Santas e Santos de 07 de janeiro

1. São Raimundo de Penhaforte, presbítero da Ordem dos Pregadores, que foi exímio na ciência do Direito Canónico, escreveu obras de sólida doutrina e grande proveito sobre o sacramento da Penitência e, eleito mestre geral da sua Ordem, preparou para ela a redacção das novas Constituições. Em idade avançada, faleceu piedosamente em Barcelona, cidade da Espanha. († 1275)Conforme o Martirológio Romano-Monástico, O nascimento no céu de São Raimundo (também na Folhinha do Coração de Jesus), Mestre Geral da Ordem Dominicana. Originário de Peñafort, na Espanha, morreu aos cem anos no dia 6 de janeiro de 1275, no convento de Barcelona. Célebre por sua erudição em Direito Canônico, “ministro insigne do sacramento da penitência”, e com São Pedro Nolasco co-fundador da Ordem das Mercês, é honrado pela Igreja por causa de seu imenso amor pelos pecadores e pelos prisioneiros. (R). Ver “Raimundo de Penaforte, do catalão Raimon de Penyafort (Vilafranca del Penedès, c. 1175 – Barcelona6 de Janeiro de 1275) é o santo patrono da lei canónica e dos advogados canônicos. Raimundo dedicou-se desde jovem aos estudos filosóficos e jurídicos. Aos 20 anos de idade ensinava filosofia e direito canónico em Barcelona, onde foi cónego. Em 1210 foi ensinar para Bolonha (Itália), onde ficou até 1222. Foi capelão do papa Alexandre IV, e confessor de do rei Jaime I de Aragão, ao qual repreendeu pela vida licenciosa.Entrou depois na Ordem dos Pregadores, no convento de Santa Catalina e fez uma interveção na proclamação da cruzada contra Maiorca

A sua colaboração com Pedro Nolasco foi essencial na fundação da Ordem de Nossa Senhora das Mercês para a Redenção dos Cativos, obtendo o consentimento de Jaime I para a fundação da Ordem.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Raimundo_de_Penaforte  

2.   Em Melitene, na Arménia, hoje Malatya, na Turquia, São Polieucto, mártir, que, sendo soldado, constrangido pelo edito do imperador Décio a sacrificar aos deuses, quebrou as estátuas; por isso suportou muitos tormentos e, finalmente degolado, foi baptizado com o derramamento do seu sangue. († c. 250) 

3.   Em Nicomédia, na Bitínia, hoje Izmit, na Turquia, a paixão de São Luciano, presbítero e mártir da Igreja de Antioquia, célebre pela sua sabedoria e eloquência, que, levado ao tribunal para contínuas interrogações acompanhadas de torturas, persistiu intrepidamente em declarar-se cristão. († 312)Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no início do séc. IV, o martírio do Bem-Aventurado Luciano (também na Folhinha do Coração de Jesus), sacerdote, que fundou a célebre escola bíblica de Antioquia e teve a iniciativa de rever ele mesmo as diversas traduções dos livros do Antigo Testamento. Morreu sob torturas, não cessando de repetir que era cristão. (M). Ver páginas 222-223: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

– Ver “Luciano de Antioquia (ca. 240 ─ 7 de janeiro de 312[a]), conhecido também como Luciano, o mártir, foi um presbítero cristão, um teólogo e um mártir. Ele era conhecido tanto por sua erudição quanto por piedade ascética…  7 de janeiro era a data em que sua memória era celebrada tradicionalmente em Antioquia.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Luciano_de_Antioquia  

– Ver também “Luciano chamado da Antioquia nasceu em 235 e deve seu grande renome ao fato de ter sido o iniciador da doutrina herética conhecida como arianismo, que tão profundamente abalou toda a cristandade dos primeiros séculos. Aliás, diga-se que os arianos se chamaram inicialmente de “lucianistas”. Doutrina a qual Luciano se retratou lavando com o sangue do seu próprio martírio o inicial equívoco, levado às últimas conseqüências pelo herege Ário, que lhe doou o nome definitivo. Assim temos em Santo Luciano um sacerdote sírio que foi martirizado no século IV, mais precisamente no ano 312, na Nicomedia, Turquia.”: http://www.arquisp.org.br/liturgia/santo-do-dia/sao-luciano-da-antioquia

4*.   Em Passau, no Nórico, na actual Baviera, comemoração de São Valentim, bispo da Récia. († c. 450) 

5.   Em Pavia, na Ligúria, região da Itália, São Crispim, bispo. († 467) 

6*.   Em Chur, no território da Helvécia, actual Suíça, São Valentiniano, bispo, que socorreu os pobres com os seus bens, pagou o resgate de cativos e distribuiu vestes aos mais necessitados. († 548) 

7*.   Em Solignac, junto de Limoges, na Aquitânia, hoje na França, São Tilo, discípulo de Santo Elói, que foi artesão e monge. († c. 702). Ver páginas 232-233: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

8*.   Em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia, São Ciro, bispo, que, sendo monge na Paflagónia, foi elevado à sede de Constantinopla, da qual foi depois expulso, morrendo no exílio. († 714) 

