Santas e Santos de 31 de agosto

DESTAQUE DE 31 DE AGOSTO: SÃO RAIMUNDO NONATO

(foi para Deus aos 36 anos. Ver abaixo: nº 5)

1.   Em Je­ru­salém, co­me­mo­ração dos santos José de Arimateia e Ni­co­demos, que aco­lheram o corpo de Jesus des­cido da cruz, o en­vol­veram num lençol e co­lo­caram no se­pulcro. José, nobre de­cu­rião e dis­cí­pulo do Se­nhor, es­pe­rava o reino de Deus; Ni­co­demos, fa­riseu e prín­cipe dos Ju­deus, viera de noite ter com Jesus para co­nhecer a sua missão e, pe­rante os sumos sa­cer­dotes e os fa­ri­seus que que­riam prender Jesus, de­fendeu a sua causa.

– Ver SÃO JOSÉ DE ARIMATÉIA

Também conhecido como

  • José de Glastonbury

Memorial

Perfil

Rico proprietário israelita de minas de estanho na Cornualha . Pode ter sido parente de Jesus, e certamente foi discípulo e estudante. Ele é o nobre conselheiro mencionado no Evangelho de Marcos . Providenciou o túmulo para Cristo e, com a ajuda de São Nicodemos , enterrou Jesus. A tradição diz que ele trouxe a Fé e o Santo Graal para a Inglaterra . Quando ele plantou seu cajado de viajante em Glastonbury, ele se enraizou e se tornou um espinheiro que florescia a cada dia de Natal .

Nascer

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Oração

Deus misericordioso, cujo servo José de Arimatéia, com reverência e piedoso temor, preparou o corpo de nosso Senhor e Salvador para o sepultamento e o depositou em seu próprio túmulo: Conceda a nós, seu povo fiel, graça e coragem para amar e servir a Jesus com devoção sincera todos os dias de nossa vida; por Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo , um só Deus, pelos séculos dos séculos.

Representação

  • homem muito velho carregando um pote de pomada
  • homem muito velho carregando um cajado florido
  • homem muito velho carregando um par de galhetas de altar
  • pessoal florido

informação adicional

Citação MLA

– Ver SÃO NICODEMOS:

Memorial

Perfil

Membro do Sinédrio em Israel durante a vida de Jesus. Ele era um discípulo secreto de Cristo, encontrando-se com ele à noite para evitar a ira dos outros membros do Sinédrio , e eventualmente falou àquele corpo para lembrá-los de que Jesus tinha o direito de ser ouvido. Com São José de Arimatéia preparou o corpo de Jesus e o colocou no sepulcro. Havia um “evangelho” apócrifo que supostamente foi escrito por ele; às vezes é intitulado Atos de Pilatos . A tradição diz que ele foi um mártir , embora nenhum detalhe tenha sobrevivido.

Morreu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

2.   Em Atenas, na Grécia, Santo Aris­tides (também na Folhinha do Coração de Jesus), fi­ló­sofo, ilus­trís­simo pela sua fé e sa­be­doria, que es­creveu e apre­sentou ao im­pe­rador Adriano al­guns dos seus li­vros sobre a re­li­gião cristã. († c. 150).

–  Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Atenas, no séc. II, Santo Aristides. Segundo a crônica de Eusébio, era filósofo pagão quando se converteu. Dirigiu então ao imperador uma apologia, onde ressalta a novidade da religião de Cristo, mensagem de esperança e de amor. (M).

– Ver “… Aristides de Atenas (ou Aristides, o atenienseSanto Aristides ou Marcianus Aristides) foi um autor cristão grego do século II dC que é primordialmente conhecido por sua obra Apologia de Aristides”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Aristides_de_Atenas

3.   Em Tré­veris, na Gália Bél­gica, ac­tu­al­mente na Ale­manha, São Pau­lino, bispo e mártir, que no tempo da he­resia ariana foi um ver­da­deiro arauto da ver­dade e, no Sí­nodo de Arles, con­vo­cado pelo im­pe­rador Cons­tâncio, não se deixou de­mover, nem com ame­aças nem com adu­la­ções para con­denar Santo Ata­násio e afastar-se da ver­da­deira fé; por isso foi des­ter­rado para a Frígia, na ho­di­erna Tur­quia, onde, de­pois de cinco anos de exílio, con­sumou o martírio. († 358).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 358, São Paulino, bispo de Treves. Defensor intrépido da fé de Nicéia e fiel partidário de Santo Atanásio, foi por isso exilado na Ásia Menor. Vários padres fizeram elogio de sua firmeza na fé. (M)

4.   Em Lin­dis­farne, na Nor­túm­bria, na ac­tual In­gla­terra, Santo Ai­dano, bispo e abade, homem de in­signe man­sidão, pi­e­dade e justo go­verno, que, cha­mado pelo rei Os­valdo, veio do mos­teiro de Iona para esta ci­dade, onde cons­truiu a sede epis­copal e um mos­teiro, para fo­mentar efi­caz­mente a evan­ge­li­zação deste reino. († 651).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 651, a volta para Deus de Santo Aidano, monge de Iona. Chamado para evangelizar a Inglaterra e a Escócia, foi o primeiro bispo de Lindsfarne. (M).

– Ver: “Edano ou Adão de Lisdisfarne (em latimAedanus), conhecido como o Apóstolo da Nortúmbria (Connacht, ? – BamburgoNortúmbria31 de agosto de 651), foi o fundador e primeiro bispo do mosteiro na ilha de Lindisfarne, na Inglaterra. Como missionário cristão, é creditado a a ele a restauração da cristianismo naquela região. Em 2008, ele foi proposto como o provável santo padroeiro do Reino Unidohttps://pt.wikipedia.org/wiki/Edano_de_Lindisfarne

5.   Em Car­dona, po­vo­ação da Ca­ta­lunha, na Es­panha, São Rai­mundo No­nato (também na Folhinha do Coração de Jesus), que foi um dos pri­meiros com­pa­nheiros de São Pedro No­lasco na Ordem de Nossa Se­nhora das Mercês; conta-se que so­freu muito pelo nome de Cristo para a re­denção dos cativos. († c. 1240).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, o sepultamento de São Raimundo Nonato, religioso da Ordem das Mercês, que se ofereceu como refém para obter a libertação de um prisioneiro, e se consagrou à evangelização de seus companheiros de infortúnio. Libertado depois de ter sido torturado, foi nomeado cardeal, e morreu, mais tarde, em Barcelona, no ano de 1240. (M).

– Ver páginas 350-354: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “Raimundo recebeu a alcunha de Nonato (“não nascido”) porque foi extraído do ventre de sua mãe, já morta antes de dar-lhe à luz, ou seja, não nasceu de uma mãe viva, mas foi retirado de seu útero, algo raríssimo à época. Por isso é festejado, no dia 31 de agosto, como o patrono das parteiras e obstetrasSão Raimundo Nonato é um santo católico romano que viveu no século XIII e se rebelou contra a escravidão, que na época era tida como natural”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Raimundo_Nonato

– Ver SÃO RAIMUNDO NONATO

Também conhecido como

  • Raymund Nonatus
  • Raimundo Nonato

Memorial

Perfil

Nascido na nobreza espanhola . Bem educado , seu pai planejou uma carreira para Raymond na corte real de Aragão (parte da Espanha moderna ). Quando Raymond se sentiu atraído pela vida religiosa , seu pai ordenou que ele administrasse uma das fazendas da família . No entanto, Raymond passou seu tempo com os pastores e trabalhadores , estudando e orando até que seu pai desistiu da ideia de fazer de seu filho um sucesso mundano.

Sacerdote mercedário , recebendo o hábito de São Pedro Nolasco , fundador da ordem. Mestre-general da Ordem Mercedária . Passou toda a sua propriedade resgatando cristãos de captores muçulmanos, depois se rendeu como refém para libertar outro. Condenado à morte por empalamento, ele foi poupado por causa de seu grande valor de resgate. Preso e torturado , ainda conseguiu 

converter alguns de seus guardas. Para impedi-lo de pregar a , seus captores abriram um buraco em seus lábios com um ferro quente e um cadeado preso. Raymund acabou sendo resgatado, retornando a Barcelona , ​​Espanha , em 1239 .

Criado cardeal pelo Papa Gregório IX , Raimundo continuou a viver como monge mendicante . Ele morreu a caminho de Roma para responder a uma convocação papal .

Nascer

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Citação MLA

– Ver: Vidas curtas dos Santos: São Raimundo, confessor

“…Trabalhar já é bom,
  Melhor ainda é orar;
O melhor – amar teu Deus,
  E nem uma palavra a dizer.

    – do alemão de Angelus Silesius

Prática favorita – Pregar o amor de Cristo pelo nosso silêncio, bem como pelo nosso discurso….”

{ Angelus Silesius: https://pt.wikipedia.org/wiki/Angelus_Silesius }

6*.   No ermo de Val­lú­cola, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato André de Borgo Sansepolcro, pres­bí­tero da Ordem dos Servos de Maria, in­signe pela sua aus­te­ri­dade e vida contemplativa. († 1315).

– Ver Bem-Aventurado André Dotti, servita, páginas 355-356: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

.

7*.   Em Al­meria, na Es­panha, os be­atos Ed­mígio (Isi­doro Primo Ro­drí­guez), Amálio (Justo Za­ri­quiégui Men­doza) e Va­lério Ber­nardo (Mar­ciano Her­rero Mar­tínez), da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e már­tires, que, du­rante a per­se­guição re­li­giosa, foram mortos em ódio à fé cristã. († 1936)

8♦.   Em Má­laga, também na Es­panha, os be­atos már­tires Hen­rique Vi­daur­reta Palma, pres­bí­tero da di­o­cese de Má­laga, Félix Paco Escartin, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana e Tomás Alonso Sanjuán, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que na mesma per­se­guição contra a fé cristã deram a vida por Cristo. († 1936)

9♦.   Em Sama de Lan­greo, ci­dade das As­tú­rias, também na Es­panha, os be­atos már­tires Isidro Ordoñes Díez, José Maria Pa­lácio Montes e Mi­guel Me­néndez Garcia, pres­bí­teros da Ordem dos Pre­ga­dores e Cris­tóvão Itur­riaga-Eche­varria Irazola e Pedro Vega Ponce, re­li­gi­osos da mesma Ordem, as­sas­si­nados em ódio à fé cristã. († 1936).

10♦.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, a Beata Jo­se­fina Sau­leda Paulís (Bo­a­ven­tura Sau­leda Paulís), virgem da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, du­rante a per­se­guição re­li­giosa, foi as­sas­si­nadas por causa da sua fi­de­li­dade a Cristo Esposo. († 1936)

11♦. Também em Bar­ce­lona, o Beato Pedro Tarrés Claret, presbítero. († 1950)

12. Santo Amado (também na Folhinha do Coração de Jesus)

– Ver também “… Amatus of Nusco, OSB B (RM) Nasceu em Nusco, Itália; morreu em 1093 ou 1193. Há pistas conflitantes sobre a data da morte de Santo Amatus. Parece certo que ele era um padre e um monge beneditino em Fontigliano ou Montevergine, e então bispo de Nusco. Ele teria vivido até os 90 anos (Beneditinos, Enciclopédia) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust31.html

13. São Domingos de Val. “São Domingos de Val ou del Val (Dominguito em Inglês e Espanhol e Domenico em Italiano) é uma figura lendária medieval de SaragoçaEspanha.”.

– Ver “… São Domingos de Val ou del Val (Dominguito em castelhano e inglês; Domenico em italiano) é uma figura lendária medieval de SaragoçaEspanha.[1][2]

Segundo a lenda, teria sido um infante do coro da Catedral do Salvador de Saragoça, vítima de um assassinato ritual no dia 31 de agosto de 1250 supostamente feito por judeus.[3][4] As evidências acerca de sua história são incertas, além das lendas criadas em torno dele.

São Domingos não é mais incluído no novo calendário litúrgico católico romano oficial, embora a capela dedicada a ele na Catedral de Saragoça ainda exista…”:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Domingos_de_Val

14. São Vala (ou Valadão). Ver “… Vala ou Valacão (em latimValacho[1]), nascido cerca de 772 e morto na abadia de Bobbio a 31 de agosto de 836, foi um clérigo, membro da família dos Carolíngios, primo de carlos magno. Era filho do conde Bernardo (filho de Carlos Martel), e de sua segunda esposa, uma Saxã, cuja história não reteve o nome (pode ser Gundelindis de Autun)[2]; é meio-irmão deAdelardo de Corbie”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vala_(Carol%C3%ADngio)

15. São Valdevo da Nortúmbria. Ver “…Valdevo, 1.º Conde da Honra de Huntingdon e Northampton (em latimWaldevus; em inglêsWaltheof/Waldef; 1050 – 31 de maio de 1076) foi o último dos condes anglo-saxões e o único aristocrata inglês a ser executado durante o reinado de Guilherme I de Inglaterra”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Valdevo_da_Nort%C3%BAmbria

16. VER SANTAS E SANTOS DE 31 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Aidan de Lindisfarne Ammi de Cesareia André Dotti Aristides, o Filósofo Barboleno de Bobbio Cesídio Cuthburgh de Wimborne Cwenburgh de Wimborne Cipriano de Cartago José de Arimatéia Marco de Milão Nicodemos Optatus de Auxerre Paulino de Trier Pere Tarrés i Claret Raymond Nonatus Robustiano de Milão Rufina de Cesareia Teódoto de Cesareia — Mártires de Praga – 64 beatiMartirizado na Guerra Civil Espanhola Mártires de Pozo de la Lagarta – 18 beati Antonio Torres Garcia Bernardo Cembranos Nistal Dionísio Ulivarri Barajuán Enrique Vidaurreta Palma Félix Paco Escartín Fernando Grund Jiménez Germán Martín e Martín Isidoro Primo Rodríguez Isidro Ordóñez Díez Joan Blanch Badia José Maria Palácio Montes José Vargas Nevado Justo Zariquiegui Mendoza Marciano Herrero Martínez Miguel Menéndez Garcia Rafael Martínez Navarro Tomás Alonso Sanjuán Tomás Morales e Morales Ventureta Sauleda Paulís — Ágil de Orleães Comeed Maccu Baird Enswida de Folkestone Evergislus de Meaux Martin Gotsfrucht Maurício de Fossombrone Wala de Corbie Waldef de Croyland
todos esses memoriais em uma única página

17. Outras santas e santos do dia 31 de agosto: págs. 350-359, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 31 de agosto, ver ainda: 31 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 685-686: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. MÁRTIRES DE GRUPO: http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm
  11. SANTOS CATÓLICOS: https://catholicsaints.info/31-august/   
  12. SANTOS DO DIA: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust31.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia e outros em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

* 27 DE AGOSTO: SÃO PEMEN / PASTOR / POEMAS

               À questão de saber se é melhor falar ou calar, o Ancião disse:
Quem fala por Deus, faz bem, e quem cala por Deus, também faz bem.”
Ele também disse: “Se o homem parece estar em silêncio, mas seu coração condena os outros, então ele está sempre falando. Pode haver um homem que fala o dia todo, mas na verdade ele fica em silêncio, porque não diz nada que não seja lucrativo.”

O santo disse: “É útil observar três coisas: temer a Deus, orar com frequência e fazer o bem ao próximo”.
…”A maldade nunca erradica a maldade. Se alguém faz o mal a você, faça o bem a ele e a sua bondade vencerá a maldade.”

O começo do mal é a falta de vigilância. – São Poema

O silêncio não é uma virtude quando a caridade exige discurso. – São Poema

Uma fé viva consiste em pensar pouco de si mesmo e mostrar consideração pelos outros. – São Poema

Ensine seu coração a guardar o que sua língua ensina. – São Poema

Quando seu irmão o ataca, sejam quais forem os insultos, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. Mesmo se ele arrancasse seu olho direito e cortasse sua mão direita, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. No entanto, se ele tentar afastá-lo de Deus, fique com raiva! – São Poema

Não abra sua consciência para quem você não confia em seu coração. – São Poema

Instruir o próximo é o mesmo que repreendê-lo. – São Poema

Se você der pouca importância a si mesmo, terá paz onde quer que viva. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria; estes são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Deixe de lado uma pequena parte da sua justiça e em poucos dias você estará em paz. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria – esses são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Você deve fugir das coisas sensuais. Na verdade, toda vez que um homem chega perto de uma luta com a sensualidade, ele é como um homem à beira de um lago profundo, e o Inimigo o joga quando quer. Mas se o homem vive longe das coisas sensuais, ele é como aquele que está à distância do lago, de modo que mesmo que o Inimigo o seduza para jogá-lo no fundo, Deus lhe envia ajuda no exato momento em que o inimigo o está afastando e fazendo-lhe violência. – São Poema

Não dê seu coração ao que não satisfaz seu coração. – São Poema

Se você estiver em silêncio, terá paz onde quer que viva. – São Poema

A natureza da água é macia, e a natureza da pedra é dura; mas se uma garrafa é pendurada acima da pedra, deixando a água cair gota a gota, ela desgasta a pedra. Assim é com a Palavra de Deus: é mole e nosso coração é duro, mas o homem que ouve a Palavra de Deus muitas vezes abre seu coração ao temor de Deus. – São Poema

Citação MLA

================

* 28 DE AGOSTO: SANTO AGOSTINHO

“… O que você possui se você não possui Deus? – Santo Agostinho

Infeliz é a alma escravizada pelo amor de tudo o que é mortal. – Santo Agostinho

O amor às posses mundanas é uma espécie de linha de pássaro, que enreda a alma e a impede de voar para Deus. – Santo Agostinho

Neste exato momento posso, se desejar, tornar-me amigo de Deus– Santo Agostinho

Deus concede mais consideração à pureza da intenção com a qual nossas ações são realizadas do que às próprias ações. – Santo Agostinho

Vou sugerir um meio pelo qual você pode louvar a Deus o dia todo, se desejar. Faça o que fizer, faça bem-feito, e você louvou a Deus. – Santo Agostinho

Este é o negócio da nossa vida. Pelo trabalho e oração, avançar na graça de Deus, até chegarmos àquela altura de perfeição na qual, com corações puros, podemos contemplar a Deus. – Santo Agostinho

Deus em sua onipotência não podia dar mais, em sua sabedoria não sabia dar mais, em suas riquezas não tinha mais para dar, do que a Eucaristia. – Santo Agostinho

Deus não ordena impossibilidades, mas ao ordenar adverte-te a fazer o que podes e a orar pelo que não podes, e ajuda-te para que possas– Santo Agostinho

Nossa vida e nossa morte estão com nosso próximo. – Santo Agostinho

Conquiste a si mesmo e o mundo está aos seus pés. – Santo Agostinho…”

================

* 31 DE AGOSTO: SÃO RAIMUNDO NONATO

“…Trabalhar já é bom,
  Melhor ainda é orar;
O melhor – amar teu Deus,
  E nem uma palavra a dizer
.
    – do alemão de Angelus Silesius

Prática favorita – Pregar o amor de Cristo pelo nosso silêncio, bem como pelo nosso discurso….” (de VIDAS CURTAS DOS SANTOS “São Raimundo, Confessor, de Eleanor Cecilia Donnelly:

{ Angelus Silesius: https://pt.wikipedia.org/wiki/Angelus_Silesius }

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS,

ROGUEM POR NÓS!   

POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 30 de agosto

DESTAQUE DE 30 DE AGOSTO: BEATO PADRE EUSTÁQUIO

Em Belo Ho­ri­zonte, no Brasil, O BEATO EUS­TÁ­QUIO VAN LIESHOUT (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero da Con­gre­gação dos Sa­grados Co­ra­ções de Jesus e Maria. († 1943). Padre Eustáquio foi um nome ligado à história de Belo Horizonte, à fé do povo mineiro e a muitas ações de solidariedade….

… O Bem-Aventurado Eustáquio van Lieshout SSCC. (3 de novembro de 1890 — 30 de agosto de 1943) foi um presbítero católico e religioso da Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria e da Adoração Perpétua ao Santíssimo Sacramento do Altar.

Após a constatação de uma cura por sua intercessão, foi beatificado em 15 de junho de 2006 por Sua Santidade, o papa Bento XVI.[1]

Após sua morte, foi atribuída a ele a cura de um câncer de um devoto, constatada clinicamente e comprovada cientificamente. Esse relato consta no processo para sua beatificação, iniciado em 1997. Outros casos de curas e milagres também são relatados por várias pessoas.

A cerimônia de sua beatificação aconteceu ao dia 15 de junho de 2006, durante a 12ª Torcida de Deus, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, MG. A cerimônia foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo e contou com a presença do Legado Pontifício do Sumo Pontífice, Dom José Cardeal Saraiva Martins. ” Ver:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Eust%C3%A1quio_van_Lieshout

– Ver “… HUMBERTO VAN LIESHOUT, que mais tarde seria conhecido como o Venerável Padre Eustáquio, nasceu no dia 3 de novembro de 1890, em Aarle Rixtel, na Holanda. Passou o final de sua vida no bairro Celeste Império, vizinho ao Jardim Montanhês, celebrando Missas na capela Cristo Rei, única igreja existente nas proximidades dos bairros Celeste Império, Villa Minas Gerais e Progresso (atual bairro Padre Eustáquio). Andava por toda a região, atendendo pessoas e resumindo sua missão em duas palavras: “Saúde e paz”, numa atitude de fé e amor ao próximo.
Padre Eustáquio faleceu no Sanatório Minas Gerais, atual hospital Alberto Cavalcanti, também naquele bairro, onde estão preservados os móveis da época de seu falecimento. Tornou-se símbolo da fé religiosa, ao longo de sua atuação, promovendo curas e distribuindo bênçãos pelos vários lugares por onde passou. … Após sua morte, foi atribuída a ele a graça da cura de um câncer em um de seus devotos, entre outros milagres… Esse relato consta no processo para sua beatificação, iniciado em 1997. Outros casos de curas e milagres também são relatados por várias pessoas.
Padre Eustáquio costumava dizer que sua vocação era “amar e fazer amar a Deus”…”: http://www.vatican.va/news_services/liturgy/saints/ns_lit_doc_20060615_eustaquio_po.html

– VER TAMBÉM BEATO EUSTÁQUIO VAN LIESHOLT

Também conhecido como

  • Eustachius van Lieshout
  • Hubertus van Lieshout
  • Humberto van Lieshout

Memorial

Perfil

Oitavo de onze filhos de uma família de agricultores profundamente católica . Batizado no dia em que nasceu. Uma criança popular e alegre , desde cedo sentiu um chamado ao sacerdócio . Nem sua família nem seus professores achavam que ele poderia lidar com a parte acadêmica da vocação, mas ele estudou em Gemert e se saiu bem o suficiente. Depois de ler uma biografia do padre Damien de Veuster , Humberto decidiu ingressar na Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e Maria . Entrou no noviciado em Tremeloo, Bélgica , em 23 de dezembro de 1913 , e recebeu o nome de Eustáquio ; fez os votos permanentes em 1918 e foi ordenado em 10 de agosto de 1919 .

Assistente de mestre de noviços na Holanda por cinco anos. Ministro notável para seus encargos e seus paroquianos. Sentindo o chamado para ser missionário , foi enviado à Espanha em dezembro de 1924 para aprender espanhol; em 1925 foi enviado para o Brasil lusófono . Trabalhou dez anos em Água Suja, seis em Poá e dois em Belo Horizonte. Notável por seu ministério aos pobres e doentes . Teve o dom da cura por intercessão de São José . Sua reputação de santidade e milagres espalhara; tanta gente ia até as cidades para vê-lo que o governo civil reclamou. Em 1942 , seus superiores o transferiram para evitar que ele se tornasse o foco dos fiéis em vez da própria fé, mas milhares continuaram a procurá-lo.

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

informação adicional

Citação MLA

VER TAMBÉM “… Atraído pelo exemplo integral de caridade cristã do Beato Damiano de Veuster, apóstolo dos leprosos, em 1915 ingressou na Congregação dos Sagrados Corações, levando o nome religioso de Eustáquio. Recebeu a ordenação sacerdotal quatro anos depois, exerceu seu ministério na diocese de Haarlem com os refugiados belgas, conquistando imediatamente sua confiança e amizade. Ele trabalhou para a entronização do Sagrado Coração nas famílias e foi um pregador diligente de exercícios espirituais.
A partir de 1924 desembarcou no Brasil, onde assumiu a direção do Santuário de Nossa Senhora da Abadia Suja (hoje Romênia) na diocese de Uberaba. O seu apostolado durou dez anos neste lugar, onde foi tangível “a transformação total do espírito do seu rebanho”. Mesmo assim, sua fama de pároco modelo, pai e defensor dos pobres era bem conhecida nas redondezas. Em 1935, padre Eustáquio foi transferido para Poá, uma paróquia próxima a São Paulo. Sempre pontual nas visitas aos paroquianos doentes, mandou construir uma gruta em honra de Nossa Senhora de Lourdes. Ao aumentar a devoção a Maria e a São José atraiu uma grande massa de fiéis e logo se falou de curas milagrosas que aconteciam nesses lugares.
Sua figura aumentava cada vez mais o clamor e os superiores consideraram apropriado transferi-lo para um local mais sossegado. Assim que chegou a Patrocínio, próximo a Minas Gerais, foi-lhe confiada a direção espiritual da paróquia do Cristo Rei, em Belo Horizonte, onde permaneceu por dezessete meses até sua morte, dedicando todas as suas energias nas mais variadas atividades paroquiais. : visita regular dos doentes, pregações, exercícios espirituais, confissões mesmo à noite e reconstrução da igreja paroquial. Após apenas quatro dias de doença, ele morreu repentinamente em 30 de agosto de 1943.
Seu espírito apostólico, sua bondade paterna e as virtudes sacerdotais, que viveu muito bem, lhe valeram grande fama de santidade, especialmente nos lugares do Brasil onde trabalhou. Em 1963, o processo para obter sua elevação às honras dos altares foi instaurado em Roma e o processo ordinário foi aberto em 27 de setembro de 1966; foi declarado “venerável” em 12 de abril de 2003 e foi beatificado em 15 de junho de 2006… Autor: Fabio Arduino…”: http://www.santiebeati.it/dettaglio/92642

– VER AINDA: BEM-AVENTURADO EUSTÁQUIO VAN LIESHOUT

 Dia da Memória: 30 de agosto

O Beato Eustáquio (pt: Eustáquio) nasceu como Humbert van Lieshout (Huub) em 3 de novembro de 1890 em Aarle-Rixtel na diocese de ‘s-Hertogenbosch (fr: Bois-le-Duc) em Noord-Brabant na Holanda. Ele foi batizado no mesmo dia em Michael Kerk na paróquia de Beek en Donk. Ele era o oitavo de onze filhos e seus pais trabalhavam como agricultores. Era uma família muito católica que recitava o Ângelus e o terço todos os dias. Ele ia à missa não só aos domingos, mas também muitas vezes durante a semana. Três de suas irmãs se tornaram freiras.

Quando criança, ele foi para a escola dirigida pelas Irmãs da Misericórdia em Schijndel em Beek e mais tarde para uma escola dirigida por um excelente professor católico chamado Harmelinck. Dizia-se que Humbert era muito jovial e social e era muito querido tanto dentro como fora de casa.

Desde muito cedo sentiu o chamado para ser padre e, por isso, quis estudos superiores, contrariando o conselho do seu professor, que não o via chamado para essa vida. Seu pai queria que ele trabalhasse na fazenda e não o considerava capaz de concluir estudos avançados. Mas Humbert disse ao pai que faria o melhor, que eles deveriam confiar no Senhor e que tudo ficaria bem. Ele então viajou para a escola de latim em Gemert e frequentou lá por dois anos.

Depois de ler uma biografia do famoso missionário entre os leprosos de Molokai no Havaí, São Damião de Veuster {memória em 10 de maio}(1840-89), Humbert decidiu ingressar na mesma congregação. Na verdade, é chamado de “A Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e Maria e a Adoração Perpétua do Santíssimo Altar Sacramento” (Congregatio Sacrorum Cordium Iesu et Mariae necnon adorationis perpetuae Sanctissimi Sacramenti Altaris – SS.CC.), mas é conhecido como Picpus patre após sua sede na Rue Picpus em Paris. Na Alemanha, eles são conhecidos como “Arnsteiner Patres” após sua primeira comunidade em Kloster Arnstein an der Lahn.

Em 1905, Humbert começou na escola superior Damianusstichting que o Picpuspatren administrava em Grave. Apesar das dificuldades que encontrou em seus estudos, principalmente em línguas, ele era muito dedicado e seus professores o encorajavam. Ele entrou na congregação em 22 de setembro de 1910. Depois de terminar a escola, em 23 de setembro de 1913, Humbert entrou no noviciado do Picpus patres em Tremolo belga e tomou o nome de ordem Eustachius. Devido à invasão alemã da Bélgica em 1914, ele teve que voltar para casa, antes que pudesse continuar seu noviciado na Holanda pouco tempo depois. Ele fez seus primeiros votos em 27 de janeiro de 1915 em Grave. Ele fez seus votos eternos em 18 de março de 1918 em Ginneken, na Holanda.

Em 1916 completou seus estudos filosóficos e de 1916 a 1919 estudou teologia em Ginneken. Seus professores sabiam que ele não tinha mente para questões metafísicas, mas acreditavam que ele havia adquirido um bom senso teológico e um bom julgamento em assuntos pastorais. Foi ordenado sacerdote em 10 de agosto de 1919. Seu pai mostrou grande alegria ao ver seu filho celebrar a missa no altar.

Padre Eustáquio trabalhou pela primeira vez por cinco anos em seu país de origem. Ele passou o primeiro ano em Vierlingsbeek como assistente do mestre de noviços. Seus superiores o enviaram para o programa de formação motivados sobretudo por sua piedade e estrita observância da regra. Ele então passou dois anos em Maassluis no serviço pastoral aos vidraceiros valões e francófonos que buscaram refúgio na Holanda. Neste trabalho ele mostrou grande zelo apostólico. Foi reconhecido pelo governo belga, que lhe concedeu uma medalha por seus serviços a esse grupo minoritário.

Em seguida, trabalhou por dois anos no cuidado pastoral na paróquia de Roelofarendsveen (agora Rotterdam) na diocese de Haarlem, como capelão do pároco, padre Ignatius Herscheid. Distinguiu-se particularmente no confessionário e nas visitas aos doentes. Em dezembro de 1924, foi enviado à Espanha para aprender espanhol, principalmente porque se pensava que seria enviado para a missão no Uruguai. Pe. Eustáquio queria ser missionário, e esse desejo parecia realizado quando a Província Holandesa e o novo Provincial, Pe. Norbert Poelman, procuraram uma missão na América Latina para a Província recém-fundada.

