Santas e Santos de 01 de abril

OBSERVAÇÃO SOBRE O MÊS DE ABRIL

Ver “… Abril é o quarto mês do calendário gregoriano e tem 30 dias. O seu nome deriva do Latim Aprilis, que significa abrir, numa referência à germinação das culturas. Outra hipótese sugere que Abril seja derivado de Aprus. Outra versão é que se relaciona com Afrodite, nome grego da deusa Vênus, que teria nascido de uma espuma do mar que, em grego antigo, se dizia “abril”.

Abril é um mês de primavera no hemisfério norte e outono no hemisfério sul. Portanto abril no hemisfério sul é o equivalente sazonal de outubro no hemisfério norte e vice-versa…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Abril

            =================================================

1.   Em Roma, a co­me­mo­ração dos santos már­tires Ve­nâncio, bispo, e com­pa­nheiros da Dal­mácia e da Ís­tria, isto é, Anas­tásio, Amaro, Pau­li­niano, Télio, As­tério, Sep­tímio, An­ti­o­quiano e Gaiano, que a Igreja ve­nera na mesma festividade. († s. III/IV)

2.   Em Tes­sa­ló­nica, na Ma­ce­dónia, ac­tu­al­mente na Grécia, as santas Ágape e Quiónia, vir­gens e már­tires, que, na per­se­guição de Di­o­cle­ciano, por re­cu­sarem comer das carnes dos ani­mais sa­cri­fi­cados aos ídolos, foram en­tre­gues ao go­ver­nador Dul­cécio e con­de­nadas à fogueira. († 304)

3.   Na Pa­les­tina, Santa Maria Egip­cíaca, que era uma fa­mosa pe­ca­dora de Ale­xan­dria e, pela in­ter­cessão da Virgem Maria, se con­verteu a Deus na Ci­dade Santa e se con­sa­grou a uma vida pe­ni­tente e so­li­tária além do Jordão. († s. V).

No séc. V, Santa Maria Egipcíaca (Santa Maria do Egito na Folhinha do Coração de Jesus de 02 de abril) que renunciou a uma vida de escândalos após ter recebido a graça de adorar a Santa Cruz em Jerusalém, e depois retirou-se para a solidão do deserto da Palestina (Conforme o Martirológio Romano-Monástico – M).

– Ver também págs. 37-45: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver “Maria do Egito ou Santa Maria Egipcíaca ou Santa Maria Egípcia (c. 344 – c. 421 ou 422) foi uma asceta dos séculos IV e V que se retirou para o deserto após uma vida de prostituição. É venerada como patrona das mulheres penitentes, em especial na Igreja Copta, mas também na Igreja CatólicaIgreja Ortodoxa e Igreja Anglicana. A Igreja Ortodoxa celebra o seu dia festivo no dia do seu «descanso», em 1 de abril e no “Domingo de Santa Maria do Egito“, o sexto domingo da Grande Quaresma.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Maria_do_Egito

4.   Em Lau­conne, perto de Amiens, na Gália, hoje na França, São Va­lé­rico, pres­bí­tero, que atraiu muitos com­pa­nheiros à vida eremítica. († s. VII). No séc. VII, São Valério, sacerdote, venerado na abadia construída sobre seu túmulo na Picardia (Conforme Martirológio Romano-Monástico – M). Ver também págs. 17-21: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

5.   Em Ard­pa­trick, na pro­víncia de Munster, na Ir­landa, São Celso, bispo de Ar­magh, que pro­moveu di­li­gen­te­mente a re­no­vação da Igreja. († 1129)

6.   Em Gre­noble, ci­dade da Bor­gonha, na França, Santo Hugo (também na Folhinha do Coração de Jesus, Hugo de Grenoble), bispo, que se em­pe­nhou na re­forma de cos­tumes do clero e do povo e, du­rante o seu epis­co­pado, mo­vido pelo ar­dente amor à so­lidão, ofe­receu ao seu an­tigo mestre São Bruno e com­pa­nheiros o ermo de Char­treuse, do qual foi o pri­meiro abade; du­rante quase cin­quenta anos di­rigiu esta Igreja com o seu ad­mi­rável exemplo de caridade.

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1132, São Hugo, bispo de Grenoble, que aplicou a reforma da Igreja iniciada por Gregório VII e beneficiou o renascimento do monaquismo, ao estabelecer a Ordem Beneditina em Chalais e conduzindo São Bruno e seus companheiros ao deserto da Grande Cartuxa. (M).

