Santas e Santos de 15 de novembro

DESTAQUES DE 15 DE NOVEMBRO

A. 15 DE NOVEMBRO: NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DO ROCIO.

B. 15 DE NOVEMBRO: NOSSA SENHORA CONQUISTADORA

C. SANTO ALBERTO MAGNO

A1. “… Nossa Senhora do Rosário do Rocio, popularmente conhecida como Nossa Senhora do Rocio, é um título mariano pelo qual a Igreja Católica venera a Santíssima Virgem Maria. Sob essa designação é particularmente cultuada no município de Paranaguá, no Paraná, tendo sido proclamada Padroeira perpétua do estado. Paranaguá foi a primeira cidade da América a ter igreja com este Título Mariano, tendo sido nesta cidade que ocorreu o encontro da imagem da santa. [3]. O atual Santuário erguido em sua honra, foi construído em 1920, às margens da Baía de Paranaguá, e a sua planta é de autoria do grande pintor norueguês, Alfredo Andersen

Segundo Monsenhor Vicente Vítola, o termo Rocio, com a sílaba tônica na letra I, vem do latim Roscivum, que significa orvalho. A palavra orvalho simboliza as constantes e ininterruptas bênçãos e favores, que o povo paranaense recebe continuamente da Virgem Mãe. [9]

O primeiro Registro Histórico da Festa de Nossa Senhora do Rocio é datado do ano de 1813. O novenário é realizado entre os dias 06 e 14 de novembro, e no dia 15 de novembro é comemorado o dia da Festa da Padroeira[11]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Ros%C3%A1rio_do_Rocio

 

A2. “… Hoje, 15 de Novembro é dia de: Nossa Senhora do Rocio: mãe do amanhecer.

A devoção à Nossa Senhora do Rocio teve início no século XVII, logo após a elevação do pelourinho em Paranaguá (PR), em 1648. Quando, em 1686, os habitantes desta Vila às margens de sua baía, foram assolados por uma peste, essa gente recorreu aos favores de Maria, Mãe de Jesus, invocada neste título, para que os livrasse desta terrível lamúria. Desde aí, Nossa Senhora do Rocio vem sendo o socorro das aflições dos devotos cristãos paranaenses

Rocio era o perímetro das Vilas, onde terminava a povoação, o arruamento, e começava a se condensar orvalho matutino. ‘Rocio’ quer dizer orvalho, em português arcaico. Nossa Senhora do Rocio é Nossa Senhora do Orvalho Matutino ou Nossa Senhora do Amanhecer. A imagem da Virgem do Rocio foi encontrada numa pesca milagrosa, nas redes do Pai Berê, no século XVII, na baía de Paranaguá. A primeira igreja foi edificada em 1813 e o Santuário em 1920… O título de Rocio, que na linguagem antiga significa “orvalho”, simboliza as constantes e ininterruptas bênçãos e favores que o povo paranaense recebe continuamente da Virgem Mãe, mediadora de todas as graças concedidas a seus amados filhos, os quais, por gerações e gerações, veneram sua Santa Padroeira às margens da baía de Paranaguá, sob o título de Nossa Senhora do Rocio…”: https://www.a12.com/academia/titulos-de-nossa-senhora?s=nossa-senhora-do-rocio-mae-do-amanhecer

================

B. 15 DE NOVEMBRO: NOSSA SENHORA CONQUISTADORA.

B1. Conforme o Diretório de Liturgia da CNBB de 2022, dia 15 de novembro na Diocese de Uruguaiana (RS), NOSSA SENHORA CONQUISTADORA, Padroeira diocesana, Festa.

 

B2. “… NOSSA SENHORA CONQUISTADORA.

Nossa Senhora foi companheira inseparável de Pe. Roque Gonzáles (ver abaixo, número 15). Ele, junto com o Pe. Afonso Rodrigues e Pe. João de Castilhos, foi missionário jesuíta que ensinou o Evangelho aos índios do Rio Grande do Sul, região inicialmente chamada Tupanciretã, que significa “Terra da Mãe de Deus”. A partir de 1626, fundou algumas Reduções que não prosperaram (1ª fase do Tape). Entrando de barco pelo nosso rio Ibicuí, até cinquenta léguas acima de sua foz. Em 1682, ocorreu a fundação dos Sete Povos das Missões, dos quais São Borja foi o primeiro (2ª fase do Tape).
A imagem da Imaculada Conceição que acompanhava os missionários passou a chamar-se de “Conquistadora” pelo seguinte fato: no início de 1614, Pe. Diogo Torres visitou a célebre e próspera Redução de Santo Inácio Guassu (na atual Argentina). Este trazia consigo um quadro da Mãe de Deus, pintado, em 1613, pelo Irmão jesuíta Bernardo Rodrigues, contemporâneo do Pe. Roque Gonzáles.
A imagem foi recepcionada solenemente, com músicas, danças e orações. Na entrega da imagem, o Provincial Torres disse aos índios que colocassem nela toda confiança; que grandes benefícios haveriam de alcançar de Deus, pela intercessão de Maria. Na ocasião, estavam também dois caciques de outras aldeias, ainda contrários à fé católica. Pe. Diego os convidou à conversão, mas recusaram.
Os índios já cristãos recomendaram o caso a Nossa Senhora e, dia após, ambos apareceram, trazendo consigo um terceiro cacique. Além desse fato, contam que o Pe. Roque Gonzáles, quando ia em missão, carregava consigo o quadro de Nossa Senhora da Conceição e dizia: “Ela é a nossa Conquistadora! Ela nos ajudará a evangelizar e a conquistar os índios!”. E assim, ela passou a ser chamada e invocada por todos como Nossa Senhora Conquistadora…”: https://www.diocesedeuruguaiana.org.br/diocese/padroeiro

================

C. SANTO ALBERTO MAGNO

C1. Santo Al­berto (também na Folhinha do Coração de Jesus), ape­li­dado Magno, bispo e doutor da Igreja, que, tendo in­gres­sado na Ordem dos Pre­ga­dores em Paris, en­sinou com a sua pa­lavra e es­critos as dis­ci­plinas fi­lo­só­ficas e te­o­ló­gicas; foi mestre de São Tomás de Aquino, con­ci­li­ando ad­mi­ra­vel­mente a sa­be­doria dos santos com as ci­ên­cias hu­manas e na­tu­rais. Aceitou cons­tran­gido a sede epis­copal de Ra­tis­bona, onde pôs todo o seu em­penho em es­ta­be­lecer a paz entre os povos; mas, pas­sado um ano, pre­feriu a po­breza da Ordem a todo o gé­nero de honra e morreu san­ta­mente em Co­lónia, na Lo­ta­ríngia, ac­tu­al­mente na Alemanha. († 1280).

C2. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1280, o nascimento no céu de Santo Alberto Magno, bispo e Doutor da Igreja. Nascido na Baviera, entrou para a Ordem dos Pregadores, e depois ensinou em Colônia, Paris e na Itália, e teve entre seus discípulos Frei Tomás de Aquino. Por seus notáveis trabalhos científicos e filosóficos, demonstrou que a homenagem da fé era conforme à razão, procedentes do mesmo Deus, fonte única da natureza e da graça. Pio XII o proclamou padroeiro celeste de todos os que estudam as ciências naturais. (R).