Em 1925, a província holandesa iniciou sua missão no Brasil, e o P. van Lieshout foi um dos primeiros e mais conhecidos missionários da congregação no Brasil. Tornou-se assim um dos fundadores da província brasileira. Em 23 de abril de 1925, o padre provincial Norbert Poelman partiu de Amsterdã junto com os três missionários para o Brasil: Gilles van de Boogaard, Eustachius van Lieshout e Mathias van Roy. Chegaram ao Rio de Janeiro em 12 de maio de 1925, mas tiveram que esperar até 15 de julho para tomar posse da paróquia de Água Suja, que na verdade se chamava Romaría, na diocese de Uberaba, no distrito conhecido como Triângulo Mineiro. A paróquia também continha o santuário de Nossa Senhora da Abadia.

Como na Holanda, padre Eustáquio trabalhou no Brasil no cuidado das almas da paróquia, e trabalhou por dezoito anos como missionário no país até sua morte. Hans trabalhou dez anos em Água Suja (1925-35). No início trabalhou como capelão na freguesia de Nove Ponte e suas capelas. Em 2 de março de 1926 foi nomeado pároco de Água Suja. Os habitantes desta freguesia dedicavam-se maioritariamente à prospecção de ouro ao longo das margens do rio Bagagem. Por causa desse trabalho precário, a situação econômica e social era difícil. Padre Eustáquio dedicou-se totalmente aos seus paroquianos e buscou maneiras de cuidar deles física e espiritualmente, e seu trabalho para melhorar as condições humanas e religiosas da população rendeu ricos frutos. Ele se dedicou especialmente aos pobres e doentes.

Apesar de os fiéis da Romaria terem tentado impedi-lo, em 1935 o P. Eustáquio foi transferido para Poá, onde trabalhou durante seis anos (1935-41). Em 15 de fevereiro de 1935, tomou posse da paróquia Nossa Senhora de Lourdes em Poá na região de São Paulo. Cuidava também da paróquia de São Miguel Paulista, que era a sede episcopal. Se a freguesia de Romaria foi difícil, Poá não foi mais fácil. Quando lá chegou, não havia igreja paroquial, havia problemas com seitas espíritas e grande ignorância da população. Padre Eustáquio voltou a dedicar-se com grande zelo à visita às famílias, aos doentes, aos pobres, às crianças e à organização da paróquia.

Depois de 1937, o apostolado do padre Eustáquio tomou uma direção especial. Ele não só cuidou das necessidades espirituais das pessoas, mas também lhes ofereceu cuidados médicos simples. Nesse sentido, ganhou fama de curador milagroso por intercessão de São José. As pessoas vinham em grande número para vê-lo e ser curadas por sua ajuda. Eventualmente, cerca de dez mil pessoas passavam por Poá a cada ano. A congregação tinha pouca capacidade para acomodar tantos, então as autoridades civis começaram a interferir. Por fim, seus superiores decidiram que Pe. Eustáquio deveria se mudar e, assim que recebeu a ordem, alegrou-se e deixou Poá em 13 de maio de 1941.

Os dois últimos anos de sua vida tornaram-se uma verdadeira peregrinação com curtas estadias em várias casas da Congregação. Primeiro ele foi para o Rio de Janeiro, mas ali se afluíram multidões demais, e ele ficou lá por apenas quinze dias. A publicidade que a imprensa começou a lhe dar foi tal que uma vez o trânsito na praia de Botafogo teve que ser interrompido por causa de todas as pessoas que vinham ver o padre Eustáquio. Novamente eles tiveram que pedir para ele sair da área e desta vez ele tentou esconder para onde estava indo.

Viajou sob o nome de Padre José para a Fazenda de São José de Río Claro, onde se dedicou à oração e à leitura, mas também a cuidar dos oitocentos trabalhadores da fábrica. Apesar de seu nome falso, alguns bispos e padres o procuraram e pediram a bênção dos enfermos, o que ele fez com a permissão de seus superiores.

De 13 de outubro de 1941 a 14 de fevereiro de 1942, foi enviado a Patrocínio, um lugar muito diferente tanto de São Paulo quanto do Rio de Janeiro, onde tão grande multidão se aglomerava em torno de sua pessoa. Lá ele pôde novamente exercer seu apostolado de forma pública com algumas limitações. Ele também recebeu a admiração do povo ali, e não passou um dia sem que o povo não experimentasse uma conversão por sua intercessão.

Depois disso, foi transferido para Ibiá, em Minas Gerais, novamente como pároco, quando parecia que a situação havia se acalmado. De qualquer forma, Ibiá estava longe dos lugares onde tantas multidões se aglomeravam para ele. Depois de três meses, durante os quais padre Eustáquio pôde realizar tranquilamente suas atividades pastorais, seus superiores acharam por bem transferi-lo para Belo Horizonte, onde se tornou pároco da paróquia dos Sagrados Corações. Ele deveria permanecer lá de 7 de abril de 1942 até sua morte.

A paróquia de Santo Domingo em Belo Horizonte era uma paróquia na periferia da cidade e era composta por pessoas pobres. Havia apenas uma capela improvisada. P. Eustáquio começou a procurar a possibilidade de obter um terreno para construir uma igreja. Ele mesmo começou a construção, mas a igreja não foi concluída até depois de sua morte.

Além de seus deveres habituais como pároco, padre Eustáquio costumava receber cerca de quarenta pessoas para confissão todos os dias. Eles vieram até ele depois de obter ingressos com antecedência, que seus superiores ordenaram para evitar que grandes multidões se aglomerassem em sua direção. Ele estava especialmente ocupado com confissões dos doentes. Como resultado de pedidos de outras congregações, ele costumava vir com pressa e ouvir muitas confissões.

Em 20 de agosto de 1943, o padre Eustáquio cuidou de uma pessoa com tifo e ele próprio contraiu a doença por meio de uma picada de inseto. No início a doença foi diagnosticada como pneumonia, mas depois ficou claro que era uma doença mais grave. P. Eustáquio estava ciente de que morreria e previu que isso aconteceria em poucos dias. Ele se preparou através da oração e recepção dos sacramentos.

Padre Eustáquio morreu em 30 de agosto de 1943, e as pessoas se aglomeravam dia e noite para ver seu corpo deitado em estado na igreja paroquial. Entre eles estava o bispo, que também presidiu o funeral. Ele foi enterrado em 31 de agosto no cemitério local na presença de milhares de pessoas. Em 1948, seu corpo foi transferido para a nova igreja paroquial, que ele mesmo havia fundado. Após sua morte, um culto surgiu em seu túmulo. Um bairro de Belo Horizonte leva seu nome.

Seu processo de beatificação foi aberto em 1955, mas foi interrompido pela Congregação em 1970. O processo foi reaberto em 1982 e encerrado em 2003.

Em 12 de abril de 2003, suas “virtudes heróicas” foram reconhecidas pelo Papa João Paulo II (1978-2005 ) e recebeu o título Venerabilis (“Venerável”). 

Em 20 de dezembro de 2005, o Papa Bento XVI assinou o decreto da Congregação para os Santos que aprovou um milagre por sua intercessão. Falava-se da cura de um padre brasileiro em 1968.

Ele foi beatificado na quinta-feira, 15 de junho de 2006, pelo Papa Bento XVI no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, Brasil. Como é habitual neste pontificado, a cerimónia não foi presidida pelo próprio Papa, mas sim pelo seu representante, neste caso o Cardeal José Saraiva Martins CMF, prefeito da Congregação para a Canonização no Vaticano. Seu dia memorial é 30 de agosto

Fontes : Patron Saints SQPN, Bautz, santiebeati.it, heiligen-3s.nl, newsaints.faithweb.com, arnsteiner-patres.de, bisdomhaarlem.nl, ssccpicpus.com, patereustachius.nl, parochiebeekendonk.nl – Compilação e tradução: Padre Per Einar Odden

Criado: 16 de junho de 2006…”: http://www.katolsk.no/biografier/historisk/lieshout

OUTROS SANTAS E SANTOS DE 30 DE AGOSTO

1.   Em Roma, no ce­mi­tério de Co­mo­dila, junto à Via Os­ti­ense, os santos már­tires Félix e Adauto (também na Folhinha do Coração de Jesus), que juntos deram in­que­bran­tável tes­te­munho da sua fé em Cristo e juntos en­traram vi­to­ri­osos no Céu. († c. 304).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no início do século IV, o martírio dos Santos Félix e Adauto (M).

– Ver “… Félix e Adauto (m. Romac.303) são mártires e santos dos primeiros tempos do Cristianismo, venerados por diversas confissões cristãs, entre elas a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa.

Félix era um sacerdote cristão de Roma. Durante a perseguição de Diocleciano foi levado pelo prefeito Draco junto do altar dos deuses Serápis, Mercúrio e Diana para lhes fazer sacrifícios. Félix rezou e as imagens dos ídolos caíram por terra, e por isso foi condenado à morte.

Quando era levado ao lugar de execução, juntou-se-lhe um outro jovem que disse que também era cristão e foi condenado com ele. Tal jovem, de quem não se sabe o nome, foi chamado Adauctus (Adauto), que em latim quer dizer “adicionado, junto”. Ambos foram decapitados. Adauctus é por vezes retratado como legionário romano na iconografia dos santos.

Catedral de Santo Estêvão em Viena exibe as suas relíquias…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%A9lix_e_Adauto

2.   Co­me­mo­ração dos ses­senta santos mártires, que, em Suf­fe­tula, na África Bi­za­cena, ac­tu­al­mente na Tu­nísia, por ter sido des­truída uma es­tátua de Hermes, foram mortos pelo furor dos gentios. († 399)

3.   Em Roma, a co­me­mo­ração de São Pa­má­quio se­nador, in­signe pela sua fir­meza na fé e ge­ne­ro­si­dade para com os po­bres, a cuja di­li­gente pi­e­dade se deve a cons­trução de uma igreja ti­tular no monte Célio. († 410).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 410, São Pamáquio, senador romano que transformou seu próprio palácio em Igreja. (M).

– Ver “… Pamáquio era um nobre e senador, membro da gente Fúria. Era primo de Marcela e parente de Melânia e Piniano.[1] Quando jovem, frequentou escolas de retórica com São Jerônimo, que seria seu amigo por toda vida. Em 385, se casou com Paulina, a segunda filha de Santa Paula e Júlio Toxócio.[2] Ele provavelmente estava entre os viri genere optimi religione praeclari que em 390 denunciaram Joviano ao papa Sirício (segundo Santo Ambrósio). Quando ele atacou o livro de Jerônimo contra Joviano por razões de prudência, Jerônimo enviou-lhe duas cartas (48-49) agradecendo-o. A primeira, reabilitando o livro, provavelmente já fora escrita com a intenção de ser publicada.[3]

Pamáquio é descrito por este tempo como um procônsul. Não é certo se esse título foi honorífico, ou se de fato ocupou tal ofício, mas se a segunda opção for verdadeira, os autores da PIRT sugerem que foi procônsul da África. Em 396, sua esposa faleceu sem crianças e deixou sua propriedade para ele.[4] Com sua morte, Pamáquio, tornou-se monge, ou seja, dedicou-se à vida consagrada e praticou obras de caridade (Jerônimo, ep. lxvi; Paulino de Nola, ep. xiii).[1] Em 399, escreveu com Oceano a Jerônimo pedindo que traduzisse a obra De Principiis de Orígenes e repudiando a insinuação de Rufino de que Jerônimo concordava com as opiniões de Orígenes. O santo respondeu no ano seguinte (ep. lxxxiii-iv).[3]

Em 401, Pamáquio recebeu os agradecimentos de Santo Agostinho (ep. lviii) por uma carta que escrevera ao povo da Numídia, onde tinha terras, exortando-os a abandonar o cisma donatista. Muitos dos comentários de Jerônimo sobre as Escrituras foram dedicados à Pamáquio. Dentre as obras de caridade de Pamáquio está a construção, em parceria com Santa Fabíola, do hospício ou xenodóquio (caravançarai) em Porto[1] para imigrantes pobres (Jerônimo, ep. lxvi, lxxvii). O sítio foi escavado e as escavações revelaram o plano e organização desse edifício singular. Salas e salões para os doentes e pobres estavam agrupados em torno dele. A Igreja de São João e Paulo em Roma foi fundada ou por Pamáquio ou por seu pai e, por isso, era conhecida como Titulus Pammachii. Após sua morte em 409, Pamáquio passou a ser celebrado como santo e sua festa ocorre em 30 de agosto.[3]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pam%C3%A1quio_de_Roma

– Ver também páginas 345-346: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf 

4*.   No mos­teiro de Re­bais, pró­ximo de Meaux, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, Santo Agilo, seu pri­meiro abade. († c. 650).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Diocese de Meaux, perto de 650, a volta para Deus de  Santo Agilo, primeiro abade do mosteiro de Rebais, que Santo Audoeno, discípulo de São Columbano, acabara de fundar (X).

5.   Em Breuil, também no ter­ri­tório de Meaux, São Fiá­crio, ere­mita, oriundo da Ir­landa, que se­guiu a vida solitária. († c. 670).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VIII, São Fiácrio. Filho de um rei da Escócia, foi atraído pela fama de São Farão, bispo de Meaux. Instalou-se em um eremitério que deu seu nome à localidade formada ao seu redor. Monge desbravador, foi venerado particularmente pelos jardineiros e horticultores da região de Ile-de-France. (M).

– Ver páginas 339-344: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

6*.   Em Tes­sa­ló­nica, na Ma­ce­dónia, ac­tu­al­mente na Grécia, São Fan­tino o Jovem, ere­mita, que passou toda a sua vida em je­juns, vi­gí­lias e tra­ba­lhos por Cristo. († s. X)

7.   Em Lu­cédio, no Pi­e­monte, re­gião da Itália, São Bo­nónio, abade, que se­guiu a vida ere­mí­tica, pri­meiro no Egipto, de­pois no monte Sinai. († 1026).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1026, a volta para Deus de São Bonônio, abade. Originário de Bolonha, entrou muito jovem no mosteiro de Santo Estêvão. Alguns anos mais tarde partiu para o Oriente,  para lá levar vida eremítica. Nomeado abade de Lucédio, no Piemonte, voltou para a Europa, fundando em seu trajeto um mosteiro na Toscana. (M)

8.   Em Trévi, no Lácio, também re­gião da Itália, São Pedro, que, em­bora anal­fa­beto, cul­tivou na so­lidão a sa­be­doria do Evangelho. († 1050)

9.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, Santa Mar­ga­rida Ward, mártir, que, no rei­nado de Isabel I, por ter aju­dado um sa­cer­dote, foi con­de­nada à morte e de bom grado re­cebeu o mar­tírio no pa­tí­bulo de Ty­burn. Com ela, no mesmo lugar, so­freram também o mar­tírio os be­atos Ri­cardo Leight, pres­bí­tero, e os leigos Edu­ardo Shelley e Ri­cardo Martin, in­gleses, João Roche, ir­landês, e Ri­cardo Lloyd, galês: o pri­meiro, porque era sa­cer­dote; os ou­tros, porque aco­lheram sacerdotes. († 1588)

– Ver “… 1588 –  Margaret Ward uma das Quarenta Mártires da Inglaterra e País de Gales M (RM). Nasceu em Congleton, Cheshire, Inglaterra; morreu em 30 de agosto de 1588; beatificado em 1929; canonizado em 1970 pelo Papa Paulo VI como um dos Quarenta Mártires da Inglaterra e País de Gales. A fidalga Margaret servia como companheira na casa da família Whittle em Londres quando foi presa junto com seu servo, o beato John Roche, por ajudar o padre Richard (William?) Watson a escapar da prisão de Bridewell. Ela contrabandeou uma corda para dentro da cela do padre para que ele pudesse descer do telhado. Ele ficou ferido, mas escapou com a ajuda de John Roche. A corda foi rastreada até Margaret, que foi severamente torturada. Eles foram julgados em Old Bailey em 29 de agosto e receberam sua liberdade se revelassem o paradeiro de Watson e se convertessem à fé protestante. Ao recusar, eles foram enforcados…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust30.html

10*.   Em Sa­luzzo, no Pi­e­monte, re­gião da Itália, o Beato João Ju­venal An­cina, bispo, que, an­te­ri­or­mente mé­dico, foi dos pri­meiros a en­trar no Ora­tório de São Fi­lipe Néri. († 1604)

11*.   Em Sa­ra­goça, na Es­panha, a Beata Maria Rá­fols, virgem, que, su­pe­rando pa­ci­en­te­mente muitas ad­ver­si­dades, fundou no hos­pital desta ci­dade a Con­gre­gação das Irmãs da Ca­ri­dade de Santa Ana e a di­rigiu com suma diligência. († 1853)

12*.   Em Al­meria, também na Es­panha, os be­atos már­tires Diogo Ven­taja Milán, bispo de Al­meria, e Ma­nuel Me­dina Olmos, bispo de Guádix, que, en­car­ce­rados em ódio à fé cristã, su­por­taram pa­ci­en­te­mente os maus tratos e in­sultos, até que, du­rante a noite, foram fuzilados. († 1936)

13*.   Na es­trada de Pu­ebla Tor­nesa para Vil­la­famés, pró­ximo de Cas­tellón, também na Es­panha, o Beato Jo­a­quim de Al­bo­cácer (José Ferrer Adell), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos, que pelo mar­tírio al­cançou a re­com­pensa pro­me­tida aos que per­se­veram na fé. († 1936)

14*.   Em Bilbau, também na Es­panha, o Beato Vi­cente Ca­banes Badenas, pres­bí­tero da Con­gre­gação dos Ter­ciá­rios Ca­pu­chi­nhos de Nossa Se­nhora das Dores e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé, me­receu en­trar no ban­quete celeste. († 1936)

15♦.   Em Ma­drid, também na Es­panha, os be­atos már­tires An­tónio Maria Ar­riaga Anduíza, re­li­gioso da Ordem de Santo Agos­tinho, e Ni­cásio Romo Rúbio, re­li­gioso da Ordem dos Pre­ga­dores, que na mesma per­se­guição foram as­sas­si­nados em ódio à fé cristã. († 1936)

16♦.   Em Ata­vaca, perto de Ma­drid, também na Es­panha, os be­atos Ger­mano Martin Martin, pres­bí­tero, Di­o­nísio Ul­lí­varri Barajuán, re­li­gioso, ambos da So­ci­e­dade Sa­le­siana e már­tires, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, der­ra­moram o seu sangue por Cristo e al­can­çaram a palma da glória. († 1936)

17♦.   Em Kfiffan, no Lí­bano, o Beato Es­têvão Nehmé (José Nehmé), re­li­gioso da Ordem Ma­ro­nita Libanesa. († 1938)

18♦. Santa Joana Jugan. “Joana Jugan lembra a misericórdia de Deus para com os pobres. Fundadora das Irmãzinhas dos Pobres, em 1830, foi beatificada por João Paulo II, no dia 3 de outubro de 1982.”: https://evangelhoquotidiano.org/PT/display-saint/beaa4540-eec7-4c9c-ac57-55fce317b77e

– Ver também “… Joana Jugan (Cancale25 de outubro de 1792 – Saint-Pern28 de agosto de 1879) é uma santa católica fundadora da congregação das Irmãzinhas dos Pobres.

Foi beatificada por João Paulo II, no dia 3 de outubro de 1982[1] e canonizada em 11 de outubro de 2009 por Bento XVI…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Joana_Jugan  

19*.   Em Ve­né­gono, pró­ximo de Va­rese, na Itália, o pas­sa­mento do Beato Al­fredo Il­de­fonso Schuster, bispo, que era abade de São Paulo em Roma quando foi no­meado para a sede epis­copal de Milão, mi­nis­tério pas­toral que exerceu in­can­sa­vel­mente com ad­mi­rável sa­be­doria em favor do seu povo. († 1954).

– Ver “…O Bem-Aventurado Alfredo Ildefonso Schuster (18 de janeiro de 1880 – 30 de agosto de 1954) – nascido Alfredo Ludovico Schuster – foi prelado católico italiano e membro professo da Ordem de São Bento que serviu como arcebispo de Milão, de 1929 até a sua morte.[1] Ele tomou o nome de Ildefonso como monge beneditino e serviu como abade antes de sua elevação ao cardinalato.[2]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alfredo_Ildefonso_Schuster

 20. Santa Rosa de Santa Maria (também na Folhinha do Coração de Jesus, de 30 de agosto)

– Ver “… Para todos nós, hoje, é dia de grande alegria, pois podemos celebrar a memória da primeira santa da América do Sul, Padroeira do Peru, das Ilhas Filipinas e de toda a América Latina. Santa Rosa nasceu em Lima (Peru) em 1586; filha de pais espanhóis, chamava-se Isabel Flores, até ser apelidada de Rosa por uma empregada índia que a admirava, dizendo-lhe: “Você é bonita como uma rosa!” ...A mudança oficial do nome de Isabel para Rosa ocorreu quando ela tomou o hábito da Ordem Terceira Dominicana, da mesma família de sua santa e modelo de devoção: Santa Catarina de Sena. A partir dessa consagração, passou a chamar-se Rosa de Santa Maria.”:

https://santo.cancaonova.com/santo/santa-rosa-de-lima/

– Ver dia 23 de agosto: Santa Rosa de Lima

Santa Rosa (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, in­signe desde tenra idade pela sua aus­tera so­bri­e­dade de vida, tomou em Lima, ci­dade do Peru, o há­bito das Irmãs da Ordem Ter­ceira de São Do­mingos; de­di­cada à pe­ni­tência e à oração, e ar­dente de zelo pela sal­vação dos pe­ca­dores e das po­pu­la­ções in­dí­genas, as­pi­rava a dar a vida por eles, sub­me­tendo-se es­pon­ta­ne­a­mente a todo o gé­nero de sa­cri­fí­cios, a fim de con­quistar a todos para Cristo. A sua morte ocorreu no dia 24 de agosto. († 1617).

– Conforme o Martírio Romano-Monástico, em 1617, o nascimento no céu de Santa Rosa de Lima, a “Primeira Flor de Santidade do Peru”. Desejando consagrar a Deus sua grande beleza física, tomou o hábito da Ordem Terceira Dominicana para testemunhar contra a sociedade próspera e materialista em que vivia. Morreu aos trinta e um anos na cidade de Lima. (R). Ver páginas 222-224: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “…Rosa de Lima (Lima20 de abril de 1586 – Lima, 24 de agosto de 1617), foi uma mística da Ordem Terceira Dominicana canonizada pelo Papa Clemente X em 1671. Santa Rosa é a primeira santa nativa da América e padroeira do Peru… Dela disse o Cardeal RatzingerDe certa forma, essa mulher é uma personificação da Igreja da América Latina: imersa em sofrimentos, desprovida de meios materiais e de um poder significativos, mas tomada pelo íntimo ardor causado pela proximidade de Jesus Cristo. (Homilia no Santuário de Santa Rosa de Lima, Peru, em 19 de julho de 1986).”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Rosa_de_Lima

21. São Gaudêncio (também na Folhinha do Coração de Jesus de 30 de agosto)

-Ver também dia 25 de outubro: Em Bréscia, na Ve­nécia, ac­tu­al­mente na Lom­bardia, re­gião da Itália, São Gau­dêncio, bispo, que, or­de­nado por Santo Am­brósio, se dis­tin­guiu entre os pre­lados da sua época pela dou­trina e vir­tude, en­sinou o seu povo com a pa­lavra e os es­critos e cons­truiu uma ba­sí­lica que de­no­minou «Con­cílio dos Santos». († c. 410). Ver páginas 9-15: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

– Ver também “… Gaudêncio de Bréscia (em italianoSan Gaudenzio di Brescia; em latimGaudentius) foi bispo de Bréscia entre 387 e 410, sucessor de São Filástrio, teólogo e autor de muitas cartas e sermões.”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Gaud%C3%AAncio_de_Br%C3%A9scia

22. VER SANTAS E SANTOS DE 30 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Adauctus de Roma Ágil Alfredo Ildefonso Schuster Arsênio, o Eremita Bonifácio de Hadrumetum Bonônio de Lucédio Egberto de Villers Ero di Armenteira Eustáquio van Lieshout Fantinus de San Mercurius Félix de Roma Fiacre Gaudêntia de Roma Giovanni Giovenale Ancina Empréstimo Maria Rafols-Bruna Pamachius Pelágio, o Eremita Pedro de Trevi Raimondo de Santa Grazia Ricardo da Lotaríngia Rumon de Tavistock Sylvanus, o Eremita Tecla de Hadrumetum Teodósio de Oria Yusuf NehmeMártires de Colonia Suffetulana – 60 santos Martirizado na Inglaterra Edward Shelley John Roche Margaret Ward Ricardo Flor Richard Leigh Ricardo Martin Martirizado na Guerra Civil Espanhola Mártires de Barranco del Chisme – 10 beati Alberto José Larrazábal Michelena Antonio Girón González Antonio Maria Arriaga Anduiza Antonio Torres Garcia Carles Canyes Santacana Caterina Margenat Roura Diego Ventaja Milão Eleuterio Ângulo Ayala José Ferrer Adell José Flores Beltrán José Gomez De Haro Josefa Monrabal Montaner Manuel Medina Olmos Manuel Requejo Pérez Maria Dolores Oller Angelats Nicasio Romo Rubio Vicente Cabanes Badenas
todos esses memoriais em uma única página

23. Outras santas e santos do dia 30 de agosto: págs. 339-349, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 30 de agosto, ver ainda: 30 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 682-684: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm
  11. https://catholicsaints.info/30-august/
  12. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust30.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

* 27 DE AGOSTO: SÃO PEMEN / PASTOR / POEMAS

               À questão de saber se é melhor falar ou calar, o Ancião disse:
Quem fala por Deus, faz bem, e quem cala por Deus, também faz bem.”
Ele também disse: “Se o homem parece estar em silêncio, mas seu coração condena os outros, então ele está sempre falando. Pode haver um homem que fala o dia todo, mas na verdade ele fica em silêncio, porque não diz nada que não seja lucrativo.”

O santo disse: “É útil observar três coisas: temer a Deus, orar com frequência e fazer o bem ao próximo”.
…”A maldade nunca erradica a maldade. Se alguém faz o mal a você, faça o bem a ele e a sua bondade vencerá a maldade.”

O começo do mal é a falta de vigilância. – São Poema

O silêncio não é uma virtude quando a caridade exige discurso. – São Poema

Uma fé viva consiste em pensar pouco de si mesmo e mostrar consideração pelos outros. – São Poema

Ensine seu coração a guardar o que sua língua ensina. – São Poema

Quando seu irmão o ataca, sejam quais forem os insultos, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. Mesmo se ele arrancasse seu olho direito e cortasse sua mão direita, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. No entanto, se ele tentar afastá-lo de Deus, fique com raiva! – São Poema

Não abra sua consciência para quem você não confia em seu coração. – São Poema

Instruir o próximo é o mesmo que repreendê-lo. – São Poema

Se você der pouca importância a si mesmo, terá paz onde quer que viva. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria; estes são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Deixe de lado uma pequena parte da sua justiça e em poucos dias você estará em paz. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria – esses são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Você deve fugir das coisas sensuais. Na verdade, toda vez que um homem chega perto de uma luta com a sensualidade, ele é como um homem à beira de um lago profundo, e o Inimigo o joga quando quer. Mas se o homem vive longe das coisas sensuais, ele é como aquele que está à distância do lago, de modo que mesmo que o Inimigo o seduza para jogá-lo no fundo, Deus lhe envia ajuda no exato momento em que o inimigo o está afastando e fazendo-lhe violência. – São Poema

Não dê seu coração ao que não satisfaz seu coração. – São Poema

Se você estiver em silêncio, terá paz onde quer que viva. – São Poema

A natureza da água é macia, e a natureza da pedra é dura; mas se uma garrafa é pendurada acima da pedra, deixando a água cair gota a gota, ela desgasta a pedra. Assim é com a Palavra de Deus: é mole e nosso coração é duro, mas o homem que ouve a Palavra de Deus muitas vezes abre seu coração ao temor de Deus. – São Poema

Citação MLA

================

* 28 DE OUTUBRO: SANTO AGOSTINHO

“… O que você possui se você não possui Deus? – Santo Agostinho

Infeliz é a alma escravizada pelo amor de tudo o que é mortal. – Santo Agostinho

O amor às posses mundanas é uma espécie de linha de pássaro, que enreda a alma e a impede de voar para Deus. – Santo Agostinho

Neste exato momento posso, se desejar, tornar-me amigo de Deus– Santo Agostinho

Deus concede mais consideração à pureza da intenção com a qual nossas ações são realizadas do que às próprias ações. – Santo Agostinho

Vou sugerir um meio pelo qual você pode louvar a Deus o dia todo, se desejar. Faça o que fizer, faça bem-feito, e você louvou a Deus. – Santo Agostinho

Este é o negócio da nossa vida. Pelo trabalho e oração, avançar na graça de Deus, até chegarmos àquela altura de perfeição na qual, com corações puros, podemos contemplar a Deus. – Santo Agostinho

Deus em sua onipotência não podia dar mais, em sua sabedoria não sabia dar mais, em suas riquezas não tinha mais para dar, do que a Eucaristia. – Santo Agostinho

Deus não ordena impossibilidades, mas ao ordenar adverte-te a fazer o que podes e a orar pelo que não podes, e ajuda-te para que possas– Santo Agostinho

Nossa vida e nossa morte estão com nosso próximo. – Santo Agostinho

Conquiste a si mesmo e o mundo está aos seus pés. – Santo Agostinho…”

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 29 de agosto

DESTAQUES DE 29 DE AGOSTO

  1. NOSSA SENHORA DA GUARDA
  2. MARTÍRIO DE SÃO JOÃO BATISTA
  1. NOSSA SENHORA DA GUARDA

…A história conta, na verdade, que Nossa Senhora da Guarda era Maria, a mãe de Jesus. A origem de tudo aconteceu em 29 de agosto de 1487. Benedetto Pareto, um pastor de ovelhas, trabalhava no monte Figogna, em Gênova, Itália. Esse monte era um dos montes chamados “de guarda”, já que lá de cima sentinelas vigiavam piratas muçulmanos que queriam invadir o local. Certo dia, enquanto Benedetto pastoreava, recebeu a visita de uma senhora. Quando ela se apresentou, disse que era Virgem Maria…

… No momento em que se aproximou de Benedetto, Virgem Maria o tranquilizou, pedindo em seguida que ele construísse uma capela no alto daquele monte. Preocupado, ele questionou: “mas eu sou muito pobre, e para construir neste monte alto e deserto será preciso tanto dinheiro, que duvido que o consiga.” Ao escutar isso, Nossa Senhora disse: “não tenhas medo, serás muito ajudado.” …

… Depois de escutar tudo isso da Virgem Maria, Benedetto quis contar para todos de sua casa o que tinha acontecido. Mas, ninguém acreditou em sua palavra. Sua própria esposa acabou desanimando-o, o que fez com que ele desistisse. No dia seguinte, o pastor caiu de uma figueira e ficou dias na cama, ferido gravemente. Foi então que Nossa Senhora (Virgem Maria) apareceu novamente. Ela curou seus ferimentos, repreendeu ele com carinho e em seguida pediu mais uma vez que a capela fosse construída. Que todo dia 29 de agosto, Dia de Nossa Senhora da Guarda, seu cuidado e insistência ao próximo sejam festejados. Obrigado(a) por tanto, Virgem Maria!…

… Ao ser curado depois de uma segunda visita da Virgem Maria, Benedetto preferiu deixar de lado a opinião dos outros. A fim de conseguir ajuda para construir a capela, percorreu cidades e vilas vizinhas contando a todos o que tinha acontecido. O povo começou então a ajudá-lo, como Nossa Senhora havia prometido. Em pouco tempo a capela foi erguida. Essa é mais uma prova de que a mãe do menino Jesus veio em Terra para trazer verdade e amor. Que seu nome, Nossa Senhora da Guarda, seja enaltecido como você merece todo dia 29 de agosto. Sua palavra é como colo, trazendo a certeza de que no fim tudo dará certo. Viva!…

… Depois de tudo o que aconteceu com Benedetto, a notícia acabou se espalhando por toda a região e o povo começou a peregrinar até o local, reunindo uma multidão. Décadas depois, no ano de 1530, decidiram construir um santuário para melhor atender os peregrinos, que não paravam de chegar. Em 1915, o Papa Bento XV deu à igreja o título de basílica e construiu uma capelinha de Nossa Senhora da Guarda em um jardim no Vaticano…

Devoção de São Luís Orione

São Luís Orione era devoto de Nossa Senhora da Guarda. Dessa forma, reuniu panelas de bronze furadas do povo da região e construiu assim uma estátua da santa, que foi colocada bem no alto da torre do Santuário. Essa estátua é uma das mais altas em relação ao chão que existe ao redor do mundo. Que essa imagem de Nossa Senhora da Guarda seja sempre cuidada, lembrada e enaltecida, assim como os feitos de nossa mãe querida. Neste dia 29 de agosto como em todos os outros dias do ano, viva Virgem Maria!

