Santas e Santos de 31 de dezembro

São Sil­vestre I, papa, que di­rigiu pi­e­do­sa­mente a Igreja du­rante muitos anos, no tempo em que o im­pe­rador Cons­tan­tino cons­truiu as ve­ne­randas ba­sí­licas ro­manas e o Con­cílio de Ni­ceia aclamou Cristo como Filho de Deus. Neste dia foi se­pul­tado o seu corpo no ce­mi­tério de Priscila. († 335). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, em 335, o nascimento no céu do papa São Silvestre. (também na Folhinha do Coração de Jesus). Logo depois da era das grandes perseguições romanas, couberam-lhe as tarefas de organizar a Igreja na sociedade finalmente pacificada; garantir-lhe lugares de culto tais como as basílicas de Latrão, de São Pedro e de São Paulo, em Roma; e defender a ortodoxia da fé, ao confirmar o I Concilio Ecumênico de Nicéia. (R). Ver páginas 222-233: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2022.pdf

– Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Silvestre_I

2.   Também em Roma, no ce­mi­tério dos Jor­danos, junto à Via Sa­lária Nova, as santas Do­nata, Pau­lina, Ro­gata, Do­mi­nanda, Se­ró­tina, Sa­tur­nina e Hi­lária, mártires. († data inc.)

3.   Em Sens, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, Santa Co­lomba, virgem e mártir. († s. IV). Ver páginas 234-235: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2022.pdf

4.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, São Zó­tico, pres­bí­tero, que se de­dicou a pro­vi­den­ciar o sus­tento dos órfãos. († s. IV)

5.   Em Je­ru­salém, Santa Me­lânia a Jovem, que, com seu es­poso São Pi­niano, deixou Roma e partiu para a Ci­dade Santa, onde abra­çaram a vida re­li­giosa, ela entre as mu­lheres con­sa­gradas a Deus e ele entre os monges, e ambos des­can­saram numa santa morte. († 439). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Jerusalém, no ano da graça de 439, Santa Melânia (também na Folhinha do Coração de Jesus), a Jovem. Depois de ter vendido seu rico patrimônio, reuniu-se com seu marido, aos grandes mestres da vida espiritual da época: primeiro, Rufino de Aquiléia, na Sicilia; depois, Santo Agostinho, na África. Estabeleceram-se finalmente em Jerusalém,  junto de São Jerônimo, e fundaram um mosteiro no monte das Oliveiras. (M). Ver páginas 239-240: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2022.pdf

Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Melânia,_a_Jovem

6.   Em Ra­vena, na Fla­mínia, hoje na Emília-Ro­manha, São Bar­ba­ciano, presbítero. († s. V)

7*.   Em Lau­sana, no ter­ri­tório dos Hel­vé­cios, na ho­di­erna Suíça, São Mário, bispo, que trans­feriu para esta ci­dade a sede de Aven­ches, edi­ficou muitas igrejas e foi de­fensor dos pobres. († 594). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Mário_de_Avenches

8.   Em La Lou­vesc, lo­ca­li­dade si­tuada nos montes pró­ximos de Le Puy-en-Vélay, na França, São João Fran­cisco de Règis, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que, pela pre­gação e ce­le­bração do sa­cra­mento da pe­ni­tência, pe­re­gri­nando sem des­canso por montes e al­deias, tra­ba­lhou in­can­sa­vel­mente para a re­no­vação da fé ca­tó­lica nos seus habitantes. († 1640). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em La Louvesc, na região do Massif Central, em 1640, São João Francisco Régis, padre da Companhia de Jesus. Nascido Narbonne, entrou para os jesuítas de Béziers, de onde foi mandado para Puy. Dedicou-se com sucesso à pregação, o que lhe valeu o título de Apóstolo do Vélay e de Vivarais. Morreu esgotado durante uma missão, aos quarenta e três anos de idade. (M)

9*.   Na for­ta­leza de Mer­cués, perto de Cahors, na França me­ri­di­onal, o pas­sa­mento do Beato Alano de Solminihac, bispo de Cahors, que, nas suas vi­sitas pas­to­rais, pro­curou pro­mover a cor­recção dos cos­tumes do povo e tra­ba­lhou com grande zelo apos­tó­lico para a re­no­vação da Igreja a ele confiada. († 1659)

10.   Em Paris, na França, Santa Ca­ta­rina Labouré, virgem das Fi­lhas da Ca­ri­dade, que ve­nerou de modo sin­gular a Ima­cu­lada Mãe de Deus e res­plan­deceu pela sua sim­pli­ci­dade, ca­ri­dade e paciência. († 1876). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Paris, no ano do Senhor de 1876, Santa Catarina Labouré (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem da Sociedade das Filhas da Caridade. Agraciada por diversas aparições da Virgem Maria durante seu noviciado no convento da rua do Bac, morreu no asilo de Enghien, onde havia passado quarenta anos de sua vida religiosa, consagrada ao serviço dos idosos. (M). Ver páginas 236-238: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2022.pdf

11.   Em Cá­gliari, na Sar­denha, re­gião da Itália, a Beata Jo­se­fina Nicoli, virgem das Fi­lhas da Ca­ri­dade de São Vi­cente de Paulo. († 1924)

12. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Sens, no séc. III, os Bem-Aventurados Saviniano e Potenciano, que foram os primeiros a pregar o Evangelho naquela região e, honraram a cidade pelo testemunho de scu sangue derramado por causa de Cristo. (M)

13. Outros santos do dia 31 de dezembro: págs. 222-241: 

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2022.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 31 de dezembro, ver aindahttps://pt.m.wikipedia.org/wiki/31_de_dezembro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.