Santas e Santos de 03 de fevereiro (atualizado em 23.02.2022)

1. São Brás, bispo e mártir, que pa­deceu pela fé cristã em Se­baste, na an­tiga Ar­ménia, hoje Sivas, na Tur­quia, sob o man­dato do im­pe­rador Licínio. († c. 320). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no final das grandes perseguições romanas, o martírio de São Brás (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Sebaste, na Armênia. Grande taumaturgo, obteve da misericórdia divina a cura de diversas misérias humanas, pela invocação do Nome de Cristo. (R). Ver páginas 394-399: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

– Ver “Ficou conhecido porque retirou, após uma breve oração, um espinho da garganta de uma criança. Por esse motivo, é padroeiro das doenças da garganta e, no dia de sua celebração a 3 de fevereiro, nas cidades da EspanhaCampanário (Ribeira Brava), Arco da Calheta, Calheta (Madeira) e algumas da América Latina, as mães levam os filhos para benzerem a garganta.[1]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Br%C3%A1s_de_Sebaste

– Ver também: “…Muito poucos fatos são conhecidos sobre São Brás. Acreditamos que ele era um bispo de Sebaste (Capadócia) na Armênia que foi martirizado sob o reinado de Licínio (308-316 no início do século IV.

Brás era médico em Sebaste, além de bispo. Como médico, Blaise ia a todas as casas a qualquer hora do dia e da noite, conhecia tanto os ricos quanto os pobres, confortava, curava e aconselhava a todos. Como bispo, ele fez a mesma coisa.

…A lenda de sua vida que surgiu no século VIII nos diz que ele nasceu em uma família rica e nobre que o criou como cristão. Depois de se tornar bispo, começou uma nova perseguição aos cristãos. Ele recebeu uma mensagem de Deus para ir para as colinas para escapar da perseguição. Homens caçando nas montanhas descobriram uma caverna cercada por animais selvagens que estavam doentes. Entre eles, Brás caminhou sem medo, curando-os de suas doenças. Reconhecendo Brás como um bispo, eles o capturaram para levá-lo de volta para julgamento. No caminho de volta, ele convenceu um lobo a soltar um porco que pertencia a uma pobre mulher. Quando Brás foi condenado a morrer de fome, a mulher, em gratidão, entrou furtivamente na prisão com comida e velas. Finalmente Brás foi morto pelo governador.

… Esta é apenas uma versão da história de Brás. Em outra ele é repetidamente torturado, mas se recusa a ceder. Ele é jogado em um lago próximo, mas as águas permanecem congeladas como gelo, sem querer ser cúmplice na morte desse homem santo. Então, ele é finalmente morto pela espada. Canterbury reivindicou suas relíquias, e pelo menos quatro milagres teriam ocorrido em seu santuário, um datado de 1451. Parson Woodforde descreveu uma procissão solene em sua homenagem em Norwich em 24 de março de 1783 (Attwater, Attwater2, Benedictines, Bentley, Coulson, Delaney, Enciclopédia, Fazendeiro, Sheppard, Tabor, Walsh, White) …

… Na arte ele é um bispo com um pente de metal e uma vela alta. Algumas vezes ele pode ser mostrado: (1) com báculo e duas velas (sem pente); (2) martirizado por ser rasgado com pentes de ferro; (3) em uma caverna com animais selvagens; (4) descoberto por caçadores, um cervo próximo a ele (não confundir com o monge Saint Giles); (5) abençoando os pássaros na frente de uma caverna; (6) resgatando o porco de uma pobre mulher de um lobo; (6) salvando a vida de um menino que engoliu uma espinha de peixe; ou (7) com a cidade de Dubrovnik em sua mão ou sendo carregado sobre a cidade por anjos (Roeder)…

Brás é o santo padroeiro dos animais selvagens por causa de seu cuidado com eles e daqueles com doenças na garganta…

Oração: São Brás, rogai por nós para que não tenhamos doenças da garganta e rezemos para que todos os que sofrem sejam curados pelo amor de Deus…”. Conforme:

https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayFebruary03.html

ou http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayFebruary03.html#316_St._Blaise_martyr_Patron_of_Throat

