Santas e Santos de 16 de maio

16 de maio de 2021: SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR

Ver: “Festa da Ascensão é uma das grandes festas do calendário litúrgico e comemora a ascensão de Jesus ao céu. O dia da Ascensão é tradicionalmente comemorado numa quinta-feira, o quadragésimo dia após a Páscoa. Porém, algumas províncias católicas romanas mudaram a data para o domingo seguinte. A festa é uma das festas ecumênicas (ou seja, celebradas universalmente), com o mesmo status das festas da Paixão, da Páscoa e o Pentecostes.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ascens%C3%A3o_de_Jesus

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Festa_da_Ascens%C3%A3o

SANTAS E SANTOS DE 16 DE MAIO

LEMBRANDO ESPECIALMENTE A MEMÓRIA DE SÃO SIMÃO STOCK, NESTE 16 DE MAIO. FOI ELE QUE RECEBEU O ESCAPULÁRIO DE NOSSA SENHORA DO CARMO

1. Em Bor­déus, na Gas­conha, na ho­di­erna França, SÃO SIMÃO STOCK, pres­bí­tero, que, de­pois de ter sido ere­mita na In­gla­terra, in­gressou na Ordem dos Car­me­litas, da qual foi ad­mi­rável su­pe­rior, tor­nando-se cé­lebre pela sua sin­gular de­voção à Virgem Maria. († 1265).

– Ver “…No ano de 1251, numa visão, Nossa Senhora apareceu-lhe, e, depositando-lhe entre as mãos o escapulário, revelou-lhe que os que morressem trazendo-o consigo certamente escapariam das penas do inferno.”, página 402: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “São Simão Stock foi um frade carmelita inglês, que viveu no século XIII, e morreu em Bordeaux. Foi Prior Geral da Ordem dos Carmelitas. Segundo uma tradição católica, Nossa Senhora do Monte Carmelo apareceu-lhe numa visão e entregou-lhe o escapulário como sinal de sua proteção. É vastíssima a iconografia a seu respeito. Sua festa é celebrada no dia 16 de Maio.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sim%C3%A3o_Stock

– Sobre o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, ver:

a. “O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo (ou, simplesmente, Escapulário do Carmo) é definido como sendo uma “tira de pano que os frades e freiras de certas ordens trazem sobre o peito” (Dicionário Aurélio). Normalmente, quando se fala de um escapulário costuma referir-se sempre ao escapulário da Ordem do Carmo, que é reconhecido pela Igreja Católica e que todos os Papas do século XX usaram.”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Escapul%C3%A1rio_de_Nossa_Senhora_do_Carmo

b.  “O escapulário do Carmo é um sinal externo de devoção mariana, que consiste na consagração à Santíssima Virgem Maria pela inscrição na Ordem Carmelita, na esperança de sua proteção maternal.
O distintivo externo desta inscrição ou consagração é o pequeno escapulário marrom.

O escapulário do Carmo é um sacramental, quer dizer, segundo o Concílio Vaticano II, “um sinal sagrado segundo o modelo dos sacramentos, por meio do qual se significam efeitos, principalmente espirituais, obtidos pela intercessão da Igreja”. (S.C.60).”:

https://www.acidigital.com/Maria/vcarmen/escapulario.htm

– Ver 16 de julho NOSSA SENHORA DO CARMO, que evoca o monte Car­melo, onde o pro­feta Elias re­con­duziu o povo de Is­rael ao culto do Deus vivo e, mais tarde, ali se re­ti­raram al­guns ere­mitas à pro­cura de so­lidão, cons­ti­tuindo uma ordem de vida con­tem­pla­tiva sob o pa­tro­cínio da Santa Mãe de Deus.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Festa de Nossa Senhora do Carmo (ou Nossa Senhora do Monte Carmelo). As Escrituras cantam a beleza do Carmelo, onde o Profeta Elias defendeu a pureza da fé de Israel no Deus vivo. No tempo das Cruzadas, alguns eremitas cristãos buscaram uma vida contemplativa sobre essa montanha sagrada, perto de Nazaré, onde a Virgem Maria havia vivido, “guardando a Palavra de Deus em seu coração”. (Cf.Liturgia das Horas, p. 1273). (R).