C3. SANTO ALBERTO, O GRANDE.  Ver páginas 31-33: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf  

C4. Santo Alberto MagnoO.P. (em latimAlbertus Magnus), conhecido também como Alberto, o Grande, e Alberto de Colônia, é um filósofo, escritor, e teólogo católico venerado como santo. Era um frade dominicano alemão e bispo. Ainda em vida era conhecido como doctor universalis e doctor expertus e, já idoso, ganhou o epíteto “Magnus” (“o Grande”).[1] Estudiosos como James A. Weisheipl e Joachim R. Söder defendem que Alberto foi o maior filósofo e teólogo alemão da Idade Média.[2] Igreja Católica proclamou-o Doutor da Igreja em 1931.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alberto_Magno

C5. SANTO ALBERTO, O GRANDE

Também conhecido como

  • Alberto de Lauingen
  • Alberto Magno
  • Médico especialista
  • Doutor Universalis

Memorial

Perfil

Filho de um nobre militar . Dominicana . Sacerdote . Lecionou teologia em Colônia , Alemanha , e Paris , França . Professor de São Tomás de Aquino . Influente professor , pregador e administrador. Bispo de Regensburg , Alemanha . Introduziu a ciência e a filosofia grega e árabe na Europa medieval. Conhecido por seu amplo interesse pelo que ficou conhecido mais tarde como ciências naturais – botânica, biologia, etc. Escreveu e ilustrou guias para suas observações, e foi considerado a par de Aristóteles como uma autoridade nestes assuntos. Escritor teológico . Doutor da Igreja .

Nascer

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Representação

Orações

Caro Cientista e Doutor da Igreja , a ciência natural sempre o conduziu à ciência superior de Deus. Embora tivesse um conhecimento enciclopédico, isso nunca o deixou orgulhoso, pois o considerava um dom de Deus. Inspirar os cientistas a usarem bem seus dons no estudo das maravilhas da criação, melhorando assim a sorte da raça humana e dando maior glória a Deus…

Vitrine

informação adicional

Leituras

É pelo caminho do amor, que é a caridade, que Deus se aproxima do homem e o homem de Deus. Mas onde não há caridade, Deus não pode habitar. Se, então, possuímos caridade, possuímos Deus, pois “Deus é Caridade” (1 João 4:8) – Santo Alberto Magno

Quanto maior e mais persistente for sua confiança em Deus, mais abundantemente você receberá o que pede. – Santo Alberto Magno

Ele não poderia ter ordenado nada mais benéfico, pois este Sacramento é o fruto da árvore da vida. Quem recebe este Sacramento com devoção de fé sincera, jamais experimentará a morte. É uma árvore de vida para aqueles que a agarram, e bem-aventurado é aquele que a segura com firmeza. O homem que se alimenta de Mim viverá por Minha causa. – Santo Alberto Magno sobre a Eucaristia

Faça isso em memória de mim.” Duas coisas devem ser notadas aqui. 

       A primeira é a ordem de que devemos usar este sacramento, que é indicado quando Jesus diz: “Faça isso”. 

       A segunda é que este sacramento comemora a morte do Senhor por nossa causa. Este sacramento é proveitoso porque concede a remissão dos pecados; é muito útil porque nos concede a plenitude da graça nesta vida. 

       “O Pai dos espíritos nos instrui no que é útil para nossa santificação.” E sua santificação está no sacrifício de Cristo, isto é, quando ele se oferece neste sacramento ao Pai para nossa redenção a nós para nosso uso. 

       Cristo não poderia ter ordenado nada mais benéfico, pois este sacramento é o fruto da árvore da vida. Quem recebe este sacramento com devoção de fé sincera, jamais experimentará a morte. 

       “É uma árvore de vida para quem a segura, e bem-aventurado é aquele que a segura com firmeza. O homem que se alimenta de mim viverá por minha causa”. 

       Nem poderia ter ordenado algo mais amável, pois este sacramento produz amor e união. É característico do amor maior dar-se como alimento. 

        “Os homens do meu texto não exclamaram: Quem nos alimentará com sua carne para saciar nossa fome? como se dissesse: eu os amei e eles me amaram tanto que desejo estar dentro deles, e eles desejam me receber para que se tornem meus membros. Não há meio mais íntimo ou mais natural para eles se unirem a mim e eu a eles. Tampouco poderia ter ordenado algo que se parecesse mais com a vida eterna. A vida eterna flui deste sacramento porque Deus com toda doçura se derrama sobre os bem-aventurados.”  de um comentário de Santo Alberto Magno ao Evangelho de Lucas

Citação MLA

C6. SOBRE A UNIÃO COM DEUS (De Santo Alberto Magno): https://catholicsaints.info/on-union-with-god-by-saint-albert-the-great/

================

OUTROS SANTAS E SANTOS DE 15 DE NOVEMBRO

2.   Em Hi­pona, na Nu­mídia, hoje An­naba, na Ar­gélia, os santos vinte mártires, cuja fé e vi­tória foi exal­tada por Santo Agos­tinho; deles apenas se re­cordam os nomes de Fi­den­ciano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, Va­le­riana e Vi­tória. († s. III/IV)

3.   Em Edessa, na re­gião do Os­roene, na ac­tual Tur­quia, os santos már­tires Gúria, as­ceta, e Sa­monas, que, no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, de­pois de longos e cruéis tor­mentos, foram con­de­nados à morte pelo pre­feito Mi­siano e degolados. († 306).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Edessa, na Síria, no final do séc. III, a paixão dos Santos Guria e Chamuna, que responderam a seus perseguidores: “Nossa fé pertence a Cristo. Ele é nossa vida e a ele sacrificamos os nossos corpos. Permaneceremos fiéis até o fim!” Na mesma cidade, o diácono Habib, que foi queimado vivo em 322. Suas cinzas foram colocadas junto aos corpos dos dois mártires precedentes, e a festa dos três “Confessores” passou da Igreja de Edessa para as Igrejas do Oriente e da Grécia. (M).

– Ver Santo Abibo de Edessa. “Abibo era um diácono. Foi preso por ordens do imperador Licínio (r. 310–324) por seu zelo em propagar o cristianismo. Por não querer que nenhum outro cristão sofresse, Abibo se apresentou diante dos seus captores ao confessar sua fé e foi sentenciado a morte na fogueira. Teria entrado no fogo sozinho orando e então entregou seu espírito a Deus.[2]…. Quando o fogo se apagou, sua mãe e parentes encontraram o corpo intacto. Foi sepultado junto aos corpos de Gurias e Samonas e desde então os três santos foram chamados por muitas pessoas para intercederem por suas causas e concederam milagres.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Abibo_de_Edessa

– Ver também “Em Edessa, na Mesopotâmia, a paixão de Santo Abibo, diácono, que foi rasgado com as unhas de ferro e atirado ao fogo, quando do imperador Licínio e do prefeito Lisânias, em 322. No mesmo lugar, os santos mártires Gorias e Samonas, sob o imperador Diocleciano e o prefeito Antonino, em 306.” páginas 33-34; http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também “… Os Santos Mártires e Confessores Gurias, Samonas e Habibus: durante a perseguição contra os cristãos sob os imperadores Diocleciano (284-305) e Maximiano (305-311). Os dois amigos Gurias e Samonas, pregadores da Palavra de Deus, foram presos na cidade de Edessa.
Os santos se recusaram a oferecer sacrifícios aos deuses e confessaram ousadamente sua fé em Cristo. Por isso, foram submetidos a torturas cruéis: foram espancados, pendurados pelas mãos, pesados ​​pesos foram amarrados a seus pés e eles foram lançados em uma prisão sufocante.
Os mártires tudo suportaram com firmeza e Samonas fez uma oração ao Senhor, que uma das testemunhas da sua morte escreveu: “Ó Senhor meu Deus, contra Cuja vontade nem um só pardal cai no laço. Foste Tu que abriste espaço por Davi em sua tristeza (Salmos 4: 1), Que provou o Profeta Daniel mais forte do que os leões (Dan. cap. 6), e concedeu a um filho de Abraão o vencedor da tortura e das chamas (Dan. cap. 3, cap. 14). Você também sabe, Senhor, a enfermidade de nossa natureza, Você vê a luta que está diante de nós. Nosso inimigo se esforça para nos arrebatar, a obra de Sua mão direita, para longe de Ti e nos privar da glória que é em Ti. Com o Teu olhar compassivo a velar por nós, conserva em nós a luz inextinguível dos teus mandamentos. Guia os nossos passos pela tua luz, e torna-nos dignos do Teu Reino, pois és abençoado para sempre”. À noite, eles levaram os mártires para fora da cidade e os decapitaram (+ 299-306). Os cristãos enterraram os seus corpos sagrados com reverência.
Depois de alguns anos, o último imperador pagão, Licínio (311-324), iniciou uma perseguição contra os cristãos. Habibus, um diácono da Igreja de Edessa a quem o imperador ordenou que fosse preso por sua zelosa divulgação da verdadeira Fé, apresentou-se aos algozes quando soube que eles o procuravam. O santo confessou sua fé em Cristo e foi condenado a ser queimado vivo. O mártir foi voluntariamente para o fogo e com uma oração entregou sua alma ao Senhor. Quando o fogo se apagou, a mãe e parentes do santo encontraram seu corpo ileso. Eles enterraram o mártir ao lado de Sts Gurias e Samonas.”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember15.html

