Santas e Santos de 11 de outubro

1. São João XXIII (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa, homem do­tado de ex­tra­or­di­nária hu­ma­ni­dade, que, com a sua vida, as suas obras e o seu grande zelo pas­toral, pro­curou ma­ni­festar a todos a abun­dância da ca­ri­dade cristã e fo­mentar a união fra­terna dos povos; es­pe­ci­al­mente so­lí­cito pela efi­cácia da missão da Igreja de Cristo em todo o orbe da terra, con­vocou o Con­cílio Va­ti­cano II. Des­cansou pi­e­do­sa­mente no Se­nhor no dia 3 de Junho. († 1963). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_João_XXIII

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Jo%C3%A3o_XXIII

2.   Co­me­mo­ração de São Fi­lipe, um dos sete diá­conos es­co­lhidos pelos Após­tolos, que con­verteu a Sa­maria à fé de Cristo, bap­tizou o eu­nuco da rainha Can­dace da Etiópia, e evan­ge­lizou todas as ci­dades por onde pas­sava, até chegar a Ce­sa­reia, onde, se­gundo a tra­dição, des­cansou no Senhor. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Filipe,_o_Evangelista

3.       Em Ana­zarbo, na Ci­lícia, na ho­di­erna Tur­quia, os santos Tá­raco, Probo e An­dró­nico, már­tires, que na per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano deram a vida pela pro­fissão da fé em Cristo. († c. 304). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, os Santos Tarago, Probo e Andróico, mártires célebres no Oriente. (M). Ver páginas 88-100: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

4.       No ter­ri­tório de Vexin, na Gália Li­o­nense, na ac­tual França, a co­me­mo­ração dos santos Ni­cásio, Qui­rino, Es­cu­bí­culo e Pi­ência, mártires. († data inc.)

5.   Em Verdun, também na Gália, hoje na França, São San­tino, bispo, que, se­gundo consta, foi o pri­meiro a pregar o Evan­gelho nesta região. († s. IV)

6.   Co­me­mo­ração de São Sár­mata, abade na Te­baida, no Egipto, que foi dis­cí­pulo de Santo Antão e morreu as­sas­si­nado pelos Sarracenos. († 357). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Tebaida, no ano do Senhor de 357, São Sármatas, discípulo de Santo Antão, morto pelos sarracenos. Ele dissera um dia: “Prefiro um homem que tenha pecado, e agora reconhece seu pecado e faz penitência, em lugar de um homem que não tenha pecado e se considere justo”. (M)

7.   Em Uzés, na Gália Nar­bo­nense, na ho­di­erna França, São Fir­mino, bispo, dis­cí­pulo de São Ce­sário de Arles, que en­sinou ao seu povo o ca­minho da verdade. († d. 552)

8.   Em Os­sory, re­gião da Ir­landa, São Cá­nico, abade do mos­teiro de Achad-bó, um dos muitos que fundou. († 599). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 600, São Cainech, monge irlandês, que passou parte de sua vida solitária na Escócia. (M). Ver São Cainnech ou Kenny, abade, páginas 101-105: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cainnech_de_Aghaboe

9.   Perto da for­ta­leza de Sche­márin, nas mon­ta­nhas do Cáu­caso, na Geórgia, o dia natal de Santo Anas­tásio, pres­bí­tero, apo­cri­siário da Igreja Ro­mana e com­pa­nheiro de São Má­ximo Con­fessor na con­fissão da fé ca­tó­lica e no exílio, que en­tregou a alma a Deus quando pro­nun­ciava na santa Si­náxis: «As coisas santas para os santos». († 666)

10.   Em Lier, no Bra­bante, ac­tu­al­mente na Bél­gica, São Gu­mário, um sol­dado de­di­cado a Deus, que neste lugar com os seus bens cons­truiu um ora­tório, onde foi sepultado. († c. 775). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Lierre, na Bélgica, São Gomário, nobre cavaleiro que fundou um mosteiro, e viveu ele mesmo como eremita. (M). Ver páginas 106-107: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Gom%C3%A1rio

11*.   Em Co­lónia, na Lo­ta­ríngia, na Ger­mânia, hoje na Ale­manha, São Bruno, bispo, que, sendo irmão do im­pe­rador Otão I, re­cebeu con­jun­ta­mente o go­verno e o epis­co­pado da Lo­ta­ríngia, e exerceu o mi­nis­tério sa­cer­dotal com grande fi­de­li­dade e as fun­ções de go­ver­nante com grande magnaminidade. († 965). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 965, São Bruno, bispo de Colônia. Filho de Henrique I e de Santa Matilde, irmão de Otão I, o Grande, teve um papel considerável, tanto no plano religioso como no político. Morreu em Reims, enquanto voltava de uma missão junto a Hugo Capeto (X). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bruno_I,_Arcebispo_de_Col%C3%B4nia

