Santas e Santos de 30 de junho

1. Os santos protomártires da Santa Igreja Ro­mana (também na Folhinha do Coração de Jesus), que, acu­sados de pro­vocar o in­cêndio da Urbe, por ordem do im­pe­rador Nero foram cru­el­mente mortos com vá­rios su­plí­cios: uns foram ex­postos aos cães co­bertos com peles de ani­mais e por eles de­vo­rados; ou­tros cru­ci­fi­cados e ou­tros lan­çados ao fogo, para que, ao de­clinar o dia, ser­vissem de lâm­padas noc­turnas. Todos eles eram dis­cí­pulos dos Após­tolos e pri­mí­cias dos már­tires que a Igreja Ro­mana ofe­receu ao Senhor. († 64).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, o nascimento no céu dos Primeiros Mártires da Igreja de Roma, cristãos injustamente acusados por Nero pelo incêndio da cidade imperial, cidade que segundo o Apocalipse “se sujaria com o sangue das testemunhas de Jesus”. (R)

– Ver também: https://www.acidigital.com/noticias/papa-recorda-martires-cristaos-assassinados-em-roma-no-tempo-de-nero-65540

– Ver: https://www.acidigital.com/noticias/hoje-a-igreja-celebra-os-santos-protomartires-de-roma-vitimas-da-mentira-de-nero-51155

– Ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/Primeira_Ep%C3%ADstola_de_Clemente

– Complementa acima: https://sumateologica.files.wordpress.com/2010/02/clemente_romano_cartas_aos_corintios.pdf

– Mais: http://www.earlychristianwritings.com/1clement.html

– Ver “… 6 – Primeiros Mártires da Sé de Roma “ Protomartyrs of Rome .”

30 de junho de 2010 Primeiros mártires da Igreja de Roma (m. 68). Havia cristãos em Roma cerca de uma dúzia de anos após a morte de Jesus, embora não fossem os convertidos do “Apóstolo dos Gentios” (Romanos 15 : 20). Paulo ainda não os tinha visitado na época em que escreveu sua grande carta em 57-58 dC…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune30.html

– Ver também “… 64 Primeiros Mártires da Sé de Roma “ Protomártires de Roma ”.
Primeiros Mártires da Igreja de Roma (d. 68) 
Havia cristãos em Roma cerca de uma dúzia de anos após a morte de Jesus, embora não fossem os convertidos do “Apóstolo dos Gentios” (Romanos 15). Paulo ainda não os havia visitado quando escreveu sua grande carta em 57-58 dC.
Havia uma grande população judaica em Roma. Provavelmente como resultado da controvérsia entre judeus e cristãos judeus, o imperador Cláudio expulsou todos os judeus de Roma em 49-50 dC Suetônio, o historiador, diz que a expulsão foi devido a distúrbios na cidade “causados ​​pelo certo Cresto” [Cristo]. Talvez muitos tenham voltado após a morte de Cláudio em 54 d.C. A carta de Paulo foi dirigida a uma Igreja com membros de origem judaica e gentia.
Em julho de 64 d.C., mais da metade de Roma foi destruída pelo fogo. Rumores atribuíram a tragédia a Nero, que queria ampliar seu palácio. Ele transferiu a culpa acusando os cristãos. Segundo o historiador Tácito, uma “grande multidão”; dos cristãos foi morto por causa de seu “ódio à raça humana”. 

Pedro e Paulo provavelmente estavam entre as vítimas.
Ameaçado por uma revolta do exército e condenado à morte pelo Senado, Nero cometeu suicídio em 68 d.C., aos 31 anos.

Comentário: Onde quer que as Boas Novas de Jesus tenham sido pregadas, encontraram a mesma oposição que Jesus enfrentou, e muitos daqueles que começaram a segui-lo compartilharam seu sofrimento e morte. Mas nenhuma força humana poderia deter o poder do Espírito desencadeado sobre o mundo. O sangue dos mártires sempre foi e sempre será a semente dos cristãos.

  Citação: Do ​​Papa Clemente I , sucessor de São Pedro: “Foi por inveja e ciúme que os maiores e mais retos pilares da Igreja foram perseguidos e lutaram até a morte. o ciúme sofreu não apenas uma ou duas vezes, mas muitas vezes e, tendo assim dado seu testemunho, foi para o lugar de glória que merecia. Foi através do ciúme e do conflito que Paulo mostrou o caminho para o prêmio da perseverança. Ele foi acorrentado sete vezes, enviado ao exílio e apedrejado; um arauto tanto no oriente como no ocidente, ele alcançou uma nobre fama por sua fé…”

    “Em torno desses homens com suas vidas santas está reunida uma grande multidão de eleitos que, embora vítimas de ciúmes, nos deram o melhor exemplo de perseverança em meio a muitas indignidades e torturas. Pelo ciúme as mulheres foram atormentadas, como Dirce ou as filhas de Danaus, sofrendo atos de violência terríveis e profanos. Mas eles corajosamente terminaram o curso da fé e, apesar de sua fraqueza física, ganharam um prêmio nobre”.
Os santos homens e mulheres também são chamados de “Protomártires de Roma”, foram acusados ​​de queimar Roma por Nero, que queimou Roma para cobrir seus próprios crimes. 

Alguns mártires foram queimados como tochas vivas em banquetes noturnos, alguns crucificados, outros foram dados a animais selvagens.

Esses mártires morreram antes dos Santos Pedro e Paulo, e são chamados “discípulos dos Apóstolos… que a Santa Igreja Romana enviou ao seu Senhor antes da morte dos Apóstolos”.

Muitos mártires que sofreram a morte sob o imperador Nero. Devido às suas execuções durante o reinado do imperador Nero, eles são chamados de Mártires Neronianos, e também são chamados de Protomártires de Roma, sendo homenageados pelo local na Cidade do Vaticano chamado Praça dos Protomártires. Esses primeiros cristãos eram discípulos dos apóstolos e sofreram torturas horríveis e mortes horríveis após o incêndio de Roma no ano de 62. Sua dignidade no sofrimento e seu fervor até o fim não forneceram a Nero ou aos romanos a desvio público desejado. Em vez disso, a fé foi firmemente plantada na Cidade Eterna…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune30.html#64_First_Martyrs_of_the_See_of_Rome

Ver em 24 de junho: Os Mártires de Roma, sob Nero (24 DE JUNHO, Ver páginas 161-170 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver MÁRTIRES DE ROMA SOB NERO

… Em um dia de verão, 19 de julho, no reinado do imperador Nero, a cidade de Roma pegou fogo. Durante seis dias o fogo se alastrou, desde o sopé do Monte Palatino até os subúrbios, e somente com a demolição da propriedade para criar uma brecha no caminho das chamas foram preservados quatro bairros da cidade.

O mistério da origem do fogo nunca foi resolvido, mas foi pensado para ser devido ao incendiarismo. Havia um rumor feio de que o próprio Nero havia incendiado sua própria capital e que escravos da casa imperial foram vistos espalhando as chamas. Nero estava em Antium quando ocorreu e por três dias, apesar das mensagens urgentes, não fez nenhum movimento e não deu instruções; só depois desta demora regressou à capital, e da Torre de Macaenas contemplou a cidade em chamas.

Com uma lira na mão e em pose teatral, ele declamou o relato de Homero sobre a destruição de Tróia, e foi esse incidente que deu origem à lenda de que Nero tocava violino enquanto Roma queimava. Embora seja improvável que ele tenha causado a calamidade, a suspeita foi reforçada pela anexação, após o incêndio, de uma parte considerável da área desolada para a construção de sua ‘Casa Dourada’, um palácio de imensas dimensões, com colunatas triplas um quilômetro e meio de comprimento, onde, declarou ele, ‘agora finalmente ele foi alojado como um ser humano’.

Mas o crescimento do boato espalhado pela população indignada, desabrigada e sem comida, e também o medo da revolução, obrigou-o a tomar contramedidas. Os jardins imperiais foram abertos como refúgio para os destituídos, edifícios temporários foram improvisados, serviços de assistência social e alimentação foram organizados; e, para desviar a atenção de si mesmo, voltou-se para os cristãos e declarou abertamente que eles eram responsáveis.

Então começou a perseguição mais implacável. Ele atirou contra eles não apenas sua amarga hostilidade, mas também a raiva e o ódio da população. Tácito registra a história sombria: “Eles morreram em tormentos e seus tormentos foram amargurados por insultos e escárnio. Alguns foram pregados em cruzes, outros costurados em peles de animais selvagens e expostos à fúria de cães, outros ainda, cobertos com materiais combustíveis, foram usados ​​como tochas para iluminar a escuridão da noite.” Raramente o mundo conheceu um espetáculo de horror como quando os jardins de Nero brilharam com esse carnaval diabólico.

Quantos sofreram está além da computação. Sabemos apenas que pelas ruas desertas e entre as ruínas fumegantes os cristãos foram caçados como ratos e, quando capturados, tornaram-se vítimas da fúria insensata de Nero. Foram noites de horror e dias em que nenhum homem podia confiar no próximo. Famílias inteiras foram cercadas e enviadas para a morte. Nas páginas dos mártires há um lugar de honra para essas vítimas desconhecidas que sofreram pela fé e pela paciência de Cristo, e deixaram atrás de si uma memória imperecível (Gill).

Citação MLA

– Ver também PRIMEIROS MÁRTIRES DE ROMA

Memorial

Perfil

Cristãos que foram acusados ​​pelo imperador romano Nero de incendiar Roma , Itália , e foram condenados à morte como punição. Todos eram discípulos dos Apóstolos. O número total desses assassinatos é conhecido apenas por Deus .

Morreu

  • martirizado em 64 de várias maneiras, quanto mais sangrento, melhor do ponto de vista de Nero ; alguns foram cobertos com peles de animais e lançados a cães selvagens para serem dilacerados; outros foram crucificados e ao pôr do sol cobertos de óleo e usados ​​como tochas humanas

Canonizado

informação adicional

Leituras

Ó Deus, que consagrastes abundantes primícias da Igreja Romana pelo sangue dos Mártires, concedei-nos, rogamos, que com firme coragem possamos juntos tirar forças de tão grande luta e sempre nos alegrar com o triunfo do amor fiel. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos. – recolher para a liturgia dos Primeiros Mártires de Roma

Citação MLA

– Ver ainda: PRIMEIROS MÁRTIRES DA SANTA IGREJA

A celebração de hoje introduzida pelo novo calendário romano universal refere-se aos protomártires da Igreja de Roma, vítimas da perseguição de Nero após o incêndio de Roma, que ocorreu em 19 de julho de 64.

Por que Nero perseguiu cristãos? Cornélio Tácito nos conta no décimo quinto livro dos Annales: “Desde que circularam rumores de que a queima de Roma havia sido maliciosa, Nero apresentou-os como culpado, punindo-os com punições altamente procuradas, aqueles que, odiados por suas abominações, eram chamados de cristãos pelos vulgares”.
Na época de Nero, em Roma, ao lado da comunidade judaica, vivia a pequena e pacífica comunidade de cristãos. Sobre estes, pouco conhecidos, circularam rumores caluniosos. Nero descarregou sobre eles, condenando-os a torturas odiosas, as acusações dirigidas a ele. Além disso, as ideias professadas pelos cristãos eram abertamente desafiadoras aos deuses pagãos ciumentos e vingativos… “Os pagãos – Tertullian mais tarde se lembrariam – atribuem aos cristãos toda calamidade pública, cada flagelo. Se as águas do Tibre saem das margens e invadem a cidade, se pelo contrário o Nilo não inchar e não inundar os campos, se houver seca, fome, praga, terremoto, é tudo culpa dos cristãos, que desprezam os deuses, e de todos os lados gritamos: cristãos aos leões!”.
Nero tinha a responsabilidade de ter iniciado a absurda hostilidade do povo romano, além disso muito tolerante em matérias religiosas, em relação aos cristãos: a ferocidade com que ele atacou os supostos incendiários nem sequer encontra a justificativa do interesse supremo do império. Episódios horrendos como o de tochas humanas, polvilhadas com tom e queimadas nos jardins da colina Oppio, ou como a de mulheres e crianças vestidas com pele de animal e deixadas à mercê das feras ferozes do circo, foram como despertar um sentimento de piedade e horror no próprio povo romano. “Então – Tácito escreve novamente – um sentimento de piedade se manifestou, mesmo que fossem pessoas merecedoras das punições mais exemplares, porque se viu que foram eliminadas não para o bem público, mas para satisfazer a crueldade de um indivíduo”, Nero. A perseguição não parou naquele verão fatal de 64, mas durou até 67.
Entre os mártires mais ilustres estavam o príncipe dos apóstolos, crucificado no circo neroniano, onde fica a Basílica de São Pedro, e o apóstolo dos gentios, São Paulo, decapitado no Acque Salvie e enterrado ao longo da Via Ostiense. Após a festa conjunta dos dois apóstolos, o novo calendário quer celebrar a memória dos muitos mártires que não poderiam ter um lugar especial na liturgia.

Autor: Piero Bargellini: http://santiebeati.it/dettaglio/28000

2.   Em Ale­xan­dria, no Egipto, São Ba­sí­lides, ou São Basilídio (também na Folhinha do Coração de Jesus), que, no tempo do im­pe­rador Sep­tímio Se­vero, tendo pro­cu­rado pro­teger dos in­sultos de ho­mens im­pu­dicos a virgem Santa Po­ta­miena que ele con­duzia ao su­plício, re­cebeu dela a re­com­pensa deste pi­e­doso ofício: graças às suas preces, con­verteu-se a Cristo e, após um breve com­bate, também ele foi mártir glorioso. († c. 202).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Alexandria, perto de 202, a paixão de São Basilídio, soldado, que corajosamente defendeu a honra da virgem Santa Potamiana, supliciada por causa de sua fé cristã. (M)

Ver São Basilido, páginas 384-385 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3.   Em Li­moges, na Aqui­tânia, ter­ri­tório da ac­tual França, São Mar­cial, bispo. († c. 250).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São Marcial, que foi o primeiro a anunciar a Boa Nova do Evangelho na região de Limoges. Uma célebre abadia beneditina tomou seu nome no século IX. (M)

– Ver: São Marçal de Limoges São MarçalMarçal de LimogesMarcial de Limoges (Gália, século III) foi o primeiro bispo de Limoges.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mar%C3%A7al_de_Limoges

4*.   Em Le Mans, na Nêus­tria, hoje na França, São Ber­trano ou Ber­ti­crano ou Bertrando, bispo, pastor pa­cí­fico e de­di­cado aos po­bres e aos monges. († c. 623).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 623, São Bertrando, bispo de Le Mans, fundador da abadia de São Pedro e São Paulo de La Couture, na qual foi sepultado. (M).

– Ver páginas 388-389 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Salz­burgo, na Ba­viera, ac­tu­al­mente na Áus­tria, Santa Eren­trudes, Ermentrudes e Arentrudes, pri­meira aba­dessa do mos­teiro de Nonn­berg e so­brinha de São Ru­perto, a quem ajudou na evan­ge­li­zação com obras e orações. († c. 718).

– Ver páginas 386-387: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6.   Em Sa­la­nigo, perto de Vi­cenza, na Itália, São Te­o­baldo (ou São Tibau, também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero e ere­mita, que, nas­cido dos condes de Cham­pagne, no­bres da França, jun­ta­mente com seu amigo Gualter, por amor de Cristo re­nun­ciou às honras e ri­quezas e pre­feriu as pe­re­gri­na­ções, a po­breza e a solidão. († 1066).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1066, São Tibau. Membro da família dos condes de Champagne levou inicialmente vida de peregrino, que o conduziu a Compostela e a Roma. Finalmente, tomou o hábito dos camaldulenses na Itália. (M).

Ver páginas 390-394 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7.   Em Nyitra, junto ao rio Vag, nos montes Cár­patos, na ac­tual Es­lo­vá­quia, o pas­sa­mento de São La­dislau, rei da Hun­gria, que res­ta­be­leceu no seu reino as leis cristãs in­tro­du­zidas por Santo Es­têvão, re­for­mando os cos­tumes e dando ele pró­prio exemplo de grande vir­tude. Na Croácia, unida ao reino hún­garo, tra­ba­lhou in­ten­sa­mente para a pro­pa­gação da fé cristã e es­ta­be­leceu a sede epis­copal de Za­greb. Morreu quando se pre­pa­rava para a guerra com os Boé­mios e o seu corpo foi de­pois se­pul­tado em Oradea, na Tran­sil­vânia, re­gião da ac­tual Roménia. († 1095)

8.   Em Bam­berg, na Fran­cónia, na ho­di­erna Ale­manha, Santo Otão, bispo, que evan­ge­lizou com grande zelo os Pomeranos. († 1139)

9*.   Em Os­nabrück, na Sa­xónia, também na ac­tual Ale­manha, Santo Adolfo, bispo, que aco­lheu no mos­teiro de Al­ten­camp a ob­ser­vância cisterciense. († 1224).

– Ver “Santo Adolfo de Osnabrueck nasceu por volta de 1185 na cidade de VestfáliaAlemanha, filho do conde Simão de Teckelenburg. Foi educado pelos monges do famoso mosteiro Cisaterciano de Camp as margens do Rio Reno. O exemplo dos monges cisatercienses e a sua vida devotada a Deus e a Igreja Católica exerceram forte impressão. Foi ordenado e tornou-se cônego da Igreja Metropolitana de Colônia. Em 1216 foi indicado Bispo de Osnabrueck onde se tornou popular e famoso pela sua bonomia…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Santo_Adolfo

10*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato Fi­lipe Powell, pres­bí­tero da Ordem de São Bento e mártir, na­tural do País de Gales, que, no rei­nado de Carlos I, cap­tu­rado num barco que se di­rigia para a In­gla­terra, por ser sa­cer­dote foi con­du­zido ao pa­tí­bulo de Tyburn. († 1646).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Tyburn, nos arredores de Londres, no ano de 1646, o enforcamento do Bem-Aventurado Filipe Powell. No momento de morrer, proclamou com orgulho que pertencia à Ordem beneditina e à Igreja Católica, que haviam convertido a Inglaterra ao Cristianismo. (X).

– Ver páginas 396-398 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

11*.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, o Beato Ja­nuário Maria Sarnélli (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero da Con­gre­gação do San­tís­simo Re­dentor, que se de­dicou ar­do­ro­sa­mente à as­sis­tência de todo o gé­nero de necessitados. († 1744).

– Ver: “30/06: Bv. JANUÁRIO MARIA. SARNELLI. Este jovem napolitano, nascido a 12 de setembro de 1702, apesar da origem abastada, desde cedo dedicou-se ao apostolado junto aos pobres e abandonados. Tendo concluído os estudos de Direito, engajou-se na visita aos doentes do hospital de incuráveis, onde sentiu o chamado ao sacerdócio. Ordenou-se em julho de 1732. No trabalho paroquial, conheceu de perto as mazelas da sociedade. Quando conheceu Santo Afonso de Ligório, iniciou-se entre os dois uma grande amizade. Januário acabou ingressando na nascente Congregação Redentorista, e foi um dos seus mais dedicados missionários. Um de seus mais importantes trabalhos foi a instrução das jovens em perigo de prostituição. Escreveu sobre temas espirituais, teologia e mística. Morreu em 30 de junho de 1744. Frei Sandro Roberto da Costa, OFM – Petrópolis/RJ (Conforme a Folhinha do Coração de Jesus de 29/06/2012).”

12.   Em Hai Duong, ci­dade do Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Vi­cente Do Yen, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, no tempo do im­pe­rador Minh Mang, morreu de­go­lado em ódio à fé cristã. († 1838)

13.   No ter­ri­tório de Chendun, junto de Ji­aohe, no Hebei, pro­víncia da China, os santos Rai­mundo Li Quanzhen e Pedro Li Qua­nhui, már­tires, que, sendo ir­mãos, du­rante a per­se­guição mo­vida pelos se­quazes da seita «Yihe­tuan» deram glo­rioso tes­te­munho de Cristo: um deles, con­du­zido ao templo dos gen­tios, re­cusou prestar culto aos falsos deuses e morreu fla­ge­lado; o outro foi as­sas­si­nado com se­me­lhante crueldade. († 1900)

14*.   Em L’viv, na Ucrânia, a co­me­mo­ração do Beato Zenão Kovalyk, pres­bí­tero da Con­gre­gação do San­tís­simo Re­dentor e mártir, que, no tempo dum re­gime hostil a Deus, em dia in­certo deste mês me­receu re­ceber a coroa de glória. († 1941).

– Ver também dia 28 de junho: Bem-Aventurado Zenão, Nicolau, Ivan e Basílio (também na Folhinha do Coração de Jesus). 28/06: Bvs. ZĘNÃO, NICOLAU, IVAN E BASÍLIO. Todos estes padres redentoristas ucranianos se destacam pelo seu testemunho de fé e resistência ao regime comunista. Zenão nasceu em 1903 e foi ordenado em 1932. Seu zelo pastoral despertou a ira dos comunistas. Aprisionado em 1941, foi assassinado no mesmo ano, provavelmente crucificado na parede da prisão. Nicolau foi ordenado em 1910. Em 1932 foi nomeado bispo. Preso em 1945, libertado em 1956, morreu em 1959, em consequência das torturas. Ivan nasceu em 1889. Ordenado em 1923, foi preso em 1950. Morreu na sexta-feira santa de 1952, após ser duramente torturado. Basilio, nascido em 1903, foi feito prisioneiro dos russos em 1945. Resistiu a 10 duros anos de prisão. Em 1959 foi nomeado pelo papa “bispo da Igreja do Silêncio”. Morreu em 1973. Frei Sandro Roberto da Costa, OFM (Conforme a Folhinha do Coração de Jesus de 27/06/2010) – Petrópolis/RJ”

15*.   Em Win­nipeg, na pro­víncia de Mi­ni­toba, no Ca­nadá, o Beato Ba­sílio Velyckovskyj, bispo da Igreja greco-ca­tó­lica da Ucrânia, que, por exercer clan­des­ti­na­mente o mi­nis­tério entre os cris­tãos ca­tó­licos do Rito Bi­zan­tino, foi cru­el­mente ator­men­tado na sua pá­tria pelos per­se­gui­dores da fé e, as­so­ciado ao sa­cri­fício de Cristo, morreu no exílio. († 1973)

16. Santa Lucina (também na Folhinha do Coração de Jesus), em Roma, discípula dos Apóstolos, assistiu aos fiéis com os bens que possuía. Visitou cristãos nas prisões e cuidou da sepultura dos mártires. Enterrada ao lado dos mártires.

– Ver página 398 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

17. Bem-Aventurado Arnoul Cornebout, Confessor. Ver página 395 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

18. São Raimundo Lúlio. “…Em 1314, aos 82 anos, Llull viajou novamente para o norte da África, onde foi apedrejado por uma multidão enfurecida de muçulmanos em Túnis[10]. Os mercadores genoveses o levaram de volta a Maiorca, onde ele morreu em casa em Palma no ano seguinte. Embora a data tradicional de sua morte tenha sido em 29 de junho de 1315[10], seus últimos documentos, que datam de dezembro de 1315, e pesquisas recentes apontam para o primeiro trimestre de 1316 como a data de morte mais provável.

Pode ser documentado que Llull foi enterrado na Igreja de São Francisco em Maiorca[11].

Riber afirma que as circunstâncias de sua morte permanecem um mistério. Zwemer, um missionário e acadêmico protestante, aceitou a história do martírio, assim como William Turner, escrevendo na Enciclopédia Católica. Bonner dá como razão para a viagem de Lúlio a Túnis a informação de que seu governante estava interessado no cristianismo – informações falsas dadas aos reis da Sicília e de Aragão e retransmitidas a Llull.

Sua festa litúrgica foi designada a 30 de junho e é celebrada pela Terceira Ordem de São Francisco[12]…”: Raimundo Lúlio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

19. VER SANTAS E SANTOS DE 30 DE JUNHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

– OntemCalendárioAmanhã ->
Primeiros Mártires da Santa Igreja Romana (Memorial Opcional) — Adele de Orp-le-Grand Adolfo de Osnabrück Alpino de Limoges Alrick o Eremita Ambrósio de Feis Anthony de Tremoulières Arnulfo de Villers Austricliniano de Limoges Basilides de Alexandria Bertrand de Le Mans Clotsindis de Marchiennes Donato de Münstereifel Elisabeth Heimburg Emiliana de Roma Erentrude Eurgain Caio Gennaro Maria Sarnelli Jacob Clou Leão o DiáconoLuciana de Roma Lucina das Catacumbas de Calisto Marciano de Pampeluna Marcial de Limoges Ostianus Oto de Bamberg Pedro de Asti Petrus Li Quanhui Philip Powel Raimundus Li Quanzhen Raymond Lull Esporoc Teobaldo de Provins Vasyl Vsevolod Velychkovskyi Vihn Son Ðo Yen Zenon KovalykMártires da África – 7 santos — Caelán Dahoc Domingos de La Vid Ernesto de Praga
todos esses memoriais em uma única página

20. Outros santos do dia 30 DE JUNHO: páginas: 384-399 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 30 de junho, ver ainda: 30 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 503-506: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 29 de junho

29 DE JUNHO DE 2022:

SO­LE­NI­DADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO, APÓS­TOLOS. DIA DO PAPA

  1. NO BRASIL, EM ALGUMAS DIOCESES, SERÁ DIA 29 DE JUNHO:

Diocese de Rio Grande e de Pelotas; Arquidiocese de Porto Alegre e Diocese de Marília; Catedral de Cachoeiro do Itapemirim e nas Catedrais de Recife e Teixeira de Freitas; em todo o Estado do Rio Grande do Sul e na cidade de Porto Alegre; na Catedral de Alto Solimões (AM); cidade de São Paulo de Olivença (AM);

2. NO BRASIL CONFORME O DIRETÓRIO DE LITURGIA DA CNBB DE 2022: Será dia 04 de julho.

OUTRAS SANTAS E SANTOS DE 29 DE JUNHO

2.   Em Gé­nova, na Li­gúria, re­gião da Itália, São Siro, ou Ciro (que cuidou com solicitude da Igreja de Gênova, conforme o Martirológio Romano-Monástico), que é ve­ne­rado como bispo. († c. 330).