4*.   Em Nola, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Félix, de cujo mi­nis­tério pas­toral e culto se honra a cidade. († s. IV/V).

Ver “Em Nola, São Félix, bispo e mártir, célebre pelos milagres, os quais principiou a operar desde os quinze anos; sob o prefeito Marciano, pereceu com mais trinta companheiros” página 33: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também “… Em Nola, na Campânia, Beato Félix, bispo e mártir, que era conhecido por milagres desde seu décimo quinto ano. Ele completou os combates de seu martírio com trinta outros, sob o governador Marciano.
Para ficar realmente confuso, existem dois santos conhecidos como Felix de Nola. Diz-se que o santo de hoje foi o primeiro bispo de Nola, perto de Nápoles, e foi morto por Cristo com 30 companheiros (beneditinos). O mais famoso Félix de Nola tem sua festa no dia 14 de janeiro”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember15.html

– Ver também 14 de janeiro (outro São Félix de Nola)

5.   Na Bre­tanha Menor, ter­ri­tório da ac­tual França, São Ma­clóvio ou Ma­cuto, bispo de Aleth, que, se­gundo a tra­dição, nasceu no País de Gales e morreu em Saintes. († c. 640).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 640, São Malô.  Monge originário do país de Gales, tornou-se o primeiro bispo de Aleth, cidade da Bretanha que mais tarde tomou seu nome (M).

– Ver “Malo (também conhecido como Maclou; em latim, como Maclovius ou MachutusGlamorgan, 27 de março de 487 – Archingeay, 15 de novembro de 565) foi, no século VI, o fundador da cidade de Saint-Malo, na BretanhaFrança. Ele é um dos sete santos fundadores da Bretanha… Seu nome pode derivar de machlou, da língua bretã antiga, um composto de mach – “garantia, refém” – e lou (ou loh) – “brilhante, brilhante, bonito”.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Malo

6*.   Em Cahors, na Aqui­tânia, também na ho­di­erna França, São De­si­dério, bispo, que cons­truiu muitas igrejas e mos­teiros, bem como edi­fí­cios de uti­li­dade pú­blica, sem nunca des­curar a pre­pa­ração das almas para o ce­leste Es­poso, como ver­da­deiros tem­plos de Cristo. († 655)

7*.   No monte Irs­chen­berg, na Ba­viera, ter­ri­tório da ac­tual Ale­manha, os santos Ma­rinho, bispo, e Aniano, mártires. († s. VII/VIII)

8*.   Em Ruão, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, São Si­dónio, abade, que, oriundo da Ir­landa, se­guiu a vida mo­nás­tica, pri­meiro em Jumièges e de­pois em Noir­mou­tier, sob a di­recção de São Fi­li­berto, e fi­nal­mente no mos­teiro de Saint-Saens por ele fundado. († d. 684)

9*.   Em Rheinau, entre os Hel­vé­cios, na ac­tual Suíça, São Fin­tano, que, pro­ce­dente também da Ir­landa, viveu muito tempo num mos­teiro e mais tempo ainda numa pe­quena cela junto da igreja, como re­cluso por amor de Deus. († c. 878).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 878, a volta para Deus de São Fintano, monge irlandês, que viveu por vinte e dois anos como recluso próximo à abadia de Rheinau, perto de Basiléia. (X)

10.   No ce­nóbio de Klos­ter­neu­burg, na Áus­tria, o se­pul­ta­mento de São Le­o­poldo, mar­grave desta nação, ve­ne­rado, ainda em vida, com o so­bre­nome «Pi­e­doso», que foi pro­motor da paz e amigo dos po­bres e do clero. († 1136).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 1136, São Leopoldo III, padroeiro da Áustria católica. Introduziu o monaquismo cisterciense em seu país e fundou a abadia beneditina de Mariazell. Seu corpo repousa no mosteiro de Klosterneuburg. (M).

– Ver páginas 25-26: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também “Leopoldo III da Áustria “O piedoso” (1073 — 15 de Novembro de 1136) Foi marquês da Áustria da Casa de Babenberg e é igualmente o Santo patrono deste pais. Foi o fundador da cidade de Viena de Áustria, tendo sido marquês da Áustria desde 1095, data da morte do seu pai. Faleceu com 63 anos e encontra-se sepultado no Mosteiro de Neuburgo. Foi canonizado em 15 de Novembro de 1484.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Leopoldo_III_da_%C3%81ustria

11*.   Em Re­a­ding, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Hugo Fa­ringdon (Hugo Cook), abade da Ordem de São Bento, João Eynon e João Rugg, pres­bí­teros, que, por se oporem te­naz­mente ao rei Hen­rique VIII na sua rei­vin­di­cação de ter a au­to­ri­dade sobre a Igreja, foram acu­sados de traição e, em frente do mos­teiro, en­for­cados e esquartejados. († 1539)

12*.   Em Glas­ton­bury, também na In­gla­terra, os be­atos már­tires Ri­cardo Whiting, abade, Ro­gério James e João Thorne, pres­bí­teros da Ordem de São Bento, que, fal­sa­mente acu­sados de traição e sa­cri­légio, du­rante o mesmo rei­nado so­freram os mesmos suplícios. († 1539)

13*.   Em Fer­rara, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, a Beata Lúcia Broccadélli, re­li­giosa, que, tanto na vida ma­tri­mo­nial como no mos­teiro da Ordem Ter­ceira de São Do­mingos, su­portou com pa­ci­ência muitas dores e humilhações. († 1544)

14*.   Em Na­ga­záki, no Japão, o Beato Caio Coreano, mártir, que, sendo ca­te­quista, pela con­fissão da sua fé em Cristo foi con­de­nado à fogueira. († 1624)

15.   Em Caaró, lo­ca­li­dade do Pa­ra­guai, os santos Roque Gon­zález e Afonso Ro­drí­guez, pres­bí­teros da Com­pa­nhia de Jesus e már­tires, que apro­xi­maram de Cristo os povos in­dí­genas aban­donados, fun­dando as cha­madas «re­du­ções», onde as­so­ci­aram li­vre­mente as artes e a vida so­cial com a vida cristã; por isso foram as­sas­si­nados à traição por um si­cário adicto a artes mágicas. († 1628).

Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Roque_González_de_Santa_Cruz

 – 19 DE NOVEMBRO: Memória dos Santos Roque González, Afonso Rodrigues (LEMBRADOS DIA 16 DE NOVEMBRO) e João del Castillo. Anotações de 17 de novembro: Em As­sunção, no Pa­ra­guai, São João del Castillo, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que numa das «Re­du­ções», fun­dada neste mesmo ano por São Roque Gon­zález e con­fiado aos seus cui­dados, foi sub­me­tido a cruéis su­plí­cios por ins­ti­gação de um fei­ti­ceiro e fi­nal­mente ape­dre­jado, mor­rendo por Cristo. († 1628).

