Santas e Santos de 05 de dezembro

1. Me­mória dos santos Mar­tinho de Dume, Fru­tuoso e Ge­raldo, bispos de Braga, em Portugal.

Mar­tinho de Dume, oriundo da Pa­nónia, da ac­tual Hun­gria, homem de grande eru­dição, ocupou a sede epis­copal de Dume e de­pois a de Braga. Graças ao seu zelo apos­tó­lico e à sua pre­gação, os Su­evos aban­do­naram a he­resia ariana e abra­çaram a fé ca­tó­lica. Em­pe­nhou-se com ardor na er­ra­di­cação dos cos­tumes da ido­la­tria, in­clu­sive lin­guís­ticos, como na de­sig­nação cristã dos dias da se­mana, e es­creveu im­por­tantes opús­culos, no­me­a­da­mente de ori­en­tação moral, ca­tequé­tica, pas­toral e de vida mo­nás­tica. Com a sua vir­tude e sa­be­doria, diz Santo Isi­doro de Se­vilha, a Igreja flo­resceu na Ga­lécia. Morreu no dia 20 de Março.

Fru­tuoso, de nobre fa­mília vi­si­gó­tica, de­pois de ter sido monge e fun­dador de ce­nó­bios, foi eleito bispo de Dume e fi­nal­mente no­meado bispo me­tro­po­li­tano de Braga pelos Pa­dres do Con­cílio X de To­ledo, go­ver­nando si­mul­ta­ne­a­mente com suma pru­dência esta Igreja e os seus mos­teiros. A sua san­ti­dade e labor apos­tó­lico es­ten­deram-se a toda a pe­nín­sula ibé­rica. Morreu no dia 16 de Abril.

Ge­raldo ou Gerardo, na­tural da Gália, pro­fessou no mos­teiro de Moissac, de onde passou para To­ledo; de­pois foi eleito bispo de Braga, onde exerceu grande ac­ti­vi­dade na re­or­ga­ni­zação da di­o­cese, na pro­moção da vida mo­nás­tica, na re­forma li­túr­gica e pas­toral, na re­cons­trução de igrejas, bem como na apli­cação da dis­ci­plina ecle­siás­tica. Morreu neste dia 5 de De­zembro, na lo­ca­li­dade de Bornes, quando fazia as vi­sitas pas­to­rais nessa dis­tante região. († c. 579; c. 665; 1108). Ver páginas 51-52: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

2.   Em Ta­bessa, na Nu­mídia, na ac­tual Ar­gélia, a paixão de Santa Cris­pina de Tagore (também na Folhinha do Coração de Jesus), mãe de fa­mília, que, no tempo dos im­pe­ra­dores Di­o­cle­ciano e Ma­xi­miano, porque se re­cusou sa­cri­ficar aos ídolos, por ordem do procônsul Ano­lino foi degolada. († 304). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Numídia, no ano do Senhor de 304, o martírio de Santa Crispina. Diante de seus juízes, confessou que não havia “jamais sacrificado aos falsos deuses, e só queria sacrificar ao verdadeiro Deus e a Nosso Senhor Jesus Cristo, seu Filho, que nasceu e sofreu”. Após a leitura da sentença de morte, fez o sinal da cruz, inclinou a cabeça e foi decapitada. (M). Ver páginas 45-49: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

3.   Perto de Je­ru­salém, São Sabas, abade, que, nas­cido na Ca­pa­dócia, se re­tirou para o de­serto da Ju­deia, onde ins­ti­tuiu um novo es­tilo de vida ere­mí­tica em sete mos­teiros, que se cha­maram lauras, nas quais os ere­mitas se reu­niam sob a di­recção de um su­pe­rior. Viveu du­rante muitos anos na Grande Laura, pos­te­ri­or­mente de­sig­nada com o seu nome, res­plan­de­cendo pelo exemplo da san­ti­dade e lu­tando ar­du­a­mente pela fé de Calcedónia. († 532). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de Jerusalém, em 532, o nascimento no céu de São Sabas, cognominado “a pérola do Oriente”. Fundador e higúmeno do mosteiro que mais tarde tomou seu nome, foi um dos principais organizadores do monaquismo palestino. Seu culto foi introduzido em Roma por seus filhos, expulsos pelos persas e árabes no séc. VII. (B). Ver páginas 25-35: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Sabas,_o_Santificado

