Santas e Santos de 23 de dezembro

23 de dezembro: 7ª ANTÍFONA DO Ó:

Die 23 Decembris
Emmanuel,
Rex et legifer noster,
exspectatio gentium,
et Salvator earum:
Veni ad salvandum nos, Domine Deus noster
23 de dezembro
Ó Emanuel,
nosso rei e legislador,
esperança e salvador das nações,
Vinde salvar-nos,
Senhor nosso Deus.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%ADfonas_do_%C3%93

SANTAS E SANTOS DE 23 DE DEZEMBRO

1. São João de Kenty, neste 23 de dezembro (também na Folhinha do Coração de Jesus, São João Câncio), pres­bí­tero, que, sendo sa­cer­dote, se de­dicou ao en­sino du­rante muitos anos na Uni­ver­si­dade de Cra­cóvia e de­pois as­sumiu o mi­nis­tério pas­toral da  paróquia de Ol­kusz, onde as­so­ciou às suas grandes vir­tudes o tes­te­munho de uma recta fé e foi para os seus co­la­bo­ra­dores e dis­cí­pulos um exemplo de pi­e­dade e ca­ri­dade para com o pró­ximo. No dia 24 deste mês, em Cra­cóvia, ci­dade da Po­lónia, partiu deste mundo para a ale­gria celeste. († 1473) Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na noite de Natal de 1473, o nascimento no céu de São João Câncio, sacerdote polonês. Primeiro foi professor na universidade de Cracóvia, onde defendeu a doutrina católica, e depois vigário de paróquia, quando acolheu, como a Cristo, todos os pobres que encontrava durante suas numerosas peregrinações. (R). Ver também dia 20 de outubro no VIDAS DOS SANTOS: São João Câncio, sacerdote polonês. Ver páginas 343-347: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

– Ver também: https://santo.cancaonova.com/santo/sao-joao-cancio/

2.   Em Gor­tina, na ilha de Creta, dez santos már­tires – Teó­dulo, Sa­tur­nino, Eu­poro, Ge­lásio, Eu­ni­ciano (também na Folhinha do Coração de Jesus), Zó­tico, Pôncio, Aga­topo, Ba­sí­lides e Eva­risto – os quais, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Décio, por se terem re­cu­sado pu­bli­ca­mente à ordem de ofe­recer sa­cri­fí­cios na de­di­cação do templo de For­tuna, de­pois de so­frerem cruéis tor­mentos, foram decapitados. († 250). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 250, o martírio de Dez Cristãos, cujo culto foi muito popular na ilha de Creta. (M). Ver páginas 392-393: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

3.   Em Roma, a co­me­mo­ração de São Sér­vulo, que, desde tenra idade, ja­zendo pa­ra­lí­tico sob um pór­tico junto da igreja de São Cle­mente, dava sempre graças a Deus na sua dor, como es­creve São Gre­gório Magno, e tudo o que re­cebia de oferta dis­tri­buía aos pobres. († c. 590). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Sérvulo. Segundo São Gregório, era um paralítico que pedia esmolas sob um pórtico próximo à igreja de São Clemente, em Roma. Passou deste mundo à glória do Paraiso acompanhado pelo canto dos anjos. (M). Ver “São Sérvulo ou Servol, mendigo paralítico de Roma” páginas 388-389: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

4*.   Em Char­tres, na Gália, na ac­tual França, Santo Ivo, bispo, que re­formou a ordem dos có­negos e tra­ba­lhou e es­creveu muito para pro­mover a con­córdia entre o sa­cer­dócio e o im­pério e para o be­ne­fício da Igreja. († 1116)

5*.   Em Bres­sa­none, no Alto Ádige, re­gião da Itália, o Beato Hart­mann, bispo, que, de­pois de ser có­nego re­gular, go­vernou esta Igreja com pru­dência e fidelidade. († 1164)

6*.   Na Is­lândia, São Tor­laco, bispo de Ska­lholt, que se de­dicou à re­forma dos cos­tumes do clero e do povo. († 1193). Ver “São Torlaco Thorhallsson (em nórdico antigoÞorlákr Thorhallsson; em islandêsÞorlákur Thorhallsson1133 — 23 de dezembro de 1193), também escrito Tórlaco ou Thorlak, é o padroeiro da Islândia. Nascido em Fljótshlíð, na Islândia, foi bispo de Skálholt de 1178 até sua morte[1] As relíquias de Torlaco foram transladadas para a catedral de Skálholt em 1198, não muito tempo depois de seu sucessor como bispo, Páll Jónsson, anunciar no Althingi que os fiéis poderiam fazer promessas a Torlaco. Seu status como um santo não recebeu o reconhecimento oficial da Igreja Católica até 14 de janeiro de 1984, quando João Paulo II o canonizou e declarou santo padroeiro da Islândia.[2] Sua vida e dezenas de seus milagres são descritos com muitos detalhes na saga islandesa Þorláks saga Helga (Saga de São Torlaco), republicada em islandês, por ocasião da visita de João Paulo II à Islândia em 1989[3].”: Torlaco da Islândia – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