São Roque González, São João del Castilho e Santo Afonso Rodrigues.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 19 de novembro, Santos Roque González, Afonso Rodrigues e João del Castillo, jesuítas que no séc. XVII foram martirizados no Paraguai, nas chamadas Reduções indígenas, quando evangelizavam os nativos e os defendiam contra os colonizadores europeus. Canonizados por João Paulo II em sua visita ao Paraguai em 1988. (R). Ver página 105: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– No Diretório de Liturgia da CNBB: Memória dia 19 de novembro.

Ver: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-sao-roque-gonzales-e-companheiros-martires/411/102/

– Ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/Roque_González_de_Santa_Cruz

16.   Em Roma, São José Pig­na­télli, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que tra­ba­lhou muito para a res­tau­ração da Ordem quase ex­tinta e se dis­tin­guiu pela sua ca­ri­dade, hu­mil­dade e in­te­gri­dade de vida, pro­cu­rando sempre a maior glória de Deus. († 1811).

São José Pignateli. Ver “José Pignatelli ou Giuseppe Pignatelli em italiano (Zaragoza27 de Dezembro de 1737 – Roma14 de Novembro de 1811) foi um padre jesuíta santo italiano e um dos que mais contribuíram para a restauração da Companhia de Jesus.”…: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Pignatelli

– Ver “Em Roma, São José Pignatelli, jesuíta, do qual o papa Pio XI disse: “Foi o principal anel da cadeia entre a Sociedade que já existia e a Sociedade que iria existir o restaurador dos jesuítas”. Faleceu em 1811.”, página 35: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Na Folhinha do Coração de Jesus, 28 de novembro

São José Pignatelli, (também na Folhinha do Coração de Jesus deste dia 28 de novembro)

São José Pignateli. Ver “José Pignatelli ou Giuseppe Pignatelli em italiano (Zaragoza27 de Dezembro de 1737 – Roma14 de Novembro de 1811) foi um padre jesuíta santo italiano e um dos que mais contribuíram para a restauração da Companhia de Jesus.”…: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Pignatelli

– Ver “Em Roma, São José Pignatelli, jesuíta, do qual o papa Pio XI disse: “Foi o principal anel da cadeia entre a Sociedade que já existia e a Sociedade que iria existir, o restaurador dos jesuítas“. Faleceu em 1811.”, página 35: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver “… O Pignatelli a quem este santo pertencia era o ramo espanhol de uma família nobre de Nápoles, e ele nasceu em Zaragoza em 1737. Tornou-se jesuíta em Tarragona quando ainda era dezesseis anos, e após sua ordenação voltou a trabalhar em sua cidade natal. Quatro anos depois, em 1767, a perseguição, que já havia expulsado a Companhia de Jesus de Portugal e da França, alastrou-se à Espanha, e Carlos III a expulsou de seus domínios, “por motivos que se mantiveram encerrados no seio real”.
 Como grandes da Espanha, o padre Joseph e seu irmão, o padre Nicholas, receberam permissão para ficar se abandonassem a ordem; eles recusaram. Por um tempo, os jesuítas aragoneses encontraram um lar na Córsega, mas quando os franceses ocuparam aquela ilha foram expulsos de lá, e por fim o padre Pignatelli ajudou a arranjar um centro para eles, assim como seus irmãos do Peru e do México, em Ferrara.
 O papa Clemente XIII , um grande defensor dos jesuítas, morreu em 1769, e quatro anos depois seu sucessor, Clemente XIV , cedeu à pressão cada vez maior dos príncipes Bourbon e suprimiu totalmente a Sociedade.

Foi uma medida puramente administrativa e o documento papal teve o cuidado de não declarar que as acusações apresentadas foram provadas. Quando este escrito foi lido aos padres reunidos em Ferrara e o vigário geral perguntou se eles se submetiam a ele, eles foram fiéis à sua especial fidelidade como jesuítas à Santa Sé e responderam imediatamente: “Sim, de bom grado”. O efeito do decreto foi a secularização de 23.000 religiosos. “É uma página triste da história, como todos concordam”, disse o Papa Pio XI na beatificação do Padre José, “triste de ler mesmo depois de tantos anos. O que então deve ter sido para o Padre Pignatelli e seus numerosos irmãos!”

Nos vinte anos que se seguiram, ele viveu principalmente em Bolonha, dedicando-se ao estudo, colecionando livros e manuscritos relacionados com a história da Sociedade e ajudando seus irmãos espiritual e materialmente: muitos deles estavam em grave necessidade e os espanhóis entre eles estavam nem mesmo têm permissão para cumprir seu ofício sacerdotal.

Nascido de mãe espanhola e pai principesco italiano, São José, um grande espanhol, foi educado em Zaragoza. Ele se juntou aos jesuítas em Tarragona quando tinha 16 anos, fez os votos em 1755, foi ordenado em 1763 e foi designado para Zaragoza. Além de ensinar meninos, o Padre Joseph tinha um ministério especial para os condenados à execução. Depois da profissão, lecionou em Manresa, Bilboa e Saragoça…

Quando Carlos III baniu os jesuítas da Espanha em 1767, o padre Pignatelli e seus companheiros jesuítas foram para a Córsega, de onde foram forçados a partir quando os franceses, que também haviam banido os jesuítas, ocuparam a ilha.
Eles então se estabeleceram em Ferrara, Itália, onde Joseph foi colocado como encarregado de jovens recrutas. Quando o Papa Clemente XIV, sob pressão dos Bourbons, suprimiu os Jesuítas em 1773 como uma medida administrativa sem condenar nenhuma das ações da Sociedade. Joseph e os 23.000 membros da Companhia de Jesus foram secularizados.
Ele viveu pelos próximos 20 anos em Bolonha, Itália, contribuindo para o sustento temporal de seus companheiros jesuítas exilados menos afortunados e fortalecendo sua coragem com conselhos fraternos. Ao mesmo tempo, ele trabalhou arduamente para a restauração de seu amado instituto e estudou sua história.
Enquanto isso, a imperatriz Catarina recusou-se a permitir que a bula da supressão fosse publicada na Rússia, e a Companhia de Jesus continuou existindo lá. Em 1792, o duque de Parma convidou três jesuítas italianos na Rússia para se estabelecerem em seu reino e, após receber permissão do Papa Pio VI, o padre Pignatelli tornou a professar em 1797 e tornou-se superior, trazendo assim os jesuítas de volta à Itália.
Ele começou um quase noviciado em Colorno em 1799 e viu o Papa Pio VII dar a aprovação formal à província jesuíta na Rússia em 1801. Padre Pignatelli trabalhou para reviver os jesuítas, e em 1804 a Sociedade foi restabelecida no Reino de Nápoles, com ele como provincial – “o elo entre a velha e a nova Sociedade”. A província foi dispersada quando os franceses invadiram Nápoles no mesmo ano, quando ele foi para Roma e foi nomeado provincial da Itália. Muitos jesuítas voltaram a Roma, onde Pio VII lhes ofereceu seu antigo colégio e o de S. Pantaleão perto do Coliseu. Assim, ele restaurou a Sociedade na Sardenha e ajudou a conservá-la quando os franceses ocuparam Roma.
Embora a Companhia de Jesus não tenha sido totalmente restaurada até 1814, três anos após a morte de São José em Roma em 11 de novembro, o Papa Pio XII o chamou de “restaurador dos Jesuítas” e o descreveu como um sacerdote de “santidade vigorosa e viril “quando ele o canonizou (Attwater 2, Benedictines, Coulson, Delaney, Farmer) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember28.html

– SÃO JOSÉ PIGNATELLI

Também conhecido como

  • Giuseppe Maria Pignatelli
  • José Pignatelli Moncayo

Memorial

Perfil

Sua mãe era espanhola , seu pai um nobre italiano . Órfão aos 9 anos, tornou-se estudante residente no colégio jesuíta de Saragoça . Juntou-se aos jesuítas em 1753 em Taragona aos 16 anos, junto com seu irmão. Desenvolveu tuberculose , que o enfraqueceu e o assombrou pelo resto da vida. Ordenado em 1763 aos 25 anos. Professor em Manresa , Bilboa e Zaragoza . Ministrado a homens no corredor da morte.