9*.   Em Le Mans, na Gália, hoje na França, Santo Alderico, bispo, que se dedicou com grande ardor ao culto de Deus e dos Santos. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 856, Santo Alderico. Este jovem bávaro, educado na corte de Aachen, tomou as Ordens e foi depois eleito bispo de Le Mans. Com sua fortuna pessoal, socorreu os pobres e subvencionou igrejas e mosteiros. (M). († 856). Ver Santo Aldrico, bispo e confessor, páginas 236-237: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

10.   Na floresta próxima de Ringsted, na Dinamarca, São Canuto Lavard, que, sendo duque de Schleswig, governou com prudência e bondade o principado e fomentou a piedade do seu povo, mas foi assassinado pelos inimigos que invejavam a sua autoridade. († 1137). Ver “Canuto Lavardo (em latimCanutus Lavardus), nascido a 12 de março de 1096 a falecido em Ringsted, na Dinamarca a 7 de janeiro de 1131, foi um príncipe dinamarquês, duque da Jutlândia do Norte de 1115 a 1131 e rei dos obodritas, de 1129 a 1131. É também um santo da Igreja Católica.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Canuto_Lavardo  

11.   Em Palermo, na Sicília, hoje região da Itália, o passamento do Beato Mateus Guimerá, bispo de Agrigento, da Ordem dos Menores, singularmente dedicado ao culto e à exaltação do Santíssimo Nome de Jesus. († 1451) 

12*.   Em Suzuta, no Japão, o Beato Ambrósio Fernandes, mártir, que partiu para o Oriente à procura de comércio e lucro, mas, conquistado pelo fervor da vida cristã foi admitido como religioso na Companhia de Jesus e, depois de ter padecido muitas privações, morreu por Cristo no cárcere. († 1620) 

13.   Em An Bai, localidade do Tonquim, hoje Vietnam, São José Tuân, mártir, que, sendo pai de família e agricultor, morreu degolado no tempo do imperador Tu Duc, por se ajoelhar e orar diante duma cruz, em vez de a calcar aos pés como lhe tinha sido ordenado. († 1862) 

14.   Em Liège, na Bélgica, a Beata Maria Teresa do Sagrado Coração (Joana Haze), virgem, que fundou a Congregação das Filhas da Cruz, destinada ao serviço dos mais débeis e dos pobres. († 1876) 

15. São Nicetas, bispo dos Dácios. Ver páginas 224-227: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

– Ver “Depois de se tornar bispo de Remesiana (mais tarde a aldeia sérvia de Bela Palanka, perto da cidade de Niš) por volta de 366, Nicetas visitou duas vezes Paulinus , que era bispo de Nola, na Campânia (perto de Nápoles), um companheiro missionário, a figura literária latina mais importante de sua época e a principal fonte de conhecimento da vida e da atividade pastoral de Nicetas. A erudição, tendo reconstruído laboriosamente porções substanciais dos tratados teológicos de Nicetas, forneceu evidências suficientes para identificar sua principal obra doutrinária, aCompetentibus ad baptismum Instructionis libelli sex (“Seis Livros de Instruções para Candidatos ao Batismo”). Os longos trechos desta série catequética, particularmente “Sobre o Significado da Fé”, “Sobre o Poder do Espírito Santo” e o “Comentário sobre o Credo Apostólico-Niceno”, indicam que Nicetas enfatizou a posição ortodoxa na consoante doutrina trinitária com o importante teólogo do século 4, Cirilo de Jerusalém. Conseqüentemente, Nicetas se opôs a qualquer atribuição de natureza criada ao Filho, ao contrário dos arianos, ou ao Espírito Santo , como contra os macedônios. Além disso, esses documentos contêm, aparentemente pela primeira vez na literatura cristã primitiva, o termo “comunhão dos santos”, em referência à crença em um vínculo místico que une os vivos e os mortos em uma esperança e amor confirmados. Essa expressão, doravante, desempenhou um papel central nas formulações do credo cristão.”: https://www.britannica.com/biography/Nicetas-of-Remesiana

16. São Reinaldo, mártir. Ver páginas 228-229: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

17. Bem-Aventurado Witikind, confessor. Ver páginas 230-231: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

18. Bem-Aventurado Vital, abade de Savigny. Ver páginas 234-235: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf  

19. Bem-Aventurada Lindalva Justo de Oliveira (também na Folhinha do Coração de Jesus).Ver: http://filles-de-la-charite.org/pt/history/saints-and-blessed-daughters-of-charity/blessed-lindalva-justo-de-oliveira/  

– Ver também: https://pt.aleteia.org/daily-prayer/domingo-7-de-janeiro/  

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lindalva_Justo_de_Oliveira  

– Ver também dia 09 de abril: Em Salvador da Baía, no Brasil, a Beata Lindalva Justo de Oliveira, virgem da Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo e mártir. († 1993). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lindalva_Justo_de_Oliveira 

– Ver também: http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294 

 20. São Teodoro (também na Folhinha do Coração de Jesus) 

21. Outros santos do dia 07 de janeiro, 222-238

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 07 de janeiro, ver ainda: 7 de janeiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 115-117:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DÊ-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.