Santas e Santos de 06 de março (atualizado dia 07.03.2022)

1.   Em Tor­tona, na Li­gúria, hoje no Pi­e­monte, re­gião da Itália, São Mar­ciano (também na Folhinha do Coração de Jesus) ve­ne­rado como bispo e mártir. († data inc.)

2.   Em Ni­co­média, na Bi­tínia, hoje Izmit, na Tur­quia, São Vi­to­rino, mártir. († data inc.)

3.   Em Tré­veris, ci­dade da Gália Bél­gica, hoje na Ale­manha, São Qui­ríaco, presbítero. († s. IV in.)

4.   Co­me­mo­ração de Santo Evá­grio, bispo de Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, que, tendo sido de­por­tado para o exílio pelo im­pe­rador Va­lente, partiu deste mundo para o Se­nhor como in­signe con­fessor da fé. († c. 378)

5.   Em To­ledo, na Es­panha, São Ju­lião, bispo, que reuniu nesta ci­dade três con­cí­lios e expôs nos seus es­critos a recta dou­trina, ma­ni­fes­tando grande sen­tido da jus­tiça, ca­ri­dade e zelo das almas. († 690)

6.   Em Säckingen, no ter­ri­tório da ac­tual Suíça, São Fri­do­lino, abade, que, oriundo da Ir­landa, pe­re­grinou através da Gália e chegou a Säckingen, onde fundou dois mos­teiros em honra de Santo Hilário. († s. VIII).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Fridolino, monge irlandês. Depois de ter passado longo tempo em Poitiers, retomou seu bastão de peregrino, espalhando a semente do Evangelho através da Gália antes de se fixar em Sakingen, perto de Basiléia, onde fundou um duplo mosteiro em honra de S. Hilário. (X).

– Ver “São Fridolinho ou Fridolinho de Säckingen (às vezes também grafado Fridolino, por influência da língua italiana) foi um missionário fundador da Abadia de Säckingen, na BavieraAlemanha, entre os séculos VI e VII.[1][2] Ele é consagrado “Apóstolo dos alamanos“, embora de acordo com a tradição seja originário da Irlanda.[1]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Fridolinho_de_S%C3%A4ckingen

7.   Em Metz, na Aus­trásia, ac­tu­al­mente na França, São Cro­de­gando (ou Cadroé, ou Crodegand, conforme o Martirológio Romano-Monástico. Bispo de Metz, foi um dos primeiros a adotar e propagar na Gália a liturgia romana e o canto gregoriano, e a dar aos cônegos uma regra de vida fraterna. Foi sepultado na abadia de Gorze que havia sido fundada por ele. – X) bispo, que re­co­mendou ao clero a ob­ser­vância claus­tral com uma norma de vida ir­re­pre­en­sível e pro­moveu de modo in­signe o canto da Igreja. († 766).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 766, São Cadroé (ou Crodegang), bispo de Metz, que foi um dos primeiros a adotar e propagar na Gália a liturgia romana e o canto gregoriano, e a dar aos cônegos uma regra de vida fraterna. Foi sepultado na abadia de Gorze, que havia sido fundada por ele. (X).

– Ver páginas 216-217: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

Ver “Crodegango de Métis, (Hesbaye (Bélgica moderna), c.712 – Métis no 6 de março de  766), também chamado de GodegrandGundigranRatgangRodigangSirigang. Ele é filho de Sigramo e Landrada, esta última pertencente à família dos Robertianos. Ele é um dos atores do renascimento carolíngio e foi bispo de Métis.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Chrodegang_de_Metz

8.   Na Síria, a paixão de qua­renta e dois santos mártires, que, tendo sido presos em Amório da Frígia e con­du­zidos ao rio Eu­frates, su­por­taram um glo­rioso com­bate e re­ce­beram vi­to­ri­osos a palma do martírio.

Ver págs. 207-213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf(† 848)

9*.    Em Bar­ce­lona, na Ca­ta­lunha, re­gião da Es­panha, Santo Ole­gário (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que tomou também a cá­tedra epis­copal de Tar­ra­gona, quando esta an­tiquís­sima di­o­cese foi li­berta do do­mínio dos Mouros. († 1137).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1137, o Bem-Aventurado Olegário, bispo de Barcelona, depois arcebispo de Tarragona, mediador da paz entre os príncipes de seu tempo. (M).

