Santas e Santos de 16 de julho

Nossa Se­nhora do Carmo, que evoca o monte Car­melo, onde o pro­feta Elias re­con­duziu o povo de Is­rael ao culto do Deus vivo e, mais tarde, ali se re­ti­raram al­guns ere­mitas à pro­cura de so­lidão, cons­ti­tuindo uma ordem de vida con­tem­pla­tiva sob o pa­tro­cínio da Santa Mãe de Deus. Ver páginas 91-92: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

2.   Em Anas­ta­sió­polis, na Ga­lácia, na ho­di­erna Tur­quia, Santo An­tíoco, mártir, irmão de São Platão. († s. III-IV)

3.   Em Se­baste, na an­tiga Ar­ménia, hoje Sivas, na Tur­quia, Santo Ate­nó­genes, co­re­pís­copo e mártir, que deixou aos dis­cí­pulos um hino sobre a di­vin­dade do Es­pí­rito Santo e morreu quei­mado vivo por Cristo. († c. 305). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no começo do séc. IV, Santo Atenogênio, bispo de Sebaste, na Armênia, que foi queimado vivo junto com dez de seus discípulos. Segundo São Basílio, ele compusera um hino no qual proclamava a divindade do Espírito Santo (M).

4*.   Em Jersey, ilha do Mar do Norte, Santo He­lério, ere­mita, que, se­gundo a tra­dição, so­freu o mar­tírio às mãos de piratas. († s. VI)

5*.   Em Ma­as­tricht, no Bra­bante, re­gião da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Ho­landa, os santos Mo­nulfo e Gon­dulfo, bispos. († s. VI/VII)

6.   Em Saintes, no Hai­naut, na ac­tual França, os santos már­tires Rei­nilde, virgem, Gri­mo­aldo e Gon­dulfo, que, se­gundo a tra­dição so­freram o mar­tírio às mãos de salteadores. († c. 680)

7.   Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, São Si­se­nando, diá­cono e mártir, que foi de­go­lado pelos Mouros por causa da sua fé em Cristo. († 851). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Córdova, em 851, São Sisenando, diácono, cognominado “o Santíssimo Levita”, que proclamou Cristo pelo sacrifício sangrento de sua vida diante do islamismo (M). Ver página 85: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

8*.   No mos­teiro de Chi­emsee, na Ba­viera, re­gião da ac­tual Ale­manha, a Beata Ir­men­garda, aba­dessa, que, desde tenra idade aban­donou o fausto do pa­lácio real e se en­tregou ao ser­viço de Deus, le­vando con­sigo muitas com­pa­nheiras vir­gens para se­guirem o Cordeiro. († 866)

9*.   A paixão do Beato Simão da Costa, re­li­gioso da Com­pa­nhia de Jesus e o úl­timo dos már­tires da nau «São Tiago», que na vés­pera deste dia foram as­sas­si­nados em ódio à Igreja. († 1570)

10*.   Em Viana do Cas­telo, no mos­teiro da Santa Cruz, em Por­tugal, o Beato Bar­to­lomeu dos Mártires, bispo de Braga, cuja me­mória em Por­tugal se ce­lebra no dia de­zoito deste mês. († 1590). Ver páginas 86-87: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

11*.   Em Warwich, na In­gla­terra, os be­atos João Sugar, pres­bí­tero, e Ro­berto Grissold, már­tires, que foram con­de­nados à morte no rei­nado de Jaime I – o pri­meiro por ter en­trado na In­gla­terra como sa­cer­dote, o se­gundo por tê-lo aju­dado – e, ator­men­tados com duros su­plí­cios, al­can­çaram a palma do martírio. († 1604)

12*.   Em Cu­nhaú, ci­dade pró­xima de Natal, no Brasil, os be­atos André de Soveral, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, e Do­mingos Carvalho, már­tires, que du­rante a ce­le­bração da Missa com um nu­me­roso grupo de fiéis, foram do­lo­sa­mente re­tidos na igreja e bar­ba­ra­mente assassinados. († 1645). Ver sua festa litúrgica no dia 03 de outubro.