… Não se tem uma data específica quando falamos de festa litúrgica. Porém, o Dia de Nossa Senhora da Guarda é celebrado todo dia 29 de agosto, mesmo dia em que Benedetto viu Virgem Maria pela primeira vez. Que possamos assim, nesse dia que é tão especial, exaltar e agradecer àquela que nos reconecta com o amor divino de Jesus, nosso senhor. Gratidão, Nossa Senhora da Guarda…

Por que Nossa Senhora da Guarda?

A Virgem Maria passou a ser chamada de Nossa Senhora da Guarda por ter pedido a construção da capela justamente no monte que era considerado “de guarda”, local de trabalho de Benedetto.

Diante das aparições e de suas palavras que se concretizaram, como havia prometido ao pastor, tornou-se referência para a região. Essa história se assemelha com a história que Nossa Senhora da Vitória, que na verdade também é Maria, mãe de Jesus. Que neste dia 29 de agosto possamos lembrar com louvor das realizações que foram feitas em seu nome. Viva, Nossa Senhora da Guarda!

Oração a Nossa Senhora da Guarda

“Ó, Nossa Senhora da Guarda, vínculo de paz! O vosso amor cura as feridas da alma! Ajudai vossos filhos, inspirai sentimentos de perdão, aproximai-nos de Deus e pela vossa intercessão, levai-nos até vosso filho Jesus para que sejamos salvos! Aquilo que dissestes ao pastor Benedetto, dizei-o também a nós, pobres pecadores que recorremos a vós em nossa necessidade tão urgente: ‘NÃO TENHAS MEDO, SERÁS MUITO AJUDADO.’ Ajudai-nos com vosso amor materno! Guardai-nos e protegei-nos de tudo aquilo que nos afasta de Deus e da salvação eterna. Amém!”…

https://www.mensagenscomamor.com/dia-de-nossa-senhora-da-guarda

– Ver: “… NOSSA SENHORA DA GUARDA E SÃO LUÍS ORIONE 

          29 de agosto, dia de Nossa Senhora da Guarda, aquela que impulsionou São Luiz Orione a amar e contemplar a Deus nos seus momentos de fraquezas, tormentos e principalmente diante da opressão do povo. Este é o motivo pela qual queremos recordá-la.

         Foi no alto Monte Figonha em Gênova que Nossa Senhora aparecera ao pastor Bento Pareto em 29 de agosto de 1490. Foi ali também que o devoto e defensor da virgem Maria, São Luís Orione, subia para venerá-la, quase sempre a pé. Muitas vezes costumava chegar ao santuário ainda de madrugada, e ali passava a noite em oração, chegando a surpreender alguns sacerdotes do santuário.

         Quando se colocava diante da Mãe que tudo guarda, São Luís Orione que sempre fora consciente da sua pequenez em enfrentar as dificuldades e os sofrimentos da humanidade, deixava-se ser guiado pela sua mão guardiã, a fim de aliviar as misérias humanas, como as atrocidades deixadas pela guerra e terremotos.

Nossa Senhora, – dizia eleé vinculo de paz; o seu amor cura as feriadas da alma, ajuda os seus filhos, inspira sentimentos de perdão, aproxima as almas de Deus e as salva…” 

Para São Luis Orione as romarias ao Santuário de Nossa Senhora da Guarda mereciam um zelo todo especial. Por isso, costumava levar milhares de participantes, sendo ele mesmo a alma destas romarias que organizava, enfrentando canseiras e sacrifícios para garantir aos peregrinos o maior sucesso espiritual. Preocupava-se, sobretudo, com os homens e jovens, dando-lhes a oportunidade de se confessarem até altas horas da noite, “era Nossa Senhora, eram os sacramentos que mudavam aquelas almas…” dizia ele. 

Já o nosso São João Paulo II pela ocasião da canonização de São Luis Orione e instigado pelo seu testemunho o chamara “pregador popular, confessor e organizador de peregrinações, de missões populares e de presépios vivos. Grande devoto de Nossa Senhora, propagou de todos os modos a devoção mariana e ergueu santuários, entre os quais o de Nossa Senhora da Guarda em Tortona e o de Nossa Senhora de Caravaggio; na construção desses santuários será sempre lembrada a iniciativa de Dom Orione de colocar seus clérigos no trabalho braçal ao lado dos operários civis.”

E quis Nossa Senhora da Guarda que este nosso humilde e vigilante Santo se preparasse ardentemente em seu santuário, como uma espécie de ensaio de tudo o que faria depois com os santuários e iniciativas populares de amor à Mãe Celeste.

Coloquemo-nos todos os dias sob a salvaguarda maternal de Nossa Senhora da Guarda, e imploremos o valiosíssimo patrocínio deste doutor do coração, São Luís Orione, sobre toda a Igreja, a congregação, e principalmente sobre todos aqueles que nas partes mundo se gloriam do testemunho de fé…”: https://orionitas.com.br/destaques_orionitas__nossa_senhora_da_guarda/

– Ver também: https://www.google.com/search?q=nossa+senhora+da+guarda&sxsrf=ALiCzsat5H1for9LSZ4lpxgCMI5A0JcMBg%3A1661695348316&source=hp&ei=dHULY6enEN-O4dUP3LuPkAw&iflsig=AJiK0e8AAAAAYwuDhBaCj_SN_poMMKyK4qrIU84mAVRh&oq=nOSSA+&gs_lcp=Cgdnd3Mtd2l6EAEYATIECCMQJzIECCMQJzIECCMQJzIICAAQgAQQsQMyCAgAEIAEELEDMgUIABCABDIFCAAQgAQyCwguEIAEELEDENQCMgsILhCABBCxAxCDATIFCAAQgAQ6EQguEIAEELEDEIMBEMcBENEDOgcILhDUAhBDOgQIABBDOg4ILhCABBCxAxDHARDRAzoLCAAQgAQQsQMQgwE6BAguEEM6BwgAELEDEEM6EQguEIAEELEDEIMBEMcBEK8BOgUIABCxA1AAWKkJYNgeaABwAHgAgAGJAYgB-QWSAQMwLjaYAQCgAQE&sclient=gws-wiz

2. ME­MÓRIA DO MAR­TÍRIO DE SÃO JOÃO BATISTA (também na Folhinha do Coração de Jesus), que o rei He­rodes An­tipas fez pri­si­o­neiro na for­ta­leza de Ma­que­ronte, na ac­tual Jor­dânia, e na festa do seu ani­ver­sário, a pe­dido da filha He­ro­díades, mandou de­golar. Deste modo, o pre­cursor do Se­nhor, como luz que arde e ilu­mina, deu tes­te­munho da ver­dade, tanto na morte como na vida.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória da Paixão de São João Batista, o Precursor, que mostrou Cristo a seus discípulos como sendo o Cordeiro de Deus e se apagou humildemente diante d’Ele. Rendeu o supremo testemunho à verdade ao defender a divina instituição do casamento. (R).

– Ver páginas 324-335: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “…Decapitação de João Batista (alternativamente Decapitação de São João Batista ou Decapitação do Anunciador) é um dia santo observado por várias denominações cristãs. Este dia comemora o martírio de João Batista.

Em 29 de agosto de 2012, durante uma audiência pública televisionada no palácio de verão de Castel Gandolfopapa Bento XVI defendeu que a descoberta da cabeça fragmentada de São João Batista pela segunda vez atesta a veneração milenar da santidade da relíquia, que data da era apostólica.[1] Além disso, o pontífice também lembrou da festa que comemora o translado desta relíquia para o novo santuário na Basílica de San Silvestro in Capite, em Roma…”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Decapita%C3%A7%C3%A3o_de_Jo%C3%A3o_Batista

– Ver PAIXÃO DE SÃO JOÃO BATISTA

Também conhecido como

  • Iohannes Baptista
  • Joannes Baptista
  • João Batista
  • João, o Precursor
  • João, filho de Zacarias
  • Juan Bautista
  • Yochanan ben Zacharyah

Memorial

Perfil

Primo de Jesus Cristo. Filho de Zachary , sacerdote da ordem de Abia, cujo trabalho no templo era queimar incenso ; e de Isabel , descendente de Arão. Enquanto Zachary estava ministrando no Templo, um anjo lhe trouxe a notícia de que Isabel daria à luz um filho cheio do Espírito Santo desde o momento de seu nascimento. Zachary duvidou e ficou mudo até o nascimento de John.

Profeta . João começou seu ministério por volta dos 27 anos, usando um cinto de couro e uma túnica de pêlo de camelo, alimentando-se de gafanhotos e mel silvestre, e pregando uma mensagem de arrependimento ao povo de Jerusalém . Ele converteu muitos e preparou o caminho para a vinda de Jesus. Ele batizou Cristo, depois do que se afastou e disse a seus discípulos que seguissem Jesus.

Preso pelo rei Herodes. Ele morreu vítima da vingança de uma mulher ciumenta ; ele foi decapitado, e sua cabeça foi trazida para ela em uma bandeja. São Jerônimo diz que Herodias manteve a cabeça por muito tempo depois, ocasionalmente esfaqueando a língua com seu punhal por causa do que João havia dito em vida.

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

Vitrine

informação adicional

Leituras

A Igreja observa o nascimento de João como um evento sagrado. Não temos tal comemoração por nenhum outro pai; mas é significativo que celebremos os aniversários de João e de Jesus. Este dia não pode ser passado. E mesmo que minha explicação não corresponda à dignidade da festa, você ainda pode meditar sobre ela com grande profundidade e proveito. João aparece como o limite entre os dois testamentos, o antigo e o novo. Que ele é uma espécie de limite, o próprio Senhor testemunha, quando fala da “lei e dos profetas até João Batista”. Assim, ele representa os tempos passados ​​e é o arauto da nova era que está por vir. Como representante do passado, nasce de pais idosos; como arauto da nova era, ele é declarado profeta ainda no ventre de sua mãe. Para quando ainda não nascido, ele pulou no ventre de sua mãe com a chegada da bem-aventurada Maria. Naquele ventre ele já havia sido designado profeta, mesmo antes de nascer; foi revelado que ele seria o precursor de Cristo, antes que eles se vissem. São acontecimentos divinos, que ultrapassam os limites da nossa fragilidade humana. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. John foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. John foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno. Quando João estava pregando a vinda do Senhor, ele foi perguntado: “Quem é você?” E ele respondeu: “Eu sou a voz do que clama no deserto.” A voz é João, mas o Senhor “no princípio era o Verbo”. John foi uma voz que durou apenas um tempo; Cristo, o Verbo no princípio, é eterno.– de um sermão de Santo Agostinho sobre o nascimento de João Batista

Então eles foram ter com João e lhe disseram: ‘Rabi, aquele que estava com você do outro lado do Jordão, de quem você deu testemunho, aqui está ele batizando e todos vão ter com ele.’ João respondeu e disse: ‘Ninguém pode receber nada, exceto o que lhe foi dado do céu. Vocês mesmos podem testemunhar que eu disse que não sou o Messias, mas que fui enviado antes dele. Quem tem a noiva é o noivo; o padrinho, que está de pé e o escuta, regozija-se muito com a voz do noivo. Assim, esta minha alegria foi completada. Ele deve aumentar; devo diminuir’ – João 3:26-30

Não há dúvida de que o bem-aventurado João sofreu prisão e correntes como testemunha de nosso Redentor, de quem foi o precursor, e deu a vida por ele. Seu perseguidor havia exigido não que ele negasse a Cristo, mas apenas que se calasse sobre a verdade. No entanto, ele morreu por Cristo. Cristo não diz: “Eu sou a verdade”? Portanto, porque João derramou seu sangue pela verdade, ele certamente morreu por Cristo. Através de seu nascimento, pregando e batizando, ele deu testemunho do nascimento vindouro, pregando e batizandode Cristo, e por seu próprio sofrimento mostrou que Cristo também sofreria. Tal era a qualidade e a força do homem que aceitou o fim desta vida presente derramando seu sangue após o longo aprisionamento. Ele pregou a liberdade da paz celestial, mas foi lançado em ferros por homens ímpios. Ele foi encerrado nas trevas da prisão, por meio dele veio dando testemunho da Luz da vida e mereceu ser chamado de lâmpada brilhante e resplandecente por essa própria Luz, que é Cristo. Suportar agonias temporais por causa da verdade não era um fardo pesado para homens como João; antes, era facilmente suportado e até desejável, pois ele sabia que a alegria eterna seria sua recompensa. Visto que a morte estava sempre próxima, tais homens consideravam uma bênção abraçá-la e assim ganhar a recompensa da vida eterna por reconhecer o nome de Cristo. Por isso, o apóstolo Paulo diz corretamente: “A vós foi concedido o privilégio não só de crer em Cristo, mas também de sofrer por causa dele.” Ele nos diz por que é dom de Cristo que seus escolhidos sofram por ele: “As aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”.– de uma homilia de São Beda , o Venerável, sobre a morte de João Batista

Herodias guardou rancor contra ele e queria matá-lo, mas não conseguiu. Herodes temeu João, sabendo que ele era um homem justo e santo, e o manteve sob custódia. Quando o ouviu falar, ficou muito perplexo, mas gostava de ouvi-lo. Ela teve uma oportunidade um dia quando Herodes, em seu aniversário, deu um banquete para seus cortesãos, seus oficiais militares e os líderes da Galiléia. A própria filha de Herodias entrou e executou uma dança que encantou Herodes e seus convidados. O rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu te darei”. Ela saiu e disse à mãe: “O que devo pedir?” Ela respondeu: “A cabeça de João Batista”. A moça correu de volta à presença do rei e fez seu pedido: “Quero que você me dê imediatamente de bandeja a cabeça de João Batista. O rei ficou profundamente aflito, mas por causa de seus juramentos e dos convidados não quis quebrar sua palavra com ela. Então ele prontamente despachou um carrasco com ordens para trazer sua cabeça de volta. Ele foi e o decapitou na prisão . Ele trouxe a cabeça em uma bandeja e deu para a garota. A menina, por sua vez, deu a sua mãe . Quando seus discípulos souberam disso, vieram, pegaram seu corpo e o colocaram em um túmulo. – Marcos 6:19-29

Citação MLA

OUTROS SANTAS E SANTOS DE 29 DE AGOSTO

2.   Em Sir­mion, na Pa­nónia, hoje Sremska Mo­tro­vica, na Sérvia, Santa Ba­sila. († s. III/IV)

– Ver “… Basilla de Smyrna V (RM). De acordo com o martirológio romano, a sagrada virgem Basilla morreu em Esmirna… Outros martirologistas colocam sua morte em Sirmium, na Panônia (Mitrovica) (Beneditinos).”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust29.html

3.   Em Roma, a co­me­mo­ração de Santa Sa­bina (também na Folhinha do Coração de Jesus), cujo tí­tulo fun­dado no monte Aven­tino ve­nera o seu nome. (422-432).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, Santa Sabina, em cuja honra uma igreja foi consagrada no Monte Aventino, desde o Séc, V. (M).

– Ver “… Sabina de Roma foi uma matriarca e mártir cristã de Roma. Ela era viúva do senador Valenciano[1] e filha de Herodes Metalário. Depois que sua escrava Seráfia, que foi quem a converteu, foi denunciada e assassinada, Sabina recuperou seus restos e os fez enterrar no mausoléu da família, o local onde ela própria esperava ser enterrada. Denunciada também, Sabina foi acusada de ser cristão por um tal Elpídio. Seu martírio ocorreu no ano de 125, na cidade de Vindena, na região da ÚmbriaItália[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sabina_de_Roma

– Ver 03 de setembro: Santa Serápia e Santa Sabina, mártires. Ver páginas 9-16: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

– Ver “… Serápia[1] foi uma santa romanaescrava e mártir, nascida em Antioquia, na Síria romana. Nasceu no final do século I, de pais cristãos que fugiram para a Itália tentando fugir das perseguições do imperador Adriano. Quando seus pais morreram, Serápia foi cortejada por muitos, mas, tendo decidido entregar-se a Deus somente, vendeu tudo o que tinha e distribuiu os ganhos aos pobres. Logo depois, vendeu-se em escravidão voluntária e passou a trabalhar para uma nobre romana chamada Sabina. A piedade de Serápia, seu amor pelo trabalho e sua caridade logo conquistaram o coração de sua patroa, que se converteu ao cristianismo.

Ainda durante o reinado de Adriano, Serápia recebeu ordens para prestar homenagem aos deuses de Roma.[2] Ela se recusou e foi entregue a dois homens, que tentaram estuprá-la, mas ela resistiu. Eles então tentaram atear fogo nela com tochas, mas não conseguiram. Por ordem do juiz Derillus, ela foi surrada com varas e decapitada. Seu corpo foi enterrado por Sabina no túmulo que estava reservado para ela própria, perto do campo Vindiciano, mas a memória de seu martírio é lembrada especialmente no dia 3 de setembro, dia que seu túmulo comum foi terminado, decorado e consagrado como um local de orações.[3]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ser%C3%A1pia_de_Roma

– Ver Santas e Santos Dominicanos

Santa Sabina , Mártir

Sabina, nobre de nascimento, foi convertida à fé por Seraphia, sua escrava, que depois se tornou sua amiga, irmã e auxiliadora em todas as obras de caridade. Seraphia tendo sido decapitada por Jesus Cristo, sob Adriano, Sabina enterrou reverentemente seus restos mortais. Por causa desse ato piedoso, ela mesma foi acusada de cristã por Ælpidius, o prefeito de Roma, que lhe disse: “És tu Sabina, aquela romana tão ilustre por seu nascimento e seu casamento?” “Sim”, ela respondeu, “mas agradeço ao meu Senhor Jesus Cristo, que por Sua serva Seraphia, Ele me livrou do poder dos demônios”. Todo esforço para fazê-la negar a Cristo foi infrutífero, e ela foi condenada a ser decapitada (cerca de 130). Em 425 uma igreja foi construído no Aventino, exatamente no local onde ela havia sofrido a morte. Mais tarde, o Papa Honório III entregou a São Domingos a igreja e suas dependências, tornando-se um dos santuários mais justamente queridos à Ordem. A cela do santo Patriarca ainda está preservada, assim como a laranjeira plantada por suas próprias mãos. Sobre esta árvore, São Francisco de Sales escreve assim encantadoramente a Santa Chantal: “Vi em Roma uma árvore plantada pelo Beato Domingos; cada um vai vê-lo, e cuida dele por causa do plantador. Assim, tendo visto em ti a árvore do desejo de santidade, que Nosso Senhor plantou em tua alma, guardo-a com ternura e digo: Que Deus te dê crescimento, ó bela árvore que Ele plantou, semente divina, celestial! Que Deus se digne fazer você produzir frutos até a maturidade.”

Oração

Espírito de Domingos, floresce em nós!

Prática

Faça uma peregrinação espiritual à cela e laranjeira de São Domingos.

– retirado do livro Santos e Santos Dominicanos , da Beata Hyacinthe-Marie Cormier , OP

{ https://catholicsaints.info/saints-and-saintly-dominicans-by-blessed-hyacinth-marie-cormier/}: https://catholicsaints.info/saints-and-saintly-dominicans-29-august/

– Ver “Santa Sabina de Roma“. CatholicSaints.Info . 7 de dezembro de 2021. Web. 28 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/saint-sabina-of-rome/>

4.   Em Metz, na Gália Bél­gica, ac­tu­al­mente na França, Santo Adelfo, bispo. († s. V)

– Ver “… 5º v. São Adelphus Bispo e confessor – Metz, França . Ele está listado no Martirológio Romano anterior a 1970, mas é obscuro, sendo amplamente venerado em Metz, França.
Adelphus (Adelphius) de Metz B (RM) século V. Adelphius era bispo de Metz, França – nada mais conhecido. Seu culto inicial na área é indiscutível. Suas relíquias foram traduzidas para Neuvillers (Estrasburgo), Alsácia, em 826 foi saudado com alegria (Beneditinos, Enciclopédia, Roeder). Na arte, Santo Adelphus é retratado como um bispo em cima de um dragão. Ele pode ser mostrado (1) conduzindo uma mendiga pela mão; (2) sentar em um trono, rodeado pelos pobres; ou (3) aparecendo após a morte para supervisionar a tradução de seus ossos (Roeder) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust29.html

5*.   No ter­ri­tório de Nantes, na Bre­tanha Menor, hoje também na França, São Vítor, ere­mita, que viveu re­cluso num pe­queno ora­tório por ele cons­truído junto de Le Chambon. († c. s. VII)

6.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, a co­me­mo­ração de São Sébio, rei dos Sa­xões Ori­en­tais, de­vo­tís­simo a Deus, que, dei­xando o reino, tomou o há­bito mo­nás­tico e com ele morreu, como tanto desejava. († c. 693).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Inglaterra, no final do séc, VII, São Sebe, rei de Essex. Segundo Beda, o Venerável, “um homem assim foi feito mais para o episcopado do que para a realeza. Homem muito devotado a Deus… preferiu uma vida de características monásticas a todas as riquezas e honras do reino”. (M)

7.   Em Paris, na Nêus­tria, na ho­di­erna França, São Me­de­rico, pres­bí­tero e abade de Autun, que viveu numa er­mida, perto da cidade. († c. 700).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, por volta de 700, São Mederico. Inicialmente monge de Autun, sua cidade natal, ele a deixou para escapar à popularidade da qual era objeto, e se estabeleceu fora dos muros da cidade de Paris, próximo à Capela de São Pedro dos Bosques, que mais tarde recebeu seu nome. (M)

8*.   Em Va­lência, na Es­panha, os be­atos már­tires João de Perúgia, pres­bí­tero, e Pedro de Sassoferrato, re­li­gioso, ambos da Ordem dos Me­nores, que, por terem pre­gado a fé cristã aos mouros de Va­lência, foram de­ca­pi­tados por ordem do rei na praça pú­blica, e assim re­ce­beram a palma do martírio. († 1231)

9*.   Em Cra­cóvia, na Po­lónia, a Beata Bro­nis­lava, virgem da Ordem dos Pre­mons­tra­tenses, que quis se­guir uma vida hu­milde e oculta e, des­truído o seu mos­teiro pelos Tár­taros, con­ti­nuou a viver a sós com Deus numa cabana. († 1259)

10*.   Em Len­castre, na In­gla­terra, o Beato Ri­cardo Herst, mártir, pai de fa­mília e agri­cultor, que, fal­sa­mente acu­sado de ho­mi­cídio, no rei­nado de Jaime I, foi con­de­nado ao su­plício da forca e morreu por Cristo. († 1618).

– Ver “…Condenado, preferiu morrer… Minha carne está atemorizada, amedrontada, mas encontro grande conforto espiritual em me atirar ao meu doce Salvador com um ferventíssimo amor. Quando me ponho a considerar o que lhe fizeram e o que sofreu por mim, meu maior desejo é de sofrer com ele. Acho melhor morrer mil vezes do que possuir um reino e viver em pecado mortal. Nada há de mais detestável, para mim, do que o pecado, e isto unicamente pelo amor do meu Salvador… Corajosamente, o bem-aventurado Ricardo Herst foi morto no ano de 1628. Deixara seis filhos e um por nascer. Beatificado em 1929” à página 336: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “… 1628 Bl. Richard Herst mártir inglês – No dia seguinte ao martírio de Bd Edmund Arrowsmith em Lancaster, sofreu na mesma cidade Bd Richard Herst, cuja história é uma das mais notáveis ​​nas histórias dos mártires ingleses e galeses. Ele foi enforcado, aparentemente por homicídio doloso… Bem-aventurado Richard Herst (Hurst, Hayhurst) M (AC). Nasceu perto de Preston, Lancashire, Inglaterra; morreu em Lancashire em 1628; beatificado em 1929… Também chamado de Hurst. Nascido perto de Preston, Lancashire, Inglaterra, ele era conhecido como fazendeiro até ser preso sob a acusação de assassinato. Ele lutou com três homens que tentaram prendê-lo, e um deles, chamado Dewhurst, morreu. Na verdade, ele foi enforcado em Lancaster em 29 de agosto por causa de sua recusa em negar o catolicismo… Vendo que o carrasco estava se atrapalhando com o conserto da corda, chamou-o: “Tom, acho que devo subir e ajudá-lo”… Foi-lhe oferecida sua liberdade se ele fizesse o Juramento de Supremacia, mas recusou… Richard Herst era um fazendeiro que foi enforcado sob uma acusação infundada de assassinato por ser católico (beneditinos)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust29.html

11*.   Ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Luís Vul­fi­lácio Huppy, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foi en­car­ce­rado num sór­dido barco em con­di­ções de­su­manas por causa do seu sa­cer­dócio e morreu con­su­mido pelas enfermidades. († 1794)

12*.   Em Wa­ter­fold, na Ir­landa, o Beato Ed­mundo Inácio Rice, que se de­dicou com ar­do­rosa di­li­gência à for­mação das cri­anças e dos jo­vens em si­tu­a­ções di­fí­ceis e, para for­ta­lecer esta obra, fundou a Con­gre­gação dos Ir­mãos Cris­tãos e a dos Ir­mãos da Apresentação. († 1844)

13*.   Em Rennes, na França, Santa Maria da Cruz (Joana Jugan), virgem, que, para men­digar o ne­ces­sário para os po­bres e para Deus, fundou a Con­gre­gação das Ir­mã­zi­nhas dos Po­bres e, in­jus­ta­mente afas­tada da di­recção do Ins­ti­tuto, passou o resto da sua vida em oração e humildade. († 1879)

14*.   Em Va­lência, na Es­panha, o Beato Cons­tan­tino Fer­nández Ál­varez, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, em tempo de per­se­guição re­li­giosa, con­sumou o seu com­bate pela fé. († 1936)

15*.   Em Hijar, lo­ca­li­dade pró­xima de Te­ruel, também na Es­panha, o Beato Fran­cisco Monzón Romeo, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, na mesma per­se­guição, con­firmou com o seu sangue a fi­de­li­dade ao Senhor. († 1936)

16*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, pró­ximo de Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Do­mingos Je­dr­ze­jewski, pres­bí­tero e mártir, que, no furor da guerra, foi de­por­tado da Po­lónia para um cár­cere es­tran­geiro, onde, de­pois de cruéis su­plí­cios, morreu por Cristo. († 1942)

17*.   Em Poznan, na Po­lónia, a Beata Sancha Szym­kowiak (Jo­a­nina Szym­kowiak), virgem da Con­gre­gação das Fi­lhas de Nossa Se­nhora das Dores, que, du­rante a vi­o­lência da mesma guerra, se de­dicou com suma di­li­gência ao cui­dado dos de­tidos no cárcere. († 1942)

18*.   Em Santa Júlia, po­vo­ação do Pi­e­monte, na Itália, a Beata Te­resa Bracco, virgem e mártir, tra­ba­lha­dora do campo, que, du­rante a se­gunda guerra mun­dial, por ter de­fen­dido co­ra­jo­sa­mente a sua pu­reza, foi morta pelos golpes de al­guns soldados. († 1944)

19♦.   Em Ollur, na lo­ca­li­dade de Ke­rala, es­tado da India, Santa Eu­frásia do Sa­grado Co­ração de Jesus (Rosa Elu­vathingal), virgem da Con­gre­gação da Mãe do Carmelo. († 1952)

20. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, o martírio dos Santos Hipácio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo da Ásia, e André, sacerdote, degolados por defenderem o culto das santas imagens. (M)

21. São Niceias (também na Folhinha do Coração de Jesus)

– Ver “… São Nicéia e Paulo dois mártires executados na Síria…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust29.html

22. Santa Cândida Menor, também na Folhinha do Coração de Jesus ver 10 de setembro. Ver também dias 29 de agosto e 20 de setembro. OUTRAS ANOTAÇÕES DE SANT A CÂNDIDA:

– Ver “…Comemora-se no dia 29 de agosto. Não se sabe se era natural de Roma, nem se deve identificar-se com outras santas do mesmo nome e da mesma cidade. (texto extraído do livro “Bibliotheca Sanctorum, Instituto Giovanni XXIII nelle Pontificia Universitá Lateranense – 1963 – Vol. III – pg. 734:).A virgem e mártir Santa Cândida, a padroeira, é festejada no dia 29 de agosto.  Estudo feito; Tarcisio Cirino”:

http://missoespopulares.blogspot.com/2011/03/encontrei-o-corpo-santo-da-virge-e.html

-Ver também:  http://fraternidadesaogilberto.blogspot.com/2012/08/santa-candida-virgem-e-martir.html  

– Ver página 337: (http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver “Ela recebe, no dia 20 de setembro, as tradicionais homenagens litúrgicas confirmadas pela Igreja. Encontrei alguns sites de paróquias afirmando celebrarem sua festa dia 29 de setembro…”: http://santossanctorum.blogspot.com/2016/09/santa-candida-martir-padroeira-das_7.html

– Ver: “Ela recebe, no dia 20 de setembro, as tradicionais homenagens litúrgicas confirmadas pela Igreja”: http://www.derradeirasgracas.com/3.%20Os%20Santos%20do%20Dia/Santos%20do%20M%C3%AAs%20de%20Setembro/20.09%20-%20Santos%20Eust%C3%A1quio.htm

 – Ver: “”: https://www.rs21.com.br/calendario-liturgico/calendario-liturgico-santo-do-dia/santo-do-dia-santa-candida-2/

https://www.youtube.com/watch?v=pni4krLQXhM

https://pt.zenit.org/articles/candida-maria-de-jesus-a-santa-que-viveu-a-caridade-ate-o-extremo/

23. VER SANTAS E SANTOS DE 29 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Paixão de João Batista (Memorial) — Nossa Senhora das Lágrimas Nossa Senhora da Guarda Nossa Senhora de Valleverde — Adelfo de Metz Adaúsia de Roma Alberico de Bagno de Romagna Basília de Sirmio Bronislava da Polônia Cândida de Roma Dominik Jedrzejewski Edmundo Arroz Edwold, o Eremita Eufrásia do Sagrado Coração de Jesus Eluvathingal Eutímio de Perugia Filippa Guidoni Jeanne Jugan João de Perúgia Louis-Wulphy Huppy Maximiano de Vercelli Medérico Pedro de Sassoferrato Richard Herst Sabina de Roma Sabina de TroyesSancja Szymkowiak Sebe de Essex Teresa Bracco Veleicus Vítor de La ChambonMártires de Antioquia Niceu Paulo Mártires de Velleianum Reposit Sator Vitalis Martirizado na Guerra Civil Espanhola Antonio Pérez Vacas Aquilino Pastor Cambeos Blas Jesús Barbancho González Constantino Fernández Álvarez Francisco Monzon Romeo José Almunia López-Teruel Josep Maria Tarín Curto Pedro Asua Mendia — Beatriz de Nazaré Fernando de Incapié Pietro Romero Verona de Mainz
todos esses memoriais em uma única página

24. Outras santas e santos do dia 29 de agosto: págs. 324-338, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 29 de agosto, ver ainda: 29 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 679-682: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm
  11. https://catholicsaints.info/29-august/
  12. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust29.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

* 27 DE AGOSTO: SÃO PEMEN / PASTOR / POEMAS

               À questão de saber se é melhor falar ou calar, o Ancião disse:
Quem fala por Deus, faz bem, e quem cala por Deus, também faz bem.”
Ele também disse: “Se o homem parece estar em silêncio, mas seu coração condena os outros, então ele está sempre falando. Pode haver um homem que fala o dia todo, mas na verdade ele fica em silêncio, porque não diz nada que não seja lucrativo.”