3.   Em Nárni, na Úm­bria, também re­gião da Itália, São Cássio, bispo, o qual, como narra o papa São Gre­gório Magno, ofe­recia todos os dias o sa­cri­fício de ex­pi­ação todo ba­nhado em lá­grimas e dava em es­molas tudo o que tinha. Fi­nal­mente, no dia dos santos Após­tolos, em que todos os anos cos­tu­mava ir a Roma, quando ce­le­brava a Missa na sua ci­dade e dis­tri­buía a todos o Corpo de Cristo, partiu ao en­contro do Senhor. († 558).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Úmbria, no séc. VI, São Cássio, bispo, que tinha o costume, raro para a época, de celebrar a cada dia o Sacrifício Eucarístico. (M).

– Ver São Cássio, bispo e confessor, página 381 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4*.   Em Gurk, na Ca­ríntia, ac­tu­al­mente na Áus­tria, Santa Ema (também na Folhinha do Coração de Jesus), uma con­dessa que viveu viúva qua­renta anos e deu ge­ne­ro­sa­mente muitos dos seus bens aos po­bres e à Igreja. († c. 1045).

– Ver páginas 379-380 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Num braço de mar frente à ilha Mai­orca, re­gião da Es­panha, o Beato Rai­mundo Lúlio, re­li­gioso da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco e mártir, homem de grande cul­tura e emi­nente dou­trina, que es­ta­be­leceu um diá­logo fra­terno com os Sar­ra­cenos, para lhes anun­ciar o Evan­gelho de Cristo. († 1316)

– Ver “Raimundo Lúlio ou Raimundo Lulo[1] (em catalão Ramon Llull; em espanholRaimundo Lulio; em latimRaimundus ou Raymundus Lullus; em árabeرامون لیول ) foi o mais importante escritorfilósofopoeta, missionário e teólogo da língua catalã. Foi um prolífico autor também em árabe e latim, bem como em langue d’oc (occitano). É beato da Igreja Católica. Lúlio é uma das figuras mais fascinantes e avançadas dos campos espiritualteológico e literário da Idade Média.”: Raimundo Lúlio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

e: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Raimundo_Lúlio

6.   No ter­ri­tório de Xi­a­o­luyi, junto de Shen­xian, no Hebei, pro­víncia da China, os santos már­tires Paulo Wu Juan e seu filho João Bap­tista Wu Man­tang e seu so­brinho Paulo Wu Wanshu, que, du­rante a per­se­guição dos «Yihe­tuan», porque se de­cla­raram cris­tãos, me­re­ceram todos ao mesmo tempo a coroa do martírio. († 1900)

– Ver: Mártires da China

7.   Em Du­ji­adun, também junto de Shen­xian, as santas Maria Du Ti­anshi e sua filha Ma­da­lena Du Fengju, már­tires, que, na mesma per­se­guição, re­ti­radas de um ca­na­vial onde se ti­nham es­con­dido, mor­reram pelo nome cristão, sendo a segunda en­cer­rada no se­pulcro ainda viva. (†S 1900)

08. Santa Judite (Judith,também na Folhinha do Coração de Jesus) e Santa Salomé.

– Ver páginas: 377-378 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

– Ver “… Segundo a lenda, Santa Salomé foi uma princesa anglo-saxã no século IX. Durante uma viagem de peregrinação a Jerusalém, ela ficou temporariamente cega. Quando ela chegou a Altaich, Baviera, ela não tinha posses e se tornou uma anacoreta (anacoreta – mulher que vive reclusa para fins religiosos) em uma cela anexa à igreja do mosteiro. Tia de Salomé, Judith, foi enviado pelo rei da Inglaterra para procurar Salomé. Quando ela finalmente a localizou em Altaich, ela decidiu se tornar uma anacoreta também. Ela permaneceu lá pelo resto de sua vida depois que Salomé morreu. Às vezes ela sofria de ataques diabólicos e terrores noturnos, e os gritos que vinham de sua cela às vezes faziam com que os monges fugissem da abadia vizinha para descobrir se ela estava sendo assassinada. Ela foi enterrada ao lado de sua sobrinha em Ober Altaich. Afirma-se que em 907, quando o mosteiro foi destruído pelos húngaros, as relíquias de ambas as contemplativas foram transladadas para Nieder Altaich, onde ainda são veneradas…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune29.html

09. Santo Anastácio (também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme VIDAS DOS SANTOS, no mesmo dia, na cidade de Argenton, na Gália, São Marcelo, mártir, que foi decapitado pela fé juntamente com um homem de guerra, chamado Anastácio… Seriam dois romanos que tinham ido em auxílio dos missionários. Suas relíquias estão conservadas na Igreja de São Marcelo de Bourges. Celebram-lhes as festas no dia 3 de julho.

– Ver páginas 382-383 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

10. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Sens, no séc. III, Santa Beata, virgem que se devotou de corpo e de alma a Cristo até o martírio (M).

– Ver Benedita, 29 de junho

Benedita (Santa) Mártir Virgem (29 de junho) (século III) Martirizada em Sens na França sob o imperador Aureliano (A.D. 273). Seu irmão, Santo Sanctian, e outro Mártir, um Santo Agostinho, foram decapitados ao mesmo tempo. Dizem que todos foram nativos da Espanha, de onde passaram para a França. Séio, com outros, se recusa a aceitar o relato de São Benediéu, nem o Martirológio Romano a conta entre os Mártires. De acordo com os modernos, a Santa Benedita (ou Santa Beata) venerada em Sens era com toda a probabilidade de uma santa freira da localidade, embora seja possível que tenha havido um Santo anterior de mesmo nome.

Citação MLA

11. Santa Maria, mãe de João, cognominado Marcos, aparece nos Atos dos Apóstolos – 1º século. Ver página 382 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

12. VER SANTAS E SANTOS DE 29 DE JUNHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Paulo Apóstolo (Solenidade) Pedro Apóstolo (Solenidade) Nossa Senhora de Linares — Anastácio de Bourges Benedita de Sens Cássio de Narni Ciwg ap Arawn Cocha Francesco Mottola Hema de Gurk Ilud Ferch Brychan Judite de NiederaltaichMarcelo de Bourges Maria, a mãe de João Marcos Pierre de Tarentaise, o Velho Salomé de Niederaltaich Siro de Génova Guilherme de SanMártires da China Ver: https://catholicsaints.info/martyrs-of-china/ Ioannes Baptista Wu Mantang Madalena Du Fengju Maria Du Tianshi Paulus Wu Anju Paulus Wu Wanshu
todos esses memoriais em uma única página

13. Outros santos do dia 29 DE JUNHO: páginas: 265-383 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 29 de junho, ver ainda: 29 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 501-502: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 28 de junho

1. Me­mória de Santo Irineu (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, como es­creve São Je­ró­nimo, foi desde a in­fância dis­cí­pulo de São Po­li­carpo de Es­mirna e guardou fi­el­mente a me­mória dos tempos apos­tó­licos. Era pres­bí­tero de Lião quando su­cedeu ao bispo São Po­tino e, se­gundo a tra­dição, re­cebeu como ele a coroa do mar­tírio. Es­creveu muito sobre a tra­dição apos­tó­lica e compôs li­vros ex­ce­lentes contra os he­reges para de­fender a fé católica. († c. 202).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Santo Irineu. Ele mesmo conta que foi discipulo de São Policarpo de Esmirma, que, por sua vez, conhecera o Apóstolo São João. sucedendo a São Potino na Sé episcopal de Lião, defendeu a autoridade da predicação evangélica contra as heresias gnósticas, coroando com o martírio sua obra de Doutor da Igreja. (R).

Ver páginas 245-253 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Ireneu ou Irineu de Lyon ou Lião, em grego Εἰρηναῖος [pacífico] transliterado [Eirenaios], em latim Irenaeus, (ca. 130 – 202) foi um bispo gregoteólogo e escritor que nasceu, segundo se crê, na província romana da Ásia Menor Proconsular – a parte mais ocidental da actual Turquia – provavelmente Esmirna…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ireneu_de_Lyon

– Ver Santo Irineu de Lyon

Memorial

Perfil

Discípulo de São Policarpo de Esmirna . Ordenado em 177 . Bispo de Lugdunum, Gália (atual Lyons, França ). Trabalhou e escreveu contra o Gnosticismo , baseando seus argumentos nas obras de São João Apóstolo , cujo Evangelho é frequentemente citado pelos gnósticos . Evangelistas despachados , incluindo São Ferreolus de Besançon e São Ferrutio de Besançon . Considerado o primeiro grande escritor e teólogo eclesiástico ocidental, ele enfatizou a unidade do Antigo e do Novo Testamento, e da natureza simultânea humana e divina de Cristo, e o valor da tradição. Um Pai da Igreja . Mártir .

Nascer

Morreu

Canonizado

Patrocínio

informação adicional

Leituras

Pois é por isso que o Verbo se fez homem, e o Filho de Deus se fez Filho do homem: para que o homem, entrando em comunhão com o Verbo e recebendo assim a filiação divina, se tornasse filho de Deus. – Santo Irineu

O próprio Verbo, nascido de Maria ainda virgem, recebeu justamente no nascimento a recapitulação de Adão, recapitulando assim o próprio Adão. – Santo Irineu, Contra as Heresias

A glória de Deus dá vida; quem vê Deus recebe vida. Os homens, portanto, verão a Deus se quiserem viver; através da visão de Deus eles se tornam imortais e alcançam o próprio Deus. Deus é a fonte de toda atividade em toda a criação. Ele não pode ser visto ou descrito em sua própria natureza e em toda a sua grandeza por nenhuma de suas criaturas. No entanto, ele certamente não é desconhecido. Através de sua Palavra, toda a criação aprende que há um Deus Pai, que mantém todas as coisas juntas e lhes dá seu ser. Como está escrito no Evangelho: “Ninguém jamais viu a Deus, a não ser o Filho unigênito, que está no seio do Pai; ele o revelou”. Desde o início, o Filho é quem nos ensina sobre o Pai; ele está com o Pai desde o princípio. A Palavra revelou Deus aos homens e apresentou os homens a Deus. A vida no homem é a glória de Deus; a vida do homem é a visão de Deus. Se a revelação de Deus através da criação dá vida a todos os que vivem na terra, muito mais a manifestação do Pai através da Palavra dá vida a quem vê Deus.– a partir de Contra as heresias por Santo Irineu

Citação MLA

2.   Em Ale­xan­dria, no Egipto, os santos már­tires Plu­tarco, Se­reno, He­rá­clides ca­te­cú­meno, Herão neó­fito, outro Se­reno, He­raides (Heraís) ca­te­cú­mena, Po­ta­miena (Potamiana) e Mar­cela sua mãe, que foram todos dis­cí­pulos de Orí­genes e, no tempo do im­pe­rador Sep­tímio Se­vero deram tes­te­munho de Cristo, uns tres­pas­sados pela es­pada, ou­tros lan­çados ao fogo. Entre eles brilha es­pe­ci­al­mente Po­ta­miena, virgem, que teve de travar inú­meros com­bates pela sua vir­gin­dade, so­freu tor­mentos inau­ditos pela fé e, por fim, foi con­su­mida pelo fogo com sua mãe. († c. 202).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Alexandria, no começo do séc. III, a paixão de um grupo de Sete Cristãos que pertenciam à escola de Orígenes. (M).

Ver páginas 257-258 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3.   Em Roma, São Paulo I, papa, que, mo­vido pelos seus sen­ti­mentos de bon­dade e grande mi­se­ri­córdia, vi­si­tava de noite em si­lêncio as celas dos en­fermos e lhes pres­tava au­xílio. De­fensor da fé or­to­doxa, es­creveu aos im­pe­ra­dores Cons­tan­tino V e Leão IV para que se res­ta­be­le­cesse a an­tiga ve­ne­ração às sa­gradas ima­gens. https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Paulo_I († 767).

– Ver páginas 254-255 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “São Paulo I foi Papa entre 29 de maio de 757 a 28 de junho de 767 e irmão do Papa Estêvão II. Outro caso encontraremos entre os irmãos Bento VIII e João XIX…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Paulo_I

4.   Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, Santo Ar­gi­miro (também na Folhinha do Coração de Jesus, Santo Argemiro), mártir, que, sendo monge já de avan­çada idade, na per­se­guição dos Mouros, du­rante o rei­nado de Mo­amed II, foi in­ti­mado pelo juiz a negar a Cristo e, per­ma­ne­cendo fir­me­mente na con­fissão da fé, foi tor­tu­rado no ca­va­lete e por fim pas­sado ao fio da espada. († 856).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Córdova, na Andaluzia, no ano da graça de 856, a morte sangrenta de Santo Argemiro. Após vários anos a serviço do rei mouro passou ao serviço de Cristo. (M).

Ver página 256 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Ha­sungen, no ter­ri­tório de Hesse, na ac­tual Ale­manha, Santo Hei­me­rado (Eimerado), pres­bí­tero e ere­mita, que, ex­pulso do mos­teiro e ex­posto ao des­prezo e zom­baria de muitos, viveu como pe­re­grino ao longe e ao largo por Cristo. († 1019).

– Ver Santo Heimrad, confessor. Ver página 261 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, São João Southworth, pres­bí­tero e mártir, que, por exercer o sa­cer­dócio na In­gla­terra, so­freu vá­rias vezes a prisão e o exílio; fi­nal­mente, con­de­nado à morte no tempo de Oliver Cromwell, olhando para a forca pre­pa­rada na praça de Ty­burn, ex­clamou que o pa­tí­bulo era para ele como a cruz de Cristo. († 1654).

– Ver páginas 262-263 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “…1654 Saint John Southworth tornou-se padre em 1619 em Douai Um dos Quarenta Mártires da Inglaterra e relíquias de Gales estão na Catedral de Westminster em Londres,descobertas lá em 1927. O Papa Paulo VI o canonizou em 1970.
BD JOHN SOUTHWORTH, MARTYR 1654. O interesse em Bd John Southworth foi acelerado pela descoberta de seus restos mortais em Douai em 1927, e por sua consagração na capela de São Jorge e os Mártires Ingleses na catedral de Westminster…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune28.html

7.   Em Ló­vere, na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santa Vi­centa Ge­rosa (Santa Viência, na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, jun­ta­mente com Santa Bar­to­lo­meia Ca­pi­tânio fundou o Ins­ti­tuto das Irmãs da Caridade. († 1847)

Bem-Aventurada Vicenta Gerosa, (Maria Catarina Francisca Gerosa) virgem. Ver “Pio XI declarou-a bem-aventurada a 7 de maio de 1933”, páginas 27-28 no Vol X do VIDAS DOS SANTOS (de 04 de junho).

– Ver também “Virgem da Ordem Terceira de São Francisco (1784-1847), fundadora das Irmãs da Menina Maria, canonizada por Pio XII em 18 de maio de 1950… ”: https://franciscanos.org.br/carisma/calendario/santa-vicenta-gerosa#gsc.tab=0

– Ver “”:  Santa Vicenta Gerosa – Carisma – Franciscanos Carisma – Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil – OFM

– Ver ainda “… Ela se voltava continuamente para a lembrança dos sofrimentos de nosso Senhor na cruz em busca de força e orientação. Por isso ela costumava dizer: “Quem não aprendeu nada sabe o que significa o crucifixo, e quem conhece o seu crucifixo nada mais tem a aprender”. Depois de uma longa doença suportada com muita paciência, Madre Vincentia morreu em 29 de junho de 1847. Ela foi canonizada em 1950.”:   http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune28.html

8.   Em Wan­glajia, lo­ca­li­dade pró­xima de Dong­guang­xian, no Hebei, pro­víncia da China, as santas mártires Lúcia Wang Cheng, Maria Fan Kun, Maria Qi Yu e Maria Zheng Xu, que, tendo sido edu­cadas num or­fa­nato, du­rante a per­se­guição dos se­quazes «Yihe­tuan» se di­ri­giram para a morte por de­ca­pi­tação, de mãos dadas e fe­lizes como quem vai para as bodas. († 1900)

9.   Em Ji­eshuiwang, junto da ci­dade de Shen­xian, na mesma pro­víncia da China, Santa Maria Du Zhaozhi, mártir e mãe dum sa­cer­dote, que, de­sis­tindo da fuga, re­gressou por não querer trair a fé de Cristo e su­jeitou a ca­beça se­re­na­mente ao ma­chado dos inimigos. († 1900)

10*.   Em Drohobych, na Ucrânia, os be­atos Se­ve­riano Ba­ranik e Jo­a­quim Senkivskyj, pres­bí­teros da Ordem de São Jo­safat e már­tires, que, em tempo de per­se­guição contra a fé, através do mar­tírio se tor­naram par­ti­ci­pantes da vi­tória de Cristo. († 1941)

11♦. Em Roma, a Beata Maria Pia Mastena (Te­resa Maria), virgem, fun­da­dora do Ins­ti­tuto das Irmãs da Santa Face. († 1951)

12. Santa Teodechilda, virgem. Ver páginas 259-260 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver Santa Teodichildis

Também conhecido como

  • Telchildis

Memorial

Perfil

Freira em Faremoutiers , França . Primeira Abadessa da Abadia de Jouarre, Seine-et-Marne, França .

Morreu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

13. Bem-Aventurado Zenão, Nicolau, Ivan e Basílio (também na Folhinha do Coração de Jesus). 28/06: Bvs. ZĘNÃO, NICOLAU, IVAN E BASÍLIO. Todos estes padres redentoristas ucranianos se destacam pelo seu testemunho de fé e resistência ao regime comunista. Zenão nasceu em 1903 e foi ordenado em 1932. Seu zelo pastoral despertou a ira dos comunistas. Aprisionado em 1941, foi assassinado no mesmo ano, provavelmente crucificado na parede da prisão. Nicolau foi ordenado em 1910. Em 1932 foi nomeado bispo. Preso em 1945, libertado em 1956, morreu em 1959, em consequência das torturas. Ivan nasceu em 1889. Ordenado em 1923, foi preso em 1950. Morreu na sexta-feira santa de 1952, após ser duramente torturado. Basilio, nascido em 1903, foi feito prisioneiro dos russos em 1945. Resistiu a 10 duros anos de prisão. Em 1959 foi nomeado pelo papa “bispo da Igreja do Silêncio”. Morreu em 1973. Frei Sandro Roberto da Costa, OFM (Conforme a Folhinha do Coração de Jesus de 27/06/2010) – Petrópolis/RJ”

São Zenão, ver 30 de junho

14 Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, durante a perseguição de Diocleciano, São Pápias ou Pápio, torturado por causa de Cristo (M).

– Ver “… São Papius, mártir, também durante a perseguição de Diocleciano, que foi açoitado com cordas atadas, lançado em um caldeirão de óleo e graxa fervente, e depois de outros tormentos horríveis foi decapitado, e assim ganhou uma coroa eterna…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune28.html#St._Papius_martyr_Also_during_the

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico,  no ano do Senhor de 1528, o Bem-Aventurado Paulo Giustiniani. Em plena Renascença italiana, este humanista veneziano, tornando-se monge no deserto de Camaldoli, esforçou-se para reavivar a chama de sua Ordem, fundando a “Companhia dos eremitas de S. Romualdo”, ou “Congregação do Monte Corona”. Na solidão com Deus, elaborou uma doutrina equilibrada do ideal eremítico (X).

16. VER SANTAS E SANTOS DE 28 DE JUNHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Irineu de Lyon (Memorial) — Almus de Balmerino Argymirus de Córdoba Atílio de Trino Austell da Cornualha Benigno de Utreque Crummine Damião da Campânia Egilo Heimrad John Southworth Lupercio Papias, o Mártir Paulo I , Papa Teresa Maria Mastena Theodichildis Vicentina GerosaMártires da África – 27 santos Mártires de Alexandria – 41 santosMártires da China Lucia Wang Cheng Maria Chi Yu Maria Du Zhauzhi Maria Fan Kun Maria Zheng Xu Mártires da Coreia Matthaeus Choe In Gil Paul Yun Yu-il Sabas Ji Hwang Mártires da Ucrânia Severian Baranyk Yakym Senkivsky — Dietilda de Sens Ecardo de Huysburg Erlembaldo Cotta de Milão Ernin de Cluain-finn Herman de Valam Pedro de Oriona Sérgio de Valam
todos esses memoriais em uma única página

17. Outros santos do dia 28 DE JUNHO: páginas: 245-264 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 28 de junho, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/28_de_junho

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 498-500: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 27 de junho

27 DE JUNHO: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO (também na Folhinha do Coração de Jesus de 27 de junho).

A- Na Folhinha do Coração de Jesus (de 27 de junho).

B Ver páginas 235-236 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

C – Ver ainda “… Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é um título conferido a Maria, mãe de Jesus, representada em um ícone de estilo bizantino[1][2][3][4]. Na Igreja Ortodoxa é conhecida como Mãe de Deus da Paixão, ou ainda, a Virgem da Paixão… Festa litúrgica: 27 de junho”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Perp%C3%A9tuo_Socorro

D- “No último dia 27 de junho comemoramos o dia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro…”: https://www.nossasagradafamilia.com.br/conteudo/conheca-a-historia-da-nossa-senhora-do-perpetuo-socorro.html

E – Ver 27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO “… Ela é a senhora da morte e a rainha da vida, o socorro seguro e certo dos que a invocam com amor filial. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!”: https://santo.cancaonova.com/santo/nossa-senhora-do-perpetuo-socorro-auxilio-dos-cristaos/

F – Pesquisa sobre NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO:https://www.google.com/search?q=nossa+senhora+do+perp%C3%A9tuo+socorro&oq=Nossa+Senhora+do+Perp&aqs=chrome.0.0j69i57j0l4.11471j0j8&sourceid=chrome&ie=UTF-8

G – Ver: “João Paulo II. Homilia nas vésperas e coroação da imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em WadowicePolônia, 16 de Junho de 1999… Sob a tua proteção, Maria, procuramos refúgio. À tua proteção confiamos a história desta cidade, da Igreja de Cracóvia e de toda a Pátria. Ao teu amor materno confiamos o destino de cada um de nós, das nossas famílias e da sociedade inteira. Não desprezes a súplica de nós que estamos na provação e livra-nos sempre de todo o perigo. Maria, pede para nós a graça da fé, da esperança e da caridade, a fim de que, sob o teu exemplo e a tua guia, levemos ao novo milénio o testemunho do amor do Pai, da morte redentora e da ressurreição do Filho e da acção santificadora do Espírito Santo. Permanece sempre conosco! Virgem gloriosa e bendita, Nossa Senhora, nossa Advogada, nossa Medianeira, nossa Consoladora, nossa Mãe! Amém…”: http://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/homilies/1999/documents/hf_jp-ii_hom_19990616_wadowice.html

H– Ver “ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento. Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai. Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias. Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus. Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

Curiosidades da Oração a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

A devoção à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro surgiu a partir de uma pintura bizantina de Nossa Senhora e foi difundida no ocidente devido à ação dos Missionários Redentoristas.

Também denominada como Mãe do Perpétuo Socorro e Mãe dos Missionários Redentoristas, celebramos o seu dia anualmente em 27 de junho: https://www.drafilo.com.br/oracao-a-nossa-senhora-do-perpetuo-socorro/

I – Ver ainda “Hoje, 27 de Junho é dia de: NOSSA SENHORA DA PAIXÃO (OU NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO). Localização: Moscou (Rússia)… O título deriva do ícone russo MÃE DE DEUS DA PAIXÃO, que recebeu este nome porque, ao lado de Nossa Senhora, dois anjos carregam os instrumentos do sofrimento do Senhor. O ícone foi trasladado da vila de Palitsa a Moscou no ano de 1641. Uma igreja foi construída no lugar e, em 1654, foi estabelecido o Mosteiro da Paixão.

Mosteiro da Paixão foi destruído pelos ateus soviéticos no ano de 1937. Atualmente existe uma campanha para a sua reconstrução, que já reuniu mais de 84 mil assinaturas.

Outros nomes pelos quais o ícone é conhecido são: o ÍCONE DE STRASTNAJA ou NOSSA SENHORA DA PAIXÃO e NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO. O ícone reflete a gravidade da paixão na expressão facial de Maria, enquanto Ela reflete sobre a futura Paixão do seu Filho… Os instrumentos desse sofrimento são carregados pelos arcanjos Miguel e Gabriel. Enquanto Gabriel, com as suas mãos cobertas, carrega a cruz de três traves e os cravosMiguel leva a lança e o junco com a esponja. O Menino Jesus, assustado, olha para trás, por cima do seu ombro, e segura com força a mão da sua Mãe.

A cruz de três traves é um símbolo muito antigo da Igreja Oriental. A trave superior simboliza a placa na qual Pilatos mandou escrever INRI (Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus); a do meio madeiro que foi carregado por Jesus na Via Sacra, e a inferior o descanso para os pés.

Fontes:

“Mary in Our Life: Atlas of the Names and Titles of Mary, the Mother of Jesus, and Their Place in Marian Devotion (English Kindle Edition)” by Nicholas Joseph Santoro, 18566.

https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-nossa-senhora-da-paixao/492/102/”: https://www.a12.com/academia/titulos-de-nossa-senhora?s=nossa-senhora-da-paixao-ou-nossa-senhora-do-perpetuo-socorro

J – Ver também “…27 de Junho – NOSSA SENHORA DA AJUDA PERPÉTUA (1866). O ícone de NOSSA SENHORA DA AJUDA PERPÉTUA veio de Creta para Roma por volta de 1500. Por quase 300 anos, foi exibida na igreja de São Mateus, em Roma, e considerada milagrosa pela população. Com a chegada das tropas francesas em 1798, a igreja de São Mateus foi destruída, o ícone levado para uma capela privada dos Padres Agostinianos, e esquecido.
Em 1855, os Redentoristas compraram a terra em que São Mateus estava, para construir sua Casa Geral. Lembrando que neste lugar a imagem milagrosa de Nossa Senhora tinha sido exposta, eles procuraram por ela e a encontraram, e pediram ao Papa para colocá-la de volta onde estava antes. Isso foi feito em 1866. Desde então, a devoção a NOSSA SENHORA DA AJUDA PERPÉTUA se espalhou pelo mundo.
Agência Fides 04/13/2015…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune27.html

L – Ver NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO – 27 DE JUNHO

Também conhecido como

  • Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Memorial

Sobre

A imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é pintada em madeira, com fundo dourado. É de estilo bizantino e deve ter sido pintado no século XIII . Representa a Mãe de Deus segurando o Menino Divino enquanto os Arcanjos Miguel e Gabriel apresentam diante Dele os instrumentos de Sua Paixão. Sobre as figuras na imagem estão algumas letras gregas que formam as palavras abreviadas Mãe de Deus , Jesus Cristo, Arcanjo Miguel e Arcanjo Gabriel , respectivamente.

