Santas e Santos de 22 de abril

1. Em Roma, São Soter (também na Folhinha do Coração de Jesus, São Sotero), papa, de quem São Dionísio de Corinto celebra a egrégia caridade para com os irmãos, os peregrinos necessitados, os aflitos pela miséria e os condenados a tra- balhos forçados. († 175).

2. Em Lião, na Gália, na actual França, Santo Epipódio que, depois de (no Martirológio Romano-Monástico, Santo Epípodo), quarenta e oito gloriosos már- tires desta cidade, foi preso juntamente com o seu amigo Alexandre e consumou o martírio sendo decapitado. († 178).

%207.pdf

3. Em Alexandria, no Egipto, a comemoração de São Leónidas, mártir, que, no tempo do imperador Septímio Severo, foi morto ao fio da espada pela sua fé em Cristo, deixando ainda criança o seu filho Orígenes. († 204).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Alexandria, São Leônidas, pai de Orígenes, martirizado em 204. Contam que ele ia frequentemente para junto de seu filho durante o sono, descobria-lhe o peito e beijava, com respeito, seu corpo habitado pelo Espírito Divino. (M).

%207.pdf

4. Em Roma, no cemitério de Calisto, junto à Via Ápia, o sepultamento de São Caio (Gaio), papa, que, livrando-se da perseguição do imperador Diocleciano, morreu como confessor da fé. († 296).

  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, m Roma, no ano da graça de 296,

São Caio, papa, perseguido por Diocleciano. (M).

%207.pdf

– Ver também “O Papa Caio (em latim, Caius) foi o vigésimo oitavo papa da Igreja Católica, iniciando seu papado em 17 de Dezembro de 283 e permanecendo até a data de sua morte, 22 de Abril de 296. A tradição cristã diz que ele nasceu

em Dalmácia, cidade de Salona (atual Solin), filho de Caio e membro de uma nobre família. Segundo a tradição, morreu decapitado, sendo assim, mártir da Igreja…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Caio

– Ver “… 296 São Caio, Papa Dálmata M (RM). Na mesma cidade, o Papa São Caio, foi coroado com o martírio sob o imperador Diocleciano.
Tudo o que se sabe sobre São Caio chegou até nós por uma tradição pouco confiável. Diz-se que o Papa Caio era dálmata e parente do imperador Diocleciano. 17 de dezembro de 283, tornou-se papa. Durante os tranquilos anos iniciais de seu pontificado, Caio decretou que os bispos deveriam ser sacerdotes antes da consagração ao episcopado. Ele é homenageado como mártir por causa de seus sofrimentos: durante a perseguição dos cristãos de Diocleciano, ele fugiu e foi forçado a viver por oito anos escondido em uma caverna ou nas catacumbas. O grau de falta de confiabilidade dessa tradição é demonstrado pelo fato de que a perseguição de Diocleciano só começou seis ou sete anos após sua morte (Attwater2, Benedictines, Delaney, Encyclopedia).

São Caio é retratado na arte usando a tiara papal com São Nereu. Ele é venerado na Dalmácia e Veneza (Roeder)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril22.html#296_Saint_Caius_Pope_Dalmatian_M_RM

5. Comemoração de São Mariab, quer dizer «o Senhor anuncia (dispõe)», core- píscopo e mártir na Pérsia, que durante a perseguição do rei Sapor II, na Oitava da Páscoa sofreu o martírio por Cristo. († 342)

– Ver “… São Mariahb

Memorial

Perfil

Sacerdote . Martirizado nas perseguições de Shapur II .

Faleceu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

6. Em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia, o dia natal de Santo Agapito I, papa, que se empenhou com firmeza para que o bispo de Roma fosse livremente escolhido pelo clero da Urbe e em toda a parte fosse conservada a dignidade da Igreja; enviado depois por Teódoto, rei dos Godos, a Constantinopla para se en- contrar com o imperador Justiniano, ali fortaleceu a verdadeira fé, ordenou Menas bispo daquela cidade, onde descansou em paz. († 536)

6. Em Sens, na Nêustria, hoje na França, São Leão, bispo. († s. VI).

– Ver … 541 São Leão de Sens Bispo de Sens e confessor, defendeu os direitos de sua sé em Sens, França, que defendeu os direitos de sua sé contra as reivindicações do rei franco Childebert
Leo de Sens B (RM).  São Leão foi bispo de Sens por 23 anos defendendo os direitos de sua própria sé contra as pretensões do rei Childebert e reprovou São Remígio (530) (Attwater2, Beneditinos) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril22.html#541_St._Leo_of_Sens_Bishop_of_Sens

