Santas e Santos de 23 de janeiro

1.   Em Ce­sa­reia da Mau­ri­tânia, hoje Cher­chell, na Ar­gélia, os santos már­tires Se­ve­riano (na Folhinha do Coração de Jesus) e Áquila (também na Folhinha do Coração de Jesus), côn­juges, que mor­reram quei­mados no fogo. († s. III)

2.   Em Roma, no ce­mi­tério Maior, junto à Via No­men­tana, Santa Eme­ren­ciana, mártir. († c. s. IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, próximo a 305, Santa Emerenciana, virgem e mártir. Ainda uma simples catecúmena, rezava no túmulo de Santa Inês, de quem tinha sido irmã de leite, quando foi apedrejada pelos pagãos. (M). Ver páginas 137-138: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

Ver “Santa Emerenciana foi uma mártir romana do século IV. De acordo com sua hagiografia, a mãe de Emerenciana foi uma ama-de-leite e babá de Inês, uma rica herdeira romana que foi martirizada depois recusar um casamento forçado. Emerenciana era uma catecúmena, ainda aprendendo sobre o cristianismo, e não batizada ainda, e acabou se tornando um exemplo da crença de que os mártires são “batizados no sangue”, podendo aceder ao paraíso mesmo antes de conseguirem o batismo.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Emerenciana

3.   Em An­cara, ci­dade da Ga­lácia, na ac­tual Tur­quia, os santos Cle­mente, bispo, e Aga­tân­gelo, mártires. († s. IV). Ver pág. 138 “No mesmo dia, em Ancira, na Galácia, São Clemente, bispo, matirizado sob Diocleciano. Preso pela fé, foi levado de cidade em cidade, sob os mais variados tormentos. Decapitado em 309.”:

4*.   Em Teano, na Cam­pânia, re­gião da Itália, a co­me­mo­ração de Santo Amásio, bispo. († c. 356)

5.   Em To­ledo, na Es­panha, Santo Il­de­fonso, bispo, que foi monge e prior de um ce­nóbio e de­pois eleito para o epis­co­pado; es­creveu nu­me­rosos li­vros de emi­nente lin­guagem, compôs in­signes preces li­túr­gicas e ve­nerou com ad­mi­rável zelo e pi­e­dade a sempre Virgem Maria, Mãe de Deus. († 667). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 667, Santo Ildefonso (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Toledo, que escreveu um livro em defesa da virgindade perpétua da Santa Mãe de Deus. (M). Ver páginas 133-136: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

Ver “Ildefonso de Toledo (em latimHildefonsus Toletanus) foi arcebispo de Toledo, entre 657 e 667. É considerado santo pela Igreja Católica e pela Igreja Ortodoxa. Julga-se que descendesse da família real visigótica. Fez uso dos seus bens para edificar um mosteiro feminino, e mais tarde fez-se, ele mesmo, monge, antes de se tornar arcebispo de Toledo, posição que serviu durante dez anos, sob o reinado de Recesvinto. O seu nome deriva do gótico Hildefuns, donde derivou mais tarde também o nome Afonso.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ildefonso_de_Toledo

6*.   Em Dam­pi­erre, no ter­ri­tório de Be­sançon, na Bor­gonha, ac­tu­al­mente na França, São Main­bodo, na­tural da Ir­landa, que se fez pe­re­grino e ere­mita e, se­gundo a tra­dição, foi morto por ladrões. († c. s. VIII)

7.   Em Seul, na Co­reia, Santo André Chong (Tyong) Hwa-gyong, ca­te­quista e mártir, que, pres­tando au­xílio ao santo bispo Lou­renço Im­bert, fez da sua casa re­fúgio para os cris­tãos e por isso foi cru­el­mente fla­ge­lado e fi­nal­mente en­for­cado no cárcere. († 1840)

8. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 841, São Barnardo. Originário de uma família nobre, deixou a carreira das armas para consagrar seus bens à fundação de um mosteiro em Bresse, onde tomou o hábito. Eleito abade algum tempo depois, e posteriormente nomeado bispo de Vienne, dedicou-se ao serviço da Igreja e da fé. (X)

9. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na ilha de Chipre, São João, Patriarca de Alexandria, cognominado o “Esmoler” por causa de sua grande liberalidade para com os pobres. A forma de seu apostolado relaciona-se a origem da Ordem religiosa e militar dos Hospitalários de São João, depois chamada de Cavaleiros de Malta. (M). Ver páginas 124-132: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

10. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Egito, perto de 290, Santo Asclas. Intimado a adorar os ídolos em obediência aos editos imperiais, declarou que temia mais os julgamentos de Deus do que todas as ameaças dos homens. (M)

11. Santa Marianne Cope. Ver “Santa Marianne Cope (Santa Marianne de Molokaʻi) O.S.F. (HeppenheimGrão-Ducado de Hesse23 de janeiro de 1838 – KalaupapaHavai, Estados Unidos, 9 de agosto de 1918) foi uma religiosa católica norte-americana… Foi beatificada em 14 de maio de 2005 pelo Papa Bento XVI e canonizada pelo mesmo Papa em 21 de outubro de 2012,[1] sendo a 11.ª pessoa dos Estados Unidos a ser canonizada. A sua festa litúrgica é em 23 de janeiro (Igreja Católica) e 15 de abril (Igreja Episcopal dos Estados Unidos).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Marianne_Cope

12. Outros santos do dia 23 de janeiro, 124-140: VIDAS DOS SANTOS – 2.pdf (obrascatolicas.com)

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 22 de janeiro, ver ainda: 22 de janeiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 152-153:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.