Santas e Santos de 30 de março

1. Em Ásti, na Transpadana, hoje na Itália, São Segundo, mártir, no Martirológio Romano de 30 de março† data inc. 

 Conforme o Martirológio Romano-Monástico (de 29 de março), em Asti, no Piemonte, perto de 134, o martírio de São Segundo (também na Folhinha do Coração de Jesus de 29 de março, São Secundo), preso e decapitado por haver cuidado da sepultura de um cristão que o havia convertido e instruído. (M). 

– Ver “Na cidade de Asti, São Segundo, mártir, em 1l9. Nobre, idólatra, convertido, foi batizado pelos Santos Faustino e Jovito. Condenado por Saprício a cruéis torturas, foi decapitado sob Adriano. É o principal patrono de Asti, em cuja catedral jazem suas relíquias, veneradíssimas.”, página 365: VIDAS DOS SANTOS – 5.pdf (obrascatolicas.com) 

2.   Em Tessalónica, na Macedónia, na actual Grécia, São Senhorinho (Donino), mártir. († s. IV). 

Em Tessalônica, perto de 304, São Donino (também na Folhinha do Coração de Jesus), que deu um corajoso testemunho de Cristo ao ser torturado (conforme Martirológio Romano-Monástico – M) 

3.   Em Senlis, na Gália Lugdunense, na actual França, São Régulo (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († s. IV). 

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. III, São Régulo, bispo de Senlis, que foi, juntamente com São Dionísio de Paris e São Luciano de Beauvais, um dos primeiros evangelizadores da Gália. (M). 

– Ver também às páginas 377-379: 

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf  

4.   Comemoração de muitos santos mártires, que, em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia, no tempo do imperador Constâncio, por ordem do bispo ariano Macedónio, foram mandados para o exílio e torturados com inauditos tormentos. († s. IV) 

5.   No monte Sinai, no Egipto, São João, abade (também na Folhinha do Coração de Jesus), que escreveu para instrução dos monges o memorável tratado «Escada do Paraíso», no qual apresenta o caminho da perfeição espiritual na forma de uma escada de trinta graus na subida da alma para Deus, o que lhe mereceu o sobrenome de «Clímaco». († 649). 

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em meados do séc. VII, São João Clímaco, monge. Originário da Palestina, retirou-se, após brilhantes estudos, ao deserto do Monte Sinai. Escreveu uma obra intitulada A Escada do Paraíso, verdadeira suma de espiritualidade monástica, que lhe conferiu, na Igreja Bizantina, o primeiro lugar entre os doutores místicos, e lhe valeu o sobrenome de “Clímaco”. (M). 

Ver também páginas 367-371: 

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf  

– Ver também “SãoJoão Clímaco (em grego: Ἰωάννης τῆς Κλίμακος; em latim: Joannes Climacus ou Johannes Climacus), também conhecido como João da Escada, João Escolástico e João Sinaíta, foi um monge cristão do século VI d.C. do mosteiro no Monte Sinai. Seu nome deriva do grego “klímax“, que significa “escada” e a sua ascensão espiritual correspondente. 

A festa de São João Clímaco é em 30 de março, tanto no oriente quanto no ocidente.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Cl%C3%ADmaco 

6.   Em Siracusa, na Sicília, região da Itália, São Zósimo, bispo, que foi primeiramente o humilde guarda do túmulo de Santa Luzia e depois abade no mosteiro desta localidade. († c. 600). 

Ver também “À frente do mosteiro de santa Lúcia de Siracusa, ficou o Santo por quarenta anos, e, quando Pedro, o bispo que sucedera aquele que a Zósimo conferira o sacerdócio, morreu, o nosso santo foi visto como o novo prelado… Falecido a 30 de março, ou, segundo querem alguns, a 2l de janeiro, de 662, é o Santo invocado particularmente contra a peste.”, páginas 384-386: 

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf  

7*.   Em Coventry, na Inglaterra, Santa Osburga, primeira abadessa do mosteiro deste lugar. († c. 1018) 

– Ver dia 28 de março: 

