Santas e Santos de 21 de novembro

21 DE NOVEMBRO DE 2021: SOLENIDADE DE CRISTO REI. Ver “solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo , comumente referida como a Festa de Cristo Rei , Domingo de Cristo Rei ou Domingo de Reinado de Cristo , [3] é um acréscimo relativamente recente ao calendário litúrgico ocidental , instituído em 1925 pelo Papa Pio XI para o Rito Romano da Igreja Católica . Em 1970, a observância do rito romano foi transferida para o domingo final do tempo comum . A primeira data em que pode ocorrer é 20 de novembro e a última é 26 de novembro.

As igrejas Luterana , Anglicana , Morávia , Metodista , Nazarena , Reformada e Protestante Unida também celebram a Festa de Cristo Rei, que está contida no Lecionário Comum Revisado ; [4] as Igrejas Metodista , Anglicana e Presbiteriana costumam observar isso como parte da época litúrgica da Maré do Reino, que decorre entre o quarto domingo antes do Advento e a festa de Cristo Rei. Também é observado na mesma data computada como o último domingo do ano eclesiástico, o domingo antes do primeiro domingo do Advento, pelas paróquias de rito ocidental da Igreja Ortodoxa Russa fora da Rússia . [5] Os católicos romanos que aderem à forma extraordinária do rito romano usam o calendário romano geral de 1960 e continuam a observar a solenidade na data estabelecida em 1925, o último domingo de outubro…”: 21 de novembro na Igreja Ortodoxa – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

21 DE NOVEMBRO DE 2021: DOMINGO DE CRISTO REI: DIA NACIONAL DOS CRISTÃOS LEIGOS E LEIGAS

“…O Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas é comemorado neste último domingo litúrgico, 21 de novembro de 2021, festa de Cristo Rei.  De acordo com o bispo de Caçador (SC) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, dom Severino Clasen, os leigos são membros efetivos do povo de Deus e assumem diversos ministérios e serviços na Igreja e na sociedade. “Os leigos são todos os batizados, é o povo de Deus. São os fiéis que participam do ministério comum da vida de Jesus pela graça do batismo… O Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas é celebrado desde 1991. O CNLB disponibilizou subsídio  de reflexão e celebração para os regionais, (arqui) dioceses, paróquias, movimentos pastorais, associações laçais e comunidades.Informações no site: www.cnbb.org.br ”: https://www.cnbb.org.br/celebra-se-hoje-o-dia-nacional-dos-cristaos-leigos-e-leigas/

– VER: Confira as dicas de como preparar a comunidade para o Dia Nacional do Leigo, a ser comemorado dia 21 de novembro, festa de Cristo Rei – CNBB

– Ver ainda “Os textos utilizados neste subsídio têm como referência o documento Estudos da CNBB, 107 A – “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade – Sal da Terra e Luz do Mundo”.”: ORAÇÃO INICIAL PARA TODOS OS DIAS (cnlb.org.br)

– Ver também “”: https://www.cnlb.org.br/?page_id=7410

– Ver ainda “… Na X Assembleia Geral do CNL, em 1991, foi colocada a proposta novamente com a sugestão de que o “Dia do Leigo” fosse celebrado na Solenidade de Cristo Rei, seguindo antiga tradição da Ação Católica que, por muitos anos, de certa maneira representou o Laicato Católico no Brasil. Quando, em 1925, o Papa Pio XI estabeleceu esta solenidade, a Ação Católica assumiu como um dia de reflexão, aprofundamento, confraternização em que os novos membros recebiam o “distintivo” e todos faziam a “Renovação das Promessas Batismais”.

No Brasil, a partir de 1935 quando foi oficializada, a Ação Católica deu continuidade a esta tradição.

