse claramente: ‘Levante-se e siga-me e me devolva meu filho. Ele levantou-se imediatamente para ela, pensando que devia estar sentado em seu ninho. Mas como ela continuou puxando mais e mais, ele percebeu finalmente que ela estava pedindo algo dele que ela não poderia responder por voz. E, de fato, sua ação foi eloquente, se não seu discurso. Ela foi primeiro e ele depois, até chegar ao penhasco ela apontou para o local com sua conta, e olhando para Bartolomeu, insinuando que sinais ela podia que ele deveria espiar. Aproximando-se, ele viu o patinho, com suas pequenas asas agarradas à rocha, e descendo ele o trouxe de volta para sua mãe, que em grande alegria parecia com seu olhar alegre agradecer-lhe. Então ela foi para a água com seus filhos, e Bartolomeu, mudo de espanto, voltou para sua oratória. (Geoffrey).
Bartolomeu de Farne, OSB Eremita (AC) (também conhecido como Bartolomeu de Durham).

Nascido em Whitby, Inglaterra; morreu c. 1193. Dos muitos homens piedosos que foram levados pelo exemplo de São Cuthbert a se tornarem solitários na ilha de Farne, ao largo da costa da Nortúmbria, não menos notável foi este Bartolomeu, pois ele passou nada menos que 42 anos naquele lugar desolado… Seus pais, que podem ter sido de origem escandinava, o chamavam de Tostig, mas como o nome o tornava motivo de chacota, foi mudado para William. Ele decidiu ir para o exterior, e suas andanças o levaram para a Noruega, onde permaneceu o tempo suficiente para receber a ordenação como sacerdote. Ele voltou para casa e foi para Durham, onde assumiu o hábito monástico e adotou o nome de Bartolomeu…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune24.html#1193_St._Bartholomew_of_Farne

17. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 24 DE JUNHO (alguns destacados acima):

Natividade de São João Batista (Solenidade) Madonna della Navicela — Aglibert de Créteil Agoard de Créteil Alena de Bruxelas Anfíbalo de Verulam Anastasia Guadalupe Garcia Zavala Bárbara da Baviera Bartolomeu de Farne Cristóvão de Albarran Colman Oilithir de Ross Eremberto I de Kremsmünster Fausto de Roma e CompanheirosFesto de Roma Germoc Gohardus de Nantes Henrique de Auxerre Ivan da Boêmia João de Roma João de Tuy Joseph Yuan Zaide Rumold Simplício de Autun Theodgar de Vestervig Teodulfo de LobbesMártires de Satala
todos esses memoriais em uma única página

18. Outros santos do dia 24 DE JUNHO: páginas: 143-178 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 24 de junho, ver ainda: 24 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 489-491: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 23 de junho

ANTECIPADA DE 24 PARA 23 DE JUNHO DE 2022: SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE SÃO JOÃO BATISTA.

EXCEPCIONALMENTE DIA 23 DE JUNHO DE 2022: SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE SÃO JOÃO BATISTA

So­le­ni­dade do Nas­ci­mento de São João Bap­tista (também na Folhinha do Coração de Jesus), o Pre­cursor do Se­nhor, que já no seio ma­terno, por vir­tude do Es­pí­rito Santo, exultou de ale­gria com a vinda da sal­vação hu­mana, pro­fe­ti­zando com o pró­prio nas­ci­mento o Se­nhor Jesus Cristo. De tal modo se ma­ni­festou nele a graça di­vina, que o pró­prio Se­nhor disse a seu res­peito: «Entre os fi­lhos de mu­lher, não apa­receu nin­guém maior do que João Baptista».

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no sexto mês antes do Natal, o nascimento de São João Batista, acontecimento que causou a alegria de muitos e inspirou a seu pai, Zacarias o “Benedictus”, hino em honra à fidelidade do Deus de Israel e profecia sobre a vocação do Precursor. O próprio Cristo afirmou que, “entre os filhos de mulher, não surgiu ninguém maior do que João Batista”, enviado para dar testemunho da Luz do mundo e do Cordeiro de Deus. (R).

– Ver páginas 143-160 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “O Nascimento de João Batista (ou Dia de São João ou Nascimento do Precursor ) é uma festa cristã celebrando o nascimento de João Batista, um profeta que previu o advento do Messias na pessoa de Jesus Cristo e o batizou. Esta festa é amplamente comemorada no mundo cristão no dia 24 de junho e é uma das festas juninas. É também o único santo cujo nascimento e martírio, este último em 29 de Agosto, são evocados em duas solenidades pelo povo cristão.[1]

…A festa se originou na Idade Média na celebração dos chamados Santos Populares (Santo AntónioSão Pedro e São João; ver Festa de São Pedro e São Paulo). Além de São João, comemorado no dia 24, os outros são São Pedro (no dia 29) e Santo António (no dia 13). Em Portugal, as festas dos três marcam o início das festas católicas em todo o país.[2]

João Batista é o único santo, além da Virgem Maria, de que se celebra o nascimento tanto para a terra, quanto para o céu. Segundo os evangelhos, é o maior dos profetas (Lucas 7:26-28), porque pôde apresentar o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29-36). Sua vocação reveste-se de acontecimentos extraordinários, repletos de júbilo messiânico, que preparam o nascimento de Jesus (Lucas 1:14-58).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_João_Batista

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_Jo%C3%A3o_Batista

– Ver ainda “… Quanto à data do nascimento de João Batista, nada pode ser dito com certeza. O Evangelho sugere que o Precursor nasceu cerca de seis meses antes de Cristo; mas o ano da natividade de Cristo ainda não foi apurado. Também não há nada certo sobre a época do nascimento de Cristo, pois é sabido que a atribuição da festa de Natal até o vigésimo quinto de dezembro não está fundamentada em evidências históricas, mas é possivelmente sugerida por considerações meramente astronômicas, também, talvez, inferidas a partir de raciocínios astronômico-teológicos…”: https://en.wikisource.org/wiki/Catholic_Encyclopedia_(1913)/St._John_the_Baptist

– Ver também: SÃO JOÃO BATISTA

Também conhecido como

  • Iohannes Baptista
  • Joannes Baptista
  • João Batista
  • João, o Precursor
  • João, filho de Zacarias
  • Juan Bautista
  • Yochanan ben Zacharyah

Memorial

Perfil

Primo de Jesus Cristo. Filho de Zachary , sacerdote da ordem de Abia, cujo trabalho no templo era queimar incenso ; e de Isabel , descendente de Arão. Enquanto Zachary estava ministrando no Templo, um anjo lhe trouxe a notícia de que Isabel daria à luz um filho cheio do Espírito Santo desde o momento de seu nascimento. Zachary duvidou e ficou mudo até o nascimento de John.

Profeta . João começou seu ministério por volta dos 27 anos, usando um cinto de couro e uma túnica de pelo de camelo, alimentando-se de gafanhotos e mel silvestre, e pregando uma mensagem de arrependimento ao povo de Jerusalém . Ele converteu muitos e preparou o caminho para a vinda de Jesus. Ele batizou Cristo, depois do que se afastou e disse a seus discípulos que seguissem Jesus.

Preso pelo rei Herodes. Ele morreu vítima da vingança de uma mulher 

ciumenta; ele foi decapitado, e sua cabeça foi trazida para ela em uma bandeja. São Jerônimo diz que Herodias manteve a cabeça por muito tempo depois, ocasionalmente esfaqueando a língua com seu punhal por causa do que João havia dito em vida.

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

A Igreja observa o nascimento de João como um evento sagrado. Não temos tal comemoração por nenhum outro pai; mas é significativo que celebremos os aniversários de João e de Jesus. Este dia não pode ser passado. E mesmo que minha explicação não corresponda à dignidade da festa, você ainda pode meditar sobre ela com grande profundidade e proveito. João aparece como o limite entre os dois testamentos, o antigo e o novo. Que ele é uma espécie de limite, o próprio Senhor testemunha, quando fala da “lei e dos profetas até João Batista”. Assim, ele representa os tempos passados ​​e é o arauto da nova era que está por vir. Como representante do passado, nasce de pais idosos; como arauto da nova era, ele é declarado profeta ainda no ventre de sua mãe. Para quando ainda não nascido, ele pulou no ventre de sua mãe com a chegada da bem-aventurada Maria. Naquele ventre ele já havia sido designado profeta, mesmo antes de nascer; foi revelado que ele seria o precursor de Cristo, antes que eles se vissem. São acontecimentos divinos, que ultrapassam os limites da nossa fragilidade humana. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, a ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno (de um sermão de Santo Agostinho sobre o nascimento de João Batista).

Então eles foram ter com João e lhe disseram: ‘Rabi, aquele que estava com você do outro lado do Jordão, de quem você deu testemunho, aqui está ele batizando e todos vão ter com ele.’ João respondeu e disse: ‘Ninguém pode receber nada, exceto o que lhe foi dado do céu. Vocês mesmos podem testemunhar que eu disse que não sou o Messias, mas que fui enviado antes dele. Quem tem a noiva é o noivo; o padrinho, que está de pé e o escuta, regozija-se muito com a voz do noivo. Assim, esta minha alegria foi completada. Ele deve aumentar; devo diminuir’ – João 3:26-30

Não há dúvida de que o bem-aventurado João sofreu prisão e correntes como testemunha de nosso Redentor, de quem foi o precursor, e deu a vida por ele. Seu perseguidor havia exigido não que ele negasse a Cristo, mas apenas que se calasse sobre a verdadeNo entanto, ele morreu por Cristo. Cristo não diz: “Eu sou a verdade”? Portanto, porque João derramou seu sangue pela verdade, ele certamente morreu por Cristo. Quem derrama o sangue pela verdade, certamente derrama o sangue por Cristo.

Através de seu nascimento, pregando e batizando, ele deu testemunho do nascimento vindouro de Cristo, e por seu próprio sofrimento mostrou que Cristo também sofreria. Tal era a qualidade e a força do homem que aceitou o fim desta vida presente derramando seu sangue após o longo aprisionamento. 

Ele pregou a liberdade da paz celestial, mas foi lançado em ferros por homens ímpios. Ele foi encerrado nas trevas da prisão, por meio dele veio o testemunho da Luz da vida e mereceu ser chamado de lâmpada brilhante e resplandecente por essa própria Luz, que é Cristo. 

Suportar agonias temporais por causa da verdade não era um fardo pesado para homens como João; antes, era facilmente suportado e até desejável, pois ele sabia que a alegria eterna seria sua recompensa. Visto que a morte estava sempre próxima, tais homens consideravam uma bênção abraçá-la e assim ganhar a recompensa da vida eterna por reconhecer o nome de Cristo. Por isso, o apóstolo Paulo diz corretamente: “A vós foi concedido o privilégio não só de crer em Cristo, mas também de sofrer por causa dele.” Ele nos diz por que é dom de Cristo que seus escolhidos sofram por ele: “As aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”. (de uma homilia de São Beda , o Venerável, sobre a morte de João Batista)

Herodíades guardou rancor contra ele e queria matá-lo, mas não conseguiu. 

Herodes temeu João, sabendo que ele era um homem justo e santo, e o manteve sob custódia. Quando o ouviu falar, ficou muito perplexo, mas gostava de ouvi-lo. Ela teve uma oportunidade um dia quando Herodes, em seu aniversário, deu um banquete para seus cortesãos, seus oficiais militares e os líderes da Galiléia. A própria filha de Herodíades entrou e executou uma dança que encantou Herodes e seus convidados. O rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu te darei”. Ela saiu e disse à mãe: “O que devo pedir?” Ela respondeu: “A cabeça de João Batista”. A moça correu de volta à presença do rei e fez seu pedido: “Quero que você me dê imediatamente de bandeja a cabeça de João Batista. O rei ficou profundamente aflito, mas por causa de seus juramentos e dos convidados não quis quebrar sua palavra com ela. Então ele prontamente despachou um carrasco com ordens para trazer sua cabeça de volta. Ele foi e o decapitou na prisão . Ele trouxe a cabeça em uma bandeja e deu para a garota. A menina, por sua vez, deu à sua mãe . Quando seus discípulos souberam disso, vieram, pegaram seu corpo e o colocaram em um túmulo. (Marcos 6:19-29)

Citação MLA

================

OUTROS SANTAS E SANTOS DE 23 DE JUNHO

1.   Co­me­mo­ração dos nu­me­rosos már­tires de Ni­co­média, hoje Izmit, na Tur­quia, que, no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, de­pois de es­tarem es­con­didos nos montes e ca­vernas, so­freram serenamente o mar­tírio pelo nome de Cristo. († 303).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Nicomédia, no início do séc. IV, o martírio de Numerosos Cristãos, que, segundo Eusébio, “consideraram como verdadeiro tesouro os opróbrios suportados pela religião” (M).

– Ver páginas 126-128 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

2.   No mos­teiro de Ely, na In­gla­terra ori­ental, Santa Edil­trudes (Edeltrudes, também na Folhinha do Coração de Jesus), aba­dessa, que, sendo filha de reis e ela pró­pria rainha da Nor­túm­bria, de­pois de re­cusar duas vezes o ma­tri­mónio, re­cebeu do santo bispo Vil­fredo o véu re­li­gioso no mos­teiro por ela cons­truído, no qual, com o seu exemplo e exor­ta­ções, ela pre­sidiu como mãe de muitas virgens. († 679).

-Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 679, Santa Eteldreda, filha do rei de Nortúmbria, que renunciou a seus privilégios de princesa real para fundar um mosteiro na Ilha de Ely, que foi sucessivamente dirigido, depois de sua morte, por três outras princesas canonizadas (M).

– Ver Santa Ediltrude, páginas 129-131 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3*.   Em Vannes, na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente na França, São Bílio, bispo e mártir, que, se­gundo a tra­dição, foi morto pelos Nor­mandos quando sa­que­aram a cidade. († c. 914)

4*.   Em Pavia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, o Beato Lan­franco, bispo, homem pa­cí­fico, que so­freu muitas tri­bu­la­ções para pro­mover a paz e con­córdia na cidade. († 1194)

Bem-Aventurado Lanfranc, Bispo e Confessor. Ver pág. 135 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Onhaye, no Hai­naut, ac­tu­al­mente na Bél­gica, São Va­lério, pres­bí­tero, que, se­gundo a tra­dição, foi morto a golpes de remo, quando atra­ves­sava o rio Mosa, por um pres­bí­tero, seu so­brinho, cuja vida vi­ciosa censurava. († 1199)

6*.   Em Oig­nies, também no Hai­naut, em ter­ri­tório da ac­tual França, a Beata Maria, que, do­tada de graças mís­ticas, com o as­sen­ti­mento do seu es­poso viveu re­clusa numa cela, e de­pois fundou e di­rigiu o ins­ti­tuto de­sig­nado das «Beguinas». († 1213).

– Ver páginas 119-125 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “…A vida de Maria de Oignies foi escrita pelo Cardeal James de Vitry, que tinha sido seu amigo, seu discípulo e provavelmente em algum momento seu confessor. Foi por sua influência que ele foi levado a receber ordens sagradas; mas, ao discorrer sobre suas virtudes, ele adverte seus leitores de que seu exemplo não deve ser recomendado para imitação geral.
Ela nasceu de pais ricos em Nivelles, no Brabante, e, embora todas as suas aspirações fossem voltadas para a vida religiosa, seus pais assim que ela tinha quatorze anos a deram em casamento a um jovem digno e de boa posição. Se previram que ele a induziria a adotar uma perspectiva mais convencional, logo se desiludiram; pois Maria, por mais jovem que fosse, adquiriu grande ascendência sobre o marido.
À sua persuasão, ele consentiu não apenas que se comprometessem a viver em continência, mas também que sua casa fosse transformada em um hospital para leprosos. O jovem casal cuidava de seus pacientes com as próprias mãos, às vezes sentando-se com eles a noite toda, e distribuía esmolas tão generosa e indiscriminadamente que suscitava protestos de parentes de ambos os lados…

… O conforto e grande deleite de Maria, até chegar à terra prometida, foi o maná da vida que desce do céu. O Pão sagrado fortaleceu seu coração, e o Vinho celestial embriagou e alegrou sua alma. Ela foi cheia do sagrado alimento da carne de Cristo, e Seu sangue vivificante a limpou e purificou. Este era o único conforto que ela não podia suportar ficar sem. Receber o corpo de Cristo era a mesma coisa para ela que viver, e morrer era, em sua mente, ser separada de seu Senhor por não participar de seu Santíssimo Sacramento …

… Maria também foi uma das primeiras místicas de quem são registrados, com alguns detalhes, exemplos do que agora seríamos tentados a chamar de dons psíquicos. Diz-se que ela sabia, em certos casos, o que se passava à distância, tinha estranhas premonições sobre o futuro e acreditava-se que era capaz de discernir a história passada das relíquias (hierognose, psicometria). James de Vitry estava, sem dúvida, falando de si mesmo quando relatou seu conhecimento inexplicável dos detalhes do que aconteceu quando “um amigo dela” foi ordenado em Paris…

… Praticamente falando, tudo o que se sabe sobre a vida de Maria de Oignies pode ser encontrado na Acta Sanctorum, junho, vol. v. Ao texto da biografia do Cardeal James de Vitry, os Bollandistas anexaram uma certa nota complementar de Thomas de Cantimpré. Há uma excelente tradução de Vitry impressa na série Oratoriana de Vidas dos Santos: ela está incluída no segundo volume da Vida de Santa Joana Frances de Chantal (1852). Ver também P. Funk Jakob van Vitry (1909), pp. 113-130; e em Oignies, U. Berlière, Monasticon BeIge, vol. i, pp. 451-452. Além disso, há um artigo no The Month, June, 1922, pp. 526-537, do Pe. Thurston, do qual muito do que está escrito acima foi emprestado. Um importante estudo de Mary por R. Hanon de Louvet foi revisado em Analecta Bollandiana, vol. lxxi (1953), pp. 481-485.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

7*.   No ermo de Val­ma­nente, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Pedro Tiago de Pê­saro, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agostinho. († c. 1496)

8.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, São Tomás Garnet, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que, or­de­nado sa­cer­dote no Co­légio dos In­gleses de Val­la­dolid e tendo re­gres­sado à In­gla­terra, foi duas vezes en­car­ce­rado e fi­nal­mente so­freu o pa­tí­bulo de Ty­burn, no rei­nado de Jaime I. († 1608).

– Ver páginas 138-139 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

9.   Em Turim, na Itália, São José Ca­fasso (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que se de­dicou es­pe­ci­al­mente à for­mação es­pi­ri­tual e cul­tural dos fu­turos clé­rigos e a re­con­ci­liar com Deus os po­bres de­tidos no cár­cere e os con­de­nados à morte. († 1860).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1860, São José Cafasso, sacerdote. Professor de Teologia Moral em Turim e renomado diretor espiritual, formou o clero piemontês – em meio ao qual surgiu Dom Bosco – segundo os princípios de São Francisco de Sales e de Santo Afonso de Ligório (X).