No mesmo dia, Santa Osburga, primeira abadessa de Coventry na Inglaterra, no séc. IX (conf. Martirológio Romano-Monástico). Ver “Durante o renascimento do Catolicismo Inglês no século XIX, a primeira igreja construída em Coventry, pela vontade do Arcebispo Ullathorne foi dedicada a Santa Osburga. Em 9 de setembro de 1845 o novo edifício sagrado pode ser consagrado ao culto divino pelas mãos do Cardeal Wiseman, e neste dia do ano a Santa ainda é lembrada no calendário diocesano, a fim de evitar conflito com a Quaresma. No Martirológio Romano ela continua a ser comemorada no dia 30 de março.”: http://heroinasdacristandade.blogspot.com/2013/03/santa-osburga-de-coventry-abadessa-30.html

– Ver também “… 1016 ST OSBURGA, ABADESSA DE COVENTRY, VIRGEM
Nada se sabe da vida de Santa Osburga, exceto que ela teria sido a primeira abadessa do convento fundado pelo rei Canuto em Coventry e que sua morte ocorreu por volta de 1016. Por outro lado, é possível que ela tenha florescido em um período muito anterior. Ouvimos falar dela pela primeira vez em 1410, quando seu santuário já era objeto de culto popular e cenário de tantos milagres que o clero e o povo de Coventry pediram a observância de sua festa. Foi então convocado um sínodo, que emitiu um decreto ordenando que, no arquidiácono de Coventry, a festa de Santa Osburga fosse celebrada com a solenidade devida a um santo padroeiro. Não parece certo de que dia foi escolhido. A devoção a Santa Osburga perdurou em Coventry até depois da Reforma,
Ver Stanton, Menology, p. 137 cf. Coletânea de Leland vol. eu, pág. 50, e Dugdale, Monasticon, vol. iii, pág. 175 e 182.

Abadessa de um convento em Coventry, Inglaterra, fundado pelo rei Canuto. Seu santuário era um local popular de peregrinação durante a Idade Média por causa dos muitos milagres relatados lá.
… Também conhecido como Osberga.  Morreu c. 1016; dia de festa anteriormente 28 de março; culto confirmado no século XV. Geralmente, acredita-se que ela tenha sido a primeira abadessa do convento fundado em Coventry por Canuto antes de ser reconhecido como rei da Inglaterra, embora nada se saiba ao certo. O seu santuário tornou-se palco de tantos milagres que, em 1410, o clero e o povo de Coventry solicitaram que fosse instituída uma festa em sua honra, que foi concedida por um sínodo e ainda é celebrada na diocese de Birmingham (Attwater, Attwater2, Beneditinos, Fazendeiro)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch30.html#1016_1018_St._Osburga_many_miracles

8.   Em Aquino, no Lácio, região da Itália, São Clínio, abade. († d. 1030) 

– Ver “… 5º v São Clinius abade beneditino de Monte Cassino. Itália, ele era grego de nascimento. Foi também nomeado superior de São Pedro perto de Pontecorvo: ali se veneram relíquias.

Clinius de Pontecorvo, OSB Abade (RM) séc. V (?). Monge grego da abadia beneditina de Monte Cassino. Foi superior da casa-filha de Santo-Pietro-della-Foresta, perto de Pontecorvo, onde é venerado como padroeiro (Benedictinos, Enciclopédia)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch30.html#St._Clinius_5th_v_Benedictine_abbot_of

9.   Em Aguilera, localidade da região de Castela, na Espanha, São Pedro Regalado de Valladolid, presbítero da Ordem dos Menores, que foi insigne pela sua humildade e rigorosa penitência e fundou dois cenóbios, onde só doze irmãos deviam viver em cada eremitério. († 1456) 

10*.   Em Vercelas, no Piemonte, região da Itália, o Beato Amadeu IX, duque de Sabóia, que no seu governo promoveu por todos os meios a paz e favoreceu com seus bens e ardente zelo a causa dos pobres, das viúvas e dos órfãos. († 1472). Ver “Amadeu IX (1 de fevereiro de 1435 – 30 de março de 1472), apelidado de Amadeu, o Feliz, foi o Duque de Saboia de 1465 até sua morte… Amadeu e Iolanda da França tiveram dez filhos… Amadeu viajou como peregrino a Roma, onde permaneceu por algum tempo. Morreu em Vercelli, conhecido por sua caridade e por sua preocupação com os pobres. Em 1677, ele foi beatificado por seu trabalho com os pobres e necessitados.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Amadeu_IX,_Duque_de_Saboia 