Outro argumento para a escolha desta data, foi que a promulgação do Decreto Conciliar sobre o Apostolado dos Leigos- “Apostolicam Actuositatem”, foi no dia 18 de novembro (1965), portanto uma data sempre próxima de “Cristo Rei”. Foram dois os objetivos para a celebração do “Dia do Leigo”: Refletir e aprofundar a identidade, vocação, espiritualidade e missão dos cristãos leigos e leigas, visando a articulação e organização do laicato e realizar uma coleta para financiar os custos da organização: 50% da coleta ficava na diocese, 30% para o Conselho Regional e 20% para o CNL.

Quando a CNBB criou a coleta para a Evangelização, no Advento, foi proposto que não se fizesse mais a coleta do Dia do Leigo, pela proximidade das datas, e a CNBB repassaria uma porcentagem da coleta da Evangelização para o CNLB e é o que vem acontecendo anualmente.

No DOCUMENTO 105: “CRISTÃOS LEIGOS E LEIGAS NA IGREJA E NA SOCIEDADE – SAL DA TERRA E LUZ DO MUNDO”, nossos bispos assumem o compromisso de “Celebrar o Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas na solenidade de Cristo Rei, a cada ano” (CNBB 105, n. 275 “b”).

Diante do ainda crescente clericalismo e da multiplicação de movimentos e expressões laicais, é fundamental celebrar este dia, buscando fortalecer a identidade dos cristãos leigos e leigas, como “verdadeiros sujeitos eclesiais” (DAp, n. 497 ‘a’), na dinâmica sinodal da Igreja.

A Celebração de “Cristo Rei” foi criada pelo Papa Pio XI logo após a Primeira Grande Guerra Mundial, num contexto de crescente ateísmo, de disputas pela hegemonia econômica, de polarização entre o ‘capitalismo idólatra’ e o ‘comunismo ateu’, afirmando o senhorio de Jesus Cristo como único Rei, Servidor e Redentor da humanidade e do Universo. Hoje, no mundo dilacerado pelas desigualdades sociais, pela dominação do “mercado” com sua “economia que mata” (Papa Francisco, EG, n. 53), pela destruição do Planeta, pelas terríveis consequências da pandemia do ‘covid-19’, resultantes dos sistemas impostos e falidos, renova-se a urgência de declararmos que Jesus Cristo é o único Senhor e Rei do Universo e atuarmos consequentemente.

“A Igreja existe para o Reino de Deus” (cf. CNBB 62, n. 76) que “diz respeito ao plano divino para toda a sua criação” (CNBB 105, n. 241). Que todos possamos, “pela fé, viver e realizar ações consequentes para a revelação e expansão do Reino de Deus na história” (CNBB 105, n. 133 “a”).”: https://www.cnlb.org.br/?wpfb_dl=90

================

21 de novembro: ME­MÓRIA DA APRE­SEN­TAÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA. No dia se­guinte à de­di­cação da ba­sí­lica de Santa Maria a Nova, cons­truída junto ao muro do an­tigo templo de Je­ru­salém, ce­lebra-se a de­di­cação que fez de si mesma a Deus desde a in­fância aquela que seria a Mãe de Deus, mo­vida pelo Es­pí­rito Santo, que a en­cheu de graça desde a sua Ima­cu­lada Conceição.

–  Conforme o Martirológio Romano-Monástico, apresentação da Bem-Aventurada Virgem Maria, predestinada a tornar-se o templo vivo da divindade. Esta festa é solenemente celebrada pelos Orientais. (R).

Ver páginas 174-179: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver EXORTAÇÃO APOSTÓLICA MARIALIS CULTUS de Paulo VI: http://w2.vatican.va/content/paul-vi/pt/apost_exhortations/documents/hf_p-vi_exh_19740202_marialis-cultus.html

– Ver também “A Apresentação da Virgem Maria (no ocidente) ou A Entrada da Mais Sagrada Thetokos no Templo (no oriente) são nomes de uma festa litúrgica celebrada pela Igreja Católica, inclusive as de tradição oriental, e pela Igreja Ortodoxa… O relato da apresentação da Virgem Maria no Templo se baseia principalmente no Evangelho de Tiago, que tem sido datado pelos historiadores em por volta de 200 d.C. A história relata que para agradecer o nascimento da filha Maria, Joaquim e Ana decidiram consagrá-la a Deus e a levaram, aos três anos, para o Templo em Jerusalém. A apresentação de Maria traça paralelos com a do profeta Samuel, cuja mãe, Ana (Hannah), como Ana, também acreditava ser estéril e ofertou o filho como presente a Deus em Siló[1].

