Santos e Santas de 30 de julho

São Pedro Crisólogo (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Ra­vena e doutor da Igreja, que, tendo re­ce­bido o nome do santo Após­tolo, o imitou tão per­fei­ta­mente no seu mi­nis­tério, que con­se­guiu atrair as po­pu­la­ções à fé com a rede da sua dou­trina ce­leste e as sa­ciou com a su­a­vi­dade da sua di­vina eloquência. A sua morte su­cedeu no dia trinta e um deste mês, em Ímola, na Fla­mínia, ac­tual Emília Ro­manha, re­gião da Itália. († c. 450). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Ímola, sua cidade natal, na Itália, perto de 451, o nascimento para o céu de São Pedro, bispo de Ravena, que mereceu, por suas pregações populares e s ua doutrina o cognome de “Crisólogo”, e o título de “Doutor da Igreja”. (R). Ver na internet: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Pedro_Crisólogo

2.   Em Roma, no ce­mi­tério de Pon­ciano, junto à Via Por­tu­ense, os santos Abdon e Sénen, mártires. († c. s. III). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma o martírio dos Santos Abdon e Sênen, príncipes persas que renunciaram ao poder terreno para reinar com Cristo. (M)

3.   Em Ce­sa­reia da Ca­pa­dócia, hoje Kay­seri, na Tur­quia, Santa Ju­lieta (também na Folhinha do Coração de Jesus, Santa Julita), mártir, que, por ter re­cu­sado in­que­bran­ta­vel­mente ofe­recer in­censo aos ídolos, como lhe or­de­nava o juiz, foi lan­çada ao fogo. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cesaréia da Capadócia, perto de 303, o martírio de Santa Julita, vítima da perseguição de Diocleciano. Era uma rica viúva de Cesaréia, que um notável da cidade fez despojar de todos os seus /bens por meios fraudulentos. Intimada a sacrificar os ídolos, ela declarou “preferir morrer a dizer uma impiedade contra o Deus que a havia criado”. (M) († c. 303). Ver páginas 453-454: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

4.   Em Tu­burbo, na África Pro­con­sular, na ac­tual Tu­nísia, as santas Má­xima, Do­na­tila e Se­gunda, vir­gens e már­tires. As pri­meiras duas, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, re­cu­saram sem temor a ordem im­pe­rial de sa­cri­ficar aos ídolos e, por sen­tença do procônsul, jun­ta­mente com a jovem Se­cunda, foram lan­çadas às feras e fi­nal­mente degoladas. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na África, perto de 300, a paixão das Santas Máxima, Donatila e Segunda, que sofreram diversos suplícios, e depois foram condenadas à morte pela espada, durante a perseguição de Valeriano e Galiano. (M) († 304). Ver páginas 456-458: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

5.   Em Au­xerre, na Gália Li­o­nense, na ac­tual França, Santo Urso, bispo. († s. VI).Ver página 455: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

6*.   Em Gistel, na Flan­dres, hoje na Bél­gica, Santa Go­de­leva, mártir, que, ca­sada com o se­nhor local, foi muito mal­tra­tada pelo es­poso e sua sogra e fi­nal­mente es­tran­gu­lada por dois servos. († c. 1070)

7*.   Em Ca­le­ruega, lo­ca­li­dade de Cas­tela, re­gião da Es­panha, a co­me­mo­ração do Beato Manés de Guzman, pres­bí­tero, irmão de São Do­mingos, seu co­la­bo­rador na ex­pansão da Ordem dos Pre­ga­dores e pru­dente con­se­lheiro das monjas. († c. 1235)

8*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos Edu­ardo Powell, Ri­cardo Fe­athers­tone e Tomás Abel, pres­bí­teros e már­tires, que, na qua­li­dade de dou­tores em sa­grada te­o­logia, se opu­seram ao di­vórcio re­que­rido pelo rei Hen­rique VIII e per­se­ve­raram te­naz­mente na sua fi­de­li­dade ao Ro­mano Pon­tí­fice; por isso, de­pois de es­tarem de­tidos na Torre de Lon­dres, foram en­for­cados em Smithfield. († 1540)

9.   Em Daying, pró­ximo de Za­oqiang, ci­dade do Hebei, na China, São José Yuan Gengyin, mártir, um ne­go­ci­ante no mer­cado local, que, du­rante a per­se­guição de­sen­ca­deada pelos “Yihe­tuan”, morreu pelo nome de Cristo. († 1900)

