Santas e Santos de 13 de setembro

Me­mória de São João (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Cons­tan­ti­nopla e doutor da Igreja, que, nas­cido em An­ti­o­quia e or­de­nado sa­cer­dote, me­receu pela sua eloquência su­blime ser cha­mado Cri­sós­tomo e, eleito bispo desta sede, se re­velou como grande pastor da Igreja e mestre da fé. Con­de­nado pelos seus ini­migos ao exílio, foi daí cha­mado de novo à sua sede por de­creto do papa Ino­cêncio I e, du­rante a vi­agem de re­gresso, so­frendo muitos maus tratos dos sol­dados que o acom­pa­nhavam, en­tregou a sua alma a Deus no dia ca­torze de Se­tembro, em Co­mana, no Ponto, hoje Gu­menek, na Turquia. († 407). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São João Crisóstomo, cognominado “Boca de Ouro”. Filho de um general do exército imperial, passou vários anos na solidão nas vizinhanças de Antioquia antes de ser ordenado presbítero, em 386. Eleito Patriarca de Constantinopla doze anos mais tarde, consagrou sua extraordinária eloquência à defesa da ortodoxia da fé e a denunciar a corrupção dos grandes. Por este motivo, foi deposto e banido, morrendo em 407.  Figura entre os maiores doutores da Igreja do Oriente. (R). Ver VIDAS DOS SANTOS, 27 de janeiro, páginas 199-211: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

– Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/João_Crisóstomo

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Cris%C3%B3stomo

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Três_Hierarcas_Sagrados e 02 de janeiro (São Basílio e São Gregório)

2.   Em An­cira, na Ga­lácia, hoje An­cara, também na Tur­quia, São Ju­liano, pres­bí­tero e mártir no tempo do im­pe­rador Licínio. († s. IV)

3.   Em Je­ru­salém, a de­di­cação das ba­sí­licas que o im­pe­rador Cons­tan­tino quis pi­e­do­sa­mente edi­ficar sobre o monte Cal­vário e sobre o se­pulcro do Senhor. († 355)

4.   Em Tours, na Gália Li­o­nense, hoje na França, São Li­tório (também na Folhinha do Coração de Jesus, São Ligório), bispo, que foi o pri­meiro a cons­truir uma igreja dentro dos muros da ci­dade, onde já an­te­ri­or­mente havia cristãos. († 371)

5.   Em Va­lence, na Gália Li­o­nense, também na ac­tual França, Santo Emi­liano, ve­ne­rado como o pri­meiro bispo desta cidade. († d. 374)

6.   Em Car­tago, na ho­di­erna Tu­nísia, São Mar­ce­lino, mártir, que, sendo tri­buno e muito amigo de Santo Agos­tinho e de São Je­ró­nimo, sob a pressão do usur­pador He­ra­cliano foi acu­sado fal­sa­mente e morto ino­cente pelos he­reges do­na­tistas, por de­fenser a fé católica. († 413)

7.   Em An­gers, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Mau­rílio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, nas­cido em Milão, foi ao en­contro de São Mar­tinho de Tours, pelo qual foi or­de­nado pres­bí­tero e en­viado a di­rigir a Igreja de Cha­lonnes-sur-Loire; eleito bispo, em­pe­nhou-se in­fa­ti­ga­vel­mente em er­ra­dicar as su­pers­ti­ções pagãs dos povos rurais. († 453). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 435, São Maurílio. Filho de rica família milanesa, abandonou todo o seu patrimônio, perto dos vinte anos,  para colocar-se sob a direção de São Martinho de Tours, que o ordenou presbítero. Depois de quarenta anos de ministério sacerdotal, governou durante trinta anos a Igreja de Angers. (M). Ver páginas 170-171: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

8.   Nos montes Vosgos, na Nêus­tria, também na ac­tual França, Santo Amado, pres­bí­tero e abade, in­signe pela sua aus­te­ri­dade, je­juns e amor à so­lidão, que di­rigiu sa­bi­a­mente o mos­teiro de Ha­bend, de­pois de­no­mi­nado Re­mi­re­mont, por ele fun­dado jun­ta­mente com São Romarico. († c. 629). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 630, a volta para Deus de Santo Amado. Primeiro foi monge em Saint-Maurice-em-Valais e passou depois para Luxeuil, de onde acompanhou São Romarico na fundação do duplo mosteiro de Ramoremont, na região dos Vosges. (M). Ver páginas 166-169: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

9.   Na ilha de Tino, no golfo de La Spézia, na Li­gúria, re­gião da Itália, São Ve­nério, eremita. († s. VII)

10.   Em Breuil, na Gália Am­bi­a­nense, hoje na França, o pas­sa­mento de Santo Amado, bispo de Sion, na Suíça, que, por ordem do rei Te­o­do­rico II, foi man­dado para o exílio e aí morreu. († c. 690)

11*.   Em To­ledo, na Es­panha, a Beata Maria de Jesus (Maria López de Rivas), virgem da Ordem das Car­me­litas Des­calças, que teve a graça ex­tra­or­di­nária da co­mu­ni­cação das dores da Paixão do Se­nhor, tanto na alma como no corpo, per­ma­ne­cendo sempre hu­milde e pa­ci­ente em tudo. († 1640)

12*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Cláudio Du­monet, pres­bí­tero e mártir, que, sendo mestre de artes, du­rante a per­se­guição re­li­giosa foi en­cer­rado na esquá­lida ga­lera, onde, com os pés en­ca­de­ados e des­fa­le­cido pela febre e con­di­ções de­su­manas, morreu por Cristo. († 1794)

13*.   Em Al­meria, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, o Beato Au­rélio Maria (Ben­vindo Vil­lalon Ace­bron), irmão da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, as­sas­si­nado em ódio à Igreja. († 1936)

14. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no início do séc. II, Santo Eulógio, patriarca de Alexandria, que foi amigo do Papa São Gregório Magno e lutou contra os heréticos, sobretudo os monofisitas. (M). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eul%C3%B3gio_I_de_Alexandria

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, o martírio de São Juliano. (M)

16. Outros santos do dia 13 de setembro: págs. 166-172, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 13 de setembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/13_de_setembro

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 719-722:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.