– Ver páginas 140-141 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “José Cafasso nasceu em Castelnuovo Don Bosco, no ano de 1811. Desde criança sentiu-se chamado ao sacerdócio… Faleceu jovem, em 23 de junho de 1860 com qüarenta e nove anos de idade. Sua festa litúrgica é celebrada aos 23 de junho. Foi canonizado em 1947 pelo Papa Pio XII[3]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Jos%C3%A9_Cafasso

– Ver “…É comum que São José Cafasso seja referido como santo da Congregação Salesiana, e isso é compreensível, pois era um amigo íntimo e diretor espiritual de São João Bosco. No entanto, é um erro: São José Cafasso foi um sacerdote secular, e sua vida plena e nobre foi em geral tão deficiente em incidentes externos como o é o destino habitual do clero pastoral da Igreja…

Dom Cafasso se destacou entre os que destruíram os vestígios do jansenismo no norte da Itália, animando a esperança e a humilde confiança no amor e na misericórdia de Deus, e lutando contra uma moral que considerava a menor falta como um pecado grave. “Quando ouvimos confissões”, escreveu ele, “nosso Senhor quer que sejamos amorosos e misericordiosos, ser paternal para com todos os que vêm até nós, sem referência a quem são ou o que fizeram. Se repelimos alguém, se alguma alma se perde por nossa culpa, seremos responsabilizados: o seu sangue será exigido de nossas mãos. ”E Dom Cafasso teve um papel importante na formação de uma geração de clérigos que deveriam em todos os momentos. combater e recusar comprometer-se com as autoridades civis, cuja ideia da relação Igreja-Estado era de dominação e interferência…

… John Bosco e Joseph Cafasso se conheceram em um domingo do outono de 1827, quando o primeiro ainda era um menino alegre e o segundo já tonsurado. “Eu o vi! Falei com ele!” anunciou John, quando ele chegou em casa. “Viu quem?” perguntou sua mãe. “Joseph Cafasso. E eu lhe digo, ele é um santo.” Quatorze anos depois, Dom Bosco celebrou sua primeira missa na igreja de São Francisco, em Turim, e depois ingressou no instituto, estudando com Cafasso e compartilhando muitos de seus empreendimentos, especialmente a instrução religiosa dos meninos. Foi Dom Cafasso quem o persuadiu de que trabalhar para os meninos era a sua vocação. E assim aconteceu que um salesiano, João Cagliero, pôde escrever: “Amamos e veneramos nosso querido pai e fundador Dom Bosco, mas não amamos menos a José Cafasso, pois ele foi mestre de Dom Bosco, conselheiro e guia nas coisas espirituais e nos seus empreendimentos por mais de vinte anos; e atrevo-me a dizer que a bondade, a realização e a sabedoria de Dom Bosco são a glória de Dom Cafasso. Foi por meio dele que Dom Bosco se instalou em Turim, por meio dele os meninos foram reunidos no primeiro oratório salesiano; a obediência, o amor e a sabedoria que ensinou frutificaram nos milhares de jovens da Europa, da Ásia, da África e da América que hoje são bem educados para a vida na Igreja de Deus e na sociedade humana”…

… Na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado...”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

– Ver São José (Giuseppe) Cafasso

Também conhecido como

  • José Cafasso
  • Sacerdote da Forca

Memorial

Perfil

Nascido com uma coluna deformada e em uma família de camponeses ricos; ele era de baixa estatura e aleijado ao longo de sua vida. Ordenado em 1833 . Professor de teologia moral no colégio eclesiástico de Turim em 1836 . Superior do colégio de 1846 a 1860 . Diretor da casa de retiros. Pároco da Igreja de São Francisco em 1848 . Reconhecido confessor . Promoveu a devoção ao Santíssimo Sacramento . Amigo e conselheiro de São João Bosco , tendo-o conhecido quando Joseph tinha 12 anos; São João escreveu uma biografia de São José. Tio do Beato José Allamano . Fundou confrarias religiosas.

Trabalhou para reformar prisões e prisioneiros e para melhorar as condições das prisões em Turim . Ministrado a prisioneiros condenados , conquistando convertidos . Uma vez escoltados 60 recém- convertidos condenados à forca. Como muitos dos prisioneiros foram enforcados imediatamente após confessarem e receberem a absolvição , Joseph se referiu a eles como “santos enforcados”.

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

informação adicional

Leituras

Uma única palavra dele – um olhar, um sorriso, sua própria presença – bastava para dissipar a melancolia, afastar a tentação e produzir santa resolução na alma. – São João Bosco , escrevendo sobre São José

Nascemos para amar, vivemos para amar e morreremos para amar ainda mais. – São José Cafasso

Quem é esse homem que no mundo é chamado de eclesiástico, de padre? Quem é esse personagem que uns abençoam e outros amaldiçoam? Quem é aquele de quem o mundo inteiro fala e critica, e quem é o assunto de discussão por todas as penas e todas as línguas? Qual é o significado desse nome que ressoa em todos os cantos do mundo? O que é um sacerdote? Para definir claramente o que ele é, aproveitarei as distinções que São Bernardo fez em relação aos eclesiásticos e o considerarei em sua natureza, em sua pessoa, em seus hábitos. Quid in natura, quis in persona, qualis in moribus! Em sua natureza, ele é um homem como os outros. Em sua pessoa, sua dignidade está acima de todos os outros homens do mundo. Em sua conduta e hábitos, ele deve ser um homem totalmente diferente de todos os outros, pois é por sua dignidade e cargo.– São José Cafasso

Citação MLA

 – Ver também “Das “Meditações para os exercícios espirituais do clero” de São José Cafasso, presbítero”, páginas 314-318: http://www.edbbrasil.org.br/gratuitos/em-dialogo-com-o-senhor-livro.pdf

10*.   Em Alátri, no Lácio, re­gião da Itália, a beata Maria Rafaela (San­tina Ci­mátti), virgem, das Irmãs da Mi­se­ri­córdia para os En­fermos, que teve uma vida oculta e hu­milde, ori­en­tando a sua a­ti­vi­dade prin­ci­pal­mente em favor dos en­fermos e dos po­bres, com afável ca­ri­dade e ar­dente zelo. († 1945)

11. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. III, Santa Agripina (também na Folhinha do Coração de Jesus), que consagrou sua virgindade pelo martírio (M).

– Ver Santa Agripina de Roma

Também conhecido como

  • Agripina de Mineo

Memorial

Perfil

Nascido na nobreza imperial romana. Virgem consagrada, a coisa mais próxima naquela época de uma freira . Torturado e martirizado durante as perseguições de Valeriano .

Nascer

  • cidadão romano imperial

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Citação MLA

12. São Litberto, bispo. Ver páginas 132-133 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… São Lietberto morreu em 23 de junho de 1076.
O monge Rodulphus elaborou uma biografia de St. Libert da Gesta episcoporum Cameracensium , acrescentando novos materiais de sua autoria. Os textos são publicados na Acta Sanctorum , junho, vol. v, e em Pertz, MGH., Scriptores , vol. vii, pp. 489-497 e 528-538.
Às vezes chamado Liébert ou Libert. Ele era um nobre que se tornou bispo em 1051. Em 1054, ele fez uma peregrinação a Jerusalém, descobrindo que a cidade santa estava nas mãos dos sarracenos. Voltando a Cambrai, Libert construiu a igreja e o mosteiro do Santo Sepulcro. Ele foi exilado pelo nobre Hugo de Cambrai e cruelmente perseguido.
Lietbertus de Cambrai B (AC) (também conhecido como Libert, Liberat). Saint Libert, um nobre de Brabançon, foi elevado à sé de Cambrai em 1051 e ocupou essa posição até sua morte. Ele levou alguns de seu rebanho em peregrinação à Terra Santa, mas não conseguiu alcançá-la. Em seu retorno, ele construiu a Abadia do Santo Sepulcro e outras fundações religiosas.

Excomungou o senhor de Cambrai e por isso foi brutalmente perseguido (Benedictines, Encyclopedia) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html#1076_Lietbertus_s_a_noble_who_became

 

13. Bem-Aventurado Pedro de Jully, confessor. Ver página 134 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 1136 São Pedro de Juilly monge beneditino e pregador; 

originalmente da Inglaterra, um amigo de St. Stephen Harding (Estêvão Harding)e foi seu companheiro em Molesme.
BD PETER DE JULHO (AD 1136)
EMBORA fosse inglês de nascimento e descendência, este Pedro está sempre associado a Jully em Champagne, onde passou os seus últimos anos. Filho piedoso de boa família, estudou teologia em sua terra natal até a morte de seus pais. Ele então foi para a França, provavelmente para continuar seus estudos em Paris, ou em uma das grandes escolas provinciais. Lá ele se tornou íntimo de outro jovem inglês, St Stephen Harding, que compartilhava suas aspirações espirituais. Ambos desejavam dedicar-se ao serviço de Deus e, para descobrir Sua vontade a respeito deles, fizeram juntos uma peregrinação a Roma. Na viagem de regresso, de passagem pela Borgonha, alojaram-se na abadia cisterciense de Molesme, então na sua primitiva simplicidade e austeridade. Stephen ficou tão impressionado com o que viu que decidiu permanecer em Molesme, mas Peter seguiu seu caminho. Depois de um tempo, porém, ele voltou e recebeu o hábito e, posteriormente, ordens presumivelmente sagradas. Ele levou uma vida muito edificante, adquirindo grande fama local como pregador e milagreiro. Não muito longe do mosteiro, em Juilly, ou Jully-les-Nonnains, havia um convento subordinado a Molesme, que tinha como prioresa a irmã de São Bernardo, Bd Humbelina. Quando seu capelão morreu, as freiras perguntaram se poderiam ter Pedro em seu lugar, e o abade consentiu. Sob sua direção espiritual e os cuidados de Humbelina, a comunidade progrediu rapidamente no caminho da perfeição. Bd Peter apoiou Humbelina durante sua última doença e estava ao lado dela quando ela morreu. Ele não sobreviveu a ela por muito tempo. 

No Acta Sanctorum , junho, vol. v, os bolandistas publicaram a biografia latina de Bd Peter, que parece ter sido escrita cerca de um século após sua morte.

Mais tarde, foi nomeado confessor e capelão das freiras de Juilly les Nonnais que estavam sob os cuidados de Santa Humbeline, irmã de São Bernardo de Claraval .
Peter of July, OSB (AC) Nasceu na Inglaterra; morreu em julho de 1136. São Pedro era amigo de Santo Estêvão Harding em Molesme. Foi capelão e confessor das monjas beneditinas de Juilly-les-Nonais, que era subordinada a Molesme. Aqui a irmã de São Bernardo, Santa Humbelina, foi abadessa. Pedro é descrito como um milagreiro e grande pregador (Benedictines).

Pedro também possuía a reputação de ser um pregador brilhante e um milagreiro…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html#1136_St._Peter_of_Juilly_Benedictine

 

14. Bem-Aventurado Tomás Corsini, confessor. Ver páginas 136-137 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “1343 Bem-aventurado Thomas Corsini, irmão leigo servita, que passou a vida recolhendo esmolas para a abadia. Ele foi favorecido por muitas visões (Beneditinos), OSM (AC). BD THOMAS CORSINI (AD 1345). Há pouco a registrar sobre Bd Thomas Corsini: sua vida foi tão monótona quanto edificante. Um nativo de Orvieto e um homem de educação, ele foi levado a se juntar aos Servos de Maria por uma visão na qual ele viu a Mãe de Deus e foi convidado por ela a lutar sob sua bandeira.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

 

15. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 23 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Véspera de São João Madonna del Sasso — Agripina de Roma Bílio de Vannes Etheldreda de Ely Félix de Cîteaux Félix de Sutri Frances Martel Francisco O’Sullivan Hidulfo de Hainault Ioan Suciu Tiago de Toul João de Roma José Cafasso Lanfranco Beccari Lietbert Liliosa de ToulLupo de Paredes Maria de Oignies Moeliai de Nendrum Pedro de julho Thomas Corsini de Orvieto Thomas Garnet Walhere de Dinant Zenas da Filadélfia Zenão de FiladélfiaMártires de Ancira Mártires da Nicomédia — Eldrude da Bretanha Gerhard de Clarifontaine Maria Raffaella Santina Cimatti Moronóg de Inishloe Pedro Tiago de Pésaro
todos esses memoriais em uma única página

https://catholicsaints.info/23-june/

 

16. Outros santos do dia 23 DE JUNHO: páginas: 119-142 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 23 de junho, ver ainda: 23 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

14. Outros santos do dia 22 DE JUNHO: páginas: 94-118 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 22 de junho, ver ainda: 22 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 487-489: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 22 de junho

1. São Pau­lino (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que re­cebeu o ba­tismo em Bor­déus, re­nun­ciou ao con­su­lado e, sendo um homem nobre e rico, se fez pobre e hu­milde por amor de Cristo; trans­fe­rindo-se para Nola, na Cam­pânia, perto do se­pulcro de São Félix, pres­bí­tero, e para se­guir o seu exemplo, abraçou a vida as­cé­tica com a es­posa e al­guns com­pa­nheiros; or­de­nado bispo, foi in­signe pela sua cul­tura e san­ti­dade e em­pe­nhou-se ge­ne­ro­sa­mente em ajudar os pe­re­grinos e ali­viar os indigentes. († 431).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, No ano da graça de 431, o nascimento no céu de São Paulino. Originário de uma família senatorial romana residente em Bordeaux, renunciou a um rico e bem consolidado patrimônio para colocar-se a serviço da Igreja. Ordenado sacerdote em Barcelona, fixou-se junto ao sepulcro de São Félix, em Nola, na Campânia. Quando chegou a hora de sua eleição episcopal, zelou com grande solicitude por seus fiéis, que estavam sofrendo com a invasão dos godos. (R).

– Conforme a Folhinha do Coração de Jesus de 21.06.2020, “22/06: SÃO PAULINO DE NOLA. Paulino nasceu na França pelo ano de 355, filho de nobre família romana, proprietária de muitas terras na França, Espanha e Itália. Desde cedo foi educado na fé cristã. Foi cônsul e governador da província de Campânia, no sul da Itália. Teve contato com a devoção do povo de Nola a São Félix, cujo sepulcro ficava perto da cidade. Renunciou, pelo ideal evangélico, à carreira e às riquezas, e depois de pedir conselhos a São Jerônimo, retirou-se com a esposa junto ao sepulcro de São Félix. Construiu várias celas e uma capela, que mais tarde foi ampliada em uma basílica. Ali, viveram ele, a esposa e companheiros ao modo de uma ordem religiosa. Em 409 foi eleito bispo de Nola, dirigindo essa igreja por vinte e dois anos com grande sabedoria e paternidade para com seu povo.” (Frei Marcos Antônio de Andrade, OFM-Petrópolis/RJ).

– Ver páginas 94-100 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Paulino de Nola (em latimPaulinus Nolanus), nascido Pôncio Merópio Anício Paulino (em latimPontius Meropius Anicius Paulinus), é considerado um dos Padres da Igreja do ocidente. Na sua juventude foi cônsul e exerceu importantes cargos civis até ser batizado. Vendeu seus bens, distribuindo o dinheiro aos pobres e, com sua esposa Terásia, passou a viver vida eremítica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Paulino_de_Nola

– Ver São Paulino de Nola

Também conhecido como

  • Meropius Pontius Anicius Paulinus

Memorial

Perfil

Amigo de Santo Agostinho de Hipona e de São Nicetas de Remesiana , e mencionado por sua santidade por pelo menos seis de seus santos contemporâneos .

Advogado ilustre. Exerceu vários cargos públicos no Império, depois se aposentou do ministério público com sua esposa, Therasia, primeiro para Bordeaux , na França , onde foram batizados , e depois para a propriedade de Therasia na Espanha . Após a morte de seu único filho com apenas algumas semanas de idade, o casal decidiu passar o resto de suas vidas dedicados a Deus . Eles doaram a maior parte de suas propriedades e se dedicaram a aumentar sua santidade.

Paulino foi ordenado , então ele e Therasia se mudaram para Nola , Itália , doaram o resto de suas propriedades e se dedicaram a ajudar os pobres . Paulino foi escolhido bispo de Nola por demanda popular, e governou a diocese por mais de 21 anos, vivendo em sua própria casa como monge e continuando a ajudar os pobres . Seus escritos contêm um dos primeiros exemplos de uma canção de casamento cristã .

Nascer

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Leituras

Ó Deus , que o bispo São Paulino de Nola, notável por amor à pobreza e pelo cuidado pastoral, concedei-nos graciosamente que, celebrando seus méritos, possamos imitar o exemplo de sua caridade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos. – coleta litúrgica

Citação MLA

2. Os santos João Fisher (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, e Tomás Moro, ou More (também na Folhinha do Coração de Jesus), már­tires, que, por se terem oposto ao rei Hen­rique VIII na con­tro­vérsia sobre o seu ma­tri­mónio e sobre o pri­mado do Ro­mano Pon­tí­fice, foram en­car­ce­rados na Torre de Lon­dres, na In­gla­terra. João Fisher, bispo de Ro­chester, homem ilus­trís­simo pela sua eru­dição e dig­ni­dade de vida, foi de­go­lado neste dia di­ante do cár­cere por ordem do pró­prio rei. Tomás Moro, pai de fa­mília dig­nís­simo e pre­si­dente do con­selho real, por causa da sua per­se­ve­rança na fi­de­li­dade à Igreja ca­tó­lica, no dia seis de Julho foi as­so­ciado ao mar­tírio do ve­ne­rável pontífice. († 1535).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Londres, no ano do Senhor de 1535, São João Fisher, professor da universidade de Cambridge, e São Tomás More, Lorde Chanceler do rei Henrique VIII da Inglaterra. Humanistas da Renascença, amigos de Erasmo e de Holbein, serviram à Coroa com inteligência e lealdade, o que não os impediu de ficar ao lado da Igreja até à morte. (R)

– São João Fischer, ver páginas 107-114 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Dia 06 de julho ver: Em Lon­dres, na In­gla­terra, São Tomás Moro, que é co­me­mo­rado no dia 22 de junho, jun­ta­mente com São João Fischer. († 1535).

– Ver páginas 251-252: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver “Thomas MoreThomas Morus ou Tomás Moro[1] (Londres7 de fevereiro de 1478 — Londres6 de julho de 1535) foi filósofo, homem de estado, diplomata, escritor, advogado e homem de leis, ocupou vários cargos públicos, e em especial, de 1529 a 1532, o cargo de “Lord Chancellor” (Chanceler do Reino – o primeiro leigo em vários séculos) de Henrique VIII da Inglaterra. É geralmente considerado como um dos grandes humanistas do Renascimento. Sua principal obra literária é Utopia.[2].Foi canonizado como mártir da Igreja Católica em 19 de maio de 1935 e sua festa litúrgica celebra-se em 22 de junho.[3]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Thomas_More

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Thomas_More

– Ver ainda “John Fisher (BeverleyYorkshireInglaterra, c. 1469 — Tower Hill, Tyburn, Londres22 de junho de 1535) foi cardeal e bispo de Rochester, na Inglaterra, durante o reinado de Henrique VIII. É venerado como mártir e santo pela Igreja Católica e pela Igreja Anglicana.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/John_Fisher

– Ver: https://pt.wikisource.org/wiki/%C3%9Altima_carta_de_Thomas_More

– Ver ainda: http://caritaschrist.blogspot.com/2013/06/de-uma-carta-de-sao-tomas-more-escrita.html

3.   Em Roma, a co­me­mo­ração de São Flávio Cle­mente, mártir, que, por ordem do im­pe­rador Do­mi­ciano (de quem era primo, conforme o Martirológio Romano-Monástico), com o qual exer­cera o con­su­lado, acu­sado de re­negar do nome dos deuses, foi con­de­nado à morte pela fé de Cristo. († 96).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no fim do séc. I, a paixão do cônsul Flávio Clemente. Seu primo, o imperador Domiciano, o fez condenar à morte sob acusação de ateísmo, porque ele adorava Cristo com exclusão de todos os deuses pagãos oficiais. (M)

4.   Em Ve­rulam, na Bre­tanha, ter­ri­tório da ac­tual In­gla­terra, Santo Al­bano, mártir, que, se­gundo a tra­dição, ainda não bap­ti­zado se en­tregou em lugar de um clé­rigo que tinha re­co­lhido em sua casa e do qual re­ce­bera os en­si­na­mentos da fé cristã, tro­cando com ele as vestes. Por isso, foi fla­ge­laLdo, atroz­mente ator­men­tado e fi­nal­mente decapitado. († c. 287).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico (de 22 de junho), no tempo do imperador Diocleciano, Santo Albano, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Ele havia salvo um padre cristão, que depois o converteu à fé. Um célebre mosteiro beneditino foi fundado sobre seu túmulo. (M).

– Lembrado dia 21 de junho na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver páginas 101-102 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Santo Albano é um santo, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Faleceu em Verulâmio, sítio da atual São Albano, e sua festa é celebrada em 17 e 22 de junho.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Albano_de_Verul%C3%A2mio

– Ver 21 de junho: Santo Albano, na Folhinha do Coração de Jesus. No Martirológio Romano, 22 de junho.

– Ver “Também chamado de Albinus em algumas listas. Ele é tradicionalmente conhecido como um padre grego ou albanês que foi com Santo Ursus à cidade de Milão, na Itália. Eles haviam deixado a ilha de Naxos, na Grécia, para escapar dos arianos que controlavam a Igreja naquela área. Santo Ambrósio deu as boas-vindas a Albano e Ursus, enviando-os à França e Alemanha para converter as tribos pagãs de lá. Ursus foi morto no caminho, mas Alban se estabeleceu em Mainz. Lá ele se tornou famoso como pregador, atacando as falsas doutrinas dos arianos. Acredita-se que ele tenha sido morto pelos vândalos, que atacaram a região. Alban foi decapitado em Hanum após ser morto.
 Alban (Albinus) de Mainz M (RM) Quando o padre grego Santo Alban foi banido de Naxos pelos arianos, ele pregou o Evangelho na Alemanha. Novamente ele foi atacado pelos arianos e foi martirizado em Mainz, Alemanha…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

5.   Em Ca­er­leon, na Bre­tanha Menor, re­gião da a­tual França, os santos Júlio e Aarão, már­tires, que, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, so­freram o mar­tírio de­pois de Santo Al­bano. No mesmo tempo e no mesmo lugar, muitos ou­tros cris­tãos, tor­tu­rados com di­versos su­plí­cios e cru­de­lis­si­ma­mente fla­ge­lados, su­pe­raram o com­bate e al­can­çaram as ale­grias da ci­dade eterna. († s. IV in.).

