Santas e Santos de 08 de abril

NOSSA SENHORA DA PENHA: Ver:  

  • 08 DE ABRIL: NOSSA SENHORA DA PENHA (também em várias outras datas) “Nossa Senhora da Penha é o título da Virgem Maria que teve início quando um monge francês chamado Simão sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de difícil acesso. A imagem estaria enterra ali por causa de uma guerra entre franceses e muçulmanos.” http://www.arquisp.org.br/liturgia/santo-do-dia/nossa-senhora-da-penha

Segunda-feira após o segundo Domingo de Páscoa. Dia 25 de abril de 2022, Nossa Senhora da Penha, na Folhinha do Coração de Jesus

– Ver

FESTA DE NOSSA SENHORA DA PENHA NO ESPÍRITO SANTO: 09 DIAS DEPOIS DO SEGUNDO DOMINGO DE PÁSCOA…

As comemorações da Festa de Nossa Senhora da Penha, tem data móvel, ela se inicia no Domingo de Páscoa e termina 09 dias depois. Neste período, todas as Arquidioceses e Dioceses do Espírito Santo fazem peregrinação ao Convento da Penha, para agradecer as Graças alcançadas, através da intercessão de Nossa Senhora.”: Vamos conhecer a história de Nossa Senhora da Penha no estado do Espírito Santo – Clube da Evangelização (cancaonova.com)

01 DE SETEMBRO E 08 DE SETEMBRO: Nossa Senhora da Penha de França ou Nossa Senhora da Penha é um dos nomes que recebe Maria, mãe de Jesus, que acreditam os católicos, apareceu a Simão Vela no oeste da Espanha, numa serra chamada Penha de França. Lá, sua festa é comemorada no dia 8 de setembro. Também em São Paulo e em Itapira ocorre a cada 8 de setembro. Em Resende Costa, onde é padroeira, comemora-se no dia 1° de setembro, assim como na cidade do Crato, na cidade de Campos Sales e no Bairro da Penha em Campos dos Goytacazes. Já no Espírito Santo, mais precisamente na Grande Vitória, a Festa da Penha é realizada todos os anos no Convento da Penha na cidade de Vila Velha sempre oito dias depois do domingo de Páscoa[2], sendo feriado municipal em Cariacica[3]Vila Velha[4]Vitória[5] e também em Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado. É considerada pela Igreja Católica como a terceira maior festa religiosa do Brasil, ficando atrás somente da comemoração que homenageia a padroeira do Brasil, em Aparecida (São Paulo), e do Círio de Nazaré, em Belém, no Pará.[2]”  https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Penha_de_Fran%C3%A7a

https://www.altoastral.com.br/nossa-senhora-da-penha/

– Ver 01 DE SETEMBRO: NOSSA SENHORA DA PENHA, RAINHA E PADROEIRADE SÃO PAULO às págs. 366-374. OBSERVAÇÃO: entre as páginas 370-373, texto sobre NOSSA SENHORA APARECIDA:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

01 de Setembro: NOSSA SENHORA DA PENHA EM CRATO, CEARÁ. Conforme o DIRETÓRIO DA LITURGIA da CNBB de 2020, 01 de setembro na Diocese de Crato – NOSSA SENHORA DA PENHA – padroeira diocesana, festa mas celebrada onde for solenidade. Na Catedral  e na cidade de Crato: Titular e padroeira municipal, solenidade.

Ver: “Este ano, celebra-se a chegada da imagem de Nossa Senhora da Penha, trazida da França, em 1920. Contudo, a criação da Paróquia na antiga aldeia do Miranda, que antecedeu o atual município, aconteceu em 1762, dois anos antes da fundação da Vila Real do Crato.”:

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/regiao/festa-de-nossa-senhora-da-penha-em-crato-comeca-amanha-22-em-formato-virtual-1.2979895

– – Ver: “Nossa Senhora da Penha, rainha e padroeira de São Paulo”: ver páginas 366-374: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Nossa Senhora da Penha, protetora da cidade de São Paulo. Ver:

https://www.a12.com/academia/titulos-de-nossa-senhora?s=nossa-senhora-da-penha

Nossa Senhora da Penha de França. Ver:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Penha_de_Fran%C3%A7

