Santas e Santos de 04 de agosto

Me­mória de São João Maria Vianney (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que du­rante mais de qua­renta anos exerceu de modo ad­mi­rável o seu mi­nis­tério na pa­ró­quia que lhe foi con­fiada na lo­ca­li­dade de Ars, perto de Belley, na França, com a pre­gação as­sídua, a oração e o exemplo de pe­ni­tência. Todos os dias ex­pli­cava o ca­te­cismo aos mais pe­quenos e aos adultos, re­con­ci­liava os pe­ni­tentes e com a sua ar­dente ca­ri­dade, que hauria da sua fonte pri­mor­dial, a San­tís­sima Eu­ca­ristia, res­plan­deceu de tal modo que di­fundiu os seus con­se­lhos ao longe e ao largo e sa­pi­en­te­mente con­duziu muitos a Deus. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São João Maria Vianney, morto em 1859. Ordenado padre depois de laboriosos estudos, foi primeiro vigário em Ecully. Tornando-se o pároco de Ars, três anos depois, exerceu durante mais de quarenta anos uma influência considerável sobre todos os que se beneficiaram de sua oração, dos méritos de sua vida austera e de seu ministério no sacramento da penitência. Pio XI, ao canoniza-lo, proclamou-o patrono celeste dos padres encarregados de paróquias. (R). Ver páginas 292-299: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/João_Maria_Batista_Vianney

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Batista_Maria_Vianney

2.   Co­me­mo­ração de Santo Aris­tarco de Tessalónica, que foi dis­cí­pulo do Após­tolo São Paulo, fiel com­pa­nheiro nas suas vi­a­gens e também seu com­pa­nheiro de prisão em Roma. Ver páginas 124-128 http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

3.   Em Roma, junto à Via Ti­bur­tina, os santos Jus­tino e Cres­cen­ciano, mártires. († 258)

4.   Em Társia, na Bi­tínia, ac­tu­al­mente na Tur­quia, Santo Eleu­tério, mártir. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, Santo Eleutério, mártir de Tarso, cujo túmulo foi o começo de uma célebre peregrinação feita naquela cidade imperial. (M). († s. IV)

5.   Na an­tiga Pérsia, Santa Ia (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir no tempo do rei Sapor II. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Pérsia, o martírio de Santa Ia e seus companheiros, que suportaram a morte por causa da fé cristã, depois de terem sofrido cruéis suplícios sob o rei Sapor. (M) († c. 362)

6.   Em Tours, na Nêus­tria, na ho­di­erna França, a co­me­mo­ração de Santo Eu­frónio, bispo, que tomou parte em vá­rios con­cí­lios, re­cons­truiu muitas igrejas na ci­dade, fundou pa­ró­quias em todo o ter­ri­tório e pro­moveu di­li­gen­te­mente a ve­ne­ração à Santa Cruz. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 573, Santo Eufrônio, bispo de Tours. Teve grande prestígio junto aos poderosos, e consagrou seu trabalho na restauração ou construção de santuários de sua cidade episcopal. (M) († 573). Ver páginas 129-130: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

7*.   Na flo­resta de Pa­naia, perto de Ca­tan­zaro, na Ca­lá­bria, re­gião da Itália, Santo Onofre, ere­mita, in­signe pela sua vida de je­juns e austeridade. († 995)

8*.   Em Split, na Dal­mácia, na ac­tual Croácia, São Rai­nério, bispo e mártir, que, de­pois de ter sido monge, por de­fender os di­reitos da Igreja su­portou nu­me­rosos tor­mentos na sede de Cágli e de­pois morreu ape­dre­jado em Split. († 1180). Ver São Reinier, bispo, arcebispo e mártir. Páginas 133-140: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

9*.   Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, a Beata Ce­cília, virgem, que re­cebeu o há­bito mo­nacal das mãos de São Do­mingos, de cuja vida e es­pi­ri­tu­a­li­dade foi fi­de­lís­sima testemunha. († 1290)

10*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato Gui­lherme Horne, mártir, monge na Car­tuxa desta ci­dade, sempre fiel à ob­ser­vância da Regra, que su­portou um longo ca­ti­veiro no rei­nado de Hen­rique VIII e, sub­me­tido fi­nal­mente ao su­plício no pa­tí­bulo de Ty­burn, partiu desta vida e tomou lugar à di­reita de Cristo. († 1540)

11*.   Em Mon­tréal, no Quebec, pro­víncia do Ca­nadá, o Beato Fre­de­rico Jans­soone, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, que di­fundiu muito as pe­re­gri­na­ções à Terra Santa para pro­gredir na fé. († 1916)

12*.   Em Ma­drid, na Es­panha, o Beato Gon­çalo Gon­çalo, re­li­gioso da Ordem de São João de Deus e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a re­li­gião, con­firmou com o seu sangue a sua fé em Cristo. († 1936)

13.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, os be­atos már­tires José Ba­talla Parramon, pres­bí­tero, José Ra­basa Bentanachs e Gil Ro­dício Rodício, re­li­gi­osos da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que na mesma per­se­guição, ven­cendo o bom com­bate da fé, al­can­çaram a vida eterna. († 1936)

14*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Hen­rique Krzys­tofik, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a guerra, de­por­tado da Po­lónia para um cár­cere es­tran­geiro por causa da sua fé cristã, com nu­me­rosos su­plí­cios con­sumou o seu martírio. († 1942)

15. Na Folhinha do Coração de Jesus, São Lugaido. No VIDA DOS SANTOS, São Molua, ou Mo-lua, ou Ludgid, ou Ludgaid, Lughaedh, abade. Ver páginas 131-132: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

16. Bem-Aventurado Francisco Cecco, ermitão. Inclui texto sobre a INDULGÊNCIA DA PORCIÚNCULA (ver 02 de agosto). Ver páginas 141-153: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

17. Outros santos do dia 04 de agosto, páginas: 94-155: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 04 de agosto, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/4_de_agosto

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 607-609:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.