– Ver também págs. 09-16: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf  († 1132)

– Ver ainda “…São Hugo de Grenoble (1052-1132)
 O santo de hoje poderia ser um padroeiro para aqueles de nós que se sentem tão sobrecarregados por todos os problemas do mundo que não sabem por onde começar.
Hugh, que serviu como bispo na França por 52 anos, teve seu trabalho cortado desde o início. A corrupção parecia surgir em todas as direções: compra e venda de escritórios da Igreja, violações do celibato clerical, controle leigo da propriedade da Igreja, indiferença religiosa e/ou ignorância. Depois de servir como bispo por dois anos, ele estava satisfeito. Ele tentou desaparecer em um mosteiro, mas o papa o chamou de volta para continuar o trabalho de reforma.

Ironicamente, Hugo foi razoavelmente eficaz no papel de reformador — certamente por causa de sua devoção à Igreja, mas também por causa de seu caráter forte. Nos conflitos entre a Igreja e o Estado, ele era um defensor inabalável da Igreja. Ele apoiou sem medo o papado. Ele era eloquente como pregador. Ele restaurou sua própria catedral, fez melhorias cívicas na cidade e resistiu a um breve exílio.
Hugo pode ser mais conhecido como patrono e benfeitor de São Bruno, fundador da Ordem dos Cartuxos.
Hugo morreu em 1132. Ele foi canonizado apenas dois anos depois…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril01.html#1132_St._Hugh_of_Grenoble_Benedictine

7*.   No mos­teiro cis­ter­ci­ense de Bon­ne­vaux, lo­ca­li­dade do Del­fi­nado, na França, o Beato Hugo, abade, cuja ca­ri­dade e pru­dência pro­moveu a con­ci­li­ação entre o papa Ale­xandre III e o im­pe­rador Fre­de­rico I. († 1194)

8*.   Em Caith­ness, na Es­cócia, São Gil­berto, bispo, que cons­truiu em Dor­noch a igreja ca­te­dral e fundou hos­pí­cios para os po­bres; ao morrer, re­co­mendou o que sempre ob­servou na sua vida: não pre­ju­dicar nin­guém, su­portar com pa­ci­ência as cor­re­ções di­vinas e não in­co­modar ninguém. († c. 1245)

 – Ver “…1245 SÃO GILBERTO, BISPO DE CAITHNESS.  “Três máximas que sempre procurei observar, agora vos recomendo: primeiro, nunca ferir ninguém e, se ferido, nunca buscar vingança; segundo, suportar pacientemente qualquer sofrimento que Deus possa infligir, lembrando que Ele castiga todo filho a quem Ele recebe; e, finalmente, obedecer às autoridades para não ser uma pedra de tropeço para os outros”.

Por sua alegada defesa da liberdade da igreja escocesa, quando ameaçada de subordinação à Inglaterra, São Gilberto foi anteriormente considerado em honra por seus compatriotas como um grande patriota. Nascido em Moray, recebeu ordens sagradas e tornou-se arquidiácono de Moray. A lenda declarou que ainda jovem, ele foi convocado com os chefes da igreja escocesa para um concílio em Northampton em 1176. Como porta-voz dos bispos escoceses, ele se opôs com fervor e eloquência a uma proposta de que os prelados do norte fossem sufragâneos ao arcebispo de York. Desde o momento em que a Escócia recebeu a fé cristã, ela era livre, sustentava ele, e não estava sujeita a nenhuma autoridade externa, exceto a do papa. Seria iníquo colocá-lo sob um metropolitano inglês — especialmente porque os ingleses e os escoceses estavam constantemente em guerra, ele parece ter levado seu ponto de vista. Houve, sem dúvida, um eclesiástico chamado Gilberto que fez tal discurso, mas é quase inconcebível que ele possa ser o homem que foi feito bispo de Caithness em 1223.
De acordo com o Breviário de Aberdeen, São Gilberto foi alto mordomo de vários monarcas, e uma lenda conta que os inimigos queimaram maliciosamente os livros em que ele mantinha suas contas, esperando assim desacreditá-lo, mas que os livros foram restaurados intactos em resposta às suas orações. Após a morte do bispo Adam, que foi assassinado, o rei Alexandre nomeou São Gilberto bispo de Caithness, e ele governou a diocese do norte com sabedoria e sabedoria por vinte anos. Ele construiu vários hospícios para os pobres, bem como a catedral de Dornoch, e tanto pela pregação quanto pelo exemplo fizeram muito para civilizar seu rebanho.
Enquanto morria, ele disse aos que estavam ao seu lado: “Três máximas que sempre tentei observar, agora recomendo a vocês: primeiro, nunca ferir ninguém e, se ferido, nunca se vingar; em segundo lugar, suportar pacientemente qualquer sofrimento que Deus possa infligir, lembrando que Ele castiga todo filho que Ele recebe; e, finalmente, obedecer às autoridades para não ser uma pedra de tropeço para os outros”.

