Santas e Santos de 20 de janeiro

1. São Fa­biano (São Fabião),papa e mártir, que por in­ter­venção di­vina foi cha­mado do lai­cado ao pon­ti­fi­cado e, de­pois de dar glo­rioso exemplo de fé e vir­tude, so­freu o mar­tírio na per­se­guição do im­pe­rador Décio. São Ci­priano faz o elogio do seu com­bate, afir­mando que ele deu tes­te­munho in­signe e ir­re­pre­en­sível no go­verno da Igreja. O seu corpo foi neste dia se­pul­tado em Roma, junto da Via Ápia, no ce­mi­tério de Calisto. († 250). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, na Via Ápia, no cemitério de Calixto, o sepultamento de São Fabiano (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa, decapitado em 250 durante a perseguição de Décio depois de quatorze anos de pontificado. Segundo uma tradição, ele dividiu Roma em sete diaconias e contribuiu para a evangelização da Gália. (R). Ver página 63 (São Fabião): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

Ver “Papa Fabiano foi o vigésimo Bispo de Roma, de 10 de janeiro de 236 a 20 de janeiro de 250.

Conta-nos Eusébio de Cesareia que a eleição de Fabiano foi maravilhosa. Voltava ele de fora de Roma, com alguns amigos, quando a assembleia dos Cristãos deliberava sobre a sucessão do papa Santo Antero. Estavam divididos os votos e não se chegava a um acordo. Foi quando uma pomba branca, vinda não se sabe de onde, pousou sobre a cabeça do admirado Fabiano, que mais admirado ficou, quando, por unanimidade, os Cristãos romanos o apontaram como novo pontífice. Foi obrigado a obedecer. Recebeu ordens sagradas e tornou-se sucessor de São Pedro… São Fabiano mártir é festejado em 20 de janeiro,[4] juntamente com São Sebastião, o qual, porém, foi martirizado mais tarde, provavelmente em 288.[1][2]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Fabiano

2. São Se­bas­tião, mártir, que, oriundo de Milão, partiu para Roma, como re­fere Santo Am­brósio, onde gras­savam vi­o­lentas per­se­gui­ções, e aí so­freu o mar­tírio. Na Urbe ro­mana, para onde tinha vindo como hós­pede, ob­teve o seu corpo do­mi­cílio de imor­ta­li­dade per­pétua. Neste dia foi de­po­si­tado nas Ca­ta­cumbas de Roma. († s. IV in.). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, igualmente na Via Ápia, no cemitério das catacumbas, São Sebastião (também na Folhinha do Coração de Jesus),Capitão da Guarda Pretoriana aquartelada em Milão, foi condenado a ser trespassado por flechas no Campo de Marte, em Roma, por ordem de Diocleciano, que começava a excluir os cristãos de seu exército. Seu culto conhece grande popularidade desde o séc. VI. (R). Ver páginas 46-62: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

Ver “São Sebastião (França, 256 – 286) originário de Narbonne e cidadão de Milão, foi um mártir e santo cristão, morto durante a perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano. O seu nome deriva do grego sebastós, que significa divino, venerável (que seguia a beatitude da cidade suprema e da glória altíssima).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Sebastião_de_Narbona

3.   Em An­tínoo, na Te­baida, re­gião do Egipto, Santo As­clas, mártir, que pe­rante o go­ver­nador não temeu as suas ame­aças, afir­mando que o seu maior temor era des­prezar a Cristo e, de­pois de vá­rios tor­mentos, foi lan­çado no rio. († s. IV)

4.   Em Ni­ceia, ci­dade da Bi­tínia, hoje Iznik, na Tur­quia, São Neó­fito, mártir. († s. IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, São Neófito, jovem cristão de quinze anos, decapitado em Nicéia por ter sido batizado em nome de Cristo, Filho de Deus. (M). Ver página 72: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

5.   Na Pa­les­tina, Santo Eu­tímio, abade, que, sendo na­tural da Ar­ménia e con­sa­grado a Deus desde a in­fância, partiu para Je­ru­salém e, de­pois de passar muitos anos na so­lidão, foi até à morte sempre firme e di­li­gente na hu­mil­dade e ca­ri­dade e in­signe na ob­ser­vância da disciplina. († 473), Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, Santo Eutímio. Armênio, já era padre quando abraçou a vida eremítica perto de Jerusalém. Seu eremitério tornou-se o centro de uma laura que em seguida tomou o seu nome. (M). Ver páginas 64-71: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

Ver “Eutímio, o Grande (Melitene377 – Negueve20 de janeiro de 473) foi um asceta, abade e um dos Pais do monasticismo ortodoxo oriental, estabelecendo diversos centros religiosos ao longo da Palestina. Devido a sua vida ascética e sua confissão firme na fé ortodoxa, Eutímio adquiriu o epítome “,o Grande”.[1] Quando o Concílio de Calcedónia (451) condenou Eutiques, foi graças a autoridade de Eutímio que os líderes eclesiásticos orientais aceitaram seus decretos. A imperatriz Élia Eudócia converteu-se ao catolicismo através de Eutímio.[2]”:  https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Eutímio,_o_Grande

