Santas e Santos de 24 de setembro

24 DE SETEMBRO: SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Solenidade de Nossa Senhora das Mercês (também na Folhinha do Coração de Jesus), nas catedrais de Bom Jesus de Gurguéia, Itapipoca e Porto Nacional, das quais é titular. Também no Diretório da Liturgia da CNBB, que acrescenta NOSSA SENHORA DA GUIA, na Diocese de Patos, na Paraíba.

– No VIDAS DOS SANTOS, 10 de agosto, pág. 330: “Na Espanha, aparição da bem-aventurada Virgem Maria, para que se instituísse, sob o nome de Nossa Senhora das Mercês, a ordem da Redenção dos cativos (24 de set.): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver ainda pág. 425 “No mesmo dia (24 de setembro), a festa da Bem-aventurada Virgem Maria, dita das Mercês, ordem que Ela mesma instituiu, sob êste nome, para o resgate de cativos. A origem da Ordem dos Mercedários, que se ocupou com a “liberdade dos cristãos cativos dos muçulmanos, calca-se numa vontade mesma de Nossa Senhora, que, aparecendo a São Pedro Nolasco, a São Raimundo de Penhaforte e ao rei de Aragão, no século XIII, assim sugeriu que se criasse aquela ordem. A festa de Nossa Senhora das Mercês estendeu-se à Igreja universal em 1696,”: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

– Ver tambémA devoção originou-se na Espanha, daí também ser conhecida por Nossa Senhora das Mercedes, e foi popularizada pelo frades da Ordem de Nossa Senhora das Mercês, fundada por São Pedro Nolasco. Foi considerada protetora dos cristãos cativos dos mouros na África, principalmente os marinheiros e mercadores subjugados no Mar Mediterrâneo. A devoção chegou a Portugal, onde difundiu-se de Alenquer para Santarém e para Lisboa. A devoção foi trazida pelos frades mercedários para o Brasil, onde floresceram diversas confrarias, formadas principalmente por escravos, os quais consideravam Nossa Senhora das Mercês padroeira de sua libertação.[1]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Mercês

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Merc%C3%AAs

OUTROS SANTOS DE 24 DE SETEMBRO

VER TAMBÉM 24 DE SETEMBRO NA IGREJA ORTODOXA Todas as comemorações fixas abaixo são comemoradas no dia 7 de outubro pelas igrejas ortodoxas sob o Velho Calendário. No dia 24 de setembro do calendário civil, as igrejas sob o Velho Calendário celebram as comemorações listadas no dia 11 de setembro.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/24_de_setembro_na_Igreja_Ortodoxa

===================

1.   Em Milão, na Trans­pa­dana, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Ana­tólio, que é con­si­de­rado o pri­meiro bispo desta cidade. († s. II)

2.   Em Se­de­laucum, hoje Se­au­lieu, no ter­ri­tório de Autun, na França, os santos An­dó­quio, Tirso e Félix, mártires. († data inc.). Ver Santos Andóquio, Tirso e Félix, mártires, páginas 420-421: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

3.   Em Ar­vena, na Aqui­tânia, hoje Cler­mont-Fer­rand, também na França, São Rús­tico, bispo, que, sendo pres­bí­tero nesta ci­dade, as­sumiu, com grande ale­gria da ci­dade, a honra do episcopado. († s. V)

4.   Em Lião, na Gália, hoje também na França, São Lopo (São Lupo), bispo, que antes tinha vi­vido como anacoreta. († d. 528)

5*.   Em Mar­selha, na Pro­vença, também na França, Santo Isarno, abade, homem aus­tero para con­sigo, mas be­ne­vo­lente e pa­cí­fico para com os ou­tros, que re­novou a vida re­gular no mos­teiro de São Vítor. († 1043). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1043, Santo Isarno, amigo de Santo Odilão de Cluny. Eleito abade de São Vítor de Marselha, favoreceu o monaquismo no sul da França e na Catalunha. (X). Ver página 424: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

6.   Na Pa­nónia, em ter­ri­tório da ac­tual Hun­gria, São Ge­rardo Sa­gredo, bispo de Csanad e mártir, que foi pre­ceptor de Santo Eme­rico, prín­cipe ado­les­cente, filho do rei Santo Es­têvão, e morreu ape­dre­jado junto ao rio Da­núbio numa se­dição de hún­garos pagãos. († 1046). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1046, São Geraldo (também na Folhinha do Coração de Jesus), monge beneditino veneziano, que feito bispo de Csanad na Hungria, sacrificou sua vida defendendo os direitos e os deveres civis e religiosos. (M). Ver páginas 414-419: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Gerardo_Sagredo

7*.   Em Ge­rona, na Ca­ta­lunha, re­gião da Es­panha, o Beato Dal­mácio Moner, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, in­signe pelo seu amor à so­lidão e ao silêncio. († 1341)

8*.   Em York, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Gui­lherme Spenser, pres­bí­tero, e Ro­berto Har­desty, con­de­nados à pena ca­pital e en­for­cados no rei­nado de Isabel I, o pri­meiro por ser sa­cer­dote, o se­gundo por lhe ter dado hospitalidade. († 1589)

9.   Em Na­ga­sáki, no Japão, Santo An­tónio Gon­zález, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, que, en­viado para o Japão com ou­tros cinco com­pa­nheiros e en­car­ce­rado pouco tempo de­pois, foi sub­me­tido duas vezes ao su­plício da água, até que, con­su­mido pela febre, pre­cedeu os seus com­pa­nheiros na morte, no tempo do chefe su­premo To­ku­gawa Yemitsu. († 1637)

