Santas e Santos de 22 de fevereiro

1. Festa da CA­DEIRA DE SÃO PEDRO OU CÁTEDRA DE PEDRO (também na Folhinha do Coração de Jesus), Após­tolo, a quem o Se­nhor disse: «Tu és Pedro e sobre esta pedra edi­fi­carei a minha Igreja». No dia em que os Ro­manos cos­tu­mavam honrar a me­mória dos seus de­funtos, ce­lebra-se o dia natal de São Pedro na Ca­deira apos­tó­lica, que é ve­ne­rada com o seu mo­nu­mento no Va­ti­cano e tem a missão de pre­sidir à as­sem­bleia uni­versal da caridade. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Festa da Cátedra de São Pedro, sede da Igreja Católica Apostólica, que preside à caridade e confirma na verdade, fonte e base da unidade (cf. Santo Inácio de Antioquia e São Cipriano). (R). 

A Cátedra de Pedro ou Cadeira de São Pedro (em latim Cathedra Petri) é uma relíquia católica, conservada na Basílica de São Pedro em Roma, dentro de um compartimento de bronze, dourado, projetado e construído por Gian Lorenzo Bernini entre 1647 e 1653, que possuí a forma de uma cadeira de espaldar alto. Os católicos celebram a festa da Cátedra de Pedro nos dias 18 de janeiro e 22 de fevereiro. Conforme: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Cátedra_de_São_Pedro

– Ver 18 de fevereiro: O TRONO DE SÃO PEDRO: Ver páginas 7-14: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

Ver também “… No cristianismo, a Confissão de Pedro (do título da seção em latim do Evangelho de Mateus na VulgataConfessio Petri) é um episódio do Novo Testamento no qual o apóstolo Pedro proclama Jesus como sendo o Cristo – o esperado Messias. A proclamação está descrita nos três evangelhos sinóticos em Mateus 16:13-20Marcos 8 27:30 e Lucas 9:18-20[1][2]… Antes do Concílio Vaticano II, a Igreja Católica celebrava a festa da Cátedra de São Pedro em 18 de janeiro. Desde então, a festa é celebrada em 22 de fevereiro. A Igreja Católica jamais celebrou a festa sob o nome de “Confissão de Pedro”[15]. Nas igrejas anglicanas e luteranas, esta mesma festa é celebrada como “Festa da Confissão de Pedro” em 18 de janeiro[7].”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Confissão_de_Pedro

Ver “A Cátedra de Pedro ou Cadeira de São Pedro (em latim Cathedra Petri) é uma relíquia católica, conservada na Basílica de São Pedro em Roma, dentro de um compartimento de bronze, dourado, projetado e construído por Gian Lorenzo Bernini entre 1647 e 1653, que possuí a forma de uma cadeira de espaldar alto. Os católicos celebram a festa da Cátedra de Pedro nos dias 18 de janeiro e 22 de fevereiro.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A1tedra_de_S%C3%A3o_Pedro

Ver ainda “É com alegria que hoje nós queremos conhecer um pouco mais a riqueza do significado da cátedra, do assento, da cadeira de São Pedro que se encontra na Itália, no Vaticano, na Basílica de São Pedro. Embora a Sé Episcopal seja na Basílica de São João de Latrão, a catedral de todas as catedrais, a cátedra com toda a sua riqueza, todo seu simbolismo se encontra na Basílica de São Pedro.”: https://santo.cancaonova.com/santo/festa-da-catedra-de-sao-pedro/

