Santas e Santos de 10 de janeiro

Beato Gon­çalo de Amarante, pres­bí­tero de Braga, que, de­pois de longa pe­re­gri­nação à Terra Santa, en­trou na Ordem dos Pre­ga­dores e fi­nal­mente se re­tirou para um ermo; fez cons­truir uma ponte e ajudou muito os ha­bi­tantes do lugar com a sua oração e pregação. († c. 1259). Beato Gon­çalo de Amarante (também na Folhinha do Coração de Jesus, dia 28 de janeiro), pres­bí­tero de Braga, que, de­pois de longa pe­re­gri­nação à Terra Santa, en­trou na Ordem dos Pre­ga­dores e fi­nal­mente se re­tirou para um ermo; fez cons­truir uma ponte e ajudou muito os ha­bi­tantes do lugar com a sua oração e pregação. “Bv. GONÇALO DO AMARANTE: Gonçalo nasceu em Portugal, em 1187. Após uma peregrinação a Roma e Jerusalém, já sacerdote, passou por uma grave crise espiritual. que o fez se dedicar à conversão des pecadores. Nara a tradição que evangelizava de um modo peculiar, através da dança. Para reabilitar as prostitutas, vestia-se de mulher e dançava e cantava com elas a noite toda, esperando que, assim, não pecassem e se convertessem. Por penitência, dançava com pregos na sola dos sapatos. A “dança de São Gonçalo” é, ainda hoje, uma forma de expressão da religiosidade popular no Brasil. São Gonçalo é o protetor dos violeiros, invocado contra as enchentes, e casamenteiro. Morreu em Amarante, Portugal, no dia 10 de janeiro de 1259”. (Conforme a Folhinha do Coração de Jesus, Frei Sandro Roberto da Costa, OFM). Ver páginas 292-293: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Gonçalo_de_Amarante

2.   Em Roma, no ce­mi­tério de Ca­listo, junto à Via Ápia, São Mil­cíades, papa, oriundo da África, que co­nheceu a paz da Igreja res­ta­be­le­cida pelo im­pe­rador Cons­tan­tino e, sendo ví­tima dos ata­ques dos do­na­tistas, ac­tuou com grande pru­dência para al­cançar a concórdia. († 314). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Melquíades

3.   Na Te­baida, re­gião do Egipto, São Paulo, ere­mita, que abraçou a vida mo­nás­tica desde os seus princípios. († s. IV)

4.   Em Nissa, na Ca­pa­dócia, hoje Ved­sehir, na ac­tual Tur­quia, São Gre­gório, bispo, irmão de São Ba­sílio Magno, in­signe pela sua vida e dou­trina, que, por ter pro­cla­mado a ver­da­deira fé, foi ex­pulso da sua ci­dade no tempo do im­pe­rador ariano Valente. († a. 400). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 400, o nascimento no céu de São Gregório bispo de Nissa, na Capadócia, irmão caçula de São Basílio Magno. Teve um papel preponderante na elaboração da doutrina ascética e mística do Oriente ao explicitar suas bases bíblicas e filosóficas em suas célebres obras. A vida de Moisés e o Tratado sobre a virgindade. (B)

5.   Em Je­ru­salém, São João, bispo, que, em tempo da con­tro­vérsia sobre a ver­da­deira dou­trina, tra­ba­lhou ar­du­a­mente pela fé ca­tó­lica e pela paz da Igreja. († 417)

6*.   Em Die, no ter­ri­tório de Vi­enne, ac­tu­al­mente na França, São Pe­trónio, bispo, que an­te­ri­or­mente se­guira a vida mo­nás­tica na ilha de Lérins. († d. 463)

7.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, São Mar­ciano, pres­bí­tero, que se em­pe­nhou com ex­tra­or­di­nária di­li­gência em or­na­mentar as igrejas e so­correr os pobres. († 471). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, perto de 470, São Marciano, sacerdote. Fez da instrução dos indigentes seu trabalho predileto, e usou da grande fortuna de sua família para alimentar os pobres de Jesus Cristo e para construir igrejas e hospitais. (M). Ver páginas 289-290: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

8*.   Em Li­moges, ci­dade da Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, São Va­lério, que abraçou a vida so­li­tária. († s. VI)

9*.   Em Me­li­tene, na an­tiga Ar­ménia, São Do­mi­ciano, bispo, que tra­ba­lhou in­ten­sa­mente pela con­versão dos Persas. († c. 602). Ver página 291: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

10.   Em Roma, junto de São Pedro, o se­pul­ta­mento de Santo Agatão, papa, que con­firmou a in­te­gri­dade da fé contra os erros do mo­no­te­lismo e pro­moveu sí­nodos para for­ta­lecer a uni­dade da Igreja. († 681). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, em 681, o sepultamento de Santo Agatão, papa, cuja carta expondo a doutrina católica das duas vontades -humana e divina em Jesus Cristo, foi aprovada pelo VI Concílio Ecumênico de Constantinopla. (M). Ver páginas 274-279: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Agatão