O santo disse: “É útil observar três coisas: temer a Deus, orar com frequência e fazer o bem ao próximo”.
…”A maldade nunca erradica a maldade. Se alguém faz o mal a você, faça o bem a ele e a sua bondade vencerá a maldade.”

O começo do mal é a falta de vigilância. – São Poema

O silêncio não é uma virtude quando a caridade exige discurso. – São Poema

Uma fé viva consiste em pensar pouco de si mesmo e mostrar consideração pelos outros. – São Poema

Ensine seu coração a guardar o que sua língua ensina. – São Poema

Quando seu irmão o ataca, sejam quais forem os insultos, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. Mesmo se ele arrancasse seu olho direito e cortasse sua mão direita, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. No entanto, se ele tentar afastá-lo de Deus, fique com raiva! – São Poema

Não abra sua consciência para quem você não confia em seu coração. – São Poema

Instruir o próximo é o mesmo que repreendê-lo. – São Poema

Se você der pouca importância a si mesmo, terá paz onde quer que viva. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria; estes são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Deixe de lado uma pequena parte da sua justiça e em poucos dias você estará em paz. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria – esses são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Você deve fugir das coisas sensuais. Na verdade, toda vez que um homem chega perto de uma luta com a sensualidade, ele é como um homem à beira de um lago profundo, e o Inimigo o joga quando quer. Mas se o homem vive longe das coisas sensuais, ele é como aquele que está à distância do lago, de modo que mesmo que o Inimigo o seduza para jogá-lo no fundo, Deus lhe envia ajuda no exato momento em que o inimigo o está afastando e fazendo-lhe violência. – São Poema

Não dê seu coração ao que não satisfaz seu coração. – São Poema

Se você estiver em silêncio, terá paz onde quer que viva. – São Poema

A natureza da água é macia, e a natureza da pedra é dura; mas se uma garrafa é pendurada acima da pedra, deixando a água cair gota a gota, ela desgasta a pedra. Assim é com a Palavra de Deus: é mole e nosso coração é duro, mas o homem que ouve a Palavra de Deus muitas vezes abre seu coração ao temor de Deus. – São Poema

Citação MLA

================

* 28 DE OUTUBRO: SANTO AGOSTINHO

“… O que você possui se você não possui Deus? – Santo Agostinho

Infeliz é a alma escravizada pelo amor de tudo o que é mortal. – Santo Agostinho

O amor às posses mundanas é uma espécie de linha de pássaro, que enreda a alma e a impede de voar para Deus. – Santo Agostinho

Neste exato momento posso, se desejar, tornar-me amigo de Deus– Santo Agostinho

Deus concede mais consideração à pureza da intenção com a qual nossas ações são realizadas do que às próprias ações. – Santo Agostinho

Vou sugerir um meio pelo qual você pode louvar a Deus o dia todo, se desejar. Faça o que fizer, faça bem-feito, e você louvou a Deus. – Santo Agostinho

Este é o negócio da nossa vida. Pelo trabalho e oração, avançar na graça de Deus, até chegarmos àquela altura de perfeição na qual, com corações puros, podemos contemplar a Deus. – Santo Agostinho

Deus em sua onipotência não podia dar mais, em sua sabedoria não sabia dar mais, em suas riquezas não tinha mais para dar, do que a Eucaristia. – Santo Agostinho

Deus não ordena impossibilidades, mas ao ordenar adverte-te a fazer o que podes e a orar pelo que não podes, e ajuda-te para que possas– Santo Agostinho

Nossa vida e nossa morte estão com nosso próximo. – Santo Agostinho

Conquiste a si mesmo e o mundo está aos seus pés. – Santo Agostinho…”

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 28 de agosto

1. Me­mória de Santo Agos­tinho (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo e in­signe doutor da Igreja, que, de­pois de uma vida in­quieta, quer in­te­lec­tual quer mo­ral­mente, se con­verteu à fé ca­tó­lica e foi bap­ti­zado por Santo Am­brósio de Milão e, re­gres­sando à sua pá­tria, aí levou com al­guns amigos uma vida as­cé­tica, con­sa­grada a Deus e ao es­tudo da Es­cri­tura. Eleito de­pois bispo de Hi­pona, hoje An­naba, na Ar­gélia, du­rante trinta e quatro anos foi per­feito mo­delo do seu re­banho e deu-lhe uma só­lida for­mação cristã por meio de nu­me­rosos ser­mões e es­critos, com os quais com­bateu for­te­mente os erros do seu tempo e expôs com sa­be­doria a ver­da­deira fé. († 430).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Santo Agostinho, bispo de Hipona e doutor da Igreja, morto em 430. Inicialmente professor de retórica e orador, foi convertido de seus desvios morais e doutrinais, e batizado, perto de trinta e três anos, por Santo Ambrósio de Milão. Desde então, consagrou-se de corpo e alma a Deus, engajando-se na vida monástica e sacerdotal. Durante os trinta e quatro anos de seu episcopado, serviu a Igreja por sua palavra, abrindo o tesouro da Escritura a seus fiéis, e, através de seus escritos, expondo e defendendo de maneira incomparável, a doutrina da graça. (R).

– Ver páginas 268-305: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver “… Aurélio Agostinho de Hipona (em latimAurelius Augustinus Hipponensis[2]), conhecido universalmente como Santo Agostinho, foi um dos mais importantes teólogos e filósofos nos primeiros séculos do cristianismo,[3] cujas obras foram muito influentes no desenvolvimento do cristianismo e filosofia ocidental. Foi bispo de Hipona, uma cidade na província romana da África. Escrevendo na era patrística, é amplamente considerado como o mais importante dos Padres da Igreja no ocidente. Suas obras-primas são De Civitate Dei (“A Cidade de Deus”) e “Confissões“, ambas ainda muito estudadas atualmente.

De acordo com Jerônimo, seu contemporâneo, Agostinho “restabeleceu a antiga fé”.[4] Em seus primeiros anos, Agostinho foi muito influenciado pelo maniqueísmo e, logo depois, pelo neoplatonismo de Plotino.[5] Depois de se converter ao cristianismo e aceitar o batismo (387), desenvolveu uma abordagem original à filosofia e teologia, acomodando uma variedade de métodos e perspectivas de uma maneira até então desconhecida.[6] Acreditando que a graça de Cristo era indispensável para a liberdade humana, ajudou a formular a doutrina do pecado original e deu contribuições seminais ao desenvolvimento da doutrina da guerra justa.

Quando o Império Romano do Ocidente começou a ruir, Agostinho desenvolveu o conceito de “Igreja Católica” como uma “Cidade de Deus” espiritual (na obra homônima) distinta da cidade terrena e material de mesmo nome.[7] “A Cidade de Deus” estava também intimamente ligada ao segmento da Igreja que aderiu ao conceito da Trindade como postulado pelo Concílio de Niceia e pelo Concílio de Constantinopla.[8]

Na Igreja Católica e na Comunhão Anglicana, Agostinho é venerado como um santo, um proeminente Doutor da Igreja e o patrono dos agostinianos. Sua festa é celebrada no dia de sua morte, 28 de agosto. Muitos protestantes, especialmente os calvinistas, consideram Agostinho como um dos “pais teológicos” da Reforma Protestante por causa de suas doutrinas sobre a salvação e graça divina. Na Igreja Ortodoxa, algumas de suas doutrinas não são aceitas, como a da cláusula Filioque,[9] do pecado original e do monergismo.[9]Ainda assim, apesar destas controvérsias, é considerado também um santo, sendo comemorado como “Beato Agostinho” no dia 15 de junho.[10] Ainda assim, numerosos autores ortodoxos advogaram a favor de suas obras e de sua personalidade, como Genádio II de Constantinopla e Seraphim Rose”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Agostinho_de_Hipona

– Ver SANTO AGOSTINHO DE HIPONA

Também conhecido como

  • Aurélio Agostinho
  • Doutor da Graça

Memorial

Perfil

Filho de um pai pagão que se converteu em seu leito de morte , e de Santa Mônica , uma cristã devota . Criado como cristão , ele perdeu a fé na juventude e levou uma vida selvagem. Viveu com uma cartaginesa dos 15 aos 30 anos. Teve um filho a quem deu o nome de Adeotadus , que significa dom de Deus . Ensinou retórica em Cartago e Milão , Itália . Depois de investigar e experimentar várias filosofias , tornou-se um maniqueísta por vários anos; ensinava sobre uma grande luta entre o bem e o mal e apresentava um código moral frouxo. Um resumo de seu pensamento na época vem de suas Confissões : “Deus, dá-me castidade e continência – mas não agora”.

Agostinho finalmente rompeu com os maniqueus e foi convertido pelas orações de sua mãe e a ajuda de Santo Ambrósio de Milão , que o batizou . Com a morte de sua mãe , ele voltou para a África , vendeu sua propriedade, deu o dinheiro aos pobres e fundou um mosteiro . Monge . Sacerdote . Pregador . Bispo de Hipona em 396 . Comunidades religiosas fundadas. Combateu o maniqueísmo ,Donatismo , Pelagianismo e outras heresias . Supervisionou sua igreja e sua sé durante a queda do Império Romano para os vândalos. Doutor da Igreja . Seu pensamento posterior também pode ser resumido em uma linha de seus escritos: Nossos corações foram feitos para você, ó Senhor, e eles estão inquietos até que descansem em você.

Nascer

Morreu

Canonizado

Patrocínio

Representação

Orações de Santo Agostinho

informação adicional

Leituras

Não há ninguém como Santo Agostinho para encontrar Cristo em tudo. – Padre Sebastian Bowden

Deus não precisa do seu dinheiro, mas os pobres sim. Você dá aos pobres, e Deus recebe. – Santo Agostinho

As honras deste mundo, o que são elas, senão sopro, vazio e perigo de queda? – Santo Agostinho

Avançai, pois, diariamente neste amor, orando e fazendo o bem, para que, com a ajuda daquele que vos ordenou e de quem é dom, seja nutrido e aumentado, até que, aperfeiçoado, vos torne perfeito. – Santo Agostinho

O que você possui se você não possui Deus? – Santo Agostinho

Infeliz é a alma escravizada pelo amor de tudo o que é mortal. – Santo Agostinho

O amor às posses mundanas é uma espécie de linha de pássaro, que enreda a alma e a impede de voar para Deus. – Santo Agostinho

Neste exato momento posso, se desejar, tornar-me amigo de Deus. – Santo Agostinho

Deus concede mais consideração à pureza da intenção com a qual nossas ações são realizadas do que às próprias ações. – Santo Agostinho

Vou sugerir um meio pelo qual você pode louvar a Deus o dia todo, se desejar. Faça o que fizer, faça bem feito, e você louvou a Deus. – Santo Agostinho

Este é o negócio da nossa vida. Pelo trabalho e oração, avançar na graça de Deus, até chegarmos àquela altura de perfeição na qual, com corações puros, podemos contemplar a Deus. – Santo Agostinho

Deus em sua onipotência não podia dar mais, em sua sabedoria não sabia dar mais, em suas riquezas não tinha mais para dar, do que a Eucaristia. – Santo Agostinho

Deus não ordena impossibilidades, mas ao ordenar adverte-te a fazer o que podes e a orar pelo que não podes, e ajuda-te para que possas. – Santo Agostinho

Nossa vida e nossa morte estão com nosso próximo. – Santo Agostinho

Conquiste a si mesmo e o mundo está aos seus pés. – Santo Agostinho

Ó verdade eterna, amor verdadeiro e eternidade amada. Você é meu Deus. Para você eu suspiro dia e noite. Quando o conheci, você me atraiu para si para que eu pudesse ver que havia coisas para eu ver, mas que eu mesmo ainda não estava pronto para vê-las. Enquanto isso, você superou a fraqueza de minha visão, enviando mais fortemente os raios de sua luz, e eu tremi ao mesmo tempo com amor e pavor. Procurei uma maneira de ganhar a força que precisava para desfrutar de você. Mas não a encontrei até abraçar “o mediador entre Deus e os homens, o homem Cristo Jesus, que é acima de tudo, Deus bendito para sempre”. Ele me ligava e dizia: “Eu sou o caminho da verdade, eu sou a vida”. Tarde te amei, ó Beleza sempre antiga, sempre nova, tarde te amei! Você estava dentro de mim, mas eu estava fora, e foi lá que eu procurei por você. Em minha falta de amabilidade, mergulhei nas coisas amáveis ​​que você criou. Você estava comigo, mas eu não estava com você. As coisas criadas me afastaram de você; no entanto, se eles não estivessem em você, eles não estariam de forma alguma. Você ligou, gritou e rompeu minha surdez. Você brilhou, brilhou e dissipou minha cegueira. Você soprou sua fragrância em mim; Eu respirei fundo e agora eu ofego por você. Eu provei você, agora tenho fome e sede de mais. Você me tocou, e eu queimei por sua paz. Eu respirei fundo e agora eu ofego por você. Eu provei você, agora tenho fome e sede de mais. Você me tocou, e eu queimei por sua paz. Eu respirei fundo e agora eu ofego por você. Eu provei você, agora tenho fome e sede de mais. Você me tocou, e eu queimei por sua paz.– deConfissõesde Santo Agostinho

Nem as almas dos mortos piedosos estão separadas da Igreja que mesmo agora é o reino de Cristo. Caso contrário, não haveria lembrança deles no altar de Deus na comunicação do Corpo de Cristo. – a partir deA Cidade de Deuspor Santo Agostinho

Um povo cristão celebra juntos em solenidade religiosa as memórias dos mártires, tanto para encorajar a sua imitação como para compartilhar de seus méritos e ser auxiliado por suas orações”. – a partir deContra Fausto, o Maniqueísta, de Santo Agostinho

Há uma disciplina eclesiástica, como sabem os fiéis, quando os nomes dos mártires são lidos em voz alta naquele lugar do altar de Deus, onde não se faz oração por eles. A oração, no entanto, é oferecida pelos mortos que são lembrados. Pois é errado orar por um mártir, a cujas orações devemos ser recomendados. – a partir deSermõespor Santo Agostinho

Na mesa do Senhor não comemoramos os mártires como fazemos a outros que descansam em paz para rezar por eles, mas para que rezem por nós para que sigamos os seus passos. – a partir deHomilias sobre Joãopor Santo Agostinho

Como ainda não podemos entender que Ele foi gerado pelo Pai antes da estrela do dia, celebremos Seu nascimento da Virgem nas horas noturnas. Já que não compreendemos como Seu nome existia antes da luz do sol, reconheçamos Seu tabernáculo colocado no sol. Uma vez que ainda não contemplamos o Filho inseparavelmente unido a Seu Pai, lembremo-nos Dele como o ‘noivo saindo de seu quarto nupcial’. Já que ainda não estamos prontos para o banquete de nosso Pai, vamos nos familiarizar com a manjedoura de nosso Senhor Jesus Cristo. – Santo Agostinho

Ele ora por nós como nosso sacerdote, ora em nós como nossa Cabeça e é orado por nós como nosso Deus. Portanto, reconheçamos nossa voz nele e a dele em nós. – Santo Agostinho

Questione a beleza da terra, do mar, do ar que se distende e se difunde, do céu, questione todas essas realidades. Todos respondem: ‘Veja, nós somos lindos.’ Essas belezas estão sujeitas a mudanças. Quem os fez senão o Belo que não está sujeito a mudanças? – Santo Agostinho

Uma e a mesma Palavra de Deus se estende por toda a Escritura, que é uma e a mesma Palavra que ressoa na boca de todos os escritores sagrados, pois Aquele que era no princípio Deus com Deus não precisa de sílabas separadas; pois ele não está sujeito ao tempo. – Santo Agostinho

Jesus Cristo será o Senhor de todos, ou ele não será o Senhor de forma alguma. – Santo Agostinho

Se as coisas físicas lhe agradam, então louve a Deus por elas, mas volte seu amor para Aquele que as criou, para que não nas coisas que lhe agradam, você O desagrade. Se as almas te agradam, ame-as em Deus; pois em si mesmos são mutáveis, mas nEle estão firmemente estabelecidos. Sem Ele eles passam e perecem. Nele, então, deixe-os ser amados, e leve consigo a Ele quantas almas você puder, e diga-lhes: “Vamos amá-lo, vamos amá-lo; Ele fez o mundo e não está longe dele. Ele não fez todas as coisas e depois as deixou, mas elas são Dele e Nele. Veja, lá está Ele onde quer que a verdade seja amada. Ele está dentro do próprio coração, mas o coração se desviou dEle. Voltai ao vosso coração, ó transgressores, e apegai-vos Àquele que vos fez. Fique com Ele e você ficará firme. Descanse nEle e você descansará”.– Santo Agostinho, deAs Confissões

Entendamos que Deus é médico e que o sofrimento é um remédio para a salvação, não um castigo para a condenação. – Santo Agostinho

Ó Sacramento do Amor! Ó sinal de Unidade! Ó vínculo de Caridade! Aquele que deseja ter Vida encontra aqui de fato uma Vida para viver e uma Vida pela qual viver. – Santo Agostinho

Se você perceber que ainda não sofreu tribulações, considere certo que você ainda não começou a ser um verdadeiro servo de Deus; pois São Paulo diz claramente que todos os que escolheram viver piedosamente em Cristo, sofrerão perseguições – Santo Agostinho

Dirijo-me a vós que acabas de renascer no baptismo , meus filhinhos em Cristo, vós que sois a nova geração da Igreja, dom do Pai, prova da fecundidade da Mãe Igreja. Todos vocês que permanecem firmes no Senhor são uma semente sagrada, uma nova colônia de abelhas , a própria flor de nosso ministério e fruto de nosso trabalho, minha alegria e minha coroa. São as palavras do Apóstolo que dirijo a vocês: Revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não façais provisão para a carne e seus desejos, para que sejais revestidos da vida daquele que vos revestiste neste sacramento. . Todos vocês foram revestidos de Cristo pelo seu batismonele. Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há macho nem fêmea; todos vocês são um em Cristo Jesus. Tal é o poder deste sacramento: é um sacramento de vida nova que começa aqui e agora com o perdão de todos os pecados passados, e se completará na ressurreição dos mortos. Você foi sepultado com Cristo pelo batismona morte, para que, assim como Cristo ressuscitou dos mortos, também vós andeis em novidade de vida. Você está andando agora pela fé, ainda em peregrinação em um corpo mortal para longe do Senhor; mas aquele a quem os vossos passos são dirigidos é ele próprio o caminho seguro e certo para vós: Jesus Cristo, que por nós se fez homem. Para todos os que o temem, ele acumulou felicidade abundante, que revelará aos que nele esperam, completando-a quando atingirmos a realidade que ainda agora possuímos na esperança. Este é o dia da oitava do seu novo nascimento. Hoje se cumpre em vocês o sinal da fé que foi prefigurado no Antigo Testamento pela circuncisão da carne no oitavo dia após o nascimento. Quando o Senhor ressuscitou dos mortos, ele adiou a mortalidade da carne; seu corpo ressuscitado ainda era o mesmo corpo, mas não estava mais sujeito à morte. Por sua ressurreição ele consagrou o domingo, ou o dia do Senhor. Embora o terceiro depois de sua paixão, este dia é o oitavo depois do sábado e, portanto, também o primeiro dia da semana. E assim sua própria esperança de ressurreição, embora ainda não realizada, é certa e certa, porque você recebeu o sacramento ou sinal dessa realidade e recebeu o penhor do Espírito. Se, pois, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Coloque seus corações nas coisas celestiais, não nas coisas que estão na terra. Pois você morreu e sua vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, sua vida, aparecer, então você também aparecerá com ele em glória. e assim também o primeiro dia da semana. E assim sua própria esperança de ressurreição, embora ainda não realizada, é certa e certa, porque você recebeu o sacramento ou sinal dessa realidade e recebeu o penhor do Espírito. Se, pois, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Coloque seus corações nas coisas celestiais, não nas coisas que estão na terra. Pois você morreu e sua vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, sua vida, aparecer, então você também aparecerá com ele em glória. e assim também o primeiro dia da semana. E assim sua própria esperança de ressurreição, embora ainda não realizada, é certa e certa, porque você recebeu o sacramento ou sinal dessa realidade e recebeu o penhor do Espírito. Se, pois, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Coloque seus corações nas coisas celestiais, não nas coisas que estão na terra. Pois você morreu e sua vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, sua vida, aparecer, então você também aparecerá com ele em glória. onde Cristo está sentado à direita de Deus. Coloque seus corações nas coisas celestiais, não nas coisas que estão na terra. Pois você morreu e sua vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, sua vida, aparecer, então você também aparecerá com ele em glória. onde Cristo está sentado à direita de Deus. Coloque seus corações nas coisas celestiais, não nas coisas que estão na terra. Pois você morreu e sua vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, sua vida, aparecer, então você também aparecerá com ele em glória.– de um sermão de Santo Agostinho

Citação MLA

2.   Em Roma, no ce­mi­tério de Ba­sila, junto à Via Sa­lária An­tiga, Santo Hermes, mártir, que, como re­fere o papa São Dâ­maso, veio da Grécia e Roma aco­lheu como seu ci­dadão, quando so­freu o mar­tírio pelo santo nome de Cristo. († s. III).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, Santo Hermes, escravo ou liberto romano, martirizado no séc. II. (M)

3.   Em Cons­tança, na Suábia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, a co­me­mo­ração de São Paio (São Pelágio), mártir. († c. s. III)

4.   Em Bri­oude, perto de Cler­mont-Fer­rand, na Aqui­tânia, hoje na França, São Ju­lião, mártir, que, em tempo de per­se­guição, tendo vindo para este ter­ri­tório pela exor­tação de São Fer­réolo, con­forme se narra, neste lugar re­cebeu a palma do martírio. († c. s. III).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Brioude, na Auvergne, São Juliano, mártir. Companheiro do tribuno São Ferreolo, seguia secretamente a Cristo sob o uniforme militar. Durante a perseguição de Diocleciano, foi detido e teve o pescoço cortado. Seu culto teve grande popularidade em várias localidades, que se colocaram sob seu patrocínio. (M)

5.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, Santo Ale­xandre, bispo, cuja oração apos­tó­lica, como es­creve São Gre­gório de Na­zi­anzo, venceu o chefe da im­pi­e­dade ariana. († c. 336).

– Ver “… Alexandre de Constantinopla foi o 27º bispo de Bizâncio e primeiro arcebispo de Constantinopla. Segundo seu sinaxário, era filho de Jorge e Briena e nativo da Calábria, na Itália. Se dedicou a vida religiosa desde tenra idade, vivendo num mosteiro. Diz-se que tinha o dom das visões após dias em jejum, e que teve problemas com ataques dos sarracenos. Era vigário de Metrófanes (r. 306–314/317), que o designou sucessor no leito de morte, em 314/317, ou 325, dependendo da fonte.

Se envolveu na controvérsia ariana em oposição a Ário e parceria com o papa de Alexandria Alexandre I (r. 313–326). Em 325, foi ao Primeiro Concílio de Niceia que excomungou Ário, mas em 336, recebeu ordens do imperador Constantino (r. 306–337) para readmiti-lo na comunhão da Igreja. Mesmo sob ameaça dos eusebianos, se recusou e se trancou na Igreja de Santa Irene em intensa oração; Ário faleceu no caminho à igreja. Morreu em 337/340 e foi considerado santo, com sua festa primeiro sendo celebrada em 2 de junho e hoje em 30 de agosto, na Igreja Ortodoxa, e 28 de agosto, na Igreja Católica…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alexandre_de_Constantinopla

São João III (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– ver “… 340, 577, 784 Ss. Alexandre, João III e Paulo IV, Patriarcas de Constantinopla

Alexandre de Bizâncio (VER DIA 26 DE FEVEREIRO) já tinha setenta e três anos quando foi eleito para o trono episcopal de Constantinopla e ocupou o cargo por vinte e três anos nos dias difíceis do heresiarca Ário. Logo após sua eleição, o imperador Constantino ordenou uma conferência entre os teólogos cristãos e vários filósofos pagãos, e a discussão foi lançada em confusão por todos os filósofos que tentavam falar ao mesmo tempo. Por sugestão de Santo Alexandre, eles escolheram os mais eruditos entre eles para expressar seus pontos de vista, e enquanto um deles falava, Alexandre de repente exclamou: “Em nome de Jesus Cristo, ordeno-lhe que fique em silêncio!” Diante disso, diz-se, o infeliz descobriu que sua língua estava paralisada e sua boca incapaz de pronunciar uma palavra até que Alexandre o autorizou.

Em 336, Ário chegou triunfante a Constantinopla, com uma ordem do imperador para que Santo Alexandre o recebesse em comunhão. Diz-se que Alexandre se trancou na igreja e orou, com São Tiago de Nisibis, para que Deus removesse a si mesmo ou a Ário. Em qualquer caso, na noite anterior ao dia marcado para sua recepção solene, Ário morreu repentinamente. Era natural que muitos cristãos considerassem isso uma intervenção divina à intercessão de Santo Alexandre, e essa visão é expressa pelo Martirológio Romano, que se refere a ele como “um velho glorioso, por causa de cujas orações, Ário, condenado pelo juízo de Deus, rompe-se pelo meio e as suas entranhas derramaram-se”.

Os católicos bizantinos se unem em uma comemoração com Santo Alexandre, dois outros arcebispos sagrados de Constantinopla, João III e Paulo IV, chamados “os jovens”. João nasceu perto de Antioquia e foi advogado antes de ser ordenado. Ele foi enviado como legado patriarcal de Antioquia para Constantinopla, onde seu aprendizado o fez ser conhecido como “o Escolástico”; já havia feito uma coleção de cânones do direito eclesiástico, que o recomendava ao imperador Justiniano I, e no ano 565foi feito patriarca da cidade imperial. Enquanto ocupou esse cargo, ele revisou e ampliou sua coleção de cânones, que foi a primeira a ser feita sistematicamente; este trabalho cresceu eventualmente no compêndio da lei da igreja oriental chamado de Nomokanon. São João Escolástico morreu em 577.

São Paulo, o Jovem, nasceu em Salamina e se tornou patriarca de Constantinopla em 780, durante os últimos meses do imperador Leão IV. Diretamente a Imperatriz Irene tornou-se regente, ele defendeu a restauração das imagens sagradas e sua veneração; em 784 retirou-se para o mosteiro de Florus, declaradamente como um ato de penitência por seus compromissos e falta de ousadia durante o regime iconoclasta. Até sua morte, pouco depois, ele encorajou a reunião de um conselho para a condenação da Iconoclastia; acabou se reunindo no ano de 787…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust28.html

6.   Em Car­tago, na ho­di­erna Tu­nísia, São Res­ti­tuto, em cuja fes­ti­vi­dade Santo Agos­tinho fez em sua honra um sermão ao povo. († c. 360)

7*.   Em Sár­sina, na Fla­mínia, hoje na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, São Vi­cínio, pri­meiro bispo desta cidade. († s. IV/V)

8.   Em Saintes, na Gália, ac­tu­al­mente na França, São Vi­viano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († s. V).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, o Bem-Aventurado Bibiano, bispo, que se devotou ao serviço da Igreja de Saintes. (M)

9.   No Egipto, São Moisés o Etíope, que, de­pois de ter sido um la­drão fa­moso se tornou ana­co­reta, con­verteu muitos do seu bando e os con­duziu com ele para o mosteiro. († c. 400).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no deserto de Cétia, no séc. IV, São Moisés, o Egípcio. Antigo escravo liberto por seu patrão, era chefe de um bando de assaltantes, quando tocado pela graça converteu-se e abraçou a vida monástica. Escolhido como sacerdote pelos numerosos penitentes que se haviam reunido em volta dele, o antigo assassino aplicou-se em animar a vida espiritual daquelas pessoas pelo exemplo de sua humildade. (M).