Expulso com outros jesuítas em 3 de abril de 1767 por ordem do rei Carlos III. Sendo um membro da nobreza, José teve a chance de ficar, mas partiu com seus irmãos exilados . No caminho descobriram que os jesuítas estavam sendo expulsos de todos os países, exceto Prússia e Rússia . Joseph manteve teimosamente um remanescente da ordem , e estes seriam a restauração dos jesuítas três anos após a morte de Joseph . Liderou e inspirou os jesuítas durante os 41 anos da Supressão daSociedade . Considerada a ligação entre os antigos jesuítas , suprimidos em 1773 , e os novos jesuítas , restaurados em 1814 .

Grupos de jesuítas reformados em sociedades como a Companhia do Sagrado Coração de Jesus na França e a Companhia da Fé de Jesus na Itália. Os jesuítas sobreviveram na Rússia e, embora morasse na Itália , José se associou a eles. Em 1775 , o Papa Pio VI deu permissão para jesuítas de outros países se juntarem aos jesuítas na Rússia, e em 1799 aprovou a abertura de um noviciado em Colorno, Itália , tornando José o Mestre de Noviços. Em 1801 , o rei Carlos Emanuel IV da Sardenha restabeleceu os jesuítas em seu reino e, em 1815 , juntou  se a eles.

Em 1800 , o Papa Pio VII decidiu restaurar completamente a Sociedade , mas foi incapaz até a queda de Napoleão. Apesar de praticamente nada restar dos recursos da Sociedade , os pedidos para que os jesuítas restaurados iniciassem escolas afluíram de todas as direções. Dentro de um ano a Sociedade tinha tantos membros e tantas fundações quanto a antiga Sociedade tinha em 1555 .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

“São José Pignatelli”. CatholicSaints.Info . 19 de agosto de 2020. Web. 13 de novembro de 2022. < https://catholicsaints.info/saint-joseph-pignatelli/

– VER DIA 14 DE NOVEMBRO, nº 21 – SÃO JOSÉ PIGNATELLI

17.   Em Mengo, lo­ca­li­dade do Uganda, São José Mkasa Ba­li­kud­dembé, mártir, que, sendo mor­domo do pa­lácio real, de­pois de re­ceber o Bap­tismo, ga­nhou para Cristo muitos jo­vens e de­fendeu as cri­anças pa­la­ci­anas das pai­xões vi­ci­osas do rei Mwenga; por isso, com vinte e cinco anos de idade, foi de­go­lado por ordem do rei en­fu­re­cido, que fez dele a pri­meira ví­tima da sua perseguição. († 1885)

18*.   Em San­remo, na Li­gúria, re­gião da Itália, a Beata Maria da Paixão (He­lena de Chap­potin de Neu­ville), virgem, que, pro­fun­da­mente en­tu­si­as­mada com a hu­mil­dade e sim­pli­ci­dade de São Fran­cisco, fundou as Irmãs Fran­cis­canas Mis­si­o­ná­rias de Maria e teve sempre a pre­o­cu­pação de de­fender a con­dição das mu­lheres nas terras de missão. († 1904)

19.   Em Wa­dowice, na Po­lónia, São Ra­fael de São José (José Ka­li­nowski), pres­bí­tero, que, na in­sur­reição do povo contra o opressor du­rante a guerra, foi cap­tu­rado pelos ini­migos e de­por­tado para a Si­béria, onde so­freu muitas tri­bu­la­ções e, re­cu­pe­rada a li­ber­dade, in­gressou na Ordem dos Car­me­litas Des­calços, que muito promoveu. († 1907).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 1835 nasceu em Vilna, na Polônia, São Rafael de São José Kalinowski. Abraçou a carreira militar, tendo se formado em engenharia. Saiu de uma crise religiosa lendo as Confissões de Santo Agostinho. Em 1863 abandonou o exército russo, que oprimia a Polônia, e foi nomeado Ministro da Guerra do exército polonês clandestino. Preso, foi condenado a dez anos de trabalhos forçados na Sibéria. De volta, tornou-se Carmelita Descalço, e morreu com fama de santidade. João Paulo II o beatificou e depois canonizou em 17 de novembro de 1991, no IV centenário da morte de São João da Cruz.

20♦.   Em Álora, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Má­laga, na Es­panha, o Beato João Du­arte Martin, diá­cono da di­o­cese de Má­laga e mártir, que, der­ra­mando o seu sangue por Cristo al­cançou a re­com­pensa pro­me­tida aos que per­se­veram na fé. († 1936)

21♦.   Em Al­mansa, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Al­ba­cete, também na Es­panha, o Beato Mi­guel Abdão Sénen Díaz Sánchez, pres­bí­tero di­o­ce­sano de Orihuela e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição re­li­giosa, imi­tando a paixão de Cristo, me­receu al­cançar o prémio eterno. († 1936)

22. São João Licci (também na Folhinha do Coração de Jesus).

23. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VII, São Pavino, abade, considerado o fundador do mosteiro de Santa Maria, situado nos subúrbios de Le Mans, que tornou-se no séc. XII, priorado dependente da abadia de Evron. A nova igreja de São Pavino ainda guarda o seu túmulo. (X)

24. São Baruc, Antigo Testamento. Ver páginas 27-30: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

25. Santo Eugênio de Toledo. Ver página 33: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver “San Eugenio de Toledo ( Toledo , ¿59 – 657 ) foi um escritor e poeta espanhol , e primeiro arcebispo de Toledo , da época visigoda . Ele é um dos considerados Padres da Igreja Hispânica. É chamado de Eugenio II pelos visigodos autores, mas os hispânicos hagiógrafos chamada após 1148 Eugenio III como resultado de erradas desdobramento produzido pela Passio Sancti eugenii (século IX), fundada no Vita Sancti Dyonisii de Hilduin . 1”: https://es.wikipedia.org/wiki/Eugenio_de_Toledo

– Ver também “15 de novembro – SÃO EUGENIO, BISHOP s. I). Entre as notícias sagradas registradas pelo Martirológio Romano para a data de hoje, lemos a que diz: “Em Toledo, Espanha, a comemoração de Santo Eugênio, bispo, que, no decorrer de sua vida, se consuma nas proximidades de Paris, obteve a coroa da glória.”: https://mercaba.org/SANTORAL/Vida/11/11-15_S_eugenio_obispo.htm

26. VER SANTAS E SANTOS DE 15 DE NOVEMBRO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Albertus Magnus (Memorial Opcional) — Arnulfo de Toul Assone de Torgau Caio da Coreia Desidério de Cahors Eugênio de Toledo Félix de Nola Findan Fintan, o Missionário Hélène-Marie-Philippine de Chappotin de Neuville Joseph Mukasa Joseph Pignatelli Leopoldo III Lúcia de Narni Luperius de Verona Machudd de Llanfechell Malo de Aleth Miguel Diaz Sanchez Paduino de Le Mans Raphael KalinowskiSidônio de Saint-SaensMártires de Hipona – 20 santos Mártires do Norte da África – 3 santos Martirizado no Brasil Alonso Rodrigues Rocco Gonzalez Martirizado em Edessa Gurias Shamuna Martirizado na Inglaterra Hugh Faringdon John Rugg John Thorne Richard Whiting Roger James William Eynon Martirizado em Wilparting Aniano Marino
todos esses memoriais em uma única página