Ver  “Olegário Bonestruga (Barcelona1060 – ?, 6 de março de 1137), santo católico, foi bispo de Barcelona e Arcebispo de Tarragona.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Santo_Oleg%C3%A1rio

– Ver “… Em 1123 Ollegarius foi a Roma para assistir ao primeiro Concílio de Latrão, onde pediu ao Papa Calisto II e à assembleia que decretassem que os privilégios que estavam sendo oferecidos aos que participassem das cruzadas na Palestina fossem estendidos àqueles que lutariam contra os muçulmanos na Espanha.
Sua petição foi concedida, e ele voltou para casa como delegado apostólico encarregado de pregar uma cruzada contra os mouros.
O sucesso coroou seus esforços, e o conde Raymond conseguiu obter reforços suficientes para infligir graves perdas aos mouros e expulsá-los de algumas de suas fortalezas.
Ollegarius também fez muito para encorajar e estender em sua diocese a recém-formada Ordem dos Cavaleiros Templários. Sua cidade metropolitana de Tarragona havia sido quase totalmente destruída pelos mouros, e ele começou a trabalhar para reconstruí-la e restaurá-la. Ollegarius também fez do cuidado dos doentes pobres, e em particular dos aflitos mentais, o objeto de sua especial solicitude. Embora estivesse intimamente ligado à família governante, não hesitou em denunciar o conde Raimundo III quando o conde procurou reimpor um tributo injusto que seu pai, Raimundo Berengário, havia remetido. Em um sínodo em 1137, o arcebispo, que era idoso e com a saúde debilitada, adoeceu subitamente. Ele foi carregado da câmara do conselho para sua cama, da qual nunca mais se levantou…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch06.html

10*.   Em Vi­terbo, na Tos­cana, re­gião da Itália, a Beata Rosa (também na Folhinha do Coração de Jesus, Rosa de Viterbo), virgem, da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, que se en­tregou di­li­gen­te­mente às obras de ca­ri­dade e con­sumou pre­co­ce­mente o breve curso da sua vida aos de­zoito anos de idade. († 1253).

 – Conforme o Martirológio Romano-Monástico (de 06 de março), em 1252 Santa Rosa de Viterbo, jovem cristã de dezoito anos, que partiu ao encontro de Cristo depois de haver-lhe consagrado sua grande beleza física e espiritual. (M).

Ver também 04 de setembro: Santa Rosa de Viterbo. Páginas 33-35: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf:

– Ver também “Santa Rosa perseverou no caminho da santidade e, aos dezoito anos, foi acometida de uma doença que a levou para a Eterna Morada de Deus.

Santa Rosa de Viterbo, rogai por nós!”: https://santo.cancaonova.com/santo/santa-rosa-de-viterbo/

11.   Em Gand, ci­dade da Flan­dres, na ac­tual Bél­gica, Santa Co­leta Boylet (Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Santa Coleta, ou Nicole, terciária franciscana), virgem, que, de­pois de passar três anos de ri­go­rosa aus­te­ri­dade, re­clusa numa pe­quena ha­bi­tação junto da igreja, pro­fessou a Regra de São Fran­cisco e re­con­duziu muitos mos­teiros de Cla­rissas à ob­ser­vância pri­mi­tiva, pro­mo­vendo es­pe­ci­al­mente o es­pí­rito de po­breza e de penitência. († 1447).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na cidade de Gand, em Flandres, cerca de 1447, Santa Coleta (ou Nicole), virgem. Terciária franciscana, levou inicialmente, uma vida de reclusa perto da igreja de Corbie, sua cidade natal. Depois, empenhou-se em reavivar o amor e a prática da pobreza evangélica na Ordem das Clarissas, da qual veio a tornar-se abadessa geral. (M)

– Ver também sobre Santa Coleta (ou Nicolina) às págs. 200-206:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

– Ver “Padroeira dos familiares perdidos, das gestantes e dos recém-nascidos doentes.”: https://santinhoz.com.br/santinha-nicole/

– VER 07 DE FEVEREIRO:

Santa Coleta (também na Folhinha do Coração de Jesus de 07 de fevereiro)

– Ver “… Colette não buscou os holofotes, mas ao fazer a vontade de Deus ela certamente atraiu muita atenção. Colette nasceu em Corbie, França. Aos 21 anos ela começou a seguir a Regra da Terceira Ordem e se tornou uma âncora, uma mulher emparedada em um quarto cuja única abertura era uma janela para uma igreja.
Após quatro anos de oração e penitência nesta cela, ela a deixou. Com a aprovação e encorajamento do papa, ela se juntou às Clarissas e reintroduziu a primitiva Regra de Santa Clara nos 17 mosteiros que ela estabeleceu. Suas irmãs eram conhecidas por sua pobreza — rejeitavam qualquer renda fixa — e por seu jejum perpétuo. O movimento de reforma de Colette se espalhou para outros países e ainda está prosperando hoje. Colette foi canonizada em 1807.
Comentário: Colette começou sua reforma durante a época do Grande Cisma Ocidental (1378-1417), quando três homens afirmaram ser papa e, assim, dividiram o cristianismo ocidental. O século 15 em geral foi muito difícil para a Igreja Ocidental. Os abusos há muito negligenciados custaram caro à Igreja no século seguinte; as orações de Colette e seus seguidores podem ter diminuído os problemas da Igreja no século XVI. Em todo caso, a reforma de Colette indicou a necessidade de toda a Igreja seguir Cristo mais de perto. 

