Santas e Santos de 16 de abril

1. Em Ne­vers, no Martirológio Romano de 16 de abril), também na França, SANTA MARIA BER­NARDA (BER­NA­DETE) SOU­BI­ROUS (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que nasceu de uma fa­mília muito pobre na po­vo­ação de Lourdes e, sendo ainda de tenra idade, ex­pe­ri­mentou a pre­sença da Virgem Santa Maria Ima­cu­lada e de­pois, to­mando o há­bito re­li­gioso, levou no con­vento uma vida oculta e humilde. († 1879)

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 18 de fevereiro, Santa Bernadette Soubirous, virgem, que foi agraciada com dez aparições da Virgem Maria. Depois destes acontecimentos, entrou para a Congregação das Irmãs da Caridade e da Instrução Cristã de Nevers, onde só esperava permanecer escondida, vivendo integralmente segundo a mensagem que recebera em Lourdes. Após grandes sofrimentos, obteve, em 1879, a felicidade que Nossa Senhora lhe havia prometido. (F).

– Ver: Marie-Bernard Soubirous ou Maria Bernarda Sobeirons em occitano (Lourdes7 de Janeiro de 1844 — Nevers16 de Abril de 1879) foi uma religiosa francesacanonizada pela Igreja. É conhecida por ter sido a menina a quem a Virgem Maria teria aparecido em Lourdes, na França CANONIZAÇÃO: em 8 de Dezembro de 1933, festa da Imaculada Conceição, Bernadette foi canonizada como Santa Bernadette de Lourdes, pelo Papa Pio XI, depois de terem sido reconhecidas pela Santa Sé as virtudes pessoais e curas milagrosas a ela atribuídas após a morte. Sua festa litúrgica é celebrada na Igreja Católica no dia 16 de abril. Na França, é celebrada no dia 18 de fevereiro. A ela tem sido atribuídos vários milagres. Em 1983, o Papa João Paulo II esteve em Lourdes em peregrinação, e ali retornou em agosto de 2004.

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Bernadette_Soubirous

– Ver: páginas 371-401: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver “… Também conhecida como Bernarda, Bernardeta, Bernardette Soubirous, Bernardette, Maria Bernadete, Maria Bernarde, Santa Adormecida de Nevers

Memorial

Perfil

A mais velha dos seis filhos de François e Louise Casterot, e cresceu muito pobre . Contratada como serva dos 12 aos 14 anos. Pastora . Em 11 de fevereiro de 1858 , por volta da época de sua primeira comunhão , ela recebeu uma visão da Virgem ; seu próprio relato está na seção Leituras abaixo. Ela recebeu mais dezessete nos próximos cinco meses, e foi conduzida a uma fonte de águas curativas. Mudou-se para uma casa com as Irmãs de Nevers em Lourdes , onde viveu, trabalhou e aprendeu a ler e escrever. As irmãs cuidavam dos doentesindigente , e aos 22 anos eles admitiram Bernadette em sua ordem, já que ela era as duas coisas. Sempre doente , e muitas vezes maltratada por seus superiores, ela morreu com uma oração pela ajuda de Maria . Desde as aparições de Maria à jovem Bernadette em 1858 , mais de 200 milhões de pessoas visitaram o santuário de Lourdes .

Nascer

Faleceu

  • 16 de abril de 1879 , Nevers, Nièvre, França de causas naturais
  • corpo incorrupto
  • as irmãs cobriram o corpo com cera, e está exposto em Nevers

Venerado

Beatificado

Canonizado

Significado do nome

  • corajoso como um urso

Patrocínio

Vitrine

informação adicional

Ver em 11 de fevereiro NOSSA SENHORA DE LURDES.