– Ver Santo Aarão de Aleth “Aarão de Aleth (em bretãoAihran) foi um ermitãomonge e abade que viveu na metade do século VI em um monastério em Cézembre, uma pequena ilha próxima de Aleth, atualmente Saint-Servan, e de Saint-Malo, na região da BretanhaFrança. Algumas fontes dão conta de que ele nasceu de mercadores britânicos na Armória Dumnônia, um antigo reino na Britânia pós-romana, numa área que hoje cobre o sudoeste da Inglaterra.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Aar%C3%A3o_de_Aleth

6.   Em Do­liche, na Síria, ac­tu­al­mente na Tur­quia, Santo Eu­sébio, bispo de Sa­mo­sata, que, no tempo do im­pe­rador ariano Cons­tâncio, dis­far­çado com veste mi­litar vi­si­tava as Igrejas de Deus para as for­ta­lecer na fé ca­tó­lica; pos­te­ri­or­mente, no tempo do im­pe­rador Va­lente, foi des­ter­rado para a Trácia; mas, res­ta­be­le­cida a paz da Igreja, re­gressou do exílio no tempo do im­pério de Te­o­dósio; fi­nal­mente, ao vi­sitar no­va­mente as Igrejas, morreu mártir com a ca­beça par­tida com uma telha ati­rada contra ele por uma mu­lher ariana. († 379).

No dia 21 de junho, conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano de 378, a volta para Deus de Santo Eusébio. Bispo de Samostata, na Síria, foi exilado para a Trácia pelo imperador Valêncio, por causa de sua ortodoxia. A morte do imperador permitiu-lhe voltar para sua diocese, mas foi pouco depois assassinado por uma mulher ariana. É apresentado por Teodoreto como um generoso campeão da verdade (M).

– Ver páginas 71-82 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também: https://ecclesia.org.br/synaxarion/?p=1402

– Ver ainda: http://santosortodoxos.blogspot.com/2013/07/santo-eusebio-de-samosata.html

– Ver “…ST EUSEBIUS, BISPO DE SAMOSATA (c. AD 379). NADA se sabe sobre a origem e a história antiga de Santo Eusébio. Ele veio antes de nós em 361, quando como bispo de Samosata, ele participou de um sínodo convocado em Antioquia para selecionar um sucessor para o bispo Eudoxo… Valente emitiu uma ordem condenando-o ao exílio na Trácia. Quando o oficial encarregado de fazer cumprir este decreto se apresentou a Eusébio, o bispo o advertiu para não tornar sua missão pública, para que o povo não se levantasse e o matasse: o homem santo não desejava que ninguém perdesse a vida por sua causa… Quando a morte de Valente em 378 pôs fim à perseguição, Santo Eusébio foi devolvido ao seu assento e ao seu rebanho. Seu zelo em nenhum grau foi prejudicado por seus sofrimentos. Por meio de seus esforços, a unidade católica foi restaurada em toda a sua diocese, e as sés vizinhas foram ocupadas por prelados ortodoxos. Ele estava visitando Dolikha para colocar um bispo católico ali quando foi atingido na cabeça por uma telha jogada sobre ele de um telhado por uma mulher ariana. O ferimento foi fatal, e ele morreu vários dias depois, após arrancar de seus amigos a promessa de que eles não iriam procurar ou punir seu agressor…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

7.   Co­me­mo­ração de São Ni­cetas, bispo de Re­me­siana, na Dácia, hoje Bela Pa­lanka, na Sérvia, que São Pau­lino de Nola louva com um elo­quente poema, por ter anun­ciado o Evan­gelho aos bár­baros, trans­for­mando-os em ove­lhas de Cristo con­du­zidas ao redil da paz, e por ter con­se­guido que gente in­culta e ha­bi­tuada ao la­tro­cínio apren­desse a cantar os lou­vores de Cristo com um co­ração romano. († c. 414).

– Ver “São Nicetas de Remesiana (ca. 335414) foi um Bispo de Remesiana, atualmente Bela Palanka, a qual se situa na Sérvia, pertencente ao distrito de Pirot[1]. São Nicetas foi também teólogo e compositor de versos litúrgicos, cujas atividades missionária e de escrita efetuaram a cristianização e cultivaram uma cultura latina entre os bárbaros no baixo vale do Danúbio[2]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nicetas_de_Remesiana

8*.   Em Roma, no pa­lácio pon­ti­fício de La­trão, o Beato Ino­cêncio V, papa, que de­pois de ter to­mado o há­bito da Ordem dos Pre­ga­dores e en­si­nado a sa­grada te­o­logia em Paris, aceitou com re­lu­tância a sede epis­copal de Lião e ori­entou, jun­ta­mente com São Bo­a­ven­tura, o Con­cílio Ecu­mé­nico para a uni­dade entre os La­tinos e os Gregos se­pa­rados; fi­nal­mente, eleito para a cá­tedra de Pedro, pouco tempo exerceu a função de Pon­tí­fice, porque a morte só lhe per­mitiu ser quase apenas mos­trado, mais do que dado à Igreja de Roma. († 1276).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, em 1276, o Bem-Aventurado Inocêncio V, dominicano da Savóia, que tornou-se provincial da sua ordem e foi pouco depois nomeado arcebispo de Lião. Como tal, recebeu o XIV Concílio Ecumênico, que discutiu a questão da unidade entre gregos e latinos. Seu pontificado durou apenas seis meses. (M).

– Ver “O Papa Inocêncio V ( latino : Inocêncio V ; c. 1225 – 22 de junho de 1276), nascido Pierre de Tarentaise, foi papa de 21 de janeiro a 22 de junho de 1276. Membro da Ordem dos Pregadores, ele adquiriu uma reputação de pregador eficaz. Ele ocupou uma das duas “cadeiras dominicanas” da Universidade de Paris e foi fundamental para ajudar a elaborar o “programa de estudos” da Ordem. Em 1269, Pedro de Tarentaise foi provincial da província francesa de dominicanos. Ele foi um colaborador próximo do Papa Gregório X, que o nomeou Bispo de Ostia e o elevou ao cardeal em 1273.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Inoc%C3%AAncio_V

– Ver “… BD INOCENTE V, PAPA (1277 DC)
O primeiro papa dominicano, Inocêncio V, foi batizado Pedro, e até sua elevação ao papado era comumente conhecido como Pedro de Tarentaise, do nome de seu local de nascimento, Tarentaise-en-Forez (Loire ). · [Não deve ser confundido com o abade e bispo cisterciense São Pedro de Tarentaise (8 de maio).] …Embora fosse um homem de físico esplêndido e de constituição tão robusta que nem austeridades nem o trabalho árduo o haviam prejudicado, ele foi acometido por uma febre maligna que o matou em poucos dias. Ele morreu em 22 de junho de 1277, aos cinquenta e um anos, após ter sido papa por apenas cinco meses. O culto de Bd Innocent foi confirmado em 1898, e seu nome adicionado ao martirológio romano como alguém que “trabalhou pela concórdia entre os cristãos”…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

9. São João IV:

– Ver página 104 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 835 João IV bispo de Nápoles – San Giovanni d’Acquarola, ou “o Pacificador”, B (AC)
Conhecido localmente como San Giovanni d’Acquarola, ou “o Pacificador”, São João era o bispo de Nápoles, onde agora é venerado como um dos patronos da cidade (Benedictines, Encyclopedia) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html#835_John_IV_bishop_of_Naples_San

10. São João I, de Nápoles. Ver página 103 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “São João foi o bispo de Nápoles que traduziu o corpo de São Januário de Puteoli para Nápoles, “que abençoou Paulino, bispo de Nola, chamado ao reino celestial”, segundo o Martirológio Romano (Beneditinos, Enciclopédia).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São João (no Martirológio está São João IV), bispo de Nápoles, amigo de São Paulino de Nola, morto exatamente um ano antes dele. (M).

11. Santo Evrardo, arcebispo de Salzburgo. Ver páginas 105-106 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “…1164 Santo Eberhard (Everard) bispo de Salzburgo maior apoiador do papa na Alemanha durante a controvérsia da investidura OSB Nasceu em Nuremberg, Alemanha, 1085; morreu em Salzburgo, Áustria, em 11 de junho de 1164…
… Santo Eberhard foi educado pelos monges de Michelberg em Bamberg. Ele obteve um canonismo em Bamberg, que, no entanto, ele desistiu para se tornar um beneditino em Prüfening em 1125. Em 1133, ele foi feito abade de Biburg, e em 1147 consagrado bispo de Salzburgo.
Eberhard foi o maior defensor do papa na Alemanha durante a controvérsia da investidura. No início da Idade Média, um imperador ou outro príncipe leigo investia um abade ou bispo eleito com o anel e o cajado e recebia homenagem antes da consagração. O Papa Nicolau II condenou a prática em 1059. Em 1075, toda investidura leiga foi proibida pelo Papa Gregório VII (Beneditinos, Enciclopédia).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html

12. Bem-Aventurado Lambert, abade. Ver páginas 115-117 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “1125 O beato Lambert Saint-Bertin 40º abade introduz as observâncias Cluniac OSB Abade (AC). Desde a infância, Lamberto foi treinado na vida monástica na abadia beneditina de Saint-Bertin, da qual eventualmente se tornou o 40º abade. Ele terminou a igreja da abadia e introduziu as observâncias cluníacas [independente de tudo, exceto da jurisdição papal] (beneditinos) .”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html

13. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 22 DE JUNHO (alguns destacados acima):

– OntemCalendárioAmanhã ->
John Fisher de Rochester (Memorial Opcional) Paulino de Nola (Memorial Opcional) Thomas More (Memorial Opcional) Madonna Ta’ Pinu Nossa Senhora do Cabo — Arão da Bretanha Arão de Pais-de-Laon Albano da Grã-Bretanha Altrude de Roma Consórcios Cronan das Samambaias Eberhard de Salzburgo Eusébio de Samósata Exuperâncio de Como Flávio Clemente Gregório de AgrigentoHeráclio, o Soldado Hespério de Metz Inocêncio V , Papa João IV de Nápoles Júlio de Pais-de-Laon Kristina Hamm Marie Lhuilier Nicetas de Remesiana Precia de Epinal Rotrudis de Saint-Omer Rufino de AlexandriaMártires de Samaria – 1480 santos — Crunmael de Barragh Jean de la Bellière Nicetas de Aquileia
todos esses memoriais em uma única página

14. Outros santos do dia 22 DE JUNHO: páginas: 94-118 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 22 de junho, ver ainda: 22 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 485-487: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 21 de junho

1. Me­mória de São Luís Gonzaga (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­gioso, que, nas­cido de fa­mília de prín­cipes e no­bi­lís­simo pela ino­cência de vida, ab­dicou em favor do seu irmão o di­reito ao prin­ci­pado e in­gressou na Com­pa­nhia de Jesus. Pela as­sis­tência ge­ne­rosa aos con­taminados da peste, con­traiu a en­fer­mi­dade que o levou à morte ainda em plena juventude. († 1591).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, em 1591, o nascimento no céu de São Luís Gonzaga. Renunciando ao trono de Mântua e à carreira militar, entrou para a Companhia de Jesus, onde sua inocência e seu enérgico caráter se expandiram em uma grave, porém delicada caridade. Morreu aos vinte e três anos, cuidando heroicamente de um doente de peste. São Luís Gonzaga é o padroeiro celeste da juventude cristã. (M).

– Ver páginas 83-85 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Luís de Gonzaga S.J. (Castiglione delle Stiviere9 de março de 1568 — Roma21 de junho de 1591) foi um religioso italiano e santo da Igreja Católica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_de_Gonzaga

– Ver ainda SÃO LUÍS GONZAGA

Também conhecido como

  • Aluigi Gonzaga
  • Luís Gonzaga

Memorial

Perfil

Nascido da nobreza italiana que cresceu em um castelo, filho de Ferdinand Gonzaga, um príncipe do Sacro Imperador Romano e um jogador compulsivo . Primo de São Rodolfo Acquaviva . Treinado desde os quatro anos como soldado e cortesão . Serviu como pajem na corte espanhola . Ele sofria de doença renal , que ele considerava uma bênção, pois o deixava acamado com tempo para a oração . Ainda menino , ensinou catecismo a meninos pobres . Ele recebeu sua primeira comunhão de São Carlos Borromeo . Aos 18 anos, Aloysius assinou sua reivindicação legal às terras de sua família e título de seu irmão, e tornou-se um noviço jesuíta . Aluno espiritual de São Roberto Belarmino . Atendeu às vítimas da peste em Roma , Itália , no surto de 1591 , durante o qual ele pegou a doença que o matou aos 23 anos.

Nasceu

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações– São Luís Gonzaga

Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele– São Luís Gonzaga

Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por sua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

2*.   Em Ghé, na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente na França, São Me­venno ou Mévio, abade, que, tendo nas­cido no País de Gales, se re­co­lheu numa flo­resta da Bre­tanha, onde fundou um mosteiro. († s. VI).

São Meven, abade. Ver página 91 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver ‘St. Maine Fundador de Saint-Meon na Bretanha, França; um discípulo de St. Samson Maine, também está listado como Meen, Mevenus, Mavenus ou Mewan, era galês ou córnico…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

3.   No ter­ri­tório de Evreux, na Nêus­tria, também na ac­tual França, São Leu­fredo (Leutfrido), abade, que fundou o mos­teiro de La Croix-Saint-Ouen, ao qual pre­sidiu du­rante cerca de qua­renta e oito anos. († 738).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 738, São Leofredo. Amigo e confidente de Santo Ansberto, antigo monge de Fontenelle, e por esta época bispo de Ruão, fundou às margens do rio Eure um mosteiro que mais tarde viria a chamar-se “La Croix-Saint-Leufroy” (M).

Ver página 92 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4*.   Em Bourges, na Aqui­tânia, hoje também na França, São Ro­dolfo, bispo, que, pela sua grande so­li­ci­tude pela vida sa­cer­dotal, compôs, em co­la­bo­ração com os pres­bí­teros da sua Igreja, uma co­lec­tânea de ca­pí­tulos dos Santos Pa­dres e sen­tenças de câ­nones para uso pastoral. († 866)

– Ver “…  Raul, Rodulfo ou Rodolfo, pertencia a uma família de alta nobreza da Monarquia Franca. O pai, chamado também Raul, era conde de Cahors e tinha o título de abade leigo de Tulle… Raul ocupou-se também dos religiosos e das religiosas. Veio a morrer a 21 de Junho de 866. A diocese de Bourges celebra ainda a sua memória neste dia.”: http://fraternidadesaogilberto.blogspot.com/2012/06/sao-raul-bispo.html

São Raul, Bispo e Confessor. Ver página 86 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Hu­esca, ci­dade de Aragão, re­gião da Es­panha, São Rai­mundo, que era có­nego re­gular quando foi no­meado bispo de Roda e de Bar­bastro e, porque não quis vencer os ini­migos do nome cristão pela força das armas, foi três vezes ex­pulso da sua sede. († 1126).

– Ver “São Raimundo de Barbastro, Bispo e Confessor” páginas 87-88 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6*.   Em Or­vieto, na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato Tomás Cor­síni, re­li­gioso da Ordem dos Servos de Maria. (1343)

– Ver “… O humilde servo da Virgem morreu em Orvieto, no ano de 1343 (21 de junho), como se lê na “Crônica” de fray Miguel Poccianti; seu corpo recebeu um honroso sepultamento na igreja dos Servos desta mesma cidade. Por milagres, cada vez mais frequentes, os habitantes de Orvieto muito cedo começaram a prestar-lhe uma grande devoção e a celebrar a sua memória. Seu culto foi confirmado em 13 de dezembro de 1768 pelo Papa Clemente XIII.”: http://www.parroquiasanmartin.com/tomascorsini.html

7.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, São João Rigby, márt ir, que, de­tido e con­de­nado à morte por se ter re­con­ci­liado com a Igreja ca­tó­lica no rei­nado de Isabel I, foi sus­penso da forca em Southwark e es­quar­te­jado ainda vivo. († 1600).

– Ver página 89 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… Ele nasceu perto de Wigan, Inglaterra, e reconciliou-se com a Igreja. Admitindo que era católico, foi preso e colocado na prisão de Newgate. Ele foi enforcado, desenhado e esquartejado em Southwark em 21 de junho. John é um dos Quarenta Mártires da Inglaterra e País de Gales e foi canonizado em 1970 pelo Papa Paulo VI.
John Rigby M
(RM) Nasceu em Harrock Hall perto de Wigan, Lancashire, Inglaterra, c. 1570; morreu em 21 de junho de 1600; beatificado em 1929; canonizado pelo Papa Paulo VI em 1970 como um dos Quarenta Mártires da Inglaterra e Gales.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

8*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Tiago Mo­relle Dupas, pres­bí­tero e mártir, que, sempre se­vero con­sigo e amável com os ou­tros, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa foi con­de­nado à prisão por exercer o mi­nis­tério pa­ro­quial no ter­ri­tório de Poi­tiers e morreu de fome e inanição. († 1794)

9♦.   Em Olot, na Ca­ta­lunha, re­gião da Es­panha, a Beata Li­be­rata Fer­ra­rons i Vives, virgem da Ordem Ter­ceira Carmelita. († 1842)

– Ver “… Liberata Ferrarons (19 de abril de 1803 – 21 de junho de 1842) assemelha-se aos antigos terceiros em aspectos místicos e extraordinários de sua vida.

Ela era filha de um pobre tecelão de Olot, na Catalunha, onde havia um convento carmelita desde 1565, cuja família ainda estava unida por laços estreitos de amor paterno e filial.

Juan Ferrarons só pôde sustentá-la quando adoeceu e morreu. Não havia escolha a não ser mandar a filha mais velha, de seis anos, Liberata, para mendigar nas ruas. Por dois anos, a menina sustentou a família dessa forma até conseguir um emprego em uma fábrica têxtil. Noivado nos dezenove anos seguintes, enquanto pôde ser atuante neste tipo de trabalho, desenvolvendo grande habilidade, aliada ao seu zelo, tornou-se uma excelente empregada e requisitada.

Ela subiu para o cargo de gerente dos outros trabalhadores nesta fábrica. 

Em 1819, ele proclamou seus votos na Ordem Terceira do Carmelo. Este evento marca mais um passo na sua vida de oração e solidariedade, à qual se dedicou integralmente. No trabalho, seus dedos ágeis voaram sobre a lágrima, deixando seus pensamentos livres para viver em Deus. Supervisionar outros jovens com prudência e encorajamento para o bem. 

Organizou a recitação do Rosário no trabalho.

A prática piedosa não era incomum nas fábricas espanholas da época, Liberata tinha que parecer menina elegante com feições atraentes, alta e forte. Sua saúde não era muito boa, devido, sem dúvida, aos empregos desnutridos e sobrecarregados de sua infância. Cada vez mais difícil trabalhar em 1830, adoeceu na cama, onde permaneceu até sua morte.

Sua doença, sem dúvida, desconcertou os médicos tanto em seus sintomas quanto em sua evolução, porque só levou à conclusão de que era algo sobrenatural, que ela poderia continuar a viver e suportar tanta dor. Em seus últimos anos, ele experimentou visões e outras graças místicas, como afirmaram seus confessores. Estes foram o carmelita Antonio Bonavia, até a saída do convento de clausura de Olot, e os padres diocesanos Luis Vila, Pedro Rovira e Dr. Joaquim Masmitjà.

A vida virtuosa de Liberata, a oração sublimada, o sofrimento paciente e a mística não foram esquecidos pelo povo, que conserva toda a sua veneração, aguardando a sua canonização. Liberata havia sido proposta como modelo de trabalho cristão.

No dia 17 de janeiro de 2009, o Santo Padre Bento XVI recebeu em audiência privada Sua Excelência Dom Angelo Amato, SDB, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos. Durante a audiência, o Santo Padre autorizou a Congregação a promulgar o decreto que reconhece as virtudes heroicas da Serva de Deus Liberata Ferrarons y Vives, terceiro membro da Ordem do Carmo, nascido em Olot (Catalunha, Espanha) no dia 19 de abril de 1803, e morreu em 21 de junho de 1842 também em Olot. Este é o primeiro passo importante no caminho da beatificação.