– Ver também “… A lista episcopal de Sens coloca Leo (lat. Leo; fr. Leon) em décimo sexto lugar depois de Paulo. Leão foi representado no conselho de Orleães em 533 e participou pessoalmente no de 538. Já idoso, escreveu ao rei Childeberto I (511-558) para dissuadi-lo de atender ao pedido do povo de Melun que pediu sua própria diocese, porque o território desta teria sido, em grande parte, separado do de Setis. Pensa-se que pode identificar-se com o bispo deste nome que, por volta de 512, juntamente com dois irmãos, dirigiu uma carta de protesto a São Remígio de Reims, por uma sanção demasiado indulgente contra um sacerdote culpado; eles receberam uma resposta dura. Constitutus, seu sucessor, interveio no conselho de Orleans em 549.
A morte de Leo está marcada para cerca de 547.
O Martirológio Gerônimo menciona seu depósito em 22 de abril, data em que o santo também foi inscrito no Martirológio Romano. Antigas ladainhas dos santos, vindas da abadia de Saint-Germain-des-Prés, perto de Paris, levam seu nome. O arcebispo de Sens, Ansegiso (871-885) transferiu as relíquias de Leão da cidade para o mosteiro de Saint-Pierre-Le-Vif com as de seus três predecessores, que anteriormente repousavam na basílica de São Gervásio e São Protásio; reconstruída, esta tomou o nome de San Leone, esperando para ser unida, mais tarde, à igreja de San Nicola…”: http://www.santiebeati.it/dettaglio/50330

7. Em Sykeon, localidade da Galácia, na actual Turquia, São Teodoro, bispo e hegúmeno, que, movido pelo amor à solidão desde a infância, optou por um gé- nero de vida austero e, constrangido a aceitar a sua ordenação como bispo de Anastasiópolis, pediu com insistência ao Patriarca de Constantinopla para que o deixasse voltar ao seu ermo. († 613).

  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Galácia, São Teodoro, bispo. Foi um grande propagador do culto a São Jorge, de quem recebeu beneficios durante sua vida monástica e seu episcopado. Adormeceu no Senhor em 613. (M).
  • Ver São Teodoro “bispo e confessor… faleceu docemente a 22 de abril de 613, tendo sido, por toda a vida, um dos maiores propagadores do culto de São Jorge”, às páginas 174-177: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%207.pdf

8*. No território de Sées, na Nêustria, actualmente na França, Santa Oportuna, abadessa, célebre pela sua rigorosa abstinência e austeridade. († c. 770).

  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na diocese de Sées, perto de 770,

Santa Oportuna, virgem, padroeira de mosteiro de Almenèques, transferido mais tarde para Argentan. A difusão de suas relíquias propagou seu culto por toda a Île-de-France (X).

– Ver páginas 178-181: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%207.pdf

9*. Em Basto, território da Lusitânia, hoje em Portugal, Santa Senhorinha, abadessa, de quem se conta que Deus, por sua intercessão, alimentou imediata- mente as monjas quando lhes faltou alimento. († c. 980).

– Ver “Santa Senhorinha de Basto (Vieira do Minho, c. 925 Basto, Cabeceiras de Basto, 22 de Abril de 982) foi uma abadessa benedita portuguesa, canonizada santa pela Igreja Católica em 1130.[1]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Santa_Senhorinha_de_Basto

10*. Em Fabriano, no Piceno, hoje nas Marcas, região da Itália, o Beato Fran- cisco Venimbéni, presbítero da Ordem dos Menores, que foi exímio pregador da palavra de Deus. († 1322)

– Ver “… Beato Francisco de Fabriano Também conhecido como

  • Francisco Venimbeni

Memorial

Perfil

Nascido em uma família rica, filho de Compagno Venimbeni, médico, e Margaret di Federico. Estudou humanidades e filosofia , depois ingressou nos franciscanos em 1267 , aos 16 anos; passou parte do noviciado estudando com os companheiros de São Francisco de Assis . Frade . Sacerdote que ofereceu suas Missas pelas almas do Purgatório . Missionário na região de sua casa. Homem de oração e trabalho sem fim, ele insistiu que esses frades frades se mantivessem estritamente ortodoxos em sua pregação eensinando , e para garantir que eles tivessem a formação adequada, usou o dinheiro de sua família para comprar uma extensa biblioteca para eles. Escreveu sobre questões de teologia e filosofia , mas apenas restos de tempo de seu trabalho sobreviveram.

