Santas e Santos de 01 de março

1.   Em Roma, junto de São Paulo, na Via Os­ti­ense, São Félix III, papa, te­travô do papa São Gre­gório Magno. († 492). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, nobre romano que renunciou a seus bens para servir a Cristo e à Igreja. Tornando-se Papa, obteve a liberdade de religião para os católicos da África do Norte. Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_F%C3%A9lix_III

2.   Em An­gers, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, Santo Al­bino (também no Martirológio Romano-Monástico e na Folhinha do Coração de Jesus) bispo, que re­pre­endeu ve­e­men­te­mente os cos­tumes abu­sivos dos po­de­rosos e pro­moveu com ardor o Ter­ceiro Con­cílio de Or­leães para a re­no­vação da Igreja. († c. 550) Ver págs. 134-135:

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Albino_de_Angers

3.   Em Saint David, an­tiga Me­névia, no País de Gales, São David, bispo, que, imi­tando os exem­plos e vir­tudes dos Pa­dres ori­en­tais, fundou um mos­teiro, de onde par­tiram muitos monges para evan­ge­lizar o País de Gales, a Ir­landa, a Cor­nu­alha e a Armórica. († c. 601). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Davi, inicialmente monge, fundou a Sé Episcopal de Menévia, sobre um promontório do mar da Irlanda. Veio a ser o grande santo nacional do País de Gales. (X). Ver págs. 136-137:

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Davi_de_Men%C3%A9via

4.   Em Le Mans, na Nêus­tria, hoje na França, São Si­vi­ardo, abade de Anisole. No Martirológio Romano-Monástico, São Sivardo. Após haver recebido uma sólida educação humanista e cristã, seguiu seu pai que tomara o hábito no Mosteiro de Saint-Calais, no Maine, do qual veio a tornar-se o quinto abade (M). († c. 680)

5.   Em Kai­serswerdt, ilha do Reno, na Sa­xónia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, São Suit­berto, bispo, que, tendo sido monge na Nor­túm­bria, de­pois com­pa­nheiro de São Vi­li­brordo e fi­nal­mente or­de­nado bispo por São Vil­fredo, anun­ciou o Evan­gelho aos Bá­tavos, aos Fri­sões e a ou­tros povos da Ger­mânia e morreu pi­e­do­sa­mente, já em idade avan­çada, no mos­teiro que tinha fundado. († 713). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, discípulo de São Vilibrordo, levou a luz do Evangelho para a Westfália. (M). Ver também págs. 127-129:

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

6.   Na Gas­conha, num ter­ri­tório hoje si­tuado no su­do­este da França e no­ro­este da Es­panha, São Leão, bispo e mártir. († s. IX)

7*.   No mos­teiro de Avena, nas en­costas do monte Mer­cúrio, na Ca­lá­bria, re­gião da Itália, São Leão Lucas, abade de Monte Mula, que res­plan­deceu na vida ere­mí­tica e ce­no­bí­tica se­gundo a ob­ser­vância dos monges orientais. († c. 900)

8*.   Em Ce­la­nova, na Ga­liza, re­gião da Es­panha, São Ro­sendo, que foi pri­mei­ra­mente bispo de Dume, em Por­tugal, onde pro­curou pro­mover e res­taurar nesta re­gião a vida mo­nás­tica e, re­nun­ci­ando ao mi­nis­tério epis­copal, tomou o há­bito mo­nás­tico no mos­teiro de Ce­la­nova, que di­rigiu como abade. († 977). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Rosendo_de_Celanova

9*.   Em Tággia, na Li­gúria, re­gião da Itália, a co­me­mo­ração do Beato Cris­tóvão de Milão, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, muito de­di­cado ao culto di­vino e à dou­trina sagrada. († 1484)

10*.   Em Bas­sano, no Vé­neto, re­gião da Itália, a Beata Joana Maria Bonomo, aba­dessa da Ordem de São Bento, que, do­tada de dons mís­ticos, ex­pe­ri­mentou no corpo e na alma as dores da Paixão do Senhor. († 1670)

11.   Em Xi­lin­xian, ci­dade da pro­víncia de Guangxi, na China, Santa Inês Cao Kuiying, mártir, que, tendo vi­vido ca­sada com um es­poso vi­o­lento, de­pois da morte deste se de­dicou, por man­dato do bispo, ao en­sino da dou­trina cristã; por isso foi en­cer­rada num cár­cere, onde so­freu cru­de­lís­simos tor­mentos, e, sempre ani­mada pela con­fi­ança em Deus, partiu deste mundo para as núp­cias eternas. († 1856)

12. Na África, o martírio de São Leão e seus onze companheiros, testemunhas da verdade do cristianismo até à morte violenta (conf. Martirológio Romano-Monástico – M).

13. No dia de aniversário de fundação da abadia de Fontenelle, por São Vandrilo, comemoração de todos Os Santos Monges e Abades daquele lugar, em número de quarenta, sobre os quais um cronista de Mont-Blandin escrevia já no séc. X: “Deste lado dos Alpes, poder-se-ia dificilmente encontrar outro lugar onde tantos santos tenham vivido” (conf. Martirológio Romano-Monástico – M).

14. Santa Eudócia – Mártir (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver sua história nas págs. 130-133:

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

15. Em Marselha, os santos Hermes e Adriano, (também na Folhinha do Coração de Jesus) mártires. Ver pág. 139:

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf

16. Outros santos do dia 01 de março: págs. 127-139 (vol.4): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-v%204.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 01 de março, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/1_de_mar%C3%A7o

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.