Nossa Senhora da Penha no Rio de Janeiro:

https://www.basilicasantuariopenhario.org.br/historia-de-nossa-senhora-da-penha

Outras referências a Nossa Senhora da Penha:

Ver também:

– Ver 01 DE SETEMBRO: NOSSA SENHORA DA PENHA, RAINHA E PADROEIRADE SÃO PAULO às págs. 366-374. OBSERVAÇÃO: entre as páginas 370-373, texto sobre NOSSA SENHORA APARECIDA:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

OUTRAS SANTOS E SANTOS DE 08 DE ABRIL

1.   Co­me­mo­ração de Santo Agabo, pro­feta, que, se­gundo o tes­te­munho dos Actos dos Apóstolos, mo­vido pelo Es­pí­rito Santo, anun­ciou uma grande fome em toda a terra e os tor­mentos que Paulo ia so­frer da parte dos gentios.

– Ver “Ágabo, o Profeta (em grego: Ἄγαβος) foi um dos primeiros fiéis seguidores de Jesus, mencionado nos Atos dos Apóstolos como sendo um profeta. Ele é tradicionalmente listado também entre os Setenta Discípulos descritos no evangelho de Lucas (Lucas 10:1-24).”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/%C3%81gabo,_o_Profeta

– VER 13 DE FEVEREIRO: Santo Agabo, profeta. Ver páginas 230-231: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

2.   Co­me­mo­ração dos santos He­ro­dião, As­sín­crito e Fle­gonte, que o após­tolo São Paulo saúda na Epís­tola aos Romanos (Rm 16,11-14).

Ver páginas 189-190: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

3.   Co­me­mo­ração de São Di­o­nísio, bispo de Co­rinto, na Grécia, que, do­tado de ad­mi­rável co­nhe­ci­mento da pa­lavra de Deus, não só ins­truiu com a pre­gação os fiéis da sua ci­dade epis­copal e da sua pro­víncia, mas en­sinou também com as suas cartas os bispos de ou­tras ci­dades e províncias. († 180).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 180, o Bem-Aventurado Dionísio, bispo de Corinto. Segundo o historiador Eusébio, exerceu grande influência através de suas cartas dirigidas às Igrejas, nas quais ele exortava à paz, à unidade e à fidelidade do Evangelho (M). Ver páginas 184-188: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

Ver “São Dionísio Bispo de Corinto, viveu por volta do ano 171 Sua festa é comemorada no dia 8 de abril[1]. A data em que esteve vivo (floruit) é dada pelo fato de que ele escreveu para o Papa Sotero[a]Eusébio, em sua obra Crônicas, aponta-o como estando vivo no décimo-primeiro ano do imperador Marco Aurélio (171). Quando Hegésipo esteve em Corinto nos tempos do Papa AnicetoPrimo era o bispo (ca. 150-5), enquanto Báquilo foi bispo de Corinto durante a Controvérsia da Páscoa (entre 190-8). A única fonte pela qual conhecemos Dionísio hoje em dia é Eusébio, pois Jerônimo (De Viris Illustribus, cap. 27[2]) utilizou-o como única fonte. Eusébio conhecia uma coleção de sete das “Cartas Católicas às Igrejas” de Dionísio, assim como uma carta para ele de Pinito de CretaBispo de Cnossos, e uma carta pessoal de conselhos espirituais para uma senhora chamada Crisófora[1].”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Dion%C3%ADsio_de_Corinto

4.   Em An­ti­o­quia, na Síria, hoje An­takya, na Tur­quia, os santos Ti­móteo, Dió­genes, Ma­cário e Má­ximo (também na Folhinha do Coração de Jesus, Máxima), mártires. († data inc.)