Maria permaneceu no Templo até os doze anos[1], quando foi confiada a José, seu novo guardião. De acordo com a tradição copta, Joaquim morreu quando Maria tinha seis anos de idade e sua mãe, quando ela tinha oito[1]. Ainda que sem nenhum fundamento histórico, a tradição serve para demonstrar que Maria, mesmo na infância, já estava completamente dedicada a Deus. É deste relato que que surgiu a festa da Apresentação de Maria[2]… Para a Igreja Católica, no dia da Apresentação de Maria, “nós celebramos a dedicação de si própria que Maria fez a Deus desde a sua tenra infância sob a inspiração do Espírito Santo, que preencheu-a com sua graça…”[6]. O papa Paulo VI, em sua encíclica de 1974, Marialis Cultus, escreveu que “apesar de seu conteúdo apócrifo, [a história da Apresentação] apresenta elevados e exemplares valores e avança veneráveis tradições de origem nas igrejas orientais”[2].”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Apresentação_de_Nossa_Senhora

– Ver ainda, em inglês, versão web “É uma tradição antiga, que a Virgem Maria foi assim solenemente oferecida a Deus no templo em sua infância.”: https://web.archive.org/web/20131123075320/http://www.passionistnuns.org/Saints/PresentationBVM/index.htm

2.   Co­me­mo­ração de São Rufo, a quem o após­tolo São Paulo, na sua Epís­tola aos Ro­manos, chama eleito do Senhor. São Paulo considerava a mãe de São Rufo como sua mãe (Rom 16,13).

3.   Em Pa­rén­tium, na Ís­tria, hoje Porec, na Croácia, Santo Amaro (Mauro), bispo e mártir. († c. s. IV)

– Ver “… Em Verona, St. Maur, bispo e confessor. Martirizado durante a perseguição diocletiana quando ele era bispo de Parenzo, Croácia. Em 6º v. seu corpo foi transferido primeiro para a catedral da cidade e depois para capela perto do batistério da basílica de Latan pelo Papa João IV… “… St. Maurus Bishop eremita Ele foi o décimo segundo bispo de Verona, Itália.
Maurus renunciou ao seu ver para se tornar um eremita. Maurus de Verona B (RM).
As relíquias de São Maurus, décimo segundo bispo de Verona, Itália, descansam em sua cidade catedral. No final de sua vida, ele renunciou e tornou-se um eremita (Beneditas, Enciclopédia).”:”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember21.html

4.   Em Ce­sa­reia da Pa­les­tina, Santo Agápio, mártir, que, muitas vezes tor­tu­rado, mas sempre di­fe­rido para su­plí­cios mais duros, du­rante os jogos do an­fi­te­atro foi ati­rado a um urso para que o de­vo­rasse na pre­sença do im­pe­rador Ma­xi­mino; mas, como ainda ficou com vida, no dia se­guinte ataram-lhe pe­dras aos pés e lan­çaram-no ao mar.(† 306). No Martirológio Romano-Monástico, DIA 20 DE NOVEMBRO:  em Cesaréia da Palestina, em 306, Santo Agápio. Mártir. Segundo o historiador Eusébio, este campeão da religião foi levado para o meio do anfiteatro e intimado a renegar sua fé. Respondeu em voz alta e clara que “não era por culpa de um crime, mas por causa da religião do Deus do Universo que ele iria sofrer”. (M)

