Santas e Santos de 14 de novembro

33º DOMINGO DO TEMPO COMUM; DIA MUNDIAL DO POBRE. “O Dia Mundial dos Pobres é uma celebração católica romana, comemorada no 33.º domingo do Tempo Comum desde 2017. Foi estabelecido pelo Papa Francisco em sua Carta Apostólica Misericordia et Misera, emitida em 20 de novembro de 2016 para comemorar o fim do Jubileu Extraordinário da Misericórdia.[1][2]”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Mundial_dos_Pobres

– Ver também CARTA APOSTÓLICA MISERICORDIA ET MISERA “…como mais um sinal concreto deste Ano Santo extraordinário, se deve celebrar em toda a Igreja, na ocorrência do XXXIII Domingo do Tempo Comum, o Dia Mundial dos Pobres. Será a mais digna preparação para bem viver a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, que Se identificou com os mais pequenos e os pobres e nos há de julgar sobre as obras de misericórdia (cf. Mt 25, 31-46). ”: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/apost_letters/documents/papa-francesco-lettera-ap_20161120_misericordia-et-misera.html

14 DE NOVEMBRO DE 2021: QUINTO DIA MUNDIAL DO POBRE.Mensagem do SANTO PADRE FRANCISCO PARA O V DIA MUNDIAL DOS POBRES (XXXIII Domingo do Tempo Comum – 14 de novembro de 2021): “Sempre tereis pobres entre vós” (Mc 14,7): V Dia Mundial dos Pobres, 2021: «Sempre tereis pobres entre vós» (Mc 14, 7) | Francisco (vatican.va)

15 DE NOVEMBRO DE 2020: QUARTO DIA MUNDIAL DO POBRE (33º domingo do Tempo Comum)

17 DE NOVEMBRO DE 2019: TERCEIRO DIA MUNDIAL DO POBRES

– Ver: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2019-11/papa-francsico-mensagem-lourdes-pobres.html

– Ver também: http://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/poveri/documents/papa-francesco_20190613_messaggio-iii-giornatamondiale-poveri-2019.html

– Ver ainda: https://www.a12.com/redacaoa12/dia-mundial-dos-pobres-10-pontos-marcantes-da-mensagem-do-papa-francisco

– Ver mais: https://formacao.cancaonova.com/atualidade/sociedade/o-dia-mundial-dos-pobres-instituido-pelo-papa-francisco/

================

Basílica da Medianeira - Santuário Basílica Nossa Senhora da Medianeira de  Todas as Graças13 de novembro de 2021: Festa de NOSSA SENHORA MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS – SÁBADO ANTES DO SEGUNDO DOMINGO DE NOVEMBRO. 78ª ROMARIA ESTADUAL DA MEDIANEIRA: DOMINGO, 14 DE NOVEMBRO DE 2021 NA DIOCESE DE SANTA MARIA – RS

“… No dia 14 de novembro (2021) acontece a 78ª edição Romaria Estadual de Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, em Santa Maria. Todas as celebrações, neste ano, atenderão às restrições indicadas pelas autoridades sanitárias responsáveis pelo enfrentamento à pandemia do Coronavírus.”: http://www.santuariomedianeira.com.br/content/knowledgebase/kb_view.asp?kbid=16

– Ver ainda: bula Inefabilis Deus “Ineffabilis Deus (Latim para “Deus Inefável”) é uma bula pontifícia escrita pelo Papa Pio IX.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ineffabilis_Deus

– Ver também “1. Maria é a Mediatrix de todas as graças por sua cooperação na Encarnação… 2. Maria é a Medianeira de todas as graças por sua inter (Mediatio em universali.)… Especulativamente, a doutrina da Mediação Universal de Maria baseia-se em sua cooperação na Encarnação e na Redenção, bem como em sua relação com a Igreja:

a) Uma vez que Maria deu a fonte de toda a graça aos homens, espera-se que ela também coopere na distribuição de toda a graça.

b) Como Maria se tornou a Mãe espiritual de todos os redimidos, é justo que ela, por sua constante intercessão materna, deve cuidar da vida sobrenatural de todos os seus filhos.

