Santas e Santos de 27 de abril

* Solenidade de NOSSA SENHORA DE MONSERRATE (27 DE ABRIL NA CATALUNHA), e conforme o Martirológio Romano-Monástico de 08 de setembro, titular da Abadia Territorial de Nossa Senhora de Monserrate, no Rio de Janeiro, e padroeira principal das arquidioceses de Curitiba e Vitória, da diocese de Juazeiro e da prelazia de Lábrea. Nas cidades de Curitiba e Santos, é padroeira. Nas catedrais de Curitiba (Nossa Senhora da Luz), Vitória (Nossa Senhora da Vitória), Juazeiro (Nossa Senhora das Grotas) e Lábrea (Nossa Senhora de Nazaré), solenidade da titular.

– Ver “NOSSA SENHORA DE MONSERRATE[1] OU VIRGEM NEGRA DE MONTSERRAT[2] (em catalãoMare de Déu de Montserrat[3], que significa “Mãe de Deus do Monte Serreado”[4]) é uma imagem de Maria, a mãe de Jesus Cristo, localizada no Mosteiro de Montserrat, no município de Monistrol de Montserrat, na província de Barcelona, na Catalunha, na Espanha. É conhecida popularmente como La Moreneta (“A Morena”) … Da Catalunha, o culto a Nossa Senhora do Monte Serrat se espalhou para outros pontos do globo. Dessa forma, ela se tornou, também, a padroeira das cidades de CotiaSalto e Santos, no estado de São Paulo, no Brasil.”. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Virgem_de_Montserrat

-Ver ainda “…A devoção se estendeu por todas partes do mundo por meio das expedições marítimas espanholas. Os missionários a levaram para as Américas. No Brasil foi introduzida por Francisco de Souza, governador- geral, em 1590. Na cidade de Santos, é festejada como Padroeira oficial da cidade, em 08 de setembro. Esta era a antiga data da sua celebração no Mosteiro Santuário de Montserrat que a transferiu para o dia 27 de abril.”: https://comeceodiafeliz.com.br/maria/nossa-senhora-de-montserrat

-Ver também: “Em 11 de Setembro de 1844, o Papa Leão XIII, declarou oficialmente a VIRGEM DE MONTSERRAT, padroeira da Catalunha e a sua festa é realizada a 27 de Abril.”.  https://asvoltasdovento.blogspot.com/2010/03/lenda-de-nossa-senhora-de-montserrat.html

SOLENIDADES E FESTAS DE NOSSA SENHORA:

* Festa da Na­ti­vi­dade da Virgem Santa Maria, da des­cen­dência de Abraão, nas­cida da tribo de Judá, da li­nhagem régia de David, da qual nasceu o Filho de Deus, feito homem por vir­tude do Es­pí­rito Santo, para li­bertar os ho­mens da an­tiga es­cra­vidão do pecado.

* Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 08 de setembro, FESTA DA NATIVIDADE DA BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA, herdeira das Alianças e das promessas de Israel, de quem Cristo se originou, segundo a sua humanidade. Essa festa é igualmente celebrada pelos orientais bizantinos e siríacos, ao passo que os gregos e coptas a celebram na vigília deste dia. (R).

* Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Natividade_de_Nossa_Senhora

Ver ainda: NATIVIDADE DA SANTÍSSIMA VIRGEM: Ver páginas 99-100: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

* NOSSA SENHORA DA PENHA: ver 08 de abril. Ver:  

http://www.arquisp.org.br/liturgia/santo-do-dia/nossa-senhora-da-penha

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Penha_de_Fran%C3%A7a

https://www.altoastral.com.br/nossa-senhora-da-penAa/

Ver ainda: págs. 366-374. OBSERVAÇÃO: entre as páginas 370-373,

NOSSA SENHORA APARECIDA: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– VER MAIS:

* NOSSA SENHORA DA CARIDADE DO COBRE: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Caridade_do_Cobre