Foi trazida a Roma no final do século XV por um piedoso mercador , que, morrendo ali, ordenou por seu testamento que o quadro fosse exposto em uma igreja para veneração pública. Foi exposto na igreja de San Matteo, Via Merulana, entre Santa Maria Maior e São João de Latrão. Multidões acorreram a esta igreja, e por quase trezentos anos muitas graças foram obtidas pela intercessão da Santíssima Virgem . A imagem foi então popularmente chamada de Madonna di San Matteo. A igreja foi servida por um tempo pelos Eremitas de Santo Agostinho , que abrigaram seus irmãos irlandeses em sua angústia.

Esses agostinianos ainda estavam no comando quando os 

franceses invadiram Roma , Itália em 1812 e destruíram a igreja. A imagem desapareceu; permaneceu escondida e negligenciada por mais de quarenta anos, mas uma série de circunstâncias providenciais entre 1863 e 1865 levaram à sua descoberta em um oratório dos Padres Agostinianos em Santa Maria in Posterula. O papa, Pio IX , que quando menino rezou diante do quadro em San Matteo, interessou-se pela descoberta e em uma carta datada de 11 de dezembro de 1865 ao Padre Geral Mauron, C.SS.R., ordenou que Nossa Senhora do Perpétuo Socorro deve ser novamente venerada publicamente na Via Merulana, e desta vez na nova igreja de Santo Afonso. As ruínas de San Matteo estavam nos terrenos do Convento Redentorista. Este foi apenas o primeiro favor do Santo Padre para com o quadro. Ele aprovou a tradução (… “transferência”…) solene da imagem (26 de abril de 1866  e sua coroação pelo Capítulo do Vaticano (23 de junho de 1867 ). Ele fixou a festa como duplex secundae classis, no domingo anterior à festa da Natividade de São João Batista, e por decreto datado de maio de 1876 , aprovou um ofício especial e missa para a Congregação do Santíssimo Redentor. Este favor mais tarde também foi concedido a outros. Ao saber que a devoção a Nossa Senhora sob este título se difundiu amplamente, Pio IX elevou uma confraria de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Santo Afonso, que havia sido erguida em Roma, à categoria de arquiconfraria e a enriqueceu com muitos privilégios e indulgências. Ele foi um dos primeiros a visitar o quadro em sua nova casa, e seu nome é o primeiro no registro da arquiconfraria.

Dois mil e trezentos fac-símiles da Imagem Sagrada foram enviados da igreja de Santo Afonso em Roma para todas as partes do mundo. Nos dias atuais, não apenas altares , mas igrejas e dioceses (por exemplo, na Inglaterra , Leeds e Middlesbrough ; nos Estados Unidos , Savannah ) são dedicados a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro . Em alguns lugares, como nos Estados Unidos , o título foi traduzido como Nossa Senhora do Perpétuo Socorro .

Patrocínio

Vitrine

informação adicional

Citação MLA

M. Ver DESCRIÇÃO DO ÍCONE:

“… O ícone de madeira original está suspenso no altar, mede 17″ × 21″ polegadas, e está escrito em madeira de nozes dura com fundo de folha de ouro. [1] A imagem retrata os seguintes símbolos:

N– Ver “NOSSA SENHORA DA AJUDA, 13 DE MAIO

Nossa Senhora do SocorroA devoção à Virgem Santíssima sob o título ‘Nossa Senhora de Socorro‘ ou ‘Nossa Senhora da Ajuda‘, começou no início do século XIV na Igreja de Santo Agostinho em Palermo, Sicília. Padre Nicola Bruno, teólogo, pregador e antes da frade lá, tendo sofrido continuamente de dores insuportáveis ao seu lado, invocou a Virgem-Beata para alívio enquanto rezava diante de sua imagem na igreja. Naquela noite, a Virgem dessa mesma imagem apareceu para ele anunciando sua cura. A partir deste evento a pintura passou a ser conhecida como ‘Nossa Senhora da Ajuda’ e a devoção se espalhou, não apenas localmente, mas em toda a Ordem, especialmente na Itália, Espanha e América Latina. Este memorial tem sido celebrado na Ordem com sua própria liturgia desde 1804.

… Os muitos títulos pelos quais Maria é invocada particularmente como ajudante do povo cristão – Nossa Senhora da Ajuda, Ajuda dos Cristãos, Nossa Senhora da Ajuda Perpétua (também originalmente uma devoção agostiniana) – refletem a confiança dos fiéis em Maria, escolhido por Deus como o instrumento especial através do qual o Salvador, nossa Ajuda Final, viria ao mundo…”: https://web.archive.org/web/20160913084419/http:/augustinians.net/index.php?page=perpetualhelp_en

O- Ver também NOSSA SENHORA DO SOCORRO

Também conhecido como

  • Nossa Senhora da Succor

Memorial

Perfil

A devoção à Virgem Maria sob este título começou em Palermona Sicília no século XIV, e desde então se espalhou pelos agosecianos. Tudo começou quando o padre Nicola Bruno, que sofria de fortes e longas dores ao seu lado, orou a Nossa Senhora pela cura enquanto meditava sobre uma pintura de Maria na qual ela usava um pau ou taco para afastar o dragão e proteger o menino Jesus; o artista estava fazendo refência a passagens em Gênesis e Revelações que se referiam à inimizade eterna entre a Mulher e a serpente. Naquela noite, o Padre Nicola recebeu uma visão de Maria e foi curado. A pintura recebeu o título “Nossa Senhora do Socorro”, e a devoção começou. Desde 1804, a celebração tem sua própria liturgia.

Informações adicionais

Leituras

Gênesis 1-6,13-15

Apocalipse 12:1-17

Citação MLA

P. Ver: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO: 30 DE JULHO

No Martirológio Romano-Monástico, 30 DE JULHO, festa de NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO, padroeira da Prelazia de Cristalândia.

Também no DIRETÓRIO DA LITURGIA DA CNBB DE 2022, NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO, na DIOCESE DE CRISTALÂNDIA, padroeira da PRELAZIA DE CRISTALÂNDIA – TO).

===============

OUTROS SANTAS E SANTAS DE 27 DE JUNHO

1. São Ci­rilo (também na Folhinha do Coração de Jesus) bispo e doutor da Igreja, que, eleito para a sede de Ale­xan­dria, no Egipto, dis­sertou com sin­gular em­penho em favor da in­te­gri­dade da fé ca­tó­lica no Con­cílio de Éfeso sobre o dogma da única pessoa em Cristo e a ma­ter­ni­dade di­vina da Virgem Maria. († 444).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 444, o nascimento no céu de São Cirilo, patriarca de Alexandria e Doutor da Igreja. Pela autoridade de sua doutrina, conseguiu fazer triunfar a verdade católica no Concílio Ecumênico de Éfeso, que em 431 condenou a heresia de Nestório, patriarca de Constantinopla, e proclamou a Bem-Aventurada Virgem Maria “Mãe de Deus”, ou “Theotókos”. (M).

– Ver páginas 225-229: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

– Ver “Cirilo de Alexandria (c.375 ou 378 – 444) foi Patriarca de Alexandria quando a cidade estava no auge de sua influência e poder no Império Romano. Um dos Padres gregos, Cirilo escreveu extensivamente e foi protagonista nas controvérsias cristológicas do final do século IV e do século V. Foi uma figura central no Primeiro Concílio de Éfeso, em 431, que levou à deposição do patriarca Nestório de Constantinopla. Ele é listado entre os Pais e os Doutores da Igreja, e, por sua reputação no mundo cristão, é conhecido como “Pilar da Fé” e “Selo de Todos os Pais”. Entretanto, os bispos nestorianos no Segundo Concílio de Éfeso o declararam herético, rotulando-o como um “monstro, nascido e criado para a destruição da Igreja“.[2]… ”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cirilo_de_Alexandria

2.   Em Car­tago, na ho­di­erna Tu­nísia, Santa Gu­dena, mártir, que, por ordem do procônsul Ru­fino, tor­tu­rada quatro vezes com o su­plício do ca­va­lete e com a di­la­ce­ração das unhas, foi também ator­men­tada muito tempo na esquá­lida as­pe­reza do cár­cere e fi­nal­mente morta ao fio da espada. († 203)

3.   Em Cór­dova, na His­pânia Bé­tica, São Zoelo (Zóilo), mártir. († 303)

– Ver “… Ss. Zoilo e seus companheiros, mártires: No Martirológio Romano para este dia, São Zoilo é comemorado junto com outros dezenove mártires, seus companheiros de renome. Todos supostamente morreram em Córdoba, na Espanha, durante a perseguição de Diocleciano. Nada se sabe sobre o resto, mas diz-se que Zoilo era filho de um patrício local, um cristão desde a infância, e que sofreu o martírio quando ainda era jovem. Um corpo identificado como seu foi descoberto no reinado do Rei Reccared, e uma igreja dedicada em sua homenagem foi construída para consagrar as relíquias. Pouco antes de 1083, os restos mortais de São Zoilo e de São Acisclus foram trasladados por Fernando, Conde de Carniça, para a abadia beneditina que sua mãe, Tarasia, havia fundado em Carniça.
Prudêncio une os dois santos, Zoilo e Acisclus, em um de seus poemas. Um ponto que não escapou à atenção dos críticos é que os nomes dos primeiros sete dos companheiros de São Zoilo aparecem, e na mesma ordem, nos atos espúrios de Santa Sinforosa, onde são atribuídos aos sete mártires do Tivoli.

Os bolandistas ao discutir esta comemoração, Acta Sanctorum , junho, vol. vii, não imprima nenhuma passio, mas cite vários hinos, etc., encontrados em fontes litúrgicas moçárabes. Existem, no entanto, dois textos da passio, que, embora aparentemente de pouco valor, foram publicados por Florez em sua España Sagrada, vol. x, págs. 502-520. Que Zoilo foi um autêntico mártir pode ser razoavelmente presumido pelo fato de que Prudêncio no século V já o considerava uma das glórias de Córdoba, e também pela inserção de seu nome no Hieronymianum . Veja também Dom Ferotin, Le Liber Ordinum , pp. 468-469, e Le Liber Sacramentorum, pp. 373-377 e 824. Sobre a descoberta das relíquias, ver Analecta Bollandiana , vol. Ivi (1938), pp. 361-369…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune27.html#301_St._Zoilus_Martyr_of_Spain_at

– Ver pág. 244: São Zoel e outros 19 Santos Mártires: (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, São Sansão, que foi re­fúgio dos po­bres e, se­gundo a tra­dição, cons­truiu um hos­pital por su­gestão do im­pe­rador Jus­ti­niano, que ele tinha cu­rado de uma enfermidade. († 560).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 960, São Sansão: Romano, estudou em Constantinopla, onde recebeu o sacerdócio. Após ter obtido a cura do imperador Justiniano, usou a recompensa obtida na construção de um hospital, onde ele mesmo tratava os doentes. (M).  

– Ver páginas 239-240 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5.   Em Chinon, na Gália Tu­ro­nense, ter­ri­tório da ac­tual França, São João, pres­bí­tero, na­tural da Bre­tanha, que, ocul­tando-se aos olhares dos ho­mens por amor de Deus, viveu numa pe­quena cela-ora­tório junto da igreja do lugar. († s. VI).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV o retorno para Deus de São João, eremita de origem bretã, que viveu perto da Igreja de Chinon (M).

– Ver páginas 237-238 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6*.   Em Milão, na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Ari­aldo, diá­cono e mártir, que se opôs te­naz­mente aos in­sen­satos pro­ce­di­mentos dos clé­rigos si­mo­níacos e de­pra­vados e, por causa do seu zelo em favor da casa de Deus, foi cru­el­mente ator­men­tado e morto por dois clérigos. († 1066).

– Ver Santo Arialdo e Santo Herlembaldo, mártires, páginas 241-242 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7*.   Em Cor­neto, hoje Tarquínia, perto de Bo­vino, na Apúlia, re­gião da Itália, São Ben­vindo de Gúbbio, re­li­gioso da Ordem dos Me­nores, que, tra­ba­lhando hu­mil­de­mente no ser­viço dos po­bres, se con­fi­gurou a Cristo pobre. († c. 1232).

– Ver páginas 243-244 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

8.   Em Nam Dinh, ci­dade do Ton­quim, no ac­tual Vi­etnam, São Tomás Toan, mártir, que, sendo ca­te­quista e ad­mi­nis­trador da missão de Trung Linh, no tempo do im­pe­rador Minh Mang so­freu por Cristo inau­ditos e atrozes su­plí­cios no cár­cere, onde fi­nal­mente morreu de fome e sede. († 1840)

9*.   No ter­ri­tório de Fri­burgo, na Suíça, a Beata Mar­ga­rida Bays, virgem, que, exer­cendo em fa­mília o ofício de cos­tura, se de­dicou to­tal­mente às múl­ti­plas ne­ces­si­dades do pró­ximo, sem des­cuidar nunca a vida de oração. († 1879)

10*.   Em Mo­lins, na França, a Beata Luísa Te­resa Mon­taignac de Chauvance, virgem, que fundou a Pia União das Oblatas do Sa­grado Co­ração de Jesus. († 1885)

-Ver Abençoada Louise-Thérèse de Montaignac de Chauvance

Memorial

Perfil

Relacionada à nobreza francesa, Louise foi a quinta de seis crianças nascidas de Raimondo Amato e Anna de Raffin; seu pai era um funcionário público. Louise estudou no Colégio Fiel Companheiros de Jesus, fez sua Primeira Comunhão em 6 de junho de 1833, e a partir de 1837 estudou no Paris des Oiseaux conduzido pelos Canonesses de Santo Agostinho da Congregação de Nossa Senhora. Na adolescência, começou a ler a Bíblia, os escritos de Santa Teresa de Ávila, e tornou-se conhecida por sua devoção ao Sagrado Coração de Jesus. No início dos seus 20 anos, ela desenvolveu uma doença óssea que deixou a dor, occassionalmente acamada, e no final da vida quase a aleijou. Em 8 de setembro de 1843 ela fez um voto privado de devoção ao Sagrado Coração, e começou seu trabalho para espalhar a devoção por toda a França. Em 1848 fundou um centro catetéticoórfão, e a Sociedade de Tabernáculos para incentivar a devoção à Eucaristia. Em 1854 fundou a Ópera Adoração da Reparação para incentivar a Adoração Eucarística. Em março de 1874 fundou os Oblatos do Coração de Jesus com a missão de ajudar paróquias pobresórfãos e apoio às vocações sacerdotais; ela serviu como superior a partir de 17 de maio de 1880, e o Papa Leão XIII concedeu-lhes aprovação papal em 4 de outubro de 1881. Secretário-Geral do Apostolado de Oração em dezembro de 1875. No final da vida, ela estava na cama devido à sua doença, mas ela continuou trabalhando para os Oblates até o fim.

Nascer

Morreu

Venerados

Beatificado

Mecenato

Informações adicionais

Citação MLA

11. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São Ladislau (também na Folhinha do Coração de Jesus), rei da Hungria, que colocou sua autoridade a serviço do cristianismo em seu país. Designado pelos cruzados franceses, saxões e espanhóis para seu chefe, foi inesperadamente surpreendido pela morte em 1095 (M).

– Ver páginas 233-234 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Ladislau I (em húngaroLászló27 de junho de 1040 – 29 de julho de 1095) foi rei da Hungria de 1077 até a sua morte. Filho de Bela I da Hungria com uma princesa polaca, nasceu na Polónia, onde seu pai se havia refugiado, e foi portanto baptizado com um nome eslavo.

Ladislau foi canonizado pela Igreja como São Ladislau (em húngaroSzent László).”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ladislau_I_da_Hungria

12. Santa Madalena Fontaine, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver “1794 B Madeleine Fontaine e suas companheiras, virgens e mártires Irmãs da caridade de São Vicente de Paulo do convento de Arras. Estas quatro mártires eram Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, do convento de Arras. Eles eram a superiora, BD MADELEINE FONTAINE, de 71 anos; Bd FRANCES LANEL, 49 anos; BD TERESA FANTOU, 47 anos; e BD JOAN GERARD, de 42 anos. Tendo, por decisão do seu ordinário, recusado prestar o juramento prestado pela Convenção a clérigos e religiosos em 1793, foram detidos como suspeitas a 14 de fevereiro do ano seguinte. Com base em certos documentos “plantados” em seu convento, foram interrogadas sobre sua “atividade contra-revolucionária”; e o notório sacerdote apóstata Joseph Lebon ordenou que fossem enviadas a ele em Cambrai, onde chegaram em 26 de junho. No mesmo dia foram levados perante o tribunal, onde Irmã Madeleine foi condenada… Sem mais demora, as irmãs foram corajosamente para a execução, cantando Ave maris stella ; e no cadafalso houve um acontecimento notável. Irmã Madeleine foi a última a sofrer e, ao se aproximar da guilhotina, virou-se para a multidão e gritou: “Escutem, cristãos! Nós somos as últimas vítimas. A perseguição vai parar; a forca será destruída; os altares de Jesus ressuscitarãoá gloriosamente.” A profecia se cumpriu. Diante das críticas violentas, Lebon teve que interromper a sucessão de execuções; e em seis semanas sua própria cabeça caiu na cesta. Estas quatro Irmãs da Caridade foram beatificadas em 1920, e sua festa é celebrada em 27 de junho.

Ver L. Misermont, Les bienheureuses Filles de La Charité d’Arras (1920), na série “Les Saints”; e Baudot e Chaussin, Vies des saints   vi (1948), pp. 448-455.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune27.html

14. São Crescêncio. Ver “Crescêncio ou Crescente foi dos primeiros seguidores de Jesus citado no Novo Testamento. Ele é citado como tendo sido um missionário na Galácia e se tornou um companheiro de prisão de Paulo. O nome “Crescêncio” deriva do latim crescere, que significa “crescer”.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cresc%C3%AAncio

15. Mártires sob regime comunista na Europa Orienta

Memorial

Perfil

Entre os milhares de cristãos assassinados por vários regimes comunistas em seu ódio à , havia 25 membros da Igreja Católica Grega Ucraniana e da Igreja Católica Bizantina Russa, padresbispos, irmãs e leigos, cujas histórias são suficientemente bem documentadas que sabemos que foram assassinadas especificamente por sua  no leste europeu, e cujas Causas para a Canonização foram abertas. Suas causas foram combinadas, e foram beatificadas juntas. Eles são

Venerados

Beatificado

Informações adicionais

Citação MLA

16. VER SANTAS E SANTOS DE 27 DE JUNHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Cirilo de Alexandria (Memorial Opcional) Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Mãe de Deus de Gietrzwald — Adeodato de Nápoles Aedh McLugack Anectus de Cesareia Arialdo de Milão Arianel de Gales Benvenuto de Gubbio Brogan Crescentes da Galácia Crescentius de Mainz Daniel de Schönau Davanzato de Poggibonsi Desidrato de Gourdon Dimman Félix de Roma Fernando de AragãoGudena de Cartago Joana, a portadora de mirra João de Chinon Ladislas I da Hungria Louise-Thérèse de Montaignac de Chauvance Baías de Marguerite Poma de Châlons-sur-Marne Sansão de Constantinopla Spinela de Roma Tôma Toán Zoilo de CórdobaMártires mortos sob regimes comunistas na Europa Oriental — Emiliano de Nantes Epo de Mallersdorf Jean de Hecque Maggiorino de Acqui Walhero
todos esses memoriais em uma única página

17.Outros santos do dia 27 DE JUNHO: páginas: 233-244 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 27 de junho, ver ainda: 27 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 496-498: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 26 de junho

1.   Em Roma, a co­me­mo­ração dos santos João e Paulo, a quem está de­di­cada uma ba­sí­lica no monte Célio, junto à la­deira de Scauro, numa pro­pri­e­dade do se­nador Pamáquio. († s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, o martírio dos Santos João e Paulo. (M).  

– Ver páginas 215-217 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “João e Paulo são dois santos reverenciados pela Igreja Católica e que foram martirizados em Roma no dia 26 de junho. Eles não devem ser confundidos com os apóstolos de mesmo nome (João e Paulo). O ano da morte deles é incerto de acordo com os seus Atos, mas sabe-se que foi durante o reinado de Juliano, o Apóstata (r. 361–363).”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_e_Paulo

2.   Em Trento, na Ve­nécia, hoje no Tren­tino Alto-Ádige, re­gião da Itália, São Vi­gílio (São Vigilo), bispo, que, re­ce­bendo de Santo Am­brósio de Milão as in­síg­nias do seu man­dato e uma ins­trução pas­toral, se em­pe­nhou com grande zelo em for­ta­lecer no seu ter­ri­tório a obra da evan­ge­li­zação e er­ra­dicar todos os ves­tí­gios de ido­la­tria; se­gundo a tra­dição, es­pan­cado por ho­mens cruéis e bár­baros, con­sumou o mar­tírio pelo nome de Cristo. († 405).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, São Vigilo, bispo de Trento, que muito favoreceu a evangelização de sua diocese, sem temer expor sua própria vida. (M).

– Ver página 218 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3*.   Em Nola, na Cam­pânia, também re­gião da Itália, São Deus­dado (Deodato), bispo, que su­cedeu a São Paulino. († 405)

4.   No ter­ri­tório de Poi­tiers, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, São Ma­xêncio, abade, cé­lebre pelas suas virtudes. († c. 515).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 515, São Maxêncio, abade originário do Languedoc, atraído a Poitiers pela irradiação de Santo Hilário. (M)

5.   Em Tes­sa­ló­nica, na Ma­ce­dónia, ac­tu­al­mente na Grécia, São David, ere­mita, que viveu quase oi­tenta anos re­cluso numa pe­quena cela fora dos muros da cidade. († c. 540).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Tessalônica, no começo do séc. VI, São Davi. Viveu por três anos como estilita, e depois construiu para si uma cela, da qual teve que se afastar para cumprir uma missão política e religiosa junto à corte de Bizâncio (M).

– Ver páginas 219-220 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6.   Em Va­len­ci­ennes, na Aus­trásia, no ter­ri­tório da ho­di­erna França, os santos Sálvio, bispo, e um seu discípulo, que vi­eram do ter­ri­tório de Au­vergne para esta re­gião e por ordem de Vi­ne­gardo, se­nhor do lugar, so­freram o martírio. († s. VIII).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no século VIII, a volta para Deus de São Salvio, bispo. Originário de Auvergne, foi martirizado durante uma missão na região de Valenciennes, junto com seu companheiro São Supério. Um mosteiro que traz seu nome foi erigido mais tarde sobre seu túmulo (M).

– Santos Saulve e Superior, mártires. Ver páginas 223-224 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7.   Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, São Pelágio (Paio), mártir, que, aos treze anos, pela fé de Cristo e por con­servar a cas­ti­dade contra as se­du­ções sen­suais do ca­lifa dos Mouros, ‘Abd ar-Rahman III, foi es­quar­te­jado com te­nazes de ferro por ordem deste ca­lifa e assim con­sumou o seu glo­rioso martírio. († 925).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Córdova, na Andaluzia, em 925, a morte sangrenta de São Pelágio, jovem cristão de treze anos, que deu testemunho de Cristo diante do Islamismo e tornou-se logo objeto de veneração dos fiéis. (M).

Ver páginas 225-226 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver: São Paio de Cordova: “Paio de Córdova, conhecido como São Paio,[1] Sampaio ou São Pelágio, nascido no início do século X na Galiza, é um santo cristão, venerado no dia 26 de Junho pela Igreja Católica especialmente em Espanha e Portugal…”:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Paio_de_C%C3%B3rdova

8.   Em Gúbbio, na Úm­bria, re­gião da Itália, São Ro­dolfo, bispo, que se de­dicou in­can­sa­vel­mente à pre­gação e dis­tri­buiu li­be­ral­mente pelos po­bres tudo o que havia em sua casa. († 1064)

9.   Em Belley, na Sa­bóia, na ac­tual França, Santo An­telmo (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. Quando era monge da Grande Car­tuxa, re­cons­truiu os edi­fí­cios des­truídos por uma ava­lanche de neve; eleito prior, con­vocou um ca­pí­tulo geral e, ele­vado à sede epis­copal, em­pe­nhou-se com in­tré­pida fir­meza e in­can­sável vigor em cor­rigir o com­por­ta­mento dos clé­rigos e as ati­tudes dos no­bres da­quelas terras. († 1177).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1178, Santo Antelmo. Nascido perto de Chambéry, foi eleito prior da Grande Cartuxa e depois nomeado bispo de Belley por Alexandre III. Tentou em vão servir como mediador entre São Tomás Becket e o rei Heņrique II da Inglaterra. (M).

– Ver páginas 205-214: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Outro Santo Antelmo, Bispo e Confessor. Ver páginas 227-229 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

10*.   Num barco an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Rai­mundo Pe­ti­niaud de Jourgnac, pres­bí­tero e mártir, que, sendo ar­ce­diago de Li­moges, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, por causa do sa­cer­dócio ficou de­tido em con­di­ções de­su­manas e, con­su­mido pelas chagas e in­sectos ve­ne­nosos, con­sumou o martírio. († 1794)

11*.   Em Cam­brai, na França, as be­atas Ma­da­lena Fontaine, Fran­cisca Lanel, Te­resa Fantou e Joana Gé­rard, vir­gens e már­tires, que eram Fi­lhas da Ca­ri­dade, quando, em ódio à Igreja, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foram con­de­nadas à morte e con­du­zidas ao su­plício co­ro­adas por zom­baria com o Rosário. († 1794).