Citação: Em seu testamento espiritual, Colette disse às suas irmãs: “Devemos cumprir fielmente o que prometemos. vida e morrer uma morte santa. Que o Pai de toda misericórdia, o Filho por sua santa paixão e o Espírito Santo, fonte de paz, doçura e amor, nos encha de sua consolação”…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayFebruary07.html#1447_St._Colette_Poor_Clare_17

– Ver ainda “… 1447 Santa Colette distribuiu sua herança aos pobres santidade sabedoria espiritual Superiora de todas as Clarissas conventos santidade, êxtases visões da Paixão, profetizado . Em Ghent, na Flandres, Santa Collette, virgem, que primeiro professou a regra da Ordem Terceira de São Francisco, e depois, por inspiração do Espírito Santo, restaurou a disciplina prístina a um grande número de mosteiros de monjas de a Segunda Ordem. Porque ela foi agraciada com virtudes celestiais, e realizou inúmeros milagres, ela foi inscrita no rol dos santos pelo Papa Pio VII …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch06.html

– Ver ainda “… Dia de Santa Coleta: 07 de fevereiro … Reformadora das Ordens das Irmãs Clarissas e dos Irmãos Menores de São Francisco, a humildade era sua virtude favorita, e a alegria lhe aumentava na proporção do desprezo que se fazia de sua pessoa…”: https://www.youtube.com/watch?v=ugwaPgC1uns

– Ver também “… Colette of Corbie, P.C.C., (13 de janeiro de 1381 – 6 de março de 1447) foi uma abadessa francesa e fundadora das Pobres Clarissas Coletinas, um ramo reformador da Ordem de Santa Clara, mais conhecida como as Clarissas. Ela é homenageada como uma santa na Igreja Católica. Devido a uma série de eventos milagrosos ocorridos durante sua vida, ela é venerada como a santa padroeira das mulheres que procuram engravidar, grávidas e crianças doentes… Segundo a lenda, uma camponesa local deu à luz uma criança natimorta. Em desespero, por temer pela alma da criança, o pai levou o bebê ao pároco local para ser batizado. Vendo que a criança já estava morta, o padre recusou-se a batizar o corpo. Quando o homem insistiu, frustrado, o padre disse-lhe que fosse até as freiras, o que ele fez imediatamente. Ao chegar ao mosteiro, Madre Colette foi informada de sua situação pela porteira. A resposta dela foi tirar o véu que lhe foi dado pelo Papa, quando este lhe deu o hábito da Segunda Ordem, e disse à porteira que mandasse o pai enrolar nele o corpo da criança e voltar ao padre. Quando chegou à igreja paroquial com seu pequeno embrulho, a criança estava consciente e chorando. O padre imediatamente batizou o bebê.[11]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Colette_de_Corbie

12. Conforme o Martirológio Romano de 05 de março, na Pan­fília, na ac­tual Tur­quia, São Cónon, mártir, um jar­di­neiro que, no tempo do im­pe­rador Décio, foi obri­gado a correr di­ante dum carro, com cravos es­pe­tados nos pés e, caindo de jo­e­lhos, em oração en­tregou o es­pí­rito a Deus. († c. 250).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 06 de março e também a Folhinha do Coração de Jesus, no Oriente, perto de 250, a paixão de São Conon, jardineiro cristão condenado a correr na frente de um carro, tendo seus pés atravessados por cravos, porque havia confessado ser discípulo de Jesus crucificado. (M)

Ver São Conon e a esposa Maria (Em Isáuria, Bida, São Conon e a esposa, Maria; época incerta.): página 198: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

– Ver ainda: páginas 214-216: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

13. Outros santas e santos do dia 06 de março, páginas 200-219: VIDAS DOS SANTOS – 4.pdf (obrascatolicas.com)

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 06 de março, ver também: 6 de março – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 243-244: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch06.html

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Agatão, lembrado em 21 de outubro)

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!” (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

* “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

* Dia 17 de janeiro: Santo Antão (ou Antônio). Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado, nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

* Sobre SANTO ANDRÉ CORSINI (04 de fevereiro): “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração”.

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.