Nascer

Faleceu

Beatificado

informação adicional

Citação MLA

11. No ano do Senhor de 378, na Média, a paixão dos Santos Acepsimas, José e Atala. Com o corpo banhado em sangue, José rezava assim: “Eu te dou graças, ó Cristo, Filho de Deus, por me julgares digno deste segundo batismo, que me purifica de todos os meus pecados”. (Conforme Martirológio Romano-Monástico –Act .Martyr. – M).

Ver “… Acepsimas era o bispo de Hnaita, residindo em Paka no oeste da Pérsia . Ele e vários companheiros, incluindo o padre Joseph de Bet-Katoba , que tinha então 70 anos, e o diácono Aitillaha de Bet-Nuhadra , que tinha então 66 anos, foram presos por Shapur II por se recusarem a adorar de acordo com o zoroastrismo . fé . Acepsimas foi levado acorrentado para Arbela (moderna Erbil) perante o governador. Este juiz admirava como podia negar a divindade do sol, que todo o Oriente adorava. O mártir respondeu, expressando seu espanto como os homens poderiam preferir uma criatura ao Criador. Por ordem do governador, ele foi colocado no chão com os pés amarrados, e nessa postura … barbaramente açoitado, até que todo o seu corpo estivesse coberto de sangue. Ele então foi jogado na prisão. [1]

Acepsimas suportou três anos de prisão antes de ser torturado e açoitado até a morte em 10 de outubro de 376. Joseph foi levado para Hdajab onde foi torturado até ser apedrejado até a morte por cristãos apóstatas em Tabaha na sexta-feira após Pentecostes , 377. Aithalla foi apedrejado até a morte em Destegerd em 3 de novembro de 377. Eles foram os últimos mártires da perseguição cristã de Shapur II. O livro de seus atos, que sobreviveu, é considerado genuíno. [2]”: https://en.wikipedia.org/wiki/Acepsimas_of_Hnaita

– Ver “… São Maruthas encerra com os atos desses mártires, sua história de perseguição ao rei Sapor, que se desenrolou sem interrupção durante quarenta anos. O venerável autor assegura-nos que, morando nas redondezas, ele se informou cuidadosamente das várias circunstâncias de seus combates por aqueles que foram testemunhas oculares, e inaugura seu relato com o seguinte endereço: “Seja propício a mim, ó Senhor, pelas orações desses mártires. Auxiliado pela graça divina e fortalecido por sua proteção, ó homens incomparáveis, ouso traçar os contornos de suas virtudes heróicas e tormentos incríveis. Mas a lembrança de seus amargos sofrimentos me cobre de vergonha, confusão e lágrimas, por mim e meus pecados…

Acepsimas, bispo de Honita na Assíria, homem de mais de oitenta anos, mas de constituição corporal vigorosa e forte, foi preso e conduzido acorrentado a Arbela, perante o governador. Este juiz admirava como podia negar a divindade do sol, que todo o Oriente adorava. O mártir respondeu, expressando seu espanto como os homens poderiam preferir uma criatura ao Criador. Por ordem do governador, ele foi colocado no chão com os pés amarrados, e nessa postura barbaramente açoitado, até que todo o seu corpo estivesse coberto de sangue; depois disso ele foi jogado na prisão…

José, um santo sacerdote de Betcatuba, e Aithilahas, um diácono de Bet-nudra, famoso por eloquência, santidade e erudição, foram levados perante o mesmo governador. Aos seus interrogatórios, Joseph respondeu que era cristão, e sempre ensinou o sol a ser uma criatura inanimada. A questão era que ele foi estirado no chão e espancado com galhos grossos despidos de espinhos, por dez carrascos, que se sucederam, até que seu corpo parecia uma ferida contínua. Ao ver-se nesta condição, o mártir disse com alegria: “Retribuo-te as maiores graças que posso, Cristo, Filho de Deus, que me concedeu esta misericórdia e me lavou com este segundo batismo do meu sangue, para limpar meus pecados”. Sua coragem os perseguidores consideraram um insulto, e redobrou sua fúria em rasgar e ferir seu corpo abençoado. Depois que ele foi solto, carregado com correntes pesadas e lançado na mesma masmorra com Acepsimas…

