Santas e Santos de 10 de julho

1.   Em Roma, os santos már­tires Félix e Fi­lipe, no ce­mi­tério de Pris­cila; Vital, Mar­cial e Ale­xandre, no ce­mi­tério dos Jor­danos; Si­lvano no ce­mi­tério de Má­ximo e Ja­nuário no ce­mi­tério de Pre­tex­tato. Na sua me­mória con­junta se alegra a Igreja Ro­mana, que, no mesmo dia glo­ri­fica o triunfo de todos eles e se sente pro­te­gida com a in­ter­cessão de tantos exem­plos de santidade. († data inc.). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no século II, o martírio dos Santos Januário, Filipe, Silvano, Alexandre, Vital e Marcial, que enfrentaram a morte exortados pela própria mãe Santa Felicidade. Ver: Santa Felicidade e seus sete filhos: páginas 341-345: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver Santa Felicidade de Roma (festa em 23 de novembro): https://pt.wikipedia.org/wiki/Felicidade_de_Roma

Ver também página 213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

2.   Na Via Au­rélia, a nove mi­lhas de Roma, as santas Ru­fina e Se­gunda, mártires. († data inc). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. III, na via Cornélia, as Santas Rufina e Segunda, virgens e mártires. Uma basílica, que foi muito frequentada, foi levantada sobre seu sepulcro. (M)

3.   No ter­ri­tório de Sa­bina, hoje no Lácio, re­gião da Itália, as santas Ana­tólia e Vi­tória, mártires. († data inc). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vit%C3%B3ria,_Anat%C3%B3lia_e_Audax

4.   Na África Se­ten­tri­onal, os santos Ja­nuário e Ma­rinho, mártires. († data inc)

5.   Em Icónio, na Li­caónia, hoje Kónya, na Tur­quia, Santo Apo­lónio de Sardes, mártir, que, se­gundo consta, so­freu o mar­tírio da crucifixão. († data inc)

6.   Em Ni­có­polis, na an­tiga Ar­ménia, os santos Leôncio, Mau­rício (também na Folhinha do Coração de Jesus), Da­niel, An­tónio, Ani­ceto, Si­sino e ou­tros, már­tires, que no tempo do im­pe­rador Li­cínio e do go­ver­nador Lí­sias foram tor­tu­rados com vá­rios suplícios. († s. IV)

7.   Na Pi­sídia, na ac­tual Tur­quia, os santos Bi­anor e Sil­vano, mártires. († s. IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, o martírio de vários cristãos que derramaram seu sangue por fidelidade a Cristo: Leôncio, Maurício e Daniel, na Armênia; Bianor, Silvano e Apolônio, na Ásia Menor (M).

8*.   Em Nantes, na Bre­tanha Menor, na ho­di­erna França, São Pas­cário, bispo, que re­cebeu Santo Her­me­lando com doze com­pa­nheiros, cha­mados do con­vento de Fon­ta­nelle, e o en­viou para a ilha de Indre, a fim de lá fundar um mosteiro. († s. VII)

9.   Em Ta­mise, na Flan­dres, hoje na Bél­gica, Santa Amal­berga, a quem São Wi­li­brordo impôs o véu das vir­gens consagradas. († 772)

10*.   Em Pe­rúgia, na Úm­bria, re­gião da Itália, São Pedro Vin­cióli, pres­bí­tero e abade, que re­cons­truiu a igreja em ruínas de São Pedro e junto dela fundou um mos­teiro, no qual, su­por­tando com pa­ci­ência muitas opo­si­ções, in­tro­duziu a ob­ser­vância cluniacense. († 1007). Ver páginas 359-360: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

11.   Em Odense, na Di­na­marca, São Ca­nuto, mártir, que, du­rante o seu reino, ani­mado por ar­dente zelo, di­fundiu o culto di­vino, con­tri­buiu para pro­mover a si­tu­ação e ac­ti­vi­dade do clero e, de­pois de ter fun­dado as Igrejas de Lund e de Odense, foi as­sas­si­nado por al­guns súb­ditos rebeldes. († 1086).

Ver: n https://pt.wikipedia.org/wiki/Canuto_IV_da_Dinamarca

12*.   Em Orange, na Pro­vença, re­gião da França, as be­atas Santa Sofia (Maria Ger­trudes Ri­pert d’Alau­zier) e Inês de Jesus (Sílvia Inês de Ro­millon), vir­gens da Ordem de Santa Úr­sula e már­tires du­rante a Re­vo­lução Francesa. († 1794)

13.   Em Dong-Hoi, ci­dade do Anam, hoje no Vi­etnam, os santos An­tónio Nguyen Huu (Nam) Quynh e Pedro Nguyen Hhac Tu, már­tires, que eram ca­te­quistas e foram es­tran­gu­lados no tempo do im­pe­rador Minh Mang por causa da sua fé cristã. († 1840)

14*.   Em Da­masco, na Síria, os be­atos már­tires Ma­nuel Ruiz, pres­bí­tero e com­pa­nheiros, sete da Ordem dos Frades Me­nores e três ir­mãos da Igreja Ma­ro­nita, que, en­tre­gues frau­du­len­ta­mente aos ini­migos por um traidor, foram sub­me­tidos à tor­tura de vá­rios su­plí­cios e con­su­maram o seu mar­tírio pela fé cristã com morte gloriosa. São estes os seus nomes: Car­melo Volta, Pedro Soler, Ni­colau Al­berca, En­gel­berto Kol­land, As­cânio Ni­canor, pres­bí­teros; Fran­cisco Pi­nazo e João Diogo Fer­nández, re­li­gi­osos da Ordem dos Frades Me­nores; Fran­cisco, Mooti (Abdul-Muti) e Ra­fael Mas­sabki (também na Folhinha do Coração de Jesus) ir­mãos de sangue. († 1860). No Martirológio Romano-Monástico, em Damasco, o martírio de Oito Franciscanos e Três Maronitas, que testemunharam Cristo diante do Islamismo (X). Ver Os Bem-Aventurados Mártires de Damasco: páginas 361-366: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

15♦.   Em Rocca Priora, pró­ximo de Roma, o Beato Luís Novarese, pres­bí­tero, fun­dador dos Si­len­ci­osos Ope­rá­rios da Cruz, de­di­cados es­pe­ci­al­mente ao apos­to­lado entre os enfermos. († 1984)

16. Bem-Aventurado Pacífico, confessor. Ver páginas 346-358: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

17. Outros santos do dia 10 de JULHO, páginas 341-367:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 10 de julho, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/10_de_julho

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 531-531:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA.

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.