c) Como Maria é “o protótipo da Igreja (St. Ambrose, Expos. Ev. Segundo. Luc. II 7), e como toda a graça da redenção é obtida pela Igreja, presume-se que Maria, por sua intercessão celestial, é a medianeira universal da graça. ” (artigo em inglês, tradução google): http://www.rosarychurch.net/mary/redemptrix.html

– Ver também: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-nossa-senhora-medianeira/47/102/

– Ver ainda: https://formacao.cancaonova.com/nossa-senhora/dogma/o-que-significa-ser-medianeira-de-todas-as-gracas/

– Ver ainda: https://www.google.com/search?q=Nossa+Senhora+Medianeira&oq=Nossa+Senhora+Medianeira&aqs=chrome..69i57j0l5.10413j0j8&sourceid=chrome&ie=UTF-8

VER 31 DE MAIO:

31 DE MAIO: NOSSA SENHORA MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS

Ver “Era desígnio de Deus”, diz Leão XIII, que, após ter Maria servido de intermediária no mistério da Redenção, “continuasse igualmente a ser intermediária das graças que esse mistério faria correr em todos os tempos”: https://www.portalsaofrancisco.com.br/historia-geral/nossa-senhora-medianeira-de-todas-as-gracas

– Ver também “Em 1921, Bento XVI, a pedido do Cardeal Mercier, concedeu à Bélgica o ofício e a missa da Bem-aventurada Virgem Maria “Medianeira de todas as graças”, a celebrar no dia 31 de Maio. Depois, a Sé Apostólica concedeu o mesmo ofício e missa a numerosas dioceses e congregações religiosas. Daí que a memória da Bem-aventurada Maria Medianeira se tenha tornado quase universal. A Virgem Maria é Medianeira de graça, porque foi associada a Cristo na aquisição da graça maior, a Redenção, isto é, a salvação, a vida divina e a glória eterna (cf. LG 61).”: https://www.dehonianos.org/portal/nossa-senhora-medianeira-de-todas-as-gracas0/

História de Nossa Senhora Medianeira - Santos e Ícones Católicos - Cruz  Terra Santa-Ver ainda: “Medianeira (em latimMediatrix) na mariologia da Igreja Católica refere-se ao papel da Virgem Maria como uma mediadora de graças e bençãos através de Jesus. É um conceito distinto de Co-Redentora. Essa doutrina é baseada no fato de que Maria deu à luz Jesus, que é a responsável por todas as graças e bençãos concedidas à humanidade, assim ela participou da mediação dessas graças, devido ao seu Filho. Papas, como Leão XIII e Pio XII têm tradicionalmente apoiado esta interpretação. O conceito de medianeira não é um dogma mariano, embora tenham sido feitas petições por vários cardeais e bispos ao Papa para declará-lo (juntamente com o Co-Redentora) um dogma. Este conceito (que não é um dogma) se tornaria o quinto dogma mariano aprovado pela Santa Sé.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Medianeira

– Ver: https://web.archive.org/web/20080917093954/http://www.zenit.org/article-21743?l=english#

– Ver também: https://www.google.com/search?safe=active&sxsrf=ALeKk01YEgZR00AxSH099RB5BZIOBnGR8w%3A1601413300165&source=hp&ei=tKBzX4TAB4C05OUP1pKLyAo&q=nossa+senhora+medianeira&oq=nossa+senhora+medianeira&gs_lcp=CgZwc3ktYWIQAzIECCMQJzICCAAyAggAMgIIADICCAAyAgguMgIIADoFCAAQsQM6BQguELEDOggIABCxAxCDAToECAAQClDQE1iKLGCyL2gAcAB4AIABzgGIAf8ikgEGMC4yMi4ymAEAoAEBqgEHZ3dzLXdpeg&sclient=psy-ab&ved=0ahUKEwiE6pG3oY_sAhUAGrkGHVbJAqkQ4dUDCAc&uact=5

MARIA MEDIADORA. Ver páginas 207-217: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

– Conforme o Martirológio Romano Monástico de 08 de novembro, festa de Nossa Senhora Medianeira de todas as Graças, na Província Eclesiástica do Rio Grande do Sul. Esta festa é celebrada no sábado antes do segundo domingo de novembro, exceto quando houver rubrica indicando outra data.