Nossa Senhora do Monte Carmelo ou Nossa Senhora do Carmo é o título dado à Maria, mãe de Jesus, em honra de sua função como padroeira da Ordem Carmelita. Os primeiros carmelitas eram eremitas que viviam no Monte Carmelo, na Terra Santa, entre o final do século XII e meados do século XIII. Eles construíram, no meio de seus eremitérios, uma capela que dedicaram à Santíssima Virgem.”. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Carmo

Sobre São Simão Stock e o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo (Ver 16 de maio) ver:” São Simão Stock foi um frade carmelita inglês, que viveu no século XIII, e morreu em Bordeaux. Foi Prior Geral da Ordem dos Carmelitas. Segundo uma tradição católica, Nossa Senhora do Monte Carmelo apareceu-lhe numa visão e entregou-lhe o escapulário como sinal de sua proteção. É vastíssima a iconografia a seu respeito. Sua festa é celebrada no dia 16 de Maio.”

Ver páginas 91-92: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

2.   Em Uzális, na África Pro­con­sular, na ac­tual Tu­nísia, a co­me­mo­ração dos santos Félix e Ge­nádio, mártires. († data inc.)

3.   Em Ósimo, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, os santos Flo­rêncio e 3i­o­cle­ciano, mártires. († data inc.)

4.   Na an­tiga Pérsia, os santos már­tires Abdas e Edésio, bispos, que foram mortos por ordem do rei Sapor II, jun­ta­mente com trinta e oito companheiros. († 375/376).

– Ver: Abdas de Susa no Wikipedia de 31 de março “Abdas, (também AbdaAbdias, e Audas) foi um bispo de Susa, no Irã (Sócrates de Constantinopla também o chama de “bispo da Pérsia[1]). Nasceu no século IV de uma mãe zoroastrista. Foi educado em boas virtudes, o que o fez amado por todos.”:  https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Abdas_de_Susa

– Ver também “St. Abdas também chamado AudasBispo persa martirizado com  28 membros de seu rebanho. Suas mortes marcaram o início de um longo reinado de terror para os cristãos em todo esse império (In Pérside sanctórum Mártyrum Audæ Epíscopi, septem Presbyterórum, novem Diaconórum, et septem Vírginum; qui sub Isdegérde Rege, variis tormentórum genéribus cruciáti, gloriósum martyrium complevérunt.). Na Pérsia, os santos mártires Audas, um bispo, sete sacerdotes, nove diáconos e sete virgens, que suportaram vários parentes de tormentos sob o rei Isdegerdes, e assim gloriosamente completaram seu martírio.
Bispo, Abdas foi preso com sete padres, nove diáconos e sete virgens consagradas.
Essas prisões iniciaram a perseguição aos cristãos na Pérsia naquela época. Abdas e seus companheiros foram para a morte professando Cristo.
Audas (Abdas) da Pérsia BM (RM).
O bispo persa Audas foi martirizado numa sexta-feira de maio durante o reinado de Sapor com 28 membros de seu rebanho, incluindo sete sacerdotes, nove diáconos e sete virgens. Suas mortes marcaram o início de um longo reinado de terror para os cristãos em todo o império (Beneditinos, Husenbeth).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay16.html

5.   Em Bouhy, lo­ca­li­dade do ter­ri­tório de Au­xerre, na Gália, hoje na França, São Pe­re­grino, mártir, ve­ne­rado como pri­meiro bispo desta cidade. († s. IV/V). Ver págs. 393-394: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver “Peregrino de Auxerre (em latimPeregrinus; em francêsSaint Pélérin; em italianoSan Pellegrino) foi o primeiro bispo de Auxerre e o responsável pela construção da catedral da cidade. Uma tradição local afirma que ele era um padre romano nomeado pelo papa Sisto II para evangelizar a região a pedido dos cristãos daquela parte da Gália. Peregrino pregou em MarselhaLyon e converteu a maioria dos habitantes de Auxerre ao cristianismo[3].”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Peregrino_de_Auxerre