– Bem-Aventuradas Madalena Fontaine, Francisca Lanel, Teresa Fantou e Joana Gerard, virgens e mártires. Ver páginas 230-232 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

12.   Em Qi­anshenzhuang, junto da ci­dade de Liushuitao, no Hebei, pro­víncia da China, São José Ma Taishun, mártir, que, sendo mé­dico e ca­te­quista, em­bora na per­se­guição dos se­quazes da seita «Yihe­tuan» os ou­tros fa­mi­li­ares re­ne­gassem da fé, ele pre­feriu dar tes­te­munho de Cristo com o seu sangue. († 1900)

13.   No ter­ri­tório de Ja­lisco, nos ar­re­dores de Gua­la­jara, no Mé­xico, São José Maria Robles, pres­bí­tero e mártir, que, na per­se­guição contra a Igreja du­rante a Re­vo­lução Me­xi­cana, morreu en­for­cado numa árvore. († 1927)

14*.   Em Tre­viso, na Itália, o Beato André Ja­cinto Longhin, bispo, que, no tempo da guerra, so­correu com ge­ne­roso vigor os pró­fugos e os pri­si­o­neiros e, nas con­di­ções di­fí­ceis do seu tempo, de­fendeu com sin­gular so­li­ci­tude os di­reitos dos ope­rá­rios, dos agri­cul­tores e de todos os de­sam­pa­rados da sociedade. († 1936)

15*.   Na flo­resta de Birok, perto da ci­dade de Stradch, no ter­ri­tório de L’viv, na Ucrânia, os be­atos Ni­colau Konrad, pres­bí­tero, e Vla­di­miro Pryjma, que, sob um re­gime hostil a Deus, na sua im­pá­vida morte deram tes­te­munho da res­sur­reição de Cristo. († 1941)

16*.   Em Sykhiv, lo­ca­li­dade do mesmo ter­ri­tório de L’viv, na Ucrânia, o Beato André Iscak, pres­bí­tero e mártir, que na mesma per­se­guição foi fu­zi­lado pela fé de Cristo. († 1941)

17♦.   Em Bei­rute, no Lí­bano, o Beato Tiago Ghazir Haddad (Khalil Haddad), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e fun­dador da Con­gre­gação das Irmãs Fran­cis­canas da Cruz no Líbano. († 1954)

18.   Em Roma, São Jo­se­maria (José Maria) Es­crivá y Ba­la­guer (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, fun­dador do Opus Dei e da So­ci­e­dade Sa­cer­dotal da Santa Cruz. († 1975).

– Ver também: “…São Josemaría Escrivá de Balaguer (BarbastroAragão9 de janeiro de 1902 — Roma26 de junho de 1975), 3.º Marquês de Peralta, foi um sacerdote católico espanhol e fundador do Opus Dei, uma Prelazia Pessoal (“…Prelazia pessoal é o nome que se dá a uma estrutura institucional da Igreja Católica Romana que compreende um preladoclérigos e leigos que se dedicam a atividades pastorais específicas. As prelazias pessoais, de modo semelhante às dioceses e ordinariatos militares, dependem da Congregação para os Bispos da Santa Sé. Estes três tipos de estruturas eclesiásticas são compostas por leigos atendidos pelos seus próprios clérigos seculares e pelo prelado. À diferença das dioceses, que têm jurisdição sobre territórios, as Prelazias pessoais – como os ordinariatos militares – se encarregam de pessoas em função de alguns objetivos pastorais, independentemente do território onde elas residem ou se encontrem.[1]… A primeira prelazia pessoal criada foi o Opus Dei, que foi erigido como prelazia pessoal pelo Papa João Paulo II, em 1982, através da Constituição Apostólica Ut sit. No caso do Opus Dei, o prelado é eleito pelos membros da prelazia e confirmado pelo Papa. De acordo com João Paulo II, os sacerdotes e os fiéis leigos (homens e mulheres) são os componentes, através dos quais a Prelazia está organicamente estruturada, e os fiéis leigos são, ao mesmo tempo, membros de suas dioceses e da prelazia, o que lhes permite trabalhar apostolicamente em suas circunstâncias ordinárias. O Papa também mencionou que o Opus Dei tem uma estrutura hierárquica. Isto ele declarou de modo explícito em 2002 aos membros da Prelazia do Opus Dei, tanto leigos como sacerdotes… Posteriormente em 2002 também João Paulo II criou a Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney, uma administração apostólica e simultaneamente uma prelazia pessoal, semelhante a Opus Dei, caracterizando os dois únicos casos na Igreja Católica dessas estruturas.[10]”, conforme: https://pt.wikipedia.org/wiki/Prelazia_pessoal)da Igreja Católica. Foi canonizado em 2002 por São João Paulo II. Sua festa litúrgica é celebrada no dia 26 de junho…

Sobre ele João Paulo II disse: São Josemaría foi um mestre na prática da oração, o que considerava uma extraordinária “arma” para redimir o mundo. Recomendava sempre: “”Primeiro, oração; depois expiação; em terceiro lugar, muito “em terceiro lugar”, ação”” (Caminho, n. 82). Não é um paradoxo, se não uma verdade perene: a fecundidade do apostolado reside, antes de tudo, na oração e numa vida sacramental intensa e constante. Este é, no fundo, o segredo da santidade e do verdadeiro êxito dos santos. (Da homilia na missa de canonização): ”https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Josemaría_Escrivá_de_Balaguer

– Ver “prelazia pessoal”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Prelazia_pessoal

– Ver “prelatura pessoal”: https://opusdei.org/pt-pt/article/o-que-e-uma-prelatura-pessoal/

– Ver também “Opus Dei”: https://opusdei.org/pt-pt/

19. São João dos Godos, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver “…São João, Bispo dos Gotos, viveu durante o século VIII. O futuro santo nasceu em resposta à oração fervorosa de seus pais. Desde cedo, ele viveu uma vida de ascetismo.
O santo fez uma peregrinação a Jerusalém, e passou três anos visitando todos os lugares sagrados. Então ele voltou para seu país natal. Naquela época, o imperador Constantino Copronymos, o Iconoclasta (741-775), baniu o bispo gótico, e os godos suplicaram fervorosamente a São João para se tornar seu bispo…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune26.html

20. Santa Perseveranda, na Folhinha do Coração de Jesus.

21. São Baboleno, abade. Ver página 222(NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

22. São Deserto, confessor. Ver página 221(NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

23. VER SANTAS E SANTOS DE 26 DE JUNHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora da saudade Nossa Senhora do Trompone — Andrea Giacinto Longhin Andrii Ischak Hino de Belley Babolenus de Stavelot-Malmédy Barboleno de Fossés Bartolomeu de Vir Benedito de Grécio Constantino de Laodicéia Corbican Davi de Tessalônica Deodato de Nola Dionísio da Bulgária Edburgo de Gloucester Giuseppina Catanea Hermgio de Tuy Iosephus Ma Taishun João dos godos José Maria Robles Hurtado Josemaria Escrivá Khalil Al Haddad Maxêncio de PoitouMédico de Otricoli Mykola Konrad Pelágio de Oviedo Perseveranda de Poitiers Pezenne Raymond Petiniaud de Jourgnac Salvius Sebastião de Burgherre Soadbair Superius Vambert da Normandia Vigílio de Trento Volodymyr Ivanovitch PryimaMártires da África – 4 santos Mártires de Alexandria – 3 santos Mártires de Cambrai – 4 beati Martirizado em Roma Actie Albinus John Paulo Terêncio
todos esses memoriais em uma única página

24.Outros santos do dia 26 DE JUNHO: páginas: 205-232 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 26 de junho, ver ainda: 26 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 493-496: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 25 de junho

DESTAQUE 25 DE JUNHO DE 2022: IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA – FESTA DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA: Papa Pio XII, em 4 de maio de 1944, consagrou o mundo ao Sagrado Coração de Maria, determinando que sua festa fosse celebrada no oitavo dia da Assunção, no dia 22 de agosto…

No atual calendário a sua celebração mudou para um dia após a Igreja realizar a festa do Sagrado Coração de Jesus. Conforme: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-sagrado-coracao-de-maria/57/102/

– Ver também:  https://www.nossasagradafamilia.com.br/conteudo/sagrado-coracao-de-maria-093509.html

– Ver ainda: “Em 1935, Jesus pediu à Beata Alexandrina de Balazar (Ver 13 de outubro)que o mundo fosse consagrado ao Imaculado Coração de Sua Mãe: “Manda dizer ao teu Pai espiritual que, em prova do amor que dedicas à Minha Mãe Santíssima, quero que seja feito todos os anos um ato de consagração do mundo inteiro num dos dias das suas festas escolhido por ti: ou Assunção, ou Purificação, ou Anunciação, pedindo a esta Virgem sem mancha de pecado que envergonhe e confunda os impuros, para que eles recuem no caminho e não Me ofendam. Assim como pedi a Santa Marga­rida Maria (Ver dia 16 de outubro) para ser o mundo consagrado ao Meu Divino Cora­ção, assim o peço a ti para que seja consagrado a Ela com uma festa solene”. O Papa Pio XII, anuindo a esses pedidos de Jesus Cristo que lhe foram endereçados pelo Padre Mariano Pinho, enquanto diretor espiritual de Alexandrina Maria da Costa em Balazar, efetuou um ato solene de consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria no dia 31 de Outubro de 1942.[1] Este ato de consagração veio, ainda, complementar o ato de consagração do Género Humano ao Sagrado Coração de Jesus, realizado algumas décadas antes pelo Papa Leão XIII, feito a pedido da Beata Irmã Maria do Divino Coração, condessa Droste zu Vischering. (Ver 08 de junho). De acordo com o legado dos pastorinhos de Fátima, foi Nossa Senhora quem, depois de mostrar a visão do Inferno a Lúcia dos SantosJacinta e Francisco Marto, lhes revelou o “Segredo”. Contava a Irmã Lúcia que Nossa Senhora afirmou: “…para salvar as almas, Deus quer estabelecer no mundo a Devoção ao Meu Imaculado Coração” (in Memórias da Irmã Lúcia). O objetivo único desta devoção ao Imaculado Coração de Maria é, portanto, a salvação das almas e a conquista da paz.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Imaculado_Cora%C3%A7%C3%A3o_de_Maria

– Ver também: “Vinculação entre as devoções ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria”: …O Papa Pio XII exorta: “A fim de que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus produza frutos mais abundantes na família cristã e ainda em toda a humanidade, procurem os fiéis unir a ela a devoção ao Coração Imaculado da Mãe de Deus.”:

https://web.archive.org/web/20120412001518/http://www.asc.org.br/site/devocao/intima.htm

– Encíclica Haurietis aquas: “…74. A fim de que a devoção ao coração augustíssimo de Jesus produza frutos mais copiosos na família cristã e mesmo em toda a humanidade, procurem os féis unir a ela estreitamente a devoção ao coração imaculado da Mãe de Deus. Foi vontade de Deus que, na obra da redenção humana, a santíssima virgem Maria estivesse inseparavelmente unida a Jesus Cristo; tanto que a nossa salvação é fruto da caridade de Jesus Cristo e dos seus padecimentos, aos quais foram intimamente associados o amor e as dores de sua Mãe. Por isso, convém que o povo cristão, que de Jesus Cristo, por intermédio de Maria, recebeu a vida divina, depois de prestar ao sagrado coração o devido culto, renda também ao amantíssimo coração de sua Mãe celestial os correspondentes obséquios de piedade, de amor, de agradecimento e de reparação. Em harmonia com esse sapientíssimo e suavíssimo desígnio da divina Providência, nós mesmo, por ato solene, dedicamos e consagramos a santa Igreja e o mundo inteiro ao coração imaculado da santíssima Virgem Maria”: http://www.vatican.va/content/pius-xii/pt/encyclicals/documents/hf_p-xii_enc_15051956_haurietis-aquas.html

VINCULAÇÃO ENTRE AS DEVOÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS E AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA: https://web.archive.org/web/20120412001518/http://www.asc.org.br/site/devocao/intima.htm

– Em 2020: Festa dia 20 de junho

– Em 2021: Festa dia 12 de junho

– Em 2022: Festa em 25 de junho

====================

SANTAS E SANTOS DE 25 DE JUNHO

1.   Em Turim, na Li­gúria, re­gião da Itália, São Má­ximo, pri­meiro bispo desta ci­dade, que chamou com lin­guagem pa­terna mul­ti­dões de pa­gãos à fé de Cristo e com a sua dou­trina ce­leste as con­duziu ao prémio da salvação. († 408-423).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, durante a primeira metade do séc. V, São Máximo, bispo de Turim, cujos escritos revelam um pastor popular. (M).

– Ver páginas 194-195 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Máximo de Turim (em latimMaximus Taurinensis) foi um bispo e escritor de teologia e é considerado santo e mártir pela Igreja Católica. É o primeiro bispo que se tem memoria em Turim, considerado o fundador da sua diocese, erigida pela iniciativa de santo Ambrósio e de santo Eusébio de Vercelli, de quem o próprio São Máximo se declarava discípulo[1]. Foi sucedido por São Vítor de Turim.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1ximo_de_Turim

2.   Co­me­mo­ração de São Prós­pero de Aquitânia (também na Folhinha do Coração de Jesus) bem for­mado em fi­lo­sofia e arte li­te­rária, que, de­pois da sua vida ma­tri­mo­nial ín­tegra e ho­nesta, fez-se monge em Mar­selha, de­fendeu vi­go­ro­sa­mente a dou­trina de Santo Agos­tinho contra os Pe­la­gi­anos sobre a graça de Deus e sobre o dom da per­se­ve­rança e exerceu a função de se­cre­tário do papa São Leão Magno em Roma († c. 463).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. IV, São Próspero, teólogo, originário da Aquitânia, Que colocou sua sabedoria a serviço da verdade católica combatendo, a exemplo de Santo Agostinho, o semi-pelagianismo provençal. (M).

– Ver páginas 192-193 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Próspero da Aquitânia (em latimProsper Aquitanus) ou Próspero Tiro (c. 390 – c. 465) foi um escritor cristão e discípulo de Agostinho de Hipona…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pr%C3%B3spero_da_Aquit%C3%A2nia   

3.   Em Réggio Emília, ci­dade da Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, São Prós­pero, bispo. († s. V/VI)

– Ver “466 Saint Prosper de Reggio renomado por sua caridade B (RM) ST PROSPER, BISPO DE REGGIO (A.D. 466?). Há evidências de que a partir do século IX, St Prosper, conhecido como bispo de Reggio (não o Reggio na Calábria), tem sido muito venerado na província italiana da Emília. Ele parece ter florescido no século V, mas a história pode nos dizer pouco que é definitivo sobre ele. Uma tradição não confiável afirma que ele distribuiu todos os seus bens aos pobres a fim de cumprir o preceito de nosso Senhor ao jovem rico, e que ele morreu em 25 de junho de 466, no meio de seus sacerdotes e diáconos após um episcopado beneficente que durou vinte e dois anos… Este Santo Prósper não deve ser confundido com Prosper de Aquitaine (acima), seu contemporâneo (Attwater, Beneditinos, Bentley, Branco) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

4*.   Em Mau­ri­enne, na Sa­bóia, hoje na França, Santa Tí­grides, virgem, que neste lugar pro­moveu com grande fervor o culto de São João, o Precursor. († s. VI)

5*.   Em Ro­se­markie, na Es­cócia, São Moloc ou Luano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († c. 592)

– Ver “… Saint Moloc Bispo escocês missionário ST MOLOC, OU LUAN, BISPO (A.D. 572?). ST MOLOC, Molluog, ou Murlach foi anteriormente homenageado em toda a Escócia, e seu culto generalizado pode ser traçado nos numerosos nomes de lugares dos quais ele é o homônimo … Às vezes chamado Lugaidh, Molvanus, Molluog, ou Murlach. Filho de um nobre escocês, ele foi educado na Irlanda sob St. Brendan, o Velho e evangelizado a região de Hebrides da Escócia. Ele morreu em Rossmarkie, Escócia. Seu santuário era em Martlach, e ele é venerado em Argyll.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

6*.   Em Jaca, na His­pânia Tar­ra­co­nense, Santa Eu­rósia ou Orósia, virgem e mártir. († c. 714)

– Ver “Nascido em Bayonne; culto confirmado por Leão XIII em 1902. Segundo a lenda, Eurósia foi martirizada pelos sarracenos em Jaca, nos Pirineus Aragoneses, perto da fronteira francesa. Ainda hoje ela é venerada na padroeira da diocese de Jaca, e seu culto se espalhou pelo sul da França e norte da Itália. Sua existência, no entanto, é duvidosa. Algumas versões da história fazem dela uma nativa da Boêmia (Beneditinas)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

7.   Em Eg­mond, na Frísia, ac­tu­al­mente na Ho­landa, Santo Adal­berto (também na Folhinha do Coração de Jesus), diá­cono e abade, que au­xi­liou Santo Vi­li­brordo na obra da evangelização. († s. VIII in.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VIII, a volta para Deus de Santo Adalberto, diácono, discípulo de S. Vilibrordo. Evangelizou a região de Egmond, na Holanda, onde um mosteiro lhe foi dedicado. (M).

– Ver página 196 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

8*.   Na Bre­tanha Menor, hoje na França, São Sa­lomão, mártir, que, du­rante o tempo em que foi rei, fa­vo­receu a ins­ti­tuição de sedes epis­co­pais, pro­tegeu os mos­teiros e pro­cedeu com justa equi­dade; mas, de­posto da re­a­leza, os ad­ver­sá­rios ce­garam-no e as­sas­si­naram-no quando es­tava numa igreja. († 874)

–  Ver: São Salomão, rei e mártir, página 191 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 874 São Salomão (Selyf) III guerreiro contra Francos Nórdicos seus próprios súditos rebeldes M (AC). Vários séculos após a morte de Salomão I da Bretanha, este santo nasceu para ser rei da Bretanha durante um tempo brutal.
Ele era um guerreiro contra os francos, nórdicos, e seus próprios súditos rebeldes, o que o tornou um herói entre os bretões. Durante seus primeiros anos, ele cometeu muitos crimes, mas depois fez penitência para eles. Quando ele foi assassinado, seu povo imediatamente o aclamou um mártir (beneditinos)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

– Ver também São Salomão da Bretanha “… 434 – São Salomão da Bretanha marido de Santa Gwen e pai de Santos Cuby e Cadfan M (AC) Nascido em Cornualha. O rei Salomão da Bretanha era marido de Santa Gwen e pai dos santos Cuby e Cadfan. Ele foi assassinado por descontentamentos pagãos entre seus súditos (Beneditas, Enciclopédia).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

9.   Em Go­leto, perto de Nusco, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Gui­lherme (também na Folhinha do Coração de Jesus, São Guilherme de Vercelli), abade, que, pro­ce­dendo da ci­dade de Ver­celas como pe­re­grino e abra­çando a po­breza por amor de Cristo, por su­gestão de São João de Ma­tera fundou o mos­teiro de Mon­te­vér­gine, onde reuniu ou­tros com­pa­nheiros, que formou na sua pro­funda dou­trina es­pi­ri­tual; fundou ainda ou­tros nu­me­rosos mos­teiros, mas­cu­linos e fe­mi­ninos, nas re­giões me­ri­di­o­nais da Itália. († 1142).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1142, São Guilherme. Depois de uma peregrinação a Compostela, retirou-se para a solidão na Itália, onde discípulos se juntaram a ele, recebendo uma regra oral que é a base da regra da congregação beneditina de Montevergine. (M).

– Ver páginas 199-201 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

10*.   Na Car­tuxa de Le Re­po­soir, na Sa­bóia, na ho­di­erna França, São João de Espanha, monge, que es­creveu os es­ta­tutos das monjas da Ordem Cartusiana. († 1160).

– Ver páginas 202-203 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “… 1160 Abençoado João, o espanhol elaborou as primeiras constituições para as irmãs Carthusian O. Cart. (AC) BD JOHN O ESPANHOL (A.D. 1160). ESTE John nasceu em 1123, provavelmente em Almanza, em Leon… Nascido em Almanza, Espanha, em 1123; cultus aprovado em 1864. Quando João era um menino ele estudou em Arles, França, então tornou-se um monge carthusiano em Montreuil. Mais tarde, ele migrou para o Grand Chartreuse sob Saint Anthelmus, que o enviou para fundar a casa charter de Reposoir perto do Lago Genebra. Ele elaborou as primeiras constituições para as irmãs carthusianas (beneditinos).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

11*.   Em Ma­ri­enwerder, na Prússia, hoje Kwidzyn, na Po­lónia, a Beata Do­ro­teia de Montau, que, de­pois de ficar viúva, passou o resto da sua vida como re­clusa numa cela junto à igreja ca­te­dral, de­di­cando-se as­si­du­a­mente à oração e à penitência. († 1394)

12*.   Em Laval, na França, a Beata Maria Lhuil­lier, virgem e mártir, das Hos­pi­ta­leiras da Mi­se­ri­córdia, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, ar­den­te­mente fiel à Igreja nos votos re­li­gi­osos, morreu decapitada. († 1794)

13*.   Em Nam Dinh, ci­dade do Ton­quim, no ac­tual Vi­etnam, os santos Do­mingos He­nares, bispo, da Ordem dos Pre­ga­dores, e Fran­cisco Do Minh Chieu, már­tires: o pri­meiro tra­ba­lhou na pro­pa­gação da fé cristã du­rante qua­renta e nove anos e o se­gundo co­la­borou va­lo­ro­sa­mente com ele como ca­te­quista; no tempo do im­pe­rador Minh Mang, ambos foram ao mesmo tempo de­ca­pi­tados por amor de Cristo. († 1838)

14. Santa Febrônia, virgem e mártir. Ver páginas 179-183 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Durante a perseguição de Diocleciano, o prefeito Selenus ofereceu sua liberdade se ela renunciasse à sua religião e se casasse com seu sobrinho Lysimachus, um jovem suspeito de se inclinar para o cristianismo. Quando Febronia se recusou, ela foi torturada, mutilada e espancada até a morte; Selenus enlouqueceu e se matou.
Lysimachus e muitos dos espectadores foram convertidos e batizados. Esta história, que ganhou imensa popularidade, não é ouvida antes do século VII e não há nada que sugira que Febronia era mais do que um personagem fictício (Attwater, Beneditinos)”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

15. São Sosípatro, confessor. Ver páginas 184-185 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– “Em Beraea, o aniversário de São Sosipater, discípulo do abençoado apóstolo Paulo. SéculoII. Sopater, filho de Pirro, parente de São Paulo, e cristão de Beroea, acompanhou São Paulo em sua viagem da Grécia a Jerusalém (Atos 20:4). Muitos estudiosos acreditam que ele é o Sosipater a quem Paulo chama de compatriota e inclui suas saudações aos romanos de Corinto (Romanos 16:21). De acordo com a tradição, mais tarde ele foi para Corfu (Beneditinos, Delaney, Enciclopédia) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

– Ver também “… Sosipater ( grego : Σωσίπατρος ) é uma pessoa mencionada no Novo Testamento , em Romanos 16:21. Ele é provavelmente a mesma pessoa que Sopater mencionou em Atos 20: 4.

Erastus, Olympus, Rhodion, Sosipater, Quartus and Tertius ( Menologion de Basil II )

Na tradição da igreja, ele é conhecido como Sosípatro de Icônio e está entre os Setenta Apóstolos . Os dias de festa de São Sosípatro são em 28 de abril (tradição eslava), ou 29 (tradição grega) com São Jason ; 10 de novembro com os santos Erasto , Olympas , Herodian , Quartus e Tertius ; e 4 de janeiro com os Setenta. Segundo a tradição latina, o discípulo do Apóstolo São Paulo morreu no dia 25 de junho em Beréia .

Lenda

Sosipater nasceu na Acaia . Segundo a lenda, ele foi bispo em Icônio [1] (antes do apóstolo Tertius ) por seu parente, o apóstolo Paulo . Com o apóstolo Jason, ele viajou para a ilha de Corfu, onde construíram uma igreja em homenagem ao apóstolo Estêvão, o protomártir, e converteram muitos pagãos à fé cristã. Vendo isso, o governador de Corfu jogou-os na prisão, onde converteram outros sete prisioneiros à fé cristã: Saturnino, Jakischolus, Faustianus, Januarius, Marsalius, Euphrasius e Mammius, conhecidos como os Sete Ladrões . O governador mandou matar aqueles sete fervendo piche por sua fé.

A filha do governador, a virgem Cercyra [uk ] , tendo visto esses santos apóstolos sendo torturados e se voltado para a fé cristã, distribuiu todas as suas joias aos pobres. O governador ficou com raiva e a colocou na prisão, mas ela não negou a Cristo. Então ele mandou incendiar a prisão, mas ela permaneceu ilesa. Muitas pessoas foram batizadas ao ver este milagre . Ele então a matou com flechas enquanto estava amarrada a uma árvore.

Muitos crentes fugiram para uma ilha próxima para fugir do governador enfurecido, mas enquanto ele os perseguia, seu barco afundou. O novo governador abraçou a fé cristã e no batismo recebeu o nome de Sebastian. A partir de então, Sts. Sosipater e Jason pregaram livremente o Evangelho e construíram a Igreja em Corfu até uma idade muito avançada, quando entregaram suas almas a Deus…”: https://stringfixer.com/pt/Sosipater

16. Santa Lúcia e companheiros: Auceu, Antônio, Irineu, Teodoro, Dionísio, Apolônio, Apâmio, Prânico, Coteus, Orion, Pápico, Sátiro, Vítor e mais oito. Ver páginas 186-187 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver Lúcia e vinte outros

Artigo

(Luceias) ( Santos ) Mártires ( 25 de junho ) ( século III ) Dizem que foram prisioneiros levados na guerra e enviados a Roma pelo imperador Probo (260 dC). Em Roma foram mortos como cristãos. Os Atos de Santa Lúcia (que os bolandistas consideram não indignos de confiança) dizem que, embora uma virgem consagrada a Deus, um chefe cativo, chamado Aucejas, a procurou em casamento, e que no final ela foi martirizada. Há, no entanto, muita dificuldade em identificar os santos e em reconciliar as datas em suas lendas. Veja Santas Lucila, etc. ( 29 de julho ); também Santos Faustus, etc. ( 24 de junho ), e Santa Lúcia6 de julho ).

Citação MLA

17. Santo Amando, ermitão e confessor. Ver páginas 188-189 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

18. São Gohard e Companheiros, mártires. Ver página 190 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver São Gohard de Nantes e seus Companheiros

Saint Gohard (Gunhard, Gundhard, Gunthard, Cochard, Godard, Gonhard, Guichard, Guihard, Wighard; lat: Gohardus, Guihardus, Gunhardus, Guthardus, Guntbardus, Cohardus) nasceu no final do século VIII em Angers no atual departamento de Maine-et-Loire na região de Pays de la Loire, no oeste da França. Se quisermos acreditar nas tradições reunidas por Albert de Morlaix no Vies des Saints de Bretagne, Gohard era um coroinha na Catedral da Raiva. Ele enfatizou-se por sua piedade, e tornou-se padre e tornou-se um cônego desta igreja. Ele teve essa dignidade quando foi eleito Bispo de Nantes na Bretanha em 835 após a morte do Bispo Trutgarius.