– Ver também Protomártires do Brasil, Mártires da Fé. Morte: 16 de julho de 1645 e 3 de outubro de 1645 em Engenho de Cunhaú (Canguaretama) e Comunidade Uruaçú (São Gonçalo do Amarante). Veneração por Igreja Católica. Beatificação: 5 de março de 2000Praça de São PedroVaticano por São João Paulo II. Canonização 15 de Outubro de 2017Vaticano por Papa Francisco. Principal templo: Capela dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu. Festa litúrgica: 3 de outubro. Padroeiro do estado do Rio Grande do Norte: https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1rtires_de_Cunha%C3%BA_e_Urua%C3%A7u

13*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, os be­atos Ni­colau Sa­vouret, da Ordem dos Frades Me­nores Con­ven­tuais, e Cláudio Bé­guignot, da Ordem Car­tu­siana, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, en­car­ce­rados na sór­dida ga­lera em ódio ao seu sa­cer­dócio, pe­re­ceram con­su­midos pela enfermidade. († 1794)

14*.   Em Orange, na França, as be­atas Amada de Jesus (Maria Rosa de Gordon) e seis companheiras, vir­gens e már­tires, que, na mesma re­vo­lução, tendo-se re­cu­sado a aban­donar a vida re­li­giosa, foram con­de­nadas à morte e re­ce­beram com ale­gria a palma do martírio. São estes os seus nomes: Maria de Jesus (Mar­ga­rida Te­resa Cha­ransol), São Jo­a­quim (Maria Ana Bé­guin-Royal), São Mi­guel (Maria Ana Doux), Santo André (Maria Rosa Laye), Do­ro­teia do Co­ração de Maria  (Do­ro­teia Ma­da­lena Júlia de Jus­ta­mond) e Ma­da­lena do San­tís­simo Sa­cra­mento (Ma­da­lena Fran­cisca de Justamont). († 1794)

15.   No ter­ri­tório de Saint-Sau­veur-le-Vi­comte, na Nor­mandia, re­gião da França, Santa Maria Ma­da­lena Postel (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, na mesma per­se­guição, pe­rante a ex­pulsão dos sa­cer­dotes, prestou todo o gé­nero de au­xílio aos en­fermos e aos fiéis e, es­ta­be­le­cida a paz, fundou a Con­gre­gação das Fi­lhas da Mi­se­ri­córdia para a for­mação cristã das me­ninas pobres. († 1846). Ver páginas 88-90: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

16.   Em Lu­jiapo, lo­ca­li­dade pró­xima de Qinghe, no Hebei, pro­víncia da China, os santos Lang Yangzhi, ca­te­cú­mena, e Paulo Lang Fu, seu filho, már­tires, que, du­rante a per­se­guição dos «Yihe­tuan», porque a mãe se de­clarou cristã, con­su­maram o mar­tírio por Cristo na sua casa de­vo­rada pelas chamas. († 1900)

17. Na localidade de Zhangjiaji em Hebei Ningjin, Santa Teresa Zhang Hezhi, que durante a mesma perseguição,  pega em um pagode, recusou-se a adorar a divindade do lugar e foi lancinada com seus dois filhos com uma lança.

18. Santo Hilarino (também na Folhinha do Coração de Jesus). Santo Hilarino, monge, que tendo sido preso com São Donato, durante a perseguição de Juliano e recusando-se a sacrificar, foi tratado a golpes de porrete, e terminou o martírio em Arezzo, na Toscana, de onde suas relíquias foram levadas a Óstia. Ver pág. 94: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

19. Santa Rainelda, virgem e mártir no Brabante. Ver página 83: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

20. Santo Eustáquio, bispo de Antioquia. Ver página 84: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

21. Outros santos do dia 16 de julho: págs. 67-94, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portuga http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3.VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4.Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5.Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6.Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.