Santas e Santos de 20 de maio

São Ber­nar­dino de Sena (também na Folhinha do Coração de Jesus)  pres­bí­tero da Ordem dos Me­nores, que por ci­dades e al­deias evan­ge­lizou o povo da Itália com a pa­lavra e o exemplo e pro­pagou a de­voção ao San­tís­simo Nome de Jesus, exer­cendo in­fa­ti­ga­vel­mente o mi­nis­tério da pre­gação com grande fruto das almas até ao dia da sua morte, em L’Áquila, nos Abruzos, re­gião da Itália. († 1444)

– Ver páginas 87-102: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

2.   Co­me­mo­ração de Santa Lídia, de Ti­a­tira, co­mer­ci­ante de púr­pura, que foi a pri­meira a acre­ditar no Evan­gelho em Fi­lipos, na Ma­ce­dónia, ao ouvir a pre­gação de Paulo.

3.   Em Óstia, no Lácio, re­gião da Itália, Santa Áurea, mártir. († data inc.)

4.   Em Nimes, na Gália Nar­bo­nense, ac­tu­al­mente na França, São Bau­délio, mártir. († data inc.)

5.   Em Egea, na Ci­lícia, hoje Ayás, na Tur­quia, São Ta­laleu, mártir. († s. III)

6*.   Em Cá­gliari, na Sar­denha, rgião da Itália, São Lu­cí­fero, bispo, que, por de­fender co­ra­jo­sa­mente a fé ni­cena, foi muito per­se­guido e man­dado para o exílio pelo im­pe­rador Cons­tâncio; mas re­gressou à sua sede epis­copal, onde morreu como con­fessor de Cristo. († 370)

– Ver págs. 103-104: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

7*.   Em Tou­louse, na Aqui­tânia, hoje na França, Santo Hi­lário, bispo, que cons­truiu uma pe­quena ba­sí­lica de ma­deira sobre o se­pulcro de São Sa­tur­nino, seu antecessor. († c. 400)

8.   Em Bourges, na Aqui­tânia, também na ac­tual França, Santo Aus­tre­gi­sílio (Santo Austregésilo, também na Folhinha do Coração de Jesus), ou Austresgildo, no Martirológio Romano-Monástico, bispo, que se tornou mi­nistro da ca­ri­dade, de modo es­pe­cial para com os po­bres, os ór­fãos, os en­fermos e os con­de­nados à morte. († c. 624)

– Ver págs. 105-106: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

9.   Em Bréscia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Anas­tásio, (ou Anastácio, no Martirológio Romano-Monástico) bispo. († s. VII)

10.   Em Pavia, também na Lom­bardia, São Te­o­doro, bispo, que pa­deceu o exílio du­rante a guerra entre os Francos e os Lom­bardos. († c. 785)

11*.   Em Cas­tag­neto, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato Guido de Gheraldesca, eremita. († c. 1134)

12*.   Em Pe­rúgia, na Úm­bria, também re­gião da Itália, a Beata Co­lomba (Ân­gela) de Riéti (na Folhinha do Coração de Jesus, Columbano de Riéti), virgem das Irmãs da Pe­ni­tência de São Do­mingos, que pro­moveu a paz entre as fac­ções em con­flito na cidade. († 1501)

13.   Em Seul, na Co­reia, São Pro­tásio Chomg Kuk-bo, mártir, que, de­pois de ter aban­do­nado a fé cristã, a abraçou de novo, pro­fes­sando-a no cár­cere entre cruéis tor­turas até à morte. († 1839)

14♦.   Em Steyl, lo­ca­li­dade da Ho­landa, a Beata Jo­sefa (Hen­drina Sten­manns), virgem, co-fun­da­dora da Con­gre­gação das Irmãs Mis­si­o­ná­rias Servas do Es­pí­rito Santo. († 1903)

15*.   Em Bot­ti­cino Sera, lo­ca­li­dade pró­xima de Bréscia, na Itália, Santo Ar­cân­gelo Tadíni, pres­bí­tero, que se em­pe­nhou em pro­mover os di­reitos e dig­ni­dade dos ope­rá­rios e fundou a Con­gre­gação das Irmãs Ope­rá­rias da Santa Casa de Na­zaré, des­ti­nada es­pe­ci­al­mente a tra­ba­lhar pela jus­tiça social. († 1912)

16*.   Em Milão, na Lom­bardia, re­gião da Itália, o Beato Luís Talamóni, pres­bí­tero, que, cul­ti­vando a sua vo­cação de edu­cador da ju­ven­tude, exerceu o mi­nis­tério com suma di­li­gência e eficaz par­ti­ci­pação nas di­fi­cul­dades so­ciais do seu tempo, e fundou a Con­gre­gação das Irmãs Mi­se­ri­cor­dinas de São Gerardo. († 1926)

17♦.   Em Val­lenar, no Chile, a Beata Maria Cres­cência Pérez (Maria An­gé­lioca Pérez), virgem da Con­gre­gação das Fi­lhas de Maria do San­tís­simo do Horto. († 1932)

18. Em Edessa, na Cilícia, em 272, a paixão de Santo Astério e seus Companheiros. Astério, encarregado de levar um cristão à morte, converteu-se ao ver a coragem daquele homem e desejou partilhar de seu martírio (M).

19. Santo Ivo de Chartres. Ver págs. 107-110:   http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

20. Outros santos do dia 20 de maio: págs. 87-111 (vol.09):

Clique para acessar o VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.