**************************************************************************

SANTAS E SANTOS DE 14 DE NOVEMBRO

1.   Em He­ra­cleia, na Trácia, hoje Már­mara, na Tur­quia, São Teó­doto, mártir. († c. s. III).

– Também São São Filomeno (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver página 20: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

2.   Em Gangra, na Pa­fla­gónia, hoje Trabzon, também na Tur­quia, Santo Hi­pácio, bispo, que morreu mártir, la­pi­dado num ca­minho pelos he­reges novacianos. († s. IV)

– Ver “… Em Gangra, na Paphlagonia, São Hypatius, bispo, que quando voltava para casa do grande Concílio de Nicéia, foi atacado com pedras pelos hereges de Novaciana e morreu como mártir.

Ele compareceu ao Concílio de Nicéia em 325 e, ao retornar, foi . morto por hereges arianos… Hypatius de Gangra BM (RM). O bispo Hypatius de Gangra em Paphlagonia participou do concílio de Nicéia, onde foi um proeminente defensor da divindade de Cristo. No retorno de Nicéia, ele foi atacado por um bando de hereges e apedrejado até a morte (beneditinos). O livro de ícones de Novgorod tem um ícone peitoral de São Hypatius (ícone russo anônimo do século 12).”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember14.html

3.   Em Avi­nhão, na Pro­vença, ter­ri­tório da ac­tual França, São Rufo, con­si­de­rado o pri­meiro que pre­sidiu à co­mu­ni­dade cristã deste lugar. († s. IV)

4*.   Na ilha de Bardsey, no li­toral da Câm­bria se­ten­tri­onal, hoje País de Gales, São Du­brício, bispo e abade. († s. VI)

– Ver “… Dubricius B (AC) (também conhecido como Dubritius, Dubric, Dyfig, Dyfrig, Devereux). Nasceu em Madley (?), Perto de Hereford. Saint Dyfrig foi um importante líder religioso, provavelmente um monge, no sudeste do País de Gales e no oeste de Herefordshire. Sua primeira fundação foi Ariconium (Archenfield, Hereford), mas seus centros mais importantes foram em Hentland (Henllan) e Moccas no vale Wye. Dyfrig atraiu vários discípulos para os dois mosteiros, e a partir deles fundou muitos outros mosteiros e igrejas.   Ele estava associado a Santo Illtyd e, de acordo com a vida de São Sansão do século 7, à ilha de Caldey para cujo mosteiro ele nomeou São Sansão (28 de julho) abade. Mais tarde, ele consagrou o bispo de Sansão. Uma inscrição antiga, mas incompleta, em Caldey diz Magl Dubr (“o servo tonsurado de Dubricius”).  Dyfrig e Saint Deinol (Daniel) foram os dois prelados que convenceram Saint David a assistir ao sínodo de Brefi. Dyfrig passou os últimos anos de sua vida em Ynys Enlli (Bardsey) e morreu lá.”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember14.html

5*.   Em Traú, na Dal­mácia, na ho­di­erna Croácia, São João, bispo, que, sendo ere­mita no mos­teiro ca­mal­du­lense de Osor, foi or­de­nado bispo e de­fendeu com êxito a ci­dade do as­salto do rei Colomano. († c. 1111)

6.   Na lo­ca­li­dade de Eu, na Nor­mandia, re­gião da França, o pas­sa­mento de São Lou­renço O’Toole (Lorcan Ua Tu­athail), bispo de Du­blin, que, no meio das di­fi­cul­dades do seu tempo, pro­moveu vi­go­ro­sa­mente a dis­ci­plina re­gular da Igreja e pro­curou es­ta­be­lecer a con­córdia entre os prín­cipes; quando re­gres­sava de uma vi­sita a Hen­rique II, rei da In­gla­terra, chegou às ale­grias da paz eterna. (†1180).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1180, São Lourenço. Primo do Rei de Leinster, foi sucessivamente abade de Glandalough e arcebispo de Dublin. Legado do Papa na Irlanda, reformou a Igreja de seu país e morreu em uma missão junto ao rei da Inglaterra. (M).