A província histórica da Bretanha está agora dividida em cinco ministérios franceses: Finistère no oeste, Côtes-d’Armor no norte, Ille-et-Vilaine no nordeste, Loire-Atlantique no sudeste e Morbihan no sul pela Baía de Biscaia. Desde sua reorganização em 1956, a região administrativa da Bretanha consiste em apenas quatro dos cinco ministérios bretões, ou 80% da Histórica Bretanha. A área remanescente da antiga Bretanha, o departamento de Loire-Atlantique ao redor de Nantes, agora faz parte da região de Pays de la Loire.

Foi em seu ministério episcopal que a primeira grande batalha entre os francos e bretões ocorreu em 843 em Blain. Naquela época, vikings noruegueses também atacaram as costas da Inglaterra e da França, e muitas vezes atacaram propositalmente monastérios e catedrais. Fundações religiosas muitas vezes tinham câmaras de tesouros que estavam cheias de seus próprios tesouros ou outros que eram deixados para eles para armazenamento seguro, e eles estavam desprotegidos. Não era incomum que os edifícios fossem destruídos ou incendiados e que os monges fossem massacrados.

No ano 843, vários navios noruegueses chegaram à foz do rio Loire. Eles foram levados até o rio por um traidor chamado Lambert, que tentou se tornar conde de Nantes, mas tinha sido expulso pelos habitantes. Quando os navios chegaram a Nantes, os habitantes aterrorizados buscaram refúgio na igreja de Saint-Pierre-et-Saint-Paul. Os monges do mosteiro próximo de Aindre também carregavam seus tesouros eclesiásticos para lá.

O bispo Gohard estava celebrando a missa, e ele tinha vindo para Sursum corda (“Corações ao alto”) quando os noruegueses quebraram portas e janelas, forçaram seu caminho para a igreja e o mataram no altar. Os sacerdotes que estavam com ele no coro também foram mortos, assim como os monges. Os principais cidadãos foram capturados para serem extraditados para resgate, e a igreja foi saqueada e incendiada. Antes dos noruegueses se retirarem, eles destruíram toda a cidade. Depois de saquear Nantes, os normandos foram saquear o mosteiro de Aindre, que foi fundado no século VII por São Hermêrdia. Esta casa era tão pequena que nunca foi reconstruída.

O corpo de Gohard foi eventualmente resgatado e trazido para seu local de nascimento de Angers, onde ele foi enterrado na igreja colegiada de Saint-Pierre. Entre as traduções posteriores das relíquias, a que ocorreu em 1523 ou 1524 é a mais famosa. Originalmente, a festa de Gohard foi celebrada em 25 de junho, um dia após seu martírio, pois 24 de junho foi a festa de João Batista. Lobineau diz que durante seu tempo, a festa foi celebrada em 26 de junho. Seu Dia da Lembrança na última edição do Martyrologium Romanum (2004) é o dia de sua morte em 24 de junho….

Em Nantes, Bretanha, o santo Gohard, bispo e mártir, celebrando uma missa solene com o povo da catedral, ele ficou enquanto cantava “Sursum corda” com muitos crentes perfurados pelas flechas dos normandos perversos.

Lendas posteriores dizem que o bispo decapitado pegou sua cabeça decepada em suas mãos e desceu até o rio Loire, onde um barco o levou ao seu local de nascimento de Angers.

Dez anos após o massacre, os normandos subiram o rio Loire novamente, e desta vez queimaram toda a cidade. Por mais de cem anos, eles mantiveram a área e continuaram a deitar a terra deserta.

Nossos ancestrais foram um flagelo tão grande que as igrejas desta área adicionaram uma nova invocação na Ladainha: 

…”Da raiva dos normandos, salve-nos, Senhor.”

Foi só em 939 que Alain Barbe-Torte definitivamente afastou os normandos do país e fez as pazes. Quando o abençoado Papa Urbano II (1088-1099) viveu em Clermont em 1095 para uma reunião de bispos, o capítulo enviado a ele perguntando se ele declararia oficialmente santo. Após as investigações necessárias, o Papa viajou para lá e santificou Gohard em 1096. A cripta românica da Catedral de Nantes é consagrada a ele. Foi reconstruído logo após seu ano santo para abrigar relíquias trazidas de Angers. Uma capela lateral também é consagrada a ele na mesma catedral.

Uma página na Crônica de Nantes, escrita por um contemporâneo dos eventos, diz que em 24 de junho de 843 os normandos tomaram a cidade, invadiram a catedral e mataram o bispo Gohard junto com muitos clérigos, monges e crentes que haviam buscado refúgio lá. Uma tradição posterior afirma que o bispo celebrou a missa no altar de São Ferreolus e caiu enquanto cantava Sursum corda. Alguns anos depois, uma tumba foi erguida para o bispo martirizado no local onde ele caiu. Mas depois de outra invasão dos normandos e um novo saque da catedral, talvez em 919, os sacerdotes e crentes fugiram para Angers e trouxeram consigo as relíquias de seu protetor. Foi na igreja colegiada de Saint-Pierre em Angers que ele foi homenageado até a revolução. Uma inscrição dizia: “Aqui repousa o humilde Gohard, o Pai e Mártir de Nantais” (Humilis Gohardus, Nannetensium Pai um mártir).

Na ausência do corpo do bispo, a catedral há muito preservou o jardim de missa usado por Gohard quando ele foi morto.

Fontes: Attwater/Cumming, Butler (VI), Beneditinos, Bunson, MR2004, KIR, CE, CSO, CatholicSaints.Info, Infocatho, Heiligenlexikon, santiebeati.it, en.wikipedia.org, fr.wikipedia.org, nominis.cef.fr, zeno.org, heiligen-3s.nl, infobretagne.com, reflexionchretienne.e-monsite.com, paroisse-saintseveques-nantes.fr – Compilação e Tradução: p. E Perenine Odd

Criado em: 1 de julho de 1999 – Atualizado: 24 de dezembro de 2017: http://www.katolsk.no/biografier/historisk/gohard

19. Santa Tigre, virgem. Ver páginas 197-198 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver Santa Tigre de Maurienne

Também conhecido como

  • Tecla
  • Tecla
  • Thècle
  • Tigride
  • Tigre

Memorial

Perfil

Leiga no final do século VI ou início do século VII de Maurienne, Gália (na França moderna) jurou que obteria uma relíquia do corpo de São João Batista , a quem tinha grande devoção, e a traria de volta à sua cidade . Tendo viajado para um santuário que deveria conter tais relíquias (possivelmente em Sebaste ou Alexandria , Egito ou em algum lugar da Terra Santa; os registros variam), ela foi informada de que não poderia ter nenhuma delas. Em vez de desistir, ela assumiu uma vida de jejum e oração em frente ao santuário , pedindo que São João lhe entregasse uma relíquia . Após três anos disso, um polegar brilhante apareceu de repente sobre o altar . Tigre o colocou em um pequeno relicário de ouro e foi para casa. Ela deu a relíquia para a guarda da catedral (hoje Saint-Jean-de-Mauirenne), doou seus bens restantes e viveu o resto de sua vida como eremita , vendo outras pessoas apenas quando ia à missa . São Gregório Magno conta sua história como um exemplo de perseverança, conforme descrito em Lucas 11:8 – “Digo-vos que, se ele não se levantar para lhe dar os pães por causa da amizade deles, levantar-se-á para dar-lhe o que precisar por causa da sua persistência”.

Nascer

  • Valloires, Mauirenne, Gália (na França moderna )

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

20. VER SANTAS E SANTOS DE 25 DE JUNHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora da Graça — Adalberto de Egmond Amand de Coly Burchard de Mallersdorf Cyneburga de Gloucester Domingo Henares de Zafra Cubero Doroteia de Montau Eurosia de Jaca Febronia de Nísibis Fulgêncio de Lara Gallicano de Embrun Gallicano de Óstia Gohard de Nantes Guy Maramaldi Henry ZdickJoão o espanhol Luceias e Companheiros Máximo de Turim Moloc de Mortlach Molonachus de Lismore Paulo Giustinani Phanxicô Ðo Van Chieu Próspero de Reggio Salomão I Salomão III da Bretanha Tigre de Maurienne Guilherme de Vercelli — Celidônio de Besançon Sincheall de Killeigh Sosipater de Corfu
todos esses memoriais em uma única página

OBSERVAÇÃO SOBRE 25 DE JUNHO (25 DE JUNHI DE 1530): CONFISSÃO DE AUGSBURGO E REFORMA DE LUTERO.

“A CONFISSÃO DE AUGSBURGO, em latim Confessio Augustana, é um documento central na reforma de Lutero, que foi uma reação à Igreja Católica. Foi apresentado na Dieta de Augsburgo de 1530… Juntamente com outros documentos, os Artigos de Schwabach e Torgau foram levados a Augsburgo. Lá foi decidido fazer uma declaração luterana conjunta em vez de uma simples declaração saxônica, a explanação a ser apresentada ao Imperador… Todos estes fatores contribuíram para determinar as características do documento que estava sendo preparado por Felipe Melanchthon…  Lutero, que não estava presente em Augsburgo, foi consultado por correspondência, mas as emendas e revisões continuaram sendo feitas até a véspera da apresentação formal ao imperador, em 25 de Junho de 1530. Assinada por sete príncipes e pelos representantes de duas cidades livres, a Confissão imediatamente adquiriu importância peculiar como uma declaração pública de fé…”: Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Confiss%C3%A3o_de_Augsburgo

– Ver ainda “…Com a sessão de Augsburgo de 1530 tentava-se acalmar as crescentes tensões entre católicos e protestantes, que apresentaram ao imperador a Confessio Augustana (“Confissão de Augsburgo“, 25 de junho de 1530), um documento central para o luteranismo.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dieta_de_Augsburgo

– Ver “refutação pontifícia”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Refuta%C3%A7%C3%A3o_Pontif%C3%ADcia

– Ver “Apologia da Confissão de Augsburgo”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Apologia_da_Confiss%C3%A3o_de_Augsburgo

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Filipe_Mel%C3%A2ncton 

21. Outros santos do dia 25 DE JUNHO: páginas: 179-204 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 25 de junho, ver ainda: 25 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 491-493: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 24 de junho

DESTAQUE DE 24 DE JUNHO DE 2022

24 DE JUNHO DE 2022: SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS. “A Festa do Sagrado Coração de Jesus, em latim: Sollemnitas Sacratissimi Cordis Iesu) é uma solenidade no calendário litúrgico da Igreja Católica Romana. Ele cai 19 dias após o Pentecostes, na sexta-feira… Dias: 2021 foi 11 de junho; 2022 é 24 de junho…”. Conforme: https://pt.wikipedia.org/wiki/Festa_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o

– Ver também “As 12 Promessas do Sagrado Coração de Jesus:

  1. 1ª Promessa do Sagrado Coração de Jesus: “Eu darei aos devotos de ...Dar-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado de vida.
  2. Estabelecerei a paz nas suas famílias.
  3. Abençoarei os lares onde for exposta e honrada a imagem do Meu Sagrado Coração.
  4. Hei-de consolá-los em todas as dificuldades.
  5. Serei o seu refúgio durante a vida e em especial na hora da morte.
  6. Derramarei bênçãos abundantes sobre todos os seus empreendimentos.
  7. Os pecadores encontrarão no Meu Sagrado Coração uma fonte e um oceano sem fim de Misericórdia.
  8. As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas.
  9. As almas fervorosas ascenderão rapidamente a um estado de grande perfeição.
  10. Darei aos sacerdotes o poder de tocarem os corações mais empedernidos.
  11. Aqueles que propagarem esta devoção terão os seus nomes escritos no Meu Sagrado Coração e d’Ele nunca serão apagados.
  12. Prometo-vos, no excesso de Misericórdia do Meu Coração, que o Meu Amor Todo-Poderoso concederá, a todos aqueles que comungarem na Primeira Sexta-Feira de nove meses seguidos, a graça da penitência final; não morrerão no Meu desagrado nem sem receberem os Sacramentos: o Meu Divino Coração será o seu refúgio de salvação nesse derradeiro momento.[10]

”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o_de_Jesus

– Ver: https://www.newadvent.org/cathen/07163a.htm

–  Ver também: https://www.sistersofcarmel.com/devotion-to-the-sacred-heart-of-jesus.php

– Ver ainda: http://www.arautos.org/secoes/artigos/doutrina/santos/mensageira-do-coracao-de-jesus-143498

– Ver também: “Vinculação entre as devoções ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria”: …O Papa Pio XII exorta: “A fim de que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus produza frutos mais abundantes na família cristã e ainda em toda a humanidade, procurem os fiéis unir a ela a devoção ao Coração Imaculado da Mãe de Deus.”:

https://web.archive.org/web/20120412001518/http://www.asc.org.br/site/devocao/intima.htm

– Encíclica Haurietis aquas: “… 74. A fim de que a devoção ao coração augustíssimo de Jesus produza frutos mais copiosos na família cristã e mesmo em toda a humanidade, procurem os fiéis unir a ela estreitamente a devoção ao coração imaculado da Mãe de Deus. Foi vontade de Deus que, na obra da redenção humana, a santíssima virgem Maria estivesse inseparavelmente unida a Jesus Cristo; tanto que a nossa salvação é fruto da caridade de Jesus Cristo e dos seus padecimentos, aos quais foram intimamente associados o amor e as dores de sua Mãe. Por isso, convém que o povo cristão, que de Jesus Cristo, por intermédio de Maria, recebeu a vida divina, depois de prestar ao sagrado coração o devido culto, renda também ao amantíssimo coração de sua Mãe celestial os correspondentes obséquios de piedade, de amor, de agradecimento e de reparação. Em harmonia com esse sapientíssimo e suavíssimo desígnio da divina Providência, nós mesmo, por ato solene, dedicamos e consagramos a santa Igreja e o mundo inteiro ao coração imaculado da santíssima Virgem Maria.”: http://www.vatican.va/content/pius-xii/pt/encyclicals/documents/hf_p-xii_enc_15051956_haurietis-aquas.html

24 DE JUNHO DE 2022: DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELA SANTIFICAÇÃO DOS SACERDOTES

Instituído por São João Paulo II em 1995, com a Carta aos Sacerdotes por ocasião da Quinta-feira Santa, o “Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes” é celebrado todos os anos na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Seu objetivo é encorajar, tanto os sacerdotes a refletir sobre o dom do sacerdócio que receberam de Cristo, quanto os fiéis a rezar por seus sacerdotes, para que possam ser fortalecidos em seu ministério e permanecer firmes em seu compromisso com o Senhor. Conforme: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2021-06/11-junho-dia-oracao-sacerdotes-abracar-cruz-pela-causa-evangelho.html

– Ver ainda: “CARTA DO PAPA JOÃO PAULO II AOS SACERDOTES POR OCASIÃO DA QUINTA-FEIRA SANTA DE 1995…

… Queira a Virgem Santa lançar o seu olhar carinhoso sobre todos nós, seus filhos prediletos, nesta festa anual do nosso sacerdócio. Coloque, em nosso coração, sobretudo um grande anseio de santidade. Escrevi na Exortação Apostólica Pastores dabo vobis: «A nova evangelização tem necessidade de evangelizadores novos, e estes são os presbíteros que se esforçam por viver o seu sacerdócio como caminho específico para a santidade» (n. 82).

… A Quinta-feira Santa, levando-nos até às origens do nosso sacerdócio, recorda-nos também a obrigação de tender para a santidade, a fim de sermos «ministros de santidade» para os homens e mulheres confiados ao nosso serviço pastoral.

Nesta perspectiva, vem a ser muito oportuna a proposta, sugerida pela Congregação para o Clero, de se celebrar, em cada diocese, um «Dia pela Santificação dos Sacerdotes», por ocasião da festa do Sagrado Coração de Jesus ou noutra data mais apropriada às exigências e costumes pastorais do lugar. Faço minha esta proposta, almejando que tal iniciativa ajude os sacerdotes a conformarem-se cada vez mais plenamente com o coração do Bom Pastor…”: https://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/letters/1995/documents/hf_jp-ii_let_25031995_priests.html

================

ANTECIPADA PARA 23 DE JUNHO DE 2022: SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE SÃO JOÃO BATISTA.

1. So­le­ni­dade do Nas­ci­mento de São João Ba­tista (também na Folhinha do Coração de Jesus), o Pre­cursor do Se­nhor, que já no seio ma­terno, por vir­tude do Es­pí­rito Santo, exultou de ale­gria com a vinda da sal­vação hu­mana, pro­fe­ti­zando com o pró­prio nas­ci­mento o Se­nhor Jesus Cristo. De tal modo se ma­ni­festou nele a graça di­vina, que o pró­prio Se­nhor disse a seu res­peito: «Entre os fi­lhos de mu­lher, não apa­receu nin­guém maior do que João Baptista».

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no sexto mês antes do Natal, o nascimento de São João Batista, acontecimento que causou a alegria de muitos e inspirou a seu pai, Zacarias o “Benedictus”, hino em honra à fidelidade do Deus de Israel e profecia sobre a vocação do Precursor. O próprio Cristo afirmou que, “entre os filhos de mulher, não surgiu ninguém maior do que João Batista”, enviado para dar testemunho da Luz do mundo e do Cordeiro de Deus. (R).

– Ver páginas 143-160 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “O Nascimento de João Batista (ou Dia de São João ou Nascimento do Precursor ) é uma festa cristã celebrando o nascimento de João Batista, um profeta que previu o advento do Messias na pessoa de Jesus Cristo e o batizou. Esta festa é amplamente comemorada no mundo cristão no dia 24 de junho e é uma das festas juninas. É também o único santo cujo nascimento e martírio, este último em 29 de Agosto, são evocados em duas solenidades pelo povo cristão.[1]

…A festa se originou na Idade Média na celebração dos chamados Santos Populares (Santo AntónioSão Pedro e São João; ver Festa de São Pedro e São Paulo). Além de São João, comemorado no dia 24, os outros são São Pedro (no dia 29) e Santo António (no dia 13). Em Portugal, as festas dos três marcam o início das festas católicas em todo o país.[2]

João Batista é o único santo, além da Virgem Maria, de que se celebra o nascimento tanto para a terra, quanto para o céu. Segundo os evangelhos, é o maior dos profetas (Lucas 7:26-28), porque pôde apresentar o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29-36). Sua vocação reveste-se de acontecimentos extraordinários, repletos de júbilo messiânico, que preparam o nascimento de Jesus (Lucas 1:14-58).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_João_Batista

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_Jo%C3%A3o_Batista

– Ver ainda “… Quanto à data do nascimento de João Batista, nada pode ser dito com certeza. O Evangelho sugere que o Precursor nasceu cerca de seis meses antes de Cristo; mas o ano da natividade de Cristo ainda não foi apurado. Também não há nada certo sobre a época do nascimento de Cristo, pois é sabido que a atribuição da festa de Natal até o vigésimo quinto de dezembro não está fundamentada em evidências históricas, mas é possivelmente sugerida por considerações meramente astronômicas, também, talvez, inferidas a partir de raciocínios astronômico-teológicos…”: https://en.wikisource.org/wiki/Catholic_Encyclopedia_(1913)/St._John_the_Baptist

Ver também: SÃO JOÃO BATISTA

Também conhecido como

  • Iohannes Baptista
  • Joannes Baptista
  • João Batista
  • João, o Precursor
  • João, filho de Zacarias
  • Juan Bautista
  • Yochanan ben Zacharyah

Memorial

Perfil

Primo de Jesus Cristo. Filho de Zachary , sacerdote da ordem de Abia, cujo trabalho no templo era queimar incenso ; e de Isabel , descendente de Arão. Enquanto Zachary estava ministrando no Templo, um anjo lhe trouxe a notícia de que Isabel daria à luz um filho cheio do Espírito Santo desde o momento de seu nascimento. Zachary duvidou e ficou mudo até o nascimento de John.

Profeta . João começou seu ministério por volta dos 27 anos, usando um cinto de couro e uma túnica de pelo de camelo, alimentando-se de gafanhotos e mel silvestre, e pregando uma mensagem de arrependimento ao povo de Jerusalém . Ele converteu muitos e preparou o caminho para a vinda de Jesus. Ele batizou Cristo, depois do que se afastou e disse a seus discípulos que seguissem Jesus.

Preso pelo rei Herodes. Ele morreu vítima da vingança de uma mulher 

ciumenta; ele foi decapitado, e sua cabeça foi trazida para ela em uma bandeja. São Jerônimo diz que Herodias manteve a cabeça por muito tempo depois, ocasionalmente esfaqueando a língua com seu punhal por causa do que João havia dito em vida.

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

A Igreja observa o nascimento de João como um evento sagrado. Não temos tal comemoração por nenhum outro pai; mas é significativo que celebremos os aniversários de João e de Jesus. Este dia não pode ser passado. E mesmo que minha explicação não corresponda à dignidade da festa, você ainda pode meditar sobre ela com grande profundidade e proveito. João aparece como o limite entre os dois testamentos, o antigo e o novo. Que ele é uma espécie de limite, o próprio Senhor testemunha, quando fala da “lei e dos profetas até João Batista”. Assim, ele representa os tempos passados ​​e é o arauto da nova era que está por vir. Como representante do passado, nasce de pais idosos; como arauto da nova era, ele é declarado profeta ainda no ventre de sua mãe. Para quando ainda não nascido, ele pulou no ventre de sua mãe com a chegada da bem-aventurada Maria. Naquele ventre ele já havia sido designado profeta, mesmo antes de nascer; foi revelado que ele seria o precursor de Cristo, antes que eles se vissem. São acontecimentos divinos, que ultrapassam os limites da nossa fragilidade humana. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, a ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno (de um sermão de Santo Agostinho sobre o nascimento de João Batista).

Então eles foram ter com João e lhe disseram: ‘Rabi, aquele que estava com você do outro lado do Jordão, de quem você deu testemunho, aqui está ele batizando e todos vão ter com ele.’ João respondeu e disse: ‘Ninguém pode receber nada, exceto o que lhe foi dado do céu. Vocês mesmos podem testemunhar que eu disse que não sou o Messias, mas que fui enviado antes dele. Quem tem a noiva é o noivo; o padrinho, que está de pé e o escuta, regozija-se muito com a voz do noivo. Assim, esta minha alegria foi completada. Ele deve aumentar; devo diminuir’ – João 3:26-30

Não há dúvida de que o bem-aventurado João sofreu prisão e correntes como testemunha de nosso Redentor, de quem foi o precursor, e deu a vida por ele. Seu perseguidor havia exigido não que ele negasse a Cristo, mas apenas que se calasse sobre a verdadeNo entanto, ele morreu por Cristo. Cristo não diz: “Eu sou a verdade”? Portanto, porque João derramou seu sangue pela verdade, ele certamente morreu por Cristo. Quem derrama o sangue pela verdade, certamente derrama o sangue por Cristo.

Através de seu nascimento, pregando e batizando, ele deu testemunho do nascimento vindouro de Cristo, e por seu próprio sofrimento mostrou que Cristo também sofreria. Tal era a qualidade e a força do homem que aceitou o fim desta vida presente derramando seu sangue após o longo aprisionamento. 

Ele pregou a liberdade da paz celestial, mas foi lançado em ferros por homens ímpios. Ele foi encerrado nas trevas da prisão, por meio dele veio o testemunho da Luz da vida e mereceu ser chamado de lâmpada brilhante e resplandecente por essa própria Luz, que é Cristo. 

Suportar agonias temporais por causa da verdade não era um fardo pesado para homens como João; antes, era facilmente suportado e até desejável, pois ele sabia que a alegria eterna seria sua recompensa. Visto que a morte estava sempre próxima, tais homens consideravam uma bênção abraçá-la e assim ganhar a recompensa da vida eterna por reconhecer o nome de Cristo. Por isso, o apóstolo Paulo diz corretamente: “A vós foi concedido o privilégio não só de crer em Cristo, mas também de sofrer por causa dele.” Ele nos diz por que é dom de Cristo que seus escolhidos sofram por ele: “As aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”. (de uma homilia de São Beda , o Venerável, sobre a morte de João Batista)

Herodíades guardou rancor contra ele e queria matá-lo, mas não conseguiu. 

Herodes temeu João, sabendo que ele era um homem justo e santo, e o manteve sob custódia. Quando o ouviu falar, ficou muito perplexo, mas gostava de ouvi-lo. Ela teve uma oportunidade um dia quando Herodes, em seu aniversário, deu um banquete para seus cortesãos, seus oficiais militares e os líderes da Galiléia. A própria filha de Herodíades entrou e executou uma dança que encantou Herodes e seus convidados. O rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu te darei”. Ela saiu e disse à mãe: “O que devo pedir?” Ela respondeu: “A cabeça de João Batista”. A moça correu de volta à presença do rei e fez seu pedido: “Quero que você me dê imediatamente de bandeja a cabeça de João Batista. O rei ficou profundamente aflito, mas por causa de seus juramentos e dos convidados não quis quebrar sua palavra com ela. Então ele prontamente despachou um carrasco com ordens para trazer sua cabeça de volta. Ele foi e o decapitou na prisão . Ele trouxe a cabeça em uma bandeja e deu para a garota. A menina, por sua vez, deu à sua mãe . Quando seus discípulos souberam disso, vieram, pegaram seu corpo e o colocaram em um túmulo. (Marcos 6:19-29)

Citação MLA

2.   Em Roma, junto à Via Sa­lária An­tiga, no ce­mi­tério “Ad septem Co­lumbas”, os santos João e Festo, mártires. († data inc.)

3.   Em Autun, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Sim­plício, que, per­ten­cendo a uma fa­mília nobre e pi­e­dosa, viveu em per­feita cas­ti­dade com sua vir­tu­o­sís­sima es­posa e de­pois foi eleito para o episcopado († 375).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, o sepultamento do Bem-Aventurado Simplício, bispo de Autun, que fez com que um grande número de fiéis abandonasse o culto de Cibele e se convertesse a Cristo. (M).  