Aithilahas foi chamado. O governador lhe disse: “Adore o sol, que é uma divindade, coma sangue, case-se e obedeça ao rei, e você viverá”. O mártir respondeu: “É melhor morrer, para viver eternamente”. Por ordem do juiz, suas mãos foram amarradas sob os joelhos e seu corpo preso a uma viga: nesta postura foi espremido e puxado de várias maneiras, e depois açoitado. Seus ossos estavam em muitos lugares quebrados ou deslocados, e sua carne mutilada. Por fim, não podendo ficar de pé, foi levado de volta à prisão nos ombros dos homens…

… Os três foram novamente trazidos à luz e estendidos no chão, amarrados com cordas, e suas pernas, coxas, e costelas tão espremidas e esticadas por estacas, que o barulho dos ossos quebrando encheu o lugar de horror. No entanto, a cada solicitação do juiz ou oficiais, sua resposta era: “Confiamos em um Deus e não obedeceremos aos decretos do rei”. Dificilmente se passava um dia em que alguma nova tortura ou outra não fosse inventada e experimentada sobre eles…

… Depois de terem sofrido por três anos as dificuldades da prisão e tormentos diários, o rei entrando na Média, os mártires foram levados a Adarsapor, o chefe de todos os governadores do Oriente, vários outros sátrapas e governadores sentados com ele no palácio. Eles foram levados para lá, pois não podiam andar e mal conservavam a figura de corpos humanos. A própria visão de tais espetáculos comoveu todos os que os viram à compaixão, e muitos às lágrimas. Eles corajosamente se professaram cristãos e declararam que nunca abandonariam sua fé…

…   Adarsapor, o chefe de todos os governadores do Oriente, … lhes disse: “A morte liberta os criminosos da dor: mas eu tornarei a vida para você tão dolorosa quanto uma morte contínua, para que outros de sua seita possam tremer. Acepsimas disse: “Em vão você ameaça. Deus, em quem confiamos, nos dará coragem e constância”. A esta resposta, a fúria brilhou nos olhos de Adarsapor, e ele jurou pela fortuna do rei Sapor, que se eles não obedecessem naquele instante aos decretos, ele aspergiria seus cabelos grisalhos com seu sangue, destruiria seus corpos e os mataria. fazer com que seus restos mortais sejam reduzidos a pó. Acepsimas disse: “A você entregamos nossos corpos e entregamos a Deus nossas almas. Execute o que você ameaça. É o que desejamos.” O tirano, com a raiva estampada em todos os traços de seu rosto, ordenou que o venerável ancião fosse estendido no chão, e trinta homens, quinze de cada lado, para puxá-lo e puxá-lo por cordas amarradas em seus braços, pernas e outros membros, de modo a deslocá-los e quase rasgá-los; e dois carrascos nesse meio tempo para lhe açoitarem o corpo com tanta crueldade, a ponto de mutilar e arrancar a carne em muitas partes: sob esse tormento expirou o mártir. Seu corpo foi vigiado por guardas designados para esse fim, até que depois de três dias foi roubado pelos cristãos e enterrado aos cuidados de uma filha do rei da Armênia, que na época era refém na Média…

José e Aithilahas sofreram o mesmo castigo, mas saíram vivos das mãos dos carrascos. Este último disse ao juiz sob seus tormentos: “Suas torturas são muito leves, aumente-as como quiser.

Adarsapor, impressionado com a coragem deles, disse: “Estes homens são ávidos de tormentos como se fossem banquetes, e gostam de um reino que é invisível.” Ele então fez com que eles fossem atormentados novamente, de modo que todas as partes de seus corpos foram mutiladas e seus ombros e braços desarticulados. Adarsapor deu uma ordem para que se eles não morressem de seus tormentos, eles deveriam ser levados de volta para seu próprio país, para serem ali executados. 

Os dois mártires, não podendo sentar-se, foram amarrados em lombos de feras e conduzidos com grande dor a Arbela. Seus guardas os trataram no caminho com não mais compaixão do que se fossem pedras. 

