Santas e Santos de 10 de junho

Me­mória do santo Anjo da Guarda de Portugal, cujo culto era tra­di­ci­onal desde tempos re­motos; foi ofi­ci­a­li­zada pelo papa Leão X em 1504, pas­sando a ser ce­le­brada com a maior so­le­ni­dade em todas as ci­dades e vilas por­tu­guesas; mas ga­nhou novo in­cre­mento quando se di­vulgou a trí­plice apa­rição do Anjo de Por­tugal aos três pas­to­ri­nhos de Fá­tima e Pio XII aprovou a in­clusão desta me­mória no ca­len­dário li­túr­gico português.

2.   Em Au­xerre, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Cen­súrio, bispo. († s. V). Ver página 194: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3*.   Em Paris, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente também na França, São Lan­de­rico (São Landry), bispo, que, se­gundo consta, vendeu as al­faias sa­gradas para so­correr os po­bres em tempo de fome e edi­ficou um hos­pital junto da igreja catedral. († c. 656). Ver páginas 196-197: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4*.   Em Ro­chester, na In­gla­terra, Santo Itamar (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que foi o pri­meiro na­tural da re­gião de Can­tuária a ser cha­mado para a ordem epis­copal e res­plan­deceu pela sua eru­dição e san­ti­dade de vida. († c. 666). Ver página 195: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Do­brow, na Po­lónia, São Bo­gu­milo, bispo de Gni­ezno, que, re­nun­ci­ando à sede epis­copal, ali se­guiu a vida ere­mí­tica em su­prema austeridade. († 1182)

6*.   Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, a Beata Diana de Andaló, virgem, que, su­pe­rando todas as opo­si­ções da fa­mília, na pre­sença do pró­prio São Do­mingos fez o voto de vida claus­tral e in­gressou no mos­teiro de Santa Inês por ela fundado. († 1236)

7*.   Em Tre­viso, ci­dade do Vé­neto, re­gião da Itália, o Beato Hen­rique de Bolzano, que, sendo car­pin­teiro e in­culto, dava tudo aos po­bres e, apesar da sua de­fi­ci­ência fí­sica, par­ti­lhava com os ou­tros men­digos a pre­cária es­mola que ele mendigava. († 1315)

8*.   Em Bu­da­pest, na Hun­gria, o pas­sa­mento do Beato João Domínici, bispo de Du­brovnik, que, de­pois da peste negra, res­taurou a ob­ser­vância re­gular nos con­ventos da Ordem dos Pre­ga­dores na Itália e, en­viado para a Boémia e Hun­gria a fim de im­pugnar a pre­gação de João Hus, morreu nesta cidade. († 1419)

9*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Tomás Green, pres­bí­tero, e Gualter Pierson, monge da Car­tuxa desta ci­dade, que, por se oporem ao rei Hen­rique VIII na sua pre­tensão de as­sumir a su­prema ju­ris­dição sobre os di­reitos ecle­siás­ticos, foram me­tidos num sór­dido cár­cere, onde, con­su­midos pela fome e a do­ença, en­con­traram a morte gloriosa. († 1537)

10*.   Em Mo­er­zeke-lez-Ter­monde, perto de Gand, na Bél­gica, o Beato Edu­ardo Poppe, pres­bí­tero, que, apesar das ad­ver­si­dades do seu tempo, com os seus es­critos e a sua pre­gação pro­moveu na Flan­dres a for­mação cristã e o culto da Eucaristia. († 1924)

11♦.   Em Ra­tis­bona, na Ale­manha, o Beato Eus­tá­quio Kugler, re­li­gioso da Ordem Hos­pi­ta­leira de São João de Deus. († 1946)

12. São Luciliano, na Folhinha do Coração de Jesus

13. São Getúlio, na Folhinha do Coração de Jesus. Getúlio é venerado juntamente com Amâncio (Amancius), Cerealo (Caerealis) e Primitivo (Primitivus), como mártir e santo. Acredita-se que eles tenham morrido na cidade de Gábios. De acordo com a tradição, Getúlio seria o marido de Santa Sinforosa. Getúlio é um nome que significa “da gente dos Getulos“, que era uma tribo do Norte da África. Ver https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Getúlio_de_Roma

Curiosidade: Ver MARTIROLÓGIO DE ADO: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ado_de_Vienne

– Ver ainda, explicação sobre MARTIROLÓGIO ROMANO: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Martirológio_Romano

14. No Martirológio Romano-Monástico, neste dia, receberam a coroa do martírio os santos Rogato, cristão da África, Timóteo, bispo da Ásia e Astério, bispo da Arábia (M)

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, São Máximo, bispo de Nápoles, punido pelo imperador com o exílio por sua ligação com a fé de Nicéia e sua recusa em aceitar um símbolo herético (M). Ver página 193: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

16. Bem-Aventurada Olívia de Palermo. Ver págtinas 198-199: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

17. Bem-Aventurado Boaventura de Peraga. Ver páginas 200-201: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

18. São Bardon. Ver páginas 202-203: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

19. Outros santos do dia 10 de Junho: págs. 181-205 – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular
  7. Especialmente para este dia: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 11 de julho de 1959 – páginas 181-205

2 comentários em “Santas e Santos de 10 de junho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.