– Ver “Sabas, o Santificado (Mázaca439 – Lavra de São Sabas5 de dezembro de 532) foi um eremita dos séculos V-VI. Oponente assumido dos monofisistas e dos origenistas, Sabas tentou dissuadir os imperadores bizantinos (Anastácio I Dicoro em 511 e Justiniano I em 531) contra eles. A ele é atribuído a autoria do Típico de São Sabas (Typicon S. Sabae), um regulamento para o Culto Divino, embora ainda haja controvérsias.[1]”: Sabas, o Santificado – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

4.   No ce­nóbio de São Pedro de Aquara, na Lu­cânia, hoje na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Lú­cido, monge. († c. 938)

5.   Em Mântua, na Lom­bardia, também re­gião da Itália, o Beato Bar­to­lomeu Fánti, pres­bí­tero da Ordem dos Car­me­litas, que, pela sua pa­lavra e exemplo, es­ti­mulou o co­ração dos fiéis ao santo amor de Deus e à de­voção fi­lial a Maria, Mãe de Deus. († 1495)

6.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, São João Almond, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante mais de dez anos exerceu clan­des­ti­na­mente o mi­nis­tério pas­toral, até que, no rei­nado de Jaime I, por causa do seu sa­cer­dócio foi en­for­cado em Ty­burn, não dei­xando de dar es­molas mesmo no patíbulo. († 1612)

7*.   Em Scwerin, ci­dade da re­gião de Mec­klen­burg, na Ale­manha, o pas­sa­mento do Beato Ni­colau Stensen, bispo ti­tular de Ti­ció­polis, que, oriundo da Di­na­marca, foi um dos mais no­tá­veis in­ves­ti­ga­dores das ci­ên­cias na­tu­rais; mas, abra­çando a fé ca­tó­lica, quis servir a Deus ao ser­viço da ver­dade e foi or­de­nado pres­bí­tero e de­pois bispo, de­sen­vol­vendo com grande zelo a sua missão na Eu­ropa setentrional. († 1683)

8*.   Em Turim, na Itália, o Beato Fi­lipe Rináldi, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que se de­dicou à pro­pa­gação da fé em terras de missão. († 1931)

9♦.   Em Gua­da­la­jara, na Es­panha, o Beato Luís Mar­tínez Alvarellos, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, no tempo de per­se­guição re­li­giosa, en­frentou glo­ri­o­sa­mente o com­bate por Cristo. († 1936)

10*.   Perto de Mu­nique, na Ba­viera, re­gião da Ale­manha, o Beato Nar­ciso Putz, pres­bí­tero e mártir, que, des­ter­rado da Po­lónia ocu­pada por um re­gime es­tran­geiro du­rante a guerra, foi le­vado para o campo de con­cen­tração de Da­chau, onde morreu con­su­mido por cruéis tormentos. († 1942)

11. São Nicécio, ou São Niziero (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver páginas 36-44:  http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

– Em 01 de outubro: Em Tré­veris, na Re­nânia da Aus­trásia, no ter­ri­tório da ac­tual Ale­manha, São Ni­cécio, bispo, que, se­gundo o tes­te­munho de São Gre­gório de Tours, era ve­e­mente na pre­gação, ter­rível na re­pre­ensão, con­sis­tente no en­sino. So­freu o exílio no tempo de Clo­tário, rei dos Francos. († 561). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nic%C3%A9cio_de_Tr%C3%A9veris

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico,o séc. VI, São Niziero, bispo de Treves. Conselheiro dos reis da Austrásia, sofreu o exílio por ter censurado os monarcas por seus erros. (M)

12. São Dalmácio (também na Folhinha do Coração de Jesus).Ver página 55: VIDAS DOS SANTOS – 21.pdf (obrascatolicas.com)

13. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, receberam a coroa do martírio Santo Anastácio, no Oriente; e os Bem-Aventurados Júlio, Pótano, Félix e Grato, na África. (M)

14. Conforme o Martirológio Romano-Monástico,No séc. IX, na Frígia, São João, bispo, que durante sua vida e depois de sua morte beneficiou aquela região, (M)

15. São Basso, bispo e mártir. Ver página 50: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf  

16. BEM-AVENTURADOS NICOLAU TAVILICH, DEODATO ARIBERTO, ESTÊVÃO DE CUNEO E PEDRO DE NARBONA, FRANCISCANOS, mártires. Ver páginas 53-54: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

17. Outros santos do dia 05 de dezembro: págs. 25-55: VIDAS DOS SANTOS – 21.pdf (obrascatolicas.com)            

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 05 de dezembro, ver ainda: 5 de dezembro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

 1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 928-930:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.