Agora precisamos de um milagre por intercessão do Venerável Liberata para ser declarado bem-aventurado.
Fonte: OS CARMELITAS – História da Ordem do Carmo – Volume V
Joaquín Smet, O. Carm. (Dyonísio da Silva tradução gratuita e informação sem fins lucrativos e para a Ordem Secular dos Carmelitas Descalços)

Extraído e traduzido de: ocdsprovinciasaojose.blogspot.com

Postado por Cecill Torres em sexta-feira, 21 de junho de 2013…”: http://vidas-santas.blogspot.com/2013/06/liberata-ferrarons-y-vives-laica.html

10.   Em Za­po­tla­nejo, lo­ca­li­dade do Mé­xico, São José Isabel Flores, pres­bí­tero e mártir no tempo da grande perseguição. († 1927)

– Ver São José Isabel Flores Varela

Memorial

Perfil

Seminarista em Guadalajara, México . Pároco em Zapotlanejo, Jalisco México em 1900 . Pai forte e gentil de seu rebanho, recusou-se a abandonar sua paróquia durante as perseguições da Igreja pelo governo; ele se escondeu e ministrou secretamente aos seus paroquianos . O prefeito de Zapotlanjejo, José Orozco, era virulentamente anti – católico , e oferecia uma recompensa pela captura de qualquer padre . Padre José foi traído por esta recompensa, epreso ; seu Judas era Nemesio Bermejo, ex- seminarista que morava com Flores.

Flores foi oferecida sua liberdade se ele aceitasse o governo anti – Igreja Calles; ele recusou. Orozco transformou a reitoria de Zapotlanejo em uma prisão , jogou Flores nela, não lhe deu comida ou água por três dias, tocou música fora da prisão para que ele não pudesse dormir e repetidamente lhe ofereceu liberdade em troca de cooperação; Padre José recusou.

Na noite em que morreu , José foi levado para um cemitério próximo e torturado ao ser repetidamente enforcado em uma árvore, mas sendo abaixado antes de morrer . Um dos soldados , batizado pelo padre Flores, recusou-se a participar da tortura ; os outros atiraram nele. Eles então pegaram os poucos pertences do padre e o assassinaram. O esquadrão tentou atirar nele, mas seus canhões não dispararam, e o comandante da tropa, Anastasio Valdivia, cortou a garganta de Flores. Mártir .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Leituras

Deus sabe que estou aqui. Esta é a vontade dele para mim. – São José de sua cela de prisão

Citação MLA

– Ver MÁRTIRES DA REVOLUÇÃO MEXICANA

Memorial

Perfil

A constituição mexicana de 1917 era claramente anticlerical e anti- Igreja , e sua adoção instituiu anos de violenta perseguição religiosa, incluindo expulsão de padres estrangeiros, fechamento de escolas paroquiais e assassinatos de vários padres e líderes leigos que trabalham para ministrar aos fiéis. e apoiar a liberdade religiosa. 25 deles que morreram em épocas e lugares diferentes, mas todos como resultado dessa perseguição foram celebrados juntos. Cada um deles tem memoriais separados, mas também são lembrados como um grupo.

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

11. Santa Demétria, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver “… 363. Santa Demetria, irmã de Santa Bibiana, filha dos Santos. Flaviano e DafrosaDemetria VM (RM) Santa Demetria é irmã de Santa Bibiana, que caiu morta quando foram presas. Segundo a lenda, seu pai, o ex-prefeito, Flavian, foi banido e morto. Posteriormente, sua esposa, Santa Dafrosa, foi decapitada deixando suas filhas órfãs, que foram despojadas e depois martirizadas (Beneditinos, Delaney) .”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

12. Santo Albano, na Folhinha do Coração de Jesus. No Martirológio Romano, 22 de junho.

– Ver “Também chamado de Albinus em algumas listas. Ele é tradicionalmente conhecido como um padre grego ou albanês que foi com Santo Ursus à cidade de Milão, na Itália. Eles haviam deixado a ilha de Naxos, na Grécia, para escapar dos arianos que controlavam a Igreja naquela área. Santo Ambrósio deu as boas-vindas a Albano e Ursus, enviando-os à França e Alemanha para converter as tribos pagãs de lá. Ursus foi morto no caminho, mas Alban se estabeleceu em Mainz. Lá ele se tornou famoso como pregador, atacando as falsas doutrinas dos arianos. Acredita-se que ele tenha sido morto pelos vândalos, que atacaram a região. Alban foi decapitado em Hanum após ser morto.
Alban (Albinus) de Mainz M (RM) Quando o padre grego Santo Alban foi banido de Naxos pelos arianos, ele pregou o Evangelho na Alemanha. Novamente ele foi atacado pelos arianos e foi martirizado em Mainz, Alemanha…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

– Ver 22 de junho: Em Ve­rulam, na Bre­tanha, ter­ri­tório da ac­tual In­gla­terra, Santo Al­bano, mártir, que, se­gundo a tra­dição, ainda não bap­ti­zado se en­tregou em lugar de um clé­rigo que tinha re­co­lhido em sua casa e do qual re­ce­bera os en­si­na­mentos da fé cristã, tro­cando com ele as vestes. Por isso, foi fla­ge­laLdo, atroz­mente ator­men­tado e fi­nal­mente decapitado. († c. 287).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico (de 22 de junho), no tempo do imperador Diocleciano, Santo Albano, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Ele havia salvado um padre cristão, que depois o converteu à fé. Um célebre mosteiro beneditino foi fundado sobre seu túmulo. (M).

– Lembrado dia 21 de junho na Folhinha do Coração de Jesus. Ver páginas 101-102 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Santo Albano é um santo, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Faleceu em Verulâmio, sítio da atual São Albano, e sua festa é celebrada em 17 e 22 de junho.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Albano_de_Verul%C3%A2mio

13. São Paládio, Bispo e Confessor. Ver página 90 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “São Paládio de Embrun ( francês : Pallade, pelade , catalã : Patllari, Pal·ladi ) (. D ca. 541 dC) foi um século 6- Bishop de Embrun. Nascido em uma família cristã, ele estudou com Catulin, bispo de Embrun , que participou do Concílio de Epaona em 517. Quando o arianos e Sigismund da Borgonha oposição do conselho, Catulin foi exilado para Vienne . Paládio acompanhou lá, e aproveitou a oportunidade para estudar exaustivamente a Escritura. Paládio foi ordenado sacerdote e, segundo a lenda, ganhou o dom da profecia. Ele disse ter previsto a queda e a morte de Sigismundo. Catulin morreu por volta de 518, e Paládio viria a ser eleito bispo de Embrun. Durante seu episcopado ele construiu inúmeras igrejas, em Chorges, Sauze, e Rama, bem como santuários dedicados a São Martinho de Tours, e Santos Vincent, Orontius, e Victor, bem como a Genesius de Arles. Uma fonte afirma que Palladius “possuía uma eficácia excepcional na obtenção de tudo o que ele pediu a Deus para.” Muitos milagres foram atribuídos a ele, e, além do dom da profecia, ele teve uma “familiaridade mística com os anjos … [e] derrotou as maquinações do diabo simplesmente fazendo o sinal da cruz.” Paládio de Embrun – https://pt.xcv.wiki/wiki/Palladius_of_Embrun”: https://pt.xcv.wiki/wiki/Palladius_of_Embrun

14. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 21 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Aloysius Gonzaga (Memorial) Madona dos Milagres — Agofredus de La-Croix Alban de Mainz Apolinário da África Colagia Corbmac Ciríaco da África Demetria de Roma Domingos de Comacchio Engelmund Jacques-Morelle Dupas John Rigby José Isabel Flores Varela João de Jesus Lázaro LeutfridoMarcia de Siracusa Martinho de Tongres Melchiorre della Pace Mewan da Bretanha Nicholas Plutzer Rafael de Bourges Raimundo de Barbastro Rufino de Siracusa Suibhne, o Sábio Terêncio Ursiceno de PaviaMártires de Taw – 3+ santos — Silencioso Tomás de Orvieto Urso de Burano
todos esses memoriais em uma única página

15. Outros santos do dia 21 DE JUNHO: páginas: 71-93 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 21 de junho, ver ainda: 21 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 483-485: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 20 de junho

1. Be­atas Sancha e Ma­falda, vir­gens, e Te­resa, re­li­giosa, fi­lhas de Dom Sancho I, rei de Por­tugal, que desde a in­fância foram mo­delo de vir­tudes. Sancha co­meçou a levar vida mo­nacal em Alen­quer, con­sa­grando-se ge­ne­ro­sa­mente ao ser­viço de Deus, e de­pois re­tirou-se para o mos­teiro cis­ter­ci­ense de Celas, junto de Coimbra, onde morreu san­ta­mente no dia treze de Março. Ma­falda, após uma pi­e­dosa ju­ven­tude, re­nun­ci­ando ao ma­tri­mónio que lhe foi pro­posto com o rei de Cas­tela, tomou o há­bito cis­ter­ci­ense no mos­teiro de Arouca, do dis­trito de Aveiro, onde deu exemplo de vida per­feita, e aí morreu no dia 1 de Maio. Te­resa, apesar da sua as­pi­ração à vida claus­tral, foi dada em ca­sa­mento ao rei de Leão; mas, re­co­nhe­cida a nu­li­dade do ma­tri­mónio, re­tirou-se para o mos­teiro de Lorvão, do dis­trito de Coimbra, onde tomou o há­bito cis­ter­ci­ense e san­ta­mente morreu no dia 17 de Junho. († c. 1229; 1256; 1250)

– VER DIA 17 DE JUNHO: Em Lorvão, lo­ca­li­dade de Por­tugal, a Beata Te­resa de Portugal, cuja me­mória se ce­lebra em Por­tugal no dia 20 de Junho, jun­ta­mente com suas irmãs Sancha e Mafalda. († 1250). Santa Teresa de Portugal e Santa Sância.

– Ver páginas 24-25 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “D. Teresa Sanches de PortugalO.S.B., (Coimbra4 de outubro de 1176[1][2] – Lorvão18 de junho de 1250[3]) também chamada ao tempo de Tarasia ou Tareja, e mais tarde, a Infanta-Rainha ou Rainha Santa Teresa, era a filha mais velha do rei D. Sancho I de Portugal, e esposa de Afonso IX de Leão.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Beata_Teresa_de_Portugal

2.   Co­me­mo­ração de São Me­tódio, bispo de Olimpo e mártir, que es­creveu li­vros de ex­po­sição clara e har­mo­niosa e no final da per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano foi co­roado com o martírio. († c. 312)

– Ver “… 312 Metódio O Hieromártir, Bispo de Patara (Lícia na Ásia Menor), distinguiu-se pela sua genuína humildade monástica.

{Hieromártir é, na tradição da Igreja Ortodoxa, um mártir que também faz parte do clero. De maneira similar, um sacerdote que também é monge é chamado de hieromongeWikipédia}
Com calma e mansidão instruiu o seu rebanho, mas defendeu firmemente a pureza da Ortodoxia e lutou energicamente contra as heresias, especialmente a heresia generalizada de os origenistas. Deixou um rico legado literário: obras em defesa do cristianismo contra o paganismo, explicações de dogmas ortodoxos contra a heresia de Orígenes, discursos morais e explicações da Sagrada Escritura.
São Metódio foi preso pelos pagãos, confessou firmemente diante deles sua fé em Cristo e foi condenado à morte por decapitação no ano 312…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune20.html#312_Methodius_The_Hieromartyr__Bishop

3.   No ter­ri­tório de Laon, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, São Go­bano, pres­bí­tero, que, na­tural da Ir­landa, foi dis­cí­pulo de São Fusco na In­gla­terra e, por amor de Cristo, partiu para a Gália, onde levou vida ere­mí­tica na floresta. († c. 670)

No Martirológio Romano-Monástico, no sécl. III, os Santos Adalgísio e Gabano, monges irlandeses, cujo campo de apostolado estendeu-se para o continente, o primeiro se fixando em Thiérache, e o segundo nos confins da região de Laon (X).

– Ver “… St. Govan Hermit missionário para evangelizar East Anglia ST GOBAN, OU GOBAIN, MÁRTIR (c. A.D. 670) Um irlandês de nascimento, e um discípulo de St. Fursey , St Goban acompanhou seu mestre para East Anglia, e com St Ultantan depois passou para a Gália.Depois de uma curta estadia em Corbie, onde ainda não havia abadia, St. Goban foi para Laon. A partir daí, ele fez o seu caminho para a grande floresta perto do Oise, e construiu uma célula perto de La Fère e Prémontré; então ele construiu uma igreja dedicada a São Pedro, mais tarde conhecida como Saint-Gobain. Eventualmente, ele foi vítima de bárbaros da Alemanha, que estavam saqueando o distrito. Cortaram a cabeça dele, seja por ódio à fé cristã ou porque não encontraram nenhum tesouro na cela do eremita. A cidade de Saint-Gobain, famosa por suas obras de vidro, fica no Mont d’Ermitage, onde dizem que o santo viveu e morreu…”: Santo do Dia 20 de Junho (lngplants.com)

4*.   No mos­teiro de São Tiago de Fóggia, na Apúlia, re­gião da Itália, São João de Matera, abade, que foi in­signe pela sua aus­te­ri­dade e pela sua pre­gação ao povo e, na re­gião de Gár­gano, fundou a Con­gre­gação de Pul­sano sob a ob­ser­vância da regra de São Bento. († 1139).

– Ver páginas 67-68 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “São João de Matera, nascido Giovanni Scalcione (Matera1070 (1080) – Foggia20 de Junho de 1139) é o fundador da extinta Congregação de Observação Beneditina de Pulsano. É venerado como Santo pela Igreja Católica…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Giovanni_Scalcione

5*.   No mos­teiro de Me­dingen, na Ba­viera, re­gião da Ale­manha, a Beata Mar­ga­rida Ebner, virgem da Ordem dos Pre­ga­dores, que, so­frendo por Cristo muitas tri­bu­la­ções, teve uma vida santa, ad­mi­rável aos olhos de todos e agra­dável a Deus e es­creveu vá­rias obras sobre a ex­pe­ri­ência mística. († 1351).

– Ver “Margarida Ebner (DonauworthBaviera1291 – Medingen, 20 de junho de 1351 foi uma freira do Monastério de Maria Santíssima de Medingen e da Ordem dos Pregadores e é venerada como Beata pela Igreja Católica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Margarida_Ebner

6*.   Em Du­blin, na Ir­landa, a paixão do Beato Der­mício O’Hurley, bispo e mártir, ju­rista leigo, que, por von­tade do papa Gre­gório XIII, foi no­meado bispo de Cashel. Du­rante o rei­nado de Isabel I, de­pois de so­frer in­ter­ro­ga­tó­rios e tor­turas du­rante vá­rios meses, ne­gando fir­me­mente todas as ca­lú­nias, fi­nal­mente, di­ante do pa­tí­bulo le­van­tado para ele em Hoggen Green, de­clarou pu­bli­ca­mente que morria por causa da fé ca­tó­lica e pelo mi­nis­tério episcopal. († 1584)

7*.   Também em Du­blin, a co­me­mo­ração da Beata Mar­ga­rida Ball, mártir, que, já viúva, por aco­lher em sua casa vá­rios sa­cer­dotes per­se­guidos, por de­núncia de um dos fi­lhos foi presa e, de­pois de vá­rios gé­neros de tor­turas no cár­cere, morreu sep­tu­a­ge­nária em dia incerto. († 1584).  

8*.   Em Na­ga­sáki, no Japão, os be­atos már­tires Fran­cisco Pa­checo, pres­bí­tero, e oito companheiros, da Com­pa­nhia de Jesus, que foram quei­mados vivos em ódio à fé cristã. São estes os seus nomes: Bal­tasar de Torres e João Bap­tista Zola, pres­bí­teros; Pedro Rinsei, Vi­cente Kaun, João Ki­sáku, Paulo Kin­zuke, Mi­guel Roso e Gaspar Sa­da­mátsu, religiosos. († 1626)

9*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Tomás Whit­bread e com­pa­nheiros Gui­lherme Har­court, João Fenwich, João Gavan e An­tónio Turner, pres­bí­teros da Com­pa­nhia de Jesus, que, acu­sados fal­sa­mente de tomar parte numa con­jura para as­sas­sinar o rei Carlos II, so­freram na praça de Ty­burn o mar­tírio pelo reino dos Céus. († 1679).

– Ver páginas 65-66 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… Bem-aventurado Thomas Whitbread & Comp., SJ MM (AC) Nascido em Essex, Inglaterra; beatificado em 1929. Thomas foi educado em Saint Omer e ingressou na Companhia de Jesus em 1635. Ele era provincial da missão inglesa e na época da Conspiração Papista foi condenado com quatro outros padres jesuítas sob a falsa acusação de conspirar para assassinar Carlos II. Por isso ele foi enforcado em Tyburn (beneditinos)…

BD WILLIAM HARCOURT, ou Waring – cujo nome verdadeiro era Barrow – veio de Lancashire. Ele entrou na Companhia de Jesus aos vinte e três anos, trabalhou na Inglaterra por trinta e cinco anos e orou diariamente por vinte anos para que pudesse ganhar a coroa do martírio: sua petição foi concedida quando ele tinha mais de setenta anos…

1679 Bl. John Fenwick e John Gavan Jesuítas Mártires da Inglaterra Titus Qates trama histeria, falsamente acusado de cumplicidade. John Fenwick nasceu em Durham e foi educado em Saint-Omer. Ele se tornou um jesuíta em 1656. John Gavan nasceu em Londres e entrou para os jesuítas em 1660. Eles estiveram envolvidos na histeria da conspiração de Titus Qates, falsamente acusados ​​de cumplicidade e condenados à morte em Tyburn com três companheiros jesuítas…”

1679 Bl. Anthony Turner Mártir da Inglaterra Jesuítas filho de um ministro protestante. Ele nasceu em Leicestershire e foi educado em Cambridge. Um convertido ao catolicismo, Anthony foi para Roma e se juntou aos jesuítas em Flandres e foi ordenado em 1661. Ele retornou à Inglaterra e trabalhou em Worcester até ser preso no chamado caso Titus Oates. Condenado por provas perjúrias, ele foi enforcado, sorteado e esquartejado em Tyburn em 20 de junho. Anthony foi beatificado em 1929.: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune20.html

10. No Martirológio Romano-Monástico, em 547, o martírio de São Silvério (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa. Recusando-se a restabelecer o patriarca herético de Constantinopla, deposto por seu predecessor, foi, a pedido da imperatriz Teodora, exilado na Ilha de Ponza, na Itália Meridional (M). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Silv%C3%A9rio

– Ver também “São Silvério ocupara a Sé de Pedro durante dois anos e alguns dias. Sua morte ocorreu no dia 20 de junho do ano 538. O Martirológio Romano diz dele neste dia: “Na ilha de Ponza, o natalício [para o céu] de São Silvério, papa e mártir. Negando-se a reconduzir Antimo, bispo herético, que seu predecessor Agapito depusera, foi desterrado por Belisário, sob a instigação da ímpia imperatriz Teodora. Finou-se naquela ilha, consumido de tribulações, que sofrera pela fé católica”.”: 20/06 – São Silvério Papa, Mártir – Instituto Plinio Corrêa de Oliveira (ipco.org.br)

– VER DIA 02 DE DEZEMBRO: Na ilha de Pal­ma­rola, na Li­gúria, também re­gião da Itália, o pas­sa­mento de São Sil­vério, papa e mártir, que, não que­rendo re­a­bi­litar An­timo, bispo he­ré­tico de Cons­tan­ti­nopla de­posto pelo seu an­te­cessor Santo Aga­pito, por ordem da im­pe­ra­triz Te­o­dora foi pri­vado da sua sede e en­viado para o exílio, onde morreu con­su­mido por muitas tribulações. († 537).

– Ver “São Silvério nasceu em Frosinone, cerca do 480, filho do papa Hormisda, que fora casado antes de se tornar prelado. Silvério foi Papa de 1 de Junho de 536 a março de 537.[1] É venerado como Santo pela Igreja Católica…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Silvério

– Ver página 68 “… São Silvério, papa e mártir … faleceu depois de atrozes sofrimentos em 537… o santo papa no exílio comeu o pão da tribulação e bebeu a água da angústia…”: (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

11. No Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 981, a volta para Deus de Santo Adalberto. Monge de São Maximino de Treves, foi enviado pelo imperador Otão, o grande, como chefe de um grupo de missionários para evangelizar os eslavos. A missão foi massacrada logo que entrou na Rússia. Adalberto, o único que voltou, foi colocado na abadia de Wissemburg, perto de Spira, sendo depois escolhido como o primeiro titular da nova sede episcopal de Magdeburgo, na Saxônia (M).