2.   Em Hi­e­rá­polis, na Frígia, na ac­tual Tur­quia, São Pa­pias, bispo, que, tendo sido ou­vinte de São João o Pres­bí­tero e com­pa­nheiro de São Po­li­carpo, ex­plicou sa­bi­a­mente as pa­la­vras do Senhor. († s. II). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Hierópolis, na Frígia, perto de 163, o martírio do Bem-Aventurado Pápias, bispo, que recebeu a doutrina de São Policarpo, ele próprio discípulo de São João Evangelista. Beneficiário desta tradição viva escreveu uma obra sobre os Discursos do Senhor. (M). VEr “Pápias foi um escritor do primeiro terço do século II e um dos primeiros líderes da igreja cristã, canonizado como santoEusébio de Cesareia o chama de bispo de Hierápolis (atualmente Hierápolis-PamukkaleTurquia), que fica a 22 km de Laodiceia e Colossas (ver Colossenses 4:13). Ireneu diz que ele foi companheiro de Policarpo, consequentemente discípulo do apóstolo João. Conforme a tradição ele foi martirizado junto com Policarpo (155).”: Pápias de Hierápolis – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

3.   Em Vi­enne, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Pas­cásio, me­mo­rável pela sua sa­be­doria e san­ti­dade de vida. († s. IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 310, São Pascásio, bispo de Vienne, no Dauphiné, famoso por sua erudição e correção de vida. (M)

4.   Em Ra­vena, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, São Ma­xi­miano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que cum­priu fi­el­mente o seu mi­nis­tério pas­toral e com­bateu contra os he­reges pela uni­dade da Igreja. († 556). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Maximiano, bispo de Ravena. Construiu várias igrejas em sua cidade episcopal, notadamente a basílica de São Vital, que consagrou na presença do imperador Justiniano e da imperatriz Teodora. (M). Ver “Maximiano (em latimMaximianus22 de fevereiro de 499 – 21 de fevereiro de 556) foi bispo de Ravena, na ItáliaRavena foi a capital dos territórios na Itália do Império Bizantino, e o papel de Maximiano foi o de desempenhar funções políticas seculares.”: Maximiano de Ravena – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

5.   Em Fa­enza, na Emília-Ro­manha, o dia natal de São Pedro Damião, cuja me­mória se ce­lebra na vés­pera deste dia. († 1072. Ver dia 21 de fevereiroSão Pedro Damião, car­deal bispo de Óstia e doutor da Igreja, que, tendo en­trado no ermo de Fonte Avel­lana, pro­moveu ar­do­ro­sa­mente a vida re­li­giosa e, para pro­mover a re­forma da Igreja na­queles tempos di­fí­ceis, re­con­duziu com fir­meza os monges à san­ti­dade da con­tem­plação, os clé­rigos à in­te­gri­dade de vida e o povo à co­mu­nhão com a Sé Apos­tó­lica. O seu pas­sa­mento em Fa­enza, na Fla­mínia, ocorreu no dia 22 de Fevereiro. († 1072). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Pedro Damião (também na Folhinha do Coração de Jesus). Eremita em Fonte Avelana, escreveu a biografia de São Romualdo, fundador dos monges Camaldulenses. Enalteceu o mistério da vida solitária na comunhão da Igreja. Mais tarde cardeal-arcebispo de Ostia, apoiou os esforços do papa Gregório VII reagindo contra a dacadência intelectual e moral do clero. Adormeceu no Senhor em 1072. (R).”. Ver também páginas 371-383:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

6*.   Em Long­champ, junto de Paris, na França, a Beata Isabel, virgem, que, sendo irmã do rei Luís IX, re­nun­ciou às núp­cias ré­gias e aos pra­zeres do mundo e fundou um con­vento das Irmãs Me­nores, com as quais serviu a Deus em hu­mil­dade e pobreza. († 1270). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 1270, a Bem-Aventurada Isabel de França, virgem. Irmã de São Luís, fundou um convento de religiosas franciscanas em Longchamps, perto de Paris, para onde se retirou renunciando a seus privilégios e à sua fortuna. (M). Ver também págs. 367-368:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

7.   Em Cor­tona, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, Santa Mar­ga­rida (também na Folhinha do Coração de Jesus), que, for­te­mente co­mo­vida pela morte do seu amante, lavou com uma sa­lutar vida de pe­ni­tência as man­chas da sua ju­ven­tude e, re­ce­bida na Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, se re­tirou na ad­mi­rável con­tem­plação das re­a­li­dades ce­lestes e foi fa­vo­re­cida por Deus com ca­rismas extraordinários. († 1297). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cortona, na Itália, Santa Margarida, que decidiu resgatar por uma penitência pública os escândalos que provocou em sua juventude desregrada. Admitida na Ordem Terceira Franciscana, nela viveu durante vinte e três anos, agraciada por Deus com inúmeros favores místicos. (M). Ver págs. 356-361:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