– Ver “… São Moisés o Negro (Axum, c. 330 – Egito, 19 de junho de 405), (também conhecido como Aba Moisés o Grandeo Ladrãoo Abissínioo Etíope e o Forte) foi um hieromonge asceta no Egito do século IV, e um conhecido Padre do Deserto”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mois%C3%A9s,_o_Negro

– Ver Moisés o negro: “São Moisés, o Negro”. CatholicSaints.Info . 4 de fevereiro de 2022. Web. 28 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/saint-moses-the-black/ >

– Ver PADRES DO DESERTO “… Os Padres do Deserto ou Pais do Deserto foram eremitasascetasmonges e freiras que viviam majoritariamente no deserto da Nítria (Escetes), no Egito a partir do século III. O mais conhecido deles foi Santo Antão (ou Santo Antônio, o Grande), que mudou-se para o deserto em 270-271 e se tornou conhecido tanto como o pai quanto o fundador do monasticismo no deserto. Quando Antão morreu em 356, milhares de monges e freiras tinham sido atraídos para a vida no deserto seguindo o exemplo do grande santo. Seu biógrafo, o doutor da igreja Atanásio de Alexandria, escreveu que “o deserto tinha se tornado uma cidade” [1].

Os Padres do Deserto tiveram uma enorme influência no desenvolvimento do cristianismo primitivo. As comunidades monásticas do deserto que cresceram destes encontros informais de monges eremitas se tornaram o modelo para o monasticismo cristão. A tradição monástica oriental, representada em Monte Atos, e ocidental, sob a Regra de São Bento, foram ambas fortemente influenciadas pelas tradições iniciadas no deserto. Todos renascimentos monásticos da Idade Média buscaram no deserto alguma inspiração e orientação. Muito da espiritualidade do Cristianismo Ortodoxo, incluindo o movimento hesicasta, tem as suas raízes nas práticas dos Padres do Deserto. Mesmo renascimentos religiosos mais modernos, como os evangélicos alemães, os pietistas da Pensilvânia e o renascimento metodista na Inglaterra foram vistos por estudiosos atuais como tendo sido em alguma medida influenciados pelos Padres do Deserto[2]…”: Padres do Deserto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

10.   Em Se­vilha, na An­da­luzia, re­gião da His­pânia, Santa Flo­ren­tina, virgem, muito eru­dita em ci­ên­cias ecle­siás­ticas, a quem os seus ir­mãos Le­andro e Isi­doro de­di­caram tra­tados de in­signe doutrina. († s. VII)

11*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Gui­lherme Dean, pres­bí­tero, e sete com­pa­nheiros, que, no rei­nado de Isabel I, con­su­maram o seu mar­tírio pelo reino de Deus, en­for­cados no mesmo dia mas em lu­gares di­versos da ci­dade ou nos arredores. São estes os seus nomes: Gui­lherme Gunter, Ro­berto Morton, Tomás Hold­ford e Jaime Claxton, pres­bí­teros; Tomás Felton, clé­rigo da Ordem dos Frades Me­nores; Hen­rique We­bley e Hugo More, leigos. († 1588)

12.   Em Len­castre, também na In­gla­terra, Santo Ed­mundo Ar­rows­mith, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, na­tural deste du­cado, que, de­pois de ter exer­cido o mi­nis­tério pas­toral du­rante muitos anos na sua pá­tria, porque era sa­cer­dote e con­du­zira muitas pes­soas à fé ca­tó­lica, foi en­for­cado, contra a von­tade dos pró­prios pro­tes­tantes do lugar, no rei­nado de Carlos I. († 1628)

13.   Em Mon­terrey, na Ca­li­fórnia, Santo Ju­ní­pero (Mi­guel Serra), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, que, nas tribos da­quela re­gião ainda pagã, so­bre­car­re­gado por muitas di­fi­cul­dades e tra­ba­lhos, pregou o Evan­gelho de Cristo no idioma do povo local e de­fendeu te­naz­mente os di­reitos dos po­bres e dos humildes. († 1784).

– Em 01 de julho, ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jun%C3%ADpero_Serra

– Ver também: https://www.acidigital.com/noticias/hoje-e-celebrado-sao-junipero-serra-o-apostolo-da-california-38995

– Ver também: https://pt.aleteia.org/2015/09/24/sao-junipero-serra-quem-e-o-polemico-novo-santo-canonizado-pelo-papa-francisco/

– Ver ainda: http://www.ihu.unisinos.br/noticias/543039-junipero-serra-santo-ou-nao%20

– Ver “São Junípero Serra O.F.M., em catalão Fra Juníper Serra[1] (24 de novembro de 1713 – 28 de agosto de 1784) foi um frade franciscano maiorquino que fundou cadeia de missões na Alta Califórnia, parte da província de Las Californias na Nova Espanha, atual CalifórniaEstados Unidos. Entre as missões fundadas encontram-se os núcleos que deram origem a Los AngelesSan FranciscoSacramento e San Diego.

O Padre Serra foi beatificado pelo Papa João Paulo II em 25 de setembro de 1988. Foi canonizado pelo Papa Francisco em 23 de setembro de 2015, por ocasião da sua viagem apostólica a Cuba e Estados Unidos.[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jun%C3%ADpero_Serra

– Ver também “1784 Bl. Junipero Serra Ordem Franciscana Miguel Jose Serra. Ordenado em 1737, ensinou filosofia e teologia na Universidade de Pádua. Aos 37 anos, desembarcou na Cidade do México em 1º de janeiro de 1750 e passou o resto de sua vida trabalhando pela conversão dos povos do Novo Mundo.
Nasceu na ilha de Maiorca a 24 de novembro de 1713 e assumiu o nome de Junipero quando, em 1730, entrou para a Ordem Franciscana. Ordenado em 1737, ele ensinou filosofia e teologia na Universidade de Pádua até 1749.
Em 1768, o padre Serra assumiu as missões dos jesuítas (que haviam sido expulsos indevidamente pelo governo) na província mexicana da Baixa Califórnia e da Alta Califórnia (atual Califórnia). Trabalhador incansável, Serra foi em grande parte responsável pela fundação e difusão da Igreja na Costa Oeste dos Estados Unidos quando ainda era território de missão.
Ele fundou 21 missões e converteu milhares de índios. Os convertidos aprenderam métodos sólidos de agricultura, pecuária e artes e ofícios.
Junipero era um religioso e missionário dedicado. Ele estava imbuído de um espírito penitencial e praticava austeridade durante o sono, alimentação e outras atividades. Em 28 de agosto de 1784, esgotado pelos labores apostólicos, o padre Serra foi chamado ao descanso eterno. Ele foi beatificado pelo Papa João Paulo II em 25 de setembro de 1988. Sua estátua, representando o estado da Califórnia, está no National Statuary Hall.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly01.html

– Ver também: https://www.acidigital.com/noticias/hoje-e-celebrado-sao-junipero-serra-o-apostolo-da-california-38995

– Ver também: https://pt.aleteia.org/2015/09/24/sao-junipero-serra-quem-e-o-polemico-novo-santo-canonizado-pelo-papa-francisco/

– Ver ainda: http://www.ihu.unisinos.br/noticias/543039-junipero-serra-santo-ou-nao%20

14*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Carlos Ar­naldo Hanus, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, por causa do sa­cer­dócio foi en­car­ce­rado na sór­dida ga­lera, na qual, atin­gido pelo es­va­e­ci­mento e também pela en­fer­mi­dade, con­sumou o martírio. († 1794)

15.   Em Bar­ce­lona, na Es­panha, Santa Jo­a­quina de Ve­druma, mãe de fa­mília, que educou pi­e­do­sa­mente nove fi­lhos e, quando ficou viúva, fundou o Ins­ti­tuto das Car­me­litas da Ca­ri­dade, su­por­tando se­re­na­mente todo o gé­nero de so­fri­mentos até à sua morte, que ocorreu por con­tágio da cólera. († 1854). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Joaquina_de_Vedruna

16♦.   Em Alençon, na França, Santa Zélia Maria Guerin, mãe de Santa Te­resa do Me­nino Jesus. († 1877)

17*.   Na re­gião de Va­lência, na Es­panha, os be­atos már­tires João Bap­tista Faubel Cano e Artur Ros Montalt, pais de fa­mília, que, du­rante a per­se­guição contra a Igreja, re­ce­beram dos ho­mens a morte, mas de Deus a vida eterna. († 1936)

18*.   Em Vi­la­nesa, lo­ca­li­dade da mesma re­gião da Es­panha, o Beato Au­rélio de Vilanesa (José Ample Al­caide), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição, no com­bate da fé co­lheu o fruto da glória eterna. († 1936)

19♦.   Em Elche de la Si­erra, perto de Al­ba­cete, também na Es­panha, o Beato Ma­merto Car­chano Carchano, pres­bí­tero da di­o­cese de To­ledo e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição, con­firmou com o seu sangue a plena fi­de­li­dade a Cristo. († 1936)

20*.   Em Nawo­jowa Gora, po­vo­ação da Po­lónia, o Beato Afonso Maria Ma­zurek, pres­bí­tero da Ordem dos Car­me­litas Des­calços e mártir, que, em tempo de guerra, foi morto pelos in­va­sores da sua pá­tria por causa da sua pro­fissão cristã. († 1944)

21. Santo Ezequias, rei de Judá, Antigo Testamento. Ver páginas 306-320: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

22. VER SANTAS E SANTOS DE 28 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Agostinho de Hipona (Memorial) Nossa Senhora da Mailane — Adelindis de Buchau Inês de Colônia Alexandre de Constantinopla Alfons Maria Mazurek Ambrósio de Santos Ângelo da Pesche d’Isernia Antes de Salerno Charles-Arnold Hanus Facundinus de Taino Félix de Venosa Florentina de Cartagena Fortunato de Salerno Caio de Salerno Gorman de Schleswig Hermes de Roma Januário de Venosa Joaquina Vedruna de Mas Juliano de Auvergne Junípero Serra Moisés, o Negro Pelágio da Ístria Restitutus de Cartago Rumwold, o Príncipe Septíminus de Venosa Vicinius de Sarsina Vivian de Santos — Diego de Tahust Feidlimid Ezequias de JudáMartirizado na Inglaterra Edmund Arrowsmith Henry Webley Hugh Mais James Claxton Robert Morton Thomas Felton William Dean William Gunter Thomas Holford Martirizado na Guerra Civil Espanhola Mártires de Griñon – 10 beati Mártires de Tarragona – 6 beati Abel Ángel Palazuelos Maruri Agustín Bermejo Miranda Alejandro Iñiguez De Heredia Alzola Ángel Carmelo Boix Cosials Antoni Lladós Saúde Antonio Fortes Boira Antonio Suárez Riu Arturo Ros Montalt Aurélio da Vinalesa Eladi Peres Bori Fernando Salinas Romeu Francisco Lopez Navarette Francisco Romero Ortega Jaume Caballé Bru Jaume Tarragó Iglesias Joan Tomás Gibert José Romero Ortega Juan Bautista Faubel Cano Julio Fernández Muñiz Leandro Cuesta Andrés Leoncio Ibáñez Caballero Lorenzo Sobrevia Cañardo Mariano Palau Sin Martín Donamaría Valencia Ramón Sanz de Galdeano Mañeru Santiago Pardo Lopez Serviliano Solá Jiménez
todos esses memoriais em uma única página

22. Outras santas e santos do dia 28 de agosto: págs. 268-323, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 28 de agosto, ver ainda: 28 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 675-679: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm
  11. https://catholicsaints.info/28-august/
  12. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust28.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

* 27 DE AGOSTO: SÃO PEMEN / PASTOR / POEMAS

               À questão de saber se é melhor falar ou calar, o Ancião disse:
Quem fala por Deus, faz bem, e quem cala por Deus, também faz bem.”
Ele também disse: “Se o homem parece estar em silêncio, mas seu coração condena os outros, então ele está sempre falando. Pode haver um homem que fala o dia todo, mas na verdade ele fica em silêncio, porque não diz nada que não seja lucrativo.”

O santo disse: “É útil observar três coisas: temer a Deus, orar com frequência e fazer o bem ao próximo”.
…”A maldade nunca erradica a maldade. Se alguém faz o mal a você, faça o bem a ele e a sua bondade vencerá a maldade.”

O começo do mal é a falta de vigilância. – São Poema

O silêncio não é uma virtude quando a caridade exige discurso. – São Poema

Uma fé viva consiste em pensar pouco de si mesmo e mostrar consideração pelos outros. – São Poema

Ensine seu coração a guardar o que sua língua ensina. – São Poema

Quando seu irmão o ataca, sejam quais forem os insultos, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. Mesmo se ele arrancasse seu olho direito e cortasse sua mão direita, se você ficar com raiva dele, você está ficando com raiva sem motivo. No entanto, se ele tentar afastá-lo de Deus, fique com raiva! – São Poema

Não abra sua consciência para quem você não confia em seu coração. – São Poema

Instruir o próximo é o mesmo que repreendê-lo. – São Poema

Se você der pouca importância a si mesmo, terá paz onde quer que viva. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria; estes são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Deixe de lado uma pequena parte da sua justiça e em poucos dias você estará em paz. – São Poema

Lançar-se diante de Deus, não medir seu progresso, deixar para trás toda vontade própria – esses são os instrumentos para o trabalho da alma. – São Poema

Você deve fugir das coisas sensuais. Na verdade, toda vez que um homem chega perto de uma luta com a sensualidade, ele é como um homem à beira de um lago profundo, e o Inimigo o joga quando quer. Mas se o homem vive longe das coisas sensuais, ele é como aquele que está à distância do lago, de modo que mesmo que o Inimigo o seduza para jogá-lo no fundo, Deus lhe envia ajuda no exato momento em que o inimigo o está afastando e fazendo-lhe violência. – São Poema

Não dê seu coração ao que não satisfaz seu coração. – São Poema

Se você estiver em silêncio, terá paz onde quer que viva. – São Poema

A natureza da água é macia, e a natureza da pedra é dura; mas se uma garrafa é pendurada acima da pedra, deixando a água cair gota a gota, ela desgasta a pedra. Assim é com a Palavra de Deus: é mole e nosso coração é duro, mas o homem que ouve a Palavra de Deus muitas vezes abre seu coração ao temor de Deus. – São Poema

Citação MLA

================

* 28 DE OUTUBRO: SANTO AGOSTINHO

“… O que você possui se você não possui Deus? – Santo Agostinho

Infeliz é a alma escravizada pelo amor de tudo o que é mortal. – Santo Agostinho

O amor às posses mundanas é uma espécie de linha de pássaro, que enreda a alma e a impede de voar para Deus. – Santo Agostinho

Neste exato momento posso, se desejar, tornar-me amigo de Deus– Santo Agostinho

Deus concede mais consideração à pureza da intenção com a qual nossas ações são realizadas do que às próprias ações. – Santo Agostinho

Vou sugerir um meio pelo qual você pode louvar a Deus o dia todo, se desejar. Faça o que fizer, faça bem-feito, e você louvou a Deus. – Santo Agostinho

Este é o negócio da nossa vida. Pelo trabalho e oração, avançar na graça de Deus, até chegarmos àquela altura de perfeição na qual, com corações puros, podemos contemplar a Deus. – Santo Agostinho

Deus em sua onipotência não podia dar mais, em sua sabedoria não sabia dar mais, em suas riquezas não tinha mais para dar, do que a Eucaristia. – Santo Agostinho

Deus não ordena impossibilidades, mas ao ordenar adverte-te a fazer o que podes e a orar pelo que não podes, e ajuda-te para que possas– Santo Agostinho

Nossa vida e nossa morte estão com nosso próximo. – Santo Agostinho

Conquiste a si mesmo e o mundo está aos seus pés. – Santo Agostinho…”

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 27 de agosto

DESTAQUE ESPECIAL DE 27 DE AGOSTO: NOSSA SENHORA DOS PRAZERES

No DIRETÓRIO DE LITURGIA da CNBB de 2022 “…dia 27 (de agosto), na Catedral de Maceió – NOSSA SENHORA DOS PRAZERES, Titular, SOLENIDADE.”.  

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 27 de agosto, Solenidade de NOSSA SENHORA DOS PRAZERES, titular da Catedral de Maceió, Alagoas. Ver “Padroeira de Maceió – conheça a história de Nossa Senhora dos Prazeres”: https://novoextra.com.br/noticias/alagoas/2018/08/38950-conheca-a-historia-de-nossa-senhora-dos-prazeres

– 11 DE ABRIL, NOSSA SENHORA DOS PRAZERES ou NOSSA SENHORA DAS SETE ALEGRIAS (28 DE ABRIL ou 11 DE ABRIL, ou SEGUNDA-FEIRA, APÓS O 2º DOMINGO DE PÁSCOA). Ver:https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_dos_Prazeres#cite_note-3

– e: https://www.facebook.com/Comiss%C3%A3o-de-Festa-Nossa-Senhora-dos-Prazeres-2020-Carvalhal-562570733920893/

– NOSSA SENHORA DAS ALEGRIAS OU NOSSA SENHORA DOS PRAZERES. Ver: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-nossa-senhora-dos-prazeres/42/102/ e também: https://joaobidu.com.br/nossa-senhora-dos-prazeres-oracao/ e: https://pt.zenit.org/articles/nossa-senhora-dos-prazeres-ou-das-alegrias/

– Ver também: https://www.google.com/search?q=Nossa+Senhora+dos+Prazeres+de+Macei%C3%B3&oq=Nossa+Senhora+dos+Prazeres+de+Macei%C3%B3&aqs=chrome..69i57j0l5.13793j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8

 

– Ver ainda, Os sete prazeres ou alegrias de Nossa Senhora

Nossa Senhora dos Prazeres é também conhecida como NOSSA SENHORA DAS SETE ALEGRIAS.  Os franciscanos foram os responsáveis por espalhar esta devoção mariana. Isto se deve ao fato de que as sete alegrias de Nossa Senhora foram descritas por um franciscano. Vamos conhecê-las:

Primeira alegria: a Anunciação

Foi quando o Anjo Gabriel anunciou à Virgem que ela conceberia e daria à luz o Filho de Deus. (Lc 1, 31)

Segunda alegria: a saudação de Isabel

Quando Maria visita Isabel e esta a saúda dizendo: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!” (Lc 1, 42)

Terceira alegria: o Nascimento de Jesus

Jesus nasce numa manjedoura e é visitado pelos pastores. (Lc 2, 1-20)

Quarta alegria: a visitação dos Reis Magos

A ciência e o poder terreno se curvam diante do Rei dos Reis. (Mt 2, 1-12)

Quinta alegria: o encontro com Jesus no Templo aos 12 anos

Após uma busca angustiante, Maria e José encontram com Jesus no Templo conversando com os doutores da Lei. (Lc 2, 41-52)

Sexta alegria: a aparição de Jesus Ressuscitado

Todos os Evangelhos relatam as aparições de Jesus logo após sua morte e ressurreição.

Sétima alegria: a coroação de Maria no céu

É o quinto Mistério Glorioso, quando, após ser assunta ao céu, Maria é coroada como Rainha do Céu e da Terra.

Oração a Nossa Senhora dos Prazeres

“Nossa Senhora dos Prazeres, nossa Mãe querida, lembrando-me de vossas grandes alegrias: a Anunciação do Senhor, a visita à vossa prima Santa Isabel, o Nascimento do Menino Deus, a adoração dos Magos ao vosso Divino Filho, o encontro de Jesus no templo, a Ressurreição de Cristo e a vossa gloriosa Assunção, queremos pedir a vossa intercessão por nós e pelas nossas famílias junto a Deus. Que Ele nos livre das doenças e dos perigos, do desemprego e da desunião. Nossa Senhora dos Prazeres, ajudai-nos a sermos bons seguidores do vosso adorado Filho, lendo e refletindo a Bíblia Sagrada, alimentando-nos de Jesus na Eucaristia e participando ativamente de nossa comunidade. Queremos viver o mandamento do amor para com todos e caminhar em nossa vida dentro da justiça, colaborando para a construção da paz e da fraternidade. Amém!”:  https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-nossa-senhora-dos-prazeres/42/102/#c

– Ver também “… Nossa Senhora dos Prazeres é um dos títulos pelo qual a Igreja Católica venera a Virgem Maria, a Santíssima Mãe de Deus. A devoção teve origem em Portugal, no final do século XVI,[1] e sua festa é celebrada na segunda-feira após o segundo domingo do Tempo Pascal.[2] Os “prazeres” do título são por vezes identificados com as sete alegrias de Maria.[nota 1][3]…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_dos_Prazeres

OUTROS SANTAS E SANTOS DE 27 DE AGOSTO

1. Me­mória de Santa Mô­nica (também na Folhinha do Coração de Jesus), que, ainda ado­les­cente foi dada em ca­sa­mento a Pa­trício e teve fi­lhos, entre os quais Agos­tinho, por cuja con­versão der­ramou muitas lá­grimas e elevou muitas preces a Deus e, quando se dis­punha a re­gressar para a África, em Óstia, na Itália, as­pi­rando pro­fun­da­mente às re­a­li­dades ce­lestes, deixou esta vida e partiu para a mo­rada eterna. († 387).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Santa Mônica, que morreu em Óstia, em 387. Teve a consolação de ver seu marido pagão batizado um ano antes de sua morte, e Agostinho, “filho de suas lágrimas”, convertido e recebido pela Igreja Católica (R).

– SANTA MÔNICA, 04 DE MAIO E 27 DE AGOSTO. Ver “No século XII começou-se a celebrar sua memória litúrgica a 4 de maio. Com advento da reforma litúgica, celebra, com a Igreja universal, em 27 de agosto. Suas relíquias são veneradas na igreja de Santo Agostinho de Roma.”: Província Agostiniana | Dia de Santa Mônica (santoagostinho.com.br)

– SANTA MÔNICA EM 04 DE MAIO DE 2020: ENCERRAMENTO DO ANO JUBILAR NA PARÓQUIA SANTA MÔNICA – LEBLON – RIO DE JANEIRO. VER:

– Ver “… “Meu filho, quanto a mim, já nenhuma coisa me dá gosto, nesta vida. Não sei o que faço ainda aqui, nem porque ainda cá esteja, esvanecidas já as esperanças deste mundo. Por um só motivo desejava prolongar um pouco mais a vida: ver-te católico antes de morrer. Deus concedeu-me esta graça superabundantemente, pois vejo que já desprezas a felicidade terrena para servires ao Senhor. Que faço eu, pois, aqui?…”: https://www.psmleblon.com.br/

– Ver 04 DE MAIO – SANTA MÔNICA, VIÚVA”:http://emdefesadasantafe.blogspot.com/2012/05/04-de-maio-santa-monica-viuva.html

– Ver páginas 82-87 (04 de maio):

: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Santa Mônica, auxiliadora das mães desesperadas (04 de maio). Ver “

No dia 4 de maio, a igreja comemora o dia de Santa Mônica. Conhecida como a santa da perseverança, da bondade e confiança, recorrem a ela as mães que preocupam-se com seus filhos. Segundo Pe. Rafael De La Torre Vargas- vice-provincial agostiniano, Santa Mônica ‘ajuda mães que choram por seus filhos’. ‘Mães que estão com seus filhos desancaminhados.’…”

Santa Mônica, auxiliadora das mães desesperadas

– Ver “Santa Mônica (português brasileiro) ou Santa Mónica (português europeu) (331 — 387) é a mãe de Santo Agostinho de Hipona e uma santa cristã. A sua festa realiza-se em 27 de agosto… Morreu aos 56 anos, no ano de 387, em Óstia na Itália, mesmo ano da conversão de seu filho. Seu corpo foi “descoberto” em 1430 e transferido para a Basílica de Santo Agostinho, em Roma. Mônica foi canonizada não por ter operado milagres, mas sim por ter sido a “responsável pela conversão de seu filho”, mostrando empenho em ensinar condutas cristãs como moral, pudor e mansidão, mostrando a intervenção feminina no interior da família, pois foi o meio, através da oração, que contribuiu para a vida religiosa do filho.[3]…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Mônica_de_Hipona

– Ver ainda “… Por fim, Santa Mônica é santa, não por ter realizado qualquer milagre, ou por ter sido martirizada, como tantos santos cristãos da Alta Idade Média. Ela é santa por ser mãe. Mãe de um santo, logo, um instrumento divino. Ela é o meio para o fim. Sua maternidade é a dos novos tempos, da virada do mundo antigo para o medievo. Sua miraculosidade é a da lágrima, que suplica através da oração a dádiva do Cristo para seu filho (TAVARES, 1990: 106). Suas lágrimas são as lágrimas de Deus: “…enquanto minha Mãe, Vossa fiel serva, junto de Vós chorava por mim, mais do que as outras mães choram sobre os cadáveres dos filhos” (Confissões, p. 83). Seu atributo não possui redenção nem conflito. Ele é a prece atendida, o fervor transmitido…”: https://www.ricardocosta.com/artigo/santa-monica-criacao-do-ideal-da-mae-crista

– Ver “… Jesus encontraria hoje uma fé verdadeira no seu coração? Foi isso que ele encontrou no coração de Santa Mônica. Uma fé que lhe foi transmitida desde cedo e que cresceu com o tempo e com a prática das virtudes cristãs em meio a muitas dificuldades….”: https://www.a12.com/redacaoa12/espiritualidade/santa-monica-a-forca-da-oracao-de-uma-mae

2.   Em Cápua, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Rufo, mártir. († s. III/IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia receberam a coroa do martírio os Santos Rufo, cristão de Cápua, na Campânia; e, no Oriente, Antusa, a jovem (também na Folhinha do Coração de Jesus, Santa Antusa Menor), que foi jogada num poço por haver se recusado a renegar Cristo (M).

– Ver “… Santa Antusa, a mártir persa Antusa Ortodoxa Kirche: 27 de agosto. Assim chamada a Jovem para distingui-la de Santa Antusa de Selêucia. Acredita-se que Anthusa tenha sido uma nativa da Pérsia. Ela foi martirizada lá pela fé ao ser costurada em um saco e afogada em um poço. Antusa, a jovem VM (RM) Acredita-se que Santa Antusa tenha sido uma persa, que foi martirizada ali por ser costurada em um saco e afogada em um poço (beneditinos)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust27.html

3.   Em Cítia de Tomis, hoje Cons­tança, na Ro­ménia, os santos már­tires Mar­ce­lino, tri­buno, e Ma­neia, es­posos, e João, seu filho, Se­ra­pião, clé­rigo, e Pedro, soldado. († c. s. IV)

4.   Em Bér­gamo, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, São Narno, con­si­de­rado o pri­meiro bispo desta cidade. († s. IV)

5.   Na Te­baida, no Egipto, São Pé­menes, abade, muito cé­lebre entre os ana­co­retas e do qual se re­ferem muitas má­ximas de sabedoria. († s. IV/V).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no deserto de Cétia, perto de 400, São Poimém, anacoreta, que foi um dos principais mestres da espiritualidade monástica egípcia. Ele admitiu, um dia, ter sido objeto de uma visão mística: “Eu estava, em espírito, com a Santa Maria, Mãe de Deus, chorando aos pés da Cruz, e queria chorar assim para sempre”. (M)

– Ver “… O abade Poemen foi um dos mais célebres dos pais do deserto. Ele abandonou o mundo e foi para o deserto egípcio de Skete, com um (irmão) mais velho e vários irmãos mais novos que o acompanhavam. Em 408, eles foram expulsos de seu primeiro assentamento por ataques dos berberes e se refugiaram nas ruínas de um templo em Terenuthis. Anúbis, o mais velho, e Poemen governavam alternadamente a pequena comunidade de eremitas. Das doze horas da noite, quatro eram destinadas ao trabalho, quatro ao ofício de canto e quatro para dormir; durante o dia trabalhavam até o meio-dia, liam até as três da tarde e depois iam buscar fogo, comida e outras coisas necessárias… Poemen era conhecido por seu comportamento santo, sua sabedoria e sua insistência na comunhão frequente… São Pímen nasceu por volta do ano 340 no Egito. Os irmãos eram ascetas tão rígidos que, quando a mãe ia ao mosteiro para ver os filhos, eles não saíam das celas para ela. A mãe ficou ali por muito tempo e chorou. Então São Pimen disse a ela através da porta fechada da cela: “Você deseja nos ver agora ou na vida futura?” São Pimen prometeu que, se ela suportasse a tristeza de não ver seus filhos nesta vida, certamente os veria na próxima. A mãe ficou humilhada e voltou para casa…

À questão de saber se é melhor falar ou calar, o Ancião disse:
“Quem fala por Deus, faz bem, e quem cala por Deus, também faz bem.”
Ele também disse: “Se o homem parece estar em silêncio, mas seu coração condena os outros, então ele está sempre falando. Pode haver um homem que fala o dia todo, mas na verdade ele fica em silêncio, porque não diz nada que não seja lucrativo.”
O santo disse: “É útil observar três coisas: temer a Deus, orar com freqüência e fazer o bem ao próximo”.
“A maldade nunca erradica a maldade. Se alguém faz o mal a você, faça o bem a eles, e a sua bondade vencerá a maldade.”
Certa vez, depois que São Pimen e seus discípulos chegaram ao mosteiro de Scetis, ele soube que o Ancião que morava lá ficou irritado com sua chegada e também tinha ciúmes dele, porque os monges estavam deixando o Ancião para ver Abba Pimen.
Para consolar o eremita, o santo foi até ele com seus irmãos, levando comida de presente. O Ancião recusou-se a recebê-los, no entanto. Então São Pimen disse: “Não devemos partir daqui até que tenhamos permissão para ver o Santo Ancião.” Ele permaneceu parado na porta da cela no calor. Vendo a humildade e paciência de São Pimen, o Ancião o recebeu graciosamente e disse: “Não apenas o que ouvi sobre você é verdade, mas vejo que suas obras são cem vezes maiores.”
Ele possuía tamanha humildade que frequentemente suspirava e dizia: “Eu serei lançado naquele lugar onde Satanás foi lançado!”
Certa vez, um monge de outro país veio até o santo para receber sua orientação. Ele começou a falar sobre assuntos sublimes difíceis de entender. O santo se afastou dele e ficou em silêncio. Eles explicaram ao monge perplexo que o santo não gostava de falar de assuntos elevados. Então o monge começou a perguntar-lhe sobre a luta contra as paixões da alma. O santo voltou-se para ele com uma expressão alegre: “Agora você falou bem, e eu responderei.” Por um longo tempo, ele deu instruções sobre como se deve lutar contra as paixões e vencê-las.

