Santas e Santos de 12 de fevereiro (atualizado em 27.02.2022)

1.   Em Car­tago, na ac­tual Tu­nísia, a co­me­mo­ração dos santos már­tires de Abitínia, que, na per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, tendo-se reu­nido como ha­bi­tu­al­mente para ce­le­brar a as­sem­bleia do­mi­nical, contra o in­ter­dito im­pe­rial, foram presos pelos ma­gis­trados da co­lónia e pelo pre­sídio mi­litar; con­du­zidos para Car­tago e in­ter­ro­gados pelo procônsul Anu­lino, apesar dos tor­mentos, todos con­fes­saram ser cris­tãos, de­cla­rando que não po­diam deixar de ce­le­brar o sa­cri­fício do Se­nhor; por isso, em di­versos lu­gares e tempos der­ra­maram o seu bem-aven­tu­rado sangue. São estes os seus nomes: Sa­tur­nino, pres­bí­tero, com quatro fi­lhos, a saber, Sa­tur­nino jovem e Félix, lei­tores, Maria e Hi­la­rião, cri­ança; Da­tivo ou Sa­nador, que era se­nador, Félix; outro Félix, Emé­rito e Am­pélio, lei­tores; Ro­ga­ciano, Quinto, Ma­xi­miano ou Má­ximo, Té­lica ou Ta­zé­lita, outro Ro­ga­ciano, Ro­gato, Ja­nuário, Cas­siano, Vi­to­riano, Vi­cente, Ce­ci­liano, Res­ti­tuta, Prima, Eva, ainda outro Ro­ga­ciano, Gi­válio, Ro­gato, Pom­pónia, Se­cunda, Ja­nuária, Sa­tur­nina, Mar­tinho, Clauto, Félix jovem, Mar­ga­rida, Maior, Ho­no­rata, Re­gíola, Vi­to­rino, Pe­lúsio, Fausto, Da­ciano, Ma­trona, Ce­cília, Vi­tória, virgem de Car­tago, Be­re­tina, Se­cunda, Ma­trona, Januária. († 304)

– Ver “A Paixão dos Mártires de Abitina é um texto que relata a prisão, o

interrogatório e o julgamento de quarenta e nove cristãos que sofreram o martírio na

cidade de Cartago no ano de 304. O documento narra a trajetória de um grupo de fiéis

que, em descumprimento às ordens imperiais previstas no primeiro Édito de

Diocleciano de 303, reuniu-se na colônia de Abitina, no Norte da África, para a

celebração do culto dominical. Em Abitina, os cristãos foram presos pelos magistrados

locais e levados a Cartago, onde foram interrogados e julgados pelo procônsul Anulino.”: http://pdf.blucher.com.br.s3-sa-east-1.amazonaws.com/socialsciencesproceedings/xi-sepech/gt21_45.pdf

2.   Co­me­mo­ração de São Me­lécio, bispo de An­ti­o­quia, hoje na Tur­quia, que foi exi­lado vá­rias vezes por de­fender a fé ni­cena; e de­pois, quando pre­sidia ao Con­cílio Ecu­mé­nico de Cons­tan­ti­nopla I, partiu deste mundo ao en­contro Se­nhor. São Gre­gório de Nissa e São João Cri­sós­tomo ce­le­braram-no com grandes louvores. († 381).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 381, São Melécio, Patriarca de Antioquia, que foi por diversas vezes exilado pelos imperadores arianos. Teve um importante papel no I Concilio Ecumênico de Constantinopla, durante o qual veio a falecer. (M).