– Ver também “Santa Margarida de CortonaT.O.S.F. foi uma religiosa franciscana italiana e uma santa católica… Depois da morte tornou-se popular o seu culto na cidade onde viveu até à morte. O Papa Leão X permitiu que a cidade de Cortona a recordasse com memória litúrgica no dia da sua morte – 22 de Fevereiro. Em 1623 o Papa Urbano VII estendeu essa autorização a toda a Ordem Franciscana, mas só a 16 de maio de 1728 foi oficialmente canonizada pelo Papa Bento XIII[3].”: Margarida de Cortona – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

8*.   Em Sendai, ci­dade do Japão, o Beato Diogo Carvalho, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que, de­pois de di­versos ul­trajes, cár­ceres e duras ca­mi­nhadas em pleno In­verno, sub­me­tido fi­nal­mente ao su­plício da água ge­lada, com fé in­que­bran­tável morreu por Cristo com muitos companheiros. († 1624)

9*.   Em Flo­rença, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, a Beata Maria de Jesus (Emilia d’Oul­tre­mont d’Ho­ogh­vorst), que, na Bél­gica, sendo mãe de quatro fi­lhos e fi­cando viúva, sem de modo algum ne­gli­gen­ciar os cui­dados ma­ternos, se de­dicou à cons­ti­tuição e di­recção da So­ci­e­dade das Irmãs de Maria Re­pa­ra­dora e, con­fi­ando no au­xílio di­vino, su­pe­radas não poucas en­fer­mi­dades, con­cluiu pi­e­do­sa­mente a sua pe­re­gri­nação ter­rena quando re­gres­sava à sua pátria. († 1879)

10. Em Alexandria, Santo Abílio (também na Folhinha do Coração de Jesus), Bispo, o qual, segundo na Sé daquela Igreja depois de São Marcos, desempenhou o múnus sacerdotal com fama de grande virtude (conforme Martirológio, Ed. Permanência). Ver também “Abílio de Alexandria (Avílio no oriente), também chamado de Sabélio ou Mélio, foi o terceiro Patriarca de Alexandria. Seu patriarcado aconteceu entre os anos 83 e 95… É venerado como santo tanto pelas Igrejas Ortodoxas quanto pela Igreja Católica Romana e pela Igreja Copta. Ortodoxos e católicos romanos celebram sua festa em 22 de fevereiro; os coptas a celebram em 29 de março e 29 de agosto.”: Abílio de Alexandria – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

11. São Lineu (também na Folhinha do Coração de Jesus)

12. A BEM-AVENTURADA JOANA MARIA BONOMI – Virgem.Ver págs. 362-366: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

13. São Baradat, ermitão e confessor. Conforme VIDAS DOS SANTOS, “Na Siria, São Baradat, ermitão e confessor, nos tempos de Teodósio, o Jovem, Marciano e Leão da Trácia. Vivendo numa espécie de jaula, construída no pico dum alto rochedo, ali se deixou ficar por muito tempo, todo curvado, tão acanhado era o seu retiro, exposto ao sol, à chuva, ao calor, ao frio e aos ventos. Instado pelo patriarca de Antioquia a deixar aquêle suplício, Baradat contentou-o. E, ao invés de ficar curvado, construiu outra gaiola, esta bem alta, onde, sempre de pé e com os braços erguidos para o céu, cobriu-se com um saco de pele, ao qual fez três aberturas: duas para os olhos e uma para a bôca. Santamente, faleceu em 460.”. Ver página 369: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

14. Outros santos do dia 22 de fevereiro, páginas 356-370:  VIDAS DOS SANTOS – 3.pdf (obrascatolicas.com)

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 22 de fevereiro, ver ainda: 22 de fevereiro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 217-219:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.(últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

“Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.