Santas e Santos de 14 de janeiro

1.   Co­me­mo­ração de São Po­tito, mártir, que, de­pois de pa­decer muitos tor­mentos em Sár­dica, na Dácia, hoje Sofia, na Bul­gária, conta-se que al­cançou a glória do mar­tírio ao fio da espada. († data inc.)

2.   Em An­ti­o­quia, na Síria, hoje An­takya, na Tur­quia, São Gli­cério, diá­cono e mártir. († data inc.)

3.   Em Nola, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Félix, pres­bí­tero, que, como re­fere São Pau­lino, du­rante o furor da per­se­guição so­freu no cár­cere cru­de­lís­simos tor­mentos. De­pois de res­ta­be­le­cida a paz, re­gressou à sua terra e per­se­verou na po­breza até à sua ve­lhice, mor­rendo como in­ven­cível con­fessor da fé. († s. III/IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 260, São Félix, sacerdote de Nola, na Campânia, confessor da fé cuja fama se espalhou da Gália à África. (M). Ver páginas 362-364: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

– Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Félix_de_Nola

4.   Co­me­mo­ração dos santos monges que no monte Sinai e em Rahiti, no Egipto, foram mortos pela sua fé em Cristo. (†. c. s. IV)

5.   Na re­gião dos Iberos, além do Mar Negro, na ac­tual Geórgia, Santa Nino, pri­si­o­neira cristã, que pela grande san­ti­dade da sua vida con­quistou a re­ve­rência e ad­mi­ração de todos, de tal modo que a pró­pria rainha, cujo filho foi cu­rado graças às suas ora­ções, o rei e toda a sua gente, ade­riram à fé de Cristo. († s. IV)

6*.   Em Gé­vaudan, na Gália, ac­tu­al­mente na França, São Fir­mino, bispo. († s. V)

7*.   Em Ar­vena, na Aqui­tânia, hoje Cler­mont-Fer­rand, na França, Santo Eu­frásio, bispo, cuja hos­pi­ta­li­dade é lou­vada por São Gre­gório de Tours. († 515/516)

8.   Em Milão, na Li­gúria, ac­tu­al­mente na Lom­bardia, re­gião da Itália, o pas­sa­mento de São Dácio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que na con­tro­vérsia dos “Três Ca­pí­tulos” de­fendeu a opi­nião do papa Vi­gílio, a quem acom­pa­nhou em Cons­tan­ti­nopla, onde morreu. († 552). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 552, São Daciano, bispo de Milão, que se revelou um firme sustentáculo do papa Vigílio na defesa da fé ameaçada pelo imperador. (M).

9*.   Em Écija, na Bé­tica, na ac­tual An­da­luzia, re­gião da Es­panha, São Ful­gêncio, bispo, irmão dos santos Le­andro, Isi­doro e Flo­ren­tina, a quem Santo Isi­doro de­dicou o tra­tado «Ofí­cios ecle­siás­ticos», con­si­de­rado o pri­meiro ma­nual de Liturgia. († c. 632). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Fulgêncio_de_Cartagena

10*.   Em Ta­gli­a­cozzo, nos Abruzos, re­gião da Itália, o Beato Odão de Novara, pres­bí­tero da Ordem dos Cartuxos. († c. 1200). Ver páginas 374-376: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

11*.   Em Údine, ci­dade da Ve­nécia, no ac­tual Friúli-Ve­nézia Giúlia, re­gião da Itália, o Beato Odo­rico Mat­tiuzzi de Pordenone (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero da Ordem dos Me­nores, que, per­cor­rendo os ter­ri­tó­rios dos Tár­taros, dos In­di­anos e dos Chi­neses até chegar a Kom­balik, prin­cipal ci­dade da China, anun­ciou o Evan­gelho por toda a parte e con­duziu muita gente à fé de Cristo. († 1331). Ver páginas 371-373: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

12.   Em Aral Ku­ru­sady, na Índia, o Beato Lá­zaro Pillai (De­va­sahayam Pillai), pai de fa­mília e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra os cris­tãos no reino de Tra­vancor, foi as­sas­si­nado por se ter con­ver­tido do hin­duismo ao catolicismo. († 1752)

13*.   Em Ba­távia, no Su­rinam, o beato Pedro Donders (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero da Con­gre­gação do San­tís­simo Re­dentor, que se de­dicou com ca­ri­dade in­can­sável ao cui­dado dos corpos e das almas dos leprosos. († 1887)

14.        Em Ver­celas, no Pi­e­monte, re­gião da Itália, a Beata Afonsa Clérici, virgem da Con­gre­gação das Irmãs do Pre­ci­o­sís­simo Sangue, cujo apos­to­lado se ori­entou es­pe­ci­al­mente para o en­sino e edu­cação da juventude. († 1930)

15. Santa Ida, na Folhinha do Coração de Jesus (dia 14/01) No Martirológio dia 15/01.

16. Santa Macrina Maior. Ver páginas 367-368: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf – Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Macrina_Maior

17. Ver 14 de janeiro na Igreja Ortodoxa: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/14_de_janeiro_na_Igreja_Ortodoxa

18. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, próximo ao ano de 533 da nossa era, o nascimento no céu de São Remígio, bispo de Reims, a quem coube a alegria de batizar o rei Clóvis, introduzindo assim o povo franco na Igreja Católica. É com o Santo Óleo contido na ânfora utilizada naquela ocasião que foi ungida a maioria dos reis de França. (F)

19. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V antes de Cristo, o Profeta Malaquias, que anunciou a era messiânica, preparada por um Precursor, e que restabeleceria a ordem moral e cultual, culminando no sacrificio perfeito oferecido a Deus por todas as nações. (M

20. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1237, São Sabas. Filho do rei da Sérvia, entrou muito jovem para o Monte Athos. Nomeado mais tarde Metropolita da Sérvia, lá estabeleceu uma hierarquia católica e estimulou a fundação de escolas, merecendo assim ser considerado pelos sérvios como grande promotor de sua cultura.

21. São Barbacemin e seus companheiros, mártires da Pérsia. Ver páginas 365-366: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

22. Bem-aventurado Engelmar, ermitão e mártir. Ver páginas 369-370: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

23. Outros santos do dia 14 de janeiro: págs. 358-377: 

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 14 de janeiro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/14_de_janeiro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.