Santas e Santos de 02 de maio

1. Me­mória de Santo Ata­násio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo e doutor da Igreja, ilus­trís­simo pela san­ti­dade e dou­trina, que, em Ale­xan­dria, no Egito, de­fendeu va­lo­ro­sa­mente a ver­da­deira fé desde o tempo de Cons­tan­tino até ao im­pe­rador Va­lente e, su­por­tando muitas in­sí­dias dos ari­anos, foi vá­rias vezes exi­lado. Re­gres­sado fi­nal­mente à Igreja que lhe tinha sido con­fiada, de­pois de ter com­ba­tido e so­frido muito com he­roica pa­ci­ência, no qua­dra­gé­simo sexto ano do seu sa­cer­dócio des­cansou na paz de Cristo. († 373).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Santo Atanásio, bispo de Alexandria e Doutor da Igreja. Durante toda sua vida fez-se o defensor da doutrina do Concílio de Nicéia, que proclamou o Verbo, Filho de Deus, “consubstancial ao Pai”. Contribuiu para propagar o ideal monástico ao escrever, dedicada aos ocidentais, a vida de Santo Antão. Adormeceu no Senhor em 372, depois de quarenta e cinco anos de episcopado, dos quais dezessete passados no exílio. (R).

– Na Folhinha do Coração de Jesus de 01 de maio de 2020, “2/05: SANTO ATANÁSIO. Nasceu em Alexandria do Egito no ano de 295. Seus pais eram cristãos e recebeu uma boa formação clássica. Foi discípulo de Santo Antão na sua juventude. Ainda como diácono participou do Concílio de Niceia no ano de 325. Foi eleito bispo de Alexandria e exerceu esse ministério por 46 anos. Foi defensor da fé na divindade de Cristo proclamada no Concílio de Niceia, por isso sofreu perseguições e foi exilado da sua diocese por cinco vezes, sem contar as vezes em que procurou um esconderijo para fugir dos seus perseguidores. Divulgou o ideal monástico no Ocidente, e dentre as várias obras escritas está a vida do abade Santo Antão. Talvez nenhum outro bispo da história tenha tido uma vida tão agitada, sofrida, perseguida como Atanásio. Faleceu no ano de 373. Frei Marcos Antônio de Andrade, OFM – Petrópolis/RJ”.

Ver páginas 59-63: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver também “Atanásio de Alexandria (em grego: Ἀθανάσιος Ἀλεξανδρείας; romaniz.: Athanásios Alexandrías; em latimAthanasius), foi o vigésimo arcebispo de Alexandria (como Atanásio I de Alexandria), Doutor da Igreja e santo da Igreja Católica. Seu episcopado durou 45 anos (c. 8 de junho de 328 – 2 de maio de 373), dos quais dezessete ele passou exilado, em cinco ocasiões diferentes e por ordem de quatro diferentes imperadores romanos. Atanásio foi um teólogo cristão, um dos “padres da Igreja“, um defensor do trinitarismo contra o arianismo e um líder da comunidade de Alexandria no século IV.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Atan%C3%A1sio_de_Alexandria

–  Ver “SANTO ATANÁSIO DE ALEXANDRIA,considerado Doutor da Igreja Católica, foi o principal e mais corajoso combatente da heresia cristã presente no Arianismo. Sua defesa da divindade de Jesus se resume na seguinte frase: “Deus é Pai apenas porque é o Pai do Filho. Assim o Filho não teria tido começo e o Pai estaria com o Filho eternamente. Portanto, o Filho seria o filho eterno do Pai, e o Pai, o Pai eterno do Filho”. Através do Concílio de Nicéia, o pensamento de Ário foi rebatido e depois de, aproximadamente, um século de discussões, o Arianismo foi declarado pela Igreja como heresia e seus pensamentos, dissidentes da doutrina cristã.”. Conforme: https://www.infoescola.com/religiao/arianismo/

– Ver ainda “arianismo foi uma visão cristológica sustentada pelos seguidores de Ário, presbítero cristão de Alexandria nos primeiros tempos da Igreja primitiva, que negava a existência da consubstancialidade entre Jesus e Deus Pai, que os igualasse, concebendo Cristo como um ser pré-existente e criado, embora a primeira e mais excelsa de todas as criaturas, que encarnara em Jesus de Nazaré. Jesus então, seria subordinado a Deus Pai, sendo Ele (Jesus) não o próprio Deus em si e por si mesmo. Segundo Ário, só existe um Deus e Jesus é seu filho e não o próprio Deus. Ao mesmo tempo afirmava que Deus seria um grande eterno mistério, oculto em si mesmo, e que nenhuma criatura conseguiria revelá-lo, visto que Ele não pode revelar a si mesmo. Com esta linha de pensamento, o historiador H. M. Gwatkin afirmou, na obra “The Arian Controversy”: “O Deus de Ário é um Deus desconhecido, cujo ser se acha oculto em eterno mistério”.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Arianismo