11.   Em Su-Ryong, na Coreia, os santos mártires António Daveluy, bispo, Pedro AumaîtreMartinho Lucas Huin, presbíteros, José Chang Chu-giTomé Son Cha-son e Lucas Hwang Sok-tu, catequistas, que pela fé em Cristo morreram decapitados. († 1866) 

12*.   Em Nápoles, na Itália, São Luís de Casória (Arcângelo Palmentiéri), presbítero da Ordem dos Frades Menores, que, movido pelo ardor da caridade para com os pobres de Cristo, fundou duas congregações: os Irmãos da Caridade e as Irmãs Franciscanas de Santa Isabel. († 1885) 

13.   Em Turim, também na Itália, São Leonardo Murialdo, presbítero, que fundou a piedosa Sociedade de São José, para que as crianças abandonadas pudessem sentir os efeitos da fé e caridade cristãs. († 1900) 

– Ver 18 de maio:

São Leonardo Murialdo (também na Folhinha do Coração de Jesus, em 18 de maio).

– Ver “… Em 1873, com o apoio de alguns colaboradores, funda a Congregação de São José (Josefinos de Murialdo). Sua finalidade apostólica é a educação da juventude, especialmente pobre [JCB1] e abandonada. Abre oratórios, escolas profissionais, casas-família para jovens trabalhadores e colônias agrícolas, aprofunda o seu trabalho nas associações leigas, especialmente no campo da formação profissional dos jovens e da boa estampa.

Seu lema: Fazer e calar.

Foi homem de espírito e de oração, contemplativo na ação como Dom Bosco. Por volta de 1884 foi atingido por diversos ataques de broncopneumonia: Dom Bosco foi dar-lhe uma bênção e, apesar das provações e perturbações, viveu ainda até 1900.

Paulo VI proclamou-o Beato em 1963 e santo em 3 de maio de 1970. A perda do pai em tenra idade levou Leonardo também a ser pai e guia dos jovens que o Senhor lhe quis confiar. A sua vida, o seu etilo e a sua ação colocam-no ao lado do seu amigo e modelo São João Bosco.”: https://www.salesianos.com.br/saoleonardomurialdo/

– Ver ainda “… A entrega total a essa missão e as extenuantes horas de trabalho lhe custaram graves danos à saúde. Em 30 de março de 1900, depois de várias crises de pneumonia, Leonardo morreu. Em 1970, foi canonizado pelo papa Paulo VI. A festa de são Leonardo Murialdo foi designada para o dia 18 de maio.”: http://arquisp.org.br/liturgia/santo-do-dia/sao-leonardo-murialdo

– Ver ainda “Leonardo Murialdo (Turim, 26 de outubro de 1828 – Turim, 30 de março de 1900) foi um sacerdote e santo católico italiano, fundador da Congregação de São José, um ativo educador e um trabalhador nos interesses dos jovens pobres e dos operários… Festa litúrgica: 30 de março e 18 de maio (salesianos)”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Leonardo_Murialdo

14.   Em San Julián, localidade do território de Guadalajara, no México, São Júlio Álvarez, presbítero e mártir, que, durante a perseguição religiosa, com o derramamento do seu sangue deu testemunho da fidelidade a Cristo e à sua Igreja. († 1927) 

15*.   Em Viena, na Áustria, a Beata Maria Restituta (Helena Kafka), virgem da Congregação das Irmãs Franciscanas da Caridade Cristã e mártir, que, oriunda da Morávia, exerceu o ofício de enfermeira no Hospital, quando, durante a guerra, foi decapitada pelos inimigos da fé.  († 1943) 

16. Profeta Joad – Antigo Testamento: ver páginas 372-376: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf  

17. São João, o da cisterna, ermitão e confessor. Ver páginas 380-381: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOVer S%20-%205.pdf  