– Ver “Melécio de Antioquia (em grego: Μελέτιος) foi um bispo cristão e Patriarca de Antioquia de 360 até sua morte. Seu firme apoio aos nicenos na Igreja levaram-no três vezes ao exílio sob imperadores romanos arianos. Um de seus últimos atos foi presidir o Primeiro Concílio de Constantinopla em 381.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Mel%C3%A9cio_de_Antioquia

3.   Em Kor­nelimünster, na Ger­mânia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, o pas­sa­mento de São Bento, abade de Aniane, que pro­pagou a Regra de São Bento, compôs um Con­su­e­tu­di­nário para uso dos monges e se de­dicou com grande em­penho à re­no­vação da li­turgia romana. († 821).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Bento de Aniano, abade, morto em 821 em Inden, hoje Komelimünster, perto de Aachen. Educado na corte de Pepino, o Breve, tomou o hábito monástico em Saint-Senne, perto de Langres, e depois retornou à Aquitânia, onde deu um grande impulso ao monaquismo. Com o apoio de Luis, o Bondoso, propagou por todo o Ocidente a Regra Beneditina. (B). Ver páginas 196-204: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

Ver também “Bento de AnianeO.S.B., (em latimBenedictus Anianensis), nascido Witiza e chamado Segundo Bento, foi um monge beneditino reformador do monasticismo que deixou um importante legado na prática religiosa do Império Carolíngio. É venerado como santo e festejado no dia 12 de fevereiro”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Bento_de_Aniane

4.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, Santo An­tónio Cauleias (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que no tempo do im­pe­rador Leão VI tra­ba­lhou ar­du­a­mente para for­ta­lecer a uni­dade na Igreja. († 901).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 901, Santo Antônio, Patriarca de Constantinopla, que trabalhou para restabelecer a unidade da Igreja, comprometida por Fócio. (M). Ver páginas 205-206: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

Ver também “Antônio II de Constantinopla (em grego medieval: Αντώνιος Β΄ Καυλέας; romaniz.: Antōnios II Kauleas), dito Cáulea (Kauleas), foi o patriarca de Constantinopla de 893 até a sua morte, em 12 de fevereiro de 901.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B4nio_II_de_Constantinopla

5*.   No mos­teiro de Jully, na re­gião de Troyes, na França, a Beata Um­be­lina, pri­o­resa deste ce­nóbio, que, con­ver­tida dos pra­zeres do mundo pelo seu irmão São Ber­nardo de Cla­raval, com o as­sen­ti­mento de seu es­poso se en­tregou à vida monástica. († 1136)

6*.   Em Northeim, na Al­sácia, na margem do rio Ili, ac­tu­al­mente em ter­ri­tório da Ale­manha, São Ludão, que, sendo na­tural da Es­cócia, morreu quando ia em pe­re­gri­nação às ba­sí­licas dos Apóstolos. († 1202)

– Ver “… St. Ludan peregrino escocês … também listado como Ludain ou Luden. Ele provavelmente era filho de um príncipe escocês que fez uma peregrinação a Jerusalém. Em seu retorno, Ludan parou em Scherkirchen, perto de Estrasburgo, na França, onde morreu, enquanto os sinos da igreja local o saudavam milagrosamente.
1202 – ST LUDAN. ALÉM do seu nome e do culto pagou, nada sabemos ao certo sobre São Ludan. Segundo a tradição, ele era filho de um príncipe escocês ou irlandês e, após a morte de seu pai, dedicou sua herança à caridade. Ele construiu um grande hospício para o cuidado de peregrinos, estrangeiros e enfermos de todos os tipos, e foi em peregrinação a Jerusalém. Enquanto voltava para casa pela Alsácia, encontrou-se um dia na estrada perto de Estrasburgo e, sentindo-se cansado, parou para descansar sob um olmo nos arredores da pequena cidade de Northeim e adormeceu. Foi-lhe revelado em sonho que estava prestes a morrer e, assim que acordou, caiu de joelhos e pediu a Deus que recebesse antes de sua morte o Corpo do Senhor. Sua oração foi atendida, pois um anjo lhe trouxe sua última comunhão antes de falecer. Sua morte foi anunciada por um repique milagroso de todos os sinos do campo. Um menino encontrou na carteira um pequeno pergaminho no qual estava escrito: “Meu nome é Ludan, sou filho do nobre príncipe escocês Hiltebold. Pela honra de Deus me tornei um peregrino”. Ele foi enterrado na Scheerkirche, perto de Hispheim, onde suas relíquias foram homenageadas até desaparecerem durante a Guerra dos Trinta Anos. Ver Acta Sanctorum , fevereiro, vol. ii; e Archives de i’Église d’Alsace , ns vol. ii (1947-48), pp 13-61…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayFebruary12.html