– Ver página 178 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4.   Em Cré­teil, no ter­ri­tório de Paris, também na ac­tual França, o mar­tírio dos santos Ago­ardo e Agil­berto e ou­tros muitos mártires. († s. V/VI)

– Ver “…Na diocese de Paris, em Creteil, o martírio dos Santos Agoard e Aglibert, com uma grande multidão de outros de ambos os sexos.
Séculos V-VII. O Martirológio Romano repete a lenda: “Nos arredores de Paris, na aldeia de Creteil, a paixão dos santos mártires Agoard e Aglibert, e inúmeros outros de ambos os sexos.” Os Jesuítas Bollandistas datam seu martírio entre os séculos I e III, mas alguns afirmam que era mais provável que tenha ocorrido em uma data posterior – talvez por volta de 400 DC. Dizem que eles migraram para Creteil, foram convertidos por Santo Altinus , puxados desceu por um templo pagão e sofreu a conseqüência da morte pela espada. Posteriormente, foi erguida uma igreja sobre o cemitério, onde suas relíquias agora estão guardadas…A festa é celebrada na diocese de Paris no dia 25 de junho (Beneditinos, Husenbeth).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune24.html

5.   Em Ma­linas, no Bra­bante, na ac­tual Bél­gica, São Ru­moldo, que é ve­ne­rado como ere­mita e mártir. († 775).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 775, São Rombaudo (São Rombaldo), originário da Ilhas Britânicas, dirigiu-se a Roma pregando o Evangelho pelo caminho. Na volta fixou-se em um eremitério nos arredores da cidade de Malines, no Brabante belga. Ali morreu assassinado por dois homens a quem havia recriminado por seus vícios (M).

– Ver páginas 173-174 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6.   Em Lobbes, na Aus­trásia, ac­tu­al­mente também na Bél­gica, São Te­o­dolfo (São Teodulfo, conforme o Martirológio Romano-Monástico), bispo e abade (de Lobbes na Bélgica). († 776)

7.   Em Nantes, na Bre­tanha Menor, hoje na França, São Go­ardo, bispo e mártir, que, ce­le­brando a Missa com o povo na igreja ca­te­dral, quando can­tava «Sursum corda» (“Co­ra­ções ao alto”) foi tres­pas­sado com as setas de ím­pios nor­mandos e morreu com muitos fiéis. († 843)

8*.   Em Ves­tervig, na Di­na­marca, São Te­od­garo, pres­bí­tero, o mis­si­o­nário que cons­truiu nesta re­gião a pri­meira igreja de madeira. († c. 1065)

 – Ver Theodgar de Vestervig

Também conhecido como

  • Theodgar de Vendyssel
  • Dietista de…
  • Dietista de…
  • Diotro de…
  • Teodgaro de…
  • Teodgardo de…
  • Thøger de…

Memorial

Perfil

Estudou teologia na Inglaterra . Sacerdote . Missionário na Noruega . Cortesão do rei Olav Haraldsson II . Conhecido por curar os enfermos orando sobre eles. Foi para o exílio na Suécia com o rei Olavo em 1028 . Missionário na região da Jutlândia, Dinamarca ; ele estava fazendo pouco progresso até que uma manhã uma fonte de água fresca começou a fluir de onde ele havia dormido na noite anterior; os moradores sabiam um milagrequando eles viram, e começaram a levar os ensinamentos de Theodgar mais a sério. Construiu a primeira igreja da região.

Nascer

Morreu

Patrocínio

informação adicional

Citação MLA

9.   Em Si­chuan, pro­víncia da China, São José Yuan Zaide, pres­bí­tero e mártir, es­tran­gu­lado em ódio à fé cristã. († 1817)

– Ver JOSÉ YUAN ZAIDE

Também conhecido como

  • Joseph Yuen
  • Joseph Uen
  • Josef Yuan Zaide
  • Ruose

Memorial

Perfil

Sacerdote no Vicariato Apostólico de Sichuan. Um dos Mártires da China .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

10*.   Em Gua­da­la­jara, no Mé­xico, Santa Maria Guadalupe (Anas­tásia Gua­da­lupe Garcia Za­vala), virgem, que co­la­borou muito ac­ti­va­mente na fun­dação da Con­gre­gação das Servas de Santa Mar­ga­rida Maria e dos Po­bres e se de­dicou di­li­gen­te­mente às obras de ca­ri­dade em favor dos po­bres e dos enfermos. († 1963)

11.São Fausto na Folhinha do Coração de Jesus. São Fausto e outros 23 mártires. Ver página 178 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

12. Em Satala, na Armênia, sete irmãos mártires: Orêncio, Herói, Farnácio, Firmino, Firmo (também na Folhinha do Coração de Jesus), Ciríaco e Longino, soldados, aos quais o imperador Maximiano mandou tirar as armas porque eram cristãos: separados, em seguida, dos outros, e encerrados em lugares diversos, morreram, sucumbindo às misérias e sofrimentos.

13. Os Mártires de Roma, sob Nero. Ver páginas 161-170 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver MÁRTIRES DE ROMA SOB NERO

… Em um dia de verão, 19 de julho, no reinado do imperador Nero, a cidade de Roma pegou fogo. Durante seis dias o fogo se alastrou, desde o sopé do Monte Palatino até os subúrbios, e somente com a demolição da propriedade para criar uma brecha no caminho das chamas foram preservados quatro bairros da cidade.

O mistério da origem do fogo nunca foi resolvido, mas foi pensado para ser devido ao incendiarismo. Havia um rumor feio de que o próprio Nero havia incendiado sua própria capital e que escravos da casa imperial foram vistos espalhando as chamas. Nero estava em Antium quando ocorreu e por três dias, apesar das mensagens urgentes, não fez nenhum movimento e não deu instruções; só depois desta demora regressou à capital, e da Torre de Macaenas contemplou a cidade em chamas.

Com uma lira na mão e em pose teatral, ele declamou o relato de Homero sobre a destruição de Tróia, e foi esse incidente que deu origem à lenda de que Nero tocava violino enquanto Roma queimava. Embora seja improvável que ele tenha causado a calamidade, a suspeita foi reforçada pela anexação, após o incêndio, de uma parte considerável da área desolada para a construção de sua ‘Casa Dourada’, um palácio de imensas dimensões, com colunatas triplas um quilômetro e meio de comprimento, onde, declarou ele, ‘agora finalmente ele foi alojado como um ser humano’.

Mas o crescimento do boato espalhado pela população indignada, desabrigada e sem comida, e também o medo da revolução, obrigou-o a tomar contramedidas. Os jardins imperiais foram abertos como refúgio para os destituídos, edifícios temporários foram improvisados, serviços de assistência social e alimentação foram organizados; e, para desviar a atenção de si mesmo, voltou-se para os cristãos e declarou abertamente que eles eram responsáveis.

Então começou a perseguição mais implacável. Ele atirou contra eles não apenas sua amarga hostilidade, mas também a raiva e o ódio da população. Tácito registra a história sombria: “Eles morreram em tormentos e seus tormentos foram amargurados por insultos e escárnio. Alguns foram pregados em cruzes, outros costurados em peles de animais selvagens e expostos à fúria de cães, outros ainda, cobertos com materiais combustíveis, foram usados ​​como tochas para iluminar a escuridão da noite.” Raramente o mundo conheceu um espetáculo de horror como quando os jardins de Nero brilharam com esse carnaval diabólico.

Quantos sofreram está além da computação. Sabemos apenas que pelas ruas desertas e entre as ruínas fumegantes os cristãos foram caçados como ratos e, quando capturados, tornaram-se vítimas da fúria insensata de Nero. Foram noites de horror e dias em que nenhum homem podia confiar no próximo. Famílias inteiras foram cercadas e enviadas para a morte. Nas páginas dos mártires há um lugar de honra para essas vítimas desconhecidas que sofreram pela fé e pela paciência de Cristo, e deixaram atrás de si uma memória imperecível (Gill).

Citação MLA

14. São Lupicínio, ermitão e confessor. Ver páginas 171-172 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

15. Bem-Aventurada Raingarda, viúva. Ver páginas 175-176 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

16. São Bartolomeu, ermitão. Ver página 177 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… Há uma vida medieval que conta com algum detalhe a história de Bartolomeu, e que aparentemente foi escrita por um contemporâneo. Está impresso na Acta Sanctorum, junho, vol. v. Ver também Stanton’s Menology , pp. 287-288; TD Hardy, Catálogo de Materiais (Série Rolls), vol. ii, pp. 226-227, onde uma data muito diferente é sugerida para sua morte; e uma curta vida no Hermit Saints na série anglicana editada por JH Newman (1844). O texto latino dos milagres do santo é dado em Analecta Bollandiana , vol. lxx (1952), pp. 5-19…

… Encyclopedia, Walsh).

   “Desde tempos remotos, esta ilha foi habitada por certos pássaros cujo nome e raça milagrosamente persistem. Na época do ano para construir ninhos, eles se reúnem aqui. E tamanha gentileza graciosa eles aprenderam com a santidade do lugar, ou antes daqueles que santificaram o lugar pelo seu modo de viver lá, que eles não têm medo do manuseio ou do olhar dos homens. Eles amam o silêncio, mas nenhum clamor os perturba. Seus ninhos são construídos por toda parte. Alguns ninham acima de seus ovos ao lado do altar. Ninguém se atreve a molestá-los ou tocar os ovos sem deixar… E eles, por sua vez, não prejudicam o estoque de comida de ninguém.

… Os patinhos, uma vez criados, seguem atrás de suas mães que os guiam e, uma vez que entram em suas águas nativas, não voltam mais ao ninho.
…Uma vez aconteceu, enquanto uma mãe estava conduzindo sua ninhada, indo ela mesma antes, que um dos jovens caiu em uma fenda de uma rocha rachada. Então dotada de razão humana, ela imediatamente se virou, deixou seus filhos para trás, foi até Bartolomeu e começou a puxar a bainha de seu manto com o bico, como se dissesse claramente: ‘Levante-se e siga-me e me devolva meu filho. Ele levantou-se imediatamente para ela, pensando que devia estar sentado em seu ninho. Mas como ela continuou puxando mais e mais, ele percebeu finalmente que ela estava pedindo algo dele que ela não poderia responder por voz. E, de fato, sua ação foi eloquente, se não seu discurso. Ela foi primeiro e ele depois, até chegar ao penhasco ela apontou para o local com sua conta, e olhando para Bartolomeu, insinuando que sinais ela podia que ele deveria espiar. Aproximando-se, ele viu o patinho, com suas pequenas asas agarradas à rocha, e descendo ele o trouxe de volta para sua mãe, que em grande alegria parecia com seu olhar alegre agradecer-lhe. Então ela foi para a água com seus filhos, e Bartolomeu, mudo de espanto, voltou para sua oratória. (Geoffrey).
Bartolomeu de Farne, OSB Eremita (AC) (também conhecido como Bartolomeu de Durham).

Nascido em Whitby, Inglaterra; morreu c. 1193. Dos muitos homens piedosos que foram levados pelo exemplo de São Cuthbert a se tornarem solitários na ilha de Farne, ao largo da costa da Nortúmbria, não menos notável foi este Bartolomeu, pois ele passou nada menos que 42 anos naquele lugar desolado… Seus pais, que podem ter sido de origem escandinava, o chamavam de Tostig, mas como o nome o tornava motivo de chacota, foi mudado para William. Ele decidiu ir para o exterior, e suas andanças o levaram para a Noruega, onde permaneceu o tempo suficiente para receber a ordenação como sacerdote. Ele voltou para casa e foi para Durham, onde assumiu o hábito monástico e adotou o nome de Bartolomeu…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune24.html#1193_St._Bartholomew_of_Farne

17. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 24 DE JUNHO (alguns destacados acima):

Natividade de São João Batista (Solenidade) Madonna della Navicela — Aglibert de Créteil Agoard de Créteil Alena de Bruxelas Anfíbalo de Verulam Anastasia Guadalupe Garcia Zavala Bárbara da Baviera Bartolomeu de Farne Cristóvão de Albarran Colman Oilithir de Ross Eremberto I de Kremsmünster Fausto de Roma e CompanheirosFesto de Roma Germoc Gohardus de Nantes Henrique de Auxerre Ivan da Boêmia João de Roma João de Tuy Joseph Yuan Zaide Rumold Simplício de Autun Theodgar de Vestervig Teodulfo de LobbesMártires de Satala
todos esses memoriais em uma única página

18. Outros santos do dia 24 DE JUNHO: páginas: 143-178 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 24 de junho, ver ainda: 24 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 489-491: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 23 de junho

ANTECIPADA DE 24 PARA 23 DE JUNHO DE 2022: SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE SÃO JOÃO BATISTA.

EXCEPCIONALMENTE DIA 23 DE JUNHO DE 2022: SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE SÃO JOÃO BATISTA

So­le­ni­dade do Nas­ci­mento de São João Bap­tista (também na Folhinha do Coração de Jesus), o Pre­cursor do Se­nhor, que já no seio ma­terno, por vir­tude do Es­pí­rito Santo, exultou de ale­gria com a vinda da sal­vação hu­mana, pro­fe­ti­zando com o pró­prio nas­ci­mento o Se­nhor Jesus Cristo. De tal modo se ma­ni­festou nele a graça di­vina, que o pró­prio Se­nhor disse a seu res­peito: «Entre os fi­lhos de mu­lher, não apa­receu nin­guém maior do que João Baptista».

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no sexto mês antes do Natal, o nascimento de São João Batista, acontecimento que causou a alegria de muitos e inspirou a seu pai, Zacarias o “Benedictus”, hino em honra à fidelidade do Deus de Israel e profecia sobre a vocação do Precursor. O próprio Cristo afirmou que, “entre os filhos de mulher, não surgiu ninguém maior do que João Batista”, enviado para dar testemunho da Luz do mundo e do Cordeiro de Deus. (R).

– Ver páginas 143-160 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “O Nascimento de João Batista (ou Dia de São João ou Nascimento do Precursor ) é uma festa cristã celebrando o nascimento de João Batista, um profeta que previu o advento do Messias na pessoa de Jesus Cristo e o batizou. Esta festa é amplamente comemorada no mundo cristão no dia 24 de junho e é uma das festas juninas. É também o único santo cujo nascimento e martírio, este último em 29 de Agosto, são evocados em duas solenidades pelo povo cristão.[1]

…A festa se originou na Idade Média na celebração dos chamados Santos Populares (Santo AntónioSão Pedro e São João; ver Festa de São Pedro e São Paulo). Além de São João, comemorado no dia 24, os outros são São Pedro (no dia 29) e Santo António (no dia 13). Em Portugal, as festas dos três marcam o início das festas católicas em todo o país.[2]

João Batista é o único santo, além da Virgem Maria, de que se celebra o nascimento tanto para a terra, quanto para o céu. Segundo os evangelhos, é o maior dos profetas (Lucas 7:26-28), porque pôde apresentar o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29-36). Sua vocação reveste-se de acontecimentos extraordinários, repletos de júbilo messiânico, que preparam o nascimento de Jesus (Lucas 1:14-58).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_João_Batista

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nascimento_de_Jo%C3%A3o_Batista

– Ver ainda “… Quanto à data do nascimento de João Batista, nada pode ser dito com certeza. O Evangelho sugere que o Precursor nasceu cerca de seis meses antes de Cristo; mas o ano da natividade de Cristo ainda não foi apurado. Também não há nada certo sobre a época do nascimento de Cristo, pois é sabido que a atribuição da festa de Natal até o vigésimo quinto de dezembro não está fundamentada em evidências históricas, mas é possivelmente sugerida por considerações meramente astronômicas, também, talvez, inferidas a partir de raciocínios astronômico-teológicos…”: https://en.wikisource.org/wiki/Catholic_Encyclopedia_(1913)/St._John_the_Baptist

– Ver também: SÃO JOÃO BATISTA

Também conhecido como

  • Iohannes Baptista
  • Joannes Baptista
  • João Batista
  • João, o Precursor
  • João, filho de Zacarias
  • Juan Bautista
  • Yochanan ben Zacharyah

Memorial

Perfil

Primo de Jesus Cristo. Filho de Zachary , sacerdote da ordem de Abia, cujo trabalho no templo era queimar incenso ; e de Isabel , descendente de Arão. Enquanto Zachary estava ministrando no Templo, um anjo lhe trouxe a notícia de que Isabel daria à luz um filho cheio do Espírito Santo desde o momento de seu nascimento. Zachary duvidou e ficou mudo até o nascimento de John.

Profeta . João começou seu ministério por volta dos 27 anos, usando um cinto de couro e uma túnica de pelo de camelo, alimentando-se de gafanhotos e mel silvestre, e pregando uma mensagem de arrependimento ao povo de Jerusalém . Ele converteu muitos e preparou o caminho para a vinda de Jesus. Ele batizou Cristo, depois do que se afastou e disse a seus discípulos que seguissem Jesus.

Preso pelo rei Herodes. Ele morreu vítima da vingança de uma mulher 

ciumenta; ele foi decapitado, e sua cabeça foi trazida para ela em uma bandeja. São Jerônimo diz que Herodias manteve a cabeça por muito tempo depois, ocasionalmente esfaqueando a língua com seu punhal por causa do que João havia dito em vida.

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

A Igreja observa o nascimento de João como um evento sagrado. Não temos tal comemoração por nenhum outro pai; mas é significativo que celebremos os aniversários de João e de Jesus. Este dia não pode ser passado. E mesmo que minha explicação não corresponda à dignidade da festa, você ainda pode meditar sobre ela com grande profundidade e proveito. João aparece como o limite entre os dois testamentos, o antigo e o novo. Que ele é uma espécie de limite, o próprio Senhor testemunha, quando fala da “lei e dos profetas até João Batista”. Assim, ele representa os tempos passados ​​e é o arauto da nova era que está por vir. Como representante do passado, nasce de pais idosos; como arauto da nova era, ele é declarado profeta ainda no ventre de sua mãe. Para quando ainda não nascido, ele pulou no ventre de sua mãe com a chegada da bem-aventurada Maria. Naquele ventre ele já havia sido designado profeta, mesmo antes de nascer; foi revelado que ele seria o precursor de Cristo, antes que eles se vissem. São acontecimentos divinos, que ultrapassam os limites da nossa fragilidade humana. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, a ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. João foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno (de um sermão de Santo Agostinho sobre o nascimento de João Batista).

Então eles foram ter com João e lhe disseram: ‘Rabi, aquele que estava com você do outro lado do Jordão, de quem você deu testemunho, aqui está ele batizando e todos vão ter com ele.’ João respondeu e disse: ‘Ninguém pode receber nada, exceto o que lhe foi dado do céu. Vocês mesmos podem testemunhar que eu disse que não sou o Messias, mas que fui enviado antes dele. Quem tem a noiva é o noivo; o padrinho, que está de pé e o escuta, regozija-se muito com a voz do noivo. Assim, esta minha alegria foi completada. Ele deve aumentar; devo diminuir’ – João 3:26-30

Não há dúvida de que o bem-aventurado João sofreu prisão e correntes como testemunha de nosso Redentor, de quem foi o precursor, e deu a vida por ele. Seu perseguidor havia exigido não que ele negasse a Cristo, mas apenas que se calasse sobre a verdadeNo entanto, ele morreu por Cristo. Cristo não diz: “Eu sou a verdade”? Portanto, porque João derramou seu sangue pela verdade, ele certamente morreu por Cristo. Quem derrama o sangue pela verdade, certamente derrama o sangue por Cristo.

Através de seu nascimento, pregando e batizando, ele deu testemunho do nascimento vindouro de Cristo, e por seu próprio sofrimento mostrou que Cristo também sofreria. Tal era a qualidade e a força do homem que aceitou o fim desta vida presente derramando seu sangue após o longo aprisionamento. 

Ele pregou a liberdade da paz celestial, mas foi lançado em ferros por homens ímpios. Ele foi encerrado nas trevas da prisão, por meio dele veio o testemunho da Luz da vida e mereceu ser chamado de lâmpada brilhante e resplandecente por essa própria Luz, que é Cristo. 

Suportar agonias temporais por causa da verdade não era um fardo pesado para homens como João; antes, era facilmente suportado e até desejável, pois ele sabia que a alegria eterna seria sua recompensa. Visto que a morte estava sempre próxima, tais homens consideravam uma bênção abraçá-la e assim ganhar a recompensa da vida eterna por reconhecer o nome de Cristo. Por isso, o apóstolo Paulo diz corretamente: “A vós foi concedido o privilégio não só de crer em Cristo, mas também de sofrer por causa dele.” Ele nos diz por que é dom de Cristo que seus escolhidos sofram por ele: “As aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”. (de uma homilia de São Beda , o Venerável, sobre a morte de João Batista)

Herodíades guardou rancor contra ele e queria matá-lo, mas não conseguiu. 

Herodes temeu João, sabendo que ele era um homem justo e santo, e o manteve sob custódia. Quando o ouviu falar, ficou muito perplexo, mas gostava de ouvi-lo. Ela teve uma oportunidade um dia quando Herodes, em seu aniversário, deu um banquete para seus cortesãos, seus oficiais militares e os líderes da Galiléia. A própria filha de Herodíades entrou e executou uma dança que encantou Herodes e seus convidados. O rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu te darei”. Ela saiu e disse à mãe: “O que devo pedir?” Ela respondeu: “A cabeça de João Batista”. A moça correu de volta à presença do rei e fez seu pedido: “Quero que você me dê imediatamente de bandeja a cabeça de João Batista. O rei ficou profundamente aflito, mas por causa de seus juramentos e dos convidados não quis quebrar sua palavra com ela. Então ele prontamente despachou um carrasco com ordens para trazer sua cabeça de volta. Ele foi e o decapitou na prisão . Ele trouxe a cabeça em uma bandeja e deu para a garota. A menina, por sua vez, deu à sua mãe . Quando seus discípulos souberam disso, vieram, pegaram seu corpo e o colocaram em um túmulo. (Marcos 6:19-29)

Citação MLA

================

OUTROS SANTAS E SANTOS DE 23 DE JUNHO

1.   Co­me­mo­ração dos nu­me­rosos már­tires de Ni­co­média, hoje Izmit, na Tur­quia, que, no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, de­pois de es­tarem es­con­didos nos montes e ca­vernas, so­freram serenamente o mar­tírio pelo nome de Cristo. († 303).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Nicomédia, no início do séc. IV, o martírio de Numerosos Cristãos, que, segundo Eusébio, “consideraram como verdadeiro tesouro os opróbrios suportados pela religião” (M).

– Ver páginas 126-128 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

2.   No mos­teiro de Ely, na In­gla­terra ori­ental, Santa Edil­trudes (Edeltrudes, também na Folhinha do Coração de Jesus), aba­dessa, que, sendo filha de reis e ela pró­pria rainha da Nor­túm­bria, de­pois de re­cusar duas vezes o ma­tri­mónio, re­cebeu do santo bispo Vil­fredo o véu re­li­gioso no mos­teiro por ela cons­truído, no qual, com o seu exemplo e exor­ta­ções, ela pre­sidiu como mãe de muitas virgens. († 679).

-Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 679, Santa Eteldreda, filha do rei de Nortúmbria, que renunciou a seus privilégios de princesa real para fundar um mosteiro na Ilha de Ely, que foi sucessivamente dirigido, depois de sua morte, por três outras princesas canonizadas (M).

– Ver Santa Ediltrude, páginas 129-131 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3*.   Em Vannes, na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente na França, São Bílio, bispo e mártir, que, se­gundo a tra­dição, foi morto pelos Nor­mandos quando sa­que­aram a cidade. († c. 914)

4*.   Em Pavia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, o Beato Lan­franco, bispo, homem pa­cí­fico, que so­freu muitas tri­bu­la­ções para pro­mover a paz e con­córdia na cidade. († 1194)

Bem-Aventurado Lanfranc, Bispo e Confessor. Ver pág. 135 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Onhaye, no Hai­naut, ac­tu­al­mente na Bél­gica, São Va­lério, pres­bí­tero, que, se­gundo a tra­dição, foi morto a golpes de remo, quando atra­ves­sava o rio Mosa, por um pres­bí­tero, seu so­brinho, cuja vida vi­ciosa censurava. († 1199)

6*.   Em Oig­nies, também no Hai­naut, em ter­ri­tório da ac­tual França, a Beata Maria, que, do­tada de graças mís­ticas, com o as­sen­ti­mento do seu es­poso viveu re­clusa numa cela, e de­pois fundou e di­rigiu o ins­ti­tuto de­sig­nado das «Beguinas». († 1213).

– Ver páginas 119-125 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “…A vida de Maria de Oignies foi escrita pelo Cardeal James de Vitry, que tinha sido seu amigo, seu discípulo e provavelmente em algum momento seu confessor. Foi por sua influência que ele foi levado a receber ordens sagradas; mas, ao discorrer sobre suas virtudes, ele adverte seus leitores de que seu exemplo não deve ser recomendado para imitação geral.
Ela nasceu de pais ricos em Nivelles, no Brabante, e, embora todas as suas aspirações fossem voltadas para a vida religiosa, seus pais assim que ela tinha quatorze anos a deram em casamento a um jovem digno e de boa posição. Se previram que ele a induziria a adotar uma perspectiva mais convencional, logo se desiludiram; pois Maria, por mais jovem que fosse, adquiriu grande ascendência sobre o marido.
À sua persuasão, ele consentiu não apenas que se comprometessem a viver em continência, mas também que sua casa fosse transformada em um hospital para leprosos. O jovem casal cuidava de seus pacientes com as próprias mãos, às vezes sentando-se com eles a noite toda, e distribuía esmolas tão generosa e indiscriminadamente que suscitava protestos de parentes de ambos os lados…

… O conforto e grande deleite de Maria, até chegar à terra prometida, foi o maná da vida que desce do céu. O Pão sagrado fortaleceu seu coração, e o Vinho celestial embriagou e alegrou sua alma. Ela foi cheia do sagrado alimento da carne de Cristo, e Seu sangue vivificante a limpou e purificou. Este era o único conforto que ela não podia suportar ficar sem. Receber o corpo de Cristo era a mesma coisa para ela que viver, e morrer era, em sua mente, ser separada de seu Senhor por não participar de seu Santíssimo Sacramento …

… Maria também foi uma das primeiras místicas de quem são registrados, com alguns detalhes, exemplos do que agora seríamos tentados a chamar de dons psíquicos. Diz-se que ela sabia, em certos casos, o que se passava à distância, tinha estranhas premonições sobre o futuro e acreditava-se que era capaz de discernir a história passada das relíquias (hierognose, psicometria). James de Vitry estava, sem dúvida, falando de si mesmo quando relatou seu conhecimento inexplicável dos detalhes do que aconteceu quando “um amigo dela” foi ordenado em Paris…

… Praticamente falando, tudo o que se sabe sobre a vida de Maria de Oignies pode ser encontrado na Acta Sanctorum, junho, vol. v. Ao texto da biografia do Cardeal James de Vitry, os Bollandistas anexaram uma certa nota complementar de Thomas de Cantimpré. Há uma excelente tradução de Vitry impressa na série Oratoriana de Vidas dos Santos: ela está incluída no segundo volume da Vida de Santa Joana Frances de Chantal (1852). Ver também P. Funk Jakob van Vitry (1909), pp. 113-130; e em Oignies, U. Berlière, Monasticon BeIge, vol. i, pp. 451-452. Além disso, há um artigo no The Month, June, 1922, pp. 526-537, do Pe. Thurston, do qual muito do que está escrito acima foi emprestado. Um importante estudo de Mary por R. Hanon de Louvet foi revisado em Analecta Bollandiana, vol. lxxi (1953), pp. 481-485.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

7*.   No ermo de Val­ma­nente, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Pedro Tiago de Pê­saro, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agostinho. († c. 1496)

8.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, São Tomás Garnet, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que, or­de­nado sa­cer­dote no Co­légio dos In­gleses de Val­la­dolid e tendo re­gres­sado à In­gla­terra, foi duas vezes en­car­ce­rado e fi­nal­mente so­freu o pa­tí­bulo de Ty­burn, no rei­nado de Jaime I. († 1608).