6.   Co­me­mo­ração de São Pos­sídio, bispo de Guelma, na Nu­mídia, na ac­tual Ar­gélia, que foi dis­cí­pulo e amigo de Santo Agos­tinho, as­sistiu à sua morte e es­creveu a sua me­mo­rável biografia. († d. 473).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, No séc. V, São Possídio, que foi discípulo de Santo Agostinho em Hipona, antes de se tomar bispo de Calana, na Numídia. Deixou uma biografia do grande Doutor africano, assim como um catálogo de suas obras. (M)

7.   Em Troyes, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, São Fí­dolo, pres­bí­tero, que, se­gundo a tra­dição, foi feito pri­si­o­neiro de guerra pelo rei Te­o­do­rico, du­rante a in­vasão do Au­vergne, mas, res­ga­tado e ins­truído no ser­viço de Deus por Santo Aven­tino, abade, foi o seu sucessor. († c. 540)

8.   Na Ir­landa, São Brandão, abade de Clon­fert, ze­loso pro­pa­gador da vida mo­nás­tica, de quem se narra a cé­lebre «na­ve­gação de São Brandão». († 577/583).

No Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, São Brendam, abade de Clonfert, na Irlanda, que guiou seus numerosos discípulos através das vagas deste mundo até “a terra prometida dos santos”. (M).

– Ver “São Brandão, o Navegador, ou Brandão de Ardfert e Clonfert (c. 484 – c. 577), também escrito Barandão ou Borondão, foi um monge irlandês.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Brand%C3%A3o

9.   Em Amiens, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, Santo Ho­no­rato (também na Folhinha do Coração de Jesus)bispo. († c. 600).

Ver páginas 398-399: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver Santo Honório de Amiens,“Honoré de Amiens, às vezes aportuguesado como Santo Honório de Amiens, foi o sétimo bispo de Amiens. O dia de sua festa é comemorado em 16 de maio.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hon%C3%B3rio_de_Amiens

10*.   Na Bre­tanha, em ter­ri­tório da ac­tual Grã-Bre­tanha, São Ca­ran­toco, bispo e abade de Cardigan. († s. VII)

11.   Na Pa­les­tina, a paixão de qua­renta e quatro santos monges, que, no tempo do im­pe­rador He­rá­clio, foram mas­sa­crados pelos Sar­ra­cenos que as­sal­taram o seu mos­teiro de São Sabas. († 614)

12*.   Em Tou­louse, na Aqui­tânia, na ac­tual França, São Ger­mério, bispo, que se em­pe­nhou em di­vulgar o culto de São Sa­tur­nino e vi­sitar as­si­du­a­mente o povo que lhe foi confiado. († s. VII f.)

13.   Em Gúbbio, na Úm­bria, re­gião da Itália, Santo Ubaldo, bispo, que tra­ba­lhou di­li­gen­te­mente para re­novar a vida co­mu­ni­tária dos clérigo. († 1160).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Itália, Santo Ubaldo, bispo de Gubbio. Ao receber em seu tribunal um culpado que o havia insultado, levantou-se de sua cadeira e aproximou-se dele, dizendo-lhe: “Dá-me o abraço da paz e que o Senhor Todo-Poderoso te perdoe esta ofensa, assim como todos os teus pecados”. (M).

– Ver também páginas 400-401: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

14*.   Em Fermo, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, Santo Adão, abade do mos­teiro de São Sabino. († c.1210)

15.   Em Janow, junto a Pinsk, nas mar­gens do rio Pripjat, na Po­lónia, Santo André Bobola, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que foi ze­loso pro­motor da uni­dade dos cris­tãos, até que, ar­re­ba­tado por sol­dados, de bom grado deu o su­premo tes­te­munho da fé com o der­ra­ma­mento do seu sangue. († 1657).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano de 1657, a morte sangrenta de Santo André Bobola, jesuíta polonês. Pregador e missionário ativo, teve um tamanho sucesso que atraiu a inimizade de certos cismáticos, diante de quem deu testemunho pela última vez: “Eu creio e confesso que, como há apenas um só Deus, há também apenas uma e verdadeira Igreja e uma e verdadeira fé católica, revelada por Jesus Cristo e pregada pelos Apóstolos, e, a exemplo de muitos mártires, sofro e morro de boa vontade por ela”. (M).