2.   Em Co­rinto, ci­dade da Acaia, ac­tu­al­mente na Grécia, os santos már­tires Leó­nidas e sete com­pa­nheiros, que, de­pois de su­por­tarem vá­rios su­plí­cios, foram afo­gados no mar. São estes os seus nomes: Ca­rissa, Ga­lina, Te­o­dora, Nice, Nu­nécia, Cális, BasilissaNo Martirológio Romano-Monástico, em Corinto, no séc. III, os Santos Calixto (também na Folhinha do Coração de Jesus) e Carísio, juntamente com sete companheiros, que foram surpreendidos dentro de uma Igreja no dia da Páscoa e por isso foram atirados ao mar (M). († s. III/IV)

3.   Em Sa­ra­goça, na His­pânia Tar­ra­co­nense, a co­me­mo­ração dos santos Op­tato e de­zas­sete com­pa­nheiros már­tires, que, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, foram tor­tu­rados e mortos; o seu ilustre mar­tírio foi ce­le­brado em po­emas de Prudêncio.  São estes os seus nomes: Lu­perco, Su­cesso, Mar­cial, Ur­bano, Júlia (Júlia e Marçal também na Folhinha do Coração de Jesus), Quin­ti­liano, Pú­blio, Frontão, Félix, Ce­ci­liano, Evódio, Pri­mi­tivo, Apo­démio e ou­tros quatro cha­mados Saturnino. († s. IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no começo do séc. IV, o martírio dos Dezoito Cristãos de Saragoça, que morreram por ocasião de uma execução em massa desencadeada durante a perseguição de Diocleciano. (M). Ver também “OS DEZOITO MÁRTIRES DE SARAGOÇA” às páginas 402-403: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

4.   Na mesma ci­dade de Sa­ra­goça, a co­me­mo­ração de Santa En­grácia, virgem e mártir, que, du­ra­mente tor­tu­rada, so­bre­viveu a todos os su­plí­cios, per­ma­ne­cendo du­rante algum tempo em seus mem­bros os si­nais das suas chagas. († s. IV). Ver páginas 404-405: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver também “Santa Engrácia (em castelhano: Santa Engracia) (Bracara Augustaca. 285[1][2] – César Augustaca. 303[2] ou 305[1]) é venerada como virgem mártir e como santa na Igreja Católica e na Igreja Ortodoxa. Segundo a tradição, foi martirizada com mais dezoito companheiros seus no ano de 303[3][2]. Partilha o nome próprio, o trágico destino e provavelmente a mesma cidade natal com Engrácia de Braga, personalidade que viveu séculos mais tarde.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Engr%C3%A1cia_de_Sarago%C3%A7a

5.   Também em Sa­ra­goça, a co­me­mo­ração dos santos Caio e Cre­mêncio, que na mesma per­se­guição ven­ceram as tor­turas, per­se­ve­rando na fé de Cristo. († s. IV)

– Ver “… 04 Caius e Crementius Mártires em Saragoça morreram em um segundo surto de perseguição naquele mesmo ano MM (RM).

  Na mesma cidade, os santos Caio e Crementius, que duas vezes confessaram a fé em Cristo, e nela perseveraram, beberam do cálice do martírio.Espanha, na perseguição sob Diocleciano, mas não são contados entre os 18 Mártires de Saragoça porque morreram em um segundo surto de perseguição naquele mesmo ano (Benedictines)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril16.html#304_Caius_and_Crementius_Martyrs_at

6.   Em As­torga, no reino dos Su­evos, também na His­pânia, São Tu­ríbio, bispo, que, por man­dato do papa São Leão Magno, com­bateu for­te­mente a seita dos pris­ci­li­a­nistas (O priscilianismo foi doutrina cristã pregada por Prisciliano, no século IV, com base nos ideais de austeridade e pobreza. Desenvolvida na Península Ibérica, derivado de doutrinas gnóstico-maniqueísta ensinadas por Marcus, um egípcio de Mênfis, e, mais tarde considerado uma heresia pela Igreja Ortodoxa. Wikipédia) que pro­gredia na Hispânia. († s. V)

