Santas e Santos de 15 de setembro

Me­mória de NOSSA SE­NHORA DAS DORES (também na Folhinha do Coração de Jesus), que, es­tando de pé junto à cruz de Jesus, foi as­so­ciada ín­tima e fi­el­mente à paixão sal­ví­fica do seu Filho e se apre­sentou como a nova Eva, de modo que, assim como a de­so­be­di­ência da pri­meira mu­lher con­duziu à morte, assim a ad­mi­rável obe­di­ência da Virgem Maria trouxe a vida. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Nossa Senhora das Dores, ou da Piedade, cuja alma foi trespassada por uma espada de dor aos pés da cruz de Jesus agonizante. (R).

– Ver também “Nossa Senhora das Dores, também chamada de Nossa Senhora da PiedadeNossa Senhora da SoledadeNossa Senhora das AngústiasNossa Senhora da AgoniaNossa Senhora das LágrimasNossa Senhora das Sete DoresNossa Senhora do CalvárioNossa Senhora do Monte CalvárioMãe Soberana e Nossa Senhora do Pranto, invocada em latim como Beata Maria Virgo Perdolens ou Mater Dolorosa (sendo, sob essa designação, particularmente cultuada em Portugal), é uma forma pela qual é venerada Maria (mãe de Jesus). Ela é geralmente reconhecida por ter uma ou mais facas ou espadas, geralmente sete, atravessando seu coração.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Dores

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Dores

– Ver ainda “Virgem do Caminho… A Virgem do Caminho (em castelhanoVirgen del Camino) é uma das designações atribuídas à Virgem Maria, venerada sobretudo em Espanha. É padroeira de Leão, da sua província e de Pamplona. O nome “do Caminho” está ligado ao Caminho de Santiago, a grande rota de peregrinação da Península Ibérica. É celebrada a 5 de outubro e a 15 de setembro.”: NOSSA SENHORA DO CAMINHO: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Virgem_do_Caminho  

CONFORME O DIRETÓRIO DE LITURGIA DA CNBB, 2020:

– dia 15, em todo o Estado de Minas Gerais NOSSA SENHORA DA PIEDADE, Padroeira principal. FESTA.

– dia 15, na Arquidiocese de Teresina e nas Dioceses de Cajazeiras, Coroatá, Guaxupé, Limeira, e Tubarão – NOSSA SENHORA DAS DORES (ou DA PIEDADE), Padroeira principal, festa.

– dia 15, na Diocese de Ponta GrossaNOSSA SENHORA MÃE DA DIVINA GRAÇA, Padroeira principal, festa.

Ver no VIDAS DOS SANTOS, NOSSA SENHORA DAS SETE DORES, páginas 207-215: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

OUTROS SANTOS DE 15 DE SETEMBRO:

2.   Em Roma, São Ni­co­medes (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir, cujo corpo, guar­dado no ce­mi­tério junto à Via No­men­tana, foi hon­rado pelo papa Bo­ni­fácio V com uma ba­sí­lica sepulcral. († data inc.). Conforme o Martirológio Romano-Monástico no séc. II, a paixão de São Nicodemos, sacerdote. Aos que o pressionavam a sacrificar aos ídolos, ele respondeu: “Sacrifico apenas ao Senhor Deus Todo-Poderoso, que reina no céu”! (M)

3.   Em Tir­nu­tium, junto ao rio Saône, na Gália Li­o­nense, hoje Tournus, na França, São Va­le­riano, mártir. († data inc.). Ver página 205: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

4.   Em Tómis, na Cítia, hoje Cons­tança, na Ro­ménia, os santos Es­tratão, Va­lério, Ma­cróbio e Gor­diano, már­tires, que foram mortos, se­gundo a tra­dição, no tempo do im­pe­rador Licínio. († s. IV)

5.   Nas mar­gens do Da­núbio, em ter­ri­tório da ac­tual Ro­ménia, São Ni­cetas o Godo, mártir, que por ordem do rei ariano Ata­na­rico foi quei­mado vivo em ódio à fé católica. († c. 370). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia receberam o martírio São Nicetas, na região do Danúbio, no séc. IV; e Santo Emílio, em Córdova, em meados do séc. IX. (M)

6.   Em Lião, na Gália, ac­tu­al­mente na França, Santo Al­pino (Albino), bispo, que su­cedeu a São Justo. († s. IV)

7.   Em Toul, pró­ximo de Nancy, na Gália Li­o­nense, também na ac­tual França, Santo Apro, bispo. († s. VI). Santo Ebro, ou Aper, amigo de São Paulino de Nola, bispo. No VIDAS DOS MÁRTIRES, ver páginas 197-198: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

8.   No mos­teiro de Jumièges, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente também na França, Santo Ai­cardo, abade, dis­cí­pulo de São Fi­li­berto, que o no­meou pre­lado desse mosteiro. († s. VII). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VII, Santo Acardo, monge de Poitou, que sucedeu a São Filiberto na direção da abadia normanda de Jumièges. (M).

