Santas e Santos de 05 de fevereiro

1. Me­mória de Santa Águeda (Ágata), virgem e mártir, que, em Ca­tânia, na Si­cília, ainda jovem, no furor da per­se­guição con­servou através do mar­tírio a pu­reza do corpo e a in­te­gri­dade da fé, dando tes­te­munho de Cristo Senhor. († c. 251). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Santa Águeda (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, martirizada em Catânia no séc. III. Pelo poder do Espírito Santo triunfou sobre uma perseguição que havia provocado muitas apostasias ao seu redor. Vários prodígios tornaram-na célebre na Sicília e em Roma. (R). Ver páginas 9-10: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

-Ver “Águeda de CatâniaÁgueda de Palermo ou Águeda da Sicília, também conhecida como Ágata (em italianoAgata; em sicilianoAgata; em latimAgatha; em grego clássico: Αγαθη; romaniz.: AgatheCatânia ou Palermoc. 235?[1] – Catânia5 de fevereiro de 251) foi uma virgem e mártir das tradições cristãs do século III. Segundo seus “atos” era oriunda duma família rica de Catânia ou Palermo e teria vivido quando sua cidade era controlada pelo consular Quinciano. Foi martirizada por ele durante a perseguição do imperador Décio (r. 251–253). Sua festa litúrgica é celebrada aos 5 de fevereiro.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/%C3%81gueda_de_Cat%C3%A2nia

2.   No Ponto, ter­ri­tório da ac­tual Tur­quia, a co­me­mo­ração de vá­rios santos mártires na per­se­guição do im­pe­rador Ma­xi­miano: uns sub­mer­gidos em chumbo der­re­tido, ou­tros ator­men­tados com canas agudas por entre as unhas e a carne e com muitos e re­pe­tidos su­plí­cios, me­re­ceram do Se­nhor a palma e a coroa de glória por tão ilustre martírio. († s. III f.). Ver página 54: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

3.   Em Vi­enne, na Gália Li­o­nense, na ac­tual França, Santo Avito, bispo, cuja fé e ac­ti­vi­dade pas­toral, no tempo do rei Gon­de­baldo, de­fendeu as Gá­lias da he­resia ariana. († 518). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 525, o Bem-Aventurado Avito, bispo de Vienne. Por sua doutrina e personalidade, reconduziu os gauleses à verdade e à unidade católicas, livrando-os do erro ariano. (M). Ver páginas 11-16: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

– Ver “Ávito (em latimAlcimus Ecdicius Avitus ou Avitus Viennensis) foi um poeta latino e um arcebispo de Vienne, na Gália romana. Ele nasceu numa proeminente família senatorial galo-romana e era parente do imperador romano Ávito[2]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/%C3%81vito_de_Vienne

4.   Em Sa­biona, na Récia, no ac­tual Alto Ádige, re­gião da Itália, São In­ge­nuíno, que foi o pri­meiro bispo desta sede. († c. 605). Em Seben, na Vindelícia São Genuino (também na Folhinha do Coração de Jesus), Conf. Pág. 54:

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

5*.   Na Lu­cânia, hoje na Ba­si­li­cata, re­gião da Itália, São Lucas, abade se­gundo os Pa­dres Ori­en­tais, que ob­servou uma in­tensa vida mo­nás­tica, pri­mei­ra­mente na Si­cília, sua terra natal; de­pois em vá­rios lu­gares por causa da in­vasão dos Sar­ra­cenos; fi­nal­mente, morreu perto de Ar­mento, no mos­teiro dos Santos Elias e Anas­tásio de Car­none, por ele fundado. († 995)

6*.   Em Roma, no mos­teiro de São Ce­sário, São Sabas o Jovem, monge, que, com o seu irmão Ma­cário, du­rante a in­cursão dos Sar­ra­cenos, pro­pagou in­can­sa­vel­mente a vida ce­no­bí­tica nas re­giões da Ca­lá­bria e da Lucânia. († 995)

7.   Em Bres­sa­none, no ter­ri­tório de Trento, hoje Tren­tino – Alto Ádige, re­gião da Itália, a co­me­mo­ração de Santo Al­buíno, bispo, que trans­feriu para esta ci­dade a sede epis­copal de Sabiona. († 1005/1006)

8*.   Em Co­lónia, na Lo­ta­ríngia, hoje na Ale­manha, Santa Ade­laide (também na Folhinha do Coração de Jesus), pri­meira aba­dessa do mos­teiro de Vil­lich, na qual in­tro­duziu a Regra de São Bento e, pos­te­ri­or­mente, aba­dessa também do mos­teiro de Santa Maria de Co­lónia, onde morreu. († 1015). Ver “Adelaide de Vilich (c. 970 – Colônia, Alemanha, 5 de fevereiro de 1015) foi uma Abadessa de Vilich. Era filha de Megingoz de Brunharinger, Conde de Gueldres, e de Gerberga de Metzgau, sendo, portanto, neta de Carlos, o Simples, Rei dos Francos Ocidentais.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Adelaide_de_Vilich

9.   Em Na­ga­sáki, no Japão, a paixão dos santos Paulo Miki e vinte e cinco companheiros, már­tires, cuja me­mória se ce­lebra amanhã. († 1597). Ver OS MÁRTIRES DO JAPÃO, páginas 17-36: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

– Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Os_26_M%C3%A1rtires_do_Jap%C3%A3o