– Ver “… 450 ST TURÍBIO, Bispo DE ASTORGA
São Turíbio tornou-se bispo de Astorga quando os erros dos priscilianistas foram ganhando muitos adeptos em várias partes da Espanha. Baseada em escritos apostólicos forjados, essa heresia era uma forma sutil de maniqueísmo que parece ter atraído tanto leigos quanto clérigos: até mesmo Dictinus, o bispo anterior de Astorga, teria defendido seus ensinamentos. São Turíbio, por outro lado, apresentou-se como um defensor intransigente da fé católica. Ele não apenas expôs e denunciou com ousadia as novas doutrinas, mas também agiu fortemente contra os líderes do movimento. Ele então pediu apoio ao Papa São Leão Magno, a quem enviou um relatório das medidas que estava a adoptar. Leão, em resposta, escreveu uma longa epístola na qual condenava categoricamente os princípios dos priscilianistas. Principalmente como resultado dos esforços de São Turíbio, assim apoiado pela autoridade de Roma, a propagação desta heresia foi travada, e o bispo pôde dedicar suas energias à aplicação da disciplina entre seu clero e à reforma da moral entre seu povo. Sua morte ocorreu por volta do ano 450.
Um relato de São Turíbio é dado no Acta Sanctorum, abril, vol. ii; mas veja mais especialmente o breve ensaio do Pe. V. De Buck na Acta Sanctorum, outubro, vol. xiii, pp. 226-230.   Existem três santos espanhóis chamados Turibius, e muita confusão entre eles cf. Analecta Bollandiana, vol. lix (1941), pp. 34-37.

Bispo de Astorga, Espanha, mais conhecido por ter sido opositor do herético Priscilianista que praticamente acabou com a heresia na Espanha. Ele apoiou o Papa São Leão I o Grande e foi um disciplinador severo.
Turibius de Astorga B (RM) O bispo Turibius de Astorga, Espanha, defendeu a doutrina católica contra os priscilianistas e promoveu a disciplina eclesiástica.  Seus esforços contra o Priscilianismo foram anunciados em uma carta endereçada a ele pelo Papa São Leão, o Grande (Benedictines, Husenbeth)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril16.html#460_St._Turibius_of_Astorga_Bishop_stern

7.   Em Braga, na Ga­lécia, hoje em Por­tugal, São Fru­tuoso, bispo. A sua me­mória ce­lebra-se em Por­tugal no dia cinco de De­zembro, jun­ta­mente com a dos bispos São Mar­tinho de Dume e São Geraldo. († c. 665).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 665, São Frutuoso. Antes de tornar-se bispo de Braga, em Portugal, transformou a Galícia em uma verdadeira Tebaida, por sua influência pessoal e pela difusão das regras monásticas. (M).

Ver páginas 366-370: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf  

– Ver também “Frutuoso de Braga ou Frutuoso de Dume (em latimFructuosus) foi um monge e bispo godo do século VII, venerado como santo.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Frutuoso_de_Braga

8*.   Na Es­cócia, São Magno, mártir, que era prín­cipe das ilhas Ór­cades, quando abraçou a fé cristã; afas­tado pelo rei da No­ruega por ter re­cla­mado contra a ar­ro­gância do seu povo e cha­mado do­lo­sa­mente a com­pa­recer para firmar um acordo de paz com o seu ad­ver­sário no prin­ci­pado, apre­sentou-se sem armas e foi assassinado. († 1116)

9.   Em Se­bourg, no Hai­naut, ac­tu­al­mente na França, São Drogão, que, as­pi­rando a uma vida sim­ples e so­li­tária, se fez pastor e pe­re­grino pelo Se­nhor e ter­minou o curso dos seus dias re­cluso numa pe­quena cela. († c. 1186).

São Druon ou Drogo, padroeiro dos pastores. Ver páginas 418-420: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver também “São Drogo de Sebourg (14 de Março de 1105 – 16 de abril de 1186), também conhecido como Dreux, Drugo, e Druron, é um santo francês. Ele nasceu em ÉpinoyFlandres,[1] e morreu em Sebourg, França. Seu dia de festa é no dia 16 de abril.[2]”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Drogo

10*.   Em Bróni, perto de Pavia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, a co­me­mo­ração de São Con­tardo, pe­re­grino, que de­cidiu viver em ex­trema po­breza e morreu atin­gido por uma en­fer­mi­dade quando ia a ca­minho de Compostela. († 1249)

11*.   Em Sena, na Etrúria, o Beato Jo­a­quim, re­li­gioso da Ordem dos Servos de Maria, que se dis­tin­guiu pela sua sin­gular de­voção à San­tís­sima Virgem e cum­priu a lei de Cristo, to­mando sobre si o en­cargo dos pobres. († 1305). Ver “Bem-aventurado Joaquim de Sena” também páginas 411-412: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