18. São Mamertino, confessor. Ver páginas 382-383:

 http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf  

– Ver “… SÃO MAMERTINHO DE AUXERRE – CONFESSOR (+ 462)
Mamertin nasceu no paganismo em torno de Auxerre. Acometido de dor num dos olhos e tumor na mão, dirigiu-se aos seus deuses para ser curado desta dupla enfermidade. Um dia, quando ele foi ao templo mais triste do que de costume, encontrou um clérigo da Igreja de Auxerre chamado Savin que lhe perguntou a causa de sua tristeza e de seu andar. Quando Mamertin lhe explicou tudo, o funcionário lhe disse: “Por que você não vai encontrar o bispo Germain? Ele vai curá-lo se você quiser renunciar à idolatria.” Mamertin reflete sobre essas palavras; sentindo a sua confiança renascer nele, passou a noite inteira no oratório de São Corcodemo. Houve uma visão que completou a sua conversão.
No dia seguinte apresentou-se ao santo bispo que, favorecido por uma visão semelhante, conheceu a mudança interior realizada em Mamertino. Ele o batizou e ao mesmo tempo lhe devolveu o uso de seus membros. O recém-batizado, para mostrar sua gratidão, consagrou-se a Deus sob a orientação do padre Aloge, no mosteiro que Germain havia construído fora da cidade. Ele progrediu na ciência e na virtude e sucedeu o piedoso Aloge como abade. Foi ele quem recebeu Marien, que veio de Berry (y. 20 de abril). Este discípulo viria um dia a sucedê-lo, e mais tarde dar o seu nome ao mosteiro.
O próprio Mamertin escreveu o relato de sua conversão, talvez por ordem de Saint Germain. Morreu na Sexta-feira Santa, 30 de março de 462. Os antigos martirológios colocaram seu nome em 20 de abril para juntá-lo, sem dúvida, ao de Marien.
Bíblia. – Acta sanctorum, abril. t. 2, pág. 758. – Hist. literal da França, T. 2, pág. 367. – Tillemont, Memórias para uso na história eclesiástica, t. 15, pág. 26…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch30.html#462_St._Mamertinus_monk_abbot_Bishop

19. Bem-aventurado Joaquim de Flore, confessor. Ver páginas 387-388: 

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf  

– Ver também “Joaquim de Fiore, também conhecido por Gioacchino da Fiore, Joaquim de Fiori, Joaquim, abade de Fiore ou Joaquim de Flora (Celico, 1135 – Pietrafitta, 30 de março de 1202) foi um abadecisterciense e filósofo místico, defensor do milenarismo e do advento da idade do Espírito Santo. O seu pensamento deu origem a diversos movimentos filosóficos, com destaque para os joaquimitas e florenses… Em Portugal, onde os franciscanos tiveram influência relevante, as ideias de Joaquim de Fiore estão subjacentes ao lançamento do culto do Espírito Santo, aparentemente com a rainha Santa Isabel, fundindo-se depois no sebastianismo e na crença no advento do Quinto Império bem patente na obra do Padre António Vieira… ”:

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Joaquim_de_Fiore

– Ver também “Os joaquimitas, joaquinitas ou espirituais,um grupo milenarista que surgiu a partir dos franciscanos, foram seguidores do abadeJoaquim de Fiore, o iniciador de um movimento heterodoxo surgido no século XII, que propunha uma rigorosa observância da Regra franciscana. Este período é considerado como um dos mais dolorosos para a Ordem Franciscana.”: Joaquimitas – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org) 