2. Santo Óscar (ou Ans­cário), bispo de Ham­burgo e de­pois também de Bremen, na Sa­xónia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, que, tendo sido monge de Corbie, foi le­gado do papa Gre­gório IV nas mis­sões de toda a Es­can­di­návia; anun­ciou o Evan­gelho a mul­ti­dões de pes­soas e es­ta­be­leceu a Igreja de Cristo na Di­na­marca e na Suécia, su­pe­rando com grande for­ta­leza de ânimo nu­me­rosas di­fi­cul­dades, até que, em Bremen, des­cansou dos seus trabalhos. († 865). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 865, Santo Oscar ou Anscário (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Bremen e Hamburgo. Inicialmente monge beneditino em Corbio e depois em Corwey, na Saxônia, foi chamado a fundar a Igreja de Cristo em território dinamarquês e sueco, merecendo por isso o título de “Apóstolo dos Escandinavos”. (R). Ver Santo Ansgar, páginas 365-387: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf 

– Ver “Ansgário foi como missionário à Dinamarca em 826, missionando nas cidades víquingues de Hedeby e Ribe, e depois à Suécia em 830, onde se estabeleceu na cidade viquingue de Birka. Reinava então um rei chamado Biorno (Björn), que o recebeu amigavelmente e o autorizou a celebrar missa e pregar a religião cristã.[5][6] Após o seu regresso da Escandinávia em 831, foi nomeado em 834 bispo da Arquidiocese de Hamburgo-Brema, vocacionada para a missão de evangelizar os dinamarqueses, suecos, eslavos e bálticos. Foi designado legado pontifício à Dinamarca e Suécia pelo Papa Gregório IV Fez uma segunda viagem a Birka como missionário em 851, quando lá reinava um rei chamado Olavo (Olof).[7][8]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ansg%C3%A1rio_de_Hamburgo

3.   Em Je­ru­salém, a co­me­mo­ração dos santos Si­meão, an­cião justo e pi­e­doso, e Ana, viúva e pro­fe­tiza, que no dia em que o Me­nino Jesus foi le­vado ao templo para ser apre­sen­tado se­gundo o cos­tume da lei de Moisés, O me­re­ceram saudar como o Mes­sias e Sal­vador, es­pe­rança e re­denção de Israel.

4.   Em Car­tago, na ho­di­erna Tu­nísia, São Ce­le­rino, leitor e mártir, que, atri­bu­lado no cár­cere com açoites e ca­deias e ou­tros tor­mentos, pro­fessou in­ven­ci­vel­mente a fé em Cristo, se­guindo o exemplo da sua avó Ce­le­rina (também na Folhinha do Coração de Jesus) já an­te­ri­or­mente co­roada com o mar­tírio, do seu tio pa­terno Lou­renço e de seu tio ma­terno Inácio, os quais, tendo sido antes sol­dados no exér­cito, se tor­naram sol­dados do ver­da­deiro Deus e, com a sua glo­riosa paixão, al­can­çaram as palmas e co­roas do Senhor. († s. III).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. III, São Celerino, confessor da fé. Encarcerado em Roma, lá suportou fome e sede durante dezenove dias. Libertado, voltou para Cartago, onde foi ordenado diácono por São Cipriano. (M). Ver página 401: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

5*.   Em Poi­tiers, na Aqui­tânia, hoje na França, São Leónio, pres­bí­tero, que, se­gundo a tra­dição, foi dis­cí­pulo de Santo Hilário. († s. IV)

6.   Em Gap, ci­dade da Pro­vença, ac­tu­al­mente na França, os santos Te­rídio e Re­médio, bispos. († s. IV-V)

7.   Em Lião, na Gália Li­o­nense, também na ac­tual França, São Lu­pi­cino, bispo, no tempo da per­se­guição de­sen­ca­deada pelos Vândalos. († s. V f.)

– Ver “… Em Lyon, na França, os santos Lupicino e Félix, também bispos.França. Nada se sabe sobre eles, exceto que Lupicinus é atribuído à data 486. Eles são registrados em martirológios antigos.”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayFebruary03.html

8*.   No mos­teiro de Celles, no Hai­nault, na ac­tual Bél­gica, Santo Ade­lino, pres­bí­tero e abade. († c. 696)

9*.   Em Chester, Mércia, re­gião da In­gla­terra, Santa Ve­re­burga, aba­dessa de Ely, que fundou muitas casas de vida religiosa. († c. 700). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Verburga

10*.   Em Me­er­becke, no Bra­bante, hoje na Bél­gica, Santa Ber­linda, virgem, que nesta ci­dade se con­sa­grou à vida re­li­giosa de po­breza e caridade. († s. IX-X)