– Ver páginas 138-139 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

9.   Em Turim, na Itália, São José Ca­fasso (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que se de­dicou es­pe­ci­al­mente à for­mação es­pi­ri­tual e cul­tural dos fu­turos clé­rigos e a re­con­ci­liar com Deus os po­bres de­tidos no cár­cere e os con­de­nados à morte. († 1860).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1860, São José Cafasso, sacerdote. Professor de Teologia Moral em Turim e renomado diretor espiritual, formou o clero piemontês – em meio ao qual surgiu Dom Bosco – segundo os princípios de São Francisco de Sales e de Santo Afonso de Ligório (X).

– Ver páginas 140-141 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “José Cafasso nasceu em Castelnuovo Don Bosco, no ano de 1811. Desde criança sentiu-se chamado ao sacerdócio… Faleceu jovem, em 23 de junho de 1860 com qüarenta e nove anos de idade. Sua festa litúrgica é celebrada aos 23 de junho. Foi canonizado em 1947 pelo Papa Pio XII[3]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Jos%C3%A9_Cafasso

– Ver “…É comum que São José Cafasso seja referido como santo da Congregação Salesiana, e isso é compreensível, pois era um amigo íntimo e diretor espiritual de São João Bosco. No entanto, é um erro: São José Cafasso foi um sacerdote secular, e sua vida plena e nobre foi em geral tão deficiente em incidentes externos como o é o destino habitual do clero pastoral da Igreja…

Dom Cafasso se destacou entre os que destruíram os vestígios do jansenismo no norte da Itália, animando a esperança e a humilde confiança no amor e na misericórdia de Deus, e lutando contra uma moral que considerava a menor falta como um pecado grave. “Quando ouvimos confissões”, escreveu ele, “nosso Senhor quer que sejamos amorosos e misericordiosos, ser paternal para com todos os que vêm até nós, sem referência a quem são ou o que fizeram. Se repelimos alguém, se alguma alma se perde por nossa culpa, seremos responsabilizados: o seu sangue será exigido de nossas mãos. ”E Dom Cafasso teve um papel importante na formação de uma geração de clérigos que deveriam em todos os momentos. combater e recusar comprometer-se com as autoridades civis, cuja ideia da relação Igreja-Estado era de dominação e interferência…

… John Bosco e Joseph Cafasso se conheceram em um domingo do outono de 1827, quando o primeiro ainda era um menino alegre e o segundo já tonsurado. “Eu o vi! Falei com ele!” anunciou John, quando ele chegou em casa. “Viu quem?” perguntou sua mãe. “Joseph Cafasso. E eu lhe digo, ele é um santo.” Quatorze anos depois, Dom Bosco celebrou sua primeira missa na igreja de São Francisco, em Turim, e depois ingressou no instituto, estudando com Cafasso e compartilhando muitos de seus empreendimentos, especialmente a instrução religiosa dos meninos. Foi Dom Cafasso quem o persuadiu de que trabalhar para os meninos era a sua vocação. E assim aconteceu que um salesiano, João Cagliero, pôde escrever: “Amamos e veneramos nosso querido pai e fundador Dom Bosco, mas não amamos menos a José Cafasso, pois ele foi mestre de Dom Bosco, conselheiro e guia nas coisas espirituais e nos seus empreendimentos por mais de vinte anos; e atrevo-me a dizer que a bondade, a realização e a sabedoria de Dom Bosco são a glória de Dom Cafasso. Foi por meio dele que Dom Bosco se instalou em Turim, por meio dele os meninos foram reunidos no primeiro oratório salesiano; a obediência, o amor e a sabedoria que ensinou frutificaram nos milhares de jovens da Europa, da Ásia, da África e da América que hoje são bem educados para a vida na Igreja de Deus e na sociedade humana”…

… Na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado...”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

– Ver São José (Giuseppe) Cafasso

Também conhecido como

  • José Cafasso
  • Sacerdote da Forca

Memorial

Perfil

Nascido com uma coluna deformada e em uma família de camponeses ricos; ele era de baixa estatura e aleijado ao longo de sua vida. Ordenado em 1833 . Professor de teologia moral no colégio eclesiástico de Turim em 1836 . Superior do colégio de 1846 a 1860 . Diretor da casa de retiros. Pároco da Igreja de São Francisco em 1848 . Reconhecido confessor . Promoveu a devoção ao Santíssimo Sacramento . Amigo e conselheiro de São João Bosco , tendo-o conhecido quando Joseph tinha 12 anos; São João escreveu uma biografia de São José. Tio do Beato José Allamano . Fundou confrarias religiosas.

Trabalhou para reformar prisões e prisioneiros e para melhorar as condições das prisões em Turim . Ministrado a prisioneiros condenados , conquistando convertidos . Uma vez escoltados 60 recém- convertidos condenados à forca. Como muitos dos prisioneiros foram enforcados imediatamente após confessarem e receberem a absolvição , Joseph se referiu a eles como “santos enforcados”.

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

informação adicional

Leituras

Uma única palavra dele – um olhar, um sorriso, sua própria presença – bastava para dissipar a melancolia, afastar a tentação e produzir santa resolução na alma. – São João Bosco , escrevendo sobre São José

Nascemos para amar, vivemos para amar e morreremos para amar ainda mais. – São José Cafasso

Quem é esse homem que no mundo é chamado de eclesiástico, de padre? Quem é esse personagem que uns abençoam e outros amaldiçoam? Quem é aquele de quem o mundo inteiro fala e critica, e quem é o assunto de discussão por todas as penas e todas as línguas? Qual é o significado desse nome que ressoa em todos os cantos do mundo? O que é um sacerdote? Para definir claramente o que ele é, aproveitarei as distinções que São Bernardo fez em relação aos eclesiásticos e o considerarei em sua natureza, em sua pessoa, em seus hábitos. Quid in natura, quis in persona, qualis in moribus! Em sua natureza, ele é um homem como os outros. Em sua pessoa, sua dignidade está acima de todos os outros homens do mundo. Em sua conduta e hábitos, ele deve ser um homem totalmente diferente de todos os outros, pois é por sua dignidade e cargo.– São José Cafasso

Citação MLA

 – Ver também “Das “Meditações para os exercícios espirituais do clero” de São José Cafasso, presbítero”, páginas 314-318: http://www.edbbrasil.org.br/gratuitos/em-dialogo-com-o-senhor-livro.pdf

10*.   Em Alátri, no Lácio, re­gião da Itália, a beata Maria Rafaela (San­tina Ci­mátti), virgem, das Irmãs da Mi­se­ri­córdia para os En­fermos, que teve uma vida oculta e hu­milde, ori­en­tando a sua a­ti­vi­dade prin­ci­pal­mente em favor dos en­fermos e dos po­bres, com afável ca­ri­dade e ar­dente zelo. († 1945)

11. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. III, Santa Agripina (também na Folhinha do Coração de Jesus), que consagrou sua virgindade pelo martírio (M).

– Ver Santa Agripina de Roma

Também conhecido como

  • Agripina de Mineo

Memorial

Perfil

Nascido na nobreza imperial romana. Virgem consagrada, a coisa mais próxima naquela época de uma freira . Torturado e martirizado durante as perseguições de Valeriano .

Nascer

  • cidadão romano imperial

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Citação MLA

12. São Litberto, bispo. Ver páginas 132-133 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… São Lietberto morreu em 23 de junho de 1076.
O monge Rodulphus elaborou uma biografia de St. Libert da Gesta episcoporum Cameracensium , acrescentando novos materiais de sua autoria. Os textos são publicados na Acta Sanctorum , junho, vol. v, e em Pertz, MGH., Scriptores , vol. vii, pp. 489-497 e 528-538.
Às vezes chamado Liébert ou Libert. Ele era um nobre que se tornou bispo em 1051. Em 1054, ele fez uma peregrinação a Jerusalém, descobrindo que a cidade santa estava nas mãos dos sarracenos. Voltando a Cambrai, Libert construiu a igreja e o mosteiro do Santo Sepulcro. Ele foi exilado pelo nobre Hugo de Cambrai e cruelmente perseguido.
Lietbertus de Cambrai B (AC) (também conhecido como Libert, Liberat). Saint Libert, um nobre de Brabançon, foi elevado à sé de Cambrai em 1051 e ocupou essa posição até sua morte. Ele levou alguns de seu rebanho em peregrinação à Terra Santa, mas não conseguiu alcançá-la. Em seu retorno, ele construiu a Abadia do Santo Sepulcro e outras fundações religiosas.

Excomungou o senhor de Cambrai e por isso foi brutalmente perseguido (Benedictines, Encyclopedia) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html#1076_Lietbertus_s_a_noble_who_became

 

13. Bem-Aventurado Pedro de Jully, confessor. Ver página 134 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 1136 São Pedro de Juilly monge beneditino e pregador; 

originalmente da Inglaterra, um amigo de St. Stephen Harding (Estêvão Harding)e foi seu companheiro em Molesme.
BD PETER DE JULHO (AD 1136)
EMBORA fosse inglês de nascimento e descendência, este Pedro está sempre associado a Jully em Champagne, onde passou os seus últimos anos. Filho piedoso de boa família, estudou teologia em sua terra natal até a morte de seus pais. Ele então foi para a França, provavelmente para continuar seus estudos em Paris, ou em uma das grandes escolas provinciais. Lá ele se tornou íntimo de outro jovem inglês, St Stephen Harding, que compartilhava suas aspirações espirituais. Ambos desejavam dedicar-se ao serviço de Deus e, para descobrir Sua vontade a respeito deles, fizeram juntos uma peregrinação a Roma. Na viagem de regresso, de passagem pela Borgonha, alojaram-se na abadia cisterciense de Molesme, então na sua primitiva simplicidade e austeridade. Stephen ficou tão impressionado com o que viu que decidiu permanecer em Molesme, mas Peter seguiu seu caminho. Depois de um tempo, porém, ele voltou e recebeu o hábito e, posteriormente, ordens presumivelmente sagradas. Ele levou uma vida muito edificante, adquirindo grande fama local como pregador e milagreiro. Não muito longe do mosteiro, em Juilly, ou Jully-les-Nonnains, havia um convento subordinado a Molesme, que tinha como prioresa a irmã de São Bernardo, Bd Humbelina. Quando seu capelão morreu, as freiras perguntaram se poderiam ter Pedro em seu lugar, e o abade consentiu. Sob sua direção espiritual e os cuidados de Humbelina, a comunidade progrediu rapidamente no caminho da perfeição. Bd Peter apoiou Humbelina durante sua última doença e estava ao lado dela quando ela morreu. Ele não sobreviveu a ela por muito tempo. 

No Acta Sanctorum , junho, vol. v, os bolandistas publicaram a biografia latina de Bd Peter, que parece ter sido escrita cerca de um século após sua morte.

Mais tarde, foi nomeado confessor e capelão das freiras de Juilly les Nonnais que estavam sob os cuidados de Santa Humbeline, irmã de São Bernardo de Claraval .
Peter of July, OSB (AC) Nasceu na Inglaterra; morreu em julho de 1136. São Pedro era amigo de Santo Estêvão Harding em Molesme. Foi capelão e confessor das monjas beneditinas de Juilly-les-Nonais, que era subordinada a Molesme. Aqui a irmã de São Bernardo, Santa Humbelina, foi abadessa. Pedro é descrito como um milagreiro e grande pregador (Benedictines).

Pedro também possuía a reputação de ser um pregador brilhante e um milagreiro…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html#1136_St._Peter_of_Juilly_Benedictine

 

14. Bem-Aventurado Tomás Corsini, confessor. Ver páginas 136-137 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “1343 Bem-aventurado Thomas Corsini, irmão leigo servita, que passou a vida recolhendo esmolas para a abadia. Ele foi favorecido por muitas visões (Beneditinos), OSM (AC). BD THOMAS CORSINI (AD 1345). Há pouco a registrar sobre Bd Thomas Corsini: sua vida foi tão monótona quanto edificante. Um nativo de Orvieto e um homem de educação, ele foi levado a se juntar aos Servos de Maria por uma visão na qual ele viu a Mãe de Deus e foi convidado por ela a lutar sob sua bandeira.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

 

15. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 23 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Véspera de São João Madonna del Sasso — Agripina de Roma Bílio de Vannes Etheldreda de Ely Félix de Cîteaux Félix de Sutri Frances Martel Francisco O’Sullivan Hidulfo de Hainault Ioan Suciu Tiago de Toul João de Roma José Cafasso Lanfranco Beccari Lietbert Liliosa de ToulLupo de Paredes Maria de Oignies Moeliai de Nendrum Pedro de julho Thomas Corsini de Orvieto Thomas Garnet Walhere de Dinant Zenas da Filadélfia Zenão de FiladélfiaMártires de Ancira Mártires da Nicomédia — Eldrude da Bretanha Gerhard de Clarifontaine Maria Raffaella Santina Cimatti Moronóg de Inishloe Pedro Tiago de Pésaro
todos esses memoriais em uma única página

https://catholicsaints.info/23-june/

 

16. Outros santos do dia 23 DE JUNHO: páginas: 119-142 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 23 de junho, ver ainda: 23 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

14. Outros santos do dia 22 DE JUNHO: páginas: 94-118 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 22 de junho, ver ainda: 22 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 487-489: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 22 de junho

1. São Pau­lino (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que re­cebeu o ba­tismo em Bor­déus, re­nun­ciou ao con­su­lado e, sendo um homem nobre e rico, se fez pobre e hu­milde por amor de Cristo; trans­fe­rindo-se para Nola, na Cam­pânia, perto do se­pulcro de São Félix, pres­bí­tero, e para se­guir o seu exemplo, abraçou a vida as­cé­tica com a es­posa e al­guns com­pa­nheiros; or­de­nado bispo, foi in­signe pela sua cul­tura e san­ti­dade e em­pe­nhou-se ge­ne­ro­sa­mente em ajudar os pe­re­grinos e ali­viar os indigentes. († 431).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, No ano da graça de 431, o nascimento no céu de São Paulino. Originário de uma família senatorial romana residente em Bordeaux, renunciou a um rico e bem consolidado patrimônio para colocar-se a serviço da Igreja. Ordenado sacerdote em Barcelona, fixou-se junto ao sepulcro de São Félix, em Nola, na Campânia. Quando chegou a hora de sua eleição episcopal, zelou com grande solicitude por seus fiéis, que estavam sofrendo com a invasão dos godos. (R).

– Conforme a Folhinha do Coração de Jesus de 21.06.2020, “22/06: SÃO PAULINO DE NOLA. Paulino nasceu na França pelo ano de 355, filho de nobre família romana, proprietária de muitas terras na França, Espanha e Itália. Desde cedo foi educado na fé cristã. Foi cônsul e governador da província de Campânia, no sul da Itália. Teve contato com a devoção do povo de Nola a São Félix, cujo sepulcro ficava perto da cidade. Renunciou, pelo ideal evangélico, à carreira e às riquezas, e depois de pedir conselhos a São Jerônimo, retirou-se com a esposa junto ao sepulcro de São Félix. Construiu várias celas e uma capela, que mais tarde foi ampliada em uma basílica. Ali, viveram ele, a esposa e companheiros ao modo de uma ordem religiosa. Em 409 foi eleito bispo de Nola, dirigindo essa igreja por vinte e dois anos com grande sabedoria e paternidade para com seu povo.” (Frei Marcos Antônio de Andrade, OFM-Petrópolis/RJ).

– Ver páginas 94-100 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Paulino de Nola (em latimPaulinus Nolanus), nascido Pôncio Merópio Anício Paulino (em latimPontius Meropius Anicius Paulinus), é considerado um dos Padres da Igreja do ocidente. Na sua juventude foi cônsul e exerceu importantes cargos civis até ser batizado. Vendeu seus bens, distribuindo o dinheiro aos pobres e, com sua esposa Terásia, passou a viver vida eremítica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Paulino_de_Nola

– Ver São Paulino de Nola

Também conhecido como

  • Meropius Pontius Anicius Paulinus

Memorial

Perfil

Amigo de Santo Agostinho de Hipona e de São Nicetas de Remesiana , e mencionado por sua santidade por pelo menos seis de seus santos contemporâneos .

Advogado ilustre. Exerceu vários cargos públicos no Império, depois se aposentou do ministério público com sua esposa, Therasia, primeiro para Bordeaux , na França , onde foram batizados , e depois para a propriedade de Therasia na Espanha . Após a morte de seu único filho com apenas algumas semanas de idade, o casal decidiu passar o resto de suas vidas dedicados a Deus . Eles doaram a maior parte de suas propriedades e se dedicaram a aumentar sua santidade.

Paulino foi ordenado , então ele e Therasia se mudaram para Nola , Itália , doaram o resto de suas propriedades e se dedicaram a ajudar os pobres . Paulino foi escolhido bispo de Nola por demanda popular, e governou a diocese por mais de 21 anos, vivendo em sua própria casa como monge e continuando a ajudar os pobres . Seus escritos contêm um dos primeiros exemplos de uma canção de casamento cristã .

Nascer

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Leituras

Ó Deus , que o bispo São Paulino de Nola, notável por amor à pobreza e pelo cuidado pastoral, concedei-nos graciosamente que, celebrando seus méritos, possamos imitar o exemplo de sua caridade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos. – coleta litúrgica

Citação MLA

2. Os santos João Fisher (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, e Tomás Moro, ou More (também na Folhinha do Coração de Jesus), már­tires, que, por se terem oposto ao rei Hen­rique VIII na con­tro­vérsia sobre o seu ma­tri­mónio e sobre o pri­mado do Ro­mano Pon­tí­fice, foram en­car­ce­rados na Torre de Lon­dres, na In­gla­terra. João Fisher, bispo de Ro­chester, homem ilus­trís­simo pela sua eru­dição e dig­ni­dade de vida, foi de­go­lado neste dia di­ante do cár­cere por ordem do pró­prio rei. Tomás Moro, pai de fa­mília dig­nís­simo e pre­si­dente do con­selho real, por causa da sua per­se­ve­rança na fi­de­li­dade à Igreja ca­tó­lica, no dia seis de Julho foi as­so­ciado ao mar­tírio do ve­ne­rável pontífice. († 1535).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Londres, no ano do Senhor de 1535, São João Fisher, professor da universidade de Cambridge, e São Tomás More, Lorde Chanceler do rei Henrique VIII da Inglaterra. Humanistas da Renascença, amigos de Erasmo e de Holbein, serviram à Coroa com inteligência e lealdade, o que não os impediu de ficar ao lado da Igreja até à morte. (R)

– São João Fischer, ver páginas 107-114 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Dia 06 de julho ver: Em Lon­dres, na In­gla­terra, São Tomás Moro, que é co­me­mo­rado no dia 22 de junho, jun­ta­mente com São João Fischer. († 1535).

– Ver páginas 251-252: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver “Thomas MoreThomas Morus ou Tomás Moro[1] (Londres7 de fevereiro de 1478 — Londres6 de julho de 1535) foi filósofo, homem de estado, diplomata, escritor, advogado e homem de leis, ocupou vários cargos públicos, e em especial, de 1529 a 1532, o cargo de “Lord Chancellor” (Chanceler do Reino – o primeiro leigo em vários séculos) de Henrique VIII da Inglaterra. É geralmente considerado como um dos grandes humanistas do Renascimento. Sua principal obra literária é Utopia.[2].Foi canonizado como mártir da Igreja Católica em 19 de maio de 1935 e sua festa litúrgica celebra-se em 22 de junho.[3]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Thomas_More

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Thomas_More

– Ver ainda “John Fisher (BeverleyYorkshireInglaterra, c. 1469 — Tower Hill, Tyburn, Londres22 de junho de 1535) foi cardeal e bispo de Rochester, na Inglaterra, durante o reinado de Henrique VIII. É venerado como mártir e santo pela Igreja Católica e pela Igreja Anglicana.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/John_Fisher

– Ver: https://pt.wikisource.org/wiki/%C3%9Altima_carta_de_Thomas_More

– Ver ainda: http://caritaschrist.blogspot.com/2013/06/de-uma-carta-de-sao-tomas-more-escrita.html

3.   Em Roma, a co­me­mo­ração de São Flávio Cle­mente, mártir, que, por ordem do im­pe­rador Do­mi­ciano (de quem era primo, conforme o Martirológio Romano-Monástico), com o qual exer­cera o con­su­lado, acu­sado de re­negar do nome dos deuses, foi con­de­nado à morte pela fé de Cristo. († 96).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no fim do séc. I, a paixão do cônsul Flávio Clemente. Seu primo, o imperador Domiciano, o fez condenar à morte sob acusação de ateísmo, porque ele adorava Cristo com exclusão de todos os deuses pagãos oficiais. (M)

4.   Em Ve­rulam, na Bre­tanha, ter­ri­tório da ac­tual In­gla­terra, Santo Al­bano, mártir, que, se­gundo a tra­dição, ainda não bap­ti­zado se en­tregou em lugar de um clé­rigo que tinha re­co­lhido em sua casa e do qual re­ce­bera os en­si­na­mentos da fé cristã, tro­cando com ele as vestes. Por isso, foi fla­ge­laLdo, atroz­mente ator­men­tado e fi­nal­mente decapitado. († c. 287).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico (de 22 de junho), no tempo do imperador Diocleciano, Santo Albano, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Ele havia salvo um padre cristão, que depois o converteu à fé. Um célebre mosteiro beneditino foi fundado sobre seu túmulo. (M).

– Lembrado dia 21 de junho na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver páginas 101-102 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Santo Albano é um santo, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Faleceu em Verulâmio, sítio da atual São Albano, e sua festa é celebrada em 17 e 22 de junho.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Albano_de_Verul%C3%A2mio

– Ver 21 de junho: Santo Albano, na Folhinha do Coração de Jesus. No Martirológio Romano, 22 de junho.

– Ver “Também chamado de Albinus em algumas listas. Ele é tradicionalmente conhecido como um padre grego ou albanês que foi com Santo Ursus à cidade de Milão, na Itália. Eles haviam deixado a ilha de Naxos, na Grécia, para escapar dos arianos que controlavam a Igreja naquela área. Santo Ambrósio deu as boas-vindas a Albano e Ursus, enviando-os à França e Alemanha para converter as tribos pagãs de lá. Ursus foi morto no caminho, mas Alban se estabeleceu em Mainz. Lá ele se tornou famoso como pregador, atacando as falsas doutrinas dos arianos. Acredita-se que ele tenha sido morto pelos vândalos, que atacaram a região. Alban foi decapitado em Hanum após ser morto.
 Alban (Albinus) de Mainz M (RM) Quando o padre grego Santo Alban foi banido de Naxos pelos arianos, ele pregou o Evangelho na Alemanha. Novamente ele foi atacado pelos arianos e foi martirizado em Mainz, Alemanha…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

5.   Em Ca­er­leon, na Bre­tanha Menor, re­gião da a­tual França, os santos Júlio e Aarão, már­tires, que, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, so­freram o mar­tírio de­pois de Santo Al­bano. No mesmo tempo e no mesmo lugar, muitos ou­tros cris­tãos, tor­tu­rados com di­versos su­plí­cios e cru­de­lis­si­ma­mente fla­ge­lados, su­pe­raram o com­bate e al­can­çaram as ale­grias da ci­dade eterna. († s. IV in.).

– Ver Santo Aarão de Aleth “Aarão de Aleth (em bretãoAihran) foi um ermitãomonge e abade que viveu na metade do século VI em um monastério em Cézembre, uma pequena ilha próxima de Aleth, atualmente Saint-Servan, e de Saint-Malo, na região da BretanhaFrança. Algumas fontes dão conta de que ele nasceu de mercadores britânicos na Armória Dumnônia, um antigo reino na Britânia pós-romana, numa área que hoje cobre o sudoeste da Inglaterra.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Aar%C3%A3o_de_Aleth

6.   Em Do­liche, na Síria, ac­tu­al­mente na Tur­quia, Santo Eu­sébio, bispo de Sa­mo­sata, que, no tempo do im­pe­rador ariano Cons­tâncio, dis­far­çado com veste mi­litar vi­si­tava as Igrejas de Deus para as for­ta­lecer na fé ca­tó­lica; pos­te­ri­or­mente, no tempo do im­pe­rador Va­lente, foi des­ter­rado para a Trácia; mas, res­ta­be­le­cida a paz da Igreja, re­gressou do exílio no tempo do im­pério de Te­o­dósio; fi­nal­mente, ao vi­sitar no­va­mente as Igrejas, morreu mártir com a ca­beça par­tida com uma telha ati­rada contra ele por uma mu­lher ariana. († 379).

No dia 21 de junho, conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano de 378, a volta para Deus de Santo Eusébio. Bispo de Samostata, na Síria, foi exilado para a Trácia pelo imperador Valêncio, por causa de sua ortodoxia. A morte do imperador permitiu-lhe voltar para sua diocese, mas foi pouco depois assassinado por uma mulher ariana. É apresentado por Teodoreto como um generoso campeão da verdade (M).