10*.   Em Laval, na França, a Beata Fran­cisca Mézière, virgem e mártir, que se de­dicou à edu­cação das cri­anças e ao cui­dado dos en­fermos e, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foi as­sas­si­nada em ódio à fé. († 1794)

11*.   Em Roma, a Beata Isabel Ca­nóri Mora, mãe de fa­mília, que, de­pois de ter so­frido du­rante muito tempo, com in­ven­cível ca­ri­dade e pa­ci­ência, a in­fi­de­li­dade do es­poso, as an­gús­tias eco­nó­micas e as cruéis hos­ti­li­dades dos pa­rentes, ofe­receu a vida ao Se­nhor pela con­versão, sal­vação, paz e san­ti­fi­cação dos pe­ca­dores, agre­gando-se à Ordem Ter­ceira da San­tís­sima Trindade. († 1825). Ver “Isabel Canori Mora (Roma21 de novembro de 1774 – Roma5 de fevereiro de 1825) foi uma mãe de família italiana, visionária, mística, profetisa e e terceira trinitarista beatificada pelo Papa João Paulo II em 1994. Sua festa é no dia 5 de fevereiro.”: Isabel Canori Mora – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

12.   Em Val­ti­er­villa, lo­ca­li­dade do Mé­xico, São Jesus Méndez, pres­bí­tero e mártir, que morreu pelo reino de Cristo na per­se­guição mexicana. († 1928).

– Ver “Jesús Méndez Montoya nasceu em Tarímbaro, Mich. (Arquidiocese de Morelia), em 10 de junho de 1880. Foi vigário de Valtierrilla, Gto. (Arquidiocese de Morelia). 

Um padre que sabia fazer tudo por todos, não poupou meios para intensificar a vida cristã entre seus paroquianos. Ele ficava longas horas no confessionário onde os cristãos vinham em busca de conversão ou com anseios por maior perfeição por causa de seus sábios conselhos. 

Morava com famílias pobres, era catequista e guia para os trabalhadores e camponeses; e um professor de música regular que formou um bom coro para as celebrações. 

Em 5 de fevereiro de 1928, as forças federais entraram para sufocar um pequeno grupo de cristeros e depois foram para a casa onde o padre Jesús se escondeu, tentando salvar um cibório com hostias consagradas. Descoberto pelos soldados, ele pediu-lhes um momento para consumir o Santíssimo Sacramento e foi lhe concedido. Então, com gentileza, ele foi até uma de suas irmãs e disse:

“É a vontade de Deus. Deixe a sua vontade ser feita”. 

Os soldados o levaram alguns metros para fora do átrio do templo e o sacrificaram com três tiros. 

O sacerdote que se aproveitou de seu conhecimento humano e seu conhecimento de Deus para fazer Jesus ser amado, com seu sangue proclamou seu grande amor por Cristo Rei.”: https://coisasdesantos.blogspot.com/2019/02/05-de-fevereiro-sao-jesus-mendez-montoya.html

13. São Filipe de Jesus. Ver “Filipe de Jesus, em castelhano Felipe de Jesús, foi um missionário franciscano mártir no Japão. Foi canonizado pelo Papa Pio IX, englobado no grupo d’Os 26 Mártires do Japão e o o primeiro santo nascido no território que hoje é o México[1].”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Filipe_de_Jesus

– Ver também: Os 26 Mártires do Japão – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

14. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, a volta para Deus de São Bertulfo, abade. Nascido na Germânia de pais pagãos, impulsionado pelo desejo de se fazer cristão foi para o Artois, na França, onde recebeu o batismo e depois construiu um mosteiro nas terras de Renty. (X). Na Bélgica, São Bertulfo, nascido na Alemanha, quando do reinado de São Sigisberto, rei da Austrásia. Filho de pais ainda pagãos, resolveu deixar tudo o que fôsse do mundo, e passou à França, onde Santo Omer, apóstolo daquele país, ainda vivia. Batizado, recebeu a tonsura clerical. A reputação do conde Wamberto e da espôsa o levou às terras de Renty, tcrnando-se intendente da casa daqueles benfeitores. Morto Wamberto, herdou-lhe Bertulfo as terras de Renty, onde erigiu um mosteiro. Modêlo do religioso, morreu em 705, como abade, edificando todcs os membros da comunidade. Conf. pág. 52:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

15. Santa Ágata Hildegarda, viúva, desaparecida em 1024. Ver página 53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

16. Patriarca Jacó. Ver páginas 37-51: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

17. São Gonçalo Garcia. Está incluso também nos MÁRTIRES DO JAPÃO. Ver nº 9 acima e memória amanhã. Ver “S. Gonçalo Garcia (Baçaim1556 – Nagasaki5 de fevereiro de 1597) nasceu em Baçaim, na Índia portuguesa, filho de pai português e mãe indiana. Foi canonizado pela Igreja Católica em 1862, por decisão do Papa Pio IX. Pertencente à ordem dos franciscanos, foi executado no Japão a mando de Toyotomi Hideyoshi.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Gon%C3%A7alo_Garcia

– Ver também: Os 26 Mártires do Japão – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

18. Outros santos do dia 05 de fevereiro, páginas 9-54: VIDAS DOS SANTOS – 3.pdf (obrascatolicas.com)

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 04 de fevereiro, ver ainda: 4 de fevereiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 182-184:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, VOSSO FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.