– Ver páginas 9-16: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

7*.   No ce­nóbio de Santa Maria de Gualdo Ma­zocca, pró­ximo de Cam­po­basso, na Itália, o Beato João de Tufara, eremita. († 1170)

8*.   Em Mariënga­arde, na Frísia, na ho­di­erna Ho­landa, São Si­ardo, abade da Ordem Pre­mons­tra­tense, me­mo­rável pela sua ob­ser­vância re­gular e pela sua ge­ne­ro­si­dade para com os pobres. († 1230)

9*.   Em Argel, na África se­ten­tri­onal, hoje na Ar­gélia, São Se­ra­pião, o pri­meiro membro da Ordem de Nossa Se­nhora das Mercês para a re­denção dos fiéis ca­tivos e a pre­gação da fé cristã que me­receu a palma do martírio. († 1240).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Argel, em 1240, o Bem-Aventurado Serapião, religioso da Ordem de Nossa Senhora das Mercês. Testemunha da caridade de Cristo em terras do Islão, deu sua vida para resgatar a liberdade de seus irmãos cristãos. (M) .

10.   Em Je­ru­salém, os santos Ni­colau Ta­velic (também na Folhinha do Coração de Jesus), Deus­dado Ari­bert, Es­têvão de Cúneo e Pedro de Nar­bona, pres­bí­teros da Ordem dos Me­nores e már­tires, que, por pre­garem li­vre­mente na praça pú­blica a re­li­gião cristã aos Sar­ra­cenos e con­fes­sarem per­se­ve­ran­te­mente a fé em Cristo, Filho de Deus, foram quei­mados vivos. († 1391)

11*.   Em Các­camo, na Si­cília, re­gião da Itália, o Beato João Líccio, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, emi­nente pela sua in­fa­ti­gável ca­ri­dade para com o pró­ximo, pro­pa­gação da re­ci­tação do Ro­sário e ob­ser­vância da dis­ci­plina re­gular, que des­cansou no Se­nhor aos cento e onze anos de idade. († 1511)

12♦.   Em Ikit­suki, ci­dade da pro­víncia de Na­ga­sáki, no Japão, os be­atos Gaspar Nishi Genka, sua esposa Úr­sula Nishi e seu filho João Nishi Mataishi, mártires. († 1609)

13.   Na for­ta­leza de Binh Dinh, na Co­chin­china, ac­tu­al­mente no Vi­etnam, Santo Es­têvão Te­o­doro Cuénot, bispo, da So­ci­e­dade das Mis­sões Es­tran­geiras de Paris mártir, que, de­pois de vinte e cinco anos de tra­balho apos­tó­lico, du­rante a feroz per­se­guição do im­pe­rador Tu Duc contra os cris­tãos, foi lan­çado a um es­tá­bulo de ele­fantes, onde morreu con­su­mido pelos sofrimentos. († 1861).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1861, o martírio do Bem-Aventurado Estêvão Teodoro Guenot, das Missões Estrangeiras de Paris, bispo coadjutor da Clochinchina. Excelente administrador e apóstolo zeloso, foi detido durante a perseguição desencadeada pelo imperador Tu-Doc. Mantido preso numa jaula, morreu de doença algumas semanas antes do dia em que seria supliciado e decapitado. (X)

14♦.   Em Nysa, na Prússia, hoje na Po­lónia, a Beata María Luísa Merkert, virgem, co-fun­da­dora da Con­gre­gação das Irmãs de Santa Isabel. († 1872)

15♦.   Em Flo­rença, na Itália, a Beata Maria Te­resa de Jesus (Maria Scrílli), virgem da Ordem das Car­me­litas, fun­da­dora do Ins­ti­tuto das Irmãs de Nossa Se­nhora do Carmo. († 1889)

16♦.   Em Bréscia, também na Itália, o Beato Moisés Tovíni, pres­bí­tero da di­o­cese de Bréscia. († 1889)

17. Santa Veneranda (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver página 20: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

18. Santa Adaltrudes ou Adeltrudes, mãe de São Geraldo, conde de Aurillac (lembrado em 13 de outubro). Ver pág. 19:  http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também: https://www.arautos.org/secoes/servicos/santodia/sao-geraldo-conde-de-aurillac-140244