11*.   No ter­ri­tório de Vi­viers, ao longo do Ró­dano, na França, Santo Arcôncio, bispo. († c. 740-745)

12.   No mos­teiro de Cusan, nos montes Pi­re­neus, São Pedro Urséolo, que de­pois de ter sido doge de Ve­neza se fez monge; foi cé­lebre pela sua pi­e­dade e aus­te­ri­dade e passou a vida num ermo pró­ximo do mosteiro. († c. 987/988). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 987, São Pedro Urseolo, doge de Veneza, que abandonou repentinamente suas funções e sua família para seguir a Cristo no deserto, em Cuxa, na região do Roussillon. (M). Ver páginas 297-298: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

13*.   No mos­teiro de Cava de’ Tir­réni, na Cam­pânia, hoje re­gião da Itália, o Beato Be­nin­casa, abade, que en­viou cem dos seus monges à Si­cília para ocupar o ce­nóbio de Mon­reale re­cen­te­mente fundado. († 1194)

14.   Em Bourges, na Aqui­tânia, re­gião da França, São Gui­lherme (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, as­pi­rando ar­den­te­mente à vida de so­lidão e me­di­tação, foi monge cis­ter­ci­ense em Pon­tigny, de­pois abade em Chalis e fi­nal­mente bispo da Igreja de Bourges; mas nunca abrandou a aus­te­ri­dade da vida mo­nás­tica e dis­tin­guiu-se pela sua ca­ri­dade para com o clero, os ca­tivos e os indigentes. († 1209). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1209, São Guilherme. Descendente da ilustre família dos condes de Nevers, foi primeiro monge cisterciense, e mais tarde designado bispo de Bourges. (M). Ver páginas 280-286: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

15*.   Em Arezzo, na Etrúria, ac­tu­al­mente na Tos­cana, re­gião da Itália, o pas­sa­mento do Beato Gre­gório X (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa, que, sendo ar­ce­diago de Liège, foi eleito para a ca­deira de Pedro: fa­vo­receu de todos os modos a co­mu­nhão com os Gregos e, para pro­mover a con­ci­li­ação entre os cris­tãos e re­cu­perar a Terra Santa, con­vocou o se­gundo Con­cílio Ecu­mé­nico de Lião. († 1276). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Toscana, o Bem-Aventurado Gregório X. Natural de Piacenza, era arcebispo de Liège quando foi eleito papa. Convocou o II Concílio Ecumênico de Lião, que recebeu os gregos na unidade da fé, trabalhou pela entre os cristãos e pela reconquista da Terra Santa. (M). Ver páginas 294-296: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Gregório_X

16*.   Em Lo­ren­zana, na Lu­cânia, na ac­tual Ba­si­li­cata, re­gião da Itália, o Beato Egídio (Ber­nar­dino di Bello), re­li­gioso da Ordem dos Frades Me­nores, que viveu re­cluso numa gruta. († 1518). Ver páginas 287-288: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

17*.   Em Are­quipa, no Peru, a Beata Ana dos Anjos Monteagudo, virgem da Ordem dos Pre­ga­dores, que com o dom do con­selho e da pro­fecia pro­moveu o bem de toda a cidade. († 1686). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ana_dos_Anjos_Monteagudo

18*.   Em Pe­rúgia, na Itália, Santa Fran­cisca de Sales (Leónia) Aviat, virgem, que se de­dicou com amor ma­terno e ge­ne­rosa so­li­ci­tude à pro­moção da ju­ven­tude e ins­ti­tuiu as Oblatas de São Fran­cisco de Sales. († 1914)

19*.   Em Ma­drid, na Es­panha, a Beata Maria das Dores Ro­drí­guez Sopeña, virgem, a qual, dando emi­nente tes­te­munho de ca­ri­dade cristã, se apro­ximou dos mais aban­do­nados da so­ci­e­dade do seu tempo, es­pe­ci­al­mente nos su­búr­bios das grandes ci­dades, e fundou o Ins­ti­tuto das Damas Ca­te­quistas e a Obra da Dou­trina, para anun­ciar o Evan­gelho e pro­mover os po­bres e os ope­rá­rios nas ques­tões sociais. († 1918)

20. Na Ilha de Chipre, São Nicanor (também na Folhinha do Coração de Jesus), que foi um dos sete primeiros Diáconos e admirável pela graça da fé e por suas virtudes, recebeu gloriosíssima coroa (Conf. Martirológio, Ed. Permanência).

21. Outros santos do dia 10 de janeiro: págs. 274-299: 

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 10 de janeiro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/10_de_janeiro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.