27. Outros santos do dia 15 de novembro: págs. 21-35, em: VIDAS DOS SANTOS – 20.pdf (obrascatolicas.com) 

 “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português  de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 15 de novembro: 15 de novembro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 878-882: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: https://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015) 
  9. El testigo fiel: https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. MÁRTIRES DE GRUPO: http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm  
  11. SANTOS CATÓLICOS: https://catholicsaints.info/15-november/                                                                
  12. SANTOS DO DIA: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember15.html#
  13. SANTO DEL GIORNO: https://www.santodelgiorno.it/?p                                            

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia e outros em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 05 DE JANEIRO: SÃO JOÃO NEPUMUCENO NEWMANN

JESUS, POR TI QUERO VIVER! POR TI QUERO MORRER! QUERO SER TEU NA VIDA! QUERO SER TEU NA MORTE! DÊ-ME, SENHOR, A SANTIDADE! AMÉM!” (São João Nepomuceno Newmann sempre rezava esta oração)

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março (também 14 de novembro):

SÃO SERAPIÃO DE THMUIS REGRA RESUMIDA DA PERFEIÇÃO CRISTÃ: A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

* 27 DE AGOSTO: SÃO PEMEN / PASTOR / POEMAS

               À questão de saber se é melhor falar ou calar, o Ancião disse:
Quem fala por Deus, faz bem, e quem cala por Deus, também faz bem.”
Ele também disse: “Se o homem parece estar em silêncio, mas seu coração condena os outros, então ele está sempre falando. Pode haver um homem que fala o dia todo, mas na verdade ele fica em silêncio, porque não diz nada que não seja lucrativo.”

O santo disse: “É útil observar três coisas: temer a Deus, orar com frequência e fazer o bem ao próximo”.
…”A maldade nunca erradica a maldade. Se alguém faz o mal a você, faça o bem a ele e a sua bondade vencerá a maldade.”

O começo do mal é a falta de vigilância. – São Poema

O silêncio não é uma virtude quando a caridade exige discurso. – São Poema

Uma fé viva consiste em pensar pouco de si mesmo e mostrar consideração pelos outros. – São Poema

Ensine seu coração a guardar o que sua língua ensina. – São Poema

Quando seu irmão o ataca, sejam quais forem os insultos, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. Mesmo se ele arrancasse seu olho direito e cortasse sua mão direita, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. No entanto, se ele tentar afastá-lo de Deus, fique com raiva! – São Poema

Não abra sua consciência para quem você não confia em seu coração. – São Poema

Instruir o próximo é o mesmo que repreendê-lo. – São Poema

Se você der pouca importância a si mesmo, terá paz onde quer que viva. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria; estes são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Deixe de lado uma pequena parte da sua justiça e em poucos dias você estará em paz. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria – esses são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Você deve fugir das coisas sensuais. Na verdade, toda vez que um homem chega perto de uma luta com a sensualidade, ele é como um homem à beira de um lago profundo, e o Inimigo o joga quando quer. Mas se o homem vive longe das coisas sensuais, ele é como aquele que está à distância do lago, de modo que mesmo que o Inimigo o seduza para jogá-lo no fundo, Deus lhe envia ajuda no exato momento em que o inimigo o está afastando e fazendo-lhe violência. – São Poema

Não dê seu coração ao que não satisfaz seu coração– São Poema

Se você estiver em silêncio, terá paz onde quer que viva. – São Poema

A natureza da água é macia, e a natureza da pedra é dura; mas se uma garrafa é pendurada acima da pedra, deixando a água cair gota a gota, ela desgasta a pedra. Assim é com a Palavra de Deus: é mole e nosso coração é duro, mas o homem que ouve a Palavra de Deus muitas vezes abre seu coração ao temor de Deus. – São Poema

Citação MLA

================

* 28 DE AGOSTO: SANTO AGOSTINHO

“… O que você possui se você não possui Deus? – Santo Agostinho

Infeliz é a alma escravizada pelo amor de tudo o que é mortal. – Santo Agostinho

O amor às posses mundanas é uma espécie de linha de pássaro, que enreda a alma e a impede de voar para Deus. – Santo Agostinho

Neste exato momento posso, se desejar, tornar-me amigo de Deus– Santo Agostinho

Deus concede mais consideração à pureza da intenção com a qual nossas ações são realizadas do que às próprias ações. – Santo Agostinho

Vou sugerir um meio pelo qual você pode louvar a Deus o dia todo, se desejar. Faça o que fizer, faça bem-feito, e você louvou a Deus. – Santo Agostinho

Este é o negócio da nossa vida. Pelo trabalho e oração, avançar na graça de Deus, até chegarmos àquela altura de perfeição na qual, com corações puros, podemos contemplar a Deus. – Santo Agostinho

Deus em sua onipotência não podia dar mais, em sua sabedoria não sabia dar mais, em suas riquezas não tinha mais para dar, do que a Eucaristia. – Santo Agostinho

Deus não ordena impossibilidades, mas ao ordenar adverte-te a fazer o que podes e a orar pelo que não podes, e ajuda-te para que possas– Santo Agostinho

Nossa vida e nossa morte estão com nosso próximo. – Santo Agostinho

Conquiste a si mesmo e o mundo está aos seus pés. – Santo Agostinho…”

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

* 31 DE AGOSTO: SÃO RAIMUNDO NONATO

“…Trabalhar já é bom,
  Melhor ainda é orar;
O melhor – amar teu Deus,
  E nem uma palavra a dizer
.
    – do alemão de Angelus Silesius

Prática favorita – Pregar o amor de Cristo pelo nosso silêncio, bem como pelo nosso discurso….” (de VIDAS CURTAS DOS SANTOS “São Raimundo, Confessor, de Eleanor Cecilia Donnelly):

{ Angelus Silesius: https://pt.wikipedia.org/wiki/Angelus_Silesius }

================

04 de setembro: BEATA CATARINA DE RACCONIGI

Beata Catarina de Racconigi

Jesus, é minha única esperança!” – uma frase que a Beata Caterina repetia sempre que estava sob estresse

Grandes são as inIquidades do mundo, e meus pecados me tornam indigno de ser ouvido. Mas, Jesus, ó minha Esperança, Tua bondade não permitirá que eu me canse em suplicar-te em vão.” – Beata Catarina

================

04 DE SETEMBRO: NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO E CORREIA

“…Senhor Jesus Cristo, Vós que vos sensibilizastes ao ver o povo sofrendo, os apóstolos cansados, os jovens desesperançados, os doentes tristes, as crianças esquecidas, os pobres oprimidos, os mulheres marginalizadas, e vos comprometestes e os consolastes exclamando: “vinde a mim todos que estais aflitos e eu os aliviarei” (MT. 11.29), nós vos pedimos luz para imitar o exemplo de Maria a quem nós amamos e invocamos como nossa Mãe da Consolação. Fazei-nos, por ela, descobrir a forma de sermos solidários com aqueles que choram, com os pobres, os mansos, os que têm fome e sede de justiça, os misericordiosos, os puros de coração, os que buscam a paz e os que são perseguidos por causa da justiça.

Senhor, que dessa forma, com a ajuda de NOSSA MÃE DA CONSOLAÇÃO, consigamos realizar o vosso reino de justiça, de serviço, de liberdade e fraternidade.