– Ver “… Santo Atanásio de Alexandria. Também conhecido como

  • Atanásio do Egito
  • Atanásio, o Grande
  • Campeão da Divindade de Cristo
  • Campeão da Ortodoxia
  • Pai da Ortodoxia
  • Doutor grego da Igreja
  • Santo Hierarca
  • Pilar da Igreja

Memorial

Perfil

Estudou os clássicos e teologia em Alexandria , Egito . Diácono , secretário e aluno do bispo Alexandre de Alexandria . Participou do Concílio de Nicéia em 325 onde lutou pela derrota do arianismo e aceitação da divindade de Jesus. Formulou a doutrina do homo-ousianismo que diz que Cristo é a mesma substância que o Pai; O arianismo ensinava que Cristo era diferente e uma criação do Pai, uma criatura e não parte de Deus .Bispo de Alexandria c. 328 ; serviu por 46 anos. Quando a disputa sobre o arianismo transbordou da teologia para a política, Atanásio foi exilado cinco vezes, passando mais de um terço de seu episcopado no exílio . Biógrafo de Santo Antônio Abade e São Potamon de Heraclea . Confessor da  e Doutor da Igreja , lutou pela aceitação do Credo Niceno.

Nascer

Faleceu

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Leituras

Pois o Filho de Deus se fez homem para que nos tornássemos Deus . – Santo Atanásio

Irmãos, como é bom passar de festival em festival, de oração em oração, de dia santo em dia santo. Aproxima-se o tempo em que iniciamos um novo começo: a proclamação da bem-aventurada Páscoa, na qual o Senhor foi sacrificado. Alimentamo-nos como do alimento da vida, constantemente refrescamos nossas almas com seu precioso sangue, como de uma fonte. No entanto, estamos sempre sedentos, ardendo de satisfação. Mas ele mesmo está presente para aqueles que têm sede e em sua bondade os convida para o dia da festa. Nosso Salvador repete suas palavras: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Ele saciou a sede não só daqueles que vieram até ele então. Sempre que alguém o procura, ele é livremente admitido à presença do Salvador. A graça da festa não se restringe a uma ocasião. Seus raios de glória nunca se põem. Está sempre à mão para iluminar a mente daqueles que o desejam. Seu poder está sempre presente para aqueles cujas mentes foram iluminadas e que meditam dia e noite nas Sagradas Escrituras, como aquele que é chamado bem-aventurado no salmo sagrado:Abençoado é o homem que não seguiu o conselho dos ímpios, nem esteve onde estão os pecadores, nem se assentou na roda dos escarnecedores, mas cujo prazer está na lei do Senhor, e que medita na sua lei dia e noite. Além disso, meus amigos, o Deus que primeiro estabeleceu esta festa para nós nos permite celebrá-la todos os anos. Aquele que entregou seu Filho à morte para nossa salvação, pelo mesmo motivo nos dá esta festa, que é comemorada todos os anos. Esta festa nos guia através das provações que nos encontram neste mundo. Deus agora nos dá a alegria da salvação que brilha nesta festa, ao nos reunir para formar uma assembléia, unindo-nos todos em espírito em todos os lugares, permitindo-nos orar juntos e oferecer ações de graças comuns, como é nosso dever em a festa. Tal é a maravilha do seu amor: ele reúne para esta festa aqueles que estão distantes,– de uma carta pascal de Santo Atanásio

