Santas e Santos de 27 de março

1.   Em Salz­burgo, ci­dade da Ba­viera, ac­tu­al­mente na Áus­tria, São Ru­perto, bispo, que viveu pri­mei­ra­mente em Worms e, a pe­dido do duque Te­odão, se di­rigiu para a Ba­viera e edi­ficou uma igreja e um mos­teiro em Ju­vávum, hoje Salz­burgo, que di­rigiu como bispo e abade e de onde ex­pandiu a fé cristã em toda aquela região. († c. 718). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 718, São Ruperto. Originário da família real merovíngia, foi chamado para a Sé Episcopal de Worms. Quando de lá foi expulso, pôs-se a pregar o Evangelho no Vale do Danúbio e fundou o mosteiro de Salzburgo, cidade da qual foi o primeiro bispo e se tornou padroeiro (M). Ver págs. 317-319: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

– Ver também “… Ruperto de Salzburgo foi o primeiro bispo de Salzburgo, o primeiro abade da Abadia de São Pedro e é o patrono de Salzburgo…. Sua formação evangelista deu-se segundo os métodos dos missionários irlandeses. Ruperto “fundou na antiga Iuvavum a abadia de S. Pedro (a mais antiga da Áustria), e uma outra, para mulheres, em Nonnberg (Saxer, p. 1235). De acordo com a tradição do cristianismo escoto-irlandês, Ruperto foi um bispo-abade, responsável não apenas pela administração eclesiástica como também pela vida monástica“De sua atuação missionária restam, como testemunhos, as fundações de Seekirchen (Wallersee) e de Maximilianszelle (Pongau)” (id., p. 1235).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ruperto_de_Salzburgo

2*.   Em San Se­ve­rino, no Pi­ceno, ac­tu­al­mente nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Pe­re­grino de Falerone, pres­bí­tero, que foi um dos pri­meiros dis­cí­pulos de São Fran­cisco e, di­ri­gindo-se como pe­re­grino à Terra Santa, sus­citou a ad­mi­ração dos pró­prios Sarracenos. († 1232)

– Ver págs. 320-321: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

– Ver também: “ Na região da Septempedana (hoje San Severino Marche), do Piceno, na Itália, o beato Peregrino (ou Pelerino) de Falerone, sacerdote, que foi um dos primeiros discípulos de São Francisco e que, peregrino na Terra Santa, foi admirado até pelos sarracenos.”: https://www.santopedia.com/santos/beato-peregrino-de-falerone

3*.   Em Qua­rona, pró­ximo de No­vara, no Pi­e­monte, também re­gião da Itália, a Beata Pa­na­ceia de Múzzi, virgem e mártir, que, de­pois de ter re­ce­bido con­tí­nuos maus tratos da sua ma­drasta, foi fi­nal­mente por ela as­sas­si­nada aos quinze anos de idade quando orava na igreja. († 1383)

4*.   Em Turim, também no Pi­e­monte, o Beato Fran­cisco Faà di Bruno, pres­bí­tero, que as­so­ciou di­li­gen­te­mente a ci­ência da ma­te­má­tica e da fí­sica com o ardor das obras de caridade.  († 1888). Ver “Francesco Faà di Bruno (Alexandria29 de março de 1825 — Turim27 de março de 1888) foi um oficial, matemáticoengenheiro, inventor, educador, compositor e religioso italiano. É beato da igreja católica.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Francesco_Fa%C3%A0_di_Bruno

5. Na Ilíria, na Costa do Adriático, o martírio dos Santos Filetas, senador, Lídia (também na Folhinha do Coração de Jesus), sua esposa e seus dois filhos que sofreram por causa de sua fé sob o imperador Adriano, no início do séc. II (Conforme o Martirológio Romano-Monástico – M).

– Conforme o Martirológio Ed. Permanência, “no Ilíraco, os santos Fileto, Senador, com Lídia, sua mulher e seus filhos Macêdon e Teoprépio; Anfilóquio, capitão, e Crônidas, superintendente das prisões; os quais, superando, pela confissão de Cristo, muitos tormentos, alcançaram a coroa da glória.”