Senhor, que MARIA, MÃE DA CONSOLAÇÃO, seja nossa companheira de caminhada e nos ajude a chegar até vós, que sois o CAMINHO, a VERDADE e a VIDA. AMÉM!…” {http://arquisp.org.br/liturgia/santo-do-dia/nossa-senhora-da-consolacao}

================

05 DE SETEMBRO SANTA TERESA DE CALCUTÁ

“…Deixe que qualquer um que vier até você vá embora se sentindo melhor e mais feliz. Todos deveriam ver bondade em seu rosto, em seus olhos, em seu sorriso. A alegria aparece nos olhos. Aparece quando falamos e andamos. Não pode ser mantida fechada dentro de nós. Ela reage lá fora. A alegria é muito contagiante…” – Santa Teresa de Calcutá

================

09 DE SETEMBRO: SÃO PEDRO CLÁVER

Jesus Cristo, Filho de Deus, você será meu pai e minha mãe e todo o meu bem. Eu o amo muito. Sinto muito por ter pecado contra você. Senhor, eu o amo muito, muito, muito.” – São Pedro Claver

================

13 DE SETEMBRO: SÃO JOÃO CRISÓSTOMO

“… Certamente quem quer riqueza e abundância escolherá as coisas que duram ao invés das que perecem, o inesgotável ao invés do que se esvai, o muito ao pouco, o incorruptível ao invés do corruptível. Então o outro tipo seguirá também. Quem busca a terra antes do céu certamente também perderá a terra, mas quem preferir o céu à terra desfrutará de ambos no mais alto grau…” ( São João Crisóstomo nos diz para investir no céu):  {https://www.patheos.com/blogs/catholicbookblogger/2015/02/25/church-fathers-day-219-st-john-chrysostom-tells-us-to-invest-in-heaven/ }

“…Desejas honrar o corpo de Cristo? Não o ignores quando está nu. Não o homenageies no templo vestido com seda quando o negligencias do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele, que disse “Este é o meu corpo”, é o mesmo que diz “tive fome e destes-me de comer” [18] e «quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)…

Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando teu irmão está morrendo de fome? Começa por satisfazer a sua fome e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar…” (comentário de São João Crisóstomo sobre Mateus) …”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/João_Crisóstomo

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 16 DE SETEMBRO: SÃO CIPRIANO

Ditos de São Cipriano: “… Deus não escuta a voz, mas o coração…”; “... Não pode ter Deus por pai quem não tem a Igreja por mãe…”: https://www.pensador.com/autor/sao_cipriano/

================

* 17 DE SETEMBRO: SÃO ROBERTO BELARMINO

… A CARIDADE É AQUILO COM O QUAL NENHUM HOMEM SE PERDE, E SEM O QUAL NENHUM HOMEM SE SALVA.” – São Roberto Belarmino

               Diz o Papa Bento XVI: … “De arte bene moriendi” – a arte de morrer bem – por exemplo, [Bellarmino] indica como norma segura do bom viver, e também do bom morrer, o meditar frequentemente e seriamente que se deverá prestar contas a Deus das próprias ações e do próprio modo de viver, bem como não buscar acumular riquezas nesta terra, mas viver de modo simples e com caridade, de modo a acumular bens no Céu” …  As palavras de São Roberto Belarmino “recordam-nos que o fim de nossa vida é o Senhor, o Deus que se revelou em Jesus Cristo, nO qual Ele continua a chamar-nos e a prometer-nos a comunhão com Ele. Recordam-nos a importância de confiar no Senhor, de nos gastarmos em uma vida fiel ao Evangelho, de aceitar e iluminar com a fé e com a oração toda a circunstância e toda a ação da nossa vida, sempre nos esforçando para a união com Deus …

{Audiência Geral:  https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2011/documents/hf_ben-xvi_aud_20110223.html }”:

================

* 19 DE SETEMBRO: NOSSA SENHORA DA SALETTE

“… Diz São João Paulo II AOS MISSIONÁRIOS DE NOSSA SENHORA DE LA SALETTE em 4 de maio de 2000: … Proclame com ousadia a Palavra de Deus, uma força que pode transformar corações, sociedades e culturas. Sob o olhar de Maria, presença materna entre o Povo de Deus, convida constantemente à conversão, à comunhão e à solidariedade

Não hesiteis em anunciar aos vossos irmãos que Deus caminha com os homens, que os chama a uma vida nova e os encoraja para os conduzir à verdadeira liberdadeque o missionário esteja disposto a viver em permanente estado de conversãoO verdadeiro missionário é aquele que se compromete resolutamente a seguir os caminhos da santidade… Depois do entusiasmo do primeiro encontro com Cristo nos caminhos da missão, é necessário perseverar no esforço quotidiano através de uma intensa vida de oração, penitência e dom de si” …: https://www.vatican.va/content/john-paul-ii/en/speeches/2000/apr-jun/documents/hf_jp-ii_spe_20000504_notre-dame.html

================

* 27 DE SETEMBRO: SÃO VICENTE DE PAULO

“A perfeição consiste apenas em uma coisa, que é fazer a vontade de Deus. Pois, segundo as palavras de Nosso Senhor, para a perfeição basta negar a si mesmo, tomar a cruz e segui-lo. Ora, quem nega a si mesmo e toma a sua cruz e segue a Cristo melhor do que aquele que procura não fazer a sua própria vontade, mas sempre a de Deus? Veja, agora, quão pouco é necessário para se tornar santo? Nada mais do que ADQUIRIR O HÁBITO DE QUERER, EM TODAS AS OCASIÕES, O QUE DEUS QUER. 

– São Vicente de Paulo

Quem quiser progredir na perfeição, tenha especial diligência em não se deixar levar por suas paixões, que destroem com uma mão o edifício espiritual que se ergue pelo trabalho da outra. Mas para ter sucesso nisso, a resistência deve ser iniciada enquanto as paixões ainda estão fracas; pois depois que elas estão completamente enraizadas e crescidas, quase não há remédio– São Vicente de Paulo

O primeiro passo a ser dado por quem deseja seguir a Cristo é, segundo as palavras do próprio Nosso Senhor, o de renunciar a si mesmo, isto é, aos próprios sentidos, às próprias paixões, à própria vontade, ao próprio juízo e a todos os movimentos da natureza, oferecendo a Deus um sacrifício de todas essas coisas e de todos os seus atos, que certamente são sacrifícios muito agradáveis ​​ao Senhor. E nunca devemos nos cansar disso; pois se alguém que tem, por assim dizer, um pé já no céu, abandonasse este exercício, quando chegasse a hora de colocar o outro lá, correria muito risco de se perder. – São Vicente de Paulo

================

* 23 DE SETEMBRO: SÃO PADRE PIO DE PIETRELCINA

Fica comigo, Senhor, pois é necessário tê-lo presente para que eu não o esqueça. Você sabe com que facilidade eu o abandono. 

Fica comigo, Senhor, porque sou fraco e preciso da sua força, para não cair tantas vezes. 

Fica comigo, Senhor, porque o Senhor é a minha vida e sem o Senhor estou sem fervor. Fica comigo, Senhor, pois o Senhor é minha luz e sem o Senhor estou nas trevas. 

Fica comigo, Senhor, para me mostrar a Sua vontade. 

Fica comigo, Senhor, para que eu ouça a Sua voz e O siga. 

Fica comigo, Senhor, pois desejo amar o Senhor muito e estar sempre na Sua companhia. 

Fica comigo, Senhor, para que eu seja fiel ao Senhor. 

Fica comigo, Senhor, por mais pobre que seja a minha alma, quero que seja um lugar de consolação para o Senhor e um ninho de Amor. 

Fica comigo, Jesus, porque está ficando tarde e o dia está chegando ao fim e a vida passa, a morte, o julgamento e a eternidade se aproximam. É preciso renovar as minhas forças, para que não pare no caminho e para isso preciso do Senhor. Está ficando tarde e a morte se aproxima, temo as trevas, as tentações, a secura, a cruz, as dores. Oh, como preciso do Senhor, meu Jesus, nesta noite de exílio! 

Fica comigo, Jesus; na vida com todos os seus perigos, eu preciso do Senhor. Deixa-me reconhecê-lo como fizeram os seus discípulos ao partir do pão, para que a celebração eucarística, a comunhão seja a Luz que dispersa as trevas, a força que me sustenta, a alegria única do meu coração. 