A Palavra que se fez tudo para nós está perto de nós, nosso Senhor Jesus Cristo que promete permanecer conosco para sempre. Ele clama, dizendo: Veja, eu estou com você todos os dias desta era. Ele mesmo é o pastor, o sumo sacerdote, o caminho e a porta, e se tornou todas as coisas ao mesmo tempo para nós. Da mesma forma, ele veio entre nós como nossa festa e dia santo também. O bem-aventurado Apóstolo diz daquele que era esperado: Cristo foi sacrificado como nossa Páscoa. Foi Cristo quem lançou sua luz sobre o salmista enquanto orava: Tu és minha alegria, livra-me daqueles que me cercam. A verdadeira alegria, a festa genuína, significa a expulsão da maldade. Para isso, é preciso viver uma vida de perfeita bondade e, na serenidade do temor de Deus, praticar a contemplação no coração. Este era o caminho dos santos, AbençoadoDavi, por exemplo, levantou-se não uma, mas sete vezes à noite para ganhar o favor de Deus por meio da oração. O grande Moisés estava cheio de alegria ao cantar louvores a Deus em hinos de vitória pela derrota do Faraó e dos opressores do povo hebreu. Outros tinham o coração sempre cheio de alegria ao cumprirem seu dever sagrado de adoração, como o grande Samuel e o abençoado Elias. Por causa de suas vidas santas eles ganharam liberdade, e agora celebram o festival no céu. Eles se regozijam após sua peregrinação nas sombras e agora distinguem a realidade da promessa. Quando celebramos a festa em nossos dias, que caminho devemos tomar? Ao nos aproximarmos desta festa, quem será Nosso guia? Amado, não deve ser outro senão aquele a quem você vai se dirigir comigo como nosso Senhor Jesus Cristo. Ele diz: Eu sou o caminho. Como o bem-aventurado João nos diz: é Cristo quem tira o pecado do mundo. É ele que purifica nossas almas, como diz o profeta Jeremias: Permanece nos caminhos; olhai e vede qual é o bom caminho, e nele encontrareis o caminho da emenda para vossas almas. Antigamente o sangue de bodes e a cinza de um bezerro eram espargidos sobre os impuros, mas eles só podiam purificar o corpo. Agora, pela graça da Palavra de Deus, todos são tornados abundantemente limpos. Se seguirmos a Cristo de perto, seremos permitidos, mesmo nesta terra, ficar como se estivesse no limiar da Jerusalém celestial, e desfrutar a contemplação daquela festa eterna, como os apóstolos abençoados, que seguindo o Salvador como seu líder , mostrou, e ainda mostra, o caminho para obter o mesmo dom de Deus. Eles disseram: Veja, nós deixamos todas as coisas e te seguimos. Nós também seguimos o Senhor,– de uma carta pascal de Santo Atanásio

Você não verá ninguém que esteja realmente se esforçando para progredir e que não seja dado à leitura espiritual. E quanto àquele que o negligencia, o fato logo será observado por seu progresso. – Santo Atanásio

A Palavra de Deus, incorpórea, incorruptível e imaterial, entrou em nosso mundo. Por causa de sua bondade para conosco, ele veio até nós, e vemos isso na maneira como ele se revelou abertamente a nós. Apiedando-se da fraqueza da humanidade e movido pela nossa corrupção, ele não pôde ficar de lado e ver a morte ter o domínio sobre nós. Ele não queria que a criação perecesse e que o trabalho de seu Pai em moldar o homem fosse em vão. Ele, portanto, tomou para si um corpo, não diferente do nosso, pois não queria simplesmente estar em um corpo ou apenas ser visto. Ao morrer pelos outros, ele imediatamente baniu a morte para toda a humanidade. A corrupção da morte não tem mais poder sobre a humanidade, graças ao Verbo, que veio habitar entre nós por meio de seu único corpo. – de uma palestra de Santo Atanásio

Maria, Mãe da Graça, cabe a ti estares atento a nós, estando perto daquele que te concedeu todas as graças, pois tu és a Mãe de Deus e nossa Rainha. Ajude-nos por causa do Rei, o Senhor Deus e Mestre que nasceu de você. Por esta razão, você é chamado cheio de graça. Lembra-te de nós, santíssima Virgem, e concede-nos os dons das riquezas de tuas graças, Virgem cheia de graças. – Santo Atanásio

Citação MLA

– VER TAMBÉM EM 13 DE JANEIRO: SANTO HILÁRIO

2.   Em Atalia, na Pan­fília, hoje An­talya, na ac­tual Tur­quia, os santos már­tires Hes­pério e Zoé (também na Folhinha do Coração de Jesus), es­posos, e seus fi­lhos Ci­ríaco e Teó­dulo, que, se­gundo a tra­dição, no tempo do im­pe­rador Adriano, es­tando ao ser­viço dum pagão, todos eles, por ordem do seu amo, foram fla­ge­lados e du­ra­mente tor­tu­rados por causa da sua livre pro­fissão de fé; fi­nal­mente, lan­çados num forno em chamas, en­tre­garam as suas almas a Deus. († s. II)