6. Pela metade do séc. IV, São Zanitas e seus companheiros, mártires persas que deram a Cristo o supremo testemunho de sua caridade, morrendo por ele (Conforme o Martirológio Romano-Monástico – M). Conforme VIDA DOS SANTOS, na Persia, os santos mártires Zanitas, Lázaro (também na Folhinha do Coração de Jesus), Marotas, Narses e cinco outros, cruelmente massacrados por Sapor, rei da Pérsia, e que mereceram, por isso, a palma do martírio. Ver pág. 335: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

7. No ano da graça de 394, São João, eremita egípcio, que recebia pessoas que vinham de regiões distantes para consultá-lo por causa de seu carisma de profecia (Conforme o Martirológio Romano-Monástico – M).

– Ver também: São João do Egito, ermitão e confessor. Ver sua história às págs. 324-328: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

– Ver também “São João do Egito foi um eremita cristão no deserto da Tebaida, no Egito. É um santo também conhecido como João de Licópolis… (305-394)”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_do_Egito

– Ver também “… À exceção de Santo António (Santo Antão), nenhum eremita do deserto adquiriu tanta fama como São João do Egipto, que foi consultado pelos imperadores e cujos louvores foram cantados por São Jerónimo, Paládio, Cassiano, Santo Agostinho e muitos outros.
Ele nasceu na Baixa Tebaida em Lycopolis, o local da atual cidade de Asyut, e foi criado para o ofício de carpinteiro. Aos vinte e cinco anos, abandonou o mundo e colocou-se sob a direção de um velho anacoreta, que durante dez ou doze anos o treinou na obediência e na entrega. João obedeceu sem questionar, por mais desarrazoada que fosse a tarefa imposta: durante um ano inteiro, por ordem de seu pai espiritual, regou diariamente uma vara seca como se fosse uma planta viva e cumpriu outras ordens igualmente ridículas. Ele continuou assim até a morte do velho, e é à sua humildade e pronta obediência que Cassiano atribui os dons extraordinários que depois recebeu de Deus. Outros quatro ou cinco anos parecem ter sido gastos visitando vários mosteiros. Por fim, retirou-se para o topo de uma colina íngreme perto de Lycopolis e fez na rocha uma sucessão de três pequenas celas – uma como quarto, outra como sala de trabalho e sala de estar e a terceira como oratório. Ele então se emparedou, deixando apenas uma pequena janela pela qual recebia o necessário para a vida e falava com aqueles que o visitavam. Durante cinco dias da semana ele conversava apenas com Deus, mas aos sábados e domingos os homens – mas não as mulheres – tinham livre acesso a ele para suas instruções e conselhos espirituais. Ele nunca comia até o pôr do sol, e sua comida era frutas secas e legumes. No início e até se acostumar, sofreu muito porque não comia pão ou qualquer coisa que tivesse sido cozida no fogo,

Ele não fundou nenhuma comunidade, mas foi considerado um pai por todos os ascetas do bairro, e quando seus visitantes se tornaram tão numerosos que parecia necessário construir um abrigo para sua recepção, o estabelecimento foi administrado por seus discípulos.
   São João era especialmente famoso por suas profecias, seus milagres e seu poder de ler os pensamentos e de descobrir os pecados secretos daqueles que o visitavam. Curas maravilhosas foram efetuadas pela aplicação de óleo aos doentes e cegos que o homem de Deus havia abençoado. De suas muitas profecias, as mais célebres foram as feitas ao imperador Teodósio I. João lhe disse que seria vitorioso contra Máximo, e Teodósio então confiantemente tomou a ofensiva e o derrotou. Então novamente em 392, quatro anos depois, quando Eugênio tomou o império do Ocidente, Teodósio mais uma vez recorreu ao recluso. Ele enviou o eunuco Eutrópio ao Egito com instruções para trazer de volta São João, se possível, mas em qualquer caso para descobrir dele se ele deveria marchar contra Eugênio ou esperar seu ataque. O santo recusou-se a deixar sua cela, mas mandou dizer que Teodósio seria vitorioso, embora ao preço de muito sangue, e que ele não sobreviveria muito tempo ao seu triunfo. A previsão foi cumprida: Eugênio foi derrotado nas planícies de Aquileia e Teodósio morreu menos de seis meses depois.