12*.   Em Gni­ezno, na Po­lónia, São Gau­dêncio ou Radzim, bispo, irmão de Santo Adal­berto, bispo de Praga, se­gundo a carne e o es­pí­rito, que foi seu fiel com­pa­nheiro nas vi­a­gens apos­tó­licas, as­sistiu ao seu mar­tírio e de­pois também ele foi ví­tima de cativeiro. († c. 1011)

13*.   Em Riga, hoje na Le­tónia, junto ao mar Bál­tico, a co­me­mo­ração de São Mei­nardo, bispo, que era monge na Ale­manha quando, já em avan­çada idade, partiu para evan­ge­lizar a Le­tónia; ali cons­truiu a igreja de Iks­kile e, or­de­nado bispo, lançou os fun­da­mentos da fé cristã nesta região. († 1196)

14*.   Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o Beato Tiago de Ulm Gri­e­singer, re­li­gioso da Ordem dos Pre­ga­dores, que, em­bora ile­trado, era com­pe­ten­tís­simo pintor de vi­trais e du­rante cin­quenta anos foi para todos exemplo ilustre de tra­balho e oração. († 1491). Ver páginas 111-115: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

15.     Em Ca­losso d’Ásti, na Lom­bardia, também re­gião da Itália, o pas­sa­mento de Santo Ale­xandre Sáuli, bispo de Aleria, na ilha da Cór­sega, de­pois bispo de Pavia, que, sendo membro da Con­gre­gação dos Clé­rigos Re­grantes de São Paulo, so­correu os po­bres com ad­mi­rável caridade. († 1592). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da Graça de 1592, a volta para Deus de Santo Alexandre Sauli. Decano da faculdade de teologia de Pavia, depois segundo superior geral dos barnabitas, foi chamado para o bispado de Aléria. Seu infatigável zelo junto ao clero e à população conquistou-lhe o título de “Apóstolo da Córsega”. (M). . Santo Alexandre Saulo (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver página 109: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

16.     Em Hanoi, no Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Pedro Tuy, pres­bí­tero e mártir, que, pela sua fé em Cristo, foi de­go­lado no tempo do im­pe­rador Minh Mang. († 1833)

17.   Em Ma­drid na Es­panha, Santa Maria da So­le­dade (Bi­biana An­tónia Ma­nuela Torres Acosta), virgem, que, desde a ju­ven­tude de­mons­trou ad­mi­rável so­li­ci­tude pelos en­fermos po­bres, aos quais so­correu com in­can­sável ab­ne­gação, es­pe­ci­al­mente na Con­gre­gação das Servas de Maria, Mi­nis­tras dos En­fermos por ela fundada. († 1887)

18*.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Ân­gelo Ramos Ve­láz­quez, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que, em tempo de per­se­guição contra a Igreja, con­sumou o bom com­bate da fé. († 1936)

19. São Jaime (também na Folhinha do Coração de Jesus).

20. Santa Zenaide (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver página 108: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

– Ver “As virgens cristãs Zenaide (às vezes chamada de Zenaíde, Zinaída ou Zinaíde) e Filonila foram, pelo o que se sabe, as primeiras médicas cristãs após São Lucas, o Evangelista, e as primeiras santas Anárgiras, uma classificação aplicada a alguns santos cristãos que não aceitavam pagamentos por suas boas obras. Isto inclui médicos cristãos que, em oposição direta à prática da época, atendiam aos doentes sem cobrar nada. Elas são particularmente veneradas no Cristianismo Oriental.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Zenaide_e_Filonila

21. São Nectário de Constantinopla. Ver “São Nectário (m. 27 de setembro de 397) foi arcebispo de Constantinopla entre 381-397, sucedendo a Gregório de Nazianzo. Quando à sua morte foi sucedido por João Crisóstomo; era irmão do futuro arcebispo constantinopolitano, Arsácio de Tarso. É considerado pelas igrejas católica e ortodoxa um santo e a ele foi consagrado o dia 11 de outubro.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nect%C3%A1rio_de_Constantinopla

22. São Tiago o Diácono. Ver “Tiago, o Diácono (em latimIacobus Diaconus; em inglêsJames the Deacon) foi um diácono italiano que acompanhou Paulino de Iorque em sua missão na Nortúmbria. Ele era um dos membros da missão gregoriana que veio à Inglaterra para cristianizar os anglo-saxões de seu paganismo, ainda que a data precisa de sua chegada seja desconhecida. Depois que Paulino deixou a Nortúmbria, Tiago permaneceu perto de Lincoln e continuou seus esforços missionários, morrendo algum tempo depois de 671 , segundo o cronista medieval Beda… Festa litúrgica 17 de agosto ou 11 de outubro”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Tiago,_o_Di%C3%A1cono

23. Outros santos do dia 11 de outubro: págs. 88-110, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XVII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 11 de outubro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/11_de_outubro

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 795-798:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, A NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.