Santas e Santos de 01 de setembro

SETEMBRO : Ver “Setembro é o nono mês do ano no calendário gregoriano, tendo a duração de 30 dias. Setembro deve o seu nome à palavra latina septem (sete), dado que era o sétimo mês do calendário romano, que começava em Março. Na Grécia Antiga, Setembro chamava-se Boedromion.: https://pt.wikipedia.org/wiki/Setembro

Nossa Senhora de Belém – 01 de Setembro – FESTA DE NOSSA SENHORA DE BELÉM: padroeira principal da arquidiocese de Belém do Pará. Conforme o DIRETÓRIO DA LITURGIA da CNBB de 2020, “… na Arquidiocese de Belém – NOSSA SENHORA DE BELÉM, Padroeira Arquidiocesana, festa.  Na cidade de Belém: Padroeira Municipal, Solenidade.” Conforme o Martirológio Romano-Monástico, festa de Nossa Senhora de Belém, padroeira principal da Arquidiocese de Belém do Pará. Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Arquidiocese_de_Bel%C3%A9m_do_Par%C3%A1
 – Ver também “…Devido ao fato de Maria ter honrado a cidade de Belém dando à luz seu filho na cidade, ela recebeu o título de Nossa Senhora de Belém… A imagem que representa Nossa Senhora de Belém foi esculpida em estilo barroco. Nela, Maria segura em seu colo o Menino Jesus. Ela também segura um cajado de peregrina simbolizando que não estava na sua terra natal, mas estava a caminho….
Oração a Nossa Senhora de Belém

“À Vossa Proteção recorremos, Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas súplicas, nas nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita, Senhora nossa, Medianeira nossa, Advogada e padroeira nossa.

Lembrai-vos, ó piíssima Nossa Senhora do Belém, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que têm recorrido a vossa proteção, implorando a vossa assistência e reclamando o vosso socorro, fosse por vós desamparado.

Animado eu, pois, com igual confiança, a vós, ó Virgem entre todas singular, como a Mãe recorro, de vós me valho, e , gemendo sob o peso de meus pecados, me prostro aos vossos pés.
Não desprezeis as minhas súplicas, ó Mãe do Verbo de Deus humanado, mas dignai-vos de as ouvir propícia e de me alcançar o que vos rogo pela Vossa Intercessão. Amém.”

”: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-nossa-senhora-de-belem/496/102/#c  https://www.google.com/search?ei=V_dqXeywOafZ5OUPlfeewA4&q=Padroeira+da+arquidiocese+de+Bel%C3%A9m+do+Par%C3%A1&oq=Padroeira+da+arquidiocese+de+Bel%C3%A9m+do+Par%C3%A1&gs_l=psy-ab.3…3111.12034..12246…1.1..0.232.5298.0j42j1……0….1..gws-Swiz…….0i71j35i39j0j0i131j0i67j0i131i67j0i22i30j33i22i29i30j33i160.JjrXtEWdSE8&ved=0ahUKEwisuKbllq7kAhWnLLkGHZW7B-gQ4dUDCAo&uact=5

01 de Setembro: NOSSA SENHORA DA PENHA EM CRATO, CEARÁ. Conforme o DIRETÓRIO DA LITURGIA da CNBB de 2020, 01 de setembro na Diocese de Crato – NOSSA SENHORA DA PENHA – padroeira diocesana, festa mas celebrada onde for solenidade. Na Catedral  e na cidade de Crato: Titular e padroeira municipal, solenidade.

Ver: “Este ano, celebra-se a chegada da imagem de Nossa Senhora da Penha, trazida da França, em 1920. Contudo, a criação da Paróquia na antiga aldeia do Miranda, que antecedeu o atual município, aconteceu em 1762, dois anos antes da fundação da Vila Real do Crato.”: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/regiao/festa-de-nossa-senhora-da-penha-em-crato-comeca-amanha-22-em-formato-virtual-1.2979895

– – Ver: “Nossa Senhora da Penha, rainha e padroeira de São Paulo”: ver páginas 366-374: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Nossa Senhora da Penha, protetora da cidade de São Paulo. Ver: https://www.a12.com/academia/titulos-de-nossa-senhora?s=nossa-senhora-da-penha

Nossa Senhora da Penha de França. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Penha_de_Fran%C3%A7

Nossa Senhora da Penha no Rio de Janeiro: https://www.basilicasantuariopenhario.org.br/historia-de-nossa-senhora-da-penha