– Ver ainda: https://www.google.com/search?sxsrf=ACYBGNTtURFKDRS7TkT-CU7P04u_KYOYQQ%3A1573677046700&ei=9mfMXe2tKoqy5OUPo_el2AY&q=Vida+de+S%C3%A3o+Geraldo+por+Santo+Odon+de+Cluny&oq=Vida+de+S%C3%A3o+Geraldo+por+Santo+Odon+de+Cluny&gs_l=psy-ab.3…3148.17029..17344…8.1..0.165.6167.0j47……0….1..gws-wiz…….0i71j35i39j0j0i67j0i131j35i39i19j0i131i67j0i13j0i13i30j0i22i30j0i13i10i30j0i10j0i333j0i22i10i30j33i22i29i30j33i160.nbPsJXCp2Jk&ved=0ahUKEwjtgPDqg-jlAhUKGbkGHaN7CWsQ4dUDCAs&uact=5 

19. Santo Alberico de Utreque. Ver “Santo Alberico de Utreque (falecido em 21 de agosto de 784) foi um monge Beneditino[1] e o bispo de Utreque, no que é hoje a Holanda... Alberico foi o sobrinho de são Gregório de Utreque. Pouco é conhecido de Alberico antes de ele juntar-se à Ordem de São Bento.[2] Sabe-se que ele serviu como prior da Catedral de São Martinho. Quando Gregório morreu em 775, Alberico sucedeu seu tio como o bispo de Utreque.[a] Seu bispado foi visto para o sucesso da sua missão entre os pagãos Teutões,[3] bem como a reorganização da escola de Utreque. Além disso, Alberico dirigiu a missão de Ludger em Ostergau.[4]

Alberico era um bom amigo de Alcuíno, professor e poeta de Iorque, Inglaterra, preeminente entre os estudiosos da época. Esse relacionamento provavelmente fala para Alberico da própria inteligência, como se o santo tem sido notada por seu “conhecimento enciclopédico da fé.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alberico_de_Utreque

20. São Serapião de Tmuis. Ver “Serapião de Tmuis foi um monge egípcio de grande erudição e muito inteligente. Por certo período ele dirigiu a famosa Escola Catequética de Alexandria, mas renunciou de modo a ter mais tempo para as orações e reflexões. Lutou contra o macedonianismo e o arianismo. É considerado um santo e faleceu em 370… Acima de tudo São Serapião tornou-se conhecido por causa de um escrito sacramentário de sua autoria chamado Eucológio, que foi descoberto e publicado em 1899. Esta coleção de orações litúrgicas foi traduzido para várias línguas, inclusive o inglês, e era destinado primeiramente aos bispos. Não obstante, é muito usado pelo publico em geral em todo o oriente e pela Igreja Copta.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Serapi%C3%A3o_de_Tmuis

– Ver também “santo do dia 20/03/2020: Ele foi gigante ao lado de Atanásio no combate ao arianismo e foi grande inimigo dos maniqueus. Escreveu um livro Contra os maniqueus, que Facundo de Ermiana erroneamente atribuiu a Atanásio.

Não parece todavia que seja de Serapião ou pelo menos não é de sua autoria a última redação do Eucológio (30 orações litúrgicas) importante para a liturgia egípcia do século IV. São Jerônimo, que dedicou um capítulo do seu Homens ilustres a Serapião, definindo-o escolástico pela sua ciência, nos informa que escreveu muitas cartas a várias pessoas. Diz-se que estava entre os cinco bispos que formaram uma comissão e foram ao imperador Constâncio II interceder por Atanásio. A missão fracassou e Serapião foi deposto da Sede pelos arianos. Morreu pouco depois de 362 e sua festa foi fixada em 20 de março no Martirológio Romano.”: https://www.paulus.com.br/portal/santo/sao-serapiao-de-thmuis-bispo/#.X6_HmchKhnI

21. Outros santos do dia 14 de novembro: págs. 9-20, em: VIDAS DOS SANTOS – 20.pdf (obrascatolicas.com) 

 “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português  de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 14 de novembro: 14 de novembro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS  876-878: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember14.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, ANJOS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS A GRAÇA, AMADO PAI, DE LUTAR COM ENTUSIASMO, CORAGEM E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS, SOBRETUDO, A DOCILIDADE DAS OVELHAS. PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DESANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

“… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Antão, lembrado em 21 de outubro)

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guia para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

“Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

“…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

“… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember02.html

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

* Ver o blog https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.