Santas e Santos de 14 de agosto

Me­mória de São Ma­xi­mi­liano Maria Kolbe (Rai­mundo), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Con­ven­tuais e mártir, fun­dador da Mi­lícia de Maria Ima­cu­lada, que, de­por­tado para di­versos lu­gares de ca­ti­veiro e en­cer­rado fi­nal­mente no campo de con­cen­tração de Aus­chwitz, pró­ximo de Cra­cóvia, na Po­lónia, se ofe­receu aos al­gozes para subs­ti­tuir um com­pa­nheiro de prisão con­de­nado à morte, trans­for­mando o seu mi­nis­tério num ho­lo­causto de ca­ri­dade e exemplo de fi­de­li­dade a Deus e aos homens. († 1941). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no campo de extermínio de Auschwitz, em 1941, São Maximiliano Maria Colbe (também na folhinha do Coração de Jesus), frade menor conventual polonês que se ofereceu para substituir um prisioneiro, pai de família, condenado à morte. Foi assassinado com uma injeção de veneno na véspera da Assunção da Virgem Imaculada (X). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maximiliano_Maria_Kolbe

2.   No Hi­lí­rico, na ho­di­erna Croácia, Santo Ur­si­cino, mártir. († s. IV)

3.   Em Apa­meia, na Síria, São Mar­celo, bispo e mártir, que foi morto pelos pa­gãos, en­fu­re­cidos por ele ter des­truído um templo de­di­cado a Júpiter. († c. 390). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, em Apaméia, na Síria, perto de 390, São Marcelo, bispo, martirizado por ter desejado fazer reconhecer a soberania de Cristo derrubando o templo de Júpiter. (M)

4.   Em Roma, Santo Eu­sébio, que edi­ficou a igreja do seu tí­tulo no monte Es­qui­lino. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. IV, o Bem-Aventurado Eusébio, que fundou uma igreja no Esquilino, mais tarde a ele dedicada. Desde então, os fiéis, reconhecidos, nela celebram a cada ano o aniversário de sua morte (M). († s. IV-V). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eus%C3%A9bio_de_Roma

5.   Em Ross, na Ir­landa, São Fa­ca­nano, bispo e abade, que ali cons­truiu um mos­teiro, cé­lebre pelo en­sino de ci­ên­cias sa­gradas e humanas. († s. VI)

6.   Em Ou­den­burg, na Flan­dres, ac­tu­al­mente na Bél­gica, o pas­sa­mento de Santo Ar­nolfo, bispo de Sois­sons, que deixou a vida mi­litar para abraçar a vida mo­nás­tica e, eleito bispo, tra­ba­lhou ar­du­a­mente pela paz e con­córdia, e morreu fi­nal­mente no mos­teiro por ele fundado. († 1087)

7*.   Pró­ximo de Mon­te­ba­róccio, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Santo de Ur­bino Brancorsíni, irmão leigo da Ordem dos Menores. († 1390). Ver página 429-430: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

8*.   Em Otranto, na Apúlia, re­gião da Itália, cerca de oi­to­centos santos már­tires, que, cons­tran­gidos a re­negar a fé du­rante uma in­cursão dos sol­dados oto­manos, mas exor­tados por Santo An­tónio Primaldo, idoso te­celão, a per­se­verar na fé de Cristo, foram de­ca­pi­tados e re­ce­beram a coroa do martírio. († 1480). No VIDAS DOS SANTOS, o Bem-Aventurado Primaldi, com oitocentos outros mártires, em Otranto. Ver páginas 422-427: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1rtires_de_Otranto

9.   Em Na­ga­sáki, no Japão, os santos már­tires Do­mingos Ibáñes de Erquícia, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, e Fran­cisco Shoyemon, no­viço da mesma Ordem, ca­te­quista, que, em ódio ao nome cristão, foram mortos pelo co­man­dante su­premo To­ku­gawa Yemítsu. († 1633)

10*.   Em Co­riano, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, a Beata Isabel Rénzi, virgem, fun­da­dora da Con­gre­gação das Pi­e­dosas Mes­tras de Nossa Se­nhora das Dores, que de­dicou toda a sua energia para que as jo­vens po­bres ti­vessem uma for­mação hu­mana e ca­tequé­tica nas escolas. († 1859)

11*.   Em Pi­cas­sent, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Va­lência, na Es­panha, o Beato Vi­cente Ru­biols Castelló, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, deu tes­te­munho de Cristo com o martírio. († 1936)

12*.   Em El Saler, junto da ci­dade de Va­lência, na Es­panha, o Beato Félix Yuste Cava, pres­bí­tero e mártir, que, em vir­tude da sua in­tré­pida fi­de­li­dade, re­cebeu do Se­nhor a re­com­pensa eterna. († 1936)

13♦.   Perto de Bar­ce­lona, também na Es­panha, a Beata Maria do Pa­tro­cínio de São José (Maria de Puig­gra­ciós Jo­sefa Fran­cisca Badia Fla­quer), virgem da Ordem das Car­me­litas e mártir, que, na mesma per­se­guição, me­receu en­trar no ban­quete ce­leste. († 1936)

14. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de Nimega, na Holanda, São Verenfrido, monge inglês, que evangelizou os Países-Baixos juntamente com São Vilibrordo (M).

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. X, o Bem-aventurado Everardo (Santo Eberaldo, também na folhinha do Coração de Jesus), sacerdote da diocese de Estrasburgo, que se juntou ao bem-aventurado Beno de Metz em Einsiedeln, hoje abadia beneditina e célebre lugar de peregrinação mariana na Suíça. (X)

16. Santa Atanásia, também na folhinha do Coração de Jesus.

17. Bem-Aventurado Alberto Pandoni, bispo. Ver pág. 428: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

18. Outros santos do dia 14 de agosto, páginas: págs. 422-431, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 14 de agosto, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/14_de_agosto

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 635-637:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.