– Ver “Adalberto de Magdeburgo (também Alberto de MagdeburgoLorena, ca. 910 – Zscherben20 de junho de 981) algumas vezes conhecido por Apóstolo dos Eslavos, foi o primeiro arcebispo de Magdeburgo (a partir de 968)[1]missionário e historiógrafo. Foi mais tarde canonizado; o dia de sua festa litúrgica é 20 de junho”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Adalberto_de_Magdeburgo

12. Santa Florentina, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Santa Florentina ou Florência. Ver (… herança que São Leandro deixou a Santa Florentina) páginas 59-63 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Florentina de Cartagena, amplamente conhecida como Santa Florentina, chamada também de Florência (em latimFlorentia) é uma santa venerada pela Igreja Católica. Nascida em meados do século VI em Cartagena, na região da Hispânia[1], ela e a família era cristãs engajadas na disseminação do cristianismoFlorentina era irmã de três bispos ibéricos na época do reino visigóticoLeandro & Isidoro de Sevilha e Fulgêncio de Ruspe, e consagrou sua virgindade a Deus. Todos os quatro acabaram canonizados.[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Florentina_de_Cartagena

13. Bem-aventurado Benincosa. Ver “… consagrou-se ao serviço de Deus desde a juventude e escolheu a ordem dos servitas… Levou vida de grande penitência não se alimentando senão de pão e água… Foi morar em uma gruta que mais tarde se transformou em capela… Morreu a 09 de maio de 1426” página 64 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

VER 09 DE MAIO: Em Mon­tic­chiélli, ci­dade da Etrúria, também re­gião da Itália, o Beato Be­nin­casa de Montepulciano, re­li­gioso da Ordem dos Servos de Maria, que se re­tirou numa gruta do monte Amiata, no ter­ri­tório de Sena, onde abraçou uma vida penitente. († 1426).

14. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 20 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora da Consolação — Adalberto de Magdeburgo Bagne de Thérouanne Benigna Benigna de Trzebnice Benigno de Breslau Cassán de Cluain-Ratha Edburgo de Caistor Gema de Saintonge Goban da Picardia Guibech de Cluain-Bairenn Helena de Öehren Hector João de Pulsano Macário de Petra Margareta Ebner Metódio do Olimpo Novato de Roma — Martirizado em Londres Anthony Turner John Fenwick John Gavan Thomas Whitbread William HarcourtMártires Irlandeses – 17 Beati Dermot O’Hurley Donough MacCready Margaret Ball Mártires da Baixa Mésia Ciríaco Paulo Martirizado em Nagasaki Baltasar de Torres Árias Francisco Pacheco Gaspar Sadamatsu Giovanni Battista Zola Ioannes Kisaku Michael Tozo Paulus Shinsuke Petrus Rinsei Vincentius Kaun Mártires de Salamina -3 santos Aristóteles Atanásio Demetriano — Latuino de Seez Louis Matienzo Lucano de Saben Martinho de Ágreda Meinrich de Lübeck
todos esses memoriais em uma única página

15. Outros santos do dia 20 DE JUNHO: páginas: 59-70 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 20 de junho, ver ainda: 20 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 481-483: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 19 de junho

1. São Ro­mu­aldo (também na Folhinha do Coração de Jesus), ana­co­reta e pai dos monges Ca­mal­du­lenses, que, ori­gi­nário de Ra­vena, as­pi­rando à vida e dis­ci­plina ere­mí­tica, per­correu a Itália du­rante vá­rios anos, edi­fi­cando pe­quenos mos­teiros e pro­mo­vendo por toda a parte com in­fa­ti­gável di­li­gência a vida evan­gé­lica dos monges, até que ter­minou pi­e­do­sa­mente os seus tra­ba­lhos no mos­teiro de Val di Castro, no Pi­ceno, ac­tual re­gião das Marcas, na Itália. († 1027).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Romualdo, abade, morto em Val de Castro na Itália central, no ano da graça de 1027. “Sedento do Deus vivo e presente no deserto, abandonou o mosteiro beneditino de Santo Apolinário em Classe, perto de Ravena, sua cidade natal, três anos depois de sua profissão. Suas experiências pessoais e “a inspiração do Espírito Santo que presidia o seu coração” conduziram-no a organizar em Camaldoli, na Toscana, uma nova forma de vida eremítica, que ele considerava como uma expansão da ascese cenobítica. Com São Bruno, ele é venerado como Pai dos eremitas do Ocidente. (R).

– Ver páginas 73-90: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

– Ver também “São Romualdo (956Ravena – 19 de junho de 1027Convento de Val de Castro[1][2]) foi o fundador da Ordem dos Camaldulenses e a maior figura do “Renascimento do ascetismo eremita” no século XI.[3] Descendente dos duques de Orseoli, sua família não tinha vínculos com a religião…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Romualdo_de_Ravena

2.   Em Milão, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, também re­gião da Itália, a co­me­mo­ração dos santos Ger­vásio (também na Folhinha do Coração de Jesus) e Pro­tásio, már­tires, cujos corpos Santo Am­brósio en­con­trou e tras­ladou neste dia com grande so­le­ni­dade para a nova ba­sí­lica por ele edificada. († trasl. 386).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Milão, a paixão dos Santos Gervásio e Protásio, martirizados por causa de sua fidelidade ao batismo. Seus corpos foram descobertos por Santo Ambrósio no dia 19 de junho de 386, e seu culto chegou à Gália, onde um grande número de igrejas lhes foi consagrado. (M).

– Ver páginas 49-52 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… A tradição conta que Gervase e seu irmão gêmeo Protase, filhos dos santos Vitalis e Valéria, sofreram decapitação por causa da fé. Dizem que Gervase foi espancado até a morte com um chicote com ponta de chumbo, e Protase foi decapitado. São considerados os primeiros mártires de Milão desde que Santo Ambrósio , guiado por uma visão, desenterrou seus restos mortais em 386 (ver Cidade de Deus de Santo Agostinho, 22). São Paulino de Nola em sua Vida de Santo Ambrósio diz que os próprios mártires apareceram a Santo Ambrósio em uma aparição…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html

3*.   Nos montes Vosgos, na Bor­gonha da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na França, São Deus­dado (ou Deodato) bispo de Ne­vers, que, se­gundo consta, fundou um mos­teiro no lugar mais tarde de­sig­nado com o seu nome. († c. 679).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 680, São Deodato, bispo de Nevers, que fundou na região dos Vosges um mosteiro sob a regra de São Columbano. Nas proximidades, foi se formando a cidade que posteriormente tomou seu nome. (X)

– Ver “SÃO DEODATO … BISPO DE NEVERS (679 dC?). CONHECIDO em sua terra natal como Dié e Didier, São Deodato era anteriormente amplamente venerado na França e nada menos que nove traduções de suas relíquias foram registradas entre 1003 e 1851. Ele se tornou bispo de Nevers cerca de 655, e em 657 participou do Sínodo de Sens, juntamente com Santo Amandus de Maestricht, Santo Eligius de Noyon, Santo Ouen de Rouen, Santo Paládio de Auxerre e Santo Faro de Meaux. Depois de ocupar a cadeira episcopal por vários anos, ele renunciou, retirando-se para os Vosges para levar uma vida solitária… Deodatus of Jointures, OSB B (AC) (também conhecido como Didier, Dié) Nasceu no oeste da França; morreu em 19 de junho, c. 680. ”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html

4*.   No mos­teiro de Fé­camp, na Nêus­tria, também na ac­tual França, Santa Quil­do­marca (Ildemarca), aba­dessa, que aco­lheu be­nig­na­mente e prestou as­sis­tência a São Le­o­gário, mu­ti­lado por Ebroíno. († c. 682)

– Ver Santa Hildemarca de Fécamp

Também conhecido como

  • Childemarque
  • Childomarca
  • Hildemarque
  • Ildemarca
  • Quildomarca

Memorial

Perfil

Monja beneditina no convento de Santa Eulália em Bordeaux , França . Convidado por São Wandrille para governar o mosteiro que fundou em Fécamp. Abadessa . Ela acolheu São Leodegarius de Autun e ajudou a cuidar dele de volta à saúde após sua mutilação e exílio .

Morreu

  • c. 682 de causas naturais
  • mosteiro foi destruído por invasores normandos em 842 , e suas relíquias se dispersaram

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

5.   Em Sa­ra­goça, na His­pânia, São Lam­berto, mártir. († c. s. VIII)

– Ver São Lambert de Saragoça

Sabemos dele o que conta uma lenda baseada em tradições populares; estava a serviço de um mestre pagão que, depois de discutir com ele o Deus dos cristãos, um dia lhe ordenou, enquanto lavrava a terra, que aceitasse o culto dos ídolos sob pena de decapitação, o que ele fez quando Lambert recusou.
Reza então a lenda que Lamberto pegou-lhe na cabeça com as mãos e caminhou seguido dos bois, com quem lavrava, até à igreja de S. Encrazia indicando assim o local onde queria ser sepultado. De resto apenas suposições, como a de que morreu durante a perseguição de Diocleciano, analisando o nome poderia ter sido francês e que provavelmente sofreu o martírio na época em que Saragoça era dominada pelos muçulmanos.
Em 1389 foram redescobertos os túmulos dos 18 mártires de Saragoça chamados “Os inumeráveis” e colocados na cripta da igreja de s. Encrazia di Zaragoza e junto com eles as relíquias do titular e de S. Lamberto, o culto reacendeu-se para todos, após um longo período em que se perdeu a memória.
O papa holandês Adriano VI, de passagem por Saragoça, quis venerar as relíquias de S. Lamberto, talvez pela devoção que trouxe a S. Lamberto di Maastrich sua cidade natal; nessa ocasião, o papa tirou a mandíbula de um mártir, da qual brotou milagrosamente sangue, uma parte dela ainda está preservada em um relicário de vidro.
O próprio papa em 1522 deu permissão e apoio para que um mosteiro com seu nome fosse construído no local tradicional do martírio. Este mosteiro foi destruído em 1808 durante a guerra pela independência da Espanha contra a França.
A festa que outrora era em 19 de junho foi colocada pelo Barônio no Martirológio Romano em 16 de abril, no mesmo dia em que são comemorados os “18 mártires de Saragoça“.
O nome de origem lombarda significa “ilustre no país”.

Autor: Antonio Borelli: http://santiebeati.it/dettaglio/49650

VER 16 DE ABRIL

– Ver MÁRTIRES DE SARAGOÇA

Memorial

Artigo

Grupo de dezoito mártires assassinados em 304 em Saragoça , Espanha , nas perseguições de Diocleciano e do prefeito Dacean.

Morreu

  • sepulturas redescobertas em 1389 na cripta sob a igreja de San Encrazia em Saragoça

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

6*.   Em Cal­ta­gi­rona, na Si­cília, re­gião da Itália, a tras­la­dação do Beato Ger­lando, ca­va­leiro da Ordem de São João de Je­ru­salém, que se de­dicou com toda a di­li­gência e bon­dade ao au­xílio das viúvas e das cri­anças órfãs. († c. 1271)

– Ver Beato Gerlando d’Alemagna

As fontes mais antigas afirmam que o Beato Gerlando di Alemagna, presumivelmente de origem polonesa, foi cavaleiro da Ordem dos Hospitalários de São João de Jerusalém, posteriormente chamados de Cavaleiros de Malta. Chegado à Sicília na época do imperador Frederico II Barbarossa, radicou-se na igreja da Madonna del Tempio, a poucos quilômetros de Caltagirone, da qual se tornou guardião, atividade de acordo com sua Ordem à qual pertence. Com amor, tornou-se o protetor das viúvas e dos órfãos, e ao mesmo tempo se engajou em duras práticas de penitência.
Ele morreu por volta do ano de 1279 e foi enterrado em sua pequena igreja. Imediatamente nasceu um culto popular ao santo cavaleiro, então cerca de cinquenta anos depois, em 19 de junho de 1327, seus restos mortais foram transferidos para a basílica de San Giacomo Maggiore em Caltagirone. Seu crânio ainda hoje está preservado aqui em uma caixa de prata, que é exibida para veneração pública em várias ocasiões, enquanto o resto do corpo é encontrado no relicário da basílica.
A festa do Beato Gerlando ocorre no aniversário da transferência, sendo desconhecida a data do falecimento.

Autor: Fabio Arduino: http://santiebeati.it/dettaglio/92695

7.   Em Flo­rença, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, Santa Ju­liana Fal­co­niéri (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que fundou a Ordem Ter­ceira dos Servos de Maria, cha­madas “Man­te­latas” por causa do seu há­bito religioso. († c. 1341).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Florença, no ano do Senhor de 1341, Santa Juliana de Falconieri, que fundou o ramo feminino da Ordem Religiosa dos Servos de Maria, com o nome de “Mantellate”. (M).

– Ver páginas 42-46 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver

SANTA JULIANA FALCONIERI

Também conhecido como

  • Giuliana Falconieri

Memorial

Perfil

Filho único de uma rica família nobre florentina de Chiarissimo e Riguirdata Falconieri. Sobrinha de Santo Aleixo Falconieri . Seu pai morreu Juliana era muito jovem, e seu tio Alexis teve uma grande influência sobre ela. Dada a problemas gástricos crônicos ao longo de sua vida. A lenda diz que ela nunca olhou para um espelho, nunca olhou para o rosto de um homem, tremeu com a menção do pecado e desmaiou ao ouvir fofocas escandalosas.

Juliana recusou um casamento arranjado aos 14 anos. Tornou-se servidora terciária em 1285 , tomando o hábito de seu diretor espiritual, São Filipe Benizi . Ajudou a formar, e serviu como primeira superiora da Ordem Serva de Maria ( Monjas Servas , as Servas Manteladas), que foi formalmente estabelecida em 1304 , e seu primeiro convento fundado em 1305 .

Na sua morte , incapaz de receber a Sagrada Comunhão por causa de vômitos constantes, ela pediu ao padre que estendesse um corporal sobre seu peito e colocasse a Hóstia sobre ele. Logo depois, a Hóstia desapareceu, Juliana morreu , e a imagem da cruz que estava na Hóstia foi encontrada em seu peito.

Nascer

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Citação MLA

– VER DIA 17 DE FEVEREIRO: SETE FUNDADORES DOS SERVITAS

SERVITAS:

Também conhecido como

  • Confraria de Nossa Senhora
  • Ordem dos Servos de Maria
  • Frades Servos
  • Os Sete Santos Fundadores

Memorial

Sobre

Nomeada a quinta ordem mendicante pelo Papa Martinho V , foi fundada em 1233 por

Na festa da Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria , em 1240 , os Fundadores tiveram uma visão de Nossa Senhora . Ela segurava na mão o hábito preto, e um anjo próximo trazia um pergaminho onde se lia Servos de Maria . Maria disse-lhes,

“Vocês fundarão uma nova ordem e serão minhas testemunhas em todo o mundo. Este é o seu nome: Servos de Maria. Esta é a sua regra: a de Santo Agostinho . E aqui está o seu sinal distintivo: o escapulário preto, em memória dos meus sofrimentos.”

De seu primeiro estabelecimento em La Camarzia, perto de Florença , Itália , eles se mudaram para o Monte Senário, mais isolado, onde a própria Santíssima Virgem lhes conferiu o hábito, instruindo-os a seguir a Regra de Santo Agostinho e admitir associados. A aprovação oficial foi obtida em 1249 ; confirmado em 1256 ; suprimido em 1276 ; definitivamente aprovado em 1304 ; e novamente por Brief em 1928 . A ordem foi tão rapidamente difundida que em 1285 havia 10.000 membros com casas na Alemanha , França , Itália e Espanha ., e no início do século XIV contava com 100 conventos , além de missões em Creta e na Índia . A Reforma reduziu a ordem na Alemanha , mas floresceu em outros lugares. Novamente encontrando reveses políticos no final do século 18 e início do século 19 , no entanto, prosperou, sendo estabelecido na Inglaterra em 1867 , e na América em 1870 . Os Servitas fazem votos solenes e veneram de modo especial as Sete Dores de Nossa Senhora . Cultivam tanto a vida interior como a ativa, dando missões e ensinando .

Uma filiação, professando exclusivamente a vida contemplativa é a dos Eremitas do Monte Senário . Reintegrado na França , 1922 . As freiras de clausura , formando uma Segunda Ordem, são afiliadas aos Servitas desde 1619 , quando a Beata Benedita di Rossi chamou as freiras de sua comunidade de Servas eremitas . Eles foram estabelecidos na Inglaterra , Espanha , Itália , Tirol e Alemanha .

Uma Ordem Terceira, a Mantellate, fundada por Santa Juliana Falconieri sob São Filipe Benizi , c. 1284 , tem casas na Itália , França , Espanha , Inglaterra , Canadá e Estados Unidos . Terciários seculares e uma confraria das Sete Dores são outros ramos.

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

8*.   Em Pê­saro, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, também re­gião da Itália, a Beata Mi­que­lina(dia 20 de junho na Folhinha do Coração de Jesus), viúva, que dis­tri­buiu pelos po­bres todos os seus bens e, to­mando o há­bito da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, passou o resto da sua vida como men­diga, com grande hu­mil­dade e dis­ci­plina austera. († 1356).

– Bem-aventurada Miquelina de Pesaro… Faleceu em 19 de junho de 1356. Ver páginas 55-56 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também: https://www.facebook.com/ConferenciadaFamiliaFranciscanadoBrasil/photos/bem-aventurada-miquelina-de-pesarovi%C3%BAva-da-terceira-ordem-1300-1356-aprovou-seu-/1250565738445552/

9*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Se­bas­tião Newdigate, Hun­fredo Mid­dle­more e Gui­lherme Exmew, pres­bí­teros da Car­tuxa desta ci­dade, que, no rei­nado de Hen­rique VIII, me­tidos no cár­cere por per­se­ve­rarem fir­me­mente fiéis à Igreja de Cristo, pas­saram de­zas­sete dias presos a umas co­lunas com ar­golas de ferro, sempre de pé, até que, fi­nal­mente, le­vados ao su­plício da forca na praça de Ty­burn, con­su­maram o martírio. († 1535)

10*.   Também em Lon­dres, o Beato Tomás Woodhouse, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que, or­de­nado no tempo da rainha Maria a Ca­tó­lica, pos­te­ri­or­mente, du­rante a per­se­guição da rainha Isabel I, es­teve mais de doze anos preso por causa da fé, de­di­cando-se a re­con­ci­liar com a Igreja ca­tó­lica os com­pa­nheiros de ca­ti­veiro, até que, en­for­cado no pa­tí­bulo de Ty­burn, re­cebeu a coroa do martírio. († 1573).

Bem-aventurado Tomás Woodhouse, mártir. Ver página 57 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

11.   Em Wuyi, lo­ca­li­dade pró­xima da ci­dade de Shen­xian, no Hebei, pro­víncia da China, os santos Re­mígio Isoré e Mo­desto An­dlauer, pres­bí­teros da Com­pa­nhia de Jesus e már­tires, que na per­se­guição de­sen­ca­deada pelos se­gui­dores dos «Yihe­tuan», foram mortos en­quanto oravam di­ante do altar.  († 1900)

– Ver SÃO MODESTE ANDLAUER

Memorial

Perfil

Oitavo filho de Joseph Andlauer, um padeiro , e Françoise Barbe Bisch. Batizado em 23 de maio de 1847 na igreja de São Pedro e São Paulo, em Rosheim, França . Estudou no Colégio Episcopal de Saint-Etienne em Estrasburgo , França . Juntou-se aos jesuítas em outubro de 1872 em Saint-Acheul, França . Ordenado em Arras, França , em 22 de setembro de 1877 . Ensinou alemão em faculdades na Françacidades de Amiens, Lille e Brest. Missionário na China , chegando em 22 de novembro de 1882 . Aprendeu as línguas da região, serviu em vários locais, trabalhou com Saint Rémi Isoré e tornou-se Chefe da Missão em Weishein (Wei Xian), China . Assassinado durante as perseguições anti – ocidentais e anti – cristãs doBoxer Rebellion quando uma multidão armada invadiu a aldeia e executou qualquer um que admitisse ser católico . Mártir .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

– Ver SÃO RÉMI ISORÉ

Também conhecido como

  • Rémigius Isoré

Memorial

Perfil

Filho mais velho de uma família piedosa. Seu pai lecionou na escola primária , um irmão tornou-se padre , uma irmã se juntou às Filhas de São Vicente de Paulo . Remigious sentiu um chamado para o sacerdócio desde tenra idade. Entrou na Saint Francis School em 1865 aos 13 anos, e no seminário de Cambrai , França , em 1871 , aos 19. Lecionou a escola primária em Roubaix, França , em 1873 , aos 21 anos. Em 1876 , aos 24 anos, ingressou no noviciado jesuíta em Saint Acheul, e logo foi designado para ensinar o ensino médio em La Providence. A partir de 1881 , ele sentiu o chamado para o trabalho missionário e foi designado para trabalhar na China . Ele chegou em Xian, Hebei em 1882 , e passou um ano aprendendo chinês . Ordenado em 31 de julho de 1886 na Catedral de Xian . Lecionou na escola pública em Zhangjiazhuang. Reitor da escola em Guangpingfu. Pároco de Zhoujiazhuang , País de Wei.Martirizado durante a Rebelião dos Boxers . Um dos Mártires da China .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Leituras

Ouvi dizer que é muito difícil converter o chinês e, portanto, nunca, jamais, quis ir para a China. Uma espécie de ressentimento se infiltrou em meu coração com a própria palavra, China. Mas o Provincial me iluminou. Compreendi que era a vontade de Deus que eu fosse para a China. Alegria e gratidão então encheram meu coração. – São Remígio

Citação MLA

– Ver MÁRTIRES DA CHINA

Memorial

Mártires perfilado

Informações adicionais

Citação MLA

12♦.   Em Roma, a Beata He­lena Aiello, re­li­giosa mís­tica e fun­da­dora da Con­gre­gação das Re­li­gi­osas Mí­nimas da Paixão de Nosso Se­nhor Jesus Cristo. († 1961)

– Ver “… Elena Aiello (10 de abril de 1895 – 19 de junho de 1961) foi uma freira católica romana italiana e fundadora das Irmãs Mínimas da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo.[1] Aiello juntou-se às Irmãs do Preciosíssimo Sangue, mas foi forçada a sair devido à grave saúde que logo a manteve confinada em sua casa, onde ela começou a ter visões de Jesus Cristo e de Nossa Senhora, bem como de santos como Francisco de Paula.[2][3][4][5]

Sua beatificação foi celebrada em 14 de setembro de 2011…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Elena_Aiello

13. No Martirológio Romano-Monástico, São Ursicino, médico de Ravena, condenado à morte sob o reinado de Nero. Achava-se a ponto de apostatar, quando os encorajamentos de São Vital o incitaram a dar o testemunho supremo de sua fé e sua caridade (M).