11*.   No mos­teiro cis­ter­ci­ense de Froid­mont, no ter­ri­tório de Be­au­vais, na França, a co­me­mo­ração do Beato He­li­nando, monge, que era um cé­lebre tro­vador e se en­tregou de­pois à vida hu­milde e oculta no claustro. († d. 1320)

12*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato João Nélson, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que, por ter ne­gado o poder su­premo de Isabel I nas ques­tões es­pi­ri­tuais, foi con­de­nado à pena ca­pital e morreu en­for­cado na praça de Tyburn. († 1578)

13*.   Em Lyon, na França, Santa Maria de Santo Inácio (Cláu­dina Thé­venet), virgem, que, mo­vida pelo ardor da ca­ri­dade e for­ta­leza de ânimo, fundou a Con­gre­gação das Irmãs de Jesus e Maria, des­ti­nada à for­mação cristã das jo­vens, so­bre­tudo das mais pobres. († 1837)

14*.   Em Bourg-Saint-An­déol, no ter­ri­tório de Vi­viers, na França, a Beata Maria Ana Rivier, virgem, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, quando ti­nham sido ex­tintas todas as Or­dens e Con­gre­ga­ções re­li­gi­osas, fundou a Con­gre­gação das Irmãs da Apre­sen­tação de Maria para ins­truir na fé o povo cristão. († 1838)

15*.   Na po­vo­ação de Steyl, na Ho­landa, a Beata Maria He­lena Stollenwerk, virgem, que co­la­borou com Santo Ar­naldo Janssen na fun­dação da Con­gre­gação das Mis­si­o­ná­rias Servas do Es­pí­rito Santo e, de­pois de ter dei­xado a função de su­pe­riora, se en­tregou com grande fervor de alma à ado­ração perpétua. († 1900)

16.   Em Da­chau, perto de Mu­nique, na Ale­manha, o Beato Aloísio Andritzki, pres­bí­tero e mártir, as­sas­si­nado du­rante o do­mínio de um re­gime hostil a Deus e à dig­ni­dade humana. († 1943)

17. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 576, São Lourenço, bispo de Spoleto, cognominado “o Iluminador”, pois devolvia miraculosamente a visão a numerosos cegos. Pelo final de sua vida, abandonou suas funções episcopais e fundou o mosteiro de Farfa, onde veio ele mesmo partilhar a vida dos monges. (X). Ver página 399: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

18. São Justo Ukon Takayama. Ver: “Justo Takayama Ukon (takayama Hikogorō (高ののの彦郎) e também conhecido como Dom Justo Takayama (1552 – 3 ou 5 de fevereiro de 1615) foi um daimyō e samurai católico japonês que viveu durante o período Sengoku… Sua causa para a santidade começou quando ele foi declarado servo de Deus. Relatos em 2014 indicaram que ele seria beatificado em algum momento de 2015, mas o Papa Francisco mais tarde aprovou em 21 de janeiro de 2016; a celebração da beatificação ocorreu em 7 de fevereiro de 2017 em Osaka com o Cardeal Angelo Amato presidindo a beatificação em nome do papa. [5]”: https://en.wikipedia.org/wiki/Dom_Justo_Takayama

19. Bem-aventurado Oderico, franciscano, missionário na China. Ver páginas 388-391: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

20. Bem-aventurado Nicolau de Longobardi, mínimo.er páginas 392-393: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

21. Santo Arão, o ilustre. Ver “Arão, o Ilustre foi um monge cristão da Mesopotâmia. Nascido no século IV em Sarug, Osroena, foi discípulo de Santo Eugênio. Fundou dois mosteiros nas proximidades Malatya, na atual Turquia. É venerado na Igreja Ortodoxa Síria, sendo celebrado na segunda-feira de Pentecostes, em 3 de fevereiro, em 22 de outubro e em 23 de maio. Arão é incluído no “Martirológio Sírio de Rabban Silba“: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ar%C3%A3o,_o_Ilustre

22. Outros santos do dia 03 de fevereiro, às páginas 365-401: VIDAS DOS SANTOS – 2.pdf (obrascatolicas.com)

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 03 de fevereiro, ver também: 3 de fevereiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 177-179: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayFebruary03.html

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Agatão, lembrado em 21 de outubro)

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES” (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

* “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* Dia 17 de janeiro: Santo Antão (ou Antônio). Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado, nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.