São Pimen morreu aos 110 anos, por volta do ano 450. Logo após sua morte, foi reconhecido como um santo agradável a Deus. Ele foi chamado de “o Grande” como um sinal de sua grande humildade, retidão, lutas ascéticas e serviço abnegado a Deus…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust27.html

São Pastor ou Pemen. Há muitas coisas curiosas e interessantes sobre São Pastor:São Pastor deixou apotegmas (dito memorável, máxima) célebres pela fina psicologia, pela simplicidade e pelo humor. … Alguns deles: 1. Se um monge dominar o ventre e a língua e viver a peregrinar sobre a terra, não morrerá jamais. 2. Dirige tua língua, de modo que somente digas o que te vai no coração. 3. Trabalha o quanto puderes, para que possas fazer a caridade: a fé é viver na humildade e fazer a caridade. 4. Para a vida em comum há que existir três coisas: humildade, obediência e atividade estimulada para suprir a necessidade de todos. 5. Qual a penitência do pecado? Não mais o cometer. 6. Tudo aquilo que ultrapassa a medida vem do demônio. 7. Odiar o mal é odiar as próprias faltas e reputar justo o próximo. 8. Eu me ponho em espírito ao lado da Santa Mãe de Deus, ao pé da cruz do Salvador, e choro: assim quero chorar sempre, sempre. 9. Age bem quem fala por Deus, do mesmo modo aquele que por Deus se cala. 10. Como conseguir o temor de Deus, quando se tem belas formas de queijo e jarras de conservas?”.

Ver às páginas 260-262: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%bri2015.pdf

6.   Em Cou­se­rans, na Aqui­tânia, hoje na França, São Li­cério, bispo, de origem his­pâ­nica e dis­cí­pulo do bispo São Fausto de Riez, que pro­tegeu com as suas ora­ções a ci­dade da in­vasão dos Visigodos. († c. 540).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Couserans, perto de 540, a volta para Deus de São Liziário, um dos primeiros bispos da antiga cidade, que hoje é apenas uma aldeia na região de Ariège. Seu culto se espalhou pelo sul da França e pela Espanha, especialmente em Lérida. (M).

– Ver página 263: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

7.   Em Arles, na Pro­vença, também na ac­tual França, São Ce­sário, bispo, que, de­pois de ter le­vado vida mo­nás­tica na ilha de Lé­rins, com re­lu­tância re­cebeu o epis­co­pado. Pre­parou e co­ligiu ser­mões para as vá­rias fes­ti­vi­dades, des­ti­nados a serem lidos pelos pres­bí­teros na ca­te­quese ao povo, e es­creveu re­gras, tanto para ho­mens como para vir­gens, com a fi­na­li­dade de ori­entar a vida monástica. († 542).

– Ver 26 de agosto: Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 543, o nascimento no céu de São Cesáreo, monge de Lérins, eleito mais tarde, bispo de Arles. Fez-se o advogado da população galo-romana junto aos francos, presidiu importantes concílios provinciais e estimulou a instituição monástica redigindo duas regras, nas quais tenta uma síntese das tradições egípcia e agostiniana (F).

-Ver São Cesário, bispo de Arles,páginas 234-256: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “… Cesário de Arles ou César de Arles[1] (Chalon-sur-Saône, c. 470 – Arles26 de agosto de 543), foi monge em Lerins, abade de um mosteiro próximo a Arles e, mais tarde, bispo de Arles. É um santo cristão, venerado pela Igreja Católica Romana e pela Igreja Ortodoxa. Sua celebração litúrgica é em 27 de agosto. É padroeiro contra incêndios[2][3][4]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ces%C3%A1rio_de_Arles

8.   Em Pavia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, São João, bispo. († c. 825)

9*.   No mos­teiro de Pe­tershausen, que tinha fun­dado, na Suábia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, o se­pul­ta­mento de São Ge­bardo, bispo de Constança. († 995)

10*.   No mos­teiro de Aulps, na Sa­vóia, ac­tu­al­mente na França, o pas­sa­mento de São Gua­rino, bispo de Sion, que, tendo sido monge de Mo­lesme no tempo de São Ro­berto, cons­truiu este ce­nóbio, que di­rigiu san­ta­mente e agregou à Ordem Cisterciense. († 1150).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1150, São Guerino, fundador e primeiro abade cisterciense de Hautecombe. Foi mais tarde eleito bispo a serviço da Igreja de Sion, no Valais. (X)

11*.   Em Lau­sana, na Suíça, Santo Amadeu, bispo, que, sendo monge de Cla­raval, foi de­sig­nado abade do ce­nóbio de Hau­te­combe e de­pois, eleito bispo, ins­truiu di­li­gen­te­mente os jo­vens, formou um clero pi­e­doso e casto e ce­le­brou na sua pre­gação a Virgem Santa Maria. († 1159)

12*.   Em Fo­linho, na Úm­bria, re­gião da Itália, o Beato Ân­gelo Cónti, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agos­tinho, in­signe pela sua pe­ni­tência, hu­mil­dade e pa­ci­ência pe­rante as ofensas. († 1312)

13*.   Em Le­o­minster, na In­gla­terra, o Beato Ro­gério (Ruggero) Cadwal­lador, pres­bí­tero e mártir, que, de­pois de or­de­nado sa­cer­dote e ser fa­moso pela sua grande sa­be­doria em Val­la­dolid, na Es­panha, exerceu o mi­nis­tério clan­des­ti­na­mente na sua pá­tria du­rante de­zas­seis anos; fi­nal­mente, no rei­nado de Jaime I, foi con­de­nado por causa do sa­cer­dócio e, de­pois de cruéis tor­mentos, morreu no su­plício do patíbulo. († 1610)

14*.   Em Na­ga­sáki, no Japão, os be­atos Fran­cisco de Santa Maria, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, e ca­torze com­pa­nheiros, már­tires, que, por ordem do pre­feito da ci­dade Kawachi Dono, so­freram o mar­tírio em ódio ao nome de Cristo. São estes os seus nomes: Bar­to­lomeu Laurel e An­tónio de São Fran­cisco, re­li­gi­osos da Ordem dos Frades Me­nores; Gaspar Vaz e Maria, es­posos; Ma­da­lena Kiyota, viúva; Caio Jiyemon, Fran­cisca, Fran­cisco Ku­ru­bioye, Fran­cisco Kuhioye, Luís Matsuo Soyemon, Mar­tinho Gómez, Tomás Wo Jinyemon, Lucas Kiyemon e Mi­guel Kizayemon. († 1627)

15.   Em Usk, ci­dade do País de Gales, São David Lewis, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que, or­de­nado sa­cer­dote em Roma, ce­le­brou clan­des­ti­na­mente os sa­cra­mentos e prestou au­xílio aos po­bres na sua pá­tria du­rante mais de trinta anos, até que, no rei­nado de Carlos II, por causa do sa­cer­dócio foi sus­penso no patíbulo. († 1679)

16*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, os be­atos már­tires João Bap­tista de Souzy, pres­bí­tero, e Ul­rico (João Bap­tista Guil­laume), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs, már­tires, que, na per­se­guição contra a Igreja, foram en­car­ce­rados em con­di­ções de­su­manas e, afec­tados pela fome e graves en­fer­mi­dades, mor­reram por Cristo. († 1794)

17*.   Em Re­a­ding, na In­gla­terra, o Beato Do­mingos da Mãe de Deus Barberi, pres­bí­tero da Con­gre­gação da Paixão, que, de­di­cando-se di­li­gen­te­mente à causa da uni­dade dos cris­tãos, aco­lheu muitos na Igreja católica. († 1849)

18*.   Em Pi­cas­sent, lo­ca­li­dade do ter­ri­tório de Va­lência, na Es­panha, o Beato Fer­nando Gon­zález Añon, pres­bí­tero e mártir, que, no tempo da per­se­guição, me­receu passar à fe­li­ci­dade eterna. († 1936)

19*.   Na es­trada de Go­della para Bé­tera, na mesma re­gião da Es­panha, o Beato Rai­mundo Marti So­riano, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé cristã, der­ramou o seu sangue por Cristo. († 1936)

20♦.   Em Ma­drid, também na Es­panha, os be­atos José Maria López Car­rillo e Pedro Ibañez Alonso, pres­bí­teros da Ordem dos Pre­ga­dores e már­tires, que na mesma per­se­guição foram co­ro­ados com o su­premo tes­te­munho de Cristo. († 1936)

21*.   Em San Se­bas­tian, também na Es­panha, a Beata Maria do Pilar Iz­qui­erdo Albero, virgem, que, atri­bu­lada du­rante muito tempo pela po­breza e graves en­fer­mi­dades, serviu a Deus no amor ac­tivo para com os po­bres e os aflitos e, para lhes prestar as­sis­tência, fundou a Obra Mis­si­o­nária de Jesus e Maria. († 1945)

22. Santa Eulália (também na Folhinha do Coração de Jesus). No VIDAS DOS SANTOS, perto de Lentini, na Sicília, Santa Eutália, virgem: porque cristã, foi degolada por Sermiliano, seu irmão, indo-se, assim, para o celeste Espôso (época desconhecida ). Ver página266: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

23. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 680, a ordenação episcopal de São Siágrio, bispo de Autun, de quem vários discípulos foram escolhidos para o episcopado. Foi objeto de especial estima por parte do Papa São Gregório Magno. (M)

24. Santo Eunuco da Rainha da Etiópia. Ver páginas 257-259: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

25. Bem-Aventurado Gabriel Maria, franciscano. Ver páginas 264-265: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver “Bem-aventurado Gabriel Maria”. CatholicSaints.Info . 15 de junho de 2021. Web. 27 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/blessed-gabriel-mary/>

26. VER SANTAS E SANTOS DE 27 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Mônica (Memorial) — Transverberação do Coração de Teresa de ÁvilaÁgil de Sithin Amadeu de Lausana Ângelus de Foligno Anthusa, a mais nova Arôncio de Potenza Báculo de Sorrento Cesário de Arles Carpóforo David Lewis Decumano Domingos Barberi Ebbo de Sens Etério de Lyon Eutália de Leontini Fortunato de Potenza Gabriel Maria Gebard de Constança Giovanni de Pavia Guarino de Sião Honorato de Potenza Jean Baptiste Guillaume Jean-Baptiste Souzy João de Pavia Licério de Couserans Malrubius de Merns Maria del Pilar Izquierdo Albero Narnus de Bérgamo Petro Pavlo Oros Fanurius PoemasRoger Cadwallador Rufo de Cápua Sabiniano de PotenzaMártires de Tomi – 5 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Antonia Durán Palácios Antonia Palacios Bonilla de Durán Antonio Cabrera Calero Buenaventura Gabika-Etxebarria Gerrikabeitia Casimiro González Garcia Esteban Barrenechea Arriaga Fernando González Añon Francisco Euba Gorroño Genari Pinyol Ricard Hermenegildo Iza Aregita Josefa Bonilla Benavides José Félix Serret Angles José Maria Lopez Carrillo Juan Antonio Salútregui Iribarren Juan Sánchez Molina Julia Durán Palácios Maria Brígida Toledano Oza Maria Luisa Bonilla Benavides Mauro Álvarez Renedo Nemesio García-Arévalo Hinojosa Pedro Ibáñez Alonso Pelayo José Granado Prieto Pere Valls Piernau Plácido Camino Fernández Quirino Díez del Blanco Ramón Martí Soriano Remigi Tamarit Pinyol Tomás Planas Aguilera
todos esses memoriais em uma única página

27. Outras santas e santos do dia 27 de agosto: págs. 232-267, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 27 de agosto, ver ainda: 27 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 672-675: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm
  11. https://catholicsaints.info/27-august/
  12. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust27.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 26 de agosto

DESTAQUE DE 26 DE AGOSTO: NOSSA SENHORA DE CZĘSTOCHOWA

Nossa Senhora de Częstochowa: Nossa Senhora de  Częstochowa (em polonês/polacoMatka Boska Częstochowskaem latimImago thaumaturga Beatae Virginis Mariae Immaculatae Conceptae, in Claro Monte) é um título católico de Maria Santíssima, consagrada como a padroeira da Polônia. É também conhecida no Brasil como Nossa Senhora do Monte Claro… O Papa Clemente XI foi o primeiro Pontífice a emitir a Coroação Canônica para a imagem em 8 de setembro de 1717.

Papa Pio X emitiu outra coroação canônica, substituindo as coroas em 22 de maio de 1910.

Papa João Paulo II emitiu outra coroação como nativa da Polônia, que foi colocada em 26 de agosto de 2005.”. Conforme: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_de_Cz%C4%99stochowa

– Ver ainda: https://www.paieterno.com.br/2018/11/19/nossa-senhora-de-czestochowa-a-virgem-negra-e-padroeira-da-polonia/

– Ver também: https://www.unitur.com.br/czestochowa-conheca-historia-da-nossa-senhora-negra-da-polonia/

– Ver Nossa Senhora de  Częstochowa 

Também conhecido como

  • Madona Negra de Czestochowa
  • Czarna Madonna
  • Hodegetria
  • Imago thaumaturga Beatae Virginis Mariae Immaculatae Conceptae
  • Matka Boska Czestochowska
  • Aquela que mostra o caminho

Memorial

Perfil

Um reverenciado ícone de madeira e tela de quatro pés de altura da Virgem Maria , alojado no Mosteiro Jasna Góra em Czestochowa, Polônia . Na imagem, Maria , vestida com mantos de flor-de-lis, dirige a atenção para longe de si mesma e para Jesus. O Menino Jesus levanta a mão direita em uma bênção para o espectador enquanto segura os evangelhos na mão esquerda. Foi criado por um artista desconhecido algum tempo antes de 1430 , possivelmente já no século VI ; foi seriamente danificada por invasores hussitas em 1430 e teve de ser restaurada. As imagens são creditadas por salvar o Mosteiro Jasna Górados suecos invasores . O rei João II Casimer coroou as imagens como Rainha e Protetora da Polônia em 1º de abril de 1652 . O Papa Clemente XI emitiu uma coroação canônica da imagem em 8 de setembro de 1717 . Outra coroação canônica foi emitida em 22 de maio de 1910 pelo Papa Pio X. Ainda outro foi emitido pelo Papa João Paulo II em 26 de agosto de 2005 .

Patrocínio

Vitrine

informação adicional

Citação MLA

SANTAS E SANTOS DE 26 DE AGOSTO

1.   Co­me­mo­ração de São Melquí­sedec, rei de Salém e sa­cer­dote do Deus Al­tís­simo, que saudou Abraão, aben­ço­ando-o quando re­gres­sava da vi­tória e, ofe­re­cendo ao Se­nhor um sa­cri­fício santo, uma ví­tima ima­cu­lada, é con­si­de­rado como pre­fi­gu­ração de Cristo, rei de paz e de jus­tiça, e, porque é apre­sen­tado sem ge­ne­a­logia, pre­a­nuncia o sa­cer­dote eterno. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Melquisedeque

2.   Em Roma, no ce­miério de Ba­sila, junto à Via Sa­lária An­tiga, São Ma­xi­mi­liano, mártir. († data inc.)

3.   Em Sa­lona, na Dal­mácia, hoje Split, na Croácia, Santo Anas­tásio, pi­so­eiro, mártir. († data inc.)

4.   Em Ce­sa­reia, na Mau­ri­tânia, hoje Cher­chell, na Ar­gélia, São Vítor, mártir, que, con­de­nado à morte, se­gundo a tra­dição foi cru­ci­fi­cado num sábado. († s. III/IV).

– Ver páginas 225-226: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

5.   Em Bér­gamo, na Trans­pa­dânia, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Ale­xandre, mártir. († s III/IV). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alexandre_de_B%C3%A9rgamo

6.   Em Au­xerre, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, Santo Eleu­tério, bispo. († s. VI)

7♦.   Em Yat­sushiro, no Japão, o Beato Jo­a­quim Wa­ta­nabe Jirozaemon, pai de fa­mília e mártir. († 1606)

8*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, no li­toral da França, o Beato Tiago Retouret, pres­bí­tero da Ordem dos Car­me­litas e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foi ar­re­ba­tado do con­vento de Li­moges e me­tido na esquá­lida ga­lera, onde, aban­do­nado pelos per­se­gui­dores quase sem roupa, morreu de hipotermia. († 1794)

9.   Em La Puye-en-Vélay, perto de Poi­tiers, também na França, Santa Joana Isabel Ri­chier des Âges (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, ajudou Santo André Hu­berto Four­nier a exercer clan­des­ti­na­mente o seu mi­nis­tério e, res­ti­tuída a paz da Igreja, fundou a Con­gre­gação das Fi­lhas da Cruz, des­ti­nada à edu­cação dos po­bres e à as­sis­tência aos enfermos. († 1838)

10.   Em Belém, ci­dade da Terra Santa, Santa Maria de Jesus Crucificado (Maria Ba­ou­ardy), virgem da Ordem das Car­me­litas Des­calças, que, en­ri­que­cida com dons mís­ticos, uniu à vida con­tem­pla­tiva uma sin­gular caridade. († 1878)

11.   Em Líria, ci­dade da pro­víncia de Va­lência, também na Es­panha, Santa Te­resa de Jesus Jornet Ibars, virgem, que, para a as­sis­tência aos an­ciãos, fundou o Ins­ti­tuto das Ir­mã­zi­nhas dos An­ciãos De­sam­pa­rados. († 1897).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Líria, perto de Valência, na Espanha, em 1897, Santa Teresa de Jesus Jornet-e-Ibars. Nascida na Catalunha de uma família de agricultores, consagrou-se inicialmente ao ensino, e depois fundou, juntamente com algumas companheiras, o “Instituto das Irmãzinhas dos Idosos Abandonados” que já contava com cinquenta e oito casas quando da sua aprovação em 1887. (X).

Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Teresa_Jornet_e_Ibars

12*.   Em Va­lência, também na Es­panha, o Beato Am­brósio de Benaguacil (Luís Valls Ma­ta­males), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e mártir, que, pelo seu sangue der­ra­mado du­rante a per­se­guição, me­receu en­trar no con­vívio eterno. († 1936)

– Ver [17]         AURÉLIO AMPLO ALCAIDE DE VINALESA E 17 COMPANHEIROS MÁRTIRESDAS FRANCISCANAS CAPUCHINAS, FREIRAS CLARISSAS CAPUCHINHAS, E MONEIRAS AGOSTOTINIANAS DESCASCADAS DE VALÊNCIA

 4. LUIS VALLS MATAMALES

(AMBROSIO DE BENAGUACIL)

professado padre, capuchinho franciscanos

nascido em 03 de maio de 1870 em Benaguacil, Valência (Espanha)

faleceu em 24 de agosto de 1936 em Algemesí, Valência (Espanha)…: http://newsaints.faithweb.com/martyrs/MSPC03.htm

13*.   Em Al­berca de Dénia, na pro­víncia de Ali­cante, também na Es­panha, o Beato Pedro de Be­nisa (Ale­xandre Más Gi­nestar), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e mártir, que, na mesma per­se­guição, foi co­roado no mar­tírio por Cristo. († 1936)

Ver – Ver [17]         AURÉLIO AMPLO ALCAIDE DE VINALESA E 17 COMPANHEIROS MÁRTIRES DAS FRANCISCANAS CAPUCHINAS, FREIRAS CLARISSAS CAPUCHINHAS, E MONEIRAS AGOSTOTINIANAS DESCASCADAS DE VALÊNCIA

5. ALEJANDRO MÁS GINESTER (PEDRO DE BENISA)

sacerdote professo, franciscanos capuchinhos

Nascimento: 13 de dezembro de 1876 em Benisa, Alicante (Espanha) 

morreu: 25 de agosto de 1936 em Vergel, Alicante (Espanha)…: http://newsaints.faithweb.com/martyrs/MSPC03.htm

14*.   Em Es­plu­gues, po­vo­ação pró­xima de Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Félix Vivet Trabal, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, na mesma per­se­guição, me­receu en­trar no grande ban­quete celeste. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

15♦.   Em Má­laga, também na Es­panha, os be­atos For­tu­nato Me­rino Vegas, pres­bí­tero, e Luís Gu­tiérrez Calvo, re­li­gioso, ambos da Ordem de Santo Agos­tinho e mártir, que na mesma per­se­guição foram as­sas­si­nado em ódio à fé crista. († 1936)

– Ver [18] AVELINO RODRÍGUEZ ALONSO E 97 COMPANHEIROSDA ORDEM AGOSTINA, JUNTO COM 6 COMPANHEIROS DO CLERO DIOCESANO DE ALBACETE, CUENCA E MÁLAGA

26.  FORTUNATO MERINO VEGAS ****

                sacerdote professo, agostinianos

                Nascimento: 11 de novembro de 1892 em Iteroseco, Palencia (Espanha)

27.  LUIS GUTIÉRREZ CALVO ****

                religiosos professos, agostinianos

Nascimento: 29 de janeiro de 1888 em Melgar de Abajo, Valladolid (Espanha)

morreu: 25 de agosto de 1936 em Málaga (Espanha)…: http://newsaints.faithweb.com/martyrs/MSPC04.htm

16♦.   Em Dehesa de la Villa, perto de Ma­drid, também na Es­panha, a Beata Maria dos Anjos Gi­nard Martí (Ân­gela Ben­dita), virgem da Con­gre­gação das Irmãs Ze­la­doras do Culto Eu­ca­rís­tico de Palma de Mai­orca e mártir, que me­receu as­so­ciar-se às núp­cias eternas com seu Es­poso, Jesus Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

17*.   Na for­ta­leza de Kharsk, perto de Tomsk, na Si­béria, re­gião da Rússia, a Beata Lou­rência (Le­o­cádia Ha­rasymiv), virgem da Con­gre­gação das Irmãs de São José, que, du­rante a per­se­guição da fé na sua pá­tria, foi en­car­ce­rada neste campo de con­cen­tração, onde a sua cons­tância na fé e a pu­reza de vida foram co­ro­adas com a sua morte gloriosa. († 1952)

18*.   Em Roma, a Beata Maria Bel­trame Quattrócchi, mãe de fa­mília, que, pas­sando a vida com o seu es­poso numa pro­funda e feliz co­mu­nhão de fé e de ca­ri­dade para com o pró­ximo, ilu­minou a fa­mília e a so­ci­e­dade com a luz de Cristo. († 1965)

 – Ver “Bem-aventurada Maria Corsini Beltrame Quattrocchi”. 

CatholicSaints.Info . 14 de janeiro de 2018. Web. 26 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/blessed-maria-corsini-beltrame-quattrocchi/ >

 19. São Zeferino(também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano de 217, o sepultamento de São Zeferino, papa, que governou a Igreja Católica durante dezoito anos com o apoio de seu diácono Calixto, e lutou vigorosamente contra os hereges que ameaçavam desunir a comunidade cristã (M). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Zeferino

20. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, Santo Irieix, filho de Santa Pelágia e fundador de um mosteiro no Limousin, região na qual diversas localidades ainda trazem seu nome (X).

21. Santa Pelágia. Ver página 227-228: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

22. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 543, o nascimento no céu de São Cesáreo, monge de Lérins, eleito mais tarde, bispo de Arles. Fez-se o advogado da população galo-romana junto aos francos, presidiu importantes concílios provinciais e estimulou a instituição monástica redigindo duas regras, nas quais tenta uma síntese das tradições egípcia e agostiniana (F). Ver 27 de agosto: Em Arles, na Pro­vença, também na ac­tual França, São Ce­sário, bispo, que, de­pois de ter le­vado vida mo­nás­tica na ilha de Lé­rins, com re­lu­tância re­cebeu o epis­co­pado. Pre­parou e co­ligiu ser­mões para as vá­rias fes­ti­vi­dades, des­ti­nados a serem lidos pelos pres­bí­teros na ca­te­quese ao povo, e es­creveu re­gras, tanto para ho­mens como para vir­gens, com a fi­na­li­dade de ori­entar a vida monástica. († 542).

Ver São Cesário, bispo de Arles,páginas 234-256: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

23. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Normandia. Em 1070, o Bem-Aventurado Heluíno. Após ter portado armas até os quarenta anos, este nobre flamengo vestiu o hábito monástico para militar por Cristo. Fundou para seus discípulos a abadia do Bec, que foi enriquecida mais tarde por vários santos bispos e doutores da Igreja. (X)

24. Santo Adriano e Santa Natália, Esposos e Vinte e Três Santos Mártires. Ver páginas 370-371: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver CASAL SANTO ADRIANO E SANTA NATÁLIA,Festa litúrgica 01 de dezembro, 04 de março, 26 de agosto e 08 de setembro”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Adriano_e_Nat%C3%A1lia

– Ver “Adriano (em latimAdrianus) e Natália foram romanos do final do século III e começo do IV. Adriano era membro da guarda pretoriana e foi martirizado em Nicomédia sob ordens do imperador Galério (r. 293–311) após declarar publicamte que era cristão. Natália levou os restos mortais do marido para Argirópolis, perto de Bizâncio… ” Adriano e Natália – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver também “A única notícia certa é que havia um antigo e muito forte culto de um Adriano, mártir de Nicomedia, tanto no Oriente quanto no Ocidente. O novo Martirológio Romano lembra o santo neste dia sem mais comentários. O resto é suposição e lenda… O antigo Martirológio Romano indicou 4 de março como o dia de sua morte, e 1 º de dezembro para Natalia e 8 de setembro para o transporte de seus restos mortais para Roma. A festa comum de Santos Adriano e Natália, mártires, era 8 de setembro.”: Santi Adriano e Natalia (santiebeati.it)

– Em 08 de setembro, em Roma, a co­me­mo­ração de Santo Adrião, mártir, que pa­deceu o mar­tírio em Ni­co­média, na Bi­tínia, hoje Izmit, na Tur­quia, em cuja honra o papa Ho­nório I con­verteu em igreja a Cúria do Se­nado Romano. († data inc.).

– Ver em 04 de março: na Ásia Menor, sob o imperador Diocleciano, a paixão de Santo Adriano. Oficial do exército imperial, foi subitamente convertido pela paciência sobre-humana de que deram prova Vinte e três cristãos prisioneiros, e pediu que seu nome fosse acrescentado à sua lista (Conforme o Martirológio Romano-Monástico – M).

25. Beato Zeferino (Ceferino) Namuncurá

– Ver “…Zeferino Namuncurá (nome original CeferinoChimpay26 de agosto 1886 – Roma11 de maio 1905) foi um salesiano leigo argentino. Foi beatificado em 11 de novembro de 2007 em Chimpay pelo cardeal Tarcisio Bertone, sendo o primeiro índio da América do Sul beatificado; a cerimônia foi a primeira fora do Vaticano.[1]Ceferin Namuncurá Beato, diante de mais de cem mil pessoas, na cerimônia de beatificação em Chimpay, Rio Negro, terra natal do jovem salesiano, sendo fixada a festa religiosa no dia 26 de agosto, data de seu nascimento…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Zeferino_Namuncur%C3%A1

26. VER SANTAS E SANTOS DE 26 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora de CzestochowaAbundius, o Mártir Alexandre de Bérgamo Anastácio, o Cheio Bregwin de Cantuária Elias de Siracusa Eleutério de Auxerre Félix de Pistoia Herluína Ioachim Watanabe Jirozaemon Irineu de Roma Jacques Retouret Jeanne Elizabeth des Bichier des Anges Jean Bassano Jean da Caramola Juan Urgel Levkadia Herasymiv Margarida de Faenza Maria Corsini Beltrame Quattrocchi Maria de Jesus Crucificado Maximiliano de Roma Melquisedeque, o PatriarcaOrôncio de Lecce Pandwyna Rufino de Cápua Secundus, o Tebano Stanislaus Han Jeong Heum Teresa de Gesu, Jornet e Ibars Victor de Cesareia Victor o Mártir Vyevain de YorkMártires de Celano – 3 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Alejandro Más Ginester Emilio Serrano Lizarralde Félix Vivet Trabal Francesc Casademunt Ribas Josep Maria Tolaguera Oliveira Juan Segura Rubira Luís Moreno Aliende Luis Valls Matamales Maria de Los Angeles Ginard Martí Pere Sisterna Torrent
todos esses memoriais em uma única página

27. Outras santas e santos do dia 26 de agosto: págs. 222-231, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 26 de agosto, ver ainda: 26 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 669-671: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm
  11. https://catholicsaints.info/26-august/
  12. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust26.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 25 de agosto

1. São Luís IX (também na Folhinha do Coração de Jesus, Luís de França), rei da França, que se tornou cé­lebre pela sua fé a­tiva, quer em tempo de paz quer no de­curso da guerra em de­fesa dos cris­tãos, pela justa ad­mi­nis­tração do reino, pelo amor aos po­bres e pela cons­tância nas ad­ver­si­dades. Con­traiu ma­tri­mónio e teve onze fi­lhos, a quem deu uma ex­ce­lente e pi­e­dosa edu­cação. Para honrar a cruz, a coroa de es­pi­nhos e o se­pulcro do Se­nhor, de­dicou todos os seus bens, a sua força e a pró­pria vida, até que, atin­gido pela peste no acam­pa­mento mi­litar, morreu em Túnis, no li­toral da África setentrional. († 1270).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1270, o nascimento no céu de São Luís, rei de França. Sua sólida formação humana e cristã, bem como seu senso de justiça, permitiram a expansão e o alto nível moral e cultural da França e da cristandade no século XIII. Seu corpo foi trazido de Túnis para Paris e inumado na necrópole e real de Saint-Denis, ao passo que seu crânio foi depositado na Saint Chapelle, em Paris, construída por ele para conservar a coroa de espinho do Salvador. (R).

– Ver páginas 202-215: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “Luís IX (Poissy25 de abril de 1214 – Tunes25 de agosto de 1270), mais conhecido como São Luís, foi o Rei da França de 1226 até sua morte e um santo da Igreja Católica. Era filho do rei Luís VIII e da rainha Branca de Castela, que governou o reino como regente até São Luís adquirir a maioridade. Foi o 42º rei da França, a contar de Clóvis I, e o nono rei da dinastia capetiana a ocupar o trono da França.

Era um homem de alto porte, de grande beleza, muito imponente. Ele atraía, incutia profundo respeito e suscitava grande amor. Tinha o todo de um guerreiro terrível na hora do combate, mas era o Rei mais pomposo e mais decoroso do seu tempo.[1]

Quando adulto, Luís enfrentou conflitos recorrentes com poderosos nobres, consolidando a supremacia real levada a cabo por seu avô Filipe Augusto, além de ter derrotado o rei Henrique III de Inglaterra em suas tentativas de restaurar o Império Plantageneta. Após anexar a maior parte das antigas terras inglesas na França, assinou o Tratado de Paris (1259) com a Inglaterra colocando fim aos cem anos de rivalidade franco-inglesa.

Foi um rei reformador e lançou as bases da justiça real francesa, na qual o rei era o juiz supremo a quem qualquer pessoa era capaz de apelar para buscar a emenda de um julgamento. Ele proibiu julgamentos por provação, tentou impedir as guerras privadas que estavam assolando o país e introduziu a presunção de inocência no processo criminal. Era admirado por seus súditos e por toda a Europa como um rei extremamente justo. Chegava a ficar várias vezes na semana sob um carvalho no Castelo de Vincennes ouvindo os apelos e pedidos de seus súditos de todas as classes.