5.   Em Ale­xan­dria, no Egipto, São Di­o­nísio, bispo, homem de grande eru­dição, me­mo­rável por ter pro­fes­sado a fé muitas vezes e in­signe pelas di­versas tri­bu­la­ções e tor­turas su­por­tadas, que, no tempo dos im­pe­ra­dores Va­le­riano e Ga­lieno, com idade avan­çada ador­meceu no Se­nhor como con­fessor da fé. († c. 265). Ver “Dionísio de Alexandria (em latimDionysius Alexandrinus), chamado o Grande, foi o patriarca de Alexandria, entre os anos de 248 e 265. Há muitas informações sobre Dionísio em virtude da extensa correspondência expedida por ele em vida. Porém, apenas uma das cartas originais sobreviveu e conhecemos as demais pelas transcrições feitas por Eusébio de Cesareia em sua História Eclesiástica. No entanto, estas informações são mais detalhadas a partir da eleição ao episcopado.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Dion%C3%ADsio_de_Alexandria

– VER 17 DE NOVEMBRO: Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 264, São Dionísio, bispo de Alexandria. Discípulo de Orígenes e escritor, confessou sua fé durante as perseguições de Décio e de Valeriano, e morreu no exílio. (M).

Ver páginas 98-99: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

6.   Em Como, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Amâncio, bispo, que foi o ter­ceiro a ocupar esta cá­tedra epis­copal e cons­truiu a ba­sí­lica dos Apóstolos. († 449)

7*.   Em Or­vieto, na Úm­bria, re­gião da Itália, o Beato Cle­mente de Ósimo, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agos­tinho, que di­rigiu e pro­moveu efi­caz­mente a Ordem e re­formou sa­bi­a­mente as suas leis. († 1291)

8*.   Em Al­calá de He­nares, na Es­panha, o beato Ju­lião de Santo Agostinho, re­li­gioso da Ordem dos Frades Me­nores Des­calços, que, con­si­de­rado ali­e­nado mental por causa da sua ri­go­rosa pe­ni­tência e vá­rias vezes afas­tado da vida re­li­giosa, anun­ciou a Cristo mais pelo exemplo da sua vir­tude que pela palavra. († 1606). Ver também São Juliano de Santo Agostinho, às páginas 204-208: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

9.   Em Namur, junto ao rio Mosa, no Bra­bante, na ac­tual Bél­gica, Santa Júlia Bil­liart (também na Folhinha do Coração de Jesus de 08 de abril e em 2021 na Folhinha do Coração de Jesus de 13 de maio), virgem, que fundou o Ins­ti­tuto de Santa Maria para a for­mação da ju­ven­tude fe­mi­nina e pro­pagou ar­do­ro­sa­mente a de­voção ao Sa­grado Co­ração de Jesus. († 1816)

Ver páginas 209-212: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

Ver também “Maria Rosa Júlia Billiart (CuvillyPicardia12 de julho de 1751 — Namur8 de abril de 1816) foi uma santa católica, beatificada pelo Papa Pio X em 13 de maio 1906 e canonizada por Paulo VI 22 de junho de 1969. Fundadora da Congregação de Notre Dame de Namur, é festejada em 8 de abril.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/J%C3%BAlia_Billiart

