Santas e Santos de 10 de junho

Me­mória do santo Anjo da Guarda de Portugal, cujo culto era tra­di­ci­onal desde tempos re­motos; foi ofi­ci­a­li­zada pelo papa Leão X em 1504, pas­sando a ser ce­le­brada com a maior so­le­ni­dade em todas as ci­dades e vilas por­tu­guesas; mas ga­nhou novo in­cre­mento quando se di­vulgou a trí­plice apa­rição do Anjo de Por­tugal aos três pas­to­ri­nhos de Fá­tima e Pio XII aprovou a in­clusão desta me­mória no ca­len­dário li­túr­gico português. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Anjo_de_Portugal

2.   Em Au­xerre, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Cen­súrio, bispo. († s. V). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no início do séc. VI, o Bem-Aventurado Censúrio, bispo, que durante mais de trinta anos foi o pastor vigilante da Igreja em Auxerre. Ver página 194 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3*.   Em Paris, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente também na França, São Lan­de­rico (São Landry), bispo, que, se­gundo consta, vendeu as al­faias sa­gradas para so­correr os po­bres em tempo de fome e edi­ficou um hos­pital junto da igreja catedral. († c. 656). Ver páginas 196-197 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4*.   Em Ro­chester, na In­gla­terra, Santo Itamar (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que foi o pri­meiro na­tural da re­gião de Can­tuária a ser cha­mado para a ordem epis­copal e res­plan­deceu pela sua eru­dição e san­ti­dade de vida. († c. 666). Ver página 195 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   Em Do­brow, na Po­lónia, São Bo­gu­milo, bispo de Gni­ezno, que, re­nun­ci­ando à sede epis­copal, ali se­guiu a vida ere­mí­tica em su­prema austeridade. († 1182)

6*.   Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, a Beata Diana de Andaló, virgem, que, su­pe­rando todas as opo­si­ções da fa­mília, na pre­sença do pró­prio São Do­mingos fez o voto de vida claus­tral e in­gressou no mos­teiro de Santa Inês por ela fundado. († 1236)

7*.   Em Tre­viso, ci­dade do Vé­neto, re­gião da Itália, o Beato Hen­rique de Bolzano, que, sendo car­pin­teiro e in­culto, dava tudo aos po­bres e, apesar da sua de­fi­ci­ência fí­sica, par­ti­lhava com os ou­tros men­digos a pre­cária es­mola que ele mendigava. († 1315)

8*.   Em Bu­da­pest, na Hun­gria, o pas­sa­mento do Beato João Domínici, bispo de Du­brovnik, que, de­pois da peste negra, res­taurou a ob­ser­vância re­gular nos con­ventos da Ordem dos Pre­ga­dores na Itália e, en­viado para a Boémia e Hun­gria a fim de im­pugnar a pre­gação de João Hus, morreu nesta cidade. († 1419)

9*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Tomás Green, pres­bí­tero, e Gualter Pierson, monge da Car­tuxa desta ci­dade, que, por se oporem ao rei Hen­rique VIII na sua pre­tensão de as­sumir a su­prema ju­ris­dição sobre os di­reitos ecle­siás­ticos, foram me­tidos num sór­dido cár­cere, onde, con­su­midos pela fome e a do­ença, en­con­traram a morte gloriosa. († 1537)

10*.   Em Mo­er­zeke-lez-Ter­monde, perto de Gand, na Bél­gica, o Beato Edu­ardo Poppe, pres­bí­tero, que, apesar das ad­ver­si­dades do seu tempo, com os seus es­critos e a sua pre­gação pro­moveu na Flan­dres a for­mação cristã e o culto da Eucaristia. († 1924)

11♦.   Em Ra­tis­bona, na Ale­manha, o Beato Eus­tá­quio Kugler, re­li­gioso da Ordem Hos­pi­ta­leira de São João de Deus. († 1946)

12. São Luciliano, na Folhinha do Coração de Jesus

13. São Getúlio, na Folhinha do Coração de Jesus. Getúlio é venerado juntamente com Amâncio (Amancius), Cerealo (Caerealis) e Primitivo (Primitivus), como mártir e santo. Acredita-se que eles tenham morrido na cidade de Gábios. De acordo com a tradição, Getúlio seria o marido de Santa Sinforosa. Getúlio é um nome que significa “da gente dos Getulos“, que era uma tribo do Norte da África.

– Ver “Sete Mártires: Os sete filhos deles – Getúlio e Sinforosa – 0 (que não devem ser confundidos com os sete filhos de Santa Felicidade) são indicados pelo nome. De acordo com a lenda deles, cada um sofreu um tipo de martírio. Crescêncio foi perfurado na garganta, Juliano, no peito, Nemésio, através do coração, Primitivo foi ferido no umbigo, Justino, nas costas, Estrateu, no flanco, e Eugênio foi partido ao meio, da cabeça aos pés.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Getúlio_de_Roma

– Ver também:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Get%C3%BAlio_de_Roma

Curiosidade: Ver MARTIROLÓGIO DE ADO: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ado_de_Vienne

– Ver ainda, explicação sobre MARTIROLÓGIO ROMANO: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Martirológio_Romano

14. No Martirológio Romano-Monástico, neste dia, receberam a coroa do martírio os santos Rogato, cristão da África, Timóteo, bispo da Ásia e Astério, bispo da Arábia (M)

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, São Máximo, bispo de Nápoles, punido pelo imperador com o exílio por sua ligação com a fé de Nicéia e sua recusa em aceitar um símbolo herético (M). Ver página 193 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

16. Bem-Aventurada Olívia de Palermo. Ver páginas 198-199 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

17. Bem-Aventurado Boaventura de Peraga. Ver páginas 200-201: – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

18. São Bardon. Ver páginas 202-203 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

19. Outros santos do dia 10 DE JUNHO: páginas: 181-205 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 10 de junho, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/10_de_junho

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 461-462:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver! Querida Mãe Maria, protegei-nos! São José, Anjos e Santos, intercedei por nós! Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA.

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS! MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.