12.   Em Roma, São Bento José Labre, que, as­pi­rando desde a ado­les­cência a uma vida de ás­pera pe­ni­tência, fez ár­duas pe­re­gri­na­ções a cé­le­bres san­tuá­rios, co­berto com uma veste rude e es­far­ra­pada, ali­men­tando-se apenas com o ali­mento que re­cebia em es­mola e dando exemplo de pi­e­dade e pe­ni­tência por toda a parte onde pas­sava; re­gressou fi­nal­mente a Roma, onde se con­sa­grou a uma vida de oração e su­prema pobreza. († 1783).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1783, São Bento José Labre. Por não poder entregar-se a nenhum tipo de vida religiosa regular, este cristão francês, originário de Amettes, perto de Boulogne-sur-Mer, viveu como um simples peregrino no despojamento e na oração contínua. Morreu ao final de uma peregrinação que havia feito até Roma. (M). Ver páginas 406-410: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver também “Benedito (ou BentoJosé Labre nasceu em AmettesFrança, em 25 de maio de 1748. Era o primogênito de uma família camponesa, teve 15 irmãos. Foi chamado de “Vagabundo de Deus” ou ainda “O Cigano de Cristo”.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Benedito_Jos%C3%A9_Labre

13*.   Em Avrillé, junto de An­gers, na França, os be­atos már­tires Pedro De­lé­pine, João Me­nard e vinte e quatro companheiras, quase todos agri­cul­tores, que du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa foram fu­zi­lados em ódio à fé cristã. São estes os seus nomes: Re­nata Bour­geais, Joana Gourdon, Maria Gin­gue­neau, Fran­cisca Mi­cho­neau, Joana Onillon, Re­nata Sé­chet, Maria Roger, Fran­cisca Suhard, Joana Tomás, viúvas; Ma­da­lena Cady, Maria Piou, Pe­trina Re­nata Pot­tier, Re­nata Ri­gault, Joana Maria Leduc, Ma­da­lena Sallé, es­posas; Maria Ge­no­veva e Marta Pou­lain de la Fo­res­trie, Pe­trina Bou­ri­gault, Maria Fo­res­tier, Maria Lar­deux, Pe­trina Lau­rent, Ana Mau­grain, Mar­ga­rida Robin, Maria Rochard. († 1794)

14. São Paterno de Avranches, Bispo e Confessor. Conforme o Martirológio Romano-Monástico (de 16 de abril), no séc. VI, São Paterno, bispo de Avranches. Inicialmente monge da diocese de Poitiers, procurou um eremitério em Scicy, perto de Coutances, de onde sua irradiação atraiu uma multidão de seguidores. Segundo palavras de amigos historiadores, “não se via o monarquismo chegar a tamanha fecundidade desde os tempos de São Martinho (M).

– Ver “São Paterno de Avranches” páginas 413-417: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver DIA 15 DE ABRIL: Em Scissy, no ter­ri­tório de Cou­tances da Gália, na ac­tual França, o se­pul­ta­mento de São Pa­terno, bispo de Avran­ches, que fundou muitos mos­teiros e, eleito já sep­tu­a­ge­nário para a sede epis­copal, fi­nal­mente, com grande con­ten­ta­mento en­tregou a sua alma a Deus no mos­teiro deste lugar. († c. 565). Ver páginas 363-364: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

15. Outras Santas e Santos do dia 16 de abril: págs. 366-421 (vol.6): VIDAS DOS SANTOS – 6.pdf (obrascatolicas.com)

Obs. Às vezes entra com o Edge, mas mais com  Google chrome,.

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 16 de abril, ver também: 16 de abril – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 329-332: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://catholicsaints.info/16-april/
  8. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayApril16.html

(este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

  * “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira:

Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento” (referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão, ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (ou provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

* 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein:Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

* 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas?
“Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.
“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa infelicidade seria indizível e sem limites.
“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.
“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor.

“Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

* 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

* 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém!São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

* 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo….”

(conf. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_the_Scholastic_Bishop)

================

* 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

 Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias.

Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano). 

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:

  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

* 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*          27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES. Santo Abraão, rogue por nós! Amém!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor

e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós, Maria depositou a sua confiança;

convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós

e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. 

Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano-de-sao-jose/ >)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS!

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:

1. Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;

2. Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;

3. Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);

4. Um dia vamos estar juntos;

5. Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

================

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.