7*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Tomás Hemmerford, Jaime Fenn, João Nutter, João Munden e Jorge Hay­dock, pres­bí­teros, que, no rei­nado de Isabel I, a quem ne­gavam au­to­ri­dade nas re­a­li­dades es­pi­ri­tuais, foram con­de­nados à morte pela sua per­se­ve­rante fi­de­li­dade à Igreja Ro­mana, sendo di­la­ce­rados ainda vivos no su­plício da praça de Tyburn. († 1584)

8. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 630, São Rioco, jovem príncipe bretão, que viveu na solidão perto da baía de Brest, até o dia em que recebeu a visita do fundador de Landévennec, São  Guenoleu, a quem logo acompanhou. (X)

9. Em Barcelona, na Espanha, Santa Eulália (também na Folhinha do Coração de Jesus) virgem, que, sob Diocleciano, padeceu no cavalete, foi rasgada pelas unhas de ferro e, afinal, prêsa a uma cruz, cumpriu o martírio, em 304. Conforme página 206: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

– Ver também “Eulália de Barcelona (finais do século III – inícios do século IV) é uma santa cristã, considerada virgem e mártir, sendo festejada a 22 de agosto pelas Igrejas do Oriente e a 12 de fevereiro pela Igreja Católica. É com frequência confundida com a homônima Santa Eulália de Mérida, cuja hagiografia é semelhante.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Eul%C3%A1lia_de_Barcelona

10. Santo Etevaldo, também na Folhinha do Coração de Jesus.

“Santo Etevaldo, bispo. Foi um dos auxiliares de São Cutiberto. Tornou-se prior e abade de Old Melrose, na Escócia. Após a morte do bispo Idefredo, de Lindisfarne, em 712, Etevaldo foi escolhido como seu sucessor. Ergueu uma enorme cruz e encadernou o livro dos Evangelhos, que seu antecessor havia copiado e preservado. Essa cópia foi conservada, e hoje pode ser encontrada no Museu Britânico. A capa se perdeu. Ao morrer, em 740, foi enterrado na catedral. Atualmente, suas relíquias permanecem na Catedral de Durham. Santo Etevaldo é modelo do bispo zeloso.” … (fontes: HOMEM, Dom Edson de Castro. Nossos Santos de Cada Dia. Rio de Janeiro: Casa da Palavra. 2012. p. 70 – ALVES, J. Os Santos de Cada dia. São Paulo. Paulinas. 2014. p. 90).  Conforme: http://www.lisaac.blog.br/o-santo-dia-25/

11. São Juliano, o hospitaleiro. Ver “Juliano, o Hospitalário, é um santo católico de existência duvidosa. Dependendo da versão, sua origem pode ser Le MansFrança, provavelmente uma confusão com São Juliano de Le MansAthBélgica, ou Nápoles, na Itália. Os locais onde ficavam os hospitais construídos por ele também são motivo de debate, variando das margens do rio Gardon, na Provença, até uma ilha perto do rio Potenza, na direção de Macerata, na Itália.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Juliano,_o_Hospital%C3%A1rio

11. Outras santas e santos do dia 12 de fevereiro, páginas 196-206: VIDAS DOS SANTOS – 3.pdf (obrascatolicas.com)

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 12 de fevereiro, ver também: 12 de fevereiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 198-200: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayFebruary12.html

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Agatão, lembrado em 21 de outubro)

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!” (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

* “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

* Dia 17 de janeiro: Santo Antão (ou Antônio). Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado, nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

* Sobre SANTO ANDRÉ CORSINI (04 de fevereiro): “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração”.

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.