Pouco antes da morte de São João, ele foi visitado por Palladius, que dá um relato muito interessante de sua viagem e recepção. O venerável eremita disse-lhe que um dia estava destinado a ser consagrado bispo e fez outras revelações de coisas das quais normalmente não poderia ter conhecimento. Da mesma forma, quando alguns monges vieram de Jerusalém, João reconheceu imediatamente que um deles era diácono, embora o fato tenha sido suprimido. O recluso tinha então noventa anos de idade e morreu pouco depois. Divinamente avisado de seu fim próximo, ele fechou sua janela e ordenou que ninguém se aproximasse dele por três dias. Ele morreu pacificamente no final desse período, quando estava de joelhos em oração. Em 1901, a cela que ele ocupava foi descoberta perto de Asyut.

Os bolandistas na Acta Sanctorum (março, vol. iii) extraíram as principais referências feitas a São João do Egito na História Lausíaca de Paládio, na Historia Monachorum , e em outros lugares. Para o texto de Palladius temos que consultar C. Butler, ou Lucot para a Historia Monachorum , ver Preuschen, Palladius und Rufinus …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch27.html#394_ST_JOHN_OF_EGYPT

8. São Mateus, mártir. Ver sua história às páginas 322-323: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

9. Ananias ou Hanani (profeta do A.T.). Ver sua história às págs. 329-333: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

10. São Guilherme Tempier (também na Folhinha do Coração de Jesus de 27 de março). No Martirológio (Bibliografia 1 e 2 abaixo) é lembrado em 29 de março.

– Ver “… 1197 BD WILLIAM TEMPIER, BISPO DE Poitiers; seu túmulo tornou-se um local de peregrinação, por causa dos milagres de cura relatados ali realizados.
BD WILLIAM TEMPIER, o quadragésimo sexto bispo de Poitiers e o terceiro a levar o nome de William, nasceu em Poitiers. Em tenra idade entrou no mosteiro de St Hilaire-de-la-Celle em sua cidade natal e tornou-se um dos cônegos regulares. Ele foi notável por sua piedade e austeridade e passou a ser superior. Em 1184 foi escolhido para suceder o bispo João na cátedra episcopal de Poitiers. Enérgico oponente da simonia e de qualquer controle secular dos assuntos eclesiásticos, teve de suportar perseguições e calúnias em defesa dos direitos da Igreja. Morrendo em 1197, ele foi enterrado atrás do altar-mor da igreja de São Cipriano em Poitiers, e seu túmulo tornou-se um local de peregrinação, por causa dos milagres de cura relatados ali. Ver Acta Sanctorum, março, vol. III…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch27.html#1197_BD_WILLIAM_TEMPIER_BISHOP_OF

VER 29 DE MARÇO: Em Poi­tiers, na Aqui­tânia, re­gião da França, São Gui­lherme Tem­pier, bispo, que, com pru­dência e fir­meza, de­fendeu contra os no­bres a Igreja que lhe foi con­fiada e cor­rigiu os cos­tumes do povo, dando ele pró­prio o exemplo ir­re­pre­en­sível da sua vida. († 1197)

11. Santa Augusta de Serravalle.. Ver “Augusta de Serravalle, também conhecida como Augusta of Ceneda ou Augusta de Treviso, é venerada como virgem mártir da Igreja Católica.[3]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Augusta_de_Serravalle

Ver também 01 de agosto

12. Outras santas e Santos do dia 27 de março: págs. 317-335 (vol.5): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%205.pdf

Obs. Entra no Google chrome, mas não no edge.

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 27 de março, ver também: 27 de março – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 285-286: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch27.html#

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

================

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Agatão, lembrado em 21 de outubro)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!” (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* Dia 17 de janeiro: Santo Antão (ou Antônio). Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado, nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* Sobre SANTO ANDRÉ CORSINI (04 de fevereiro): “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração”.

================

* “Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!(Albert Einstein, lembrado em 14 de março)

================

* “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.” (São Clemente-Maria Hofbauer, 15 de março)

================

* “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO… (SANTA LUÍSA DE MARILLAC, 15 DE MARÇO)”

================

* “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.  (São Nicolau de Flue – 21 de março)”

================

* A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(São Serapião de Thmuis 21 de março – conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.