Santas e Santos de 30 de setembro

Me­mória de São Je­ró­nimo (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero e doutor da Igreja, que, nas­cido na Dal­mácia, na ac­tual Croácia, es­tudou em Roma, onde ad­quiriu uma vas­tís­sima cul­tura li­te­rária, e aí re­cebeu o Bap­tismo; de­pois, atraído pelo valor da con­tem­plação e da vida as­cé­tica, partiu para o Ori­ente e foi or­de­nado pres­bí­tero. Re­gressou a Roma e foi se­cre­tário do papa Dâ­maso; mais tarde, es­ta­be­leceu-se em Belém e re­tirou-se na vida mo­nás­tica, de­di­cando-se com exímia com­pe­tência a tra­duzir e ex­plicar a Sa­grada Es­cri­tura. De modo ad­mi­rável tomou parte ac­tiva nos vá­rios pro­blemas e ne­ces­si­dades da Igreja; fi­nal­mente, che­gando a uma idade avan­çada, des­cansou na paz do Senhor. († 420). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Jerônimo, Doutor da Igreja, morto em 419. Originário da Dalmácia ou do Vêneto, partiu para levar vida monástica na Síria e foi ordenado presbítero em Antioquia, antes de voltar para Roma, onde o Papa Dâmaso o encarregou oficialmente de editar a Bíblia latina de acordo com o original hebraico e a versão dos Setenta. Depois do que, retornou à Palestina e se fixou em Belém, onde reuniu e dirigiu uma comunidade de monges e outra de monjas. (R). Ver páginas 141-160: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Jerônimo

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jer%C3%B4nimo

2.   Em Pi­a­cenza, na ac­tual Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, Santo An­to­nino, mártir. († 303)

3.   Em So­leure, no ter­ri­tório dos Hel­vé­cios, na ac­tual Suíça, os santos Urso e Vítor, már­tires, que, se­gundo a tra­dição, per­ten­ceram à Le­gião Tebana. († c. 320). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, receberam a coroa do martírio os Santos Leopardo, em Roma, no séc. IV; Vítor e Urso, na Suíça, pela mesma época; e Antonino, em Piacenza. (M)

4.   Na Ar­ménia, São Gre­gório o Iluminador (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, de­pois de ter re­a­li­zado grandes tra­ba­lhos, se re­tirou numa ca­verna junto à con­fluência dos dois ramos do rio Eu­frates e aí des­cansou em paz. É con­si­de­rado o após­tolo dos Armenos. († c. 326). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 300, São Gregório, o iluminador. Foi o evangelizador e organizador da Igreja da Armênia, e seu primeiro “Catholicós”. (M). Ver páginas 161-163: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

– Ver também: . São Gregório o iluminador. Lembrado na Wikipedia de 23 de março. Católico de todos os armênios. Nascimento: c. 257 em Valarxabad. Morte: 331 (74 anos) em ? Veneração por: Igreja Apostólica Armênia; Igreja Ortodoxa; Igrejas Orientais; Comunhão Anglicana. Festa litúrgica: 9 de junho na Igreja Apostólica Armênia e 30 de setembro na Igreja Ortodoxa e na Igreja Católica. Padroeiro da Armênia. Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Greg%C3%B3rio,_o_Iluminador

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Greg%C3%B3rio,_o_Iluminador

5*.   Em Mar­selha, na Pro­vença, ac­tu­al­mente na França, Santa Eu­sébia, virgem, que desde a ju­ven­tude até à ve­lhice foi sempre fiel serva de Deus. († c. 497)

6.   Em Can­tuária, na In­gla­terra, Santo Ho­nório, bispo, que era monge ro­mano quando o papa Gre­gório Magno o en­viou como com­pa­nheiro de Santo Agos­tinho para evan­ge­lizar a In­gla­terra, a quem su­cedeu nesta sede episcopal. († 653). Conforme o Martirológio Romano, no ano do Senhor de 653, a volta para Deus de Santo Honório, discípulo de Santo Agostinho de Cantuária, missionário dos anglo-saxões, a quem sucedeu na Sé Episcopal. (M). Ver páginans 164-165: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hon%C3%B3rio_de_Cantu%C3%A1ria

7*.   Em Roma, São Simão (também na Folhinha do Coração de Jesus), monge, an­te­ri­or­mente conde de Crepy, na França, que, re­nun­ci­ando à pá­tria, ao ma­tri­mónio e a tudo, es­co­lheu a vida mo­nás­tica e de­pois a vida ere­mí­tica nos montes do Jura; cha­mado muitas vezes a in­tervir como le­gado de paz para pro­mover a con­ci­li­ação entre os prín­cipes, morreu em Roma e foi se­pul­tado na ba­sí­lica de São Pedro. († 1082). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 1080, São Simão,  conde de Crépy-en-Valois. Recebeu o hábito monástico na abadia de Saint-Oyend, hoje Saint-Claude, e depois passou a levar vida eremítica no Jura. (M). Ver páginas 166-167: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

8.   Em Nusco, na Hir­pínia, hoje na Cam­pânia, re­gião da Itália, Santo Amado, bispo. († 1093)

9*.   Em Die, na França, Santo Is­midão, bispo, que, mo­vido pelo seu grande amor aos Lu­gares Santos, fez por duas vezes a pi­e­dosa pe­re­gri­nação a Jerusalém. († 1115)

10*.   Em Pê­saro, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, a Beata Fe­lícia Meda, aba­dessa da Ordem das Clarissas. († 1444)

11.   Em Roma, São Fran­cisco de Borja, pres­bí­tero, que, de­pois da morte da es­posa, de quem teve oito fi­lhos, en­trou na Com­pa­nhia de Jesus e, ab­di­cando das honras do mundo e das dig­ni­dades ecle­siás­ticas, foi eleito su­pe­rior geral da Ordem, sendo me­mo­rável pela sua aus­te­ri­dade de vida e es­pí­rito de oração. († 1572). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no ano da graça de 1572, São Francisco de Bórgia. Casado aos dezenove anos, após seus estudos em Saragoça foi nomeado Vice-Rei da Catalunha por Carlos V, e depois duque de Cândia. Após ter perdido a esposa, decidiu consagrar sua vida “à maior glória de Deus” na Companhia de Jesus, da qual veio a tornar-se o terceiro Geral. (M). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Borja

– Na Folhinha do Coração de Jesus, em 10 de outubro de 2019.

– Ver ainda: páginas 78-85: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

12*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, no li­toral da França, o Beato João Ni­colau Cordier, pres­bí­tero e mártir, que, de­pois da ex­tinção da Com­pa­nhia de Jesus, con­ti­nuou a exercer o mi­nis­tério sa­cer­dotal na re­gião de Verdun, até que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, pela sua con­dição de sa­cer­dote foi en­car­ce­rado na sór­dida ga­lera, mor­rendo de en­fer­mi­dade e inanição. († 1794)

13*.   Em Lanzo, lo­ca­li­dade pró­xima de Turim, na Itália, o Beato Fre­de­rico Albert, pres­bí­tero, que era pá­roco e, para so­correr os in­di­gentes, fundou a Con­gre­gação das Irmãs de São Vi­cente de Paulo da Ima­cu­lada Conceição. († 1876)

14.   Em Li­sieux, na França, o dia natal de Santa Te­resa do Me­nino Jesus, cuja me­mória se ce­lebra no dia seguinte. († 1897). Ver página 167: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

15. Outros santos do dia 30 de setembro: 141-168: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 30 de setembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/30_de_setembro

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 768-770:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, A NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.