– Ver: “…St. Julie (Julia) Billiart nasceu em 1751 e morreu em 1816. Quando criança, brincar de “escola” era o jogo favorito de Julie. Aos dezesseis anos, para ajudar no sustento da família, começou a ensinar “de verdade”. Ela se sentou em um palheiro durante o recesso do meio-dia e contou as parábolas bíblicas aos trabalhadores. Julie manteve esta missão de ensinar ao longo de sua vida, e a Congregação que ela fundou continua seu trabalho.
Julie era a quinta de sete filhos. Ela frequentou uma pequena escola de um quarto em Cuvilly. Ela gostava de todos os seus estudos, mas era particularmente atraída pelas aulas de religião ministradas pelo pároco. Reconhecendo algo “especial” em Julie, o padre secretamente permitiu que ela fizesse sua primeira comunhão aos nove anos, quando a idade normal naquela época era treze. Aprendeu a fazer orações mentais curtas e a desenvolver um grande amor por Jesus na Eucaristia.
Uma tentativa de assassinato contra seu pai chocou gravemente seu sistema nervoso. Começou um período de saúde extremamente precária para Julie, que duraria trinta anos. Durante vinte e dois desses anos ela ficou completamente paralisada. Todos os seus sofrimentos e dores ela ofereceu a Deus. 
Quando eclodiu a Revolução Francesa, Julie ofereceu sua casa como esconderijo para sacerdotes leais. Por causa disso, Julie se tornou uma presa caçada. Cinco vezes em três anos ela foi forçada a fugir em segredo para evitar comprometer seus amigos que a estavam escondendo. 
Neste momento ela teve o privilégio de receber uma visão. Ela viu seu Senhor crucificado cercado por um grande grupo de religiosas vestidas com um hábito que ela nunca tinha visto antes. Uma voz interior lhe disse que essas seriam suas filhas e que ela iniciaria um instituto para a educação cristã de meninas. Ela e uma jovem rica fundaram as Irmãs de Notre Dame de Namur. Em Amiens, as duas mulheres e alguns companheiros começaram a viver uma vida religiosa em 1803. Em 1804, Julie foi milagrosamente curada de sua doença e andou pela primeira vez em 22 anos. Em 1805, Julie e três companheiros fizeram a profissão e os votos perpétuos. Foi eleita Madre Geral da jovem Congregação.
Em 1815, a mãe expôs sua saúde cada vez mais precária, cuidando dos feridos e alimentando os famintos deixados pela batalha de Waterloo. Nos últimos três meses de sua vida, ela novamente sofreu muito. Ela morreu pacificamente em 8 de abril de 1816 aos 64 anos de idade. Julie foi beatificada em 13 de maio de 1906 e canonizada pelo Papa Paulo VI em 1969...”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril08.html#1816_St._Julie_Billiart_vision_of

10*.   Em Alássio, pró­ximo de Al­benga, na Li­gúria, re­gião da Itália, o Beato Au­gusto Czar­toryski, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana, cuja en­fer­mi­dade não im­pediu que, se­guindo fir­me­mente o cha­ma­mento de Deus, re­ce­besse es­pe­ciais dons de santidade. († 1893)

11*.   No con­vento de Bel­monte, perto de Cu­enca, na Es­panha, o beato Do­mingos do San­tís­simo Sa­cra­mento Iturrate, pres­bí­tero da Ordem da San­tís­sima Trin­dade, que se de­dicou com todas as suas forças a pro­mover a sal­vação das almas e a exaltar a glória da San­tís­sima Trindade. († 1927).

– VER 11 DE MAIO: São Domingos do Santíssimo Sacramento. Ver “Domingos do Santíssimo Sacramento no siglo Domingo Iturrate Zubero: (Dima11 de maio de 1901Belmonte7 de abril de 1927) foi um sacerdote da Ordem da Santíssima Trindade e toda a sua vida foi composta por uma busca da santidade segundo a fé católica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Domingos_do_Sant%C3%ADssimo_Sacramento

12. São Perpétuo, Bispo e Confessor. Ver páginas 191-196: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver “… ST PERPETUUS, BISPO DE Tours (c. AD 494)
ST PERPETUUS sucedeu Eustochius no bispado de Tours. Durante os trinta anos ou mais em que governou a diocese, trabalhou arduamente para difundir a fé católica, impor a disciplina e regular os jejuns e festas a serem observados em sua sé. Entre outras provisões, um terceiro dia de jejum – provavelmente segunda-feira – deveria ser observado semanalmente desde a festa de São Vlartin até o dia de Natal. Isso é interessante por mostrar a antiguidade da observância do Advento. São Gregório de Tours, escrevendo cento e vinte anos depois, diz que esses regulamentos ainda eram mantidos em seu tempo. São Perpetuus tinha uma grande veneração por São Martinho de Tours , em cuja honra ele ampliou ou reconstruiu a basílica que leva seu nome. Como a igreja que São Britius tinha erguido sobre o túmulo de São Martinho era muito pequena para acomodar a multidão de peregrinos, o bispo fez com que suas relíquias fossem traduzidas com grande solenidade para o novo edifício em sua consagração por volta do ano 491 que levou quase vinte e dois anos para ser construído.