Veja Forbes, KSS., pp. 355-356, o Breviário de Aberdeen (‘854) e o DNB. (vol. xxi,p. 317), com as referências ali indicadas… ”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril01.html#1245_ST_GILBERT_BISHOP_OF_CAITHNESS

9*.   Em York, na In­gla­terra, o Beato João Bretton, mártir, pai de fa­mília, que, no rei­nado de Isabel I, foi vá­rias vezes in­cri­mi­nado pela sua per­se­ve­rante fi­de­li­dade à Igreja Ro­mana e por fim, fal­sa­mente acu­sado de alta traição, morreu estrangulado. († 1598)

10*.   Em Bréscia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, São Luís Pavóni (Ludovico Pavoni, na Folhinha do Coração de Jesus) pres­bí­tero, que se con­sa­grou com grande so­li­ci­tude à for­mação dos jo­vens mais po­bres, pro­cu­rando es­pe­ci­al­mente educá-los se­gundo a moral cristã e ori­entá-los para os tra­ba­lhos pro­fis­si­o­nais, fun­dando para isso a Con­gre­gação das Fi­lhas de Maria Imaculada.  († 1848)

11.   No Fun­chal, ci­dade do ar­qui­pé­lago da Ma­deira, em Por­tugal, o Beato Carlos de Áustria (Carlos I de Habs­burgo), que con­tri­buiu di­li­gen­te­mente, pela sua con­dição régia, para o for­ta­le­ci­mento do reino de Deus.  († 1922)

12.   Em Gua­da­la­jara, re­gião de Ja­lisco, no Mé­xico, os be­atos Ana­cleto Gon­zález Flores (José), Jorge Rai­mundo Vargas González, Luís Pa­dilla Gómez (José Di­o­nísio), e Rai­mundo Vi­cente Vargas González, mártires. († 1927)

13. BEM-AVENTURADOS TOMÉ DE TOLENTINO, TIAGO DE PÁDUA, PEDRO DE SIENNE E DEMÉTRIO DE GEóRGIA, MÁRTIRES. Ver páginas 22-23: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

14. Em Constantinopla, em 830, São Macário, higúmeno, que suportou grandes tribulações na defesa do culto das santas imagens (Conforme Martirológio Romano-Monástico – M). Ver também pág. 24: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

15. No ano da graça de 1100, o Bem-Aventurado Lanzão, prior de São Pancrácio de Lewes, perto de Londres, mosteiro que esteve à frente da província inglesa de Cluny (Conforme Martirológio Romano-Monástico – X).

16. No mesmo dia, em Roma, Santa Teodora (também na Folhinha do Coração de Jesus) irmã do mui célebre mártir Santo Hermes; sofreu o martírio durante o reinado de Adriano e quando Aureliano era juiz. Foi enterrada perto do irmão, na via Salária, não longe da cidade. Ver pág. 25: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

17. São Melitão de Sardes. Ver “Melitão de Sardes (em latimMelito), também Melitão, o Eunuco, (m. c. 180) foi o bispo de Sardes, uma cidade perto de Esmirna, na Anatólia ocidental; e uma grande autoridade na igreja primitiva.[1] Sua lista de livros do Antigo Testamento é uma das mais antigas conhecidas.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Melit%C3%A3o_de_Sardes ou https://pt.wikipedia.org/wiki/Melit%C3%A3o_de_Sardes

– Ver também São Militão, pág. 23: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

18. Outras Santas e Santos do dia 01 de abril: págs. 09-25 (vol.6): VIDAS DOS SANTOS – 6.pdf (obrascatolicas.com)

Obs. Às vezes entra com o Edge, mas mais com  Google chrome,.Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 01 de abril, ver também: 1 de abril – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 295-297: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril01.html#

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

================

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Agatão, lembrado em 21 de outubro)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!” (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* Dia 17 de janeiro: Santo Antão (ou Antônio). Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado, nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* Sobre SANTO ANDRÉ CORSINI (04 de fevereiro): “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração”.

================

* “Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!(Albert Einstein, lembrado em 14 de março)

================

* “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.” (São Clemente-Maria Hofbauer, 15 de março)

================

* “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO… (SANTA LUÍSA DE MARILLAC, 15 DE MARÇO)”

================

* “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.  (São Nicolau de Flue – 21 de março)”

================

* A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(São Serapião de Thmuis 21 de março – conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.