6. Em Wor­cester, na In­gla­terra (conforme o Martirológio Italiano de 20 de janeiro), São Vols­tano, bispo, que, cha­mado do claustro à sede epis­copal desta ci­dade, as­so­ciou os há­bitos mo­nás­ticos ao zelo pas­toral, de­di­cando-se com di­li­gência a vi­sitar as pa­ró­quias, fo­mentar a edi­fi­cação de igrejas, fa­vo­recer a for­mação cul­tural e con­denar a venalidade. († 1095). Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 19 de janeiro, no ano do Senhor de 1095, São Wulstano. Foi primeiro prior da abadia de Worcester, Inglaterra, e depois tornou-se bispo da mesma cidade, dedicando-se a freqüentes visitas pastorais. (M). Ver páginas 34-36: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

– Ver também “Vulstano (em latimVulstanus; em inglêsWulfstan), igualmente conhecido como Vulstano II (Wulfstan II), Volstano (Wolstan), Vulstano (Wulstan) e Ulfstano (Ulfstan), foi bispo de Worcester e o último bispo sobrevivente do período pré-conquista e o único nascido na Inglaterra remanescente após 1075. Ele é venerado como santo por católicos e anglicanos.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Vulstano_(morto_em_1095)

7*.   Em Col­ti­buono, na Etrúria, ac­tu­al­mente na Tos­cana, re­gião da Itália, São Bento Ricasóli, ere­mita da Con­gre­gação de Valumbrosa. († c 1107)

8*.   Na Fin­lândia, Santo Hen­rique, bispo e mártir, que, sendo na­tural da In­gla­terra, re­cebeu o en­cargo de go­vernar da Igreja de Up­sala, de­di­cando-se com grande zelo à evan­ge­li­zação dos Fin­lan­deses; por fim, foi cru­el­mente morto por um ho­mi­cida, que ele tinha ten­tado cor­rigir se­gundo a dis­ci­plina eclesiástica. († c. 1157)

9.   Em Mes­sina, ci­dade da Si­cília, na Itália, Santa Eus­tó­quio Calafato, virgem, aba­dessa da Ordem de Santa Clara, que se de­dicou com grande energia a res­taurar a pri­mi­tiva dis­ci­plina da vida re­gular e pro­mover a imi­tação de Cristo se­gundo a tra­dição de São Francisco. († 1485)

10.   Em Roma, o Beato Ân­gelo (Fran­cisco Páoli), pres­bí­tero da Ordem dos Carmelitas. († 1720)

11.   Em Seul, na Co­reia, Santo Es­têvão Min Kuk-ka, mártir, que, sendo ca­te­quista, foi de­go­lado no cár­cere em ódio à fé cristã. († 1840)

12.   Em Le Mans, na França, o Beato Ba­sílio An­tónio Maria Moreau, pres­bí­tero di­o­ce­sano, fun­dador da Con­gre­gação da Santa Cruz. († 1873)

13.   Em Ca­sória, pró­ximo de Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, Santa Maria Cris­tina da Imaculada (Ade­laide Brando), virgem, que de­dicou a sua vida à for­mação cristã das cri­anças e, por meio da Con­gre­gação das Irmãs Ví­timas Ex­pi­a­tó­rias de Jesus Sa­cra­men­tado, con­tri­buiu in­ten­sa­mente para fo­mentar a ado­ração da San­tís­sima Eucaristia. († 1906)

14*.   No mos­teiro de Mount Saint Ber­nard, pró­ximo de Lei­cester, na In­gla­terra, o Beato Ci­priano (Mi­guel) Iwene Tansi, pres­bí­tero da Ordem Cis­ter­ci­ense, que, sendo na­tural do ter­ri­tório de Onitsha, da Ni­géria, ainda jovem pro­fessou a fé cristã contra a von­tade da fa­mília e, or­de­nado sa­cer­dote, se de­dicou com grande zelo ao tra­balho pas­toral, até que, abra­çando a vida mo­nás­tica, me­receu con­sumar uma santa vida com uma santa morte. († 1964)

15. No mesmo dia, São Mauro, bispo, célebre pelas virtudes e milagres. segundo a tradição, foi nomeado bispo de Cesana (tamém na Folhinha do Coração de Jesus, São Mauro de Casena), Italia, pelo papa João XI, possivelmente. Dividindo o viver entre a contemplação e a ação, pregava durante o dia e meditava pela noite, numa cela que erigira perto de um pequeno promontório, ao lado de um oratório. Faleceu em 934. Ver página 71: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

16. Beato Antônio Maria Moreau. Ver “Basílio Moreau (em francês: Basile-Antoine Marie Moreaué) foi um padre francês nascido em 11 de fevereiro de 1799, em Laigné-en-Belin, perto de Le Mans, na França, e que conheceu os efeitos devastadores da Revolução Francesa sobre as ordens religiosas.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Basílio_Antônio_Maria_Moreau

17. Santo Abádio. Ver “Abádio (em latimAbadius) foi um mártir romano do século IV. Nasceu em Bilgas no Egito. Era um soldado do exército que professou sua fé em Cristo durante o reinado do imperador Diocleciano (r. 284–305). Após confessar sua fé em Calaquis, foi martirizado.[1] É celebrado em 20 de janeiro. A informação sobre ele pode ser achada no Sinaxário Árabo-Jacobita.[2]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Abádio

18. Santo Agostinho de Nidaros (Augustinhos Nidroniensis, em norueguês). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Agostinho_de_Nidrósia

19. Outros santos do dia 20 de janeiro, 46-72: VIDAS DOS SANTOS – 2.pdf (obrascatolicas.com)

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 20 de janeiro, ver ainda: 20 de janeiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 144-146:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

2 comentários em “Santas e Santos de 20 de janeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.