Santas e Santos de 11 de janeiro (atualizado dia 02.02.2022)

1.   Em Roma, Santo Hi­gino, papa, o oi­tavo a ocupar a Cá­tedra de São Pedro. († 142). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no ano da graça de 142, Santo Higino. Filho de um filósofo ateniense, foi eleito papa e defendeu o Evangelho contra as doutrinas sincretistas e gnósticas. (M). Ver “Santo Higino (em latim, Hyginus) foi um Papa da Igreja Católica Romana (136140) nascido em Atenas, na Grécia, eleito como sucessor do Papa Telésforo (126136) e que ficou conhecido por tornar mais precisa a questão da hierarquia na Igreja e pelo estabelecimento do costume de haver padrinho e madrinha no batismo.[1]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Higino

2.   Na África Se­ten­tri­onal, São Sálvio (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir, em cuja festa Santo Agos­tinho fez um sermão ao povo de Cartago. († c. s. III)

– Ver “… Em Amiens, na França, São Sálvio, bispo e mártir. Famoso por seus milagres, Sálvio sucedeu Ado na sé de Amiens e floresceu no reinado de Teodorico II. Antigamente suas relíquias eram veneradas em Montreuil, na Picardia, na abadia beneditina que levava seu nome, para onde foram traduzidas da catedral de Amiens vários anos depois de sua morte, como é relatado em sua vida anônima, uma compilação sem valor, em grande parte emprestada, como Duchesne aponta, a partir do relato de outro São Sálvio, de Albi, por Gregório de Tours. Uma relíquia de Salvius foi anteriormente mantida na catedral de Canterbury. Este santo não deve ser confundido com São Sálvio de Albi, nem com o mártir deste nome na África, em cuja festa Santo Agostinho proferiu um sermão. São Sálvio é denominado mártir no Martirológio Romano…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJanuary11.html

3.   Em Ti­gava, na Mau­ri­tânia, na ac­tual Ar­gélia, São Ti­pásio, mártir, que, cha­mado ao exér­cito como sol­dado ve­te­rano, por se ter re­cu­sado a sa­cri­ficar aos deuses foi degolado. († 297/298). Ver São Tipásio, mártir. Ver páginas 306-307: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4.   Em Ce­sa­reia da Pa­les­tina, São Pedro, de­no­mi­nado Ap­se­lamo ou Bál­samo, mártir, que, no tempo do im­pe­rador Ma­xi­mino, ins­tado re­pe­ti­da­mente pelo go­ver­nador e por todos os cir­cuns­tantes a que pou­passe a sua ju­ven­tude, não atendeu a tais exor­ta­ções e, abra­sado no fogo como ouro pu­rís­simo, deu co­ra­joso tes­te­munho da sua fé em Cristo. († 309)

5.   Em Brindes, na Apúlia, re­gião da Itália, São Lêucio, ve­ne­rado como o pri­meiro bispo desta cidade. († s. IV)

– Ver “… Em Brindisi, São Leucius, bispo e confessor. Itália. Ele era um missionário de Alexandria, Egito. Um segundo bispo com este nome também é venerado …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJanuary11.html

6.   Em Pavia, na Li­gúria, igual­mente re­gião da Itália, a tras­la­dação de Santa Ho­no­rata (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem con­sa­grada a Deus, irmã de Santo Epi­fânio, bispo. († s. V)

– Ver “… Em Pavia, Santa Honorata, virgem. Itália, sequestrada pelo chefe germânico Odoacro da Itália. Seu irmão, Santo Epifânio, o bispo de Pavia, resgatou Honorata e a devolveu ao convento…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJanuary11.html

7.   Num ermo da Ju­deia, São Te­o­dósio, ce­no­bi­arca, amigo de São Sabas, que após longo tempo de vida so­li­tária, aco­lheu muitos dis­cí­pulos e pra­ticou vida co­mu­ni­tária nos mos­teiros por ele cons­truídos, até que, de­pois de ter pas­sado muitas tri­bu­la­ções pela de­fesa da fé ca­tó­lica, já cen­te­nário des­cansou na paz de Cristo. († 529). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 529, São Teodósio Cenobiarco (também na Folhinha do Coração de Jesus). Originário da Capadócia, foi para a Palestina atraído pela influência de Santo Eutímio. Depois, fundou próximo a Belém um mosteiro cenobítico, onde se reuniu uma multidão de monges de línguas e nacionalidades diferentes. (M). Ver páginas 300-303: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

