Santas e Santos de 18 de setembro

1.   Em Ni­co­média, na Bi­tínia, hoje Izmit, na Tur­quia, Santo Oceano, mártir. († data inc.)

2.   Em Prym­nesso, na Frígia, também na ac­tual Tur­quia, Santa Ari­adna, mártir. († data inc.)

3.   No ter­ri­tório da Gália Vi­e­nense, hoje na França, São Fer­réolo, mártir, que, se­gundo consta, era tri­buno no tempo da per­se­guição e se re­cusou a prender os cris­tãos; por isso, feito pri­si­o­neiro por ordem do go­ver­nador, foi cru­el­mente fla­ge­lado e me­tido no cár­cere; tendo-se eva­dido, foi no­va­mente cap­tu­rado pelos per­se­gui­dores e, de­ca­pi­tado, re­cebeu a palma do martírio. († s. III). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em meados do séc. III, o martírio de São Ferreolo. Tribuno militar em Vienne no Dauphiné, foi intimado pelo governador daquela cidade a fazer prender os cristãos. Recusou-se a obedecer, dizendo: “Prometi obediência às leis justas, jamais às leis sacrílegas. Comprometi-me a servir contra os culpados e nunca contra os cristãos”. (M). Ver páginas 300-302: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

4.   Em Milão, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Eus­tórgio, bispo, cuja con­fissão de fé contra os erros ari­anos é lou­vada por Santo Atanásio. († a. 355). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na metade do séc. II, Santo Eustórgio, bispo de Milão, citado por Santo Atanásio entre os bispos italianos hostis ao arianismo e por Santo Ambrósio, que escreveu: “Jamais abandonarei a herança dos padres, de Santo Eustórgio, o confessor e de todos os bispos que me precederam”. (M)

5*.   Em Avran­ches, no li­toral da Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente na França, São Se­nário, bispo. († s. VI)

6*.   Em Li­moges, na Aqui­tânia, também na ac­tual França, São Fer­réolo, bispo, que li­bertou de um imi­nente pe­rigo a Marcos, porta-voz do rei Quil­de­berto, quando o povo desta ci­dade o queria matar. († s. VI f.)

7.   Em Gor­tina, na ilha de Creta, Santo Eu­ménio, bispo. († c. s. VII)

8*.   Em An­dlau, na Al­sácia da Lo­ta­ríngia, na ac­tual Ale­manha, Santa Ri­carda (também na Folhinha do Coração de Jesus), que era rainha, mas, re­nun­ci­ando ao reino ter­reno, serviu a Deus num mos­teiro por ela fundado.  († c. 895). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 896, Santa Ricarda, fundadora da abadia de Andlau, na Alsácia, que se tornou um ponto de peregrinação mariana muito frequentado. (X). Ver página303: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ricarda_da_Su%C3%A1bia

9.   Em Ósimo, no Pi­ceno, ac­tu­al­mente nas Marcas, re­gião da Itália, São José de Cupertino (também na Folhinha do Coração de Jesus, São José de Copertino), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Con­ven­tuais, que, nas cir­cuns­tân­cias ad­versas da sua vida, res­plan­deceu pela po­breza, hu­mil­dade e ca­ri­dade para com os ne­ces­si­tados de Deus. († 1663). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São José de Cupertino, franciscano conventual italiano, agraciado por Deus com vários dons místicos. Sua alma partiu para o céu em 1663. (M). Ver páginas 293-299: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_de_Cupertino

10.   Em Nam Dinh, ci­dade do Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Do­mingos Trach, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, no tempo do im­pe­rador Minh Mang, pre­fe­rindo morrer a ter de pisar o cru­ci­fixo, foi de­go­lado e assim con­sumou o martírio. († 1840). Ver páginas 304-305: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

11*.   Em Paimol, lo­ca­li­dade pró­xima da missão de Ka­longo, no Uganda, os be­atos David Okelo e Gildo Irwa, ca­te­quistas e már­tires, que, tendo-se es­pon­ta­ne­a­mente ofe­re­cido para anun­ciar o Evan­gelho ao seu povo, foram mortos a golpe de lança pelos pa­gãos do lugar e assim ma­ni­fes­taram com o seu in­tré­pido mar­tírio o poder de Cristo. († 1918)

12*.   Em Ciudad Real, na Es­panha, o Beato Carlos Eraña Gu­ru­ceta, re­li­gioso da Com­pa­nhia de Maria e mártir, que, du­rante a per­se­guição vi­o­lenta contra os sa­cer­dotes e os re­li­gi­osos, foi preso pelos mi­li­ci­anos e fu­zi­lado sem pro­cesso judicial. († 1936)

13*.   Pró­ximo da ci­dade de Gandia, na pro­víncia de Va­lência, também na Es­panha, os be­atos Fer­nando Garcia Sendra e José Garcia Más, pres­bí­teros e már­tires, que, du­rante a mesma per­se­guição, con­fir­maram com o seu sangue a fi­de­li­dade ao Senhor. († 1936)

14*.   Em Mon­serrat, na mesma pro­víncia de Va­lência, os be­atos Am­brósio (Sal­vador Chuliá Fer­randis) e Va­lentim (Vi­cente Jaun­zarás Gómez), pres­bí­teros, e Fran­cisco (Justo Lerma Mar­tínez), Re­ca­redo (José López Mora) e Mo­desto (Vi­cente Gay Zarzo), todos eles re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Ter­ciá­rios Ca­pu­chi­nhos de Nossa Se­nhora das Dores, que, na mesma per­se­guição, foram co­ro­ados de glória pelo tes­te­munho de Cristo. († 1936)

15♦.   Em Pa­ra­cu­ellos del Ja­rama, lo­ca­li­dade pró­xima de Ma­drid, também na Es­panha, o Beato Sal­vador Fer­nández Pérez, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, na mesma per­se­guição, se­guindo os passos de Cristo, com o au­xílio da graça al­cançou o reino da vida eterna. († 1936)

16*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, pró­ximo de Mu­nique, na Ba­viera, re­gião da Ale­manha, o Beato José Kut, pres­bí­tero e mártir, na­tural da Po­lónia, que du­rante a guerra foi en­cer­rado no ter­rível cár­cere por causa da sua fé cristã e, de­pois de cruéis tor­mentos, foi ao en­contro do Senhor. († 1942)

17. São Metódio do Olimpo (também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São Metódio, bispo do Olimpo, perto de Tiro, martirizado por volta do ano 311. Escritor importante da Igreja Oriental, exerceu grande influência sobre o monaquismo com uma de suas obras “o banquete das dez virgens”, na qual faz o elogio da castidade. (M). No VIDAS DOS SANTOS São Metódio, bispo de Tiro e São Panfílio, sacerdote de Cesaréia. Ver páginas 282-292: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Met%C3%B3dio_de_Olimpos

18. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Hainaut, Bélgica, Santa Bertília, mãe de família, que adormeceu no Senhor perto de 660, após ter criado as suas duas filhas, as futuras santas Aldegonda e Valdetrudes . (X)

19. Juan Macias. “João Macías (em castelhanoJuan Macías) foi um missionário dominicano e um dos grandes evangelizadores do Peru; foi canonizado em 1975[1].”Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Juan_Mac%C3%ADas

– Ver também: https://www.dominicos.org/quienes-somos/grandes-figuras/santos/san-juan-macias/

20. Outros santos do dia 17 de setembro: págs. 282-306, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 18 de setembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/18_de_setembro

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 733-735:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.