* NOSSA SENHORA DE NAZARÉ: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_de_Nazaré

* NOSSA SENHORA DA PENNA (também na Freguesia – Rio de Janeiro): https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Pena

* NOSSA SENHORA DO PORTO: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Porto

* NOSSA SENHORA DA SAÚDE  https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Saúde

* NOSSA SENHORA MÃE DA DIVINA GRAÇA, padroeira da cidade de Parnaíba, Piauí. No Martirológio Romano-Monástico, festa em 11 de outubro. No Diretório de Liturgia da CNBB, dia 11 de outubro é DEDICAÇÃO DA CATEDRAL. Ver: http://obviousmag.org/a_literatura_vivendo_em_mim/2017/dia-08-de-setembro-festa-da-mae-da-divina-gracapadroeira-da-cidade-de-parnaiba.html – VER TAMBÉM: http://www.diocesedeparnaiba.org.br/

* NOSSA SENHORA DOS PRAZERES ou NOSSA SENHORA DAS SETE ALEGRIAS (28 DE ABRIL ou 11 DE ABRIL, ou SEGUNDA-FEIRA, APÓS O 2º DOMINGO DE PÁSCOA). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_dos_Prazeres#cite_note-3 e: https://www.facebook.com/Comiss%C3%A3o-de-Festa-Nossa-Senhora-dos-Prazeres-2020-Carvalhal-562570733920893/

* NOSSA SENHORA DAS ALEGRIAS OU NOSSA SENHORA DOS PRAZERES. Ver: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-nossa-senhora-dos-prazeres/42/102/ e também: https://joaobidu.com.br/nossa-senhora-dos-prazeres-oracao/ e: https://pt.zenit.org/articles/nossa-senhora-dos-prazeres-ou-das-alegrias/

FESTA DA MATERNIDADE DA BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA (11 DE OUTUBRO). Instituída por Pio XI em 1931. Ver: Carta Encíclica LUX VERITATIS: http://w2.vatican.va/content/pius-xi/it/encyclicals/documents/hf_p-xi_enc_19311225_lux-veritatis.html

– Ver páginas 107-108: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

– Ver também motivo da festa em 11 de outubro: http://farfalline.blogspot.com/2014/10/maternidade-divina-de-Maria.html

http://espelhodejustica.blogspot.com/2017/10/11-de-outubro-maternidade-divina-de-n.html

OBSERVAÇÃO SOBRE 27 DE ABRIL:

Em 27 de abril de 2014, canonização de São João XXIII e São João Paulo II

OUTROS SANTOS DE 27 DE ABRIL

1.   Em Je­ru­salém, a co­me­mo­ração de São Si­meão, bispo e mártir, que, se­gundo a tra­dição, era filho de Cléofas e pa­rente do Sal­vador se­gundo a carne e, or­de­nado bispo de Je­ru­salém como su­cessor de Tiago, irmão do Se­nhor, du­rante a per­se­guição de Tra­jano so­freu muitos su­plí­cios e em avan­çada idade re­cebeu a coroa glo­riosa do mar­tírio na cruz. († 107)

2.   Em Cí­bali, na Pa­nónia, hoje Vin­ko­veze, na Croácia, São Po­lião, leitor e mártir, que, preso na per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano e in­ter­ro­gado pelo pre­feito Probo, por ter con­fes­sado com in­que­bran­tável cons­tância a sua fé em Cristo e re­cu­sado sa­cri­ficar aos ídolos, foi lan­çado às chamas e quei­mado fora dos muros da cidade. († c. 303)

­-No Martirológio Romano-Monástico, dia 28 de abril. No vale do Danúbio, no ano do Senhor de 304, o martírio de São Polião. Ao juiz que o interrogou sobre sua religião, falou dos deveres “de humanidade para com os hóspedes, de misericórdia para com os pobres e de caridade para com todos” (Paixão – M).