10.     Em San Se­ve­rino, nas Marcas, re­gião da Itália, São Pa­cí­fico (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, in­signe pela suas pe­ni­tên­cias, amor à so­lidão e oração ante o San­tís­simo Sacramento. († 1721). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em San Severino, na região de Ancona, na Itália, São Pacífico, franciscano. Professor de filosofia e brilhante pregador, aceitou generosamente a doença que aos trinta e cinco anos o obrigou a cessar toda a atividade exterior. (M)

– Conforme a Folhinha do Coração de Jesus de 23 de setembro de 2010, “Frei Pacífico, discípulo de São Francisco, se distinguia pela sua nobreza. Foi coroado Rei dos versos pelo imperador Frederico II. Era reconhecido como homem nobre, cortês e mestre na arte de cantar. Sua nobreza foi conquistada através do esforço pessoal, do exemplo alheio e da graça recebida. Convertido por uma pregação de Francisco sobre as vaidades do mundo. Certa vez viu o Tau na fronte de Francisco, sinal de predestinação. Francisco compôs uns louvores a Deus e queria chamar Frei Pacífico, Rei dos versos, hábil mestre de coro, para escolher alguns frades piedosos que fossem pelo mundo a pregar e a cantar os louvores de Deus. Frei Pacífico faleceu entre 1230 e 1235, em Lens, na França, onde fora ministro provincial. (Frei Antonio Andrietta, OFM – São Paulo/SP)”.

São Pacífico de São Severino, no VIDAS DOS SANTOS. Ver páginas 427-428: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

11*.   Em Ma­ribor, na Es­lo­vénia, o Beato An­tónio Mar­tinho Slomsek, bispo, que se de­dicou com todas as suas ener­gias ao cui­dado da vida cristã das fa­mí­lias, à for­mação do clero e à de­fesa da uni­dade da Igreja. († 1862)

12*.   Em Roma, a Beata Co­lomba Ga­briel (Joana Ma­tilde Ga­briel), aba­dessa do mos­teiro de L’viv, na Ucrânia, que, in­jus­ta­mente ca­lu­niada, se di­rigiu para Roma, onde viveu pobre e alegre e fundou a Con­gre­gação das Irmãs Be­ne­di­tinas da Ca­ri­dade, além da obra so­cial cha­mada Casa da Fa­mília, em favor das jo­vens ope­rá­rias po­bres ou afas­tadas da família. († 1926)

13*.   Em Ablat de la Ri­bera, po­vo­ação da pro­víncia de Va­lência, na Es­panha, o Beato José Rai­mundo Pas­coal Ferrer Botella, pres­bí­tero e mártir, que pa­deceu o mar­tírio du­rante a per­se­guição contra a fé cristã. († 1936)

14*.   Em Rotglà y Cor­bera, também na pro­víncia de Va­lência, o Beato José Maria Fer­rándiz Hernández, pres­bí­tero e mártir, que na mesma per­se­guição re­li­giosa ter­minou vi­to­ri­o­sa­mente o com­bate da fé. († 1936)

15*.   Em Ol­leria, na mesma pro­víncia de Va­lência, a Beata En­car­nação Gil Valls, virgem e mártir, que, le­vando a lâm­pada acesa, foi ao en­contro de Cristo Esposo. († 1936)

16*.   Em Al­cira, também na pro­víncia de Va­lência, o Beato José Rai­mundo Fer­ragut Girbés, mártir, pai de fa­mília que morreu como ví­tima por Cristo na mesma per­se­guição contra a fé cristã. († 1936)

17♦.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Afonso do Sa­grado Co­ração de Maria (Afonso Ari­mány Ferrer), pres­bí­tero da Ordem dos Car­me­litas Des­calços e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a Igreja, foi as­sas­si­nado  em ódio ao sacerdócio. († 1936)

18♦.   Em Má­laga, também na Es­panha, os be­atos Ma­nuel Gómez Contioso, pres­bí­tero, e com­pa­nheiros már­tires, que, du­rante a mesma per­se­guição, foram as­sas­si­nados em ódio à fé cristã. São estes os seus nomes: Es­têvão Garcia Garcia e Ra­fael Ro­drí­guez Mesa, re­li­gi­osos da So­ci­e­dade Salesiana. († 1936)

19♦.   Em Cu­enca, também na Es­panha, os be­atos Mel­chior do Es­pí­rito Santo (Mel­chior Ro­drí­guez Vil­las­trigo), pres­bí­tero da Ordem da San­tís­sima Trin­dade e com­pa­nheiros már­tires, que con­sumou egre­gi­a­mente o seu com­bate por Cristo. São estes os seus nomes: Luís de São Mi­guel dos Santos (Luís de Er­doíza y Za­malloa), Tiago de Jesus (Tiago Ar­riaga y Ar­ríen), pres­bí­teros, e João de Nossa Se­nhora do Cas­tellar (João Fran­cisco Joya y Cor­ra­lero), re­li­gioso, todos da Ordem da San­tís­sima Trindade. († 1936)

20. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em meados do séc. VII, São Geremário (São Germaro, também na Folhinha do Coração de Jesus), abade, que multiplicou o número de mosteiros na região de Beauvais. Morreu em um deles, que em seguida tomou o seu nome. (M). Ver páginas 422-423: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

21. Outros santos do dia 24 de setembro: págs. 414-426, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 24 de setembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/24_de_setembro

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 750-752:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, A NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.