Santas e Santos de 05 de abril

São Vi­cente Ferrer, pre­sí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, na­tural da Es­panha, que per­correu in­ces­san­te­mente as ci­dades e ca­mi­nhos do Oci­dente, sempre so­lí­cito pela paz e uni­dade da Igreja, pre­gando a muitos povos o Evan­gelho da pe­ni­tência e da vinda do Se­nhor, até que, em Vannes, na Bre­tanha, re­gião da França, en­tregou o es­pí­rito a Deus. († 1419)

– Ver também págs. 113-121: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

2.   Em Tes­sa­ló­nica, na Ma­ce­dónia, ac­tu­al­mente na Grécia, Santa Irene, virgem e mártir, que, de­so­be­de­cendo ao edito de Di­o­cle­ciano, ocultou os Li­vros sa­grados e por esse mo­tivo foi con­du­zida ao pros­tí­bulo pú­blico e quei­mada por ordem do pre­feito Dul­cécio, o mesmo que tinha mar­ti­ri­zado as suas irmãs Ágape e Quiónia. († 304)

3.   Em Se­lêucia, na Pérsia, no ter­ri­tório do ac­tual Iraque, Santa Fer­buta, viúva, irmã de São Si­meão, bispo, a qual, jun­ta­mente com a sua serva, so­freu o mar­tírio no rei­nado de Sapor II. († c. 342)

4.   Também em Se­lêucia, na an­tiga Pérsia, a co­me­mo­ração de cento e onze ho­mens e nove mulheres, már­tires, que, reu­nidos de vá­rios lu­gares nas ci­dades ré­gias da Pérsia, por re­cu­sarem fir­me­mente negar a Cristo e adorar o fogo, foram quei­madas por ordem do mesmo rei. († 344)

5.   Em Régia, na Mau­ri­tânia, no ter­ri­tório da ac­tual Ar­gélia, a paixão dos santos mártires que, na per­se­guição do rei ariano Gen­se­rico, foram mas­sa­crados na igreja num dia da Páscoa; entre eles es­tava o leitor, que foi atra­ves­sado por uma flecha na gar­ganta quando can­tava do púl­pito o «Aleluia». († s. V)

6.   No mos­teiro de Grande-Sauve, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, São Ge­raldo, abade, que per­tencia ao mos­teiro de Corbie quando foi eleito abade de Laon e, de­pois de santas pe­re­gri­na­ções, se re­tirou na densa floresta. († 1095)

– Ver também págs. 122-125:  http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

7*.   Em Mon­te­cor­vino, na Apúlia, re­gião da Itália, Santo Al­berto, bispo, que con­sa­grou toda a sua vida à oração con­tínua a Deus e à so­li­ci­tude pelo bem comum dos pobres. († 1127)

8*.   Em Fosses, no Bra­bante, hoje na França, Santa Ju­liana, virgem da Ordem de Santo Agos­tinho, que tinha sido pri­o­resa do mos­teiro de Mont-Cor­nillon, em Liège e, for­ta­le­cida pelo dom do con­selho di­vino e hu­mano, pro­moveu a so­le­ni­dade do Corpo de Cristo e viveu como reclusa. († 1258)

–  Ver também págs. 126-129: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

9.   Em Palma, na ilha de Mai­orca, na Es­panha, Santa Ca­ta­rina Tomás, virgem, que, en­trando na Ordem das Ca­no­nisas Re­grantes de Santo Agos­tinho, foi in­signe no des­prezo de si mesma e na ab­ne­gação da sua vontade. († 1574)

– Ver também págs. 132-133: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

10*.   Em Kauf­beuren, junto ao rio Wer­tach, na Ba­viera, re­gião da Ale­manha, Santa Maria Cres­cência Höss, virgem da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, que pro­curou co­mu­nicar aos ou­tros o fogo do Es­pí­rito Santo que nela ardia. († 1744)

11♦.   Em São Paulo, no Brasil, o Beato Ma­riano da Mata Aparício, pres­bí­tero da Ordem de Santo Agostinho (também na Folhinha do Coração de Jesus). († 1983)

12. Bem-aventurada Eva, reclusa. Ver págs. 130-131: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

13. No mesmo dia, o martírio de São Zenão (ou Zeno, também na Folhinha do Coração de Jesus) que, por ter confessado sua fé na Santíssima Trindade, sofreu o tríplice suplício do piche, do fogo e da espada (Conf. Martirológio Romano-Monástico – M).

14. No mesmo dia, o Bem-aventurado Sigardo, monge cisterciense de Jouy, depois primeiro abade de Bonlieu, perto de Bordeau, no séc., XII (Conf. Martirológio Romano-Monástico – X).

15. Outros santos do dia 05 de abril: págs: 113-134 (vol.06):  http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

 “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal – http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.