Ver págs 403-404: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

–  Ver também “André BobolaS.J. (em polonês/polacoAndrzej Bobola; 1591–16 de maio de 1657) foi um missionário e mártir polonês da Companhia de Jesus, conhecido como “Apóstolo da Lituânia” e “Caçador de Almas”.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9_Bobola

16*.   Perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Mi­guel Wozniak, pres­bí­tero e mártir, que foi de­por­tado da Po­lónia, ocu­pada por um re­gime hostil à dig­ni­dade hu­mana e à re­li­gião, para o campo de con­cen­tração de Da­chau e, de­pois de cruéis tor­turas, partiu para a glória celeste. († 1942)

17.   Em Drohobych, na Ucrânia, o Beato Vital Vla­di­miro Bajrak, pres­bí­tero da Ordem de São Jo­safat e mártir, que, pe­rante os per­se­gui­dores da re­li­gião, pelo com­bate da fé al­cançou o fruto da vida eterna. († 1946)

18. Em Praga, na Boémia, ac­tu­al­mente na Ché­quia, São João Ne­po­mu­ceno, pres­bí­tero e mártir, que, pela de­fesa da Igreja so­freu a per­sis­tente per­se­guição do rei Ven­ceslau IV e, de­pois de muitos tor­mentos e atro­ci­dades, foi lan­çado vivo ao rio Mol­dávia. († 1393).

– Ver: No ano da graça de 1383, o martírio de São João Nepomuceno (também na Folhinha do Coração de Jesus de 16 de maio). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1383, o martírio de São João Nepomuceno. Originário da Boêmia, exerceu seu ministério sacerdotal em Praga. Foi aprisionado e depois atirado no rio Moldava por ter se recusado a violar o segredo da confissão. (M). Ver págs. 379-392: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver: https://www.youtube.com/watch?v=4zeIgMzGmtE

Ver também em 20 de março São João Nepomuceno (em checo Jan Nepomucký e alemão Johann von Nepomuk) é um dos santos nacionais da Boémia.

Segundo uma lenda foi pregador na corte de Venceslau IV em Praga e confessor da rainha sua mulher, mas, ao negar a divulgar os segredos das confissões dela foi morto, depois de ter sido torturado e lançado ao Rio Vltava.

Tornou-se assim o primeiro mártir do selo da confissão e o patrono contra calúnias, devido à maneira de sua morte.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Nepomuceno

18. Em San­remo, na Li­gúria, re­gião da Itália, São Luís Orione, pres­bí­tero, que fundou a Pe­quena Obra da Di­vina Pro­vi­dência, para au­xílio dos jo­vens e de todos os marginados. († 1940).

– Ver “Luís Orione, nascido Luigi Orione, (Pontecurone23 de junho de 1872 — Sanremo12 de março de 1940) foi um sacerdote católico italiano proclamado santo pelo Papa João Paulo II em 2004Canonizado em 16 de maio de 2004. Festa litúrgica: 12 de março”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_Orione

– Ver também 12 de março

São Luiz Orione (na Folhinha do Coração de Jesus de 16 de maio).

– Ver também “Dê-nos, Ó Maria, uma grande alma, um grande e magnânimo coração, que alcança todas as tristezas e lágrimas.”: http://www.donorione.org/

19. São Falo ou Fal. Ver página 395: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

20. Santo Emano, mártir. Ver páginas 396-397: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

21. Outros santos do dia 16 de maio: págs. 379-406 (vol.08): obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS DOS SANTOS – 8.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 16 de maio, ver ainda: 16 de maio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 401-403: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMay16.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.(últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.