3.   Em Ta­ben­nési, lo­ca­li­dade da Te­baida, no Egipto, São Te­o­doro, abade, que foi dis­discí­pulo de São Pa­cómio e pai da «Con­gre­gação» de mos­teiros nesta região. († s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Tebaida, no ano do Senhor de 368, São Teodoro, discípulo de São Pacômio. “Cheio da graça de Cristo e ardente pela ação do Espírito Santo, mostrava-se hábil em reconciliar os irmãos divididos”. Também foi chamado a acompanhar seu sucessor, São Horsiésio, em seu governo e em sua catequese. (M)

4*.   Em Al­tino, na Ve­nécia, no ac­tual Vé­neto, re­gião da Itália, São Li­beral, eremita. († c. 400)

5*.   Na ilha de Man, na costa se­ten­tri­onal do País de Gales, São Magão ou Ma­galdo, bispo, au­re­o­lado com a fama de grande santidade. († s. VI)

6.   Na ilha de Afúsia, na Propôn­tide, junto ao mar Egeu, na ac­tual Tur­quia, São João, he­gú­meno, que, no tempo do im­pe­rador Leão o Ar­ménio, com­bateu te­naz­mente a favor do culto das sa­gradas imagens. († s. IX)

7*.   Em Lucca, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, Santa Zita (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, de origem hu­milde, que, en­tregue com doze anos de idade ao tra­balho do­més­tico da fa­mília Fa­ti­nélli, per­ma­neceu com ad­mi­rável pa­ci­ência ao seu ser­viço até à morte. († 1278).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1272, Santa Zita, virgem. Filha de um jardineiro de Lucca, na Toscana, ajudava nos trabalhos de arrumação e na horta, consagrando dessa forma toda a sua vida ao serviço dos outros, sob o olhar de Deus. (M).

– Ver sua linda história “Santa Zita de Lucca, serva durante toda a sua vida…” às páginas 281-288: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

– Ver também “Zita de Lucca ou Santa Zita (Lucac. 1212 – Luca, 27 de abril de 1272) é uma santa italiana e denominada Padroeira das serventes e empregadas domésticas.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Zita_de_Lucca

8*.   Em Tar­ra­gona, no reino de Aragão, no li­toral da Es­panha, São Pedro Ermengol, que, de­pois de ter sido chefe de sal­te­a­dores, se con­verteu a Deus e in­gressou na Ordem de Nossa Se­nhora das Mercês, de­di­cando-se in­ten­sa­mente à re­denção dos ca­tivos na África. († 1304).

– Ver “Bem-aventurado Pedro Armengol, confessor” páginas 291-295: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

– Ver também “SÃO PEDRO ARMENGOL, Mercedário. Grande pecador convertido, modelo de confiança em Maria.”: http://www.santosebeatoscatolicos.com/2015/04/sao-pedro-de-armengol-mercedario-grande.html

9*.   Em Bi­tetto, na Apúlia, re­gião da Itália, o Beato Tiago de Lá­dere Varinger, re­li­gioso da Ordem dos Menores. († c. 1485)

10*.   Em Cá­taro, no Mon­te­negro, a Beata Ca­ta­rina, virgem, que, bap­ti­zada na Igreja Or­to­doxa, in­gressou na Ordem da Pe­ni­tência de São Do­mingos, to­mando o nome de Hos­sana, e viveu em clau­sura cin­quenta e um anos, de­di­cada à con­tem­plação di­vina e à pi­e­dosa sú­plica pelo povo cristão du­rante a in­vasão dos Turcos. (1565)

11*.   Em Reims, na França, o Beato Ni­colau Roland, pres­bí­tero, que, so­lí­cito pela for­mação cristã das cri­anças, cons­truiu es­colas para as me­ninas po­bres, ex­cluídas de qual­quer gé­nero de ins­trução, e fundou a Con­gre­gação das Irmãs do Me­nino Jesus. (1678)