– Ver páginas 170-171: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

5.   Em Roma, junto de São Pedro, São Ge­lásio I (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa, ilustre pela sua dou­trina e san­ti­dade, o qual, para evitar que a au­to­ri­dade im­pe­rial pre­ju­di­casse a uni­dade da Igreja, es­cla­receu pro­fun­da­mente as com­pe­tên­cias dos dois po­deres e a sua mútua in­de­pen­dência; mo­vido pela sua grande ca­ri­dade e pelas ca­rên­cias dos in­di­gentes, para so­correr os po­bres morreu em ex­trema pobreza. († 496).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no ano do Senhor de 496, São Gelásio I, papa. Dionísio, O Menor, declara que ele procurou mais servir do que exercer sua autoridade, que associou a castidade aos méritos da doutrina e que morreu pobre, após ter enriquecido os indigentes. A ele foi atribuído o Sacramentário que traz o seu nome. (M).

– Ver página 180: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver “Gelásio I (em latimGelasius I) foi papa de 1 de março de 492, até a data de sua morte, em 21 de novembro de 496. Natural da antiga província de África, combateu o pelagianismo, o maniqueísmo e o arianismo, também ratificou os livros canônicos e apócrifos aprovados pela Igreja no Decretum Gelasianum.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Gel%C3%A1sio_I

6.   Em Ce­sena, na Fla­mínia, hoje na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, Santo Amaro (Mauro), bispo. († 946)

7*.   Em Roma, a Beata Maria de Jesus Bom Pastor (Fran­cisca de Si­e­dliska), virgem, que deixou a Po­lónia por causa das di­fí­ceis con­di­ções im­postas pelos go­ver­nantes e fundou o Ins­ti­tuto das Irmãs da Sa­grada Fa­mília de Na­zaré para prestar as­sis­tência aos emi­grantes da sua pátria. († 1902)

8. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Nas proximidades de Reims, no ano da graça de 1192, Santo Alberto de Louvain (também na Folhinha do Coração de Jesus), martirizado por ter defendido os direitos da Igreja diante do imperador da Alemanha, Henrique V (M)

9. São Celso (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Ver “… Em Roma, o martírio dos santos Celso e Clemente.

Mártires romanos dos quais os nomes só se resumem a nós (beneditinos)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember21.html

10. São Colombano, abade. Ver “… Dizia: “Homem, como tu és miserável O que tu deves odiar, tu amas, e o que deves amar, tu o ignoras. Em ti, tens o que te entrava; em ti, não tens com que te libertares. Tens dois olhos, e te deixas levar cegamente: tu consentes que te levem à morte”…”, às páginas 181-184: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver “… No mosteiro de Bobbio, a morte de São Columban, abade que fundou muitos mosteiros e governou um grande número de monges. Ele morreu em uma idade avançada, celebrado por muitas virtudes. São Columbanus Junior, um discípulo do fundador de Luxeuil, São Columbanus, onde ele era um monge. Ele está listado como um mártir, mas sem mais detalhes (beneditinos).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember21.html

11. São Nicolau Giustiniani e esposa Santa Ana. Ver página 185: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver “… Abençoado Nicolau Giustiniani homem de família e monge OSB (AC) Nascido em Veneza, Itália.
Filho da nobre família veneziana dos Giustiniani, Nicolau vestiu o hábito beneditino no mosteiro de San Niccolo del Lido. Depois de todos os seus irmãos terem sido mortos em batalha em Constantinopla, o doge obteve do Papa uma dispensa para Nicolau se casar e gerar herdeiros para a família. Ele se casou e teve seis filhos e três filhas…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember21.html  

VER TAMBÉM 21 DE NOVEMBRO NA IGREJA ORTODOXA – conforme: 21 de novembro na Igreja Ortodoxa – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

12. Outros santos do dia 21 de novembro: págs. 174-185, em: VIDAS DOS SANTOS – 20.pdf (obrascatolicas.com) 

 “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 21 de novembro: https://pt.wikipedia.org/wiki/21_de_novembro

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS  895-896: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember20.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, ANJOS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DESANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

“… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Antão, lembrado em 21 de outubro)

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guia para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

“Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

“…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

“… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember02.html

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

* Ver o blog https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.