Diz-se que a morte do santo foi acelerada pela dor das invasões dos godos e da disseminação do arianismo. Cerca de quatorze ou quinze anos antes, ele teria feito um testamento, ainda existente, que, se genuíno, seria de considerável interesse. Nela, ele professa perdoar todas as dívidas que lhe são devidas e então liberta seus servos, tendo legado à sua igreja sua biblioteca, além de várias fazendas, e estabelecido um fideicomisso para a manutenção de lâmpadas e a compra de vasos sagrados, declara os pobres seus herdeiros. Começa: “Em nome de Jesus Cristo, amém. Eu, Perpétuo, um pecador, sacerdote da igreja de Tours, não partiria sem uma última vontade e testamento para que os pobres não fossem enganados … minha alegria, pobres de Cristo, necessitados, mendigos, doentes, viúvas e órfãos, a vós nomeio e faço meus herdeiros. De tudo o que possuo, exceto as coisas especialmente atribuídas acima, dos meus campos, pastagens, bosques, vinhas, casas, jardins, águas, moinhos, do meu ouro, prata e vestes vos constituo meus herdeiros.” À sua irmã Fidia Julia Perpetua ele deixa uma pequena cruz de ouro com relíquias,

 É lamentável ter que acrescentar que este documento, aceito como genuíno por d’Achéry, por Hensehenius na Acta Sanctorum, por Alban Butler, e mesmo pelo Dicionário de Biografia Cristã em 1887, é uma fabricação vergonhosa perpetrada por Jerome Vignier em o século XVII. Pode servir apenas para ilustrar a necessidade de um exame rigidamente crítico de nossas fontes hagiográficas em todos os períodos da história.

Para a vida de Perpetuus ver o Acta Sanctorum, abril, vol. eu ; e cf. a Analecta  Bollandiana , vol. xxxviii (1920), pp. 121-128, com Duchesne, Fastes Episcopaux , vol. ii, pp. 300-301. No suposto consultará Havet,Bliothêque de l’Ecole des Chartes,  vol. xlvi (1885), pp. 207-224. O epitáfio, que também recebeu reconhecimento imerecido, é igualmente uma falsificação.
RESUMO:

Perpetuus de Tours B (RM) Morreu em 30 de dezembro de 490, ou 8 de abril de 491. Perpetuus, nascido de uma família senatorial, tornou-se bispo de Tours c. 460. Ele dedicou os rendimentos de suas propriedades ao socorro dos necessitados. Os pobres, está registrado, foram seus herdeiros (embora aparentemente este testamento tenha sido uma falsificação do século XVII): deixou-lhes pastagens, bosques, vinhas, casas, jardins, moinhos de água, ouro, prata e suas roupas.
Ele também venerava seu grande predecessor São Martinho, o soldado que havia cortado seu manto em dois e dado metade a um mendigo. Martinho foi enterrado em uma basílica em Tours e Perpetuus reconstruiu e ampliou este belo edifício para abrigar os inúmeros peregrinos que acorreram ao seu túmulo.
Cento e vinte anos depois, São Gregório de Tours menciona que Perpétuo decretou que todas as pessoas em sua diocese deveriam jejuar às quartas e sextas-feiras, exceto em algumas festas da igreja. Ele também declarou várias segundas-feiras no ano cristão como jejuns, particularmente no tempo que se tornou o Advento. Tão grande foi a influência de Perptuus que esses jejuns ainda estavam sendo observados na diocese de Tours mais de um século após sua morte. E tão poderosa era a sua memória que, 13 séculos após a sua morte, alguns falsários desconhecidos redigiram um testamento falso para o santo, declarando: “Vós, meus caríssimos irmãos, minha coroa, minha alegria, isto é, pobres de Cristo, necessitados, mendigos, doentes, viúvas e órfãos, eu nomeio e decreto para ser meus herdeiros”. 