Suas ações foram inspiradas nos valores cristãos, sendo ele um homem extremamente devoto da fé católica, punindo a blasfémia, jogos de azar, empréstimos de interesse e prostituição, comprando relíquias de Cristo para construir a Sainte-Chapelle e tentando converter os judeus franceses. Construiu inúmeros hospitais, leprosários, orfanatos e escolas e era notadamente conhecido pela sua caridade e cuidado com os pobres e doentes.[2]

Casou-se com a rainha Margarida da Provença em 1234 e com ela teve onze filhos, dentre os quais o rei Filipe III de França, que o sucedeu. Através de sua vasta prole, os descendentes de São Luís chegaram a quase todos os tronos da Europa e América, incluídas as dinastias posteriores que reinaram na FrançaEspanhaÁustriaSacro Império Romano-GermânicoAlemanhaInglaterraEscóciaSuéciaNoruegaDinamarcaHungriaPortugalBélgicaGréciaBulgáriaItáliaHolandaPolôniaRomêniaRússiaMéxico e Brasil, sendo todos os atuais monarcas europeus descendentes seus.

Em todas as épocas posteriores da história da França, marcada por conflitos, guerras e revoluções, seu governo foi lembrado com nostalgia pelos franceses como “o bom tempo de Meu Senhor São Luís” ou como o “século de ouro de São Luís”, deixando uma imagem imensamente positiva aos olhos da história e do imaginário popular francês.[3]

Morreu no norte da África em 25 de agosto de 1270 e foi canonizado como santo pelo Papa Bonifácio VIII em 11 de julho de 1297.É o padroeiro da Arquidiocese de São Luís do Maranhão, cujo patronato na cidade de São Luís se deu em razão da cidade levar o seu nome e em sua homenagem.”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_IX_de_Fran%C3%A7a

2. São José de Calasanz (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que, para educar as cri­anças e os ado­les­centes no amor e sa­be­doria do Evan­gelho, ins­ti­tuiu es­colas po­pu­lares e fundou em Roma a Ordem dos Clé­rigos Re­grantes Po­bres da Mãe de Deus das Es­colas Pias. († 1648).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1648, a volta para Deus de São José Calazans. Nascido em Aragão, partiu para Roma depois de sua ordenação sacerdotal. Lá fundou uma congregação de clérigos regulares, que se consagraram ao ensino popular. (R).

– Ver VIDAS DOS SANTOS de 27 de agosto, páginas 232-233: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Ver “… José de Calasanz foi um religioso canonizado pela Igreja Católica e fundador da primeira escola pública cristã e da Ordem Religiosa das Escolas Pias. Estudou nas universidades de LéridaValência e Alcalá de Henares, onde se doutorou…”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_de_Calasanz

– Ver páginas 232-233: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver São José Calazans

Também conhecido como

  • José Calasanctius
  • José de Nossa Senhora
  • Joseph Calsanza
  • José de Calasanz

Memorial

Perfil

Caçula de cinco filhos de Don Pedro Calasanz e Donna Maria Gastonia. Sua mãe e um irmão morreram enquanto ele ainda estava na escola . Estudou na Estadilla, na Universidade de Lereda, em Valência e em Alcala de Henares. Obteve diplomas em direito canônico e teologia . Seu pai queria que José se tornasse um soldado , se casasse e continuasse a família, mas uma doença quase fatal em 1582 fez com que o jovem homem a examinar seriamente sua vida, e ele percebeu um chamado para a vida religiosa .

Ordenado em 17 de dezembro de 1583 . Pároco em Albarracin . 

Secretário e confessor de seu bispo , examinador sinodal e procurador. 

Ressuscitou o zelo religioso entre os leigos , a disciplina entre o clero em uma parte dos Pirineus. Tanto seu bispo quanto seu pai morreram em 1587 .

Vigário Geral de Trempe , Espanha . Seguindo uma visão, ele doou grande parte de sua herança, renunciou à maior parte do resto e viajou para Roma , Itália , em 1592 . Trabalhou na casa do cardeal Ascanio Colonna como conselheiro teológico do cardeal , tutor do sobrinho do cardeal Trabalhou com vítimas da peste em 1595 .

Membro da Confraria para a Doutrina Cristã. Tentou levar crianças pobres , muitas delas órfãs e/ou sem- teto , para a escola . Os professores , já mal pagos, recusavam-se a trabalhar com os novos alunos sem aumento; em novembro de 1597 , Joseph e dois colegas sacerdotes abriram uma pequena escola gratuita para crianças pobres . O Papa Clemente VIII , e mais tarde o Papa Paulo V , contribuíram para o seu trabalho. Ele logo estava supervisionando vários professores e centenas de alunos .

Em 1602 , eles se mudaram para bairros maiores e reorganizaram os padres professores em uma comunidade. Em 1612 mudaram-se para o palácio de Torres para ter ainda mais espaço. Em 1621 a comunidade foi reconhecida como uma ordem religiosa chamada Le Sciole Pie ( Escolas Religiosas ), também conhecida como os Piaristas , ou Scolopii ou Ordo Clericorum Regularium Pauperum Matris Dei Scholarum Piarum ou Ordem dos Pobres Clerks Regulares da Mãe de Deus dos Pios. Escola ; José atuou como superior da Ordem .

A comunidade encontrou muitos obstáculos – a amizade de Joseph com o astrônomo Galileu Galilei causou rebuliço entre alguns oficiais da Igreja . Alguns da classe dominante objetaram que educar os pobres causaria agitação social. Outras Ordens que trabalhavam com os pobres temiam que fossem absorvidas pelos Piaristas . Mas o grupo continuou a ter apoio papal e continuou a fazer um bom trabalho.

Em sua velhice, Joseph sofreu ao ver sua Ordem dilacerada. Ele foi acusado de incompetência pelo padre Mario Sozzi, que foi escolhido como novo superior da Ordem . Sozzi morreu em 1643 , e foi substituído pelo padre Cherubini, que seguiu o mesmo curso de Sozzi e quase destruiu a Ordem . Uma comissão papal encarregada de examinar a Ordem absolveu José de todas as acusações e, em 1645 , devolveu-o ao superior da Ordem , mas a dissidência interna continuou e, em 1646 , o Papa Inocêncio X dissolveu a Ordem, colocando os padres sob o controle de seus bispos locais .

Os Piaristas foram reorganizados em 1656 , oito anos após a morte de José . Eles foram restaurados como uma ordem religiosa em 1669 e continuam seu bom trabalho até hoje.

Nascer

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

informação adicional

Leituras

Piedade e Letras – lema de São José Calasanz

Todos conhecem o grande mérito e dignidade ligados a esse santo ministério em que os jovens , especialmente os pobres, recebam instruções com o propósito de alcançar a vida eterna. Este ministério é direcionado ao bem-estar do corpo e da alma; ao mesmo tempo, que molda o comportamento, também fomenta a devoção e a doutrina cristã. Além disso, o apoio mais forte é fornecido não apenas para proteger os jovens do mal, mas também para despertá-los e atraí-los mais fácil e suavemente para a realização de boas obras. Como os galhos das plantas, os jovens são facilmente influenciados, desde que alguém trabalhe para mudar suas almas. Mas se for permitido que enrijeçam, sabemos bem que a possibilidade de um dia os dobrar diminui muito e às vezes se perde totalmente. Todos os que se propõem a ensinar devem ser dotados de profundo amor, a maior paciência e, acima de tudo, profunda humildade. Devem realizar seu trabalho com fervoroso zelo. Então, por meio de suas humildes orações, o Senhor os achará dignos de se tornarem cooperadores com Ele na causa da verdade. Ele os consolará no cumprimento deste dever tão nobre e, finalmente, os enriquecerá com o dom do céu. Como diz a Escritura: “Aqueles que instruem a muitos na justiça brilharão como estrelas por toda a eternidade”. Eles alcançarão isso mais facilmente se fizerem um pacto de obediência perpétua e se esforçarem para se apegar a Cristo e agradá-lo somente, porque, em suas palavras: “O que você fez a um dos meus irmãos mais pequeninos, você fez a mim”.– dos escritos de São José Calasanz

Senhor, abençoaste São José Calasanz com tal caridade e paciência que se dedicou à formação da juventude cristã. Ao honrarmos esse mestre de sabedoria, possamos seguir seu exemplo de trabalhar pela verdade. – oração de abertura da Missa por São José Calasanz

Citação MLA

3.   Na Via Au­rélia, a seis mi­lhas de Roma, o se­pul­ta­mento dos santos Eu­sébio, Pon­ciano, Vi­cente e Pe­re­grino, mártires. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia foram julgados dignos de sofrer pelo nome de Cristo os Santos Ponciano, Vicente e Peregrino, martirizados em Roma no séc. III (M).

– Ver página 221: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

4.   Em Arles, na Pro­vença, na ho­di­erna França, São Gens (São Genésio), mártir, que, ainda ca­te­cú­meno, tra­ba­lhando no tri­bunal como no­tário e re­cu­sando-se a trans­crever um edito contra os cris­tãos, tentou salvar-se pondo-se em fuga; mas, cap­tu­rado pelos sol­dados, foi bap­ti­zado com o pró­prio sangue. († 303).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Arles, o Bem-Aventurado Genésio, jovem escrivão do tribunal, decapitado por se ter recusado a registrar os decretos de condenação de cristãos inocentes. Diversas localidades na França ainda trazem seu nome. (M).

– Ver “…São Genésio de Arles é um santo da Igreja Católica que nasceu em ArlesFrança, em data desconhecida e faleceu decapitado em 303 ou 308.

Foi notário militar, sob as ordens dos imperadores Maximiano e Diocleciano.

Patrono dos notários, escrivães e secretários, a sua festa celebra-se no dia 25 de Agosto”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Gen%C3%A9sio_de_Arles

5.   Em Itá­lica, hoje San­ti­ponce, perto de Se­vilha, na His­pânia Bé­tica, São Gerôncio, bispo, que se narra ter mor­rido no cárcere. († s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, igualmente o sepultamento de São Gerôncio, bispo de Itálica, e de São Menas (ver número 7, abaixo), bispo de Constantinopla na primeira metade do século VI. (M)

6*.   Em Agde, na Gália Nar­bo­nense, ac­tu­al­mente na França, São Se­vero, abade do mos­teiro por ele fun­dado nesta cidade. († s. V)

7.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, São Menas, bispo, que foi or­de­nado pelo papa Santo Aga­pito e, res­ta­be­le­cida a co­mu­nhão, tem­po­ra­ri­a­mente in­ter­rom­pida com o papa Vi­gílio, de­dicou à di­vina Sa­be­doria a grande igreja edi­fi­cada pelo im­pe­rador Justiniano. († 552).

– Ver “… Menas, também chamado de Minas ou Mina, foi um patriarca de Constantinopla nomeado pelo imperador Justiniano I em 536 e também um santo cristão. O Papa Agapito I o consagrou para suceder o bispo Antimo, que era um monifisita…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Menas_de_Constantinopla

8*.   Em Atane, no ter­ri­tório de Li­moges, na ac­tual França, Santo Arédio, abade, que, compôs para o ce­nóbio que fun­dara uma ex­ce­lente regra, fun­dada nos pre­ceitos de vá­rios ins­ti­tutos de vida monástica. († 591)

9.   Em Utrecht, na Gél­dria da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Ho­landa, São Gre­gório, abade, que, ainda ado­les­cente, acom­pa­nhou sempre São Bo­ni­fácio nas ca­mi­nhadas mis­si­o­ná­rias para a con­versão da Tu­ríngia e de Hessen e de­pois, por seu man­dato, di­rigiu como abade o mos­teiro de São Mar­tinho e go­vernou a Igreja de Utrecht. († 775).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VIII, São Gregório, discípulo de São Bonifácio. Foi nomeado abade de São Martinho de Utrecht. (X)

10.   Em Mon­te­fi­as­cone, na Tos­cana, hoje no Lácio, re­gião da Itália, o pas­sa­mento de São Tomás Can­te­lupe, bispo de He­re­ford, na In­gla­terra, homem de emi­nente cul­tura, se­vero para con­sigo e lar­

ga­mente ge­ne­roso para com os pobres. († 1282)

11*.   Em Xi­ma­bara, no Japão, os be­atos már­tires Mi­guel Carvalho, da Com­pa­nhia de Jesus, Pedro Vás­quez, da Ordem dos Pre­ga­dores, Luís So­telo e Luís Sa­sanda, pres­bí­teros, e Luís Baba, re­li­gioso da Ordem dos Frades Me­nores, que por Cristo foram quei­mados vivos. († 1624).

– Ver “… Luis Sotelo foi um frade franciscano que morreu como mártir no Japão em 1624 e foi beatificado pelo papa Pio IX em 1867…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Luis_Sotelo

– Ver também “… Miguel de Carvalho foi um beato português, de família nobre, presbítero e missionário jesuíta, nascido em Braga em 1579 e morto a 25 de Agosto de 1624…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Miguel_de_Carvalho

– Ver ainda: Beato Luís Sotelo. Ver (wikipedia de 25 de agosto) “… Luis Sotelo foi um frade franciscano que morreu como mártir no Japão em 1624 e foi beatificado pelo papa Pio IX em 1867.

Sotelo nasceu em SevilhaEspanha, e estudou na Universidade de Salamanca antes de ingressar no convento “Calvario de los Hermanos Menores”. Ele foi enviado, em 1600, para as Filipinas, para suprir as necessidades espirituais do povoado filipino de Dilao, até sua destruição pelas forças espanholas e portuguesas em 1608, depois de uma luta intensa.

Em 1608, o papa Paulo V autorizou ordens religiosas menores (dominicanos e franciscanos) para pregar no Japão, o que era até então feito apenas pelos jesuítas. Sotelo imediatamente foi para o Japão e assumiu um posto de liderança da sua comunidade…”: Luis Sotelo – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver também “… Após dois anos de prisão, durante os quais esteve rigorosamente vigiado, foi condenado à morte. No dia 25 de agosto de 1624 foi queimado vivo, a fogo lento, com outros companheiros: dois franciscanos, um jesuíta e um dominicano…”: Luis Sotelo – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver ainda “… O Beato Luís Sotelo, sacerdote professo da Ordem dos Frades Menores e companheiros, mártires: Frei Luis Sasanda, Luís Baba, Migual Carvalho,Pedro Vasquez.

Foram martirizados em Ximabara, Japão, a 25 de Agosto de 1624.

Beatificado pelo Beato Pio IX, juntamente com 204 mártires do Japão, 166 cristãos leigos e 38 sacerdotes martirizados entre 1617 e 1632, a 7 de Julho de 1867.

São celebrados a 25 de Agosto

A 25 de Agosto de 1624, cinco religiosos, três europeus e dois japoneses, três franciscanos, um jesuíta e um dominicano, foram martirizados em Ximabara, Japão, queimados vivos por fogo lento. Tinham-lhes proposto inutilmente uma apostasia. No dia do seu martírio, foram levados pela manhã da prisão Omura, onde tinham sido torturados, e levados de barco para o local do sacrifício. Aí amarraram-nos frouxamente aos seus respectivos postes, frouxamente de modo a poderem soltar-se se apostatassem, e atear fogo à madeira. Estes eram os mártires:

1. FREI LUIS SOTELO, presbítero franciscano. Luís Sotelo, filho de Diego e Catalina Niño, nasceu em Sevilha, Espanha, a 6 de Setembro de 1574. Estava a terminar os seus estudos na Universidade de Salamanca quando foi aceite no noviciado no Convento do Calvário dos Frades Menores. A 11 de Maio de 1594, fez a sua profissão solene. Após completar os seus estudos de filosofia e teologia, foi ordenado sacerdote. Em 1600, desejando dedicar-se à conversão dos incrédulos, foi enviado para as Filipinas, onde foi designado para os cuidados espirituais dos japoneses que viviam em Dilao…

Cada mártir tem a sua história piedosa e heroica, mas a história de Luís Sotelo é também de interesse para a história política devido à missão diplomática que realizou entre o Japão, Espanha e a Santa Sé. Em 1615 acompanhou o embaixador japonês Hasecura a Espanha e obteve o seu baptismo com o nome de Filipe no mosteiro das Clarissas em Madrid; o mesmo embaixador viajou para Roma, permaneceu no convento de Aracoeli, e teve duas vezes uma audiência com Paulo V, e prometeu protecção para missionários e cristãos em nome do seu rei Musamura. Quem teria pensado que mal um ano depois a perseguição começaria de novo, e com maior severidade? Luís Sotelo, devido a contradições na sua terra natal, só pôde regressar ao Japão em 1622 numa sucata chinesa; já não era tratado como um diplomata, e em vez de ser levado ao imperador foi preso.

Viu claramente que a perseguição poderia ter sido evitada ou interrompida se as missões tivessem sido mais bem organizadas. Da sua prisão, sete meses antes da sua morte, indicou num memorial ao Papa as determinações: 1) a formação de clero indígena, a fim de eliminar suspeitas políticas dos padres europeus e para que, em caso de perigo, estivessem prontos a confortar os fiéis sem serem facilmente reconhecidos pela diferença de raça; 2) uma melhor organização hierárquica. Em vez de um único bispo, que nem sempre viveu no Japão, um bispo para cada ordem missionária, dependente de um metropolitano. “Bispos e sacerdotes, disse ele, são os ossos e os tendões do corpo místico de Cristo, que é a Igreja”. A proposta do mártir franciscano chegou demasiado tarde, quando a perseguição estava no seu auge.

Entretanto, o Papa Paulo V tinha erguido uma nova diocese no Japão na parte oriental já evangelizada pelos Franciscanos. Tinha nomeado o Beato Luís Sotelo como bispo da nova sede. O Núncio Apostólico em Madrid tinha sido encarregado de consagrar o novo bispo. Esta consagração episcopal não pôde ter lugar porque o Beato Luís já se encontrava na prisão…

Após dois anos de prisão, passados sob rigorosa supervisão, foi condenado à morte. A 25 de Agosto de 1624, foi queimado vivo com dois franciscanos, um jesuíta e um dominicano. Tinha 50 anos de idade.

2. FREI LUIS SASANDA, um padre franciscano, nasceu numa família cristã japonesa. O seu pai, Michael, foi martirizado em Yendo por causa da sua fé católica. A partir de 1603, devido à santidade da sua vida e sobretudo devido à sua piedade excepcional, foi um dos discípulos favoritos do franciscano Luis Sotelo, a quem seguiu nas suas muitas peregrinações. Em 1613 viajou com ele para Espanha, onde foi recebido na Ordem dos Frades Menores, depois foi também para Itália. Depois de ter visitado Roma, muito impressionado pela sua visita às grandes basílicas de São Pedro, São Paulo, São João de Latrão, Santa Maria Maior, as Catacumbas, o Coliseu e os outros monumentos do cristianismo, partiu novamente para o Japão com os Beatos Luis Sotelo e Luis Baba. Enquanto esteve em Manila, Filipinas, foi ordenado sacerdote. Em 1622 embarcou com o Beato Luis Sotelo para o Japão, num navio japonês com destino a Nagasaki. Os marinheiros do navio, temendo que fossem acusados de transportar missionários (que foi severamente punido pelas leis de perseguição em vigor desde 1614), denunciaram-nos às autoridades de Nagasaki. Foram presos na prisão de Omura, onde sofreram durante quase dois anos, tanto por causa dos aposentos apertados e da exposição aos elementos, como devido à escassez e má qualidade dos alimentos e às péssimas condições de higiene. Pedro Vásquez e Miguel Carvalho foram mais tarde detidos na mesma cela. Durante a sua prisão, Luis Sasanda foi várias vezes sujeito a fortes pressões para renunciar à sua fé, mas apesar das promessas lisonjeiras, permaneceu firme na sua fidelidade a Cristo. A 24 de Agosto de 1624, foi condenado à morte por fogo lento. Na manhã seguinte, com uma corda amarrada ao pescoço, foi transferido para um barco que o levou para Foco, perto de Scimbara; lá foi amarrado ao poste com laços soltos para que, se se arrependesse, pudesse ser libertado. O fogo queimou muito lentamente, aumentando a dor física do mártir, de cuja boca saíram invocações e orações. As suas cinzas foram espalhadas no mar.

3. LUIS BABA, da Ordem Franciscano Secular. Luis Baba, mártir no Japão, nasceu de uma família japonesa de antiga tradição católica e foi o catequista predileto de Frei LUIS SOTELO, Franciscano. Por seu zelo e suas capacidades catequísticas foi escolhido por ele como companheiro de missão nas muitas e longas viagens, uma experiência que o confirmou sempre mais em seu propósito de se prodigar para o serviço da fé. De volta da Espanha visitou o México e depois chegou às Ilhas Filipinas.

A última parte da viagem de Manila a Nagasaki foi realizada em um junco de japoneses, os quais, temendo comprometer-se por ter transportado o país missionários (era o tempo da dura perseguição), entregaram-nos simplesmente às autoridades, que os prenderam e em 1622 foram enviados para Omura, onde o catequista Luis viu realizar-se o seu desejo de ser admitido à Terceira Ordem de São Francisco e vestir o seu hábito.

Na manhã de 25 de agosto de 1624, o governador de Omura notificou Luis Baba e outros quatro prisioneiros da sentença que os condenava ao suplício do fogo. Diante dessa notícia o ânimo deles se sentiu pleno de alegria e juntos deram graças a Deus. Antes de serem conduzidos ao suplício, o governador submeteu-os a um interrogatório perguntando-lhes os seus nomes e especialidade. Por todos respondeu o Beato Luis Sotelo: estes dois … pertencem um à Ordem de Santo Domingo e o outro à companhia de Jesus e chamam-se Pedro Vasquez e Miguel Carvalho. Desses dois japoneses, um é padre e religioso da minha Ordem, o outro, Luis Baba, antes era catequista, e eu na prisão o recebi na Ordem da Penitência de São Francisco. Todos nós pregamos a fé em Jesus Cristo e estamos prontos para morrer em testemunho desta fé.

O governador tomou nota desta declaração e os santos confessores da fé foram conduzidos ao local da execução perto de Omura onde haviam morrido mártires também o BEATO APOLINAR FRANCO E SEUS COMPANHEIROS. Ao longo da viagem eles não cessaram de pregar Jesus Cristo. Ao chegar ao local estabelecido foram amarrados aos postes e acenderam as fogueiras. O mártir Luís Baba, sentindo-se afrouxar os laços que o mantinham amarrado passou entre as chamas e ajoelhou-se na frente do BEATO LUIS SOTELO para receber a sua última bênção, então regressou tranquilamente ao seu poste e esperou ali a morte sorridente.

4.- R. P. MIGUEL CARVALHO, presbítero jesuíta, nasceu em Braga, Portugal, em 1577. Miguel juntou-se à Companhia de Jesus em 1597. Ele era um professor de teologia em Goa e Macau durante quinze anos. Enviado como missionário para o Japão, foi preso em julho de 1623 por pregar o cristianismo e passou 13 meses na prisão antes de ser executado. Morreu condenado à fogueira por causa da intolerância religiosa no Japão. A Universidade Católica Portuguesa deu o seu nome de Beato Miguel de Carvalho ao Instituto que hoje é a Escola de Filosofia desta universidade.

5. FREI PEDRO VÁZQUEZ, presbítero dominicano, nasceu em Verín, província de Orense, Espanha, em 1587. Estudou em Madrid e é filho do convento de Nossa Senhora de Atocha. Estudou filosofia em Segovia e teologia em Fafe. Chega em Manila em 1615 e passa para o Japão em 1621. Durante sua estadia no Japão trabalhou principalmente em Nagasaki e seus arredores, sendo presa em 1623. Teve grande coragem em sua pregação e desejo do martírio. Morre a fogo devagar em 25 de agosto de 1624 e seus restos mortais foram lançados no mar.”: https://www.facebook.com/HeroesDeAyerYDeHoy/posts/2534287106631631/

6. VER TAMBÉM: 25 de agosto de 1624 em Ōmura, Nagasaki (Japão)

123.   MIGUEL CARVALHO

professado padre, jesuítas

nascimento: 1579 em Braga (Portugal)

PEDRO VÁZQUEZ, 

124. (PEDRO DE SANTA CATARINA)

professado padre, dominicanos

nascimento: 1590 em Verín, Orense (Espanha)

125.   LUIS CABRERA SOTELO

professado padre, Frades Franciscano Menor (Observadores)

nascimento: 06 setembro 1574 em Sevilla (Espanha)

126.   LUDOVICUS SASADA

                [ルイス笹田]

professado padre, Frades Franciscano Menor (Observadores)

nascer:? em Tóquio (também conhecido como Edo) (Japão)

    127.   LUDOVICUS BABA

                [ルイス馬場]

leigo da arquidiocese de Nagasaki; catequista;

membro, Franciscanos Seculares

nascer:? em (Japão)…:  http://newsaints.faithweb.com/martyrs/Japan02.htm

12*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Paulo João Charles, pres­bí­tero e mártir, um prior da Ordem Cis­ter­ci­ense, que, du­rante a per­se­guição da Re­vo­lução Fran­cesa, foi ar­re­ba­tado do mos­teiro de Sept-Fonts e en­car­ce­rado na sór­dida ga­lera por causa do seu sa­cer­dócio, onde morreu de ina­nição e enfermidade. († 1794)

– Ver “Bem-aventurado Paul-Jean Charles“. CatholicSaints.Info . 8 de agosto de 2022. Web. 24 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/blessed-paul-jean-charles/ >

– Ver também MÁRTIRES DOS HULKS DE ROCHEFORT (10 DE JUNHO)

Também conhecido como

  • Mártires dos Pontões de Rochefort
  • Mártires de La Rochelle
  • Mártires de Rochefort
  • Mártires da Prisão Hulks de Rochefort
  • Mártires dos Navios Rochefort

Perfil

Em 1790 , as autoridades revolucionárias francesas aprovaram uma lei exigindo que os padres jurassem fidelidade à constituição civil, o que efetivamente os removeria da autoridade e fidelidade a Roma. Muitos se recusaram e, em 1791 , o governo começou a deportá-los para a Guiana Francesa. 827 padres e religiosos foram presos em hulks (navios antigos não mais dignos do mar e usados ​​para armazenamento, 

prisões , hospitais etc. ) abrigar escravos ouprisioneiros . Lá eles foram basicamente ignorados até a morte , pois havia pouca provisão de comida e água, menos saneamento e nenhuma ajuda médica. 542 dos prisioneiros morreram lá.

Os sobreviventes foram libertados em 12 de fevereiro de 1795 e autorizados a voltar para suas casas. Muitos deles escreveram sobre seu tempo nos hulks, e muitos deles escreveram sobre a fé e o ministério daqueles que morreram . 64 deles foram identificados positivamente e confirmados como mortos como mártires , morrendo por sua fé –

Memorial

Mártires dos Hulks de Rochefort“. CatholicSaints.Info . 3 de dezembro de 2019. Web. 11 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/martyrs-of-the-hulks-of-rochefort/ >

13*.   Em Cór­dova, na Ar­gen­tina, a Beata Maria do Trân­sito de Jesus Sacramentado, virgem, que se de­dicou in­ten­sa­mente à for­mação cristã da in­fância pobre e aban­do­nada e ins­ti­tuiu na Ar­gen­tina a Con­gre­gação das Irmãs Mis­si­o­ná­rias da Ordem Ter­ceira de São Francisco. († 1885)

14*.   Em Va­lência, na Es­panha, o Beato Luís Ur­bano Lanaspa, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que su­perou o glo­rioso com­bate por Cristo. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

Ver – 13. LUIS URBANO LANASPA

sacerdote professo, dominicanos.

Nascimento: 03 de junho de 1882 em Saragoça (Espanha)…: http://newsaints.faithweb.com/martyrs/MSPC16.htm

15♦.   Em “Pa­lacio del Duque”, entre Somió e Cabueñes, nas As­tú­rias, também na Es­panha, o Beato Flo­rêncio Alonso Ruiz, pres­bí­tero da Ordem de Santo Agos­tinho e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, com o seu mar­tírio se­guiu os passos de Cristo. († 1936)

– Ver – 25.  FLORENCIO AONSO RUIZ ***

sacerdote professo, agostinian

Nascimento: 24 de fevereiro de 1889 em Osorno, Palencia (Espanha)

morreu: 25 de agosto de 1936 em Tragamón, Gijón (Espanha)…: http://newsaints.faithweb.com/martyrs/MSPC04.htm

– Ver também “Bem-aventurado Florencio Alonso Ruiz”. 

CatholicSaints.Info . 20 de agosto de 2015. Web. 24 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/blessed-florencio-alonso-ruiz/ >

16♦.   Na es­trada de Lla­gos­tera a Vi­dreras, na Ca­ta­lunha, também na Es­panha, o Beato Onofre (Sálvio To­losa Al­sina), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que na mesma per­se­guição contra a fé deu tes­te­munho de Cristo der­ra­mando por Ele o seu sangue. († 1936)

– Ver “Bem-aventurado Salvi Tolosa Alsina”. CatholicSaints.Info . 20 de agosto de 2015. Web. 24 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/blessed-salvi-tolosa-alsina/ >

– Ver também 38. SALVI TOLOSA ALSINA (ONOFRE)

religiosos professos, Irmãos das Escolas Cristãs – (Irmãos De La Salle)

Nascimento: 31 de janeiro de 1880 em Cassà de la Selva, Girona (Espanha)

morreu: 25 de agosto de 1936 em Vidreras, Girona (Espanha)…: http://newsaints.faithweb.com/martyrs/MSPC22.htm

17♦.   Em Ma­drid, também na Es­panha, o Beato Vi­cente Ál­varez Cienfuegos, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que na mesma per­se­guição der­ramou o sangue por Cristo. († 1936)

– Ver “Bem-aventurado Vicente Álvarez Cienfuegos“. CatholicSaints.Info . 20 de agosto de 2015. Web. 24 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/blessed-vicente-alvarez-cienfuegos/  >

– Ver também   17.   VICENTE ÁLVAREZ CIENFUEGOS

sacerdote professo, Dominicanos (ES)

Nascimento: 29 de abril de 1863 em Villamejín, Proaza, Astúrias (Espanha)

morreu: 25 de agosto de 1936 em Madrid (Espanha)…: http://newsaints.faithweb.com/martyrs/MSPC06.htm

18♦.   Em Sucúa, lo­ca­li­dade do Equador, Maria Troncatti, virgem da Con­gre­gação da Fi­lhas de Maria Au­xi­li­a­dora, que exerceu uma longa e ge­ne­rosa a­ti­vi­dade entre os in­dí­genas “Shuar”. († 1969)

– Ver Beata Maria Troncatti

Memorial

Perfil

Trabalhou como enfermeira da Cruz Vermelha em um hospital militar italiano durante a Primeira Guerra Mundial. Freira nas Irmãs Salesianas . Em 1922 ela deixou a Itália para o Equador e passou o resto de sua vida trabalhando com a tribo Shuar na floresta amazônica.