– Ver “… São Ursicino, médico em Ravena condenado por ser cristão.

    Em Ravena, São Ursicino, mártir, que permaneceu constante através de muitos tormentos na confissão do martírio ao ser decapitado.Médico martirizado em Ravena condenado por ser cristão durante a perseguição do imperador Nero. Sua fé começou a vacilar, mas ele encontrou novas forças através do encorajamento de São Vital e enfrentou sua morte com determinação. Ursicinus de Ravenna M (RM) Diz-se que Santo Ursicinus foi um médico em Ravena que, ao ser condenado à morte pela fé, vacilou, mas foi encorajado pelo soldado São Vital e aceitou o martírio. Na arte, Ursicinus é um bispo cristão primitivo em uma alva, casula e estola, com um livro na mão e uma lâmpada pendurada sobre ele (Roeder) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html#67_Saint_Ursicinus_physician_in_Ravenna

14. Bem-aventurado Odon de Cambrai, Bispo e Confessor.Ver páginas 53-54 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 1113 O Beato Odo de Cambrai. Fundou uma comunidade de beneditinos; um dos eruditos mais erudito do seu tempo OSB B (AC)
Nasceu em Orléans, França; Saint Odo era o diretor da escola da catedral de Tournai. Por volta de 1090, seu coração foi convertido pela leitura de Santo Agostinho sobre o livre arbítrio. Ele então fundou uma comunidade de beneditinos na abadia abandonada de São Martinho em Tournai. Em 1105, foi promovido a bispo de Cambrai, mas, ao recusar receber a investidura secular, foi exilado na abadia de Anchin, onde morreu. Odo foi um dos eruditos mais erudito de seu tempo (os beneditinos) .
BD ODO, BISPO DE CAMBRAI
Dos estudiosos ilustres que ensinaram nas grandes escolas francesas do século XI, um dos mais instruídos e influentes foi Odo, depois bispo de Cambrai. Não se sabe onde foi educado, mas ele era natural de Orleans e, ainda jovem, escreveu um poema sobre a Guerra de Tróia que obteve considerável popularidade. Ele lecionava há vários anos em Toul quando os cônegos de Tournai lhe deram o cargo de escolástico – na verdade, diretor – na escola da catedral. Lá ele logo demonstrou um gênio para o ensino e uma habilidade na disputa que, combinada com uma personalidade poderosa e atraente, atraiu para ele jovens não apenas das cidades vizinhas, mas também da Normandia, Saxônia e Itália. Seguidor de Boécio e expoente da filosofia realista, ele lutou com tanto sucesso contra o nominalismo ensinado por Raimbert de Lille que acabou conquistando a maioria dos seguidores de Raimbert. Além de filosofia, retórica e dialética, ele também ensinava astronomia, e muitas vezes era visto sentado nos degraus da catedral em uma noite estrelada, demonstrando a seus alunos a posição das constelações e o movimento dos planetas.
Imerso em estudos seculares, Odo tinha pouco ou nenhum tempo de sobra para a teologia ou os escritos dos pais. Estava há cinco anos em Tournai quando algumas palestras que dava sobre Boécio o levaram a consultar pela primeira vez o livro de Santo Agostinho sobre o livre arbítrio. Quase desde o início, isso prendeu sua atenção e, enquanto lia, foi reduzido às lágrimas e dominado por uma sensação de futilidade de sua carreira passada. Foi um caso de conversão repentina e completa. Imediatamente restringiu seus tempos de instrução, deu todo o seu dinheiro aos pobres, começou a passar longas horas na igreja e embarcou em mortificações tão severas que logo se assemelhava a um esqueleto ambulante. Obviamente, ele não ficaria satisfeito com uma vida secular, e o bispo e os cidadãos de Tournai, ansiosos para mantê-lo no meio deles, concedeu-lhe a abadia abandonada de São Martinho. No início, ele e alguns de seus ex-alunos viveram lá como cônegos, mas depois de três anos, a conselho de seu amigo Aimeric, abade de Anchin, ele lhes deu a regra beneditina.
Odo era abade de São Martinho há treze anos quando, em 1105, foi escolhido bispo de Cambrai no lugar de Gaucher, a quem o Papa Pascoal II havia excomungado e deposto por simonia e por ter aceitado a investidura de Henrique IV. O partido do imperador, no entanto, estava em ascensão em Cambrai, e não até sua morte, um ano depois, Odo poderia obter a posse de sua sé. Mesmo assim, ele foi incapaz de mantê-lo. Em pouco tempo foi levado ao exílio porque se recusou a aceitar o anel e a cruz de Henrique V. Encontrou refúgio com Aimeric em Anchin, onde se ocupou em escrever livros. Ele parece ter retornado a Cambrai por um breve período no final de sua vida, mas morreu e foi enterrado em Anchin. Entre seus numerosos escritos, pode-se citar uma exposição do cânon da Missa, um tratado sobre o pecado original, outro sobre a vinda do Messias, harmonia dos evangelhos e um saltério poliglota em quatro idiomas.
Embora não haja uma longa biografia de data inicial, temos uma carta de Amand de Castello, prior de Anchin, que dá um esboço da carreira de Odo, e outro relato atribuído a Herman de Tournai. Estes foram impressos em Pertz, MGH., Scriptores , vol. xv, pp. 942-945, e vol. xiv, pp. 210-221, e cf. págs. 274-318. Ver especialmente Histoire littéraire de la France , vol. viii, pp. 399-400; Berlière, Monasticon BeIge, vol. i, págs. 273-275; Auger, Etudes sur les Mystiques des Pays’ Bas , pp. 66-71, e três artigos de Labis na Revue Catholique de Louvain, vol. xiv (1856)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html#1113_Blessed_Odo_of_Cambrai_founded_a

15. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 19 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Romualdo de Ravena (Memorial Opcional) — Adleida de Bérgamo Arnaldo de Liniberio Culmácio de Arezzo Deodato das Juntas Deodato de Nevers Francisco de Pinerolo Gaudêncio de Arezzo Gerlando d’Alemagna Gervase Hildegrin de Châlons-sur-Marne Hildemarca de Fecamp Inocente de Le Mans Julia Falconieri Lambert de Saragoça Lupo de Bérgamo Michelina de Pésaro Modeste AndlauerNazário de Koper Odo de Cambrai Prótase Rémi Isoré Thomas Woodhouse Zósimo da Úmbria — Mártires de Maiorca Mártires de Tyburn Humphrey Middlemore Sebastian Newdigate William Exmew — Abgar V Buonmercato Ferrara Candida de Milazzo Childomarca Fecamp Elena Aiello
todos esses memoriais em uma única página

16. Outros santos do dia 19 DE JUNHO: páginas: 42-58 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 19 de junho, ver ainda: 19 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 479-481: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 18 de junho

1.   Em Roma, no ce­mi­tério de Bal­bina, junto à Via Ar­de­a­tina, os santos Marcos e Mar­ce­liano (ou Marcelino), már­tires du­rante a per­se­guição de Di­o­cle­ciano, que se tor­naram ir­mãos no mesmo martírio. († c. 304).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no início do séc. IV, o martírio dos Santos Marcos e Marcelino. (M).

– Ver página 35 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Marcos e Marceliano (em latimMarcus e Marcellianus) são dois mártires venerados como santos pela Igreja Católica e pela Igreja Ortodoxa[1]. Sua devoção é por vezes associada à dos Santos Tranquilino, Márcia, Nicostrato, Zoé, Cástulo e Tibúrcio, embora não no “Martirológio Romano” oficial da igreja, que menciona apenas Marcos e Marceliano (em primeiro lugar) entre os santos do dia 18 de junho[2]. A menção dos dois no Calendário Geral Romano é anterior à reforma do Calendário Tridentino em 1969 (bula Mysterii Paschalis), pois nada se sabia sobre eles exceto os nomes, o fato de terem sido mártires e terem sido enterrados no dia 18 de junho na catacumba que leva o nome dos dois na Via Ardeatina[3].”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcos_e_Marceliano

2.   Em Trí­poli, na Fe­nícia, no ac­tual Lí­bano, São Leôncio, sol­dado, que pelos ter­rí­veis su­plí­cios so­fridos no cár­cere, al­cançou a coroa do martírio. († s. IV).

– No Martirológio Romano-Monástico, São Leôncio, soldado. Não temia pregar o evangelho pela palavra e pelo exemplo. Interrogado sobre sua conduta por um dos oficiais, declarou-se cristão e acrescentou: “De boa vontade eu me proponho a levar todos os meus companheiros a obedecerem ao Messias, para que recebam como herança o reino eterno” (M).

– Ver páginas 36-37 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “São Leôncio de Trípoli foi um general grego do exército romano que serviu na Síria. Um homem religioso, ele foi torturado e espancado até a morte sob o Imperador Vespasiano por converter não-cristãos. Dois soldados que o prenderam, Hypatius e Teodulus também foram convertidos e martirizados.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune18.html

– Ver ainda Leôncio, Hipácio e Teódulo:  https://en.wikipedia.org/wiki/Leontius,_Hypatius_and_Theodulus

– Ver também: Mártires de Trípoli. CatholicSaints.Info . 28 de maio de 2020. Web. 17 de junho de 2022: https://catholicsaints.info/martyrs-of-tripoli-18-june/

3.   Na África Se­ten­tri­onal, os santos Ci­ríaco e Paula, mártires. († s. IV)

– Ver “Em Málaga, na Espanha, os santos mártires Cyriacus e a virgem Paula, que estavam sobrecarregados com pedras, e renderam suas almas a Deus. Avirgem Santa Paula e Cyriacus foram apedrejadas até a morte em Málaga, Espanha, durante a perseguição Diocleciana (beneditinos).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune18.html

4.   Em Bor­déus, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, Santo Amando (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († s. V).

– No Martirológio Romano-Monástico, Santo Amândio, bispo de Bordeaux. Havia preparado para o Batismo São Paulino de Nola, que lhe conservou uma enorme gratidão (M).

– Ver “… 431 Santo Amandus, Bispo de Bordeaux
Lemos nas cartas de São Paulino de Nola que Santo Amandus serviu a Deus desde a infância, que foi nutrido no conhecimento das Sagradas Escrituras e que sempre permaneceu incontaminado pelo pecado carnal ou pelas relações mundanas. Nada se sabe de seu nascimento ou parentesco. Ordenado sacerdote por São Delfino, bispo de Bordeaux, que o contratou para servir em sua igreja, Amandus demonstrou grande zelo pela glória de Deus. Foi ele quem deu a São Paulino de Nola a instrução necessária para prepará-lo para o batismo. Isso levou a uma amizade ao longo da vida entre eles. São Paulino escreveu-lhe muitas cartas, e vemos pelas que sobrevivem que ele tinha a mais alta opinião de sua piedade e sabedoria. Com a morte de São Delfino, no ano 400, Santo Amandus foi eleito para preencher a vaga. Ele renunciou alguns anos depois em favor de São Severino, após cuja morte ele foi persuadido a retomar seu antigo cargo. “Se você deseja ver bispos dignos de Deus”, escreveu São Gregório de Tours, citando as palavras de São Paulino, “basta olhar para Exupério de Toulouse, Simplício de Viena, Amandus de Bordeaux. . .” Diz-se que a Santo Amandus se deve a preservação dos escritos de São Paulino, mas isso é muito duvidoso. A data exata de sua morte é incerta.
Não temos materiais além dos indicados acima para qualquer biografia de Santo Amandus. Há um pequeno aviso no Acta Sanctorum, junho, vol iv. Sobre suas relações com São Paulino de Nola, consultar P. Reinelt, Studien über die Briefe der hl. Paulinus (1904), pp. 17 seq.; e ver também Duchesne, Fastes Épiscoaux, vol. ii, pág. 59; e DHG., vol. ii, c. 938.

Amandus de Bordeaux B (RM) São Paulino de Nola, que foi convertido e preparado para o batismo por Santo Amandus, fornece a maioria dos detalhes que temos sobre seu pai espiritual. Eles desenvolveram uma amizade duradoura que está registrada em muitas cartas. Dele sabemos que Amandus serviu a Deus desde a infância e recebeu uma educação precoce nas coisas de Deus, incluindo a Sagrada Escritura.
O bispo São Delfino ordenou Amandus e o empregou em sua igreja. Após a morte de Delphinus por volta de 404, Amandus o sucedeu na cátedra episcopal de Bordeaux, mas logo após sua eleição ele renunciou em favor de Saint Seurin. Seurin (Severino) morreu por volta de 420 e, novamente, Amandus foi persuadido a retomar o papel de bispo. São Paulino nos diz que Amandus sempre se comportou como um zeloso guardião da fé de Cristo. Ele é creditado por preservar os escritos de seu filho na fé (Benedictines, Husenbeth)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune18.html#431_Saint_Amandus_of_Bordeaux_he

5.   No monte Gem­ma­riaro, perto de Sci­acca, na Si­cília oci­dental, São Ca­ló­gero, eremita. († s. V)

– Ver “… 486 Santos. Gregório, Diácono Demétrio e Abade Calogero, missionário eremita grego chamado “o Anchoret“. Recebeu o hábito monástico do papa{provavelmente 440 o Papa São Sisto III que foi papa de 31 de julho de 432 a 18 de agosto ,} em Roma.

    Em Sacca na Sicília, São Calogerus, eremita, cuja santidade é mostrada especialmente na libertação de pessoas possuídas.
 Viveu como eremita por mais de três décadas perto de Girgenti, na Sicília. 

Calogerus também é relatado para ter servido como missionário nas ilhas de Lepari.
Gregório, Demétrio e Calogero, o Anchoret (AC)
Final do século V. O bispo Gregório, o diácono Demétrio e o abade Calogero foram expulsos de sua terra natal no norte da África pelos vândalos arianos. Eles se estabeleceram e evangelizaram a área ao redor de Fragalata (perto de Messina), Sicília, da qual não são padroeiros (beneditinos)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune18.html#486_Sts._Gregory_Demetrius_and

6.   Em Schönau, na Re­nânia da Ger­mânia, na ho­di­erna Ale­manha, Santa Isabel (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, in­signe na ob­ser­vância da vida monástica. († 1164).

– No Martirológio Romano-Monástico, no mosteiro de Schönau, na Renânia, no ano do Senhor de 1165, a volta para Deus de Santa Elizabeth, monja, que se esforçou por ser tão fiel à sua vocação de oração e de penitência quanto permitiu sua frágil saúde (M).

– Ver Santa Isabel, abadessa de Schoenaug, às páginas: 32-34 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Isabel de Schönau (português europeu) ou Elisabeth de Schönau (português brasileiro), também Elizabeth, foi uma monja beneditina e santa da Alemanha. Não foi canonizada oficialmente mas seu nome foi incluído no Martirológio Romano em 1584 e nunca foi removido. É celebrada no dia 18 de junho.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Isabel_de_Sch%C3%B6nau

7*.   Em Mântua, na Lom­bardia, re­gião da Itália, a Beata Hos­sana (Osanna) An­dreási, virgem, que, to­mando o há­bito das Irmãs da Pe­ni­tência de São Do­mingos, as­so­ciou com ad­mi­rável sa­be­doria a con­tem­plação das re­a­li­dades di­vinas com as ocu­pa­ções ter­renas e a prá­tica das boas obras. († 1505).

Bem-aventurada Osana de Mântua, virgem. Ver páginas 39-40 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Hosana de Mântua, nascida Osanna Andreasi (Carbonarola17 de janeiro de 1449 — Mântua18 de junho de 1505), foi uma santa católica italiana no século XV.”: Hosana de Mântua – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

8.   Em Pádua, no Vé­neto, também re­gião da Itália, São Gre­gório Bar­ba­rigo, bispo, que ins­ti­tuiu um se­mi­nário para clé­rigos, en­sinou o ca­te­cismo às cri­anças no seu di­a­lecto, con­vocou um sí­nodo e co­ló­quios com o clero, abriu vá­rias es­colas, sendo li­beral para com todos e se­vero para consigo. († 1697).

– Ver “Gregório Barbarigo (nome completo em italiano: Gregorio Giovanni Gasparo BarbarigoVeneza16 de setembro de 1625 – Pádua18 de junho de 1697) foi um cardeal católico, diplomata e académico italiano venerado actualmente como santo pela Igreja Católica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hosana_de_M%C3%A2ntua

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Greg%C3%B3rio_Barbarigo

9. Santa Marina, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Também: Bem-aventurada Marina de Espoleto. Ver página 38 : (NÃO TEM LINK)Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959. –

– Ver também, com alguma lenda, Santa Marina, o monge “Marina, o Monge, também conhecida como Marina de Bitínia ou Marina de Alexandria, ficou registrada na história como uma eminente cristã bizantina da Síria, na área que hoje é parte do Líbano,[1] embora muitos detalhes de sua vida possam variar conforme a fonte.: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Marina,_o_Monge 

– Ver também: “São seis santos conhecidos com o nome de Marina ou Marinos – Marina, a Monge (ou Marina, a Síria), Marina, a Mártir de Antioquia, Marina da Espanha, Marina de Alexandria, Marina da Sicília e Marina, a Cisterciana (Clugnet 1904: 564-568). No entanto, há provavelmente dois que realmente existiram – Marina de Antioquia que aceitou o martírio por sua fé e Marina, a Monge, que sofreu as consequências de sua imposição como monge masculino no Mosteiro de Qannoubine, Líbano (Clugnet 1904: 568)…”: Santa Marina, o Monge (maronite-institute.org)

– Ver ainda: http://www.maronite-institute.org/MARI/JMS/january00/Saint_Marina_the_Monk.htm

10. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 18 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Abraão de Clermont Alena de Dilbeek Amandus de Bordéus Arcôncio de Brioude Calogero da Sicília Calógero de Fragalata Calogerus, o Anchorite Colman mac Mici Ciríaco de Málaga Demétrio de Fragalata Edith de Aylesbury Isabel de Schönau Elpídio de Brioude Equizio de Telese Erasmo Etério de Nicomédia Eufêmia de Altenmünster Fortunato, o Filósofo Gerland de Caltagirone Gregório Barbarigo Gregório de Fragalata Cara de BaumeJerônimo de Vallumbrosa Marceliano Marina de Alexandria Marina da Bitínia Marina de Spoleto Marca Osanna Andreasi Osana de Northumberland Osmana de Jouarre Paula de Málaga Pedro SanchezEremitas de Karden Mártires de Ravena – 4 santos Mártires de Roma – 3 santos Mártires de Trípoli – 3 santos — Baithan de Dunleer Cadwgan de Bangor Furudran de Dunleer Hermann Floreffe
todos esses memoriais em uma única página

11. Outros santos do dia 18 DE JUNHO: páginas: 32-41 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 18 de junho, ver ainda: 18 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje);

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 478-479: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 17 de junho

1.   Em Roma, junto à Via Sa­lária An­tiga “ad Septem Co­lúmbas”, os santos Blasto e Dió­genes, mártires. († data inc.)

– Ver Santos Blasto e Diógenes, mártires

Blasto (ou Biagio) e Diógenes são dois mártires da antiguidade cujos restos repousam em Roma na Basílica de Santa Prassede. Venerado já na Idade Média, sabe-se deles que Biagio foi um tribuno condenado em 269 por ser cristão; uma epígrafe do presbítero Marea fala do martírio de Diógenes.  