Fica comigo, Senhor, porque na hora da minha morte quero permanecer unido a ao Senhor, se não pela Comunhão , pelo menos pela graça e pelo amor. 

Fica comigo, Senhor, porque é só ao Senhor que procuro, Seu Amor, Sua Graça, Sua Vontade, Seu Coração, Seu Espírito, porque o amo e não peço outra recompensa senão amar o Senhor cada vez mais. 

Com um amor firme, eu o amarei de todo o meu coração enquanto estiver na terra e continuarei a amar perfeitamente por toda a eternidade. 

(Oração do Padre Pio após a Santa Comunhão)

================

* 30 DE SETEMBRO: SÃO JERÔNIMO

“… Na parte mais remota de um deserto selvagem e pedregoso, queimado pelo calor do sol escaldante que assusta até os monges que o habitam, parecia-me estar no meio das delícias e multidões de Roma. 

No exílio e na prisão a que por medo do inferno me condenara voluntariamente, muitas vezes me imaginei presenciando a dança das donzelas romanas como se estivesse no meio delas: no meu corpo frio e no meu corpo ressecado, carne, que parecia morta antes de sua morte, a paixão era capaz de viver. 

Sozinho com esse inimigo, me joguei em espírito aos pés de Jesus, regando-os com minhas lágrimas, e domei minha carne jejuando semanas inteiras. Não me envergonho de revelar minhas tentações, mas lamento não ser agora o que era antes

Lá, também – o próprio Senhor é minha testemunha – quando eu derramei copiosas lágrimas e forcei meus olhos para o céu, às vezes me senti entre as hostes angelicais e, de alegria e alegria, cantei: “por causa do sabor dos teus bons unguentos, correremos atrás de ti.” – A carta de Jerônimo a Santa Eustóquio – 7 {https://catholicsaints.info/saint-jerome-letter-23-to-eustochium/}

{https://catholicsaints.info/saint-jerome/ >}

================

* O1 DE OUTUBRO: SANTA TERESA DE JESUS

“… Ajoelhado diante do tabernáculo, só consigo pensar em uma coisa para dizer ao nosso Senhor: “Meu Deus, você sabe que eu te amo”. E sinto que minha oração não cansa Jesus; conhecendo minha fraqueza, Ele está satisfeito com minha boa vontade

…Nosso Senhor não olha tanto para a grandeza de nossas ações, nem mesmo para sua dificuldade, mas para o amor com que as fazemos… 

… Nosso Senhor não precisa nem de grandes feitos de nossa parte, nem de pensamentos profundos, nem de inteligência, nem de talento. Ele preza a simplicidade…

… A perfeição consiste em fazer a Vontade de Deus, em ser aquilo que Ele quer que sejamos… Jesus, ajude-me a simplificar minha vida aprendendo a ser o que você quer que eu seja e me tornando essa pessoa…– Santa Teresa de Lisieux

================

 * 02 DE OUTUBRO: SANTOS ANJOS DA GUARDA

“…Nossa fraqueza é tal que, se os anjos da guarda não nos tivessem sido dados, não poderíamos resistir aos muitos e poderosos ataques dos espíritos malignos. Para este propósito, precisávamos de uma natureza superior. É por isso que Deus tirou esses espíritos de seus tesouros e por meio deles deu um auxílio à fraqueza humana, para que essa assistência divina nos ajude contra os poderes deste mundo de trevas a alcançar a herança da salvação…” – Santo Hilário de Poitiers (memorial em 13 de janeiro)

================

* 04 DE OUTUBRO: SÃO FRANCISCO DE ASSIS

“Santifique-se e santificará a sociedade”. – São Francisco de Assis

================-

* 05 DE OUTUBRO: SANTA FAUSTINA

“… JESUS, EU CONFIO EM TI!…”

{https://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/homilies/2000/documents/hf_jp-ii_hom_20000430_faustina.html }

================

*09 DE OUTUBRO: SÃO JOÃO HENRIQUE NEWMAN

“…John Henry Newman colocou nos lábios do coro dos anjos no céu:

Louvado seja o Santíssimo nas alturas
E nas profundezas seja louvado;
Em todas as suas palavras mais maravilhosas,
Mais seguro em todos os seus caminhos!
O Sonho de Gerôncio )…:
https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/en/homilies/2010/documents/hf_ben-xvi_hom_20100919_beatif-newman.html

==============

* 11 DE OUTUBRO: SÃO JOÃO XXIII

“…Não é que o evangelho mudou; é que começamos a entendê-lo melhor. Aqueles que viveram tanto quanto eu… puderam comparar diferentes culturas e tradições, e saber que é chegado o momento de discernir os sinais dos tempos, de aproveitar a oportunidade e olhar para o futuro…” (São João XXIII, em seu leito de morte)

================

* 15 de outubro: SANTA TERESA DE ÁVILA

“… Nada te perturbe… Nada te amedronte… Tudo passa!… A paciência tudo alcança… A quem tem Deus, nada falta. Só Deus basta!…”

================

* 16 DE OUTUBRO: SANTA MARGARIDA MARIA ALACOQUE

AS DOZE PROMESSAS DE JESUS A SANTA MARGARIDA MARIA para os devotos de Seu Sagrado Coração:

  • Eu lhes darei todas as graças necessárias ao seu estado de vida.
  • Eu estabelecerei a paz em suas famílias.
  • Eu os consolarei em todos os seus problemas.
  • Encontrarão em Meu Coração refúgio seguro durante a vida e especialmente na hora de sua morte.
  • Derramarei bênçãos abundantes sobre todos os seus empreendimentos.
  • Os pecadores encontrarão em Meu Coração a fonte de um oceano infinito de misericórdia.
  • Almas mornas se tornarão fervorosas.
  • Almas fervorosas se elevarão rapidamente à grande perfeição.
  • Abençoarei os lares onde uma imagem do Meu Coração for exposta e honrada.
  • Darei aos sacerdotes o poder de tocar os corações mais endurecidos.
  • Aqueles que propagarem esta devoção terão seus nomes escritos em Meu Coração, para nunca serem apagados.
  • O amor todo-poderoso do Meu Coração concederá a todos aqueles que comungarem na primeira sexta-feira de nove meses consecutivos a graça do arrependimento final; não morrerão sob meu desagrado, nem sem receber seus sacramentos. Meu coração será seu refúgio seguro naquela última hora.

================

* 17 DE OUTUBRO: SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA

“… É melhor calar-se e ser do que falar e não ser. É maravilhoso ensinar, quando se faz o que se diz. Assim, um é o Mestre “que falou e tudo foi feito”; também aquilo que realizou em silêncio é digno do Pai… (Santo Inácio de Antioquia, Carta aos Efésios, 15,1): http://www.cristianismo.org.br/inacio-2.htm

================

* 18 DE OUTUBRO: SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA

Nenhuma língua pode expressar a grandeza do amor que Jesus Cristo carrega às nossas almas. Ele não queria que entre Ele e Seus servos houvesse qualquer outra promessa que não a si mesmo, para manter viva a lembrança dele (São Pedro de Alcântara). 

================

* 19 DE OUTUBRO: SÃO PAULO DA CRUZ

“… Um dia o Senhor me fez ouvir estas palavras ao pé do tabernáculo: ‘Meu filho, quem me abraça, abraça espinhos’…” – São Paulo da Cruz

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO

Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

* 22 DE OUTUBRO: SÃO JOÃO PAULO II

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO

“… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

10 de novembro: SÃO LEÃO MAGNO

“A virtude não é nada sem a prova da tentação, pois não há conflito sem inimigo, nem vitória sem luta.” – Papa São Leão Magno

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS,

ROGUEM POR NÓS!   

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO E O DA FAMÍLIA SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.