10*.   Em Ca­la­fell, lo­ca­li­dade pró­xima de Tar­ra­gona, no li­toral da Es­panha, os be­atos már­tires Bráulio Maria Corres Díaz de Cério (Paulo), pres­bí­tero, e ca­torze companheiros, todos da Ordem de São João de Deus, que, cap­tu­rados du­rante a per­se­guição contra os re­li­gi­osos, per­do­ando aos ini­migos, me­re­ceram a fe­li­cís­sima coroa do martírio. São estes os seus nomes: Ju­lião Car­ras­quer Fós (Mi­guel), Eu­sébio For­cades Fer­raté (An­tónio), Cons­tante Roca Hu­guet (Sa­tur­nino), Bento José Labre Mañoso Gon­zález (Ar­sénio), Vi­cente de Paulo Ca­nelles Vives, re­li­gi­osos; Tomás Urdañoz Aldaz, Ra­fael Fla­ma­rique Sa­linas, An­tónio Llau­radó Pa­rísi, Ma­nuel Lopez Or­bara, Inácio Te­jero Mo­lina, Hen­rique Bel­tran Llorca, Do­mingos Pi­tarch Gurrea, An­tónio San­chis Sil­vestre e Ma­nuel Ji­ménez Sa­lado, noviços. († 1936)

11*.   Em Cas­tel­serás, lo­ca­li­dade pró­xima de Te­ruel, também na Es­panha, os be­atos már­tires José Maria Muro Sanmiguel, pres­bí­tero, Jo­a­quim Prats Baltueña, re­li­gioso, ambos da Ordem dos Pre­ga­dores, e Zó­simo Iz­qui­erdo Gil, pres­bí­tero, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé, mor­rendo por Cristo al­can­çaram a coroa de glória. († 1936)

12*.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Sérgio Cid Pazo, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que, du­rante a mesma per­se­guição, morreu por causa do seu co­ra­joso tes­te­munho da fé. († 1936)

13♦.   Também em Bar­ce­lona, o Beato Ca­e­tano José (Rai­mundo Palos Gascón), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que pa­deceu o mar­tírio du­rante a mesma per­se­guição contra a fé cristã. († 1936)

14♦.   Em Cabañas de la Sagra, pró­ximo de To­ledo, também na Es­panha, os be­atos José Maria de Nossa Se­nhora das Dores (Vi­cente José Álamo Ji­ménez) e Cons­tâncio de São José (José Mata Luís), re­li­gi­osos da Ordem dos Car­me­litas Des­calços e már­tires, que, du­rante a mesma per­se­guição re­li­giosa, com o seu mar­tírio se­guiram os passos de Cristo. († 1936)

15♦.   Em To­ledo, também na Es­panha, o Beato Ri­cardo Plá Espli, pres­bí­tero da di­o­cese de To­ledo e mártir, que morreu como ví­tima por Cristo na mesma per­se­guição contra a fé cristã. († 1936)

16.   Em Pádua, na Itália, São Le­o­poldo (Bogdan) de Cas­tro­novo Mandic, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos, que viveu ar­den­te­mente o ideal da uni­dade dos cris­tãos e de­dicou toda a vida ao mi­nis­tério da reconciliação. († 1942)

17*.   Em Gua­da­la­jara, no Mé­xico, a Beata Maria Vi­centa de Santa Do­ro­teia (Do­ro­teia Chávez Orozco), virgem, fun­da­dora do Ins­ti­tuto das Servas dos Po­bres e, cheia de con­fi­ança só em Deus e no au­xílio da Pro­vi­dência, deu ad­mi­rável tes­te­munho da bon­dade e de­di­cação para com os aflitos e os pobres. († 1949)

18.   Também no Mé­xico, a Beata Maria de Jesus Sa­cra­men­tado (Maria da Na­ti­vi­dade Ve­negas de la Torre), virgem, que du­rante cin­quenta e quatro anos se de­dicou ao cui­dado dos en­fermos num pe­queno hos­pital para po­bres, onde fundou a Con­gre­gação das Fi­lhas do Sa­grado Co­ração de Jesus. († 1959)

19. Santo Everaldo Hanse (também na Folhinha do Coração de Jesus)

20. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, a comemoração de Abel, o justo, que, segundo a Epístola aos Hebreus, “ofereceu (pela fé) a Deus um sacrifício melhor que o de Caim. Graças a ela, foi declarado justo, e Deus a presentou o testemunho dos seus dons” (Hb 11,4). (M). Ver páginas 446-452: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

21. No Martirológio Romano-Monástico, festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira da Prelazia de Cristalândia. NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO, na Folhinha do Coração de Jesus (de 27 de junho).Ver páginas 235-236: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959. Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Perp%C3%A9tuo_Socorrohttps://www.nossasagradafamilia.com.br/conteudo/conheca-a-historia-da-nossa-senhora-do-perpetuo-socorro.html

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Perpétuo_Socorro   https://www.google.com/search?q=nossa+senhora+do+perp%C3%A9tuo+socorro&oq=Nossa+Senhora+ do+Perp&aqs=chrome.0.0j69i57j0l4.11471j0j8&sourceid=chrome&ie=UTF-8

22. São Germano, bispo de Auxerre. Ver Páginas 429-445: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

23. Bem-Aventurado Maniqueu de Guzman, Confessor. Ver página 459: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

24. Outros santos do dia 30 de julho: págs. 429-460, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3.VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4.Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5.Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6.Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.