Martirológio Romano: Em Roma, na Via Salaria Vecchia, Santos Blasto e Diógenes, mártires.

Santos BLASTO e DIOGENES, mártires, venerados em ROMA.
Destes dois santos, venerados na antiguidade e na Idade Média em Roma, temos notícias do Martirológio Jerónimo de 17 de junho. De um Blasto, tribuno de Cláudio o gótico e condenado por ele à morte como cristão (269), falamos nos Atos do mártir São Valentim, mas nada nos autoriza a identificá-lo com o nosso. Para São Diógenes, conserva-se o texto da epígrafe sepulcral do presbítero Marea, na qual se menciona uma violação do túmulo durante o cerco de Vitiges (536).
Eles foram enterrados na igreja de San Giovanni martire na Via Salaria “ad septem palumbas” (perto da Acqua Acetosa), e lá venerados como atestam os itinerários medievais. Seus corpos foram transportados pelo Papa Pascoal I para a basílica de Santa Prassede, conforme mostra o catálogo de mármore; outras relíquias são encontradas na igreja de San Marcello na Via Lata, como mostra uma inscrição do século XI-XII.

Autor: Dante Balboni: http://santiebeati.it/dettaglio/57860

2.   Em Apo­lónia, na Ma­ce­dónia, hoje Po­jáni, na Al­bânia, os santos Isauro, Ino­cêncio, Félix, Hér­mias, Pe­re­grino e Ba­sílio, mártires. († data inc.).

– Ver Mártires de Apolônia

Memorial

Perfil

Um grupo de cristãos que fugiu para uma caverna perto de Apollonia, na Macedônia , para escapar da perseguição por sua  , mas foi capturado e executadoMártires . Os nomes que conhecemos são

Morreu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

3.   Em Do­rós­toro, na Mésia, hoje Si­listra, na Bul­gária, os santos már­tires Ni­candro e Mar­ciano, que, sendo sol­dados, re­cu­saram ofertas e ne­garam-se fir­me­mente a sa­cri­ficar aos deuses; por isso foram con­de­nados à morte pelo go­ver­nador Má­ximo, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Diocleciano. († c. 297).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Campânia, perto de 297, o martírio dos Santos Nicandro e Marciano. No dia de seu suplício, Marciano afirmou diante do presidente do tribunal: “Hoje, nossa fé vai encontrar diante de Cristo sua plena realização. Manda-nos depressa ver o Crucificado que você não receia maldizer com sua boca criminosa, mas a quem nós amamos e adoramos”. (M).

Ver páginas 11-16 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4.   Em Be­sançon, na Gália Li­o­nense, na ac­tual França, Santo An­tídio, bispo e mártir, que, se­gundo a tra­dição, re­cebeu a sen­tença da con­de­nação à morte no tempo de Croco, rei dos Vândalos. († c. 411).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 411, Santo Antídio, bispo de Besançon, que ofereceu sua vida por seu rebanho. (M)

5.   Na Bi­tínia, ter­ri­tório da ac­tual Tur­quia, Santo Hi­pácio, he­gú­meno do mos­teiro dos Ru­fi­ni­anos, que, com uma vida aus­tera e ri­go­rosos je­juns, en­sinou aos seus dis­cí­pulos a per­feita obe­di­ência à ob­ser­vância mo­nás­tica e aos leigos o ver­da­deiro temor de Deus. († 446).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, Santo Hipácio, abade. Instalado num velho mosteiro perto de Calcedônia com seu amigo Jonas, atraiu grande número de discípulos e se fez adversário implacável da heresia nestoriana. (M).

Ver páginas 19-20 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6*.   Na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente ter­ri­tório da França, Santo Herveu (ou Hervé, Ervéo), ere­mita, que, se­gundo a tra­dição, sendo cego de nas­cença, can­tava ale­gre­mente a fe­li­ci­dade do Paraíso. († s. VI).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Santo Hervé, monge. Cego de nascença, levou inicialmente uma vida de peregrino, guiado por um lobo. Mais tarde, fixou-se em Plouvier, e depois em Lan-Houarneau, lugar de sua morte e sepultura, onde seu culto continuou a ser honrado (X).

– Ver página 21 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7.   Em Or­leães, na Gália, também na ac­tual França, Santo Avito, abade. († c. 530).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 530, Santo Avito. Originário da Auvergne, retirou-se com São Calásio para um lugar isolado do Perche, vindo a morrer na região de Orléans. (M)

8.   Em Pisa, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, São Rai­nério (ou Ranieri, tocador de lira que sacrificou seus talentos artísticos por amor a Deus, conforme o Martirológio Romano-Monástico, também na Folhinha do Coração de Jesus), pobre e pe­re­grino por Cristo. († 1160).

– Ver São Raniero, páginas 26-27 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

9.   Em Lorvão, lo­ca­li­dade de Por­tugal, a Beata Te­resa de Portugal, cuja me­mória se ce­lebra em Por­tugal no dia 20 de Junho, jun­ta­mente com suas irmãs Sancha e Mafalda. († 1250). Santa Teresa de Portugal e Santa Sância.

– Ver páginas 24-25 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “D. Teresa Sanches de PortugalO.S.B., (Coimbra4 de outubro de 1176[1][2] – Lorvão18 de junho de 1250[3]) também chamada ao tempo de Tarasia ou Tareja, e mais tarde, a Infanta-Rainha ou Rainha Santa Teresa, era a filha mais velha do rei D. Sancho I de Portugal, e esposa de Afonso IX de Leão.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Beata_Teresa_de_Portugal

– Ver dia 20 de junho: Be­atas Sancha e Ma­falda, vir­gens, e Te­resa, re­li­giosa, fi­lhas de Dom Sancho I, rei de Por­tugal, que desde a in­fância foram mo­delo de vir­tudes. Sancha co­meçou a levar vida mo­nacal em Alen­quer, con­sa­grando-se ge­ne­ro­sa­mente ao ser­viço de Deus, e de­pois re­tirou-se para o mos­teiro cis­ter­ci­ense de Celas, junto de Coimbra, onde morreu san­ta­mente no dia treze de Março. Ma­falda, após uma pi­e­dosa ju­ven­tude, re­nun­ci­ando ao ma­tri­mónio que lhe foi pro­posto com o rei de Cas­tela, tomou o há­bito cis­ter­ci­ense no mos­teiro de Arouca, do dis­trito de Aveiro, onde deu exemplo de vida per­feita, e aí morreu no dia 1 de Maio. Te­resa, apesar da sua as­pi­ração à vida claus­tral, foi dada em ca­sa­mento ao rei de Leão; mas, re­co­nhe­cida a nu­li­dade do ma­tri­mónio, re­tirou-se para o mos­teiro de Lorvão, do dis­trito de Coimbra, onde tomou o há­bito cis­ter­ci­ense e san­ta­mente morreu no dia 17 de Junho. († c. 1229; 1256; 1250)

10*.   Em Ve­neza, hoje no Vé­neto, re­gião da Itália, o Beato Pedro Gam­ba­corta, fun­dador da Ordem dos Ere­mitas de São Je­ró­nimo, que teve como pri­meiros re­li­gi­osos al­guns la­drões por ele convertidos. († 1435).

– Ver páginas 28-29 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

11*.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, também re­gião da Itália, o Beato Paulo Buráli, da Ordem dos Clé­rigos Re­grantes Te­a­tinos, bispo de Pi­a­cenza e de­pois bispo de Ná­poles, que tra­ba­lhou com toda a sua di­li­gência para res­taurar a dis­ci­plina da Igreja e con­firmar na fé o povo que lhe foi confiado. († 1578)

12*.   Num barco an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Fi­lipe Papon, pres­bí­tero de Autun e mártir, que, sendo pá­roco, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, por causa do sa­cer­dócio foi con­de­nado à prisão numa ga­lera e, de­pois de ter dado a ab­sol­vição a um com­pa­nheiro de prisão mo­ri­bundo, também ele expirou. († 1794)

13.   Em Qua-Linh, lo­ca­li­dade do Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Pedro , mártir, que, sendo car­pin­teiro e sa­cristão, apesar de tor­tu­rado com muitos e atrozes su­plí­cios no tempo do im­pe­rador Tu Duc, per­ma­neceu firme na pro­fissão de fé e fi­nal­mente morreu na fogueira. († 1862)

14♦.   No mos­teiro de Santa Maria do De­serto, em Cas­se­neuil, perto de Tou­louse, na França, o Beato José Maria Cassant (Pedro José Cas­sant), pres­bí­tero da Ordem Cis­ter­ci­ense da An­tiga Ob­ser­vância (Tra­pista), es­pe­ci­al­mente egrégio pelo ad­mi­rável exemplo de pe­ni­tência, cons­tância e pa­ci­ência nos so­fri­mentos e na enfermidade. († 1903)

15. SANTO ISMAEL, (na Folhinha do Coração de Jesus), SÃO MANUEL, (na Folhinha do Coração de Jesus), SÃO SABEL.

– Ver “… Os Santos Mártires Manuel, Sabel e Ismael, irmãos de nascimento, eram descendentes de uma ilustre família persa. Seu pai era pagão, mas sua mãe era cristã, que batizou os filhos e os criou com fé firme em Cristo Salvador. Quando atingiram a idade adulta, os irmãos entraram no serviço militar. Falando em nome do imperador persa Alamundar, eles foram seus emissários na conclusão de um tratado de paz com o imperador Juliano, o Apóstata (361-363). Juliano os recebeu com as devidas honras e mostrou-lhes seu favor. Mas quando os irmãos se recusaram a participar de um sacrifício pagão, Julian ficou furioso. Ele anulou o tratado e encarcerou os embaixadores de um país estrangeiro como criminosos comuns. No interrogatório, ele disse-lhes que se desprezassem os deuses que ele adorava, seria impossível chegar a qualquer paz ou acordo entre os dois lados. Os irmãos sagrados responderam que foram enviados como emissários de seu imperador em questões de estado, e não para discutir sobre “deuses”. Vendo sua firmeza de fé, o imperador ordenou que os irmãos fossem torturados. Eles espancaram os santos mártires e, em seguida, pregaram as mãos e os pés nas árvores. Mais tarde, eles enfiaram pontas de ferro em suas cabeças e cravaram lascas afiadas sob as unhas dos pés e das mãos. Durante esse tempo de tormento, os santos glorificaram a Deus e oraram como se não sentissem as torturas. Finalmente, os santos mártires foram decapitados…

… Os cristãos enterraram reverentemente os corpos dos santos mártires Manuel, Sabel e Ismael no ano 362. Desde então, as relíquias dos santos portadores da paixão foram glorificadas com milagres…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune17.html

16. No Martirológio Romano-Monástico (deste dia 17 de junho), no Egito, na segunda metade do séc. IV, São Bessarião, anacoreta. A tradição conta que foi discípulo de Santo Antão e de São Macário de Cétia, e o apresenta trazendo sempre sob o braço o Evangelho, que era toda sua biblioteca (M).

– Ver páginas 17-18(NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

 VER 06 DE JUNHO: Em Cete, no Egipto, São Bes­sa­rião, ana­co­reta, que viveu como men­digo e pe­re­grino por amor de Deus. († s. IV)

– Ver “BESSARION é muito venerado no Oriente, onde seu nome em várias formas às vezes é dado no batismo; por exemplo, o pai de Joseph Stalin chamava-se Vissarion. Ele era natural do Egito e, tendo ouvido o chamado à perfeição, foi para o deserto, onde foi discípulo primeiro de Santo Antônio e depois de São Macário. Somos informados de que em vez de viver sob um teto, ele vagava como um pássaro, observando o silêncio e subjugando sua carne por meio de um poderoso jejum; diz-se que certa vez ficou quarenta dias sem comer, orando em meio a espinheiros. A sua caridade de vizinhança conduziu-o ao cume da perfeição que se manifestou por milagres: tornou a água salgada fresca, várias vezes trouxe chuva durante a seca, caminhou sobre o Nilo, venceu demónios. Como tantos outros padres do deserto, São Bessário viveu até uma idade avançada; e ele foi comparado por seus admiradores a Moisés, Josué, Elias e João Batista.
São Bessarion é nomeado hoje, ‘16 de junho, no Martirológio Romano-Monástico’, mas sua data usual no Oriente é 6 de junho.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune17.html

17. Bem-aventurado Paulo D’Arezzo. Ver páginas 09-10(NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.  

– Ver Cardeal Paolo Burali

Itri, Gaeta, 1511 – Torre del Greco, 17 de junho de 1578

Ele nasceu em Itri perto de Gaeta em 1511. De família nobre, seu nome era Scipione (Cipião). Passou a infância em Nápoles e aos 14 anos frequentou a Universidade de Salerno e depois mudou-se para Bolonha, onde se formou em direito civil e canônico. Exerceu a advocacia em Nápoles durante 14 anos com retidão e integridade, ocupando simultaneamente cargos políticos e diplomáticos. 

Em 1557 tomou a decisão de abandonar tudo. Retirou-se para o convento teatino de San Paolo Maggiore, onde recebeu o nome de Paul. Seguiu-se a ordenação sacerdotal e a nomeação como superior do convento. Ele também teve que aceitar novamente cargos diplomáticos na corte espanhola e ser transferido para Roma como superior do convento de San Silvestro. Na cidade do Papa conheceu alguns dos expoentes da reforma católica e já em 1568 Pio V o nomeou bispo de Piacenza. Aqui Burali revelou-se um discípulo e um emulado de São Carlos Borromeu. Imediatamente após sua chegada, fundou o seminário, convocou dois sínodos diocesanos, visitou toda a diocese duas vezes, exigindo a aplicação fiel das normas tridentinas e das disposições sinodais. Em apoio à sua ação, chamou alguns religiosos envolvidos na reforma, como os somascos, os capuchinhos e os próprios teatinos. Nomeado cardeal, o beato Burali esteve algum tempo em Roma com cargos na cúria antes de ser definitivamente transferido para Nápoles em 1576. Na cidade napolitana sua breve passagem foi como “um clarão” (De Maio). Ele morreu em Torre del Greco em 1578.

Martirológio Romano: Em Nápoles, o beato Paolo Buralo, da Ordem dos Clérigos Regulares Teatinos, bispo primeiro de Piacenza e depois de Nápoles, que trabalhou para renovar a disciplina da Igreja e fortalecer o rebanho que lhe foi confiado na fé…: http://santiebeati.it/dettaglio/90843

18. São Botulfo e Santo Adolfo, confessores. Ver página 22(NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “ST BOTULF, OU BOTOLPH, ABBOT E ST ADULF. Nada menos que setenta igrejas inglesas – dezesseis delas em Norfolk – são dedicadas em homenagem a St Botulf, mas embora ele pareça ter sido tido em grande veneração na Inglaterra anglo-saxônica, pouco se sabe realmente de sua história. De acordo com uma vida escrita por Folcard, abade de Thorney, em 1068, ele e seu irmão Adulf eram filhos de nobres pais saxões e nasceram no início do século VII. No Breviário de Slesvig, entretanto, ele disse ter sido um “escocês”, ou seja, um irlandês. Cristãos educados, eles foram enviados para completar sua educação na Alemanha ou na Gália belga, onde receberam o hábito monástico. Diz-se que Adulf foi elevado ao episcopado, em Utrecht ou Maestricht. Se esta afirmação estiver correta, ele provavelmente era um bispo regional, pois seu nome não aparece na lista de prelados de nenhuma das dioceses. Com o passar do tempo, Botulf voltou para a Inglaterra e foi recebido favoravelmente por Ethelmund, um rei dos anglos meridionais, cujas irmãs conhecera no exterior…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune17.html

19. São Moling, bispo. Página 23 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “…São Moling Bispo de Ferns; sucessor de St. Aidan. Nasceu em Wexford, Irlanda. Ele também está listado como Dairchilla, Molignus, Moling ou Myllin. Moling era um monge em Glendalough e então fundou uma abadia em Achad Cainigh, que se tornou Teghmollin, ou Tech Molin, St. Mullins. Ele foi enterrado lá.

O culto de St Moling (Mulling, Molingus, Daircheall) remonta a uma data muito antiga e foi amplamente difundido na Irlanda…

… Giraldus Cambrensis afirma que os livros da SS. Patrick, Columba, Moling e Broccan, a quem ele caracteriza como os quatro profetas da Irlanda, existiam em seu tempo na língua irlandesa. Infelizmente, nenhum registro preciso da história de St Moling, nem de seus escritos, foi preservado para nós, e só podemos chegar a um esboço conjectural de sua carreira com base em uma tradição tardia…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune17.html

20. Beata Maria Dolorosa de Brabante. Ver “Beata Maria Dolorosa do Brabante, Virgem e Mártir – 17 de junho… Maria foi enterrada viva. Imediatamente depois, enquanto provavelmente ainda respirava, foi perfurada com um pau afiado, empurrado mais e mais profundamente por três homens, que se sucediam nessa obra. Era o dia 18 de junho de 1290.”: http://heroinasdacristandade.blogspot.com/2017/06/beata-maria-dolorosa-do-brabante-virgem.html

21. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 16 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Maria na florestaAdolfo de Utreque Agripino de Como Albert Chmielowski Alberto Leccapecore Antidio de Besançon Arnaldo de Foligno Avito de Perche Blasto de Roma Botolf de Ikanhoe Briavel de Gloucestershire Davi de Bourges Dignamerita de Brescia Diógenes de Roma Gundulphus de Bourges Herveus da Bretanha Himério de Amélia Hipácio de Calcedônia Molling de Wexford Montano de GaetaNectan de Hartland Paul Burali d’Arezzo Peter Gambacorta Phêrô Ða Philippe Papon Pierre-Joseph Cassant Anterior Rambold de Ratisbona Ranieri Scaccero Teresa de PortugalMártires de Apolônia – 7 santos Mártires de Aquileia – 4 santos Mártires de Calcedônia – 3 santos Mártires de Fez – 4 beati Mártires de Roma – 262 santos Mártires de Venafro – 3 santos — Colman de Lynn Herbot Joseph-Marie Cassant
todos esses memoriais em uma única página

22. Outros santos do dia 17 DE JUNHO: páginas: 09-31 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 17 de junho, ver ainda: 17 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje);

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 476-478: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 16 de junho

CORPUS CHRISTI – 16 de junho de 2022

A Solenidade de Corpus Christi ou Corpus Domini (expressão latina que significa Corpo de Cristo ou Corpo do Senhor), e generalizada em Portugal como Corpo de Deus, é uma comemoração litúrgica das igrejas Católica OrtodoxaCatólica Apostólica Romana e Anglicana (esta última, até 1548) que ocorre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes. É uma Festa de Guarda, em que a participação da Santa Missa é obrigatória, na forma estabelecida pela conferência episcopal do país respectivo.

Para os católicos apostólicos romanos, a procissão pelas vias públicas atende a uma recomendação do Código de Direito Canônico (cânone 944), que determina ao bispo diocesano que a providencie «para testemunhar publicamente a adoração e a veneração para com a Santíssima Eucaristia, principalmente na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo»…

…A origem da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo remonta ao século XIII. O papa Urbano IV, na época o cônego Tiago Pantaleão de Troyes, arcediago do Cabido Diocesano de Liège, na Bélgica, recebeu o segredo da freira agostiniana Juliana de Mont Cornillon, que teve visões de Cristo demonstrando desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque…. https://pt.wikipedia.org/wiki/Corpus_Christi

            – Ver também “hoje a Igreja mostra ao mundo o Corpus Domini o Corpo de Cristo. E convida-nos a adorá-Lo: Venite adoremus Vinde, adoremos!

O olhar dos crentes concentra-se no Sacramento, em que Cristo se deu totalmente a si mesmo: Corpo, Sangue, Alma e Divindade. Por isso foi sempre considerado o mais Santo: o “Santíssimo Sacramento”, memorial vivo do Sacrifício redentor.

Voltamos, na solenidade do Corpus Dominiàquela “Quinta-feira” a que todos chamamos “santa”, na qual o Redentor celebrou a sua última Páscoa com os discípulos: foi a Última Ceia, cumprimento da ceia pascal hebraica e inauguração do rito eucarístico.