3.   Em Se­vilha, na His­pânia Bé­tica, São Félix, diá­cono e mártir. († s. IV)

– Ver “… São Félix, diácono e mártir em Sevilha na Andaluzia na Espanha. A idade em que ele viveu não foi apurada. Segundo a lenda, ele foi arquidiácono de Toledo, e junto com seu bispo Melanzio participou do conselho de Elvira (Illiberitan. Ca. 300), onde os Padres lhe confiaram a redação dos cânones; mais tarde, enviado por Melanzio ao bispo Sabino de Sevilha para um assunto grave, foi preso por ordem de Daciano e, por sua constância na fé, açoitado até a morte. É lembrado nos calendários do sec. VI, X, XI. O Breviário moçárabe o comemora no dia 2 de maio com sede própria e a diocese de Sevilha celebra a festa na mesma data, que também é lembrada pelo Martirológio Romano.  Autor: Isidoro da Villapadierna…”: http://www.santiebeati.it/dettaglio/51610  

4.   Co­me­mo­ração dos santos már­tires Vin­de­mial, bispo de Gapsa, na Nu­mídia, na ac­tual Tu­nísia, e Lon­ginos, bispo de Par­mária, na Mau­ri­tânia, na ac­tual Ar­gélia, que, por se terem oposto aos ari­anos no Con­cílio de Car­tago, foram de­ca­pi­tados por ordem de Hu­ne­rico, rei dos Vândalos. († 483).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São Vindemial, bispo africano, Martirizado em 483. (M)

5*.   Em Lu­xeuil, na Bor­gonha, na ho­di­erna França, São Gal­berto ou Val­deberto, abade. († 665/670)

– Ver São Walberto, Waldeberto ou Galberto, abade e confessor, às páginas 64-65: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

6.   Em São Galo, na re­gião dos Hel­vé­cios, hoje na Suíça, Santa Wi­bo­rada, ou Guiborata, virgem e mártir, que viveu re­co­lhida numa pe­quena cela junto da igreja de São Magno, onde atendia ao povo, e, na in­cursão dos Hún­garos, foi morta por causa da sua fé e voto religioso. († 926).

– Ver pág. 68: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “… A vida de Wiborada não foi totalmente serena, no entanto. Por alguma razão (talvez porque ela ainda não estava ligada por casamento ou profissão religiosa), ela parece ter sido objeto de acusações caluniosas. Para provar sua inocência, nos dizem, ela se submeteu a algum tipo de provação. Este era um tipo medieval de detector de mentiras. Ela passou no teste e restabeleceu sua boa reputação.
Talvez por causa desse constrangimento, Wiborada decidiu agora se tornar uma eremita. Ela tinha uma pequena cela construída para ela como uma ala na Igreja de São Magno. Então, ela entrou no estilo de vida definitivo que Deus havia planejado para ela. Como uma santa mulher selada em sua pequena “Âncora”, ela se desenvolveu poderosamente na oração. As pessoas começaram a procurá-la por causa de sua sabedoria e seus milagres, e várias outras mulheres optaram por se tornar ancresses ou eremitas em outros lugares da cidade. A maioria morava sozinha. Wiborada acabou recebendo uma segunda companheira em seus aposentos: uma mulher chamada Rachildis, que ela havia curado de uma doença.
A eremita Wiborada, embora agora no platô final de sua vocação, nunca teria sonhado com sua conclusão surpreendente. Deus deu-lhe um aviso prévio, no entanto. Em 926 saqueadores húngaros pagãos invadiram a Suíça. Deus então revelou a Wiborada que ela pereceria em suas mãos, mas Rachildis seria poupada. A eremita rapidamente avisou o clero da Igreja de São Magno e os monges de São Galo para que fugissem e eles o fizeram. Ela e Rachildis se recusaram a deixar sua cela de clausura. Os saqueadores chegaram a St. Gall e incendiaram a Igreja de St. Magnus. Então abriram um buraco no teto da cela da santa e entraram. Encontrando-a ajoelhada em oração, eles cortaram seu crânio com uma machadinha e a deixaram morrendo. Mas eles não colocaram as mãos em Rachildis, que sobreviveu ao terrível evento por 21 anos.
Assim, Wiborada, a devota caseira, atingiu o clímax de sua vida de serviço tranquilo ao ganhar a coroa do martírio em sua própria cela!
A expectativa de Deus de nós, portanto, não é que viajemos nem que fiquemos parados. É que onde quer que vivamos, servimos a Sua santa vontade. É por isso que ele nos criou como nós. –Padre Robert F. McNamara…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay02.html#926_St._Wiborada_Swabian_nobility

