Santas e Santos de 17 de junho

1.   Em Roma, junto à Via Sa­lária An­tiga “ad Septem Co­lúmbas”, os santos Blasto e Dió­genes, mártires. († data inc.)

2.   Em Apo­lónia, na Ma­ce­dónia, hoje Po­jáni, na Al­bânia, os santos Isauro, Ino­cêncio, Félix, Hér­mias, Pe­re­grino e Ba­sílio, mártires. († data inc.).

3.   Em Do­rós­toro, na Mésia, hoje Si­listra, na Bul­gária, os santos már­tires Ni­candro e Mar­ciano, que, sendo sol­dados, re­cu­saram ofertas e ne­garam-se fir­me­mente a sa­cri­ficar aos deuses; por isso foram con­de­nados à morte pelo go­ver­nador Má­ximo, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Diocleciano. († c. 297). Ver páginas 11-16: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4.   Em Be­sançon, na Gália Li­o­nense, na ac­tual França, Santo An­tídio, bispo e mártir, que, se­gundo a tra­dição, re­cebeu a sen­tença da con­de­nação à morte no tempo de Croco, rei dos Vândalos. († c. 411)

5.   Na Bi­tínia, ter­ri­tório da ac­tual Tur­quia, Santo Hi­pácio, he­gú­meno do mos­teiro dos Ru­fi­ni­anos, que, com uma vida aus­tera e ri­go­rosos je­juns, en­sinou aos seus dis­cí­pulos a per­feita obe­di­ência à ob­ser­vância mo­nás­tica e aos leigos o ver­da­deiro temor de Deus. († 446). Ver páginas 19-20: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6*.   Na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente ter­ri­tório da França, Santo Herveu (ou Hervé), ere­mita, que, se­gundo a tra­dição, sendo cego de nas­cença, can­tava ale­gre­mente a fe­li­ci­dade do Paraíso. († s. VI). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, cego de nascença, levou inicialmente uma vida de peregrino, guiado por um lobo. Mais tarde, fixou-se em Plouvier, e depois em Lan-Houarneau, lugar de sua morte e sepultura, onde seu culto continuou a ser honrado (X). Ver página 21: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7.   Em Or­leães, na Gália, também na ac­tual França, Santo Avito, abade. († c. 530)

8.   Em Pisa, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, São Rai­nério (ou Ranieri, tocador de lira que sacrificou seus talentos artísticos por amor a Deus, conforme o Martirológio Romano-Monástico e também na Folhinha do Coração de Jesus), pobre e pe­re­grino por Cristo. († 1160). Ver páginas 26-27: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

9.   Em Lorvão, lo­ca­li­dade de Por­tugal, a Beata Te­resa de Portugal, cuja me­mória se ce­lebra em Por­tugal no dia 20 de Junho, jun­ta­mente com suas irmãs Sancha e Mafalda. († 1250). Santa Teresa de Portugal e Santa Sância. Ver páginsd 24-25: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

10*.   Em Ve­neza, hoje no Vé­neto, re­gião da Itália, o Beato Pedro Gam­ba­corta, fun­dador da Ordem dos Ere­mitas de São Je­ró­nimo, que teve como pri­meiros re­li­gi­osos al­guns la­drões por ele convertidos. († 1435). Ver páginas 28-29: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

11*.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, também re­gião da Itália, o Beato Paulo Buráli, da Ordem dos Clé­rigos Re­grantes Te­a­tinos, bispo de Pi­a­cenza e de­pois bispo de Ná­poles, que tra­ba­lhou com toda a sua di­li­gência para res­taurar a dis­ci­plina da Igreja e con­firmar na fé o povo que lhe foi confiado. († 1578)

12*.   Num barco an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Fi­lipe Papon, pres­bí­tero de Autun e mártir, que, sendo pá­roco, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, por causa do sa­cer­dócio foi con­de­nado à prisão numa ga­lera e, de­pois de ter dado a ab­sol­vição a um com­pa­nheiro de prisão mo­ri­bundo, também ele expirou. († 1794)

13.   Em Qua-Linh, lo­ca­li­dade do Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Pedro , mártir, que, sendo car­pin­teiro e sa­cristão, apesar de tor­tu­rado com muitos e atrozes su­plí­cios no tempo do im­pe­rador Tu Duc, per­ma­neceu firme na pro­fissão de fé e fi­nal­mente morreu na fogueira. († 1862)

14♦.   No mos­teiro de Santa Maria do De­serto, em Cas­se­neuil, perto de Tou­louse, na França, o Beato José Maria Cassant (Pedro José Cas­sant), pres­bí­tero da Ordem Cis­ter­ci­ense da An­tiga Ob­ser­vância (Tra­pista), es­pe­ci­al­mente egrégio pelo ad­mi­rável exemplo de pe­ni­tência, cons­tância e pa­ci­ência nos so­fri­mentos e na enfermidade. († 1903)

15. Santo Ismael, na Folhinha do Coração de Jesus.

16. São Manuel, na Folhinha do Coração de Jesus.

17. No Martirológio Romano-Monástico, no Egito, na segunda metade do séc. IV, São Bessarião, anacoreta. A tradição conta que foi discípulo de Santo Antão e de São  Macário de Cétia, e o apresenta trazendo sempre sob o braço o Evangelho, que era toda sua biblioteca (M). Ver páginas 17-18: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

18. Bem-aventurado Paulo D’Arezzo. Ver páginas 09-10: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.  

19. São Botulfo e Santo Adolfo, confessores. Ver página 22: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

20. São Moling, bispo. Página 23: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

21. Outros santos do dia 17 de Junho: págs. 09-31 – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular
  7. Especialmente para este dia: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 11 de julho de 1959 – páginas 392-417.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.