Por isso a Igreja, desde há séculos, escolheu uma quinta-feira para a solenidade do Corpus Dominifesta de adoração, de contemplação e de exaltação. Festa em que o Povo de Deus se reúne à volta do tesouro mais precioso herdado de Cristo, o Sacramento da sua própria Presença, e O louva, canta e leva em procissão pelas ruas da cidade.”: http://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/homilies/2001/documents/hf_jp-ii_hom_20010614_corpus-domini.html

            – Ver “CARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II AOS BISPOS AOS PRESBÍTEROS E DIÁCONOS ÀS PESSOAS CONSAGRADAS E A TODOS OS FIÉIS LEIGOS SOBRE A EUCARISTIA NA SUA RELAÇÃO COM A IGREJA”

A Igreja vive da Eucaristia… Esta tem indelevelmente inscrito nela o evento da paixão e morte do Senhor. Não é só a sua evocação, mas presença sacramental. É o sacrifício da cruz que se perpetua através dos séculos… Esta verdade está claramente expressa nas palavras com que o povo, no rito latino, responde à proclamação « mistério da fé » feita pelo sacerdote: « Anunciamos, Senhor, a Vossa morte e proclamamos a Vossa ressurreição. Vinde Senhor Jesus!»….

A reprodução sacramental na Santa Missa do sacrifício de Cristo coroado pela sua ressurreição implica uma presença muito especial, que – para usar palavras de Paulo VI – « chama-se “real”, não a título exclusivo como se as outras presenças não fossem “reais”, mas por excelência, porque é substancial, e porque por ela se torna presente Cristo completo, Deus e homem »…

«Bom Pastor, pão da verdade, / Tende de nós piedade, Conservai-nos na unidade, / Extingui nossa orfandade E conduzi-nos ao Pai. / Aos mortais dando comida / Dais também o pão da vida: Que a família assim nutrida / Seja um dia reunida Aos convivas lá do Céu ».: http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/encyclicals/documents/hf_jp-ii_enc_20030417_eccl-de-euch.html

– Ver também “História da Solenidade de Corpus Christi”: https://www.acidigital.com/fiestas/eucaristia/historia.htm

– Ver ainda: páginas 459-481: (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

================

SANTAS E SANTOS DE 16 DE JUNHO

  1. Na Ásia Menor, na actual Turquia, a comemoração dos santos Quirico e Ju- lieta (Julita), mártires. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, Santa Julita (também na Folhinha do Coração de Jesus), mãe de família cristã, martirizada com seu filho São Ciro. Seu culto conheceu uma grande popularidade na França, especialmente em Nevers, perto de Versailles (M).

  • Ver páginas 412-413 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.
  • Ver também “Ciro e Julita (Icônio, Turquia, século IV), também chamados Quírico ou Querito e Julieta, são mãe e filho santos pelas

igrejas Católica, Ortodoxa, Assíria e ortodoxas orientais. São Ciro é padroeiro das crianças que sofrem maus tratos.[1][2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cir%C3%ADaco_e_Julita

  • Ver ainda “Julitta foi levada a julgamento. Ela trouxe seu filho com ela para o tribunal. Ela se recusou a responder a quaisquer perguntas sobre si mesma, exceto para dizer que era cristã. O tribunal pronunciou sua sentença: Julitta deveria ser esticada na prateleira e depois espancada. Os guardas, prestes a levar Julitta embora, separaram Cyricus de sua mãe. A criança chorava e Alexandre, em uma vã tentativa de acalmá-lo, colocou Cyricus no

colo. Aterrorizado e com vontade de correr de volta para a mãe, Cyricus chutou o governador e coçou-lhe o rosto. Alexandre levantou-se furioso e atirou a criança escada abaixo da tribuna, fraturando o crânio do menino e matando-o.

A mãe de Cyricus não chorou. Em vez disso, ela agradeceu a Deus e foi alegremente à tortura e à morte. Seu filho havia recebido a coroa do martírio. Isso deixou o governador ainda mais irritado. Ele decretou que seus lados deveriam ser rasgados com ganchos, e então ela foi decapitada. Ela e Cyricus foram atirados para fora da cidade, sobre a pilha de corpos de

criminosos, mas as duas criadas resgataram os cadáveres da mãe e do filho e os enterraram em um campo próximo.

Há algumas evidências de uma criança-mártir desconhecida chamada Cyricus em Antioquia, e pode ter sido sobre ele que essa história fictícia se desenvolveu em várias versões diferentes. Existem lugares com o nome de Cyricus em toda a Europa e no Oriente Médio, mas sem o nome Julitta anexado. Já no século VI, a acta de Cyricus e Julitta foram rejeitadas em uma lista de documentos apócrifos

(a lista foi anteriormente atribuída ao Papa São Gelásio I).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune16.html

  • Em Besançon, na Gália Lionense, actualmente na França, os santos Ferréolo

e Ferrúcio, mártires. († c. 211/212).

  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 212, a paixão dos Santos Ferreolo e Ferrúcio, primeiros missionários da Borgonha e do Jura. Uma tradição relata que os dois foram enviados por Santo Irineu de Lião, e martirizados pouco depois de sua chegada na região. (M)
  • Em Nantes, também na Gália Lionense, São Similiano, bispo, que é louvado como grande confessor da fé por São Gregório de Tours. († s. IV).
  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, o Bem-Aventurado Similiano, bispo, chamado “o Grande Confessor” por Gregório de Tours.

Honrado como santo logo depois de sua morte, foi titular de uma igreja em Nantes desde os tempos de Clóvis, (M)

  • Em Limassol, na ilha de Chipre, São Ticão, bispo, no tempo do imperador Te- odósio o Jovem. († s. V).
  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Chipre, no séc. V, São Ticão, bispo, cujos inúmeros milagres atestaram o poder de sua intercessão junto a Deus. (M)
  • Em Mogúncia, na Gália Bélgica, actualmente na Alemanha, os santos Áureo, bispo, Justina, sua irmã, e companheiros mártires, que, segundo a tradição, du- rante a celebração da Eucaristia foram cruelmente assassinados pelos Hunos. (†

s. V)

  • Em Lião, na Gália, actualmente na França, o sepultamento de Santo Aure- liano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Arles, que, nomeado pelo papa Vigílio seu vicário na Gália, construiu na cidade dois mosteiros – um para homens, outro para mulheres – e deu-lhes uma regra própria. († 551).
  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, Santo Aureliano, arcebispo de Arles e Vigário Apostólico nas Gálias. Contemporâneo de São Bento, escreveu regras para mosteiros de monjas e monges recentemente fundados por Quildeberto I em sua sede episcopal. (M).
  • Ver “Aureliano de Arles (em latim: Aurelianus Arelatensis;

em francês: Aurelien) foi um arcebispo de Arelate (a moderna Arles, na França) de 546 até 16 de junho de 551, data de sua morte. Sua festa é celebrada no dia 16 de junho…

… Aureliano era filho de São Sacerdos, um arcebispo de

Lugduno (moderna Lyon), em cuja sé seu primo, Nicécio (Nizier) ascendeu depois da morte dele…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Aureliano_de_Arles

7*. Em Carrara, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália, São Cecardo, bispo de Lúni e de Sarzano, que, iniquamente assassinado por obreiros nas pedreiras de mármore, foi considerado mártir. († 860).

. Ver também “… Mais tarde, ele se tornou o santo padroeiro de Carrara. Sua festa é 16 de junho.[1][2]…”: https://ao.mihalicdictionary.org/wiki/Ceccardus_of_Luni

  • No mosteiro das monjas cistercienses de Aywières, no Brabante, na actual Bélgica, Santa Lutgarda, virgem, insigne pela sua devoção ao Sagrado Coração do Senhor. († 1246).
  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1246, a volta para Deus de Santa Lutgarda (ou Lutgárdis), monja cisterciense de Aywières, na diocese de Namur. Foi cumulada de graças místicas por Jesus Cristo, que a instruiu no mistério do Seu Sagrado Coração, a única luz na cegueira do seu fim de vida. (M)
  • Ver páginas 414-415 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também   “Lugarda de Tongeren[1] (em latim: Liutgarda, Liudgard ou Lugarda; Tongeren, 1182  – Aywieres, 16 de junho de 1246) foi uma monja católica flamenga venerada como santa pela Igreja Católica. É santa padroeira dos convertidos e das recomendações das almas do purgatório.

Sua morte é cercada de lendas, ocorreu em 16 de junho de 1246, aos 64 anos de idade, ainda  hoje inspiram lendas…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lugarda_de_Tongeren

10*. Em Londres, na Inglaterra, o Beato Tomás Reding, mártir, monge da Car- tuxa desta cidade, que, no reinado de Henrique VIII, permaneceu firmemente unido à Igreja e, por isso, condenado a ficar imobilizado por rígidas cadeias num imundo cárcere, morreu de fome e enfermidade. († 1537)

11*. Num barco ancorado ao largo de Rochefort, na França, o Beato António Constante Auriel, presbítero e mártir, que, sendo vigário paroquial em Cahors, durante a Revolução Francesa foi encerrado numa sórdida galera por causa do seu sacerdócio e, em breve contagiado pela enfermidade contraída no auxílio aos companheiros de prisão, entregou a alma a Deus. († 1794)

12. Em Lang-Coc, cidade do Tonquim, actualmente no Vietnam, os santos már- tires Domingos Nguyen, médico, Domingos Nhi, Domingos Mao, Vicente e André Tuaong, agricultores, que, no tempo do imperador Tu Duc, presos ao mesmo tempo por causa da sua fé cristã e atormentados com muitos suplícios no cárcere, finalmente foram degolados. († 1862)

13*. Em Ingenbohl, município do cantão de Schwiyz, na Suíça, a Beata Maria Teresa (Ana Maria Catarina Scherer), virgem, a primeira diretora das Irmãs da Caridade de Santa Cruz. († 1888)

Ver “… Madre Maria Teresa, nasceu em 31 de outubro de 1825, em Meggem (Lago dos Quatro Cantões), Suíça. Era a quarta de sete filhos da família Scherer-Sigrist. Seus pais eram humildes camponeses e bons cristãos. Foi batizada com o nome de Ana Maria Catarina.  Aos sete anos ficou órfã de pai, indo viver com os tios maternos, dos quais um era seu padrinho.

Por desejo de sua mãe, aos dezesseis anos entrou no Hospital Regional de Lucerna para completar sua preparação doméstica. O início ali foi muito difícil para a jovem cheia de espontaneidade, contudo, mais tarde ela escreveu sobre aquela época: “a graça venceu”. Aos 17 anos foi admitida na Ordem Terceira Secular de São Francisco, em seu tempo um prodígio para alguém daquela idade, e na Associação das Filhas de Maria.

     Durante uma peregrinação à Einsiedeln se sentiu chamada para a vida religiosa. Em 1 de março de 1845, a jovem alegre e determinada ingressou no Instituto das Religiosas do Ensino de Menzingen, fundada pouco tempo antes pelo Capuchinho Frei Teodósio Florentini.

     A comunidade que recebeu a jovem Catarina era formada pelas Irmãs Bernarda, a Superiora, Irmã Cornélia, a responsável pelas candidatas, e Irmã Feliciana. De Frei Teodósio ela recebeu as vestes de noviça no dia 6 de junho de 1845 e no dia 27 do mesmo mês a Superiora, Irmã Bernarda deu-lhe o novo nome, passando então a chamar-se, Irmã Maria Teresa.

     Os primeiros votos foram marcados por Frei Teodósio para o dia 27 de outubro de 1845 e foram feitos no Convento das Irmãs Cistercienses de Wurmsbach, na Diocese de Coira. Ela com as outras companheiras foram para lá a pé, levando consigo os hábitos e os véus recém preparados, além do manuscrito da fórmula de Profissão. Quando a cerimônia terminou, Irmã Maria Teresa recebeu sua primeira missão: deveria ir para Galgenen com Irmã Feliciana. Lá daria aulas nas classes primárias.

     Um ano depois foi enviada a Baar e em seguida a Oberägeri, como professora e superiora em ambas as comunidades. Foi um período de dúvidas e dificuldades que superou com uma ascese austera e a obediência a seu diretor espiritual. Em 1850 o Pe. Teodoro chamou-a a Näfels, para que dirigisse o hospital dos pobres e órfãos. Ali a beata é pela primeira vez conhecida como a ‘mãe dos pobres’. Nesse mesmo ano o Pe. Teodósio fundou em Coira um pequeno hospital e o entregou à direção de Irmã Maria Teresa. Ela aceitou, convencida de que o carisma do fundador abarcava o aspecto escolar-educativo e o caritativo.

     Em 1856 as Religiosas do Ensino se separaram do fundador para continuar seu apostolado educativo independente. Irmã Maria Teresa sofreu muito com isto; rezou, se aconselhou, e finalmente compreendeu que Deus desejava que ela se ocupasse no futuro das obras de misericórdia espirituais e corporais.

     Em 1857 foi eleita superiora geral das religiosas a serviço da escola e dos pobres. Ao lado do Pe. Teodósio dirigiu o instituto das Religiosas da Caridade da Santa Cruz, que progrediu rapidamente.

     Em Ingenbohl chegavam continuamente pedidos de religiosas que se ocupassem dos pobres e dos órfãos, do serviço das casas de correção e dos lazaretos. Eram tarefas árduas, porém estavam em sintonia com o pensamento de Madre Maria Teresa. Abriu hospitais e escolas especializadas para inválidos, porém ela não gostava de ver as religiosas como responsáveis de empresas, o que criou tensões com o fundador.

     Estava persuadida que a intenção do Pe. Teodósio era resolver a questão operária com justiça e solidariedade, e por isso o ajudou em tudo que fosse possível, e permaneceu fiel ao seu espírito após sua morte, ocorrida em 15 de fevereiro de 1865.

     Não apenas recebeu sua herança espiritual com também a material, tendo que trabalhar, ela e suas irmãs, durante anos para saldar as dívidas que o Pe. Teodósio havia contraído em seu apostolado social. Lutou para salvar as constituições que ele havia dado ao instituto, ainda que a custo de opor-se ao zelo reformador de seus sucessores. A Madre Maria Teresa era a regra viva, porém poucos anos antes de sua morte foi criticada pelo modo de guiar a congregação e de observar a pobreza. Foi caluniada e suportou grandes sofrimentos físicos, que não a impediram de realizar numerosas viagens para animar suas filhas e orientá-las a viver segundo o espírito do fundador.

     Mantendo sempre a esperança e a fé, Madre Maria Teresa morreu em 16 de junho de 1888 no convento de Ingenbohl com fama de santidade, após um sofrimento doloroso assumido com paciência. O instituto já contava com 1.689 religiosas.

     Em 29 de outubro de 1995, o Papa João Paulo II beatificou Madre Maria Teresa, mãe dos pobres. Incontáveis são as pessoas que a invocam cheias de confiança e que pela intercessão dela alcançam graças, recebendo novo ânimo e ajuda.

Fontes: http://www.santiebeati.it/

Dados tomados de L’Osservatore Romano, edição semanal em língua espanhola, de 27-X-1995…”: http://heroinasdacristandade.blogspot.com/2017/06/beata-maria-teresa-scherer-religiosa-16.html

  1. São Francisco Régis, Jesuíta. Ver páginas 392-407 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.
  2. Ver “Jean-François Régis, (nascido em 31 de janeiro de 1597 – 31 de dezembro de 1640), foi um sacerdote francês da Companhia de Jesus, reconhecido como santo pela Igreja Católica Romana em 1737… Régis caminhava de cidade em cidade, em áreas montanhosas difíceis, onde viajar era difícil, especialmente no inverno. [4] Ele morreu de pneumonia aos quarenta e três anos em 31 de dezembro de 1640, [8] em Lalouvesc ( Ardèche ), na região francesa de Dauphiné... Jean-François Regis foi beatificado pelo Papa Clemente XI em 18 de maio de 1716, [6] e canonizado pelo Papa Clemente XII em 5 de abril de 1737… Jean-François Régis é o santo padroeiro das rendeiras, assistentes sociais médicos e filhos ilegítimos. [9]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jean- Fran%C3%A7ois_R%C3%A9gis
  3. Ver ainda “O Dia de São Francisco Régis é celebrado em 16 de junho.”: https://www.calendarr.com/brasil/dia-de-sao-francisco-regis/
  4. Ver também “… John Francis Regis foi um desses santos, como o Cura d’Ars e São Vicente de Paulo, que era eminentemente simpático e acessível. Ele é um daqueles santos para quem a santidade não é uma aventura pessoal, mas algo que deve ser posto a serviço dos outros. Seu túmulo ainda é o destino de milhares de peregrinos a cada ano (Attwater, Benedictines, Encyclopedia, Gill, Farmer, White) …

… São muitas as vidas excelentes de São João Francisco Régis (canonizado em 1737), especialmente em francês. A biografia de C. de Ia Broüe, impressa dez anos após sua morte, tem um charme especial, mas muitos detalhes mais completos estão disponíveis em obras mais modernas, especialmente as de de Curley e LJM Cros. Uma excelente curta vida é a de J. Vianney na série “Les Saints “. Ver também L. Pize, La perpetuelle mission de St Jean François Regis

(1924); o admirável relato do Pe. Van Ortroy na Enciclopédia Católica, vol. viii, pp. 464-465, e aquela do Pe. Martindale que constitui um capítulo de seu livrinho, In God’s Army…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune16.html

  1. Na Igreja Ortodoxa Copta, Santo Abraão de Alexandria. Ver “Abraão de Alexandria (também Abraão, o Sírio; Síria, século X -?, 978) foi o

62º Papa da Igreja Ortodoxa Copta, de 975 a 978. É considerado um santo pelos coptas….

… O milagre da montanha de Mucatam: O califa fatímida Almuiz Aldim Alá era conhecido por sua tolerância e interesse em debates sobre assuntos religiosos. Ele tinha um ministro judeu chamado Iacube ibne Quilis, que informou-lhe haver no Novo Testamento uma passagem (conhecida como Jesus exorcizando o garoto) que dizia: «…………………….. se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte:

Passa daqui para acolá, e ele passará.» (Mateus 17:20).

Ele mostrou este versículo ao califa e o persuadiu a desafiar o papa a ordenar que a montanha de Mucatam, a leste do Cairo, move-se casa ele tivesse a fé como um grão de mostarda.

… O milagre aconteceu Abraão celebrou uma missa e a multidão cantou após ele

o Kyrie eleison (copta para “Senhor, tende piedade”), pedindo a misericórdia divina. Diz-se que eles se ajoelharam três vezes enquanto o papa fazia o sinal da cruz com um gesto largo que se estendeu de uma extremidade a outra da montanha.

A montanha balançou violentamente como se um forte terremoto tivesse atingido a terra. Em seguida, ela começou a se mover para cima. Cada vez que os adoradores se levantavam de suas orações, a montanha elevava-se um pouco mais. Quando ajoelhavam, ela também vinha para baixo, em um sobe e desce. Isto aconteceu três vezes…

… O papa (Abraão) decretou que o período de três dias de moratória que tinha solicitado ao califa, nos quais ele, os bispos e os sacerdotes passaram em oração e jejum, fosse um período regular de jejum a ser observado por todos os coptas a cada ano. Aqueles três dias foram adicionados aos quarenta dias de jejum antes do Natal. Assim, o jejum do Advento passou para quarenta e três dias, com início em 25 de novembro. (O Natal, para eles, que seguem o calendário juliano, é dia 07 de janeiro)”. ESTÁ NA WIKIPEDIA DE 02 DE DEZEMBRO, festa litúrgica 16 de junho: Abraão de Alexandria – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

  1. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 16 DE JUNHO (alguns destacados acima):
<- OntemCalendárioAmanhã ->
Actinea de Volterra Aitheachan de Colpe Amandus de Beaumont Antonie Auriel Aureliano de Arles Áureo de Mainz Beno de Meissen Bertaldo Cecardo de Luni Cetim de Orã Colman McRhoi Crescentius de Antioquia Cunigunde de Rapperswil Curig do País de Gales Ciríaco de Icônio Elidan Félix de San Felice Ferreolus de Besançon Ferrutio de BesançonGaspare Burgherre Grécia de Volterra Ilpidius de Brioude Ismael de Gales Julieta de Icônio Justina de Mainz Limbânia Lutgardis de Tongeren Mauro de San Felice Palerio de Telese Símile de Nantes Thomas Redyng Tycho de AmatoMártires da África Mártires de Lang Cóc — Maria Teresa Scherer Guilherme de Monferrato
todos esses memoriais em uma única página
  1.  Outros santos do dia 16 DE JUNHO: páginas: 392-417 – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959 – NÃO TEM LINK

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 16 de junho, ver ainda: 16 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje);

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 474-476: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!