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

informação adicional

Leituras

Você me diz que está sempre esperando que eu volte para a Itália. Na minha idade é impossível e não é culpa dos meus superiores. Eles me disseram muitas vezes que me deixariam ir ver minha família se eu quisesse. Nunca aceitei primeiro porque o meu lugar é aqui, mas também porque, quando chegou o dia de partir, o distanciamento dos meus pais, dos superiores, da pátria, da língua, de tudo me custou caro. Quando embarquei no barco, me despedi para sempre. Nós nos veremos mais uma vez no céu. – Beata Maria na véspera de seu 85º aniversário escrevendo para a família na Itália

Citação MLA

19. Santa Patrícia (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver página 219: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

20. Bem-Aventurado Metódio (também na Folhinha do Coração de Jesus)

21. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, São Genésio. Nascido no paganismo, era ator profissional. Um dia, quando se apresentava ao imperador Diocleciano, ao parodiar os mistérios cristãos foi subitamente tocado pela graça, e pediu o batismo. Por ordem do imperador foi batizado em seu próprio sangue, enquanto clamava: “Não há outro rei senão Cristo”. (M).

– Ver página 218: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “… Genésio de Roma (em latimGenesius; em italianoGenesio) viveu durante o século III. É o santo padroeiro dos atores, dos músicos, dos humoristas e dos advogados. É invocado, também, contra a epilepsia. É comemorado no dia 25 de agosto. Viveu em Roma com a profissão de ator comediante, era líder de um grupo de teatro… Segundo a lenda, São Genésio, em uma apresentação para o imperador romano Diocleciano, ridicularizava a  cristã. Porém, quando apresentava a recepção do sacramento do batismo, foi convertido milagrosamente e proclamou-se cristão. Diocleciano, achando-o realista demais, mandou Pláucio, prefeito do pretório, torturá-lo com a intenção de fazê-lo voltar a sacrificar para os deuses pagãos. Insistindo em defender o cristianismo, resistiu às torturas, levando Pláucio a decapitá-lo.

Passou a ser venerado no século IV e uma igreja foi construída e, posteriormente, reformada e ampliada pelo papa Gregório III em 741; mesmo assim sua existência é duvidosa…”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Gen%C3%A9sio_de_Roma

22.No VIDAS DOS SANTOS, Bem-Aventurado São Tomás de Kempis, confessor. Ver páginas 216-217: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

23. VER SANTAS E SANTOS DE 25 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Joseph Calasanz (Memorial Opcional) Luís IX (Memorial Opcional) — Alessandro Dordi Andrea Bordino Arédio de Limoges Ebbe, o Velho Ermínia de Reims Eusbio de Roma Genésio de Arles Genésio de Brescello Genésio de Roma Genádio de Constantinopla Gerúncio de Itálica Ginés de la Jara Gregório de Utreque Gurloés de Sainte Croix Hermes de Eretum Hunegund de Homblieres Juliano da Síria Júlio de Eretum Maginus Maria del Tránsito de Jesús Sacramentado Maria Troncatti Menas de Constantinopla Nemésio de Roma Patrícia de Nápoles Paul-Jean Charles Pedro de Calidis Peregrino de Roma Pontiano de Roma Severo de Agde Thomas de Hereford Vicente de RomaMártires do Japão Ludovicus Baba Ludovicus Sasada Luís Cabrera Sotelo Miguel Carvalho Pedro Vázquez Mártires da Coreia Andreas Gim Gwang-Ok Petrus Gim Jeong-Duk Martirizado na Guerra Civil Espanhola Antoni Prenafeta Soler Antoni Vilamassana Carulla Eduard Cabanach Majem Enric Cortadellas Segura Enric Salvá Ministro Fermí Martorell Vies Florêncio Alonso Ruiz Fortunato Merino Vegas Francesc Llach Candell Francisco Garcia Balanza Joan Busquet Lúcia Josep Maria Panadés Terré Juan Pérez Rodríguez Luis Gutierrez Calvo Luis Urbano Lanaspa Manuel Fernández Ferro Miguel Grau Antoli Valls Pere Farrés Ramon Cabanach Majem Salvi Tolosa Alsina Sebastião Sonet Romeu Tomás Díaz y Díaz Vicente Álvarez Cienfuegos
todos esses memoriais em uma única página

24. Outras santas e santos do dia 25 de agosto: págs. 202-221, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 25 de agosto, ver ainda: 25 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 666-669: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php  
  10. http://newsaints.faithweb.com/martyrs.htm
  11. https://catholicsaints.info/25-august/
  12. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust25.html#

  (Sobre os sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 DE MARÇO: SÃO CLEMENTE-MARIA HOFFBAUER:

Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

  • 20 DE ABRIL: PROJETO DE VIDA DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 DE ABRIL, SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

“As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu– Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia– Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo– Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você, Senhor, coloca sobre nós o sinal do Seu dia que não é medido pelo sol. Em Seu sacramento, todos os dias O abraçamos e O recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a Seu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito– de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

* 30 DE JULHO: SÃO PEDRO CRISÓLOGO

Ouça o apelo de Deus: Em mim, quero que você veja seu próprio corpo, seus membros, seu coração, seus ossos, seu sangue. Você pode temer o que é divino, mas por que não amar o que é humano? Você pode fugir de mim como o Senhor, mas por que não correr para mim como seu pai? Talvez você esteja cheio de vergonha por causar minha amarga paixão. Não tenha medo. Esta cruz inflige um dano mortal, não em mim, mas na morte. Esses pregos não me doem mais, mas apenas aprofundam meu amor por você. Eu não clamo por causa dessas feridas, mas através delas eu o atraio para o meu coração. Meu corpo foi esticado na cruz como um símbolo, não do quanto eu sofri, mas do meu amor abrangente. Não considero menos que derramar meu sangue: é o preço que paguei pelo seu resgate. Venha, então, volte para mim e aprenda a me conhecer como seu pai, que retribui o mal com o bem, a injúria com o amor e a caridade sem limites nas feridas penetrantes”.

… Ouça agora o que o Apóstolo nos exorta a fazer. Apelo a vocês, diz ele, para que apresentem seus corpos como sacrifício vivo. Por esta exortação dele, Paulo elevou todos os homens ao status sacerdotal. Quão maravilhoso é o sacerdócio do cristão, pois ele é tanto a vítima que é oferecida em seu próprio nome, quanto o sacerdote que faz a oferta. Ele não precisa ir além de si mesmo para buscar o que deve imolar a Deus: consigo mesmo e em si mesmo traz o sacrifício que deve oferecer a Deus por si mesmo. A vítima permanece e o padre permanece, sempre um e o mesmo. Imolada, a vítima ainda vive: o padre que imola não pode matar. Verdadeiramente é um sacrifício incrível em que um corpo é oferecido sem ser morto e sangue é oferecido sem ser derramado. 

O Apóstolo diz: Apelo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo. Irmãos, este sacrifício segue o padrão do sacrifício de Cristo pelo qual ele deu seu corpo como imolação viva pela vida do mundo. Ele realmente fez do seu corpo um sacrifício vivo, porque, embora morto, continua a viver. Em tal vítima, a morte recebe seu resgate, mas a vítima permanece viva. A própria morte sofre o castigo. É por isso que a morte para os mártires é realmente um nascimento, e seu fim um começo. Sua execução é a porta para a vida, e aqueles que se pensava terem sido apagados da terra brilham brilhantemente no céu. Paulo diz: Rogo-vos, pela misericórdia de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo e santo. O profeta disse a mesma coisa: Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para mim. Cada um de nós é chamado a ser um sacrifício a Deus e ao seu sacerdote. Não perca o que a autoridade divina lhe confere. Vista as vestes da santidade, cinge-se com o cinto da castidade. Deixe Cristo ser seu capacete, deixe a cruz em sua testa ser sua proteção infalível. Sua couraça deve ser o conhecimento de Deus que ele mesmo lhe deu. Continue queimando continuamente o cheiro doce do incenso da oração. Pegue a espada do Espírito. Deixe seu coração ser um altar. Então, com plena confiança em Deus, apresente seu corpo para o sacrifício. Deus não deseja a morte, mas a fé; Deus não tem sede de sangue, mas de auto entrega; Deus é apaziguado não pela matança, mas pela oferta de seu livre arbítrio. – de um sermão de São Pedro Crisólogo…”: https://catholicsaints.info/saint-peter-chrysologus/

================

* 31 DE JULHO: SANTO INÁCIO DE LOYOLA

“Se Deus faz com que você sofra muito, é sinal de que Ele tem grandes desígnios para você, e que certamente pretende fazer de você um santo. E se você deseja se tornar um grande santo, peça a Ele que lhe dê muitas oportunidades de sofrimento; pois não há lenha melhor para acender o fogo do amor santo do que a lenha da cruz, que Cristo usou para Seu próprio grande sacrifício de caridade sem limites…”

================

* 01 DE AGOSTO: SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

“Eu o amo, Jesus meu amor, eu o amo mais do que a mim mesmo. Arrependo-me de todo o coração por tê-lo ofendido. Nunca permita que eu me separe de você novamente. Que eu o ame sempre, e então faça comigo o que quiser” … Santo Afonso Ligório

Santíssima e Imaculada Virgem! Ó minha Mãe! Tu que és a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores! Eu, o mais miserável entre eles, agora venho a ti. Eu te adoro, grande Rainha, e te dou graças pelos muitos favores que me concedeste no passado; acima de tudo, agradeço-te por me ter salvado do inferno, que tantas vezes merecia. Amo-te, Senhora mais digna de todo amor, e, pelo amor que te carrego, prometo sempre no futuro servir-te e fazer o que me cabe para ganhar outros para o teu amor. Em ti ponho toda a minha confiança, toda a minha esperança de salvação. Recebe-me como teu servo e cobre-me com o manto da tua proteção, tu que és a Mãe de misericórdia! E visto que tens tanto poder com Deus, livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a graça de sempre superá-los. De ti peço um verdadeiro amor de Jesus Cristo e a graça de uma morte feliz. Ó minha Mãe! Por teu amor a Deus, suplico-te que sejas meu ajudante em todos os momentos, mas sobretudo no último momento de minha vida. Não me deixes até que me vejas seguro no céu, lá por séculos sem fim para te abençoar e cantar teus louvores. Tal é a minha esperança. Um homem. – Santo Afonso Ligório

Deus diz a cada um de nós: “Dá-me o teu coração, isto é, a tua vontade”. Nós, por nossa vez, não podemos oferecer nada mais precioso do que dizer: “Senhor, toma posse de nós; damos-te toda a nossa vontade; faça-nos entender o que você deseja de nós, e nós o realizaremos”. Se quisermos dar plena satisfação ao coração de Deus, devemos trazer nossa própria vontade em tudo em conformidade com a dele; e não apenas em conformidade, mas também em uniformidade, no que diz respeito a tudo o que Deus ordena. A confirmação significa a união de nossa própria vontade com a vontade de Deus; mas a uniformidade significa, além disso, fazer do divino e da nossa vontade uma só vontade, de modo que nada desejamos senão o que Deus deseja, e sua vontade se torna a nossa. Esta é a soma e a substância daquela perfeição à qual devemos sempre aspirar; este deve ser o objetivo de tudo o que fazemos e de todos os nossos desejos, meditações e orações. Para isso, devemos invocar a assistência de todos os nossos santos padroeiros e nossos anjos da guarda e, sobretudo, de nossa divina mãe Maria , que foi a santa mais perfeita, porque abraçou mais perfeitamente a vontade divina…” – Santo Afonso Ligório, de O amor redentor de Cristo

================

* 04 DE AGOSTO: SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Meus filhinhos, reflitam nestas palavras: o tesouro do cristão não está na terra, mas no céu. Nossos pensamentos, então, devem ser direcionados para onde está nosso tesouro. Este é o glorioso dever do homem: orar e amar. Se você orar e amar, é aí que reside a felicidade de um homem. A oração nada mais é do que a união com Deus. Nesta união íntima, Deus e a alma estão fundidos como dois pedaços de cera que ninguém pode separar. Essa união de Deus com uma pequena criatura é uma coisa adorável. É uma felicidade além da compreensão. 

Meus filhinhos, seus corações, são pequenos, mas a oração os estica e os torna capazes de amar a Deus. Através da oração recebemos um antegozo do céu e algo do paraíso desce sobre nós. A oração nunca nos deixa sem doçura. É o mel que flui nas almas e torna todas as coisas doces. 

Quando oramos corretamente, as tristezas desaparecem como a neve diante do sol. Alguns homens mergulham tão profundamente na oração como peixes na água, porque se entregam totalmente a Deus. Oh, como amo essas nobres almas! Como somos diferentes deles! Quantas vezes chegamos à igreja sem ideia do que fazer ou do que pedir. E, no entanto, sempre que vamos a qualquer ser humano, sabemos muito bem por que vamos. E ainda pior, há alguns que parecem falar com o bom Deus assim: “Eu só direi algumas coisas para você, e então me livrarei de você”. Muitas vezes penso que, quando viermos adorar ao Senhor, receberemos tudo o que pedirmos, se pedirmos com fé viva e com o coração puro.

– das instruções catequéticas de São João Maria Vianney

================

08 DE AGOSTO: SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO

“Um homem que governa suas paixões é senhor de seu mundo. Ou as comandamos sou somos escravizados por elas. É melhor ser um martelo do que uma bigorna” (São Domingos de Gusmão)

================

* 11 DE AGOSTO: SANTA CLARA DE ASSIS

“Vá em paz, pois você seguiu o bom caminho. Vá sem medo, pois aquele que te criou te fez santo, sempre te protegeu e te ama como uma mãe… Bendito sejas tu, meu Deus, por me ter criado”. – Santa Clara de Assis

================

            * 12 DE AGOSTO: SANTA JOANA DE CHANTAL

“… Os mártires de amor sofrem dores mil vezes mais agudas conservando a vida para cumprir a vontade de Deus, do que se tivessem de dar mil vidas para testemunhar a sua fé, o seu amor e a sua fidelidade

 MANTENHA SEUS OLHOS EM DEUS E DEIXE-O FAZER PARA ELE… ISSO É TUDO COM O QUE VOCÊ TEM QUE SE PREOCUPAR”. – Santa Joana de Chantal

================

* 14 DE AGOSTO: SÃO MAXIMILIANO KOLBE

“… AVE-MARIA!”:  esta foi a última invocação que brotou dos lábios de São Maximiliano Kolbe, estendendo o braço àquele que o matava com uma injeção de ácido fénico. É comovedor constatar que o recurso humilde e confiante a Nossa Senhora é sempre manancial de coragem e de serenidade. Enquanto nos preparamos para celebrar a solenidade da Assunção, que é uma das festas marianas mais queridas à tradição cristã, renovamos a nossa confiança naquela que, do Céu, vigia com amor maternal sobre nós em todos os momentos. Com efeito, é assim que rezamos na familiar prece da Ave-Maria, pedindo-lhe que interceda por nós “agora e na hora da nossa morte”…(Papa Bento XVI, na Audiência Geral de 13 de agosto de 2008): https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2008/documents/hf_ben-xvi_aud_20080813.html

================

18 DE AGOSTO: BEM-AVENTURADO AIMON TAPARELI

A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” 

================

* SÃO JOÃO EUDES: 19 DE AGOSTO

O nosso desejo, o nosso objetivo e a nossa principal preocupação deve ser formar Jesus em nós e fazer com que seu espírito, sua devoção, seus afetos, seus desejos e suas disposições reinem em nossos corações. Toda a nossa vida religiosa deve tender para isso. Tal é a tarefa que Deus nos confiou para que nela trabalhemos constantemente

================

* 20 DE AGOSTO: SÃO BERNARDO DE CLARAVAL

Nos perigos, nas dúvidas, nas dificuldades, PENSE EM MARIA , INVOQUE MARIA . Não deixe o nome dela sair de seus lábios, nunca permita que ele saia de seu coração. E para que você possa obter a ajuda de sua oração, não deixe de seguir seus passos. Com ela como guia, você nunca se desviará; ao invocá-la, você nunca desanimará; enquanto ela estiver em sua mente, você estará a salvo do engano; enquanto ela segura sua mão, você não pode cair; sob a proteção dela você não tem nada a temer; se ela andar na sua frente, você não se cansará; se ela lhe mostrar favor, você alcançará a meta– São Bernardo de Claraval

================

* 21 DE AGOSTO: SÃO PIO X

Nasci pobre, vivi pobre e desejo morrer pobre

================

* 23 DE AGOSTO: SANTA ROSA DE LIMA

Que todos os homens saibam que a graça vem depois da tribulação. Que eles saibam que sem o fardo das aflições é impossível alcançar o cume da graça. Deixe-os saber que os dons da graça aumentam à medida que as lutas aumentam. Que os homens tomem cuidado para não se desviarem e serem enganados. Esta é a única escada verdadeira para o paraíso, e sem a cruz eles não podem encontrar nenhum caminho para subir ao céu…” (Dos escritos de Santa Rosa de Lima)

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, A DOR DO DESEJO DE UNIÃO que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

JESUS MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, FAZ O MEU CORAÇÃO SEMELHANTE AO SEU! OBRIGADO JESUS! BENDITO SEJA O SENHOR! AMÉM!

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

ME LEVA A JESUS, MÃE! ME ADOTA E À FAMÍLIA, MÃE! OBRIGADO!

================

* Veja o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Santas e Santos de 24 de agosto

1. Festa de São Bar­to­lomeu (também na Folhinha do Coração de Jesus), Após­tolo, ge­ral­mente iden­ti­fi­cado com Na­ta­nael, que, nas­cido em Caná da Ga­li­leia, foi con­du­zido por Fi­lipe a Jesus Cristo junto ao rio Jordão, onde o Se­nhor o chamou para que O se­guisse e o agregou aos Doze. Se­gundo a tra­dição, de­pois da As­censão do Se­nhor pregou o Evan­gelho na Índia e aí foi co­roado pelo martírio.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, festa de São Bartolomeu, Apóstolo. Originário de Caná, Bartolomeu ou Natanael, foi apresentado por Filipe, seu íntimo amigo, a Jesus que o saudou como “um israelita sem artifícios”. Imediatamente proclamou sua fé em Cristo “Filho de Deus e Rei de Israel”, e foi contado entre os Doze. Depois da Ressurreição, participou da pesca milagrosa. Segundo a tradição, evangelizou a Armênia, que o tem como seu apóstolo. (R).

– Ver páginas 192-196 e página 200: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver também “… São Bartolomeu ou São Bartolomeu Apóstolo, também chamado de Natanael (em grego antigo: Βαρθολομαῖος, em hebraico: ברתולומאוס הקדוש‎) foi um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, segundo o Novo Testamento e, mais especificamente, os quatro Evangelhos.

Seu nome vem do aramaico, com uma referência patronímica: Bar Talmay – filho de Talmay. Há historiadores que também mantêm uma referência patronímica, mas dá outro significado para o nome: Bar Ptolomeu – Filho de Ptolomeu. Esta última hipótese não é inverossímil, visto que Ptolomeu (suposto pai de Bartolomeu) possuía um prenome grego, e a cultura grega tinha uma grande influência na Judeia da época e em todo território

Nenhuma narração bíblica trata dele especialmente, e seu nome consta apenas nas listas dos doze. No entanto, segundo a tradição, ele é o Natanael de que falam outras passagens, e isso fica evidente através da comparação entre os quatro Evangelhos. Natanael significa “Deus deu” – o significado desse nome fica claro levando-se em conta que ele vinha de Caná, onde deve ter testemunhado a ação de Jesus nas Bodas de Caná (Jo 2, 1-11).

Como narra a BíbliaSão Filipe comunicou a Natanael (São Bartolomeu) que havia encontrado o Messias, e que esse provinha de Nazaré, ao que Natanael responde dura e preconceituosamente: “De Nazaré pode vir alguma coisa boa?” (Jo 1, 46a). Essa observação é importante indicador das expectativas judaicas quanto à vinda do Messias, então tidas.

No seu primeiro encontro com Jesus, recebe um elogio: “Aqui está um verdadeiro Israelita, em quem não há fingimento” (Jo 1, 47), ao qual o apóstolo responde: “Como me conheces?”. Jesus responde de forma que não podemos compreender claramente somente através das Escrituras: “Antes que Filipe te chamasse, eu te vi quando estavas sob a figueira”. Com certeza se tratava de um momento crítico e decisivo na vida de Natanael. Após essa revelação de Jesus, Natanael faz a sua adesão ao Mestre com a seguinte profissão de fé: “Rabi, tu és o filho de Deus, tu és o Rei de Israel”.

Segundo fontes históricas, São Bartolomeu teria pregado o cristianismo até na Índia. Outra tradição diz que o apóstolo morreu por esfolamento em Albanópolis, atual Derbent, na província russa de Daguestão junto ao Cáucaso, a mando do governador, tanto que na Capela Sistina ele é pintado segurando a própria pele na mão esquerda e na outra o instrumento de seu suplício, um alfange. Segundo a Igreja Católica, mais tarde suas relíquias foram levadas para a Europa e jazem em Roma, na Igreja a ele dedicada.

Papa Bento XVI na audiência do dia 4 de outubro de 2006 disse estas palavras que concluem o ensinamento da vida de São Bartolomeu: “Para concluir, podemos dizer que a figura de São Bartolomeu, mesmo sendo escassas as informações acerca dele, permanece contudo diante de nós para nos dizer que a adesão a Jesus pode ser vivida e testemunhada também sem cumprir obras sensacionais. Extraordinário é e permanece o próprio Jesus, ao qual cada um de nós está chamado a consagrar a própria vida e a própria morte”…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bartolomeu,_o_Ap%C3%B3stolo

– Ver São Bartolomeu Apóstolo

Também conhecido como

  • Bartolomé
  • Bartolomeu
  • Natanael bar Tolomai

Memorial

Perfil

Um dos Doze Apóstolos . Provavelmente um amigo próximo de São Filipe ; O nome de Bartolomeu é sempre mencionado nos Evangelhos em conexão com Filipe , e foi Filipe quem trouxe Bartolomeu a Jesus. Pode ter escrito um evangelho , agora perdido; é mencionado em outros escritos da época. Pode ter pregado na Ásia Menor , Etiópia , Índia e Armênia ; alguém o fez, deixando para trás escritos variados , e a tradição local diz que foi Bartolomeu. Mártir .

Nascer

  • Galiléia

Morreu

Patrocínio

Representação

informação adicional

Citação MLA

2.   Em Clau­dió­polis, ci­dade da Ho­no­ríade, hoje Bolu, na Tur­quia, São Ta­cião, mártir. († data inc.)

3.   Em Clichy, no ter­ri­tório de Paris, na ac­tual França, o pas­sa­mento de Santo Au­deno, bispo de Rouen, que, dei­xando o cargo de con­se­lheiro do rei Da­go­berto, foi ele­vado ao epis­co­pado e go­vernou com su­cesso a sua Igreja du­rante qua­renta e três anos, du­rante os uais fundou muitas igrejas e pro­moveu a cons­trução de vá­rios mosteiros. († 684).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 685, Santo Audoeno, bispo de Ruão. Dedicou-se à causa monástica ajudando São Vandrilo a fundar a Abadia de Fontenelle, e São Filiberto a de Jumièges. (M).

– No VIDAS DOS SANTOS, Santo Audoeno, Bispo de Ruão. Ver páginas 188-191: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

4.   No monte Olimpo, na Bi­tínia, hoje na Tur­quia, São Jorge Limniota, monge, que cen­surou a im­pi­e­dade do im­pe­rador Leão III por ter des­truído as sa­gradas ima­gens e lan­çado ao fogo as re­lí­quias dos Santos; por isso foi-lhe cor­tado o nariz e quei­mada a ca­beça por ordem im­pe­rial, e assim com a glória do mar­tírio foi ao en­contro do Senhor. († c. 730).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Oriente, perto de 770, São Jorge Liminiota, monge que sofreu torturas por defendido o culto das santas imagens. (M)

5.   Em Lima, no Peru, o dia natal de Santa Rosa, cuja me­mória se ce­lebra no dia anterior. († 1617)

6*.   Em An­gers, na França, o Beato André Far­deau, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, em ódio ao sa­cer­dócio foi degolado. († 1794)

– Ver o que “Bem-aventurado André Fardeau”. CatholicSaints.Info . 27 de janeiro de 2022. Web. 24 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/blessed-andre-fardeau/ >

– Ver Mártires de Anjou

Também conhecido como

  • Mártires da Ira

Memorial

Mártires de Anjou“. CatholicSaints.Info . 16 de abril de 2015. Web. 24 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/martyrs-of-anjou/ >

– Ver “Revolução Francesa“. CatholicSaints.Info . 14 de junho de 2016. Web. 24 de agosto de 2022. < https://catholicsaints.info/french-revolution/ >

7.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, Santa Joana An­tida Thouret, virgem, que pros­se­guiu a vida re­li­giosa, in­ter­rom­pida du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, jun­ta­mente com al­gumas com­pa­nheiras, que em Be­sançon agregou a si na nova So­ci­e­dade das Irmãs da Ca­ri­dade, des­ti­nada à for­mação cristã e civil da ju­ven­tude, à as­sis­tência de ca­ri­dade para as cri­anças de­sam­pa­radas e ao cui­dado dos po­bres e dos en­fermos; ex­pirou afec­tada por grandes tribulações. († 1826).

– Ver “… Joana Antida Thouret, em francês Jeanne-Antide Thouret (Sancey-le-Long27 de novembro de 1765 — Nápoles24 de agosto de 1826), foi uma freira francesa que é santa católica, ao ser perseguida pelos anticlericalismo da Revolução Francesa, e que mesmo assim conseguiu fundar uma congregação de Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo em Besançon.

O Papa Pio XI canonizou-a em 1934…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Joana_Antida_Thouret

8.   Em Mar­selha, na França, Santa Emília de Vialar (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, na in­tenção de for­ta­lecer a di­fusão do Evan­gelho em re­giões lon­gín­quas, fundou e pro­pagou a Con­gre­gação das Irmãs de São José da Aparição. († 1856).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Marselha, em 1856, Santa Emília de Vialar, virgem, fundadora da Congregação das Irmãs de São José da Aparição, que se dedicam ao serviço dos doentes e dos pobres. Por ocasião da fundação de um hospital na Argélia, os próprio árabes reconheceram o sinal da caridade de Cristo naquela obra. (M).

– Ver páginas 197-199: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf  

9.   Em Va­lência, na Es­panha, Santa Maria Mi­caela (também na Folhinha do Coração de Jesus) do San­tís­simo Sa­cra­mento (Mi­caela Des­maisières), virgem, fun­da­dora da Con­gre­gação das Es­cravas do San­tís­simo Sa­cra­mento e da Ca­ri­dade, que, mo­vida pela sua in­can­sável te­na­ci­dade e de­sejo ar­dente de salvar almas para Deus, de­dicou a sua vida à re­cu­pe­ração das jo­vens mo­ral­mente ex­tra­vi­adas e das meretrizes. († 1865).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Valência, na Espanha, no ano de 1856, Santa Maria Micaela, que se dedicou às mulheres arrependidas de Madri e fundou para elas a Congregação das Servas do Santíssimo Sacramento da Caridade. (M)

– Ver “… Maria Micaela do Santíssimo Sacramento, baptizada Micaela Lopez Desmaissières e Dicastillo (Madrid1 de Janeiro de 1809 – Valência24 de Agosto de 1865), é uma santa da Igreja Católica, oriunda de uma família da aristocracia espanhola, fundadora da Congregação das Adoradoras Escravas do Santíssimo Sacramento e da Caridade…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Micaela_do_Sant%C3%ADssimo_Sacramento

10*.   Em Tulcan, no Equador, a Beata Maria da Encarnação (Maria Vi­centa Rosal), que fundou a Ordem Beth­le­mita, des­ti­nada es­pe­ci­al­mente a pro­mover a dig­ni­dade da mu­lher e formar cris­tã­mente as jovens. († 1886)

11♦.   Em To­ledo, na Es­panha, o Beato José Polo Benito, pres­bí­tero da di­o­cese de Sa­la­manca e mártir, que foi as­sas­si­nado em ódio à Igreja. († 1936)

12♦.   Em Peñas de San Pedro, perto de Al­ba­cete, também na Es­panha, o Beato Ri­go­berto Aqui­lino de Anta y de Bárrio, pres­bí­tero da di­o­cese de Múrcia e mártir, que deu a vida por Cristo na mesma perseguição. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

13♦.   Em Ma­drid, também na Es­panha, o Beato Félix Gon­zález Tejedor, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição, morreu por causa do seu co­ra­joso tes­te­munho da fé. († 1936)

– VER “MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA”: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/

14♦.   Em Má­laga, também na Es­panha, o Beato Ma­nuel Fer­nández Ferro, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que na mesma per­se­guição der­ramou o seu sangue por Cristo. († 1936)

15♦.   Em Gijón, também na Es­panha, o Beato João Pérez Rodríguez, pres­bí­tero da Ordem de Santo Agos­tinho e mártir, que na mesma per­se­guição morreu pro­fes­sando a sua fé em Cristo. († 1936)

16*.   No campo de con­cen­tração de Da­chau, pró­ximo de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Ma­xi­miano Bin­ki­ewicz, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a guerra, de­por­tado pelos sol­dados in­va­sores da Po­lónia, sua pá­tria, por causa da sua fé em Cristo, fa­leceu ví­tima dos tor­mentos e su­plí­cios su­por­tados no de­su­mano cativeiro. († 1942)

– VER “108 MÁRTIRES DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

 (POLÔNIA – 12 DE JUNHO)”

17*.   Em Dresda, na Ale­manha, os be­atos Ceslau Jozwiak, Edu­ardo Kaz­mi­erski, Fran­cisco Kesy, Edu­ardo Klinik e Ia­rog­nievo Woj­ci­e­chowski, már­tires, na­tu­rais da Po­lónia, que, na mesma per­se­guição, foram en­car­ce­rados e, tres­pas­sados por golpes de bai­o­netas, con­su­maram o martírio. († 1942)

– VER “108 MÁRTIRES DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

 (POLÔNIA – 12 DE JUNHO)”

18. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Patrício, que viveu na solidão e oração na Diocese de Nevers. Diversas localidades, ainda hoje, têm o seu nome. (M)

19. VER SANTAS E SANTOS DE 24 DE AGOSTO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Bartolomeu Apóstolo (festa) — Abban Abyce Agofrido de Lacroix André Fardeau Antonio de Blanes Emily de Vialar Eptadius de Autun Eutíquio de Trôade George Limniotes Irchard Jane Antide Thouret Maria Micaela do Santíssimo Sacramento