Jazdundocta, uma ilustre senhora da cidade de Arhela, por uma grande soma de dinheiro, obteve licença do governador, para que fossem levados à sua casa, para tomar um pequeno refresco. Ela cobriu suas feridas, banhou seus corpos com suas lágrimas e foi extremamente encorajada por sua fé e extorsões. Os bem-aventurados mártires foram logo levados de sua casa para a prisão, onde definharam por mais seis meses. 

Por fim, um novo governador entrou naquela província, o mais selvagem dos homens, trazendo um édito do rei, ordenando que os cristãos condenados à morte fossem apedrejados por aqueles que professavam a mesma religião. A notícia de sua chegada levou os cristãos para os bosques e desertos, para que não fossem obrigados a embeber suas mãos no sangue dos mártires. Mas os soldados de lá os caçaram como animais selvagens, e muitos foram levados. 

Os dois confessores foram apresentados perante este novo juiz. 

José foi pendurado pelos dedos dos pés e açoitado durante duas horas na presença do juiz, que ao ouvi-lo discursar sobre a ressurreição, disse: “Naquela ressurreição, como você pretende me punir?” O mártir respondeu: “Nos ensinam a mansidão, a retribuir o bem com o mal e a rezar pelos inimigos”. “Bem”, disse o juiz, “então receberei bondade de suas mãos pelo mal que você aqui recebe de mim”. Ao que o mártir respondeu: “Então não haverá espaço para perdão ou favor: nem um poderá ajudar o outro. Eu orarei para que Deus possa levá-lo ao conhecimento de si mesmo nesta vida”. O juiz disse: “Considere essas coisas no outro mundo, para onde eu vou enviar você: agora obedeça ao rei.” O velho respondeu: “A morte é nosso desejo”. 

O imperador então começou a interrogar Aithilahas, e fez com que ele fosse pendurado pelos calcanhares por um longo tempo juntos. Ele foi finalmente derrubado e, para levá-lo a um acordo, foi-lhe mostrado um certo herege maniqueísta que havia renunciado à sua religião por medo de tormentos e estava matando formigas, o que aqueles hereges consideravam ilegais, ensinando que insetos e animais têm racionais. almas. O santo, deitado no chão, foi açoitado até desmaiar e depois foi arrastado para o lado como um cão. 

Um certo Mago, por pena, jogou um casaco sobre suas feridas para cobrir seu corpo nu; por qual ato de compaixão ele recebeu duzentas chicotadas até desmaiar. 

Thamsaphor chegando ao seu castelo de Beth-Thabala, naquele país, o governador fez com que os mártires fossem levados até ele. Eles foram ordenados a comer o sangue de animais: o que eles se recusaram a fazer. Um lhes disse que, se comessem o suco de uvas vermelhas coalhado, que as pessoas poderiam pensar ser sangue, isso satisfaria os juízes. Eles responderam: “Deus não permita que dissimulemos nossa fé.” Em outros lugares, notamos que os cristãos observaram em muitos lugares a lei temporária positiva dos apóstolos. 

Thamsapor e o governador, após uma breve consulta, condenaram ambos a serem apedrejados até a morte pelos cristãos. José foi executado em Arbela. Ele foi enterrado até o pescoço. Os guardas reuniram quinhentos cristãos para sua execução. 

A nobre dama Jazdundocta foi trazida para lá, e (foi insistido) insistiu seriamente para jogar apenas uma pena na mártir para que ela parecesse obedecer à ordem do rei. Mas ela resistiu resolutamente às suas súplicas e ameaças, desejando morrer com o servo de Deus. 

Muitos, no entanto, tendo a fraqueza de obedecer, uma chuva de pedras caiu sobre o mártir, o que pôs fim à sua vida. Quando ele estava morto, guardas foram colocados para vigiar seu corpo; mas os cristãos encontraram meios de roubá-lo na terceira noite, durante uma tempestade escura. 

Santo Aithilahas sofreu na província de Beth-Nuhadra; o senhor daquele país, que havia sido cristão, por uma apostasia básica, tornou-se um de seus assassinos. 