9.   Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, os santos már­tires Émila, diá­cono, e Je­re­mias, que, du­rante a per­se­guição dos Mouros, de­pois de um longo e atri­bu­lado ca­ti­veiro, con­su­maram com a de­ca­pi­tação o seu mar­tírio por Cristo. († 852). Ver Santo Emilas e Jeremias, página206: No VIDAS DOS MÁRTIRES, ver páginas 206: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

10*.   Em Bus­seto, no ter­ri­tório de Fi­denza, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o Beato Ro­lando de Médicis, ana­co­reta, que viveu em lu­gares inós­pitos e so­li­tá­rios dos Alpes, pra­ti­cando ri­go­rosa pe­ni­tência e fa­lando só com Deus. († 1386). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. XII, o Bem-Aventurado Rolando, abade do mosteiro cisterciense de Chezery, perto de Genebra. (X)

11.   Em Gé­nova, na Li­gúria, também re­gião da Itália, Santa Ca­ta­rina Fiéschi (também na Folhinha do Coração de Jesus), viúva, in­signe pelo des­prezo do mundo, fre­quentes je­juns, amor de Deus e ca­ri­dade para com os in­di­gentes e os enfermos. († 1510). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Gênova, no ano do Senhor de 1510, Santa Catarina. Depois de seu casamento levou uma vida dissipada, mas tocada pela graça, consagrou-se ao serviço dos doentes. Enviuvando em 1497, foi favorecida com graças místicas e viu discípulos se agruparem ao seu redor. (M)

12*.   Em Hi­rado, ci­dade do Japão, o Beato Ca­milo Cos­tanzo, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que, con­de­nado pelo su­premo co­man­dante Hi­de­tada a ser quei­mado vivo, nem nas chamas da fo­gueira deixou de pregar o anúncio de Cristo. († 1622). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1622, o martírio do Bem-Aventurado Camilo Constanzo, jesuíta calabrês, condenado à morte pelo imperador do Japão. (X)

13*.   Em Santo Do­mingo Xa­gácia, no Mé­xico, os be­atos João Bap­tista e Ja­cinto dos Anjos, már­tires, que, sendo ca­te­quistas, cru­el­mente fla­ge­lados por se re­cu­sarem a ve­nerar os ídolos em vez de Cristo, imi­tando a paixão do Se­nhor me­re­ceram a re­com­pensa eterna. († 1700)

14*.   Em Viena, na Áus­tria, o Beato An­tónio Maria Schwartz, pres­bí­tero, que, para pro­mover a as­sis­tência pas­toral e a de­fesa dos di­reitos dos apren­dizes e dos jo­vens ope­rá­rios, ins­ti­tuiu a Con­gre­gação de São José de Ca­la­sanz para os Ope­rá­rios Cristãos. († 1929)

15♦.   Em Pa­lermo, na Si­cilia, re­gião da Itália, o Beato José Puglísi, pres­bí­tero di­o­ce­sano e mártir, mais co­nhe­cido por Pino Pu­glisi, que du­rante os trinta e três anos do seu mi­nis­tério pas­toral se de­dicou in­can­sa­vel­mente ao anúncio do Evan­gelho, es­pe­ci­al­mente aos seus “pre­fe­ridos” – as cri­anças, os des­pro­te­gidos, os po­bres – e foi as­sas­si­nado por agentes da máfia. († 1933)

16*.   Em Llosa de Ranes, po­vo­ação da pro­víncia de Va­lência, na Es­panha, o Beato Pas­coal Pe­nadés Jornet, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante o tempo da per­se­guição re­li­giosa, ven­cendo o com­bate ter­reno, al­cançou a ple­ni­tude da sal­vação eterna. († 1936)

17*.   Pró­ximo de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato La­dislau Mi­egon, pres­bí­tero e mártir, que, de­por­tado da Po­lónia por um re­gime hostil a Deus e aos ho­mens, foi en­car­ce­rado no campo de con­cen­tração de Da­chau por causa da sua fé e, su­por­tando nu­me­rosos tor­mentos, al­cançou a coroa de glória. († 1942)

18*.   Em Ná­poles, na Itália, o Beato Paulo Manna, pres­bí­tero do Ins­ti­tuto Pon­ti­fício para as Mis­sões Es­tran­geiras, que, dei­xando a acção mis­si­o­nária na Bir­mânia por causa da sua de­bi­li­tada saúde, tra­ba­lhou in­ten­sa­mente na obra da evan­ge­li­zação, de­di­cando-se com toda a energia à pre­gação da pa­lavra de Deus e à pro­moção da uni­dade dos cristãos. († 1952)

19. São João, o anão. Ver VIDAS DOS SANTOS, páginas 199-204: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

20. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 560, São Lupino. Segundo sua biografia, que teve grande difusão na Idade Média, foi monge abade de Brou, antes de dirigir a Igreja de Chartres. (M)

21. Outros santos do dia 15 de setembro: págs. 197-217, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 15 de setembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/15_de_setembro

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 724-727:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.