8*.   Em Ci­vi­dale del Friúli, na Ve­nécia, hoje Friúli-Ve­nézia Giúlia, re­gião da Itália, São Pau­lino, bispo de Aqui­leia, que se em­pe­nhou na con­versão dos Ávaros e dos Es­lo­venos e de­dicou ao rei Carlos Magno um cé­lebre poema sobre a Regra da fé. († 802). Ver página 313: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

– Ver “Paulino II (em latimPaulinus Aquileiensis) foi um sacerdoteteólogopoeta e um dos mais importantes acadêmicos do chamado Renascimento carolíngio.[1] De 787 até sua morte foi ainda patriarca de Aquileia, participando de diversos sínodos contra o adocionismo espanhol e promovendo tanto reformas quanto a adoção da cláusula Filioque no Credo niceno. Além disso, Paulino arranjou também a cristianização pacífica dos ávaros e dos eslavos alpinos que viviam no território do Patriarcado de Aquileia. Por isso, ele é também conhecido como “Apóstolo dos Eslovenos”.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Paulino_II_de_Aquileia

9*.   Em Ca­tânia, na Si­cília, também re­gião da Itália, o Beato Ber­nardo Scammaca, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, que se dis­tin­guiu es­pe­ci­al­mente pelas suas obras de mi­se­ri­córdia em favor dos po­bres e dos enfermos. († 1487).

10*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato Gui­lherme Carter, mártir, que era homem ca­sado e, no tempo da rainha Isabel I, por ter pu­bli­cado um tra­tado sobre o cisma, foi sus­penso na forca de Ty­burn e cru­el­mente dilacerado. († 1584)

11.   Em Yat­sushiro, no Japão, os be­atos João Hat­tori Jingoro e seu filho Pedro Hattori, jun­ta­mente com Mi­guel Mit­suishi e seu filho Tomé Mitsuishi, mártires. († 1609)

12*.   Em Bé­legra, lo­ca­li­dade do Lácio, re­gião da Itália, São Tomás de Córi (Fran­cisco An­tónio Plá­cido), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, cé­lebre pela sua pre­gação e vida aus­tera e também pela fun­dação de eremitérios. († 1729). Ver páginas 304-305 (O BEM-AVENTURADO TOMÁS DE CORA da Ordem de São Francisco): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

13.   Em Ta­larn, lo­ca­li­dade pró­xima de Lé­rida, na Espanha, Ana Maria Janer An­gla­rill, virgem, fun­da­dora do Ins­ti­tuto das Irmãs da Sa­grada Fa­mília de Urgell. († 1885)

14*.   Perto de Gdansk, na Po­lónia, o Beato Fran­cisco Ro­gac­zewski, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a ocu­pação da Po­lónia por um re­gime hostil a Deus, foi fu­zi­lado e morreu pela fé. († 1940)

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Tebaida, cerca de 330, São Palamon, eremita, que iniciou São Pacômio na vida monástica e deu-lhe seus princípios fundamentais: vigiar e orar no jejum e na solidão. (M).

– Ver “… Em Tebais, São Palaemon, abade, que foi o professor de São Pacômio, mais conhecido por servir como mentor de São Pacômio .
Com Pacômio, ele trabalhou para organizar os eremitas do deserto egípcio em comunidades cenobíticas, lançando assim as bases para o desenvolvimento subsequente do monaquismo.
 Palaemon morreu em Tabennisi, o vasto centro monástico que abrigou os primeiros Padres do Deserto …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJanuary11.html

16. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 625, São Vital, monge de Gaza, que foi chamado para converter mulheres de má vida em Alexandria. (M). Ver páginas 310-311: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

Ver “São Vital de Gaza (†. século VI) é um santo venerado na Igreja Católica e na Igreja OrtodoxaMonge em Gaza, viajou à cidade de Alexandria quando tinha 60 anos. A lenda conta

que, depois de conseguir o nome e o endereço de cada prostituta da cidade, encontrou um trabalho no qual trabalhava o dia inteiro, e à noite entregava seu ordenado a uma dessas mulheres para que passassem a noite sem pecar. Depois disso, passava a noite rezando com ela, para convencê-la a mudar de vida. Ao despedir-se, pedia que não revelasse a natureza de sua visita. No calendário católico, sua festividade é o 11 de janeiro; no calendário ortodoxo, o 22 de abril.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Vital_de_Gaza

17. Santo Anastácio, confessor. Ver páginas 308-309: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

18. Santo Egwino, bispo e confessor. Ver páginas 312-313: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

19. Outras santas/os do dia 11 de janeiro, págs. 300-315: 

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume I – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 11 de janeiro, ver também: 11 de janeiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 124-126: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJanuary11.html

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SAMTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Antão, lembrado em 21 de outubro)

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES” (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

* “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.