12*.   Em Ninh-Binh, ci­dade do Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Lou­renço Nguyen Van Huong, pres­bí­tero e mártir, que foi preso numa noite em que vi­si­tava um mo­ri­bundo e, porque re­cusou calcar a cruz, foi fla­ge­lado e de­pois de­go­lado no tempo do im­pe­rador Tu Duc. (1856)

13*.   Em Sa­la­manca, na Es­panha, a Beata Maria An­tónia Ban­drés y Elósegui, virgem da Con­gre­gação das Fi­lhas de Jesus, que se­guiu com pa­ci­ente se­re­ni­dade, mesmo na de­so­lação, a sua vida con­sa­grada a Deus, que em breve tempo foi consumada. († 1919)

14.  Santo Ântimo, bispo e mártir.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Nicomédia Santo Antimo, bispo. Durante a perseguição de Diocleciano, foi decapitado ao confessar o nome de Cristo. Quase todo o seu rebanho o seguiu na glória do martírio – M).

– Ver páginas 289-290:  http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf  

15. Em Bolonha, São Tertuliano, (também na Folhinha do Coração de Jesus) bispo e confessor.

– Ver página 296: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

16. Em Constantinopla, São João, (também na Folhinha do Coração de Jesus) abade, que combateu muito sob Leão, o Isauriano, pelo culto das santas imagens.

– Ver página 297: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

17. São Rafael Arnaiz Baron (09/04/1911-26/04/1938). “Beatificação em 27 de setembro de 1992 pelo Papa João Paulo II. Canonização em 11 de outubro de 2009Roma por Papa Bento XVI. Principal templo: Monastério Trapista de Santo Isidro, PalênciaEspanha. Festa litúrgica: 26 de abril.

Consta na Wikipedia de 27 de abril). “Rafael Arnáiz Barón, conhecido como Irmão Rafael (Província de BurgosEspanha 9 de abril de 1911 – Monastério de Santo Isidro,[1] Província de PalênciaEspanha 26 de abril de 1938) foi um Monge da Ordem Trapista-Cisterciense. Mesmo tendo falecido jovem, é considerado um dos grandes místicos do Século XX.[2] Foi canonizado pelo Papa Bento XVI em 11 de outubro de 2009.[3]

-Oração feita por ele 9 dias antes de ir para Deus em 17 de abril de 1937 de 1937: “Em nome do Deus Santo, tomo hoje a pena para que as minhas palavras, que se imprimem sobre a folha branca, sirvam de louvor perpétuo ao Deus bendito, autor da minha vida, da minha alma, do meu coração. Gostaria que o universo inteiro, com os planetas, todos os astros e os inúmeros sistemas estelares, fosse uma imensa extensão, polida e brilhante, onde eu pudesse escrever o nome de Deus. Gostaria que a minha voz fosse mais potente que mil trovões, mais forte que o estrépito do mar, e mais terrível que o bramido dos vulcões, para dizer apenas: Deus! Gostaria que o meu coração fosse tão grande como o céu, puro como o dos anjos, simples como o da pomba, para nele pôr Deus! Mas, dado que toda esta grandeza com que sonhaste não se pode tornar realidade, contenta-te com pouco e contigo, que não és nada, Irmão Rafael, porque o nada deve bastar-te […]”. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Rafael_Arn%C3%A1iz_Bar%C3%B3n

– Ver dia 26 de abril: No mos­teiro de São Pedro de Dueñas, em Pa­lência, ci­dade da Es­panha, São Ra­fael Ar­naiz Barón, re­li­gioso da Ordem Cis­ter­ci­ense, que, atin­gido por uma grave do­ença ainda du­rante o no­vi­ciado, su­portou com firme pa­ci­ência a sua pre­cária saúde, con­fi­ando sempre em Deus. († 1938)

18. Outros santos do dia 27 de abril: págs: 281-297 (vol.07):

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 27 de abril, ver ainda: 27 de abril – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 356-358:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.(últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.