– Ver também “… 1202 Beato Joaquim de Fiore Cisterciense visionário, profeta; …  asceta,  na vida grande piedade e simplicidade OSB Cist. Abade (PC) (também conhecido como Joachim de Floris).
Nascido em Celico, Calábria, Itália, c. 1130; Joaquim foi um visionário e profeta que, cedo na vida, adotou uma vida ascética. Depois de uma peregrinação à Palestina, entrou na abadia cisterciense de Sambucina. Em 1176, tornou-se abade de Corazzo e, por volta de 1190, fundou seu próprio mosteiro em Fiore – uma nova Congregação Cisterciense. Sua vida foi marcada por grande piedade e simplicidadeEle esperava uma nova era do Espírito, quando a Igreja papal seria substituída por uma Igreja espiritual na qual papas, sacerdotes e cerimônias desapareceriam, e o Espírito Santo encheria os corações de todos os seguidores de Cristo.
Assim, seu coração era franciscano e, de certa forma, antecipava o zelo reformador e a fé simples dos quacres (quakers). Não é de surpreender que às vezes surgissem dúvidas sobre sua ortodoxia e que muitos fossem perturbados por suas visões originais e até mesmo iniciais.
No entanto, ele abriu o caminho para outros seguirem e acendeu uma esperança que percorreu o mundo medieval e agitou o intelecto da Igreja. A reforma estava no ar, e muitas coisas que ele previu ou predisse nasceram no século seguinte, nos grandes dias de Domingos, Francisco de Assis e Inácio de Loyola.
Uma nova ênfase foi colocada na obra do Espírito Santo, e depois da escuridão que precedeu, irromperam sobre o mundo visões frescas e radiantes de santidade e virtude, e com elas um novo calor e brilho da vida religiosa. Uma onda de euforia varreu a Europa, e naquela época de ouro da arte e do gênio os homens olhavam além das formas externas e encontravam em seus próprios corações uma experiência viva e pessoal de Deus.
Joaquim ajudou a dar à luz esse novo clima de sentimento e espontaneidade, que mais tarde encontrou canção em palavras como “Ó Jesus, Rei Maravilhoso” e “Jesus, o próprio pensamento de Ti“. Era Pentecostes musicado:
Quando uma vez Tu visitas o coração, Então a verdade começa a brilhar,
Então as vaidades terrenas se vão,
Ó Jesus, Luz de tudo abaixo! Tu Fonte de fogo vivo, Superando todas as alegrias que conhecemos, E tudo o que podemos desejar.

Este fogo interior foi um amor consumidor que ardia no coração de São Francisco e seus frades; enviou Domingos e seus pregadores para fora de suas igrejas para as colinas e estradas e em mil mosteiros estabeleceram-se comunidades cristãs para cuidar dos bem-estar do povo.
Foi um prolífico escritor ascético. Seu comentário ao livro do Apocalipse deu-lhe o título de “o Profeta” pelo qual foi descrito por Dante: “o abade calabrês Joachim, dotado de espírito profético” (Paradiso, XII). Assim, Joachim estava entre os entusiastas, que buscaram inspiração na Bíblia. Infelizmente, após sua morte, os Espirituais Franciscanos usaram seus livros para defender suas tendências heréticas (Joaquimitas).
No entanto, Joachim sempre recebeu o título de beatus, porque, como místico e profeta, ele renovou a vida da Igreja (Benedictinos, Enciclopédia, Gill)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch30.html#1202_Blessed_Joachim_of_Fiore_Cistercian

20. São Quirino. É invocado contra a paralisia, reumatismo (mãos e pernas) e dores de ouvidos. Ver página 388: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf 

– Ver também “São Quirino de Neuss (em alemão: Quirin, Quirinus), por vezes chamado de São Quirino de Roma (nome que ele partilha com outro mártir), ou apenas São Quirino, ou São Cirino, é venerado como mártir e santo tanto pela Igreja Católica quanto pela Igreja Ortodoxa. Seu culto tinha como centro a cidade de Neuss, na Alemanha, embora tenha sido um mártir romano.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Quirino_de_Neuss 

21. Outras santas e Santos do dia 30 de março: págs. 367-389 (vol.5): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

Obs. Entra no Google chrome, mas não no edge.

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 30 de março, ver também: 30 de março – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 290-292: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch30.html#

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

================

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Agatão, lembrado em 21 de outubro)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!” (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* Dia 17 de janeiro: Santo Antão (ou Antônio). Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado, nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* Sobre SANTO ANDRÉ CORSINI (04 de fevereiro): “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração”.

================

* “Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!(Albert Einstein, lembrado em 14 de março)

================

* “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.” (São Clemente-Maria Hofbauer, 15 de março)

================

* “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO… (SANTA LUÍSA DE MARILLAC, 15 DE MARÇO)”

================

* “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.  (São Nicolau de Flue – 21 de março)”

================

* A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(São Serapião de Thmuis 21 de março – conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!


 [JCB1]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.