– Ver páginas 71-82 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também: https://ecclesia.org.br/synaxarion/?p=1402

– Ver ainda: http://santosortodoxos.blogspot.com/2013/07/santo-eusebio-de-samosata.html

– Ver “…ST EUSEBIUS, BISPO DE SAMOSATA (c. AD 379). NADA se sabe sobre a origem e a história antiga de Santo Eusébio. Ele veio antes de nós em 361, quando como bispo de Samosata, ele participou de um sínodo convocado em Antioquia para selecionar um sucessor para o bispo Eudoxo… Valente emitiu uma ordem condenando-o ao exílio na Trácia. Quando o oficial encarregado de fazer cumprir este decreto se apresentou a Eusébio, o bispo o advertiu para não tornar sua missão pública, para que o povo não se levantasse e o matasse: o homem santo não desejava que ninguém perdesse a vida por sua causa… Quando a morte de Valente em 378 pôs fim à perseguição, Santo Eusébio foi devolvido ao seu assento e ao seu rebanho. Seu zelo em nenhum grau foi prejudicado por seus sofrimentos. Por meio de seus esforços, a unidade católica foi restaurada em toda a sua diocese, e as sés vizinhas foram ocupadas por prelados ortodoxos. Ele estava visitando Dolikha para colocar um bispo católico ali quando foi atingido na cabeça por uma telha jogada sobre ele de um telhado por uma mulher ariana. O ferimento foi fatal, e ele morreu vários dias depois, após arrancar de seus amigos a promessa de que eles não iriam procurar ou punir seu agressor…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

7.   Co­me­mo­ração de São Ni­cetas, bispo de Re­me­siana, na Dácia, hoje Bela Pa­lanka, na Sérvia, que São Pau­lino de Nola louva com um elo­quente poema, por ter anun­ciado o Evan­gelho aos bár­baros, trans­for­mando-os em ove­lhas de Cristo con­du­zidas ao redil da paz, e por ter con­se­guido que gente in­culta e ha­bi­tuada ao la­tro­cínio apren­desse a cantar os lou­vores de Cristo com um co­ração romano. († c. 414).

– Ver “São Nicetas de Remesiana (ca. 335414) foi um Bispo de Remesiana, atualmente Bela Palanka, a qual se situa na Sérvia, pertencente ao distrito de Pirot[1]. São Nicetas foi também teólogo e compositor de versos litúrgicos, cujas atividades missionária e de escrita efetuaram a cristianização e cultivaram uma cultura latina entre os bárbaros no baixo vale do Danúbio[2]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nicetas_de_Remesiana

8*.   Em Roma, no pa­lácio pon­ti­fício de La­trão, o Beato Ino­cêncio V, papa, que de­pois de ter to­mado o há­bito da Ordem dos Pre­ga­dores e en­si­nado a sa­grada te­o­logia em Paris, aceitou com re­lu­tância a sede epis­copal de Lião e ori­entou, jun­ta­mente com São Bo­a­ven­tura, o Con­cílio Ecu­mé­nico para a uni­dade entre os La­tinos e os Gregos se­pa­rados; fi­nal­mente, eleito para a cá­tedra de Pedro, pouco tempo exerceu a função de Pon­tí­fice, porque a morte só lhe per­mitiu ser quase apenas mos­trado, mais do que dado à Igreja de Roma. († 1276).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, em 1276, o Bem-Aventurado Inocêncio V, dominicano da Savóia, que tornou-se provincial da sua ordem e foi pouco depois nomeado arcebispo de Lião. Como tal, recebeu o XIV Concílio Ecumênico, que discutiu a questão da unidade entre gregos e latinos. Seu pontificado durou apenas seis meses. (M).

– Ver “O Papa Inocêncio V ( latino : Inocêncio V ; c. 1225 – 22 de junho de 1276), nascido Pierre de Tarentaise, foi papa de 21 de janeiro a 22 de junho de 1276. Membro da Ordem dos Pregadores, ele adquiriu uma reputação de pregador eficaz. Ele ocupou uma das duas “cadeiras dominicanas” da Universidade de Paris e foi fundamental para ajudar a elaborar o “programa de estudos” da Ordem. Em 1269, Pedro de Tarentaise foi provincial da província francesa de dominicanos. Ele foi um colaborador próximo do Papa Gregório X, que o nomeou Bispo de Ostia e o elevou ao cardeal em 1273.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Inoc%C3%AAncio_V

– Ver “… BD INOCENTE V, PAPA (1277 DC)
O primeiro papa dominicano, Inocêncio V, foi batizado Pedro, e até sua elevação ao papado era comumente conhecido como Pedro de Tarentaise, do nome de seu local de nascimento, Tarentaise-en-Forez (Loire ). · [Não deve ser confundido com o abade e bispo cisterciense São Pedro de Tarentaise (8 de maio).] …Embora fosse um homem de físico esplêndido e de constituição tão robusta que nem austeridades nem o trabalho árduo o haviam prejudicado, ele foi acometido por uma febre maligna que o matou em poucos dias. Ele morreu em 22 de junho de 1277, aos cinquenta e um anos, após ter sido papa por apenas cinco meses. O culto de Bd Innocent foi confirmado em 1898, e seu nome adicionado ao martirológio romano como alguém que “trabalhou pela concórdia entre os cristãos”…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

9. São João IV:

– Ver página 104 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 835 João IV bispo de Nápoles – San Giovanni d’Acquarola, ou “o Pacificador”, B (AC)
Conhecido localmente como San Giovanni d’Acquarola, ou “o Pacificador”, São João era o bispo de Nápoles, onde agora é venerado como um dos patronos da cidade (Benedictines, Encyclopedia) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html#835_John_IV_bishop_of_Naples_San

10. São João I, de Nápoles. Ver página 103 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “São João foi o bispo de Nápoles que traduziu o corpo de São Januário de Puteoli para Nápoles, “que abençoou Paulino, bispo de Nola, chamado ao reino celestial”, segundo o Martirológio Romano (Beneditinos, Enciclopédia).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, São João (no Martirológio está São João IV), bispo de Nápoles, amigo de São Paulino de Nola, morto exatamente um ano antes dele. (M).

11. Santo Evrardo, arcebispo de Salzburgo. Ver páginas 105-106 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “…1164 Santo Eberhard (Everard) bispo de Salzburgo maior apoiador do papa na Alemanha durante a controvérsia da investidura OSB Nasceu em Nuremberg, Alemanha, 1085; morreu em Salzburgo, Áustria, em 11 de junho de 1164…
… Santo Eberhard foi educado pelos monges de Michelberg em Bamberg. Ele obteve um canonismo em Bamberg, que, no entanto, ele desistiu para se tornar um beneditino em Prüfening em 1125. Em 1133, ele foi feito abade de Biburg, e em 1147 consagrado bispo de Salzburgo.
Eberhard foi o maior defensor do papa na Alemanha durante a controvérsia da investidura. No início da Idade Média, um imperador ou outro príncipe leigo investia um abade ou bispo eleito com o anel e o cajado e recebia homenagem antes da consagração. O Papa Nicolau II condenou a prática em 1059. Em 1075, toda investidura leiga foi proibida pelo Papa Gregório VII (Beneditinos, Enciclopédia).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html

12. Bem-Aventurado Lambert, abade. Ver páginas 115-117 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “1125 O beato Lambert Saint-Bertin 40º abade introduz as observâncias Cluniac OSB Abade (AC). Desde a infância, Lamberto foi treinado na vida monástica na abadia beneditina de Saint-Bertin, da qual eventualmente se tornou o 40º abade. Ele terminou a igreja da abadia e introduziu as observâncias cluníacas [independente de tudo, exceto da jurisdição papal] (beneditinos) .”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune22.html

13. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 22 DE JUNHO (alguns destacados acima):

– OntemCalendárioAmanhã ->
John Fisher de Rochester (Memorial Opcional) Paulino de Nola (Memorial Opcional) Thomas More (Memorial Opcional) Madonna Ta’ Pinu Nossa Senhora do Cabo — Arão da Bretanha Arão de Pais-de-Laon Albano da Grã-Bretanha Altrude de Roma Consórcios Cronan das Samambaias Eberhard de Salzburgo Eusébio de Samósata Exuperâncio de Como Flávio Clemente Gregório de AgrigentoHeráclio, o Soldado Hespério de Metz Inocêncio V , Papa João IV de Nápoles Júlio de Pais-de-Laon Kristina Hamm Marie Lhuilier Nicetas de Remesiana Precia de Epinal Rotrudis de Saint-Omer Rufino de AlexandriaMártires de Samaria – 1480 santos — Crunmael de Barragh Jean de la Bellière Nicetas de Aquileia
todos esses memoriais em uma única página

14. Outros santos do dia 22 DE JUNHO: páginas: 94-118 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 22 de junho, ver ainda: 22 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 485-487: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 21 de junho

1. Me­mória de São Luís Gonzaga (também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­gioso, que, nas­cido de fa­mília de prín­cipes e no­bi­lís­simo pela ino­cência de vida, ab­dicou em favor do seu irmão o di­reito ao prin­ci­pado e in­gressou na Com­pa­nhia de Jesus. Pela as­sis­tência ge­ne­rosa aos con­taminados da peste, con­traiu a en­fer­mi­dade que o levou à morte ainda em plena juventude. († 1591).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, em 1591, o nascimento no céu de São Luís Gonzaga. Renunciando ao trono de Mântua e à carreira militar, entrou para a Companhia de Jesus, onde sua inocência e seu enérgico caráter se expandiram em uma grave, porém delicada caridade. Morreu aos vinte e três anos, cuidando heroicamente de um doente de peste. São Luís Gonzaga é o padroeiro celeste da juventude cristã. (M).

– Ver páginas 83-85 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Luís de Gonzaga S.J. (Castiglione delle Stiviere9 de março de 1568 — Roma21 de junho de 1591) foi um religioso italiano e santo da Igreja Católica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_de_Gonzaga

– Ver ainda SÃO LUÍS GONZAGA

Também conhecido como

  • Aluigi Gonzaga
  • Luís Gonzaga

Memorial

Perfil

Nascido da nobreza italiana que cresceu em um castelo, filho de Ferdinand Gonzaga, um príncipe do Sacro Imperador Romano e um jogador compulsivo . Primo de São Rodolfo Acquaviva . Treinado desde os quatro anos como soldado e cortesão . Serviu como pajem na corte espanhola . Ele sofria de doença renal , que ele considerava uma bênção, pois o deixava acamado com tempo para a oração . Ainda menino , ensinou catecismo a meninos pobres . Ele recebeu sua primeira comunhão de São Carlos Borromeo . Aos 18 anos, Aloysius assinou sua reivindicação legal às terras de sua família e título de seu irmão, e tornou-se um noviço jesuíta . Aluno espiritual de São Roberto Belarmino . Atendeu às vítimas da peste em Roma , Itália , no surto de 1591 , durante o qual ele pegou a doença que o matou aos 23 anos.

Nasceu

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações– São Luís Gonzaga

Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele– São Luís Gonzaga

Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por sua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

2*.   Em Ghé, na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente na França, São Me­venno ou Mévio, abade, que, tendo nas­cido no País de Gales, se re­co­lheu numa flo­resta da Bre­tanha, onde fundou um mosteiro. († s. VI).

São Meven, abade. Ver página 91 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver ‘St. Maine Fundador de Saint-Meon na Bretanha, França; um discípulo de St. Samson Maine, também está listado como Meen, Mevenus, Mavenus ou Mewan, era galês ou córnico…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

3.   No ter­ri­tório de Evreux, na Nêus­tria, também na ac­tual França, São Leu­fredo (Leutfrido), abade, que fundou o mos­teiro de La Croix-Saint-Ouen, ao qual pre­sidiu du­rante cerca de qua­renta e oito anos. († 738).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 738, São Leofredo. Amigo e confidente de Santo Ansberto, antigo monge de Fontenelle, e por esta época bispo de Ruão, fundou às margens do rio Eure um mosteiro que mais tarde viria a chamar-se “La Croix-Saint-Leufroy” (M).

Ver página 92 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4*.   Em Bourges, na Aqui­tânia, hoje também na França, São Ro­dolfo, bispo, que, pela sua grande so­li­ci­tude pela vida sa­cer­dotal, compôs, em co­la­bo­ração com os pres­bí­teros da sua Igreja, uma co­lec­tânea de ca­pí­tulos dos Santos Pa­dres e sen­tenças de câ­nones para uso pastoral. († 866)

– Ver “…  Raul, Rodulfo ou Rodolfo, pertencia a uma família de alta nobreza da Monarquia Franca. O pai, chamado também Raul, era conde de Cahors e tinha o título de abade leigo de Tulle… Raul ocupou-se também dos religiosos e das religiosas. Veio a morrer a 21 de Junho de 866. A diocese de Bourges celebra ainda a sua memória neste dia.”: http://fraternidadesaogilberto.blogspot.com/2012/06/sao-raul-bispo.html

São Raul, Bispo e Confessor. Ver página 86 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Hu­esca, ci­dade de Aragão, re­gião da Es­panha, São Rai­mundo, que era có­nego re­gular quando foi no­meado bispo de Roda e de Bar­bastro e, porque não quis vencer os ini­migos do nome cristão pela força das armas, foi três vezes ex­pulso da sua sede. († 1126).

– Ver “São Raimundo de Barbastro, Bispo e Confessor” páginas 87-88 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6*.   Em Or­vieto, na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato Tomás Cor­síni, re­li­gioso da Ordem dos Servos de Maria. (1343)

– Ver “… O humilde servo da Virgem morreu em Orvieto, no ano de 1343 (21 de junho), como se lê na “Crônica” de fray Miguel Poccianti; seu corpo recebeu um honroso sepultamento na igreja dos Servos desta mesma cidade. Por milagres, cada vez mais frequentes, os habitantes de Orvieto muito cedo começaram a prestar-lhe uma grande devoção e a celebrar a sua memória. Seu culto foi confirmado em 13 de dezembro de 1768 pelo Papa Clemente XIII.”: http://www.parroquiasanmartin.com/tomascorsini.html

7.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, São João Rigby, márt ir, que, de­tido e con­de­nado à morte por se ter re­con­ci­liado com a Igreja ca­tó­lica no rei­nado de Isabel I, foi sus­penso da forca em Southwark e es­quar­te­jado ainda vivo. († 1600).

– Ver página 89 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… Ele nasceu perto de Wigan, Inglaterra, e reconciliou-se com a Igreja. Admitindo que era católico, foi preso e colocado na prisão de Newgate. Ele foi enforcado, desenhado e esquartejado em Southwark em 21 de junho. John é um dos Quarenta Mártires da Inglaterra e País de Gales e foi canonizado em 1970 pelo Papa Paulo VI.
John Rigby M
(RM) Nasceu em Harrock Hall perto de Wigan, Lancashire, Inglaterra, c. 1570; morreu em 21 de junho de 1600; beatificado em 1929; canonizado pelo Papa Paulo VI em 1970 como um dos Quarenta Mártires da Inglaterra e Gales.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

8*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Tiago Mo­relle Dupas, pres­bí­tero e mártir, que, sempre se­vero con­sigo e amável com os ou­tros, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa foi con­de­nado à prisão por exercer o mi­nis­tério pa­ro­quial no ter­ri­tório de Poi­tiers e morreu de fome e inanição. († 1794)

9♦.   Em Olot, na Ca­ta­lunha, re­gião da Es­panha, a Beata Li­be­rata Fer­ra­rons i Vives, virgem da Ordem Ter­ceira Carmelita. († 1842)

– Ver “… Liberata Ferrarons (19 de abril de 1803 – 21 de junho de 1842) assemelha-se aos antigos terceiros em aspectos místicos e extraordinários de sua vida.

Ela era filha de um pobre tecelão de Olot, na Catalunha, onde havia um convento carmelita desde 1565, cuja família ainda estava unida por laços estreitos de amor paterno e filial.

Juan Ferrarons só pôde sustentá-la quando adoeceu e morreu. Não havia escolha a não ser mandar a filha mais velha, de seis anos, Liberata, para mendigar nas ruas. Por dois anos, a menina sustentou a família dessa forma até conseguir um emprego em uma fábrica têxtil. Noivado nos dezenove anos seguintes, enquanto pôde ser atuante neste tipo de trabalho, desenvolvendo grande habilidade, aliada ao seu zelo, tornou-se uma excelente empregada e requisitada.

Ela subiu para o cargo de gerente dos outros trabalhadores nesta fábrica. 

Em 1819, ele proclamou seus votos na Ordem Terceira do Carmelo. Este evento marca mais um passo na sua vida de oração e solidariedade, à qual se dedicou integralmente. No trabalho, seus dedos ágeis voaram sobre a lágrima, deixando seus pensamentos livres para viver em Deus. Supervisionar outros jovens com prudência e encorajamento para o bem. 

Organizou a recitação do Rosário no trabalho.

A prática piedosa não era incomum nas fábricas espanholas da época, Liberata tinha que parecer menina elegante com feições atraentes, alta e forte. Sua saúde não era muito boa, devido, sem dúvida, aos empregos desnutridos e sobrecarregados de sua infância. Cada vez mais difícil trabalhar em 1830, adoeceu na cama, onde permaneceu até sua morte.

Sua doença, sem dúvida, desconcertou os médicos tanto em seus sintomas quanto em sua evolução, porque só levou à conclusão de que era algo sobrenatural, que ela poderia continuar a viver e suportar tanta dor. Em seus últimos anos, ele experimentou visões e outras graças místicas, como afirmaram seus confessores. Estes foram o carmelita Antonio Bonavia, até a saída do convento de clausura de Olot, e os padres diocesanos Luis Vila, Pedro Rovira e Dr. Joaquim Masmitjà.

A vida virtuosa de Liberata, a oração sublimada, o sofrimento paciente e a mística não foram esquecidos pelo povo, que conserva toda a sua veneração, aguardando a sua canonização. Liberata havia sido proposta como modelo de trabalho cristão.

No dia 17 de janeiro de 2009, o Santo Padre Bento XVI recebeu em audiência privada Sua Excelência Dom Angelo Amato, SDB, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos. Durante a audiência, o Santo Padre autorizou a Congregação a promulgar o decreto que reconhece as virtudes heroicas da Serva de Deus Liberata Ferrarons y Vives, terceiro membro da Ordem do Carmo, nascido em Olot (Catalunha, Espanha) no dia 19 de abril de 1803, e morreu em 21 de junho de 1842 também em Olot. Este é o primeiro passo importante no caminho da beatificação.

Agora precisamos de um milagre por intercessão do Venerável Liberata para ser declarado bem-aventurado.
Fonte: OS CARMELITAS – História da Ordem do Carmo – Volume V
Joaquín Smet, O. Carm. (Dyonísio da Silva tradução gratuita e informação sem fins lucrativos e para a Ordem Secular dos Carmelitas Descalços)

Extraído e traduzido de: ocdsprovinciasaojose.blogspot.com

Postado por Cecill Torres em sexta-feira, 21 de junho de 2013…”: http://vidas-santas.blogspot.com/2013/06/liberata-ferrarons-y-vives-laica.html

10.   Em Za­po­tla­nejo, lo­ca­li­dade do Mé­xico, São José Isabel Flores, pres­bí­tero e mártir no tempo da grande perseguição. († 1927)

– Ver São José Isabel Flores Varela

Memorial

Perfil

Seminarista em Guadalajara, México . Pároco em Zapotlanejo, Jalisco México em 1900 . Pai forte e gentil de seu rebanho, recusou-se a abandonar sua paróquia durante as perseguições da Igreja pelo governo; ele se escondeu e ministrou secretamente aos seus paroquianos . O prefeito de Zapotlanjejo, José Orozco, era virulentamente anti – católico , e oferecia uma recompensa pela captura de qualquer padre . Padre José foi traído por esta recompensa, epreso ; seu Judas era Nemesio Bermejo, ex- seminarista que morava com Flores.

Flores foi oferecida sua liberdade se ele aceitasse o governo anti – Igreja Calles; ele recusou. Orozco transformou a reitoria de Zapotlanejo em uma prisão , jogou Flores nela, não lhe deu comida ou água por três dias, tocou música fora da prisão para que ele não pudesse dormir e repetidamente lhe ofereceu liberdade em troca de cooperação; Padre José recusou.

Na noite em que morreu , José foi levado para um cemitério próximo e torturado ao ser repetidamente enforcado em uma árvore, mas sendo abaixado antes de morrer . Um dos soldados , batizado pelo padre Flores, recusou-se a participar da tortura ; os outros atiraram nele. Eles então pegaram os poucos pertences do padre e o assassinaram. O esquadrão tentou atirar nele, mas seus canhões não dispararam, e o comandante da tropa, Anastasio Valdivia, cortou a garganta de Flores. Mártir .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Leituras

Deus sabe que estou aqui. Esta é a vontade dele para mim. – São José de sua cela de prisão

Citação MLA

– Ver MÁRTIRES DA REVOLUÇÃO MEXICANA

Memorial

Perfil

A constituição mexicana de 1917 era claramente anticlerical e anti- Igreja , e sua adoção instituiu anos de violenta perseguição religiosa, incluindo expulsão de padres estrangeiros, fechamento de escolas paroquiais e assassinatos de vários padres e líderes leigos que trabalham para ministrar aos fiéis. e apoiar a liberdade religiosa. 25 deles que morreram em épocas e lugares diferentes, mas todos como resultado dessa perseguição foram celebrados juntos. Cada um deles tem memoriais separados, mas também são lembrados como um grupo.

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

11. Santa Demétria, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver “… 363. Santa Demetria, irmã de Santa Bibiana, filha dos Santos. Flaviano e DafrosaDemetria VM (RM) Santa Demetria é irmã de Santa Bibiana, que caiu morta quando foram presas. Segundo a lenda, seu pai, o ex-prefeito, Flavian, foi banido e morto. Posteriormente, sua esposa, Santa Dafrosa, foi decapitada deixando suas filhas órfãs, que foram despojadas e depois martirizadas (Beneditinos, Delaney) .”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

12. Santo Albano, na Folhinha do Coração de Jesus. No Martirológio Romano, 22 de junho.

– Ver “Também chamado de Albinus em algumas listas. Ele é tradicionalmente conhecido como um padre grego ou albanês que foi com Santo Ursus à cidade de Milão, na Itália. Eles haviam deixado a ilha de Naxos, na Grécia, para escapar dos arianos que controlavam a Igreja naquela área. Santo Ambrósio deu as boas-vindas a Albano e Ursus, enviando-os à França e Alemanha para converter as tribos pagãs de lá. Ursus foi morto no caminho, mas Alban se estabeleceu em Mainz. Lá ele se tornou famoso como pregador, atacando as falsas doutrinas dos arianos. Acredita-se que ele tenha sido morto pelos vândalos, que atacaram a região. Alban foi decapitado em Hanum após ser morto.
Alban (Albinus) de Mainz M (RM) Quando o padre grego Santo Alban foi banido de Naxos pelos arianos, ele pregou o Evangelho na Alemanha. Novamente ele foi atacado pelos arianos e foi martirizado em Mainz, Alemanha…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune21.html

– Ver 22 de junho: Em Ve­rulam, na Bre­tanha, ter­ri­tório da ac­tual In­gla­terra, Santo Al­bano, mártir, que, se­gundo a tra­dição, ainda não bap­ti­zado se en­tregou em lugar de um clé­rigo que tinha re­co­lhido em sua casa e do qual re­ce­bera os en­si­na­mentos da fé cristã, tro­cando com ele as vestes. Por isso, foi fla­ge­laLdo, atroz­mente ator­men­tado e fi­nal­mente decapitado. († c. 287).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico (de 22 de junho), no tempo do imperador Diocleciano, Santo Albano, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Ele havia salvado um padre cristão, que depois o converteu à fé. Um célebre mosteiro beneditino foi fundado sobre seu túmulo. (M).

– Lembrado dia 21 de junho na Folhinha do Coração de Jesus. Ver páginas 101-102 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Santo Albano é um santo, primeiro mártir da Grã-Bretanha. Faleceu em Verulâmio, sítio da atual São Albano, e sua festa é celebrada em 17 e 22 de junho.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Albano_de_Verul%C3%A2mio

13. São Paládio, Bispo e Confessor. Ver página 90 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “São Paládio de Embrun ( francês : Pallade, pelade , catalã : Patllari, Pal·ladi ) (. D ca. 541 dC) foi um século 6- Bishop de Embrun. Nascido em uma família cristã, ele estudou com Catulin, bispo de Embrun , que participou do Concílio de Epaona em 517. Quando o arianos e Sigismund da Borgonha oposição do conselho, Catulin foi exilado para Vienne . Paládio acompanhou lá, e aproveitou a oportunidade para estudar exaustivamente a Escritura. Paládio foi ordenado sacerdote e, segundo a lenda, ganhou o dom da profecia. Ele disse ter previsto a queda e a morte de Sigismundo. Catulin morreu por volta de 518, e Paládio viria a ser eleito bispo de Embrun. Durante seu episcopado ele construiu inúmeras igrejas, em Chorges, Sauze, e Rama, bem como santuários dedicados a São Martinho de Tours, e Santos Vincent, Orontius, e Victor, bem como a Genesius de Arles. Uma fonte afirma que Palladius “possuía uma eficácia excepcional na obtenção de tudo o que ele pediu a Deus para.” Muitos milagres foram atribuídos a ele, e, além do dom da profecia, ele teve uma “familiaridade mística com os anjos … [e] derrotou as maquinações do diabo simplesmente fazendo o sinal da cruz.” Paládio de Embrun – https://pt.xcv.wiki/wiki/Palladius_of_Embrun”: https://pt.xcv.wiki/wiki/Palladius_of_Embrun

14. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 21 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Aloysius Gonzaga (Memorial) Madona dos Milagres — Agofredus de La-Croix Alban de Mainz Apolinário da África Colagia Corbmac Ciríaco da África Demetria de Roma Domingos de Comacchio Engelmund Jacques-Morelle Dupas John Rigby José Isabel Flores Varela João de Jesus Lázaro LeutfridoMarcia de Siracusa Martinho de Tongres Melchiorre della Pace Mewan da Bretanha Nicholas Plutzer Rafael de Bourges Raimundo de Barbastro Rufino de Siracusa Suibhne, o Sábio Terêncio Ursiceno de PaviaMártires de Taw – 3+ santos — Silencioso Tomás de Orvieto Urso de Burano
todos esses memoriais em uma única página

15. Outros santos do dia 21 DE JUNHO: páginas: 71-93 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 21 de junho, ver ainda: 21 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 483-485: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!