Outras referências a Nossa Senhora da Penha: https://www.google.com/search?safe=active&sxsrf=ALeKk02mRTi0GG2Keq4geLXHw9RL-GrB8A:1598927016189&q=dia+de+nossa+senhora+da+penha+rj&sa=X&ved=2ahUKEwjL-sim88brAhVCA9QKHcwSBYcQ1QIoAHoECBoQAQ&biw=1280&bih=587&dpr=1.5

Ver também: https://www.google.com/search?safe=active&sxsrf=ALeKk03QfOjpyfcg6zeDpFhGyzJp_XWwKA%3A1598926247055&source=hp&ei=p61NX-x_wM3k5Q-8kbfgBA&q=Nossa+Senhora+da+Penha&oq=Nossa+Senhora+da+Penha&gs_lcp=CgZwc3ktYWIQAzIECCMQJzICCAAyAggAMgIIADICCAAyAggAMgIIADICCAAyAggAMgIIADoFCAAQsQM6CAguELEDEIMBOggIABCxAxCDAToFCC4QsQM6BggAEBYQHjoICAAQFhAKEB46BwgjELACECc6BAgAEA06BAguEA06AgguUMAIWN07YMo_aAdwAHgAgAHKAYgB7iiSAQYwLjI4LjGYAQCgAQGqAQdnd3Mtd2l6&sclient=psy-ab&ved=0ahUKEwis7-a38MbrAhXAJrkGHbzIDUwQ4dUDCAc&uact=5

* VER TAMBÉM 01 DE SETEMBRO NA IGREJA ORTODOXA:

Todas as comemorações fixas abaixo são comemoradas no dia 14 de setembro pelas igrejas ortodoxas sob o Velho Calendário. No dia 1 de setembro do calendário civil, as igrejas sob o Velho Calendário celebram as comemorações listadas no dia 19 de agosto.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/1_de_setembro_na_Igreja_Ortodoxa

OUTROS SANTOS DE 01 DE SETEMBRO

1.   Co­me­mo­ração de São Josué (também na Folhinha do Coração de Jesus), filho de Nun, servo do Se­nhor, que, pela im­po­sição das mãos de Moisés sobre ele, ficou cheio do es­pí­rito de sa­be­doria e, de­pois da morte de Moisés, in­tro­duziu de modo ma­ra­vi­lhoso o povo de Is­rael, atra­ves­sando o rio Jordão, na terra prometida. Conforme o VIDAS DOS SANTOS, São Josué e São Gideão. Ver páginas 377-395 (São Josué) e 395-407 (São Gideão): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

2.   Em Reims, na Gália Bél­gica, ac­tu­al­mente na França, São Sisto, que é con­si­de­rado o pri­meiro bispo desta cidade. († s. III). Ver São Sixto e São Sinício, bispos, à página 408: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

3.   Em Cápua, junto à Via Aquária, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Prisco, mártir. († s. IV)

4.   Em Tódi, na Úm­bria, também re­gião da Itália, São Te­ren­ciano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († c. s. IV)

5.   Em Dax, na Aqui­tânia, hoje na França, São Vi­cente, que é ce­le­brado como bispo e mártir. († c. s. IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, o martírio dos Santos Vicente e Liédio, que deram suas vidas por Cristo, em Dax. (M)

6.   Em Zur­zach, junto do rio Reno, no ter­ri­tório de Zu­rique da Ger­mânia, ac­tu­al­mente na Suíça, Santa Ve­rena, virgem. († s. IV)

7.   Em Le Mans, na Gália Li­o­nense, hoje na França, São Vi­tório (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­cor­dado por São Gre­gório de Tours. (†490). Ver página 409: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

8.   Em Aquino, no Lácio, re­gião da Itália, São Cons­tâncio, bispo, cujo dom de pro­fecia é lou­vado pelo papa São Gre­gório Magno. († 570)

9.   No ter­ri­tório de Nimes, na Gália Nar­bo­nense, na ho­di­erna França, São Gil ou Egídio, de quem tomou o nome a po­vo­ação que pos­te­ri­or­mente se de­sen­volveu na re­gião da Ca­margue, onde ele, se­gundo a tra­dição, cons­truiu um mos­teiro e ter­minou o curso da sua vida mortal. († s. VI/VII). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Languedoc, São Gil (ou Egídio), eremita. Segundo uma tradição iconográfica representada em Chartres e em Aachen, o imperador Carlos Magno obteve, por sua poderosa intercessão, o perdão por uma falta não-confessada. Um mosteiro beneditino foi construído sobre seu túmulo, e seu culto propagou-se pela cristandade no tempo das peregrinações a Compostela. (M). Ver páginas 415-418: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Santo_Eg%C3%ADdio