7*.   Em Linköping, na Suécia, o Beato Ni­colau Hermansson, bispo, que, sendo se­vero para con­sigo, se de­dicou to­tal­mente à sua Igreja e aos po­bres e aco­lheu com honras con­dignas as re­lí­quias de Santa Brígida. († 1391)

8.   Em Flo­rença, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, Santo An­to­nino, bispo, que, de­pois de se aplicar à re­forma da Ordem dos Pre­ga­dores, se con­sa­grou com vi­gi­lante pru­dência ao tra­balho pas­toral, res­plan­de­cendo pela sua san­ti­dade, rigor e doutrina. († 1459).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1459, Santo Antonino, dominicano italiano, que ocupou diversos cargos antes de ser nomeado auditor geral da Rota e arcebispo de Florença. Deixou obras de teologia moral, de direito canônico e de história que tiveram várias edições. Foi enterrado no convento de São Marcos que acabara de ser decorado por seu confrade Fra Angélico. (M)

VER 10 DE MAIO:

. Santo Antonino. Ver páginas 224-237: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver também “Antonino de Florença, O.P., (Antônio de FlorençaAntonio Pierozzi, também chamado De Forciglioni), foi um frade dominicano italiano, que se tornou Arcebispo de Florença. É venerado como santo pela Igreja Católica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Antonino_de_Floren%C3%A7a 

9*.   Em Clonmel, na Ir­landa, o Beato Gui­lherme Tirry, pres­bí­tero da Ordem de Santo Agos­tinho e mártir sob o go­verno de Oliver Cromwel por per­se­verar fiel à Igreja Romana. († 1654)

10.     Em Vinh Long, ci­dade da Co­chin­china, no ac­tual Vi­etnam, São José Nguyen Van Luu, mártir, que, sendo agri­cultor e ca­te­quista, se en­tregou es­pon­ta­ne­a­mente em vez do pres­bí­tero Pedro Luu, pro­cu­rado pelos sol­dados, e morreu no cár­cere, no tempo do im­pe­rador Tu Duc. († 1854)

11.   Em Aran­juez, ci­dade de Cas­tela-a-Nova, re­gião da Es­panha, São José Maria Rúbio Peralta, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que foi emi­nen­te­mente ac­tivo na au­dição dos pe­ni­tentes, na di­recção de exer­cí­cios es­pi­ri­tuais e nas vi­sitas aos po­bres da re­gião de Madrid. († 1929)

12*.   No campo de con­cen­tração de Aus­chwitz, perto de Cra­cóvia, na Po­lónia, o Beato Bo­leslau Strzelecki, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a guerra, foi en­car­ce­rado por causa da fé e, vi­ti­mado pelas tor­turas, al­cançou a coroa de glória. († 1941)

13. São Germano da Escócia. (Bispo e Mártir. Também na Folhinha do Coração de Jesus, Germano). Ver páginas 66-67: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

14. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 02 DE MAIO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Atanásio de Alexandria (Memorial) — Alessandra Sabattini Alpin de Châlons Antônio de Florença Bernardo de Sevilha Bertino, o Jovem Boleslas Strzelecki Conrado de Seldenbüren Félix de Sevilha Fiachra de Erard Fiorenzo da Argélia Gennys da Cornualha Germano da Normandia Gluvias Guistano da Sardenha Helena Goldberg José Maria Rubio y Peralta Joseph LuuJuan de Verdegallo Neachtain de Cill-Uinche Ultão de Péronne Waldebert de Luxeuil Wiborada de Saint Gall William Tirry — Mártires da África Eugênio Longinus Vindemialis Mártires de Alexandria – 4 santos Mártires da Panfília Ciríaco Exsuperius Theodulus Zoe — Nicholas Hermansson
todos esses memoriais em uma única página

15. Outros santos do dia 02 de maio: págs. 59-69 (vol.08): obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS DOS SANTOS – 8.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 02 de maio, ver ainda: 2 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 371-373: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://catholicsaints.info/2-may/
  8. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay02.html#  

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira:

Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento” (referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein:Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

* 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

* 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

* 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

* 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

 Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias.

Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano). 

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.
  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha , a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

 UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

* 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas…

“…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza…

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso….

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

* 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! (…) Ó misericórdia! O meu coração ofega-se quando penso em Vós: para onde eu me dirija a pensar, mais não encontro do que misericórdia»

================

* 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:

  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.