7.   Em Can­tuária, na In­gla­terra, a co­me­mo­ração de São João Stone, pres­bí­tero da Ordem dos Ir­mãos de Santo Agos­tinho e mártir, que, no rei­nado de Hen­rique VIII, de­fendeu va­lo­ro­sa­mente a fé ca­tó­lica e con­sumou o mar­tírio no pa­tí­bulo da forca. († 1539)

8*.   Em Va­lência, na Es­panha, o Beato Ni­colau Factor, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, que, abra­sado em ar­den­tís­simo amor de Deus, foi muitas vezes ar­re­ba­tado em êxtase. († 1583). Ver páginas 390-391: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

9.   Em Mon­tréal, no Ca­nadá, Santa Maria Mar­ga­rida d’Youville, re­li­giosa, que, de­pois de ter fi­cado viúva, educou pi­e­do­sa­mente os dois fi­lhos, en­ca­mi­nhando-os para o sa­cer­dócio, e se en­tregou com todas as suas forças ao cui­dado dos en­fermos, dos an­ciãos e de todo o gé­nero de ne­ces­si­tados, para os quais fundou a Con­gre­gação das Irmãs da Caridade. († 1771)

10.   Em São Paulo, no Brasil, Santo An­tónio de Sant’Ana Galvão de França, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, que se de­dicou fru­tu­o­sa­mente ao mi­nis­tério da pre­gação e da pe­ni­tência e fundou o Re­co­lhi­mento da Luz, onde ori­entou com a sua exem­plar di­recção es­pi­ri­tual uma co­mu­ni­dade de Irmãs. († 1822).  No Diretório da Liturgia da CNBB, memória em 25 de outubro: SANTO ANTÔNIO DE SANTANA GALVÃO – Frei GALVÃO (também na Folhinha do Coração de Jesus). Canonizado pelo Papa Bento XVI em 11 de maio de 2007. Em 25 de outubro de 1998, Galvão se tornou o primeiro religioso nascido no Brasil a ser beatificado pelo Vaticano, tendo sido declarado Venerável um ano antes, em 8 de março de 1997. Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Frei_Galvão#

– Ver também:

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL158265-5598,00-DIA+DE+FREI+GALVAO+E+COMEMORADO+COM+MISSAS+PELO+PAIS.html

* https://cleofas.com.br/6-curiosidades-sobre-a-vida-de-sao-frei-galvao-que-talvez-nao-conheca-2/

* https://cleofas.com.br/tag/santo-antonio-de-santanna-galvao/

11.   Em Tjyen-Tiyou, lo­ca­li­dade da Co­reia, São José Cho Yun-ho, mártir, que, ainda jovem, se­guindo os passos de São Pedro Cho Hwa-so, seu pai, foi morto à pau­lada por causa do nome de Cristo. († 1866)

12*.   Na ter­ri­tório de Va­lência, na Es­panha, o Beato Paulo Me­léndez Gonzalo, mártir, que, sendo pai de fa­mília, du­rante a per­se­guição contra a fé, se­guiu o exemplo de Cristo e por sua graça al­cançou o reino eterno. († 1936)

13.   Em San­tander, ci­dade da Es­panha, os be­atos Hen­rique Iz­qui­erdo Palácios, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e com­pa­nheiros már­tires, que, du­rante a per­se­guição re­li­giosa, ven­ceram glo­ri­o­sa­mente o com­bate da fé. São estes os seus nomes: Eliseu Mi­guel Largo, Hen­rique Cañal Gómez, Ma­nuel (José Ma­nuel Ju­lián Mauro Gu­tiérrez Ce­ballos), Mi­guel Ro­drí­guez Gon­zález, pres­bí­teros da Ordem dos Pre­ga­dores; Ber­nar­dino Irurzun Otermin, Eleu­tério Marne Man­silla, José Maria Garcia Tabar, Pedro Luís Luís, re­li­gi­osos da mesma Ordem. († 1936)

14. São Mardônio (também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, durante a perseguição de Diocleciano, a paixão dos Santos Migdônio e Mardônio. (M).Ver página 398 (São Mardônio e Midônio): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Sabina, o martírio de Santa Vitória, virgem. (M). Ver página 398: VIDAS DOS SANTOS – 21.pdf (obrascatolicas.com)

16. São Sabiniano. Ver páginas 394-395: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

17. São Dagoberto II. Rei e mártir. Ver páginas 396-397: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf . Ver “Dagoberto II (ca. 652 — 23 de dezembro de 679) foi rei da Austrásia (676 – 679). Filho de Sigeberto III, um dos rois-fainéants (reis fantoches) e o último da dinastia merovíngia a governar independentemente a Austrásia, com exceção do duvidoso candidato de Carlos MartelClotário IV.”: Dagoberto II – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

18. Outros santos do dia 23 de dezembro: págs. 388-398: VIDAS DOS SANTOS – 21.pdf (obrascatolicas.com)            

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 23 de dezembro, ver ainda: 23 de dezembro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 961-963:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DÊ-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/