10.   Em Sens, na Nêus­tria, também na ac­tual França, São Lopo, bispo, que foi exi­lado por ter co­ra­jo­sa­mente afir­mado pe­rante um no­tável do lugar que o povo devia ser di­ri­gido pelo sa­cer­dote e obe­decer mais a Deus do que aos príncipes. († c. 623). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 625, São Lobo. Natural de Orléans, foi eleito para o serviço da Igreja de Sens e teve de sofrer efeitos da política malévola dos merovíngios da época. Foi enterrado no mosteiro de Sainte-Colombe de Sens, que havia fundado com Clotário II. (M). Ver páginas 410-412: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

11*.   Em Ve­neza, ci­dade do ac­tual Vé­neto, re­gião da Itália, a Beata Ju­liana de Collalto, aba­dessa da Ordem de São Bento. († 1262)

12*.   Em Flo­rença, na Etrúria, hoje na Tos­cana, também re­gião da Itália, a Beata Joana, virgem da Ordem Ter­ceira das Servas de Maria, emi­nente pela sua oração e austeridade. († 1367)

13*.   Em Ma­drid, na Es­panha, os be­atos Cris­tino (Mi­guel Roca Hu­guet), pres­bí­tero, e onze com­pa­nheiros, már­tires, todos da Ordem de São João de Deus, que, du­rante a guerra civil, foram mortos em ódio à re­li­gião cristã. São estes os seus nomes: Pro­cesso (Jo­a­quim Ruiz Cas­cales), Eu­tímio (Ni­colau Ara­mêndia Garcia), Ca­nuto (José Franco Gômez), Do­siteu (Gui­lherme Rúbio Alonso), Ce­sário (Ma­riano Niño Pérez), Ben­jamim (Ale­xandre Cobos Ce­lada), Car­melo (Isidro Gil Arano), Cosme (Si­meão Isi­doro Jo­aquím Brun Arará), Ce­cílio (Hen­rique López López), Ru­fino (Cres­cêncio Lasheras Aiz­corbe) e Faus­tino (An­tónio Vil­la­nueva Igual), religiosos. († 1936)

14*.   Em Pa­terna, ci­dade da pro­víncia de Va­lência, também na Es­panha, o Beato Afonso Se­bas­tião Viñals, pres­bí­tero e mártir, que era di­rector es­pi­ri­tual da Es­cola de For­mação So­cial de Va­lência, quando, na mesma per­se­guição contra a fé, re­cebeu a coroa de glória. († 1936)

15*.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, os be­atos már­tires Pedro de Al­cân­tara (Cân­dido Ri­vera Ri­vera), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Con­ven­tuais, Maria do Carmo Mo­reno Be­nítez e Maria do Am­paro Car­bo­nell Muñoz, vir­gens do Ins­ti­tuto de Maria Au­xu­li­a­dora, que, du­rante a mesma per­se­guição, con­fi­gu­rando-se à paixão de Cristo, seu Es­poso, al­can­çaram a re­com­pensa da paz eterna. (†1936)

16♦.   Também em Bar­ce­lona, em dia in­certo de Se­tembro, o Beato Bento Clemente (Félix España Ortiz), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que na mesma per­se­guição, ven­cendo o bom com­bate da fé, al­cançou a vida eterna. († 1936)

17♦.   Em So­tillo, lo­ca­li­dade da Can­tá­bria, no li­toral da Es­panha, em dia in­certo de Se­tembro, o Beato Eu­génio An­drés Amo, re­li­gioso da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, na mesma per­se­guição, morreu por Cristo. († 1936)

18♦.   Em Ma­taró, na Ca­ta­lunha, também re­gião da Es­panha, o Beato José Samsó i Elias, pres­bí­tero da di­o­cese de Bar­ce­lona e mártir, que, na vi­o­lenta per­se­guição contra a Igreja,foi as­sas­si­nado em ódio ao sacerdócio. († 1936)

19. Bem-Aventurada Joana Soderini. Ver páginas 363-365: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

20. Profetisa Santa Ana. Ver páginas 375-376: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

21. São Nivardo, bispo. Ver páginas 413-414: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

22. Santa Vibiana, de Roma. Ver “Santa Vibiana nasceu no século III em Roma. É uma mártir virgem para a Igreja Católica Romana. É a santa padroeira da Arquidiocese de Los Angeles, onde é venerada com uma festa memorial no dia 1 de setembro.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vibiana_de_Roma

– Ver também: http://www.orthodoxengland.org.uk/stdsep.htm

23. Outros santos do dia 01 de setembro: págs. 363-421, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 01 de setembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/1_de_setembro

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 687-689:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.