Santas e Santos de 09 de janeiro

1.   Em An­cona, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, São Mar­ce­lino, bispo, que, como es­creve o papa São Gre­gório Magno, com o poder di­vino salvou do in­cêndio esta cidade. († s. VI). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 550, São Marcelino, bispo de Ancona, que por sua oração e sua intervenção pessoal salvou a cidade de um incêndio. (M). Ver página 263: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

2*.   Em Can­tuária, na In­gla­terra, Santo Adrião, abade, na­tural da África, que, vindo de Ná­poles, na Cam­pânia, chegou à In­gla­terra e, pela sua pro­funda for­mação em ci­ên­cias sa­gradas e pro­fanas, en­sinou a um grande nú­mero de dis­cí­pulos a ci­ência da salvação. († 710). Ver Santo Adriano, nas páginas 260-261: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

3*.   Na Es­cócia, São Fe­lano, abade do mos­teiro de Santo André, que, in­signe pela vida de grande aus­te­ri­dade, viveu na solidão. († c. 710). Ver São Felan, página 264: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4*.   No monte Olimpo, na Bi­tínia, na ac­tual Tur­quia, Santo Eus­trácio o Tau­ma­turgo, abade do mos­teiro de Abgar. († s. IX)

5*.   Em Thé­nézay, no ter­ri­tório de Poi­tiers, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, Santo Ho­no­rato de Bu­zan­çais, mártir, que era ne­go­ci­ante de gado e com o seu lucro so­corria os po­bres; e, ao re­pre­ender dois seus em­pre­gados pelos furtos que fa­ziam, foi por eles bar­ba­ra­mente assassinado. († 1250). Ver página 268-269: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

6*.   Em Cer­taldo, na Etrúria, na ac­tual Tos­cana, re­gião da Itália, a Beata Júlia della Rena, da Ordem Ter­ceira de Santo Agos­tinho, que viveu re­clusa só para Deus numa pe­quena cela junto da igreja. († 1367)

7*.   Em An­cona, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato An­tónio Fatáti, bispo, que exerceu com grande pru­dência e se­re­ni­dade todas as mis­sões que lhe foram con­fi­adas pelos Pon­tí­fices Ro­manos, e foi sempre aus­tero para con­sigo, mas mag­nâ­nimo para com os pobres. († 1484)

8*.   Em Nancy, na França, a Beata Maria Te­resa de Jesus (Alice Le Clerc), virgem, que, fundou com São Pedro Fou­rier a Con­gre­gação das Ca­no­nisas Re­gu­lares de Nossa Se­nhora, sob a Regra de Santo Agos­tinho, des­ti­nada à for­mação das jovens. († 1622)

9.   Em Seul, Co­reia, as santas már­tires Agueda Yi, virgem, cujos pais re­ce­beram também a coroa do mar­tírio, e Te­resa Kim, viúva, que, de­pois de cru­el­mente fla­ge­ladas no cár­cere pela sua fé em Cristo, ambas mor­reram degoladas. († 1840)

10*.   Perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, no campo de con­cen­tração de Da­chau, os be­atos José Pawlowski e Ca­si­miro Grelewski, pres­bí­teros e már­tires, que, em tempo da guerra, de­por­tados da Po­lónia in­va­dida pelos per­se­gui­dores, ter­mi­naram o seu mar­tírio com o su­plício da forca. († 1942)

11. São Félix (também na Folhinha do Coração de Jesus). Na África, os santos mártires Epitecto, Jucundo, Secundo, Vidal, Félix (Vidal e Félix na Folhinha do Coração de Jesus), e outros sete (Conf. Martirológio Ed. Permanência).

12. Em Esmirna os santos Mártires Vidal (também na Folhinha do Coração de Jesus), Revocato e Fortunato (Conf. Martirológio Ed. Permanência).

13. Na Mauritânia Cesariense, Santa Marciana, Virgem (também na Folhinha do Coração de Jesus), que consumou seu martírio sendo lançada às feras (Conf. Martirológio Ed. Permanência). Ver página 265: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

14. Perto de 304, São Juliano, mártir egípcio. Com sua esposa, Santa Basilissa, dedicou suas forças e seus bens ao socorro dos pobres e dos doentes que eles abrigavam dentro de sua própria casa (conf. Martirológio Romano-Monástico – M).

Conforme o Martirológio Romano da Ed. Permanência, Santa Basilissa conservou a virgindade com seu marido e acabou a vida em paz. São Juliano, porém, (depois de queimados muitos sacerdotes e ministros da Igreja de Cristo que, por causa da crueldade da perseguição, haviam se refugiado em sua casa), foi atormentado por muitos suplícios e condenado a ser decapitado.

Ver página 259: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 391, São Pedro, bispo de Sebaste, na Arménia. Irmão de São Basílio Magno, participou do Concilio de Constantinopla e restabeleceu a ortodoxia comprometida por seu predecessor. (M). Em Sebaste, na Armênia, São Pedro, Bispo, filho dos Santos Basílio e Emélia, irmão dos santos bispos Basílio Magno e Gregório Nisseno e da santa virgem Macrina (Conf. Martirológio Ed. Permanência).

Ver páginas 272-273: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

16. Santa Pascácia. Ver página 262: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

17. Na Normandia, perto de 668, São Vanengo. Conselheiro da regente Santa Batilde, foi depois governador do país de Caux e consagrou parte de sua fortuna para fundar a abadia de Fécamp, onde mais tarde partilhou a oração e a vida dos monges (X-Conforme Martirológio Romano-Monástico).

Ver página 266-267: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

18. Bem-Aventurado Filipe Berruyer, arcebispo e confessor. Ver páginas 270-271: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

19. Outros santos do dia 09 de janeiro: págs. 259-273: 

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 09 de janeiro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/9_de_janeiro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.