São Maruthas acrescenta que anjos foram ouvidos cantando no local deste martírio, e muitos milagres foram realizados. Esses mártires sofreram no ano 380, septuagésimo e último do reinado de Sapor, e o quadragésimo de sua perseguição. Eles são mencionados por Sozomen, e são nomeados no Martirológio Romano em 22 de abril…”: https://catholicsaints.info/butlers-lives-of-the-saints-saints-acepsimas-bishop-joseph-priest-and-aithilahas-deacon-martyrs/

12. Santo Azades, São Milese (na Folhinha do Coração de Jesus, São Miles) e muitos outros mártires da Pérsia, além de Tarba, sua irmã viúva e sua serva. Ver “… Entre os fiéis, cujo sangue correu por Jesus Cristo, havia um eunuco querido do rei e que se chamava Azades… Apoderaram-se da virgem Tarba, nome que significa Crescência e de sua irmã viúva que havia feito o voto de passar o resto da vida em castidade. A serva de Tarba, também virgem, também foi presa juntamente com as duas… Conduziram-nas perante os juízes onde foram acusadas de terem tornado a rainha enferma por meio de feitiços… Quando as santas chegaram ao local do suplício, amarraram-nas a dois postes e depois lhes serraram os corpos ao meio. Cortaram, em seguida, cada metade em seis pedaços e lançaram os pedaços sobre panos que foram suspensos em estacas em duas fileiras… O bispo de Susa, São Miles, que continuava a fazer milagres e conversões no país natal, foi preso por Hormisda, governador da província. Seus dois discípulos, o sacerdote Abrósimo e o diácono Sina tiveram a mesma sorte… Pelo mesmo tempo que o santo bispo de Susa obtinha a coroa de martírio, denunciou-se Barsábias, abade de um mosteiro na pérsia. Fora acusado de querer abolir a religião dos magos. Foi, então, preso, com os dez monges que dirigia. Foram amarrados com correntes…sofreram os suplícios mais cruéis… e por fim condenados a serem decapitados… O exemplo (de um) mago convertido tocou vivamente a família que se fez cristã. bem como grande

número de outras pessoas. Esses mártires foram executados no dia 3 de junho de 342.” às páginas 165-172: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%207.pdf]

– Ver “… Mártires da Pérsia

Memorial

Perfil

Bispos , sacerdotes , diáconos e leigos que foram martirizados na Pérsia e celebrados juntos. Vários deles têm suas histórias relatadas nas Atas dos Santos Abdon e Sennen .

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

13. Bem-aventurado Wolfelme, abade e confessor. Ver “A 22 de abril de 1091, tendo recebido os últimos sacramentos, administrados por Herimann, então abade de São Pantaleão, Wolfelme morreu sossegadamente. Enterrado, milagres diversos ilustraram-lhe o túmulo”, às páginas 182-183: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%207.pdf

14. Bem-aventurado Francisco de Fabriano, confessor. Ver “Foi um dos doze primeiros companheiros de São Francisco de Assis… O estudo de teologia e a prática da oração fizeram do noviço um sábio teólogo e um ardente pregador… A vida do bem-aventurado Francisco de Eabriano foi um perene penitenciar-se, mortificar e jejuar… Deus deu-lhe a conhecer o dia e a hora da morte. Falecido a 22 de abril de 1322, contando setenta e um anos de idade, passara cinquenta e seis na vida religiosa…” às páginas 184-186: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%207.pdf

15. São Bartolomeu de Cervere: 22 de abril, na Folhinha do Coração de Jesus.

Ver também “Bartolomeu de Cervere foi

um frade dominicano beatificado pelo papa Pio IX em 1853.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bartolomeu_de_Cervere

16. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 22 DE ABRIL (alguns destacados acima):

Calendário
Abel McAedh Abrúnculo de Trier Aceptismos de Hnaita Adalberto de Ostrevant Agapito I , Papa Altfried de Münster Apeles de Esmirna Arwald Caio I , Papa Epipódio de Lyon Euflamia Francisco de Fabiano Helimenas José da PérsiaLeão de Sens Leônidas de Alexandria Lúcio de Laodicéia Maryáhb Ndoc Suma Oportunidade de Montreuil Señorina de Basto Soter , Papa Estêvão de Nagyvarad Teodoro de Sykeon Virgínia — Mártires de Alexandria Mártires da Pérsia
todos esses memoriais em uma única página

17. Outros santas e santos do dia 22 de abril: págs: 165-196 (vol.07):   http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

Obs. Às vezes entra com o Edge, mas mais com  Google chrome,.

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 22 de abril, ver também: 22 de abril – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 345-347: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://catholicsaints.info/22-april/
  8. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril22.html

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira:

Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento” (referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein:Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

* 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

* 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

* 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

* 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

 Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias.

Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano). 

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.
  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

 UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

* 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:

  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.