Santas e Santos de 03 de janeiro

O San­tís­simo Nome de Jesus, o único nome ao qual tudo o que há nos céus, na terra e nos abismos se ajo­elha, para glória de Deus Pai. Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Festa_do_Santíssimo_Nome_de_Jesus

2.   Em Roma, no ce­mi­tério de Ca­listo, junto à Via Ápia, o se­pul­ta­mento de Santo An­tero (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa, que, num breve pon­ti­fi­cado, su­cedeu ao mártir Ponciano. († 236). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Antero

3.   Em Ni­co­média, na Bi­tínia, hoje Izmit, na ac­tual Tur­quia, os santos Te­o­pento e Te­onas, que so­freram o mar­tírio du­rante a per­se­guição de Diocleciano. († 304).

4.   Em Ce­sa­reia da Ca­pa­dócia, hoje Kay­seri, também na ac­tual Tur­quia, o cen­tu­rião São Górdio, mártir, que São Ba­sílio louva como ver­da­deiro émulo do cen­tu­rião que es­tava junto à Cruz, porque, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, pro­fessou a fé em Jesus, Filho de Deus. († 304).Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 305, São Górdio, centurião martirizado em Cesaréia da Capadócia. Segundo São Basílio, morreu lembrando-se do primeiro centurião que assistira, no Calvário, à morte do Salvador, cuja divindade proclamou”. (M). Ver páginas 129-131: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

5.   Em Pádua, no ac­tual Vé­neto, re­gião da Itália, a co­me­mo­ração de São Da­niel, diá­cono e mártir. († c. 304)

6.   Em Pário, no He­les­ponto, na ac­tual Tur­quia, São Teó­genes, mártir, que, re­cru­tado como sol­dado no tempo do im­pe­rador Li­cínio, re­cu­sando-se a prestar o ser­viço mi­litar por causa da sua fé cristã, foi en­car­ce­rado, tor­tu­rado e fi­nal­mente afo­gado no mar. († 320). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 320, São Teogênio, mártir grego, que “preferiu morrer em vez de oferecer sacrificios aos ídolos”. (Paixão) (M)

7.   Em Vi­enne, na Gália Li­o­nense, na ac­tual França, São Flo­rêncio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que tomou parte no Con­cílio ce­le­brado em Valence. († d. 377)

8.   Em Paris, na Gália, ac­tu­al­mente também na França, o se­pul­ta­mento de Santa Ge­no­veva, virgem, na­tural de Nan­terre, que, aos quinze anos, por con­selho de São Ger­mano, bispo de Au­xerre, tomou o véu das vir­gens con­sa­gradas. Con­fortou os ha­bi­tantes da ci­dade, ater­rados pela in­cursão dos Hunos, e sus­tentou os seus con­ci­da­dãos em tempo de fome. († c. 500). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto do ano 500, o nascimento no céu de Santa Genoveva, padroeira de Paris. Nascida em Nanterre e consagrada a Cristo desde sua infäncia por São Germano de Auxerre, obteve, por sua oração, a libertação da fle de la Cité cercada por Átila. (F). Ver páginas 122-128: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Santa_Genoveva

9*.   Em Len­tíni, na Si­cília, re­gião da Itália, São Lu­ciano, bispo. († s. VIII/IX)

10*.   No mos­teiro de Man­naman, no Ké­rala, es­tado da Índia, São Ci­ríaco Elias Chavara, pres­bí­tero, fun­dador da Con­gre­gação dos Ir­mãos Car­me­litas de Maria Imaculada. († 1871). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ciríaco_Elias_Chavara

11. São Cirino (também na Folhinha do Coração de Jesus)

12. São Narciso, bispo. Ver página 137: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

13. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 311, São Pedro Balsamo, mártir da Palestina, “pregado na cruz por ter-se recusado a obedecer ao edito dos imperadores invencíveis, e por haver, obstinadamente, tomado o partido de um Deus crucificado”. (M). Ver páginas 132-136: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

14. São Blimont, ver páginas 138-139: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

15. Santa Bertília. Ver páginas 140-141: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

16. Bem-Aventurada Bone de Armagnac, virgem. Ver páginas 142-143: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

17. Outros santos do dia 02 de janeiro: págs. 122-144: 

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 03 de janeiro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/3_de_janeiro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.