Na arte, São Perpétuo é um bispo que dirige a construção de uma igreja. Às vezes, os doentes podem ser mostrados sendo curados em seu túmulo ou enquanto suas relíquias são transportadas em procissão (Roeder)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril08.html#494_St._Perpetuus_Bishop_of_Rours

13. São Redento, Bispo e Confessor. Ver páginas 197-198: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

14. São Galtério de Pontoise, Abade e Confessor. Conforme o Martirológio Romano-Monástico: São Gaudério, abade de Saint-Martin de Pontoise. Nomeado superior contra sua vontade, aplicou em seu mosteiro os princípios da reforma religiosa proposta por Gregório VII para a Igreja inteira. Entrou no paraíso na sexta-feira santa de 1099 (X).

Ver páginas 199-203: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– São Válter de Pontoise, também na Folhinha do Coração de Jesus (DE 08 DE ABRIL)

– VER 23 DE MARÇO: Em Pon­toise, perto de Paris, na França, São Gualter, pri­meiro abade do mos­teiro desta lo­ca­li­dade, que, re­nun­ci­ando à sua in­cli­nação para a vida so­li­tária, en­sinou aos monges com o seu exemplo a ob­ser­vância re­gular e com­bateu os cos­tumes si­mo­níacos no clero. († 1095)

– Ver “São Walter de Pontoise ( francês : Saint Gautier, Gaultier, Gaucher ; c.  1030 – c.  1099 ) foi um santo francês do século XI. Nascido em Andainville , [3] foi professor de filosofia e retórica antes de se tornar monge beneditino em Rebais (diocese de Meaux ). Uma história que conta a seu respeito é que, quando era novato, Walter teve pena de um prisioneiro na prisão do mosteiro e ajudou o prisioneiro a escapar. [2]”: https://en.wikipedia.org/wiki/Walter_of_Pontoise

15. No Martirológio Romano de 09 de abril (VER 09 DE ABRIL), também em Ale­xan­dria, Santo Edésio, irmão de Santo An­fiano, que, no tempo do im­pe­rador Ma­xi­mino, cen­surou aber­ta­mente o juiz por en­tregar ao le­no­cínio as vir­gens con­sa­gradas a Deus, e por isso foi preso e tor­tu­rado pelos sol­dados e lan­çado ao mar, mor­rendo por Cristo Nosso Senhor. († 306).  Em Alexandria, neste mesmo dia (08 DE ABRIL), Santo Edésio (também na Folhinha do Coração de Jesus) mártir, quando do imperador Maximiano Galero. Quando tentava reprimir um ato indigno de um juiz ímpio, repreendendo-o por condenar à prostituição virgens consagradas a Deus, foi preso por soldados, Ievado a cruéis suplícios e atirado ao mar pela fé no Senhor Jesus, no ano de 306.

Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 08 de abril, no ano do Senhor de 306, a paixão de Santo Edésio. Versado nas ciências profanas assim como nas sagradas, reagiu com energia quando soube das sevícias exercidas pelo governador de Alexandria contra as virgens cristãs. Sua corajosa intervenção foi recompensada com a palma do martírio. (M).

Ver página 213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

16. Santa Constantina ou Constança. Ver “Constantina (325 — 354), mais tarde conhecida como Santa Constantina ou Santa Constança, foi a filha mais velha do imperador romano Constantino e de sua segunda esposa Fausta, filha do imperador Maximiano. Recebeu o título de Augusta por seu pai, e é venerada como uma santa, tendo desenvolvido uma lenda medieval em desacordo com o que é conhecido da personagem real.[1]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Constantina_(filha_de_Constantino)

17. Outras Santas e Santos do dia 08 de abril: págs. 184-213 (vol.6): VIDAS DOS SANTOS – 6.pdf (obrascatolicas.com)

Obs. Às vezes entra com o Edge, mas mais com  Google chrome,.

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 08 de abril, ver também: 8 de abril – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 312-313: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril08.html

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio)

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein:Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

* 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